Artigos escritos por Willames

Várzea Alegre atrai 200 penitentes

VA

A procissão partiu da Capela de São Vicente de Paulo. Nas ruas, o povo acompanhou os grupos que levavam tochas acesas e cantavam benditos

FOTO: HONÓRIO BARBOSA

Várzea Alegre. A Semana Santa é período de orações, jejum, penitência, de manifestações de religiosidade cultural e popular. Neste município, mais de 200 penitentes participaram da VIII Procissão do Fogaréu, reunindo 12 grupos oriundos das regiões Centro-Sul e Cariri. Milhares de moradores acompanharam nesse período o ritual de autoflagelação, de rezas e benditos pelas igrejas locais.

Neste ano, o evento cultural e religioso foi ampliado com a vinda de grupos das cidades de Cedro, Lavras da Mangabeira, Barbalha, além dos participantes locais. “É a renovação de uma manifestação de religiosidade popular”, frisou o secretário de Cultura do município, Milton Bezerra.

A procissão partiu da Capela de São Vicente de Paulo. Nas ruas da cidade, o povo acompanhou os grupos que levavam tochas acesas e cantavam benditos. O encerramento da caminhada foi na Capela de São Francisco das Chagas, no bairro Betânia, onde alguns integrantes de grupos de penitentes procederam a autoflagelação, um dos rituais mais antigos desse segmento religioso.

Para o prefeito Vanderlei Freire, a integração dos grupos de penitentes da região representa a manutenção de uma das culturas populares mais antigas. “Foi uma troca de experiência excepcional”, frisou. “O município foi pioneiro em reunir e incentivar a participação desses grupos, com o objetivo de valorizar a cultura dos penitentes na região”.

Abnegação

O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, e neste ano contou com a participação do secretário de Cultura e Turismo de Lavras da Mangabeira, Antônio de Luna, da coordenadora de cultura popular, Maria Goreti de Amorim, e da secretária de Cultura, de Cedro, Cristina Couto.

Os penitentes são homens simples e abnegados, profundamente identificados com as crendices, superstições e dogmas. No dia a dia são agricultores. O movimento remonta a Idade Média. Desde o século XVII que existe a ordem dos Penitentes no Nordeste do Brasil.

Na região do Cariri cearense data de 1850 o surgimento dos primeiros penitentes. Posteriormente chegou à Várzea Alegre, sendo considerada uma cultura secular.

De Barbalha, vieram quatro grupos: Irmandade do mestre José Galego e Santas Missões, do mestre Olímpio, do sítio Lagoa; Incelências de mestra Terezinha e Irmãos da Cruz, do mestre Antônio, do sítio Cabeceiras.

Do município de Lavras da Mangabeira, vieram três grupos: mestre Vicente Vieira, do sítio Oitis; mestre Hamilton Leite, da Vila Quitaiús e mestre Luiz Geraldo, da Vila Mangabeira. De Cedro, veio o grupo Nossa Senhora de Assunção, do mestre Manuel, da Vila Assunção.

Abertura

Da cidade de Várzea Alegre compareceram os grupos do mestre Tico de Manuel Vicente, da Vila Riacho Verde; do mestre Francisco Adriano, do sítio Jatobá; do mestre Vicente Barbosa, do bairro Riachinho; e do mestre Antônio de Souza, do sítio Roçado de Dentro.

A procissão do fogaréu abre os ritos da Semana Santa. Vestidos a caráter, os penitentes conduzem a cruz, tochas de fogo, chicotes e entoam benditos. Na capela da Betânia, realizam o ritual da autoflagelação (batem com chicotes com pontas de ferro nas próprias costas) e em seguida rezaram um terço.

Neste município, a tradição chegou a partir do distrito de Canindezinho. “O nosso apoio tem por objetivo assegurar a manutenção desses grupos, valorizar a cultura popular e contribuir para que esses ritos continuem passando de geração para geração”, explicou o secretário de Cultura do município, Milton Bezerra.

Os penitentes são homens idosos e jovens vestidos com capuzes e batas vermelhas e pretas. Mulheres também participam. O agricultor aposentado, Antonio Vieira, está à frente desses fiéis há mais de 50 anos.

“É uma tradição que recebi do meu pai”, conta Vieira. O encontro dos grupos também tem por objetivo a confraternização entre os integrantes.

No grupo de Cabeceiras, de Barbalha, mulheres e jovens estão entre os penitentes. Durante a Semana Santa, é comum em algumas comunidades rurais do Interior a saída dos adeptos com trajes típicos à noite para pedir o desjejum da Sexta-Feira da Semana Santa.

“Comecei ainda menino, por influência do meu pai e não faço nada por uma questão de beleza, mas por devoção”, contou o penitente Francisco de Souza. “Creio que o sacrifício do meu corpo pode assegurar um lugar no céu”, ressaltou. Para a gestão, a particularidades dos ritos e a expressão da fé fazem com que a região atraia turistas e estudiosos durante este período.

Caretas reúnem tradição folclórica e cultura religiosa católica em Iguatu

Iguatu. As ruas desta cidade e vilas rurais estão coloridas e animadas com a presença de quase uma dezena de grupos de caretas, oriundos de sítios e de bairros da periferia. É a tradição folclórica que é mantida nos dias santos. Vestidos a caráter, rostos encobertos com capuz, máscaras, saiotes de tecidos com cores variadas, chocalhos, música e muito barulho, os brincantes saem busca de esmolas nas residências e lojas comerciais.

O objetivo dos caretas é coletar gêneros alimentícios, bebida e dinheiro para formar a tradicional brincadeira de malhação do Judas, na noite do próximo sábado de Aleluia, para a madrugada de Domingo de Páscoa, quando os católicos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo.

Nas áreas rurais eles formam o chamado sítio, um espaço demarcado, onde as coletas são guardadas no sábado à noite. Há o desafio de se tentar retirar qualquer produto desse espaço.

Os guardas perseguem os desafiadores até um determinado ponto, tentando chicotear os que participam da brincadeira do furto de alimentos.

Neste ano, os grupos formados por moradores da localidade de Tipis, no limite dos municípios de Iguatu e Acopiara, se destacam por estar bem vestido, com chocalhos, e acompanhado por músicos, sanfoneiro e zabumbeiro.

Os caretas trazem animação para as ruas da cidade e medo para as crianças. Os brincantes contratam costureiras e também têm o apoio das mães para a confecção das vestimentas, que são camisas e calças feitas a partir da montagem de peças coloridas de retalhos.

No dia a dia, quando não estão brincando, os caretas são estudantes e jovens agricultores, que ajudam os pais na lavoura. Nessa época do ano, formam os grupos que percorrem as ruas da cidade em busca de donativos. Alguns viajam até 35 km, como é o caso dos caretas dos Tipis.

Comemorações

Os caretas mantêm viva a tradição das comemorações profanas e festivas, relacionada com a malhação do Judas, no fim da Semana Santa. No sábado passado, conhecido popularmente por sábado magro, que antecede o de Aleluia, os brincantes trouxeram muito barulho para as ruas desta cidade. Dançavam em ritmo animado, com jinga própria e percussão do forró sertanejo. Conseguiram chamar a atenção dos moradores.

Os caretas como o próprio nome sugere são mascarados e não se identificam. Em grupo, eles cercam os transeuntes e impõem a doação de dinheiro ou de algum alimento. Batem nas portas das casas e para as crianças são motivo de medo e corre-corre. Há grupos mais carentes, oriundos da periferia da cidade, que saem apenas com o objetivo de pedir esmolas para o desjejum, no sábado de Aleluia. Não fazem, portanto, a brincadeira do sítio, o cercado de proteção dos alimentos.

Quando os grupos não têm condições de manter um trio de tocadores (sanfona, zabumba e triângulo ), utilizam alternativas de recursos modernos, como o uso de um gravador portátil. Com muito barulho e urros, eles saem dançando pelas ruas da cidade, ao ritmo do tradicional forró. Preservando ou não a característica regional, os brincantes contribuem para que a tradição folclórica permaneça viva.

O pesquisador cultural, Afonso Linhares, visitou neste ano grupos de caretas em Iguatu, Cariús, Jucás, Cedro, Acopiara e Várzea Alegre. Destacou a manutenção de aspectos da cultura popular. “Há dezenas de grupos que desde a semana passada e até a Sexta-Feira Santa percorrem distritos, vilas rurais e ruas da cidade em busca da coleta de gêneros alimentícios e bebidas”, observou.

“É uma forma de preservação da cultura popular”, salientou. Na noite de Sábado de Aleluia, nas localidades rurais há muita festa e brincadeiras com a malhação do Judas.

Até a Sexta-Feira Santa, grupos de caretas saem em busca de donativos para as brincadeiras do Sábado de Aleluia. De acordo com o secretário de Cultura do município de Várzea Alegre, Milton Bezerra, nos últimos anos houve um aumento de participação desses grupos nas áreas rurais. “Cada sítio e distrito formam o seu grupo, que percorrem as vilas”, disse. “São jovens que renovam a tradição e mesmo com a modernidade permanecem ativos”.

FIQUE POR DENTRO

Fé, sacrifício e temor a Deus são práticas do fiel

Os penitentes são homens simples e abnegados que mantêm a tradição. Identificam-se com crendices populares e dogmas religiosos. O ritual é próprio e os benditos são cantados em voz alta, misturando agudos e graves, que ecoam nas estradas e casas do sertão nordestino durante a noite. Usam sobre a roupa uma capa (opa) com cruzes e cores variadas. Fazem autoflagelação do corpo, costas, mãos e braços. É um mergulho fundo na alma, uma forma de espiar os pecados e rogar por almas alheias. A disciplina, ou seja, o sacrifício é realizado com um instrumento de cordas ou couro cru e pontas de ferro e, também, lâminas cortantes. O surgimento dos primeiros penitentes na região do Cariri data do ano de 1850, mas a primeira ordem só foi fundada em 1893, em Juazeiro do Norte, pelo mulato Manoel Palmeira. Espalharam-se pela região e chegaram até Várzea Alegre. No passado, tiveram apoio de líderes religiosos. Hoje, o ritual resume-se a cantar em portas de amigos, nos cruzeiros nas estradas e pedir esmolas para o desjejum na Sexta-Feira Santa.

Honório Barbosa
Repórter

Paixão de Cristo é revivida na maioria das cidades cearenses

PCCERussas. A história sobre a morte e ressurreição de Jesus Cristo é contada há mais de dois mil anos, atraindo multidões. Neste ano, tem novas encenações em grande parte dos municípios cearenses. Os espetáculos que retratam a Via Sacra, ou Via-Crucis, que do latim significa “o Caminho da Cruz”, é representado por artistas profissionais e amadores e reúnem milhares de pessoas, de várias religiões, para reviverem este importante capítulo da história cristã.

O grupo teatral Pavilhão da Magnólia, de Fortaleza, levará uma releitura da famosa história a diversos municípios cearenses. O espetáculo “Pétalas – a maior história de amor de todos os tempos”, circulará em nove municípios das regiões Sertão Central, Centro-Sul e Vale do Jaguaribe, no período que iniciou no dia 11,em Canindé, e se encerrará no próximo dia 19 de abril, na cidade de Russas.

O espetáculo Pétalas surgiu em 2009 e já foi premiado quatro vezes pelo Edital Ceará da Paixão, da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE). No ano passado, venceu o V Edital Mecenas do Ceará. Inicialmente, a encenação atingiu os bairros da periferia de Fortaleza, alcançando um público de 10 mil espectadores. As primeiras excursões passaram pelas cidades da Região Metropolitana, além dos municípios de São Gonçalo do Amarante, Juazeiro do Norte, Arneiroz, chegando à Paraíba, na cidade de Souza.

O Grupo se apresenta hoje, em Icó, às 19h, no Largo do Thèberge, no Centro Histórico de Icó. Amanhã o espetáculo segue para Umari, na Casa do Idoso, também as 19 h. Depois o grupo se apresenta somente no sábado, com dois espetáculos na Região Jaguaribana. Um em Limoeiro do Norte, a partir das 18h30min, e o outro em Russas, às 20h30min. Ambos os espetáculos serão apresentados na Praça da Matriz destes municípios.

Grupos locais também preparam suas apresentações. Na cidade de Aracati, na Região jaguaribana, o espetáculo será apresentado na famosa Rua Grande, onde está grande parte dos casarões históricos do município. O Grupo Dias de Teatro realizará apresentações nos dias 17 e 18, às 20 horas, em frente à Câmara Municipal, no Centro Histórico de Aracati.

Em Morada Nova, as encenações da Paixão de Cristo voltam a ser apresentadas ao ar livre, em praça pública, pela Associação Cultural Anjas da Arte, que após três anos de paralisação está retornando às atividades artísticas e culturais. O espetáculo contará com mais de 100 profissionais envolvidos, infraestrutura técnica, som digital, telões, show pirotécnico, iluminação, efeitos visuais e figurino elaborado. São esperadas pela organização do evento cerca de cinco mil pessoas e o espetáculo será apresentado na sexta-feira, 20h.

Em Quixadá, estão programadas encenações no Santuário de Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão, na manhã da Sexta-feira Santa, e nas ruas da cidade à noite. O primeiro espetáculo será do grupo juventude Arte Superação e Talento (Jast) e comunidades Rainha da Paz, Novos Horizontes e Mariana Oásis da Paz. O segundo será apresentado pelo grupo cultural do Bloco Camaleão.

Quem preferir acompanhar a Paixão de Cristo no início da manhã deve acordar cedo, por volta das 5 horas, e seguir para a entrada do Santuário Mariano, no bairro Planalto Nova Jerusalém. De lá, às 6 horas, atores, figurantes e o público deverão seguir a pé até o platô, onde está situado o templo de Nossa Senhora Rainha do Sertão. No caminho, o cortejo para diante de cada uma das estações da Via Sacra, para relembrar o calvário de Jesus Cristo nas encenações artísticas.

O espetáculo da noite tem início às 19h30, na Praça da Cultura, no Centro de Quixadá. As passagens bíblicas da morte e ressurreição de Cristo prosseguem pelas ruas e avenidas da área comercial. O ápice da apresentação, com a crucificação, será pela terceira vez consecutiva diante da Igreja Matriz de Jesus Maria José. Pelo menos cinco mil pessoas são esperadas para acompanhar o teatro de rua.

Noutra cidade desta região, Senador Pompeu, a Fundação Santa Terezinha e o Ponto de Cultura Estação das Artes vão apresentar “A Inigualável Paixão de Jesus Cristo” nas ruas e praças. Segundo o organizador do espetáculo, Glauber Matos, essa será a oitava apresentação teatral ao ar livre e gratuito, encenado no entorno da Igreja Matriz, da Estação Ferroviária e ruas do bairro Caracará, a partir das 16h30min. Cerca de quatro mil pessoas devem assistir a apresentação teatral religiosa, acrescentou Matos. 

Agricultores

Os moradores da zona rural de Cariús, no Centro-Sul, se mobilizam em torno da encenação da Paixão de Cristo. O elenco do grupo “Os Matutos”, criado há 17 anos, é composto por estudantes, agricultores e donas de casa, que se transformam em atores e figurantes para apresentar a Via Sacra, nesta sexta-feira, a partir das 17 horas, no Sítio Cana Brava. Há quase dois meses que a equipe vem realizando ensaios.

A encenação da Via Sacra é um ato de fé e de emoção no sertão cearense para rememorar a paixão e morte de Jesus Cristo. O espetáculo ao ar livre deve atrair cerca de duas centenas de moradores.

Ellen Freitas e sucursais
Repórteres e colaboradores

DN

Governo quer doações de créditos de carbono para compensar emissões na Copa

Copa-2014-BrasilO governo brasileiro convocou empresas a doar créditos de carbono para compensar as emissões de gases de efeito estufa durante a Copa do Mundo. A estratégia foi oficializada hoje (15) por meio de chamada pública lançada pelo Ministério do Meio Ambiente, publicada no Diário Oficial da União.

A ideia é atrair empresas que tenham créditos de carbono, tecnicamente chamados de Reduções Certificadas de Emissões (RCEs), para colaborar com o governo na estratégia de compensação de emissões geradas pela realização da Copa. Em troca, as empresas receberão publicidade gratuita, com seus nomes veiculados na lista de doadores oficiais de créditos de carbono para o Mundial.

As RCEs são originadas em projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), certificados pela Organização das Nações Unidas (ONU) , que geram uma redução adicional de emissões e permitem que o saldo positivo seja comercializado na forma de créditos de carbono.

O mercado de carbono foi criado a partir do Protocolo de Quioto, e os países desenvolvidos, que têm metas de redução de poluentes, podem adquirir os créditos de países em desenvolvimento como o Brasil, para atingir metas estabelecidas pela ONU. Empresas e outras instituições também movimentam esse mercado, com compra de créditos de carbono para compensar emissões ou fazer marketing ambiental.

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, as empresas que aderirem à chamada receberão o selo de sustentabilidade Baixo Carbono, mas a participação não envolve nenhum tipo de transação financeira. Só poderão ser doadoras de créditos de carbono para a Copa do Mundo empresas que já têm RCEs de projetos de MDL brasileiros, reconhecidos pelo governo e pela ONU.

O governo já havia usado a estratégia de doações voluntárias de créditos de carbono durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em junho de 2012.

Venda de etanol no mercado interno cresce mais de 23% na safra 2013/2014

GraficoacendenteAs vendas de etanol no mercado doméstico pelas empresas produtoras da Região Centro-Sul cresceram 23,49% na safra 2013/2014 na comparação com a safra anterior. A informação foi divulgada hoje (15) pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) e leva em consideração dados apurados até o final de março.

Nesse período, o volume total de etanol comercializado alcançou 23,07 bilhões de litros, superior aos 18,68 bilhões de litros comercializados na safra 2012/2013.

Do total de etanol direcionado ao mercado interno, 13,7 bilhões de litros foram de etanol hidratado, o que apresentou crescimento de 16,27%. Já as vendas de etanol anidro [misturado à gasolina] cresceram 35,84%, principalmente por causa do aumento do nível de mistura de anidro na gasolina, que passou de 20% para 25% em maio de 2013.

Já a moagem de cana-de-açúcar atingiu 4,49 milhões de toneladas em março de 2014, valor bastante superior ao que foi registrado em março do ano passado, quando 2,05 milhões de toneladas foram moídas.

De acordo com a Unica, 65,81% da cana-de-açúcar processada em março foram direcionados à fabricação de etanol. Como resultado, a produção de açúcar totalizou 160,98 mil toneladas, enquanto a produção de etanol somou 193,08 milhões de litros, sendo 172,28 milhões de litros de etanol hidratado e 20,80 milhões de litros de etanol anidro. 

Inauguração de cinemas em Juazeiro do Norte será dia 25

CinemacaririO complexo de cinemas será um dos maiores e mais modernos do Nordeste, incluindo duas salas com tecnologia 3D com imagens digitalizadas

FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Juazeiro do Norte. Os cinéfilos de plantão que tanto têm aguardado a abertura do cinema na região do Cariri, terão agora de esperar apenas mais alguns dias. Foi anunciada pela Orient Filmes a inauguração das seis salas de exibição, no Cariri Garden Shopping, próximo dia 25. Em 2011, o empreendimento inaugurou o seu projeto de expansão, e a expectativa, com a paralisação da antiga sala, era ter um cinema mais moderno com opções.

É grande a expectativa do público de toda a região quanto à abertura das salas. O complexo de cinemas será um dos maiores e mais modernos do Nordeste, com seis salas, incluindo duas com tecnologia 3D com imagens digitalizadas. Segundo o gerente de marketing Davi Nogueira, o Cariri vai receber as seis salas. A montagem está na fase final de acabamento.

Ele justifica que a entrega não aconteceu em março, por conta de questões relacionadas à chegada dos equipamentos, já que praticamente todos são importados, além de questões burocráticas de alfândega.

“Na verdade, até poderíamos correr para inaugurar logo, mas esperamos o momento certo, com um capricho maior com o cinema e o público da região”, diz. O gerente de marketing da Orient Cinemas destaca que a cidade de Juazeiro do Norte irá contar com um grande investimento no segmento, com um cinema inteiramente digital. Atualmente, a Orient Cinemas, com sede na Bahia, conta com investimentos em salas de exibição na cidade de Salvador, na Bahia; Petrolina, no Pernambuco, e agora no Ceará, além de Angola, na África e em Portugal, na Europa.

O gerente de Marketing do Cariri Garden Shopping, Eduardo Duffles, ressalta a satisfação de marcar essa data ao público, no momento dos preparativos finais para a inauguração do tão esperado cinema.

Consciência

“Temos consciência de que não foi uma espera fácil e agradecemos imensamente toda a compreensão que nos dedicaram, diz”. As bilheterias estão sendo montadas e em poucos dias estarão abertas para toda as pessoas poderem experimentar o novo espaço, salas com sistema de climatização moderno, abertas para todos aproveitarem as tão sonhadas sessões de cinema.

O Cariri Garden Shopping divulgou em sua ‘fanpage’ fotos exclusivas das salas já montadas e bilheterias praticamente prontas. Todas as salas da Orient Cinemas serão em formato de auditório, com poltronas reclináveis e telas gigantes, em alta tecnologia. As telas são do tipo stadium. Serão 1.280 lugares, 23 deles destinados à pessoas com deficiência. A sala 2, que está em processo de finalização, é a maior de todas com 490 lugares e tela gigante de 120 m². Serão disponibilizados 10 pontos de vendas nas bilheterias, minimizando problemas relacionados às filas, principalmente na época de inauguração, em que o afluxo do público se torna bem maior.

A empresa de cinemas atua há cerca de duas décadas no mercado e atualmente é considerada uma das mais importantes. No Nordeste, destacam-se salas instaladas nas capitais da Bahia e Pernambuco.

Segundo a gerente de marketing, o novo complexo virá completamente modernizado. Dentro desse novo conceito, haverá um amplo ‘foyer’ equipado com uma moderna bomboniére, com um cardápio de pipocas, doces, chocolates, bebidas e refrigerantes. Com isso, o Cariri Garden Shopping inova na região, com salas modernas e no pioneirismo com a implantação de cinema3D, levando ao público o espaço com maior capacidade de público já inaugurado na região.

“A tão esperada reabertura do cinema está chegando, e isso é um motivo de alegria e motivação não só para os clientes, mas para os lojistas e próprio shopping”, diz Eduardo Duffles. Ele afirma que o cinema trará um ganho enorme para a região, além de afetar diretamente os números do shopping.

A expectativa é que o fluxo do shopping aumente de 20 a 30%, gerando um impacto considerável para os lojistas, principalmente na no setor da praça de alimentação. No momento, há toda uma preparação para a venda de ingressos e tudo que envolve a primeira semana de abertura. “Todos irão ficar muito felizes com o complexo que será apresentado. A espera vai valer a pena”, avalia.

Mais informações
Cariri Garden Shopping
Av. Padre Cícero, 2.555
Juazeiro do Norte
www.caririshopping.com.br
Telefone: (88) 2101-5444

Elizângela Santos
Repórter

Heitor Férrer diz que vai pedir explicações de Cid Gomes sobre viagem ao Exterior

 

Heitor-ferrerO deputado estadual Heitor Férrer (PDT) viaja para o Rio de Janeiro nesta quinta-feira, onde, com a família, passará a Semana Santa.

Heitor, no entanto, em contato com o Blog nesta noite de terça-feira, informou: logo que retorne, vai pedir explicações ao governador Cid Gomes (Pros) sobre a viagem, os motivos e o que tratou para o Estado do Ceará, já que tudo é custeado pelo Poder Público.

“Queremos saber se teve comitiva oficial”, disse para o Blog o parlamentar pedetista, endossando ob servação que fizemos: toda viagem de Cid acaba em polêmica. “Eu soube da viagem pelo seu Blog. Acho que o procedimento era divulgar, por meio de assessoria de imprensa, os detalhes da viagem e os compromissos”, adiantou Férrer.

O povo

Premium II: Governo do Estado e Petrobras afinam cronograma para instalação da refinaria

Refinaria_BannerRepresentantes do Governo do Estado e  da Petrobras se reuniram nesta terça-feira (15), na Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), para discutir o andamento do cronograma de ações para a instalação da refinaria Premium II no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Entre as principais ações está a terceira fase da expansão do porto, obra que vai atender prioritariamente o empreendimento petrolífero. “São projetos casados, um depende diretamente da consolidação do outro”, definiu o gerente-geral da Premium II, Paulo Turazzi. O secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, comandou o encontro onde foram colocadas as prioridades para acelerar a instalação da refinaria no Ceará.

 

A terceira etapa da expansão do Porto do Pecém está com a abertura de licitação prevista para junho deste ano e consiste na construção de oito novos berços e um novo quebra-mar. Além disso serão realizadas diversas obras de adequação e modernização portuária. O Pecém, até 2020, deverá movimentar cerca de 60 milhões de toneladas de produtos devido aos novos projetos estruturantes que estão se instalando no Complexo Industrial na retroárea do porto, como a Siderúrgica, a Ferrovia Transnordestina e a Refinaria. Com esta movimentação o Pecém deverá estar entre os cinco maiores portos do país.

 

Já está em execução e com o cronograma acelerado a segunda etapa de ampliação do Porto do Pecém, com construção de dois novos berços, uma nova ponte de acesso e uma via sobre o quebra­-mar, com investimento de R$ 568 milhões; aquisição de uma nova correia transportadora com investimento de R$ 215 milhões e um novo descarregador de granéis com valor de R$ 80 milhões. Também será implantado um Terminal Intermodal de Cargas – TIC com detalhamento de investimento a ser definido através de PPP.

 

Também participaram do encontro a Cogerh, Cagece, Cearáportos, DER, Semace, PGE, além da Secretaria da Fazenda, representada pelo secretário João Marcos Maia e assessores que discutiram propostas de incentivos fiscais para a consolidação do projeto da refinaria. Para o secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele “é importante frisar a objetividade das discussões entre Estado e a Petrobras e o entendimento dessa reunião como mais uma ação voltada para a concretização deste sonho”.

 

Premium II é uma realidade

“A refinaria está no plano de negócios da Petrobras apresentado pela presidente Graça Foster e consta como projeto em licitação”, observou o gerente de Estruturação da Premium II, Raimundo Lutif, deixando claro que o empreendimento faz parte das prioridades da estatal. Outra garantia da instalação da Premium II  é que até o final do mês de abril está previsto lançamento de convites de licitações de pacotes de obras do empreendimento e a licitação de geração de hidrogênio para a refinaria, que já se encontra em andamento.

 

 

15.04.2014

 

Assessor de Comunicação da Seinfra
Marco da Escóssia – CE01475JP
Tel.: (85) 8898-4318 ou (85) 3216-3764
Twitter: @seinfrace
Facebook: www.facebook.com/SeinfraCE

Presidente do TJCE assume Governo do Estado interinamente

 

Desembargador-Gerardo-Brigido2

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, assumiu, interinamente, o Governo do Estado no início da noite desta terça-feira (15). O ato solene de assinatura do termo de posse ocorreu no Gabinete da Presidência no Palácio da Justiça, no Cambeba.

Ele ficará no exercício da função até o dia 25. Durante esse período, o governador Cid Gomes estará em licença para tratar de assunto de interesse particular.

Na ocasião, o desembargador Gerardo Brígido disse que tem “perfeita consciência do que seja uma interinidade. Por isso essa minha investidura não me assoberba”.

O vice-governador Domingos Filho e o presidente da Assembleia Legislativa, José Albuquerque, declinaram da prerrogativa de exercício do Governo usando como justificativa o parágrafo 7º do artigo 14 da Constituição Federal que trata da inelegibilidade caso venha a assumir a função no período inferior a seis meses da eleição.

O vice-presidente do Tribunal, desembargador Francisco Lincoln Araújo e Silva, responderá pela Presidência do TJCE enquanto o desembargador Gerardo Brígido ocupar o cargo de governador.

Participaram do ato solene o procurador-geral do Estado, em exercício, Fábio Carvalho; a juíza auxiliar da Presidência, Mirian Porto Mota Randal Pompeu; o assessor especial, Luis Eduardo de Menezes Lima; o consultor jurídico em exercício, Martin Kair de Brito, e o assistente militar do TJCE, tenente-coronel César Augusto Campêlo Lopes.

Gov. Do estado Ce

Petrobras investirá R$ 45 milhões em projetos esportivos educacionais

Petrobras2A Petrobras abriu hoje (15) inscrições de sua seleção pública de projetos esportivos educacionais, que vão receber um total de R$ 45 milhões nos próximos dois anos. Os candidatos devem ser pessoas jurídicas, com projetos sem fins lucrativos e que atendam diretamente a crianças e adolescentes com atividades esportivas educacionais e complementares.

Outras exigências são que os projetos acompanhem a evolução do desempenho escolar dos participantes e que deem prioridade a menores em situação de vulnerabilidade social. Os interessados podem se inscrever pela internet, no site da Petrobras, até o dia 14 de julho.

“Quando a Petrobras anuncia um investimento desse porte, tem impacto relevante na estrutura do esporte brasileiro”, disse o coordenador da Lei de Incentivo ao Esporte, Paulo Vieira. Ele destacou que o segmento esportivo educacional é fundamental para desenvolver cada vez mais o país.

Para garantir a inscrição de projetos de todo o país, a estatal vai organizar caravanas de capacitação, que começam no dia 29 próximo, em São Luís. A instrução deve percorrer todos os estados brasileiros e também poderá ser obtida pela internet a partir do dia 28.

Os projetos selecionados serão avaliados por uma triagem que, além de técnicos da Petrobras, terá representantes do governo, do terceiro setor, de universidades e da imprensa. Os vencedores devem ser anunciados no segundo semestre deste ano. Atualmente, a companhia é parceira de 50 projetos nas cinco regiões do país.

Além de abrir as inscrições, a estatal divulgou hoje (15) os vencedores do Prêmio Petrobras de Esporte Educacional, que recebeu mais de 1,3 mil inscrito. Foram três premiados em cada uma das categorias terceiro setor, universidade e escola pública. A Escola Estadual Altair Severiano Nunes, de Manaus, conquistou o prêmio especial, com o projeto Vivências Lúdicas no Esporte, que lançou mão de brincadeiras tradicionais para estimular o hábito esportivo.

Enem deve ser aplicado dias 8 e 9 de novembro, diz Inep

EnemA prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 poderá ser aplicada nos dias 8 e 9 de novembro. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que as instituições de ensino onde o exame é aplicado estão sendo consultadas sobre a disponibilidade da data. A definição dependerá da resposta dessas instituições, de acordo com a assessoria do Inep.

No ano passado, a prova do Enem foi aplicada nos dias 26 e 27 de outubro. O resultado foi divulgado no dia 3 de janeiro. Caso o Enem 2014 seja confirmado para o segundo final de semana de novembro ocorrerá após as eleições, em outubro.

Cerca de 5 milhões de estudantes fizeram o Enem 2013. A nota do exame pode ser usada para a participar de programas como o Sistema de Seleção de Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para vagas no ensino superior público; o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que seleciona estudantes para vagas gratuitas em cursos técnicos.

O Enem é também pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para a obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras.

Senado aprova MP que altera tributação de empresas brasileiras no exterior

TributosbrasileirosO plenário do Senado aprovou, em votação simbólica, o texto enviado pela Câmara da Medida Provisória 627/2013, que altera a forma de tributação dos lucros obtidos por empresas brasileiras no exterior. Apesar de a matéria ter recebido vários acréscimos polêmicos na Câmara, os senadores conseguiram um acordo de procedimento com a oposição para propiciar a votação simbólica com a promessa de que alguns trechos serão vetados pela presidenta Dilma Rousseff. Isso propiciou a aprovação da medida antes que ela perdesse a validade por decurso de prazo.

O texto principal da MP 627/13 altera a legislação tributária federal de vários impostos, como o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), a Contribuição para o PIS/PASEP e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), além de revogar o Regime Tributário de Transição (RTT). O objetivo é resolver impasses judiciais provocados pela tributação dos lucros das empresas controladas ou coligadas no exterior.

Foi mantida a proposta de renegociação de dívidas do texto original da MP, que prevê que o pagamento dos tributos poderá ser feito em oito anos, sendo que 12,5% do lucro devem ser incorporados ao balanço no primeiro ano. O texto também manteve a tributação do lucro de empresa controlada no exterior, que tenha sido reinvestido na mesma empresa.

O relatório do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) aprovado na comissão especial mista que analisou a MP acrescentou diversos temas considerados “estranhos” à matéria principal pelo presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Com base na Lei Complementar 95/98, que proíbe esse tipo de emenda, o presidente da Câmara chegou a retirar duas dessas emendas da matéria que foi votada pelos deputados. Um deles tratava da dispensa do pagamento de taxa para o bacharel em direito prestar o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o outro exigia carteira de motorista para a condução de bicicletas elétricas.

No entanto, outros assuntos que foram acrescentados como a renegociação das dívidas de produtores rurais atingidos pela seca e a imposição de um teto para o pagamento de multas por operadoras de planos de saúde foram mantidas tanto na Câmara quanto no Senado. Essa última emenda está entre as que têm promessa de veto por parte dos governistas.

Como o texto não sofreu emendas de mérito no Senado, ele segue agora diretamente para análise da presidenta Dilma Rousseff. Ela terá prazo de 15 dias úteis para sancionar parcialmente o projeto de lei de conversão no qual a MP original foi transformada e determinar a publicação no Diário Oficial da União.

Ariano Suassuna é homenageado na 2ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura

Ariano_suassuna_-_demis_roussosO escritor Ariano Suassuna foi homenageado, nesta terça-feira (15), na 2ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura. No último fim de semana, o uruguaio Eduardo Galeano também recebeu homenagem pela trajetória política e literária. A noite de hoje contou com o sotaque acentuado e quase cantado de Suassuna, paraibano reconhecido por obras diversas, que passam pela dramaturgia, romance, poesia e crítica das artes e das culturas.

Os organizadores do evento e secretários do Governo do Distrito Federal iniciaram a homenagem. O secretário de Educação, Marcelo Aguiar, subiu ao palco sob vaias. Depois, ele mesmo entregou o Troféu Bienal para o escritor.

À vontade com a plateia que lotou o Museu da República e calou para escutá-lo, Suassuna começou pedindo desculpas, em tom de brincadeira, “por minha voz, que é feia, baixa, fraca e rouca”. Ele contou causos, fez piada com o esquecimento causado pela velhice e confessou o amor pela esposa, Zélia, com quem “namora” desde 16 de agosto de 1947 – fez questão de registrar. Apaixonado e apreciador do “rir e do fazer rir”, como destacou, o escritor e defensor da cultura popular, aos 86 anos, prepara-se para lançar um romance epistolar chamado Um Jumento Sedutor.

A arte da produção de tantas obras foi apresentada para a plateia, por meio de muitas histórias. Suassuna mostrou com causos o domínio da filosofia da arte, relembrou os tempos de professor de estética na Universidade Federal de Pernambuco, comprovou conceitos de Aristóteles sobre a essência do cômico – “uma desarmonia de pequenas proporções e sem consequências dolorosas” – e defendeu as personagens que criou, em especial João Grilo, o protagonista de O Auto da Compadecida.

Ironizando os críticos de suas obras, disse que logo que a maior delas foi lançada, em 1956, “chamavam João Grilo de anti-herói e o comparavam ao Macunaíma, coisa que eu não gostava não. E não gosto até hoje”. O autor defende que o personagem é um herói que “vence o clero corrupto, os proprietários rurais e até o diabo”, assevera, para então referir-se à astúcia como estratégia de sobrevivência usada pelos nordestinos que povoam seus escritos.

Do Nordeste, foram lembrados ainda, durante a homenagem, outros escritores, como José Lins do Rego e Jorge Amado. O coordenador da Bienal, Nilson Rodrigues, destacou que o troféu conferido  a Suassuna é também uma “homenagem aos escritores nordestinos que enriqueceram nossa cultura e fizeram grande a cultura brasileira”. Explicando as escolhas feitas pela organização do evento, ele  destacou que Ariano Suassuna e Eduardo Galeano, os dois homenageados da Bienal, “produziram obras que representam a síntese do povo latino-americano”. Povo que Suassuna fez questão de chamar de “grande”, ao pedir paciência à plateia com as dificuldades enfrentadas pelo Brasil. “A gente vai ter um país à altura desse grande povo que é o nosso”, afirmou.

Agência Brasil

Justiça ouve oito militares envolvidos no desaparecimento de Amarildo

 AmarildoA  Justiça do Rio fez hoje (15) mais uma audiência de instrução e julgamento no processo que envolve 25 policiais militares acusados de terem torturado e do desaparecimento do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza em 14 de julho de 2013, na Rocinha, zona sul do Rio.  Ao todo, oito réus foram ouvidos pelo juízo da 35ª Vara Criminal da Capital.

O primeiro réu interrogado foi um soldado, motorista do tenente Luiz Medeiros, réu no processo. Segundo relato, a rotina dele consistia em ficar no carro aguardando as ordens do tenente, que era subcomandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). No dia 14 de julho, o soldado disse que foi à base da UPP da Rocinha por volta de 19h avisar que iria jantar. Após lanchar em uma mercearia, o PM alega ter retornado ao carro e que lá permaneceu por toda a noite.

Os soldados Jonatan Moreira, Márcio de Lemos e Bruno dos Santos Rosa também foram interrogados. Eles disseram que, também em torno das 19h do dia 14, receberam ordens para não sairem dos contêineres até segunda ordem. Os três afirmaram que não ouviram gritos ou barulhos do lado de fora da base e que foram liberados às 21h.

O soldado Sidney Macário, que também atuava no setor administrativo da UPP, disse que no dia do desaparecimento do ajudente de pedreiro  entrou no contêiner por volta das 18h e só saiu de lá às 21h, quando foi liberado. Ele negou os fatos narrados na denúncia. A soldada Vanessa Coimbra também foi interrogada. Ela disse que entrou no contêiner pouco depois das 17h. Pouco antes de deixar o local, saiu apenas para ir ao banheiro, que ficava ao lado. A militar disse que ouviu vozes vindas da parte de trás do contêiner. Segundo ela, eram várias pessoas falando ao mesmo tempo, não sabendo apontar de quem seriam as vozes.

Os soldados João Magno e Rafael Mandarino, que trabalhavam com a soldado Vanessa Coimbra no mesmo contêiner, também foram interrogados pelo juízo. O soldado Magno contou que, no dia 14 de julho, entrou na sede da UPP por volta das 15h, saindo de lá apenas na hora de ir embora, por volta das 21h. O policial disse que não ouviu qualquer voz enquanto estava lá dentro. O soldado Rafael Mandarino disse que entrou no contêiner por volta de 12h30 e que só deixou o local a tarde para ir ao banheiro. Por volta das 21h, foi liberado.

A próxima audiência de instrução e julgamento  foi marcada para o dia 28 deste mês. Só falta um réu para ser interrogado.

Pedidos de CPMI da Petrobras são lidos em sessão do Congresso

BrO Congresso Nacional se reuniu hoje (15), em sessão conjunta da Câmara e do Senado, para a leitura dos requerimentos de instalação de comissões parlamentares mistas de inquérito. Em seguida, foram apresentadas questões de ordem sobre o mesmo assunto que serão respondidas pelo presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), posteriormente.

Entre outras coisas, o requerimento oposicionista pede que a Petrobras seja investigada no que se refere à compra da refinaria de Passadena, nos Estados Unidos, e a contratos para a construção de plataformas de petróleo.

Já os governistas apresentaram requerimento semelhante ao da oposição, mas que também pede a investigação de obras de governos estaduais que tenham utilizado recursos federais, como a construção dos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal, onde também há suspeitas de irregularidades.

As questões de ordem foram apresentadas para que cada lado pedisse preferência para a instalação de sua CPMI. Oposicionistas alegaram que o pedido do governo traz fatos desconexos, o que seria inconstitucional e antirregimental. “Defendemos a imediata instalação da CPMI da Petrobras, sem a inconstitucional ampliação pretendida pela maioria governista”, disse o líder do DEM na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE).

Os líderes da base do governo alegaram que é a oposição que quer fazer uma investigação inconstitucional. Para o vice-líder do PT, deputado Afonso Florence (BA), o requerimento oposicionista apresenta fatos desconexos que, “apontados em conjunto, demonstram que o objetivo é fazer uma investigação generalizada e afrontam o devido processo legal e o contraditório”.

Na sessão do Congresso, o presidente Renan Calheiros adotou o mesmo procedimento que já tinha sido usado no Senado, onde também foram apresentados dois requerimentos distintos de criação de CPI da Petrobras. Renan recebeu as questões de ordem e disse que a Mesa Diretora responderá posteriormente a elas.

No Senado, Renan respondeu que as duas CPIs poderiam prosperar e atendiam aos pressupostos constitucionais. No entanto, diante da impossibilidade de instalação de duas comissões para avaliar questões semelhantes, ele considerou que o pedido dos governistas deveria ter prioridade por inclui o fatos ressaltados pela oposição e agregar novos pontos a serem investigados. Ele também recorreu de ofício à Comissão de Constituição e Justiça para que desse parecer sobre o assunto. Logo após a Semana Santa, o relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) será votado no plenário do Senado.

Como Jucá deu parecer que mantém o entendimento de Renan, oposicionistas e governistas recorreram ao Supremo Tribunal Federal pedindo que a Corte decida qual CPI deverá prosperar. Hoje, Renan Calheiros disse que a decisão da Justiça também deverá valer para os pedidos de CPMI. “Não adianta colocar uma decisão do plenário acima da decisão do Supremo. Como há expectativa sobre a manifestação do STF, não adianta precipitarmos uma decisão do plenário do Senado ou do Congresso”, disse.

A sessão do Congresso estava marcada para votação de vetos presidenciais, mas, com baixo quórum, as votações foram adiadas e a sessão foi encerrada logo após a leitura dos pedidos de CPMI e das questões de ordem.

PLDO: governo quer direito de executar investimento mesmo sem orçamento aprovado

DinheiroO governo quer que despesas com investimentos sejam executadas desde o início do próximo ano, mesmo se o Orçamento de 2015 não for sancionado até o dia 31 de dezembro deste ano. É o que prevê o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária (PLDO) enviado hoje (15) ao Congresso Nacional, pelo governo. A intenção é garantir a execução completa do orçamento de investimento no próximo ano.

Para a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, o investimento, somado ao consumo, é o que garante o crescimento sustentável do país. “O país precisa que os investimentos não sofram nenhuma interrupção”, defendeu. Miriam destacou ainda que no PLDO foram reafirmadas as prioridades do governo, pelo quarto ano consecutivo, com o Plano Brasil Sem Miséria, o PAC e o Programa Minha Casa, Minha Vida.

No projeto, o governo estabeleceu a liberação de 100% da dotação das despesas obrigatórias, bolsas de estudo, ações de prevenção a desastres, financiamentos ao estudante, formação ao estoque público e aplicação mínima em saúde. A liberação para essas despesas já foram propostas em outros PLDO. Na proposta para 2015, foram acrescentados os investimentos do Ministério da Educação, os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e os investimentos de empresas estatais.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) tem como principal finalidade orientar a elaboração dos orçamentos fiscais e da seguridade social e de investimento dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, das empresas públicas e das autarquias.

Com a LDO, o governo estabelece as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro do ano seguinte.  O projeto de lei com as diretrizes orçamentárias tem de ser enviado pelo Executivo ao Congresso até 15 de abril e aprovada pelo Legislativo até 30 de junho.

Agência Brasil

Policlínicas: modelo cearense é destaque nacional

PoliII_sobralO modelo de atenção especializada de média complexidade do Ceará, baseado nas policlínicas regionais, está consolidando uma sólida trajetória para ser adotado como política pública nacional pelo Ministério da Saúde. Depois de receber técnicos que vieram saber como o governo estadual está garantindo o acesso de seis milhões de cearenses a consultas e exames especializados na própria região em que residem, a Secretaria da Saúde do Estado apresentará a experiência nesta quarta-feira (16), às 9 horas, na Oficina Regional sobre Atenção Especializada Ambulatorial, a convite do Departamento de Atenção Especializada e Temática (DAET), do Ministério da Saúde, e do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). A oficina será realizada durante o II Congresso de Secretarias Municipais de Saúde das Regiões Norte e Nordeste, que acontece de 14 a 17 deste mês, em Manaus (AM).

 

O Departamento de Atenção Especializada e Temática (DAET) está à frente de uma discussão nacional em torno de uma proposta de cuidado na atenção especializada ambulatorial a ser adotada pelo Ministério da Saúde. Na oficina que será realizada em Manaus, o órgão vai promover o debate sobre as especificidades das regiões Norte e Nordeste, com atenção aos problemas, potencialidades e estratégias de organização dos serviços de atenção ambulatorial de média complexidade, tendo em vista as propostas apresentadas, entre as quais o modelo cearense aparece com destaque. Em Manaus, o II Congresso de Secretarias Municipais de Saúde das Regiões Norte e Nordeste, que abriga a oficina, reúne cerca de mil participantes, entre secretários municipais de saúde, técnicos e trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

As policlínicas regionais estão sendo implantadas pelo governo do Estado com infraestrutura adequada para atender as principais especialidades médicas de interesse epidemiológico no Ceará e com serviços de suporte ao diagnóstico e reabilitação dos pacientes atendidos. Já são 19 policlínicas inauguradas em Baturité, Tauá, Camocim, Acaraú, Brejo Santo, Aracati, Itapipoca, Russas, Crateús, Quixadá, Caucaia, Sobral, Campos Sales, Pacajus, Barbalha, Tianguá, Icó, Iguatu e Limoeiro do Norte. Outras três estão em construção em Canindé, Maracanaú e Crato. A gestão das policlínicas é dos consórcios regionais de saúde, modelo adotado pelo governo do Estado que envolve os municípios localizados numa mesma microrregião de saúde para garantir a estruturação de redes de assistência e ampliar e facilitar o acesso da população aos serviços de saúde na própria região. O governo participa dos consórcios com, no mínimo, 40% do custeio das policlínicas. Os 60% restantes são rateados entre os municípios.

 

As policlínicas do tipo I oferecem consultas especializadas em oftalmologia, otorrinolaringologia, clínica geral, cardiologia, ginecologia, mastologia, cirurgia geral, gastroenterologia, urologia, traumato-ortopedia, com apoio técnico de enfermagem, farmácia clínica, terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e psicologia. Os serviços de apoio diagnóstico e terapêutico são radiologia convencional, mamografia, ultrassonografia, endoscopia digestiva, ecocardiografia, ergometria, eletrocardiograma, audiometria e coleta de patologia clínica. As policlínicas do tipo II, instaladas nas regiões de saúde de maior densidade populacional, oferecem, ainda, consultas especializadas em endocrinologia, angiologia e neurologia, bem como os serviços de tomografia computadorizada, eletroencefalograma e endoscopia respiratória.

 

Em conjunto, as 12 policlínicas em funcionamento em 2013 realizaram 98.903 consultas especializadas, 86.126 exames de imagens, 63.188 atendimentos nos serviços de apoio diagnósticos, 25.188 exames laboratoriais e 2.047 exames diversos, totalizando 275.452 atendimentos no ano. Os números são maiores se contabilizados os primeiros atendimentos realizados na primeira policlínica regional. Na Policlínica Dr. Clóvis Amora Vasconcelos, em Baturité, uma das primeiras construídas pelo governo do Estado, foram realizados 9.032 mamografias de abril de 2011 a fevereiro deste ano. Já em Sobral, a Policlínica Bernardo Félix da Silva, do tipo II, fez de outubro de 2012, quando começou a atender, a dezembro de 2013 um total de 6.803 tomografias computadorizadas. Antes da construção das policlínicas, a tomografia, na rede pública, era feita apenas nos hospitais da capital.

Assessoria de Comunicação da Sesa

Policlínicas: modelo cearense é destaque nacional

PoliII_sobralO modelo de atenção especializada de média complexidade do Ceará, baseado nas policlínicas regionais, está consolidando uma sólida trajetória para ser adotado como política pública nacional pelo Ministério da Saúde. Depois de receber técnicos que vieram saber como o governo estadual está garantindo o acesso de seis milhões de cearenses a consultas e exames especializados na própria região em que residem, a Secretaria da Saúde do Estado apresentará a experiência nesta quarta-feira (16), às 9 horas, na Oficina Regional sobre Atenção Especializada Ambulatorial, a convite do Departamento de Atenção Especializada e Temática (DAET), do Ministério da Saúde, e do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). A oficina será realizada durante o II Congresso de Secretarias Municipais de Saúde das Regiões Norte e Nordeste, que acontece de 14 a 17 deste mês, em Manaus (AM).

 

O Departamento de Atenção Especializada e Temática (DAET) está à frente de uma discussão nacional em torno de uma proposta de cuidado na atenção especializada ambulatorial a ser adotada pelo Ministério da Saúde. Na oficina que será realizada em Manaus, o órgão vai promover o debate sobre as especificidades das regiões Norte e Nordeste, com atenção aos problemas, potencialidades e estratégias de organização dos serviços de atenção ambulatorial de média complexidade, tendo em vista as propostas apresentadas, entre as quais o modelo cearense aparece com destaque. Em Manaus, o II Congresso de Secretarias Municipais de Saúde das Regiões Norte e Nordeste, que abriga a oficina, reúne cerca de mil participantes, entre secretários municipais de saúde, técnicos e trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

As policlínicas regionais estão sendo implantadas pelo governo do Estado com infraestrutura adequada para atender as principais especialidades médicas de interesse epidemiológico no Ceará e com serviços de suporte ao diagnóstico e reabilitação dos pacientes atendidos. Já são 19 policlínicas inauguradas em Baturité, Tauá, Camocim, Acaraú, Brejo Santo, Aracati, Itapipoca, Russas, Crateús, Quixadá, Caucaia, Sobral, Campos Sales, Pacajus, Barbalha, Tianguá, Icó, Iguatu e Limoeiro do Norte. Outras três estão em construção em Canindé, Maracanaú e Crato. A gestão das policlínicas é dos consórcios regionais de saúde, modelo adotado pelo governo do Estado que envolve os municípios localizados numa mesma microrregião de saúde para garantir a estruturação de redes de assistência e ampliar e facilitar o acesso da população aos serviços de saúde na própria região. O governo participa dos consórcios com, no mínimo, 40% do custeio das policlínicas. Os 60% restantes são rateados entre os municípios.

 

As policlínicas do tipo I oferecem consultas especializadas em oftalmologia, otorrinolaringologia, clínica geral, cardiologia, ginecologia, mastologia, cirurgia geral, gastroenterologia, urologia, traumato-ortopedia, com apoio técnico de enfermagem, farmácia clínica, terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e psicologia. Os serviços de apoio diagnóstico e terapêutico são radiologia convencional, mamografia, ultrassonografia, endoscopia digestiva, ecocardiografia, ergometria, eletrocardiograma, audiometria e coleta de patologia clínica. As policlínicas do tipo II, instaladas nas regiões de saúde de maior densidade populacional, oferecem, ainda, consultas especializadas em endocrinologia, angiologia e neurologia, bem como os serviços de tomografia computadorizada, eletroencefalograma e endoscopia respiratória.

 

Em conjunto, as 12 policlínicas em funcionamento em 2013 realizaram 98.903 consultas especializadas, 86.126 exames de imagens, 63.188 atendimentos nos serviços de apoio diagnósticos, 25.188 exames laboratoriais e 2.047 exames diversos, totalizando 275.452 atendimentos no ano. Os números são maiores se contabilizados os primeiros atendimentos realizados na primeira policlínica regional. Na Policlínica Dr. Clóvis Amora Vasconcelos, em Baturité, uma das primeiras construídas pelo governo do Estado, foram realizados 9.032 mamografias de abril de 2011 a fevereiro deste ano. Já em Sobral, a Policlínica Bernardo Félix da Silva, do tipo II, fez de outubro de 2012, quando começou a atender, a dezembro de 2013 um total de 6.803 tomografias computadorizadas. Antes da construção das policlínicas, a tomografia, na rede pública, era feita apenas nos hospitais da capital.

Assessoria de Comunicação da Sesa

Exército vai perfurar mais 200 poços profundos em 20 municípios do CE

2000pocosDurante a divulgação da perfuração dos poços, a meteorologista da Funceme avisou que as chuvas no Estado continuam irregulares este mês

Fortaleza. O Exército Brasileiro anunciou ontem que irá perfurar e instalar mais 200 poços profundos no Estado. O trabalho vai beneficiar 20 municípios do Interior do Estado. A iniciativa faz parte da Operação Carro-Pipa e terá um investimento de R$ 8,8 milhões, segundo o coordenador da Operação do Exército Brasileiro no Ceará e Piauí, Coronel Claudemir Rangel.

Os municípios beneficiados são Crateús, Nova Russas, Quiterianópolis, Catunda, Ipaporanga, Alcântaras, Morrinhos, Irauçuba, Pereiro, Potiretama, Miraíma, Canindé, Palmácia, Piquet Carneiro, Pacoti, Mulungu, Aratuba, Pedra Branca, Itatira e Ererê. Segundo o coronel Claudemir, as cidades foram escolhidas pelo Grupo de Trabalho vinculado ao Comitê Integrado de Combate à Seca no Ceará, mediante os critérios de criticidade quanto ao abastecimento de água e o efetivo populacional a ser atendido com a água.

A divulgação sobre mais uma operação do Exército Brasileiro para minimizar os efeitos da estiagem ocorreu durante reunião do Comitê da Seca ontem de manhã, na sede do Corpo de Bombeiros, na Capital.

Obstáculos

O esforço de instituições públicas estaduais e federais para enfrentar as consequências de dois anos seguidos de seca no sertão e assegurar abastecimento de água para núcleos urbanos e comunidades isoladas em áreas rurais acaba esbarrando em obstáculos burocráticos, licitações e repasse de verbas. Resultado: as ações atrasam. Um exemplo vem do programa de perfuração de poços profundos.

Na localidade de Lagoa do Senador, em Boa Viagem, foi perfurado um poço profundo, que apresentou elevada vazão, há seis meses, pelo 2º Batalhão de Engenharia e Construção de Teresina, Piauí. Há seis meses que a comunidade aguarda a instalação de motor e bomba para a retirada da água.

O chefe do Centro de Operações de Engenharia do 1º Grupamento de Engenharia do Exército, em João Pessoa, Paraíba, tenente-coronel, César Alexandre Carli, esclareceu que a perfuração de poços profundos faz parte da Operação-Pipa II e começou em 2012, no Nordeste, mediante o quadro de escassez de água por causa da seca. Ele explicou que os poços são perfurados e instalados com rede de cano e motores e bomba de sucção, mas às vezes não funcionam por falta de ligação de rede elétrica. “A energia deve ser um esforço da Prefeitura e da comunidade”, avaliou o militar.

No Ceará, o Exército perfurou 41 poços, sendo que sete não deram vazão suficiente e foram descartados para o uso. Os municípios beneficiados foram: Crateús, Tauá, Mombaça, Piquet Carneiro, Acopiara, Madalena, Canindé e Reriutaba.

Os açudes estão secando no sertão, depois de dois anos seguidos de estiagem. Milhares de famílias enfrentam dificuldades de acesso à água de qualidade. Uma das soluções é a perfuração de poços profundos. Somente na Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) existem cerca de três mil pedidos oriundos do Interior do Ceará. A capacidade de perfuração é de cerca de 300 poços por ano.

“Somente neste ano, já recebemos 492 pedidos. A maioria dos poços perfurados já foi instalada pela Defesa Civil do Estado”, disse o diretor de Águas Subterrâneas da Sohidra, José Borges Neto. Borges reconhece que apesar dos esforços, a quantidade de poços perfurados é insuficiente para atender à demanda.

O major Vagner Maia, chefe do Núcleo de Engenharia da Defesa Civil, explicou que a necessidade de licitações, contratação de empresa, cadastro, pesquisa geológica, relatório e teste de viabilidade do poço contribuem para o atraso no programa e que o processo não ocorre de forma simultânea. Ele esteve ontem na reunião do Comitê da Seca e informou que serão instalados mais 346 poços em 58 cidades, com 56 dessalinizadores e 290 chafarizes. Um investimento de R$ 13,34 milhões.

Entre as cidades beneficiadas estão Acarape, Banabuiú e Campos Sales. O major disse ainda que as três empresas contratadas se comprometeram a executar as obras no prazo de 45 dias a contar da liberação da ordem de serviço que deve ocorrer até a próxima semana.

Na reunião esteve presente também a meteorologista da Funceme, Meiry Sakamoto, revelando que as chuvas continuam irregulares este mês. Ela frisou que está sendo planejado o Monitor de Secas no Nordeste para mensurar os impactos na agricultura e nos recursos hídricos. “A fase de experimentação será de julho a dezembro e a operacionalização ocorrerá no fim de 2014 a início de 2015″.

Mais informações:
Defesa Civil do Estado
Rua Conselheiro Estelita, 370
Centro
Fortaleza
Telefone: (85)3101.4600
 
Denise Nunes e Honório Barbosa
Repórteres

AGU pede investigação sobre vazamento de dados da Petrobras

BrA Advocacia-Geral da União (AGU) pediu hoje (14) ao Tribunal de Contas da União (TCU) que investigue a quebra de sigilo do processo que apura os negócios da Petrobras na compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. A AGU pede que a Polícia Federal seja acionada para apurar o vazamento de dados do processo. 

Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, publicada no domingo (13), relatório do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou a responsabilização dos integrantes do Conselho de Administração da Petrobras, caso seja concluído que a operação gerou prejuízos aos cofres públicos.

A AGU requereu ainda que o relator do processo, ministro José Jorge, abra inquérito administrativo para investigar o vazamento da investigação. Segundo o órgão, o acesso ilegal das informações configura crime de violação de sigilo funcional.

Bienal do Livro discute produção livre de biografias

Livro_1920x1200Autor de biografias consagradas, como as de Carmen Miranda, de Nelson Rodrigues e do jogador Garrincha, retratado no livro Estrela Solitária – Um Brasileiro Chamado Garrincha, o jornalista e escritor Ruy Castro defendeu a produção livre de biografias, no Brasil. Ele narrou o intenso processo de adentrar a vida do biografado: “Você se muda para a vida de outra pessoa, que não é a sua”. O resultado dessa imersão, para Castro, “é absolutamente fascinante”, pois “você compartilha a vida de uma pessoa, a partir de pesquisa, de documentos e entrevistas com pessoas que conviveram com aquele personagem”.

O tema, abordado em uma das mesas de discussão na 2ª Bienal Brasil do Livro e da Literatura, tem sido objeto de intensos debates, desde o ano passado. O Projeto de Lei 393/11, que tramita na Câmara dos Deputados, propõe mudanças no Código Civil para que seja liberada a edição de biografias de personalidades públicas vivas ou mortas, independentemente de autorização prévia. Ele parte da defesa de que a vida de pessoas de notoriedade pública, cuja trajetória esteja envolvida em acontecimentos de interesse da coletividade, possa ser objeto de publicações. O atual texto do Código apregoa que a biografia deve ser autorizada pelo próprio biografado ou por parentes.

O escritor Toninho Vaz relatou as dificuldades para lançar o estudo que produziu sobre o poeta piauiense Torquato Neto. Uma ação movida pela família, às vésperas da impressão do livro, inviabilizou a divulgação da obra, que foi liberada após disputa judicial. Apoiado por uma nova editora, ele lançou a biografia neste domingo (13), na própria Bienal. Durante o debate sobre o tema, os escritores afirmaram que o PL deve voltar à pauta das discussões, nas próximas semanas.

A polêmica em torno das biografias reside na relação existente entre o direito à liberdade de expressão e o direito à privacidade. Para contrários às publicações, as biografias podem ferir este último. O jurista José Paulo Cavalcanti Filho explicou que é “absolutamente contrário” à necessidade de autorização prévia para a produção de biografias, mas ponderou que é preciso que o país amplie a discussão e debata o grau de exposição das pessoas. Ele citou leis que restringem a publicação de informações pessoais por determinado número de anos em países como os Estados Unidos e a França, como possíveis exemplos a serem seguidos no Brasil. O jurista também defendeu a responsabilização de autores e editores e o pagamento de indenização, perante a publicação de informações equivocadas.

Agência Brasil

Inep discute melhorias na avaliação das instituições de ensino superior

UniversidadesO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) discutiu hoje (14) medidas para melhorar a avaliação do ensino superior em seminário dos dez anos do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). As medidas discutidas vão desde a integração com os sistemas estaduais de educação e o uso efetivo de tecnologias da informação à institucionalização da auto-avaliação das instituições e o aprimoramento do Conceito Preliminar de Curso (CPC),  Índice Geral de Cursos (IGC)  e do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

Os índices são determinantes para a abertura de novos cursos e funcionamento dos que já existem. Entre as ideias citadas está a adoção de computadores no Enade. O exame tem o maior peso nas avaliações, corresponde a 70% do CPC, que por sua vez é usado no cálculo do IGC. O Enade é aplicado em todo o país aos estudantes do último ano de graduação.

Para obter o diploma o estudante deve fazer o Enade, mas não existe um desempenho obrigatório. Por isso, o exame é alvo de boicotes por parte dos estudantes e o peso da avaliação nos indicadores é criticado por institruições de ensino superior, que acabam sendo penalizadas.

Segundo a diretora de Avaliação da Educação Superior do Inep, Cláudia Griboski, ainda não há perspectivas de aplicação da ideia, mas ela explica que, com o uso de computadores, o estudante faria a prova na instituição em que estuda. “Hoje ele tem que sair,  ir para outro local em um domingo. [O computador] facilita a participação do estudante”.

Outra ideia em discussão é a utilização da metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor  de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Assim, um item em que grande número dos candidatos acertaram será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos e vice-versa. A metodologia  é utilizada no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Para que isso seja possível é preciso ampliar o banco nacional da educação superior. O banco é formado por questões elaboradas por docentes que atuam nas áreas avaliadas. Essas questões são usadas na construção das provas do Enade. Segundo Cláudia, o banco tem hoje aproximadamente 6 mil questões. “Levaria mais uns cinco anos para ter a possibilidade de usar essa metodologia”.

Além das mudanças no Enade, foi discutida a necessidade da interiorização do ensino superior e o papel do Sinaes nessa expansão. Atualmente, 66% dos municípios brasileiros, 3,6 mil cidades, não têm oferta de ensino superior, seja presencial ou a distância, segundo dados do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Precisamos de instrumentos e mecanismos que façam a indução da oferta de cursos nesses locais longínquos. Não apenas presencial, mas provavelmente a educação à distância pode ser um grande contribuidor”, disse a assessora da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior do MEC, Cleunice Matos Rehem.

Ribeirinhos da Amazônia apostam na pesca sustentável e no manejo florestal

Ribeirinhos

Pescar de forma sustentável é um dos grandes desafios das comunidades ribeirinhas Tomaz Silva/Agência Brasil

Não basta dar o peixe ou a vara. Também não basta ensinar a pescar. Um dos grandes desafios pelos quais passam diversas comunidades ribeirinhas da Amazônia tem sido o de pescar de forma sustentável. E, assim, evitar que a fartura de um ano resulte em escassez de pescado no ano seguinte. O princípio pode ser aplicado a várias outras atividades típicas desenvolvidas pelos ribeirinhos da Amazônia. Entre elas, o manejo florestal – utilização racional e ambientalmente adequada dos recursos da floresta.

“Para que qualquer atividade seja considerada sustentável, ela precisa ser ecologicamente correta, economicamente viável e socialmente justa”, resume o técnico florestal do Instituto Mamirauá, Ronaldo Carneiro.

É seguindo esse princípio que o instituto tem ajudado comunidades amazonenses da Reserva Mamirauá, localizada a 600 km a oeste de Manaus, região do curso médio do Rio Solimões. Com 1,124 milhão de hectares, essa é a primeira reserva de desenvolvimento sustentável do país.

O Instituto Mamirauá é uma organização social fomentada e supervisionada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que atua, também, como  unidade de pesquisa.

Uma das principais fontes de renda das comunidades da reserva é a pesca sustentável do Pirarucu. A cada ano, são dois meses de atividade e dez meses de vigilância contra a pesca irregular na região. Para evitar problemas, algumas regras têm de ser seguidas. Uma delas é a contagem de peixes adultos, quando boiam na superfície – feita por contadores capacitados e certificados pelo instituto, antes do início da temporada de pesca.

“Já tivemos baixas significativas da população de peixes em decorrência de o contador ter falseado dados. No ano seguinte, com a queda no número de pescado, a comunidade sentiu na pele o problema”, disse à Agência Brasil Francilvânia Martins de Oliveira, 24 anos. Segundo a ribeirinha, que tem vários pescadores na família, a venda de peixes é o que mais movimenta a economia da comunidade Boca do Mamirauá.

Para ter sucesso nessa e em outras empreitadas, o instituto já promoveu mais de 120 cursos de capacitação nas comunidades da região, bem como ações nas áreas de agricultura, abastecimento de água, gestão comunitária, turismo, manejo florestal e pesca.

Responsável por estudos de mercado que identificam a viabilidade no manejo florestal, o economista Leonardo Apel, integrante do Grupo de Pesquisa e Organização Social, diz que a técnica aplicada “é eficiente e promove a regeneração de espécies no local”. O manejo é uma atividade econômica oposta ao desmatamento, pois não há remoção total da floresta e, mesmo após o uso, o local manterá sua estrutura florestal.

Na Reserva Mamirauá, pesquisadores e ribeirinhos buscam a sustentabilidade pelo manejo florestal (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Na Reserva Mamirauá, pesquisadores e ribeirinhos buscam a sustentabilidade pelo manejo florestal (Tomaz Silva/Agência Brasil)Tomaz Silva/Agência Brasil

O pesquisador explica que a técnica de manejo desenvolvida pelo instituto e aplicada nas comunidades tem mais de 40 anos. “Ela era adotada em empresas e agora está sendo direcionada ao manejo comunitário. A diferença entre as aplicações está ligada à capacidade de planejamento. No caso da extração feita pela comunidade, ela não é tão voltada para o mercado. É de pequena escala, visando à subsistência e, só em alguns casos, à venda.”

Segundo Apel, a madeira extraída de forma legal atinge preços de mercado “muito mais interessantes” do que a obtida ilegalmente. “A ilegal não tem viabilidade econômica porque o risco de apreensão faz seu preço de mercado cair vertiginosamente. Quem faz isso acaba tendo de pagar para trabalhar”, disse. “Por isso, acredito que o manejo de madeira seja a melhor alternativa não só para a Amazônia, mas para o mundo todo”, acrescentou.

O princípio do manejo é simples: não se pode derrubar em quantidade maior do que a capacidade de recuperação da floresta – em geral, até três espécies por hectare na região. Responsável por capacitar as comunidades para o manejo, o técnico florestal Elinei Castro responde, atualmente, pelo levantamento de estoques e pelo inventário da Comunidade São Francisco, uma das áreas visitadas pela Agência Brasil.

“As árvores com pelo menos 1,2 metro de diâmetro já foram marcadas”, disse. “Nessa área aqui, de 17 hectares, foram marcadas e autorizadas [a extração de] 46 delas, mas as regras permitiriam a derrubada de até 51 árvores. Em toda a região, há 60 hectares, dos quais podem ser extraídas 180 árvores em um ciclo de 25 anos, que é o tempo que leva para elas atingirem a fase adulta”, explicou.

Segundo o líder eleito pela comunidade de São Francisco, Raimundo Ribeiro da Silva, com o manejo é possível chegar a uma renda média de R$ 300 por mês para cada família. “Mas o dinheiro só vai para quem trabalha”, acrescentou Elinei, enquanto acompanhava o corte de uma assacu – árvore de grande resistência e durabilidade na água, muito usada na estrutura de casas flutuantes – com três metros de diâmetro na base.

Sócio da comunidade nas atividades de manejo desde 2001, Erinaldo Chagas, 32 anos, diz ter um “sentimento controverso” ao derrubar árvores. “A gente sente tristeza. Mas também sente alegria, porque a madeira beneficia a gente e dá o que comer para nossas famílias. Além disso, quando se tira uma árvore de grande porte, nós damos condições para que outras árvores surjam, com a entrada da luz que até então estava bloqueada”, destacou.

Por 11 dias, no mês de fevereiro, a equipe de reportagem da Agência Brasil viajou pela Amazônia. A vida dos ribeirinhos também será destaque no programa Caminhos da Reportagem, que será exibido pela TV Brasil na próxima quinta-feira (17), às 22h.

-

Rússia avisa Kiev que uso da força no Leste vai minar negociações

RussiaO ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Sergei Lavrov, alertou hoje (15) Kiev sobre o uso da força para dominar os separatistas pró-Moscou no Leste da Ucrânia. Ele disse que esse “ato criminoso” vai minar as negociações de Genebra. “Não podemos fazer convites para negociações e, ao mesmo tempo, emitir ordens criminosas para recorrer ao uso de armas contra pessoas naquela área”, acrescentou Lavrov, durante visita a Pequim.

No último domingo (13), o governo de Kiev desencadeou uma “operação antiterrorista”, no Leste do país, contra rebeldes armados pró-russos. Moscou denunciou de imediato “a ordem criminosa de Turchinov [o presidente ucraniano Olexandre], de recorrer ao Exército para reprimir os protestos”, e advertiu as autoridades ucranianas pró-europeias para que abandonem “a guerra contra o próprio povo”.

Uma série de ataques visivelmente coordenados foi lançada, no sábado (12), nas cidades do Leste da Ucrânia, região fronteiriça da Rússia, por homens armados, que usavam, na maior parte dos casos, uniformes sem identificação.

Esse aumento de tensão levou ao receio de que Moscou, que concentrou até 40 mil homens na fronteira, aproveite esse pretexto para uma intervenção, uma vez que o presidente russo, Vladimir Putin, prometeu defender “a qualquer preço” os cidadãos russos no espaço da ex-União Soviética.

Moscou nunca reconheceu o governo provisório pró-europeu, que chegou ao poder após a queda, no fim de fevereiro, do presidente pró-russo Viktor Ianukóvitch, na sequência de manifestações violentas na capital ucraniana.

Uma missão da Organização das Nações Unidas (ONU), que visitou a Crimeia nos dias 21 e 22 de março, considerou que a presença de grupos paramilitares, de autodefesa e de soldados não identificados afetou o desenvolvimento do referendo no qual a República Autônoma ucraniana aceitou integrar a Rússia.

“A presença paramilitar e dos chamados grupos de autodefesa, além de soldados não identificados considerados oriundos da Rússia, não permitiu um ambiente em que a vontade dos eleitores pudesse ser manifestada livremente”, indicou relatório apresentado hoje pela missão.

A missão da ONU concluiu ainda que foi “amplamente verificado” que os nativos russos na Crimeia não foram alvo de ameaças antes da integração desse território à Rússia.

*Com informações da Agência Lusa

Fifa põe à venda 200 mil ingressos a partir de hoje

IngressoscopaFifa põe à venda 199.519 tíquetes para 54 dos 64 jogos da competiçãoArquivo/Agência Brasil

Desde as 7h de hoje (15), torcedores já podem comprar ingressos da Copa do Mundo de 2014, colocados à disposição pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) em sua última fase de vendas. São 199.519 tíquetes para 54 dos 64 jogos da competição, que será realizada em 12 cidades-sede brasileiras de 12 de junho a 13 de julho deste ano.

Não há mais ingressos para os três jogos do Brasil na primeira fase, além da final e das partidas  México x Camarões, Inglaterra x Itália, Argentina x Bósnia e Herzegovina, Espanha x Chile, Croácia x México e Austrália x Espanha.

Os ingressos estão disponíveis no site www.fifa.com/tickets. Só serão aceitos cartões de débito Visa e de crédito. A partir de 1º de junho, os ingressos também poderão ser comprados em centros da Fifa nas 12 cidades-sede. Caso ainda não estejam esgotados, os tíquetes estarão disponíveis para venda até o dia do jogo escolhido. 

Tribunal condena Berlusconi a um ano de serviço comunitário

BerlusconiUm tribunal de Milão condenou hoje (15) o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi a um ano de serviço comunitário por fraude fiscal, informou a imprensa italiana.

Berlusconi, 77 anos, afastado do Senado e proibido de se candidatar por seis anos no âmbito de outro processo judicial, terá também, a partir de agora, seus movimentos limitados: está obrigado a permanecer na Lombardia, região de que Milão é a capital, e necessita de autorização especial para viajar a Roma para trabalho político.

O ex-primeiro-ministro, que se mantém como principal figura do partido oposicionista Forza Italia, lidera a campanha do partido para as eleições europeias de maio.

A imprensa italiana já tinha noticiado que os advogados de Berlusconi pediram ao tribunal que optasse pelo serviço comunitário, a ser feito uma vez por semana em um centro para idosos em Milão, em vez da prisão domiciliar.

A lei italiana permite que os condenados com idade igual ou superior a 70 anos que não estejam envolvidos em crimes de sangue sejam poupados da pena de prisão.

O processo envolve fraude fiscal na compra de direitos televisivos pelo império de comunicação Mediaset, de propriedade de Berlusconi, nos anos 90.

Berlusconi declarou-se inocente de qualquer crime e disse que os processos judiciais que lhe foram movidos fazem parte de uma conspiração do sistema judicial para o afastar da política.

*Com informações da Agência Lusa

Governo investe R$ 10 milhões na construção da CE-187, em Barroquinha

 

Estrada_CE-350O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Turismo (Setur-CE), constroí mais uma rodovia de relevância turística para o Ceará. O projeto para a construção da CE-187, em Barroquinha, no Litoral Oeste, foi apresentado à população e lideranças da região. Ao todo serão 27,7 quilômetros entre o entroncamento com a CE-085 e a localidade de Bitupitá.

 

Responsável pela obra, a construtora Silveira Salles LTDA. pavimentará e reestruturará a estrada “carroçal” já existente, que liga o distrito de Bitupitá – uma região de beleza intocada, repleta de praias selvagens com coqueirais, campos de dunas e manguezal – à sede do município. Na obra serão investidos R$ 10 milhões.

 

A via ganhará, além de pavimentação, iluminação, sinalização, acostamento, entre outros itens. O prazo estimado para a conclusão é de 360 dias a partir da Ordem de Serviço. “A nova estrada vai transformar a realidade local, pois tanto os turistas quanto a população vão de deslocar com mais conforto, rapidez e segurança, e, a partir daí, surgirão novos negócios ligados ao comércio e ao turismo”, destacou o secretário do Turismo, Bismarck Maia.

 

Segundo Bismarck Maia, o município será beneficiado pelo Programa de Qualificação da Infraestrutura Turística do Litoral Oeste (Proinftur), financiado pelo Banco Andino de Desenvolvimento (CAF), que fará melhorias urbanísticas à beira-mar.

Assessoria de Comunicação da Setur-CE

Governo investe R$ 10 milhões na construção da CE-187, em Barroquinha

 

Estrada_CE-350O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Turismo (Setur-CE), constroí mais uma rodovia de relevância turística para o Ceará. O projeto para a construção da CE-187, em Barroquinha, no Litoral Oeste, foi apresentado à população e lideranças da região. Ao todo serão 27,7 quilômetros entre o entroncamento com a CE-085 e a localidade de Bitupitá.

 

Responsável pela obra, a construtora Silveira Salles LTDA. pavimentará e reestruturará a estrada “carroçal” já existente, que liga o distrito de Bitupitá – uma região de beleza intocada, repleta de praias selvagens com coqueirais, campos de dunas e manguezal – à sede do município. Na obra serão investidos R$ 10 milhões.

 

A via ganhará, além de pavimentação, iluminação, sinalização, acostamento, entre outros itens. O prazo estimado para a conclusão é de 360 dias a partir da Ordem de Serviço. “A nova estrada vai transformar a realidade local, pois tanto os turistas quanto a população vão de deslocar com mais conforto, rapidez e segurança, e, a partir daí, surgirão novos negócios ligados ao comércio e ao turismo”, destacou o secretário do Turismo, Bismarck Maia.

 

Segundo Bismarck Maia, o município será beneficiado pelo Programa de Qualificação da Infraestrutura Turística do Litoral Oeste (Proinftur), financiado pelo Banco Andino de Desenvolvimento (CAF), que fará melhorias urbanísticas à beira-mar.

Assessoria de Comunicação da Setur-CE

Lançamento do livro Céu de Luiz acontece no Teatro Dragão do Mar

DragaodomarO Teatro Dragão do Mar será palco nesta terça-feira (15), do lançamento do livro Céu de Luiz, uma publicação de belas fotografias de Tiago Santana. A obra retrata o universo de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, a partir de sua identificação com o sertão, particularmente a região do Pernambuco e do Cariri cearense, que é culturalmente uma das mais representativas da cultura popular do Nordeste. Com texto de Audálio Dantas, o Céu de Luiz é uma homenagem ao centenário de Gonzaga.

 

Exu, onde Luiz Gonzaga nasceu, foi o ponto de partida para sua carreira artística e também o ponto de partida do livro, que reflete o que podemos chamar de Céu de Gonzaga. O fio condutor é o homem Luiz e o lugar onde ele nasceu, passou sua infância, descobriu o mundo e construiu a sua obra.

 

O livro conta com o ensaio fotográfico realizado pelo fotógrafo Tiago Santana e os textos do jornalista e escritor Audálio Dantas, repetindo assim a dupla de sucesso no livro O Chão de Graciliano (Ed. Tempo d’Imagem, 2006), publicação que recebeu, entre outros prêmios, o APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e o Prêmio Conrado Wessel, em 2007. O livro tem apoio cultural do Governo do Estado do Ceará e do Governo do Estado de Pernambuco.
O lançamento do Céu de Luiz, no Teatro Dragão do Mar, terá ainda a participação especial da Orquestra Filarmônica do Ceará, tocando clássicos de Luiz Gonzaga, como “Sabiá”, “Asa Branca” e “Assum Preto”.

 

Os Autores

 

TIAGO SANTANA, fotógrafo, atua desde 1989, desenvolvendo ensaios pelo Brasil e América Latina. Em 1994 recebeu a Bolsa Vitae de Artes com o projeto Benditos, livro homônimo publicado em 2000; e o Prêmio Marc Ferrez de Fotografia, em 1995. Em 2007 ganhou os Prêmios Conrado Wessel de Ensaio Fotográfico e APCA, pelo ensaio O Chão de Graciliano, livro realizado em parceria com o jornalista Audálio Dantas. Ganhou o Prêmio O Melhor da Fotografia no Brasil em 2007, 2008 e 2009. Em 2010 recebeu o Prêmio Porto Seguro Brasil de Fotografia. Tem trabalhos publicados em revistas e livros no Brasil e no exterior. Sua obra integra importantes acervos e coleções de fotografia. Em 2011 foi o segundo brasileiro a ter seu trabalho publicado na coleção de fotografia francesa Photo Poche. Organizou diversas exposições e festivais de fotografia no Brasil. É fundador da editora Tempo D’Imagem.

 

AUDÁLIO DANTAS, jornalista, escritor e autor de mais de 10 livros, entre eles, As duas guerras de Vlado Herzog (Grupo Record/Civilização Brasileira), Prêmios Jabuti (Câmara Brasileira do Livro) e Juca Pato (União Brasileira de Escritores); Tempo de reportagem (Leya); O menino Lula (Ediouro) e O Chão de Graciliano, com fotografia de Tiago Santana (Tempo d’Imagem), Prêmio APCA 2007. Fez a compilação do diário da escritora Maria Carolina de Jesus, resultando no livro Quarto de despejo, obra já traduzida para 13 idiomas. Atuou em diversas entidades profissionais e culturais. Em 1981 recebeu prêmio da ONU por seu trabalho na área de direitos humanos. É presidente da Comissão da Verdade, Memória e Justiça dos Jornalistas Brasileiros e diretor-executivo da revista Negócios da Comunicação.

 

FICHA TÉCNICA:

 

CÉU DE LUIZ
Editora Tempo d’Imagem e Edições Sesc São Paulo
Autores: Tiago Santana (fotografias) / Audálio Dantas (texto)
Textos de apresentação: Danilo Santos de Miranda e Gilberto Gil
ISBN Edições Sesc São Paulo: 978-85-7995-083-4
ISBN Tempo d´Imagem: 978-85-87314-39-0
Número de páginas: 156
Formato: 28 x 28 cm
Preço: R$ 90,00

 

LANÇAMENTO DO LIVRO

 

Data: 15 de abril de 2014
Hora: às 19h30
Local: Teatro Dragão do Mar
Evento gratuito.

 

Mais Informações:

 

Editora Tempo d’Imagem
tempodimagem@uol.com.br
(85) 3261.2398

 

Tiago Santana
santanatiago@uol.com.br
(85) 9994.0094

 

Audálio Dantas
comunicacao@audaliodantas.com.br
(11) 9962.8743

 

Assessoria de Comunicação do Instituto Dragão do Mar

Incêndio no Chile continua fora de controle e país pede apoio à Argentina

O Chile pediu aeronaves à vizinha Argentina para combater o incêndio que, desde sábado (12), se alastra pela cidade portuária de Valparaíso – a 140 quilômetros da capital, Santiago. O fogo já queimou 850 hectares – cada hectare corresponde a um campo de futebol – e 2 mil casas, além de matar 12 pessoas e afetar outras 8 mil, que foram retiradas do local. A presidenta chilena, Michelle Bachelet, prometeu nesta segunda-feira (14) organizar “a maior operação aérea” para enfrentar “um incêndio de proporções jamais vistas”.

Incendio_chileO incêndio começou sábado, nos morros que rodeiam o porto, e se alastrou rapidamenteFelipe Trueba/Lusa

Esta é a segunda catástrofe que Michelle enfrenta, desde que assumiu o segundo mandato presidencial no último dia 11 de marco. O primeiro foi um forte terremoto, no norte do Chile, no último dia 1º de abril. Quando Bachelet estava por terminar seu primeiro mandato presidencial, em 2010, o país foi surpreendido por um dos piores terremotos da história recente, seguido por um tsunami.

Por causa do incêndio, Michelle cancelou o encontro com a presidenta argentina, Cristina Kirchner, em Buenos Aires, programada para amanhã (15). Essa seria sua primeira viagem ao exterior desde que assumiu a presidência chilena. Além de ser sede do Congresso chileno, Valparaíso (que fica ao lado do balneário de Viña del Mar) é um dos maiores pontos turísticos do país: a cidade colonial foi declarada em 2003 Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O incêndio começou nos morros que rodeiam o porto e se alastrou rapidamente. Por causa do vento, que continua espalhando as chamas,  os cerca de 1.200 bombeiros ainda não tinham conseguido domar completamente o incêndio até esta tarde. O papa Francisco enviou uma carta de apoio aos moradores de Valparaíso, que hoje temiam os efeitos das nuvens tóxicas provocadas pelo fogo.

Dilma inaugura petroleiro em Pernambuco e defende indústria naval brasileiral

Henrique-Dias-1A presidenta Dilma Rousseff participou hoje (14), no Porto de Suape, em Ipojuca, Pernambuco, de uma cerimônia que marcou a viagem inaugural do petroleiro Dragão do Mar, da Transpetro, subsidiária da Petrobras. No mesmo evento, Dilma batizou o petroleiro Henrique Dias, que entrou na fase de acabamento.

Em discurso, Dilma defendeu a revitalização da indústria naval brasileira, retomada com o apoio da Petrobras, e disse que o setor foi um dos responsáveis pelo aumento da geração e manutenção dos empregos no país nos últimos anos.

“Tenho muito orgulho porque sei que muitos trabalhadores vieram das mais variadas origens, alguns eram açougueiros, empregadas em algum comércio, muitos eram cortadores de cana e hoje são profissionais da indústria naval deste país, indústria de que precisamos para transformar o Brasil em um país mais rico e não exportar para fora do Brasil aquilo que temos de mais sagrado, que é o emprego das famílias brasileiras”, disse a presidenta.

O Dragão do Mar é a sétima embarcação do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef) a entrar em operação. O petroleiro foi produzido no Estaleiro Atlântico Sul e é o terceiro de uma série de dez navios tipo suezmax (com dimensões que permitem atravessar o Canal de Suez, no Egito) encomendados pela Transpetro.

Com 274,4 metros (m) de comprimento, 48m de largura e capacidade de transporte de 1 bilhão de barris de petróleo por dia, o Dragão do Mar sairá do Porto de Suape com destino à Bacia de Campos, no Rio de Janeiro, onde será carregado com petróleo cru e seguirá para o Terminal Aquaviário de São Francisco do Sul, em Santa Catarina. 

“O Brasil é capaz de produzir navios e plataformas. Em 2003 diziam para mim e para a Graça  Foster [atual presidenta da Petrobras] que não íamos conseguir fazer nem casco de plataforma ou de navio. Como somos incrédulas quando se trata de desmerecer os trabalhadores brasileiros, insistimos e teimamos – no Brasil a gente tem essa mania:  a gente teima”, lembrou Dilma. Atualmente, o Promef tem 12 navios em construção, quatro na fase de acabamento.

No mesmo discurso, a presidenta defendeu a Petrobras – que é alvo de denúncias de corrupção – e disse que as acusações serão apuradas e punidas com o máximo rigor, mas que não vai permitir o uso político-eleitoral dos problemas da estatal.

Juros em alta e queda na confiança fazem consumidor diminuir busca por crédito

Grafico2Os consumidores reduziram a procura por crédito em 3,2%, no primeiro trimestre deste ano sobre o mesmo período do ano passado, segundo mostra do Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Em março, a demanda foi 7,5% inferior que a registrada no mesmo mês de 2013. Já na comparação com fevereiro último houve elevação (1,9%).

“As taxas de juros em elevação e o menor grau de confiança dos consumidores, em comparação ao mesmo momento do ano passado, pesaram negativamente” justificaram, por meio de nota, os economistas da Serasa Experian.

Houve recuos entre todas as classes econômicas e a maior queda foi verificada entre os consumidores de baixa renda com ganhos de até R$ 500 por mês (-7,6%). Na faixa entre R$ 5.000 e R$ 10.000 a procura caiu 6,8% e entre os que recebem acima de R$ 10.000 mensais a demanda diminuiu 7%. Nas faixas entre R$ 500 e R$ 1.000 ocorreu redução de 3,1%. Também caiu a demanda por crédito de trabalhadores com renda entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais (-1,4%) e entre R$ 2.000 e R$ 5.000 (-4,4%).

De janeiro a março, a Região Centro-Oeste foi a que registrou a maior queda (-7,8%); seguida pelas regiões Sudeste (-4,1%); Norte (-2,7%); Sul, (-1,4%) e Nordeste (-0,3%).

Ucrânia: presidente admite fazer referendo sobre estatuto

Ucraniasmall_bandeira-O presidente interino da Ucrânia, Olexandre Turchinov, admitiu hoje (14) a possibilidade de fazer um referendo sobre o estatuto do país, juntamente com as eleições presidenciais previstas para 25 de maio.

“Nos últimos tempos, tem-se falado muito de um referendo nacional. Nós não somos contra a organização de um referendo em toda a Ucrânia que, se o Parlamento quiser, pode ser feito ao mesmo tempo que as eleições presidenciais”, declarou Turchinov no Parlamento, durante reunião dos líderes partidários. “Tenho a certeza de que a maioria da população se pronunciaria a favor de uma Ucrânia indivisível, independente, democrática e unida”, acrescentou.

Os separatistas no Leste do país, entre os quais alguns grupos armados que tomaram edifícios oficiais, exigem, por sua vez, a realização de referendos locais sobre a anexação à Rússia ou uma federalização do país.

A Rússia defende também uma federalização, que Moscou vê como a única forma de garantir os “interesses legítimos” das regiões do Leste e do Sul da Ucrânia que falam o idioma russo.

Turchinov não adiantou que projeto poderia ser submetido a referendo.

As autoridades pró-europeias de Kiev, que chegaram ao poder após a queda do regime pró-russo de Victor Ianukóvitch no fim de fevereiro e que Moscou não reconhece, têm rejeitado até hoje qualquer ideia de federalização. Para as autoridades, a federalização é uma porta aberta à fragmentação futura do país, mas Kiev já prometeu propor reformas constitucionais no sentido de uma descentralização para benefício das regiões.

*Com informações da Agência Lusa

Petroleiros fazem protesto contra CPI da Petrobras

BrA Federação Única dos Petroleiros (FUP) faz na manhã de hoje (14) um protesto em frente à sede da Petrobras, no centro do Rio de Janeiro. Segundo o coordenador-geral da FUP, João Antônio de Moraes, um dos objetivos da manifestação é impedir a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Congresso Nacional, para investigar casos de corrupção na empresa.

“Somos a favor da investigação, mas já há órgãos apropriados para isso, como a Procuradoria-Geral da República, a Polícia Federal e o Tribunal de Contas da União (TCU) que, inclusive, é um órgão do Legislativo. A CPI tende a virar um palco da disputa política presidencial. A disputa eleitoral é legítima, mas não deve envolver o principal agente da economia brasileira [a Petrobras]”, disse Moraes.

Segundo ele, a ideia do protesto é mostrar à população e aos trabalhadores da estatal que a CPI pode ser nociva à imagem da empresa. “Isso pode prejudicar a Petrobras e o Brasil, porque paralisar a Petrobras não vai ser bom para o Brasil. A Petrobras é responsável hoje por 11% do PIB [Produto Interno Bruto, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país]”, afirmou o sindicalista.

Dez Prefeituras Municipais do Ceará descumprem a Constituição Estadual, dentre elas a do CRATO

Dez Prefeituras e 1 Câmara Municipal do Ceará estão descumprindo o art. 42 da Constituição Estadual, segundo o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM),pelo não envio de dados à Corte. A lei determina que esses entes públicos são obrigados a encaminhar, via Sistema de Informações Municipais (SIM), demonstrativos informatizados acerca das contas mensais relativos à aplicação dos recursos recebidos e arrecadados por todas as unidades gestoras da administração municipal, e compostos, ainda, dos balancetes demonstrativos e da respectiva documentação comprobatória das receitas e despesas e dos créditos adicionais.
As Prefeituras Municipais identificadas em situação irregular em 2014 são: Aiuaba, Aracoiaba, Banabuiu, Crato, Guaramiranga, Itapajé, Jaguaretama, Limoeiro do Norte, Potengi e Solonópole; enquanto a Câmara Municipal de Moraújo encontra-se na mesma situação de inadimplência perante o SIM. O descumprimento da lei impõe aos municípios penas que vão desde a suspensão de repasses de recursos voluntários, impedimento na assinatura de convênios, à instauração de provocação para apuração de responsabilidade.
O levantamento foi concluído na última quinta-feira (10) pelo Tribunal de Constas dos Municípios (TCM). O Presidente do TCM, Conselheiro Francisco Aguiar, encaminhou ao Governador Cid Gomes a relação dos municípios inadimplentes com o SIM. Além do ofício enviado ao Governador, também foi feita comunicação à Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado e à Secretaria da Fazenda para adoção das medidas que forem consideradas cabíveis.
Informações TCM
Via Roberto Moreira

Procissão de Ramos Abre a Programação da Semana Santa em Barbalha

 RamosFoto: Wescley Araújo

Na tarde deste domingo (14), a Paroquia de Santo Antônio deu início a programação da Semana Santa 2014, com a Procissão de Ramos, que teve início no Largo da Igreja do Rosário e finalizando na Igreja da Matriz de Santo Antônio com a celebração da Santa Missa.

Centenas de pessoas se fizeram presente na procissão, ocupando boa parte da Rua do Video.

 

Saiba Mais

Domingo de Ramos é uma festa móvel cristã celebrada no domingo antes da Páscoa. A festa comemora a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, um evento da vida de Jesus mencionado nos quatro evangelhos canônicos (Marcos 11:1, Mateus 21:1-11, Lucas 19:28-44 e João 12:12-19).

Em muitas denominações cristãs, o Domingo de Ramos é conhecido pela distribuição de folhas de palmeiras para os fiéis reunidos na igreja. Em lugares onde é difícil consegui-las por causa do clima, ramos de diversas árvores são utilizados.

Wikipédia, a enciclopédia livre

 

Barbalha On-line

Livro de receitas com caju valoriza o fruto na alta gastronomia regional

Iguatu. O Estado do Ceará é o maior produtor de caju do Brasil, mas a cultura vem nos últimos anos enfrentando dificCulinariauldades na produção. No entanto, com a finalidade de contribuir para a valorização do fruto, dos produtores rurais e também agregar valor ao produto, mais um passo foi dado pelo governo estadual, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece).

O esforço agora é no área da gastronomia. Na semana que passou foi lançado em Fortaleza o livro ‘Intercaju Gourmet’. A publicação, coordenada pela chef, Liliane Pereira, apresenta 12 receitas exclusivas de 10 chefs que utilizam o caju como principal ingrediente do prato e coloca o fruto no circuito da alta gastronomia regional.

A obra faz parte das ações do projeto Intercaju para desenvolver a cajucultura nos municípios de Amontada, Tururu, Trairi, Itarema, Itapipoca e Barreira. A expectativa é que a publicação possa ser um estímulo para o consumo e a valorização da produção do caju no Estado.

“A ideia é movimentar a cajucultura cearense, beneficiando diretamente os produtores do fruto, promovendo a inclusão social e produtiva das organizações coletivas”, explica o coordenador de Ciência e Tecnologia da Secitece, Francisco Carvalho.

Existem ações no campo, de inovação tecnológica e agora na área da cultura literária e gastronômica para conquistar paladares, mentes e coração. A publicação é resultado do primeiro ‘Encontro Gastronômico Intercaju’, promovido pelo projeto Intercaju ainda em outubro de 2013.

Na época, o evento reuniu os principais chefs do Estado do Ceará na preparação de receitas com o fruto. Os renomados profissionais da cozinha demonstraram, através dos pratos, toda a versatilidade do caju, que pode ser utilizado em sua totalidade: o pedúnculo, falso fruto, (polpa) e também a castanha.

As receitas estão no livro e comprovam, em pratos simples e refinados, doces e salgados. Na publicação há dicas de harmonização dos pratos com vinhos brasileiros.

No lançamento do ‘Intercaju Gourmet’, na última segunda, no restaurante O Banquete, em Fortaleza, houve degustação das receitas exclusivas com o fruto. Os convidados para o lançamento degustaram alguns dos 12 pratos que estão no livro, dentre eles o “Caju Pirá” – receita idealizada pela chef organizadora do livro, Liliane Pereira.

O prato “Caju Pirá” é preparado com filé do peixe Beijupirá em crosta de castanha, acompanhado por um arroz negro cozido no suco de caju. Na apresentação, o filé de peixe vai por cima do arroz e é coberto com a crosta da castanha. O “Caju Pirá” leva na decoração mel de caju.

O menu contou ainda com uma “Salada Verde Tartar de Caju e Camarão Crocante” de entrada, além do “Medalhão Suíno com mel de caju” para prato principal. De sobremesas foram servidas aos presentes “Explosão de Caju” e “Torta de Castanha com Sorbet de Caju”.

O especialista italiano, Marco Ferrari, fez a harmonização dos pratos com vinhos brasileiros, seguindo a tendência de valorização dos produtos nacionais. Autoridades e representantes de instituições do setor de gastronomia participaram do evento. Francisco Carvalho explica que a publicação é mais um incentivo à cajucultura. “Queremos agregar valor ao caju e mostrar toda a versatilidade do fruto, que pode fazer parte da mesa dos brasileiros”, completa.

O titular da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, René Barreira, disse que a publicação tem por objetivo a consolidação de uma identidade cultural gastronômica, ao inserir um fruto regional como insumo principal dentro das receitas. “O incentivo ao consumo e a valorização da produção do caju é uma meta que esperamos alcançar com a publicação”, afirmou.

Estão no livro Intercaju Gourmet com receitas, os seguintes chefs: Karliano Pereira, Luciano Ferreira, Neiva Terceiro, Liliane Pereira, Leo Gondim, Marie Anne Bauer, Vladia Gomes, Faustino Paiva, Edilson Araújo e Cícero Disney.

Por meio do projeto Intercaju, os pequenos produtores já dispõem de minifábricas para o beneficiamento da castanha de caju e motosserras para a correta substituição da copa do cajueiro.

O corte adequado evita praga e contribui para aumentar a produção do fruto. As comunidades participam de cursos para melhorar sua organização e para a inserção, dentro da cadeia produtiva, de tecnologias que garantam o crescimento na produtividade.

Além do desenvolvimento da cajucultura, o projeto está transformando as condições de trabalho e melhorando a vida dos produtores cearenses. A publicação será distribuída gratuitamente em todo o País, nas principais redes de supermercados, faculdades, cursos de Gastronomia e em eventos nacionais e internacionais que envolvam a cadeia produtiva do caju. A publicação com as receitas em formato digital para download está disponível no site da Secitece.

Honório Barbosa
Repórter

Mais informações:

Secitece

Av.Dr.José Martins Rodrigues,
150 Edson Queiroz
Telefone: (85)853101.6466
 
 

Cidades formalizam consórcio para enfrentamento das secas

Seca23Crateús. Com a assinatura do convênio com os gestores dos 30 municípios participantes, será formalizado, hoje, o Consórcio de Governança Cooperativa para Políticas Públicas de Convivência e Desenvolvimento dos Municípios do Semiárido Cearense. A reunião, que fortalecerá a iniciativa, acontecerá, a partir das 9h, na sede da Vice Governadoria do Ceará, em Fortaleza.

A proposta do evento é proporcionar a assinatura dos termos de adesão e instalar o Consórcio, através da promoção de debates específicos sobre as linhas de atuação da iniciativa e da troca de experiências e opiniões sobre as ações que devem ser priorizadas. As secas sucessivas centralizam as discussões.

A ideia de criação do Consórcio de Governança partiu da necessidade de viabilizar a inserção do ser humano como centro de convergência e os recursos hídricos como fio condutor dos seus objetivos e finalidades. O resultado concreto deverá ser a construção de reservatórios, poços profundos, além de investimento na agricultura familiar e no meio rural, em consonância com as políticas públicas.

O Consórcio tratará das especificidades sociais, econômicas e ambientais do semiárido cearense de forma holística, focada no planejamento, na articulação, ação, na cooperação técnica e científica. Abrangerá municípios, situados nos Sertões de Crateús, dos Inhamuns e Sertão Central, além do município de Acopiara, no Centro Sul.

Desafios

A ideia inovadora e pioneira trata da convivência e não apenas da sobrevivência da população do semiárido. O Consórcio irá trabalhar as questões e consequências climáticas de forma preventiva, com uma equipe técnica para realizar estudos e compor o perfil de cada município participante. Já ocorreram duas reuniões e a ideia partiu de um primeiro encontro, já neste ano, do vice-governador Domingos Filho com alguns prefeitos dessas regiões, que discutiram possíveis iniciativas para convivência com o semiárido e as dificuldades de administrar esses municípios, dadas as especificidades climáticas, como as sucessivas secas.

O segundo encontro, realizado já com o apoio da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), contou com a presença do presidente interino da entidade, Expedito Nascimento, prefeito de Piquet Carneiro e mais 12 gestores, que deram sim à iniciativa e indicaram a prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, como a primeira presidente do Consórcio.

Acopiara, Ararendá, Ipaporanga, Novo Oriente, Choró, Ibaretama, Ipaporanga, Monsenhor Tabosa, Quixadá, Quixeramobim, Deputado. Irapuan Pinheiro, Mombaça, Piquet Carneiro, Quiterianópolis, Senador Pompeu, Solonópole, Tamboril e Tauá foram os municípios que já aderiram. Hoje, são esperados que mais 17 municípios venham a compor o Consórcio.

“Compreendemos a proposta como uma necessidade desses municípios, entendendo que a ideia de consórcio é o caminho para os gestores administrarem os desafios de seus municípios”, ressalta Nascimento.

De acordo com ele, o objetivo é que os municípios consorciados se planejem para enfrentar as situações pertinentes ao semiárido. A primeira sede do Consórcio será em Tauá e mudará a cada dois anos. Uma equipe com técnicos de várias áreas, especialmente de recursos hídricos será formada e fará estudos hídricos e geológicos de todos os municípios envolvidos, a fim de montar um perfil com as características, localização e especificidades de cada cidade.

Diretoria

Uma diretoria apoiará a presidência na condução das ações do Consórcio, composta pelos seguintes prefeitos: de Quixeramobim, Cirilo Pimenta, que assumirá a Diretoria de Infraestrutura Hídrica; de Piquet Carneiro, Expedito José do Nascimento, na Articulação Institucional; José Ramiro Júnior, de Tamboril, a de Educação Contextualizada e Meio Ambiente; Francisco Vilmar Felix Martins, de Fomento e Produção; Aristeu Alves Eduardo, a de Desenvolvimento Tecnológico e Científico; e a de Mobilização Comunitária, com a prefeita de Ibaretama, Eliria Maria Freitas.

Silvania Claudino
Repórter

 

Mais informações:
 
Aprece
Avenida Oliveira Paiva, Nº2621
Seis Bocas, Fortaleza
Telefone: (85) 4006.4000

ONU faz reunião de emergência para tratar da crise no Leste da Ucrânia

Crimeia_imagemONU faz reunião de emergência para tratar da crise no Leste da UcrâniaArte/Dijor

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) faz uma reunião de emergência na noite de hoje (13), em Nova Yorque, para analisar a situação no Leste da Ucrânia. Mais cedo, o porta-voz da diplomacia russa, Alexandre Lukachevich, havia divulgado a informação de que a Rússia queria uma reunião urgente do conselho sobre a crise no Leste ucraniano.

“A parte russa vai levar a situação de crise com urgência, ao Conselho de Segurança da ONU e junto da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa”, declarou Alexandre Lukachevich.

O presidente ucraniano interino, Olexandre Turchinov, acusou hoje a Rússia de “conduzir uma guerra contra a Ucrânia”, dirigindo-se à nação um dia após ataques de grupos armados pró-russos no Leste do país. “O sangue foi derramado na guerra que a Rússia trava contra a Ucrânia”, disse, adiantando ter lançado “uma grande operação antiterrorista” para acabar com os confrontos. “O agressor não para e continua a organizar tumultos no leste do país”, acrescentou.

Turchinov insistiu que Kiev não deixará “a Rússia repetir o cenário da Crimeia nas regiões do Leste”, em uma referência à anexação da península ucraniana no Mar Negro à Rússia.

“Todos os que apoiam os agressores e os ocupantes, que conduzem a luta armada contra a nossa pátria, não escaparão à punição e à sua responsabilidade”, disse. O presidente reiterou, no entanto, a sua oferta de uma anistia para os participantes nos ataques que deponham as armas “antes da manhã de segunda-feira (14)”.

*Com informações da Agência Lusa

Projeto musical Sonora Brasil inicia circuito 2014 esta semana

Sonorabrasil2Depois de passar por 123 cidades no ano passado, com 454 concertos e cerca de 45 mil expectadores em todo o país em 2013, o projeto Sonora Brasil – Formação de Ouvintes Musicais começa nesta terça-feira (15) o circuito 2014, que presta homenagem às raízes percussivas do país e ao compositor Edino Krieger.

A 17ª edição do circuito será aberta no Teatro do Sesc Arsenal em Cuiabá, com os grupos Raízes do Bolão, do Amapá, e Quinteto Brasília, do Distrito Federal. Amanhã (14), o próprio Edino Krieger dará uma palestra, aberta ao público em geral, sobre as bienais de música brasileira contemporânea, criadas por ele, no auditório do Instituto de Linguagens da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Os grupos ligados ao tema do projeto deste ano, Tambores e Batuques, passam pelas regiões Sul e Sudeste, enquanto os que apresentam obras do tema Edino Krieger e as bienais de Música Brasileira Contemporânea vão para as cidades do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, invertendo o circuito do ano passado, e completando a circulação dos oito grupos por todas as 123 cidades.

O flautista Sérgio Barrenechea, do Quinteto Brasília, diz que a experiência de se apresentar pelo interior do país é muito gratificante, com a oportunidade única de levar música de câmara para cidades como Camaquã (RS) e São Miguel do Oeste (SC).

“No meio musical em que atuamos, de música de câmara, é quase inexistente a oportunidade de se apresentar em uma escala dessa magnitude, seja em relação à quantidade e à abrangência de locais. É uma experiência fantástica, pois temos a oportunidade de conhecer realmente nosso país, visitando não somente as capitais e cidades grandes, mas todo tipo de localidade. A gente fica até imaginando um paralelo com a viagem de Villa-Lobos pelos quatro cantos do Brasil”.

Para Barrenechea, o projeto ajuda na valorização da produção musical contemporânea, que é “meio relegada e merece muito mais exposição do que tem tido”. Segundo ele, “o brasileiro médio até conhece Villa-Lobos, mas nunca ouviu falar de Edino Krieger, Mário Tavares, José Vieira Brandão, Osvaldo Lacerda e a nova geração de compositores, como Wellington Gomes e Rodrigo Lima”. Por isso, disse que o projeto “é uma forma muito importante de partilhar nossa cultura e fazer conhecer compositores e obras que são referência da produção nacional”.

O Sonora Brasil foi criado em 1998 e já levou cerca de 70 grupos a mais de 3.500 apresentações por todo o país, com público superior a 500 mil espectadores. Nesta edição, participam os grupos Raízes do Bolão, Samba de Cacete da Vacaria, Raízes do Samba de Tocos, Alabê Ôni, Quinteto Brasília, Quarteto Belmonte, Octeto do Polyphonia Khoros e Duo Cancionâncias.

Forte tremor volta a abalar a Nicarágua

TerremotoUm forte terremoto, de magnitude 5,6 na escala Richter, sacudiu na noite de ontem (13) a região da Nicarágua, especialmente Manágua, que está em alerta máximo. Apesar de não haver registro de vítimas, sete casas foram destruídas.

O tremor ocorreu às 23h07, com epicentro localizado próximo do Vulcão Apoyeque, a 1 quilômetro (km) da lagoa com o mesmo nome, explicou a sismóloga Jacqueline Sanchez. O forte sismo, que surpreendeu milhares de pessoas nas ruas, foi registrado a 5,4 km de profundidade. Duas casas desmoronaram em Manágua e cinco no município de Sandino.

O terremoto foi provocado pela atividade relacionada com processos tectônicos e falhas na cadeia vulcânica em atividade na Nicarágua.

A Nicarágua está em alerta vermelho desde sexta-feira (11), depois de um terremoto de magnitude 6,2 que afetou várias cidades da região do Oceano Pacífico, deixou um morto, 33 feridos graves e danos em 2.354 casas.

*Com informações da Agência Lusa

ÚLTIMA HORA


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

abril 2015
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2015 Chapada do Araripe - -