O Memorial da Imagem e do Som – Por: Emerson Monteiro

Sonho antigo do Instituto Cultural do Cariri, se acha em fase de realização o Memorial da Imagem e do Som no âmbito da instituição, com a denominação de Luiz Gonzaga de Oliveira, dos primeiros fotógrafos da Região. Netos do artista, Jackson, Janildo e Janedson dedicam esforços na montagem de espaço das exposições e acervo de peças das artes caririenses nas galerias do ICC, onde também reúnem objetos da história e dos costumes de nosso povo.

MemorialdaImagemedoSomLuiz Gonzaga de Oliveira, um dos patronos de cadeira do Instituto, demonstrou, ao seu tempo de profissão, idos de 1885 até 1939, talento destacado para captar o cotidiano através de equipamento Kodak Full Screen, com isso registrando cenas valiosas d e tal período. São dele muitas das fotografias antigas encontradas no Museu Histórico do Crato, formando acervo inigualável de instantâneos de época. A família do fotógrafo teve a sensibilidade de preservar as imagens raras do Cassino Sul-Americano, do Seminário São José e da Praça Juarez Távora, dentre outras que retratam a geografia urbana de um Crato dos inícios do século XX.

Este Memorial da Imagem e do Som concretiza, pois, a ideia original do Dr. Jefferson Albuquerque, que, já na década de 70, quando esteve à frente do Instituto Cultural do Cariri, pretendeu instalar um museu da imagem e do som, e cujas primeiras entrevistas, com José Geraldo da Cruz, Pedro Maia, Ramiro Feio, Filemon Teles, Almir Carvalho e Antônio de Alencar Araripe, chegaram acontecer, em áudio e fotografia, pelo jornalista Antônio Vicelmo e por mim, sem, contudo, ganhar impulso, material esse que desapareceria na voragem de outras iniciativas.
Agora, ao seu modo, esses netos de Gonzaguinha concretizam proposta consistente, fornecendo às novas gerações elementos de estudo e exemplo válido. Segundo o folder inicial dos trabalhos, é um espaço onde pulsam vivos cinema, fotografia e música, demonstrando a riqueza da alma caririense, nordestina, brasileira.
Além da cessão das instalações, o ICC preservará o patrimônio que, inclusive, reunirá materiais audiovisuais cedidos em caráter provisório por famílias e demais interessados em contribuir na exposição permanente, semelhantes aos descendentes do Mestre Elói Teles de Morais e de Hilário Lucetti, que permitiram a utilização na mostra de peças importantes do patrimônio desses pesquisadores da cultura popular e do cangaço, respectivamente.
A data de inauguração do Memorial da Imagem e do Som Luiz Gonzaga de Oliveira, no Instituto Cultural do Cariri, será dada a público dentro de breves dias.  

URL curta: http://www.crato.org/chapadadoararipe/?p=91666

Postado por em 12 abr 2013, 07:01. Arquivado em Artigos, TOP, TOP2. Você pode seguir qualquer comentário deste post através de RSS 2.0. Comentários e pings estão desabilitados

Comentários estão desabilitados


Música de Qualidade - 24h!



300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

abril 2013
D S T Q Q S S
« mar   mai »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -