Crato: reflexões sobre o momento atual – Por: Teresa Melo Santos


Tenho constatado, por meio de matérias publicadas neste blog, a presença de comentários que deixam entrever um clima de certo “baixo astral” que estaria dominando a população cratense, em decorrência da perda de investimentos públicos e privados, ao longo dos anos. Da cidade estariam não só sendo retirados serviços já instalados, como novos serviços e obras estariam sendo postergados ou canalizados para outras cidades do estado.

Essa onda de escassos investimentos, comparativamente ao que estaria ocorrendo em outras cidades do Ceará (Juazeiro do Norte, Iguatu, por exemplo) traria, como natural consequência, uma redução da importância do Crato, que já foi considerado um polo irradiador de desenvolvimento em suas múltiplas expressões: econômica, social, educacional, cultural, etc. Como cratense de nascimento e residente nessa cidade até os dezenove anos de idade, posso afirmar que, de fato, a cidade de então apresentava uma dinâmica e uma energia empreendedora que lhe conferiam destaque no interior do Nordeste.

A ser verdadeiro o aludido “baixo astral”, gostaria de dirigir-me aos meus conterrâneos no sentido de trazer-lhes algumas reflexões e, em especial, um alerta. Dentre os aspectos para reflexão, um se refere à propalada ideia de uma RMC (Região Metropolitana do Cariri) que, para ser justa e produtiva, requer um tratamento adequado e equânime para cada cidade participante. Assim, no meu entender, os investimentos deveriam contemplar, de forma proporcional, todos os municípios integrantes dessa região. Ocorrendo o contrário, é possível que se estabeleça um desequilíbrio no crescimento desses municípios.

Um outro aspecto que desejo aludir é, na verdade, um alerta. O desânimo, a descrença, a perda de energia, da capacidade de reagir e lutar, com consequente desmobilização da sociedade constituem, a meu ver, as piores armas a serem usadas no combate a esse pretenso estado de coisas. Creio que uma profunda análise, permeando aspectos políticos, sociológicos e econômicos, seria de grande ajuda para o entendimento de variáveis que poderiam estar atuando no sentido de arrefecer o ânimo da cidade. Como diz o poeta pernambucano Carlos Pena Filho, “é do sonho dos homens que uma cidade se inventa”. Deixar de sonhar e lutar por uma cidade dinâmica, empreendedora, de pulso firme e forte representatividade política para a busca de melhoris que beneficiem toda a população seria a pior perda que o Crato poderia sofrer.

Portanto, entender o que estaria se passando, com plena clareza e isençâo, creio que representa um passo importante para uma “virada”, uma recriação da cidade como destaque no Ceará e no Nordeste, como já ocorreu outrora e não faz tanto tempo. É preciso pensar estrategicamente e com inteligência o presente e o futuro da cidade.

Achei muito sugestiva a denominação dada pelos estudantes da Escola Melvin Jones ao Crato: Flor do Semiárido; bendita sejas, ó terra de Alencar”, no sarau promovido recentemente. Para que uma flor desabroche em toda sua beleza há que se ter o cuidado permanente, a vigilância continuada, regá-la e adubá-la adequadamente. Assim deve ser com cidade na qual se vive. Sem cuidado e sem amor a flor do semiárido tenderá a fenecer.

Aos cratenses, povo de fibra e de garra, o meu apelo para que unam forças e competências em prol das conquistas a que têm direito, com o fim de carrear projetos e obras estruturadoras que atinjam toda a população. O Crato necessita e merece.

Teresa Melo Santos
Endereço Completo: Rua Afonso Celso
Cidade: Recife

URL curta: http://www.crato.org/chapadadoararipe/?p=69993

Postado por em 26 nov 2011, 05:09. Arquivado em Artigos. Você pode seguir qualquer comentário deste post através de RSS 2.0. Você pode comentar ou rastrear esta entrada

Escreva um Comentário

*


Música de Qualidade - 24h!



300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

novembro 2011
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -