Artigos escritos por Willames

Cinema reabre com tecnologia 3D

Cinemacariri2No total, as seis salas disponibilizam ao público 1.280 poltronas, com acessibilidade. Duas salas possuem tecnologia completamente digital

fotos: elizângela santos
 

Juazeiro do Norte. Após mais de dois anos, o Cariri volta a ter salas de cinema, agora, com tecnologia 3D. Foram inauguradas, no último fim de semana, as salas de cinema do Cariri Garden Shopping, da rede Orient Cinemas, depois de um grande período de expectativa do público. São disponibilizadas ao público 1.280 poltronas, com acessibilidade, em seis salas, duas delas com tecnologia 3D.

A estimativa da direção do cinema é de que pelo menos quatro mil pessoas participaram das sessões de lançamento desde a última sexta-feira, quando foi aberto. Inicialmente, foram abertas duas das seis salas, que estarão exibindo novos filmes durante a semana. Em 2011, o empreendimento inaugurou o seu projeto de expansão, e a expectativa, com a paralisação da antiga sala, era ter um cinema mais moderno com opções.

A sala 2 é a de maior número de poltronas. São 490 lugares e tela gigante de 120 m². O lançamento de “O Espetacular Homem Aranha 2: A Ameaça de Electro”, chamou a atenção do público, que teve a oportunidade de vivenciar na Região o lançamento nacional. Além dele, o filme “Getúlio: Últimos dias de um presidente”.

Segundo o diretor da Orient Cinemas, Franklin Costa Mônaco, havia uma expectativa muito grande em relação à abertura das salas, e a finalidade foi garantir o melhor para o público, com um projeto concluído em seus mínimos detalhes. “A Orient Cinemas trouxe para o Cariri não apenas salas de exibição, mas um projeto em que terá como principal finalidade lançar grande produções, como acontece nas Capitais de todo o Brasil”, afirma.

Acessibilidade

As salas de cinema têm formato de auditório, com poltronas reclináveis, das quais 23 são destinadas a pessoas com deficiência. Conforme o diretor, o Cariri recebe um grande complexo de cinema, de nível internacional, com o que há de mais moderno no segmento. “Nenhum país hoje possui uma tecnologia superior a essa hoje presente na região”, diz ele, ao acrescentar o grande potencial existente no Cariri relacionado ao processo de desenvolvimento econômico nos últimos anos.

O sistema adotado pela bilheteria, inclusive via on line, visa a diminuir as filas para compra de ingressos. Com isso, houve uma redução da demanda na hora de adquirir o bilhete para os filmes, mesmo com as vendas pela internet não funcionando nos primeiros dias. São dez pontos de vendas nas bilheterias e terminais de autoatendimento.

As demais salas que serão inauguradas durante a semana, receberão os filmes “Capitão América 2″, “Rio 2″, “NOÉ”, “Divergente” e “Copa de Elite”. Segundo Franklin, são filmes já em cartaz e de grande sucesso de bilheteria. Para o gerente de marketing da Orient Cinemas, Davi Nogueira, sem dúvida, o Cariri recebeu um grande investimento com um cinema inteiramente digital. “O complexo de cinemas do shopping será um dos maiores e mais modernos do Nordeste”, disse.O gerente de Marketing do Cariri Garden Shopping, Eduardo Duffles, destaca que finalmente chegou o grande dia de abertura das salas, proporcionando ao público de toda a região. “Sem dúvidas, é um cinema melhor do que o de muitas Capitais do Brasil”, avalia. Com isso, diz Duffles, o shopping amplia o seu mix de lojas e proporciona uma maior movimentação, principalmente nesse momento da semana que antecede ao Dia das Mãe. Conforme a direção do cinema, a estimativa de lotação das salas para esta semana chega a 90%.

Eduardo Duffles afirma que o cinema trará um ganho enorme para a região, além de afetar diretamente os números do shopping. A expectativa é que o fluxo do shopping aumente de 20 a 30%, gerando um impacto considerável para os lojistas, principalmente na Praça de Alimentação.

E o público comemora a opção de lazer que estava faltando na região. Muitos cinéfilos chegaram a sair da região para outros estados e a Capital, para assistirem os grandes lançamentos no telão. O vendedor Wesley Pereira afirma que vinha aguardando com grande expectativa. Todas as semanas estava participando das sessões. “Agora vou ter a oportunidade de assistir pela primeira vez um filme em 3D”, conta.

Os preços dos ingressos de segunda-feira à quarta-feira são: inteira R$ 11,00 e meia R$ 5,50. Na sala 3D, R$ 16,00 e meia R$ 8,00. A partir da quinta-feira até o domingo, o ingresso normal é de R$ R$ 15,00, sendo R$ 7,50 estudante e na sala 3D R$ 21,00, com meia de R$ 10,50.

ENQUETE

Qual a importância do cinema?

“Tive que ir para Fortaleza para assistir a grandes lançamentos e agora temos a oportunidade de ter o cinema aqui mais perto de nós. Com certeza, é uma grande conquista para a região, trazendo mais comodidade”
Wesley Pereira
Vendedor

“Essa é uma boa opção para a sociedade, principalmente para os jovens. Vim especialmente para a primeira sessão trazer a minha filha, que adora cinema. Acredito que vai despertar o gosto por esse entretenimento.”
Socorro Félix
Professora

Mais informações:
Cariri Garden Shopping
Av. Padre Cícero, 2555
Juazeiro do Norte – Ceará
Telefone:(88)2101.5444
www.caririshopping.com.br

Elizângela Santos
Repórter

Diario do Nordeste – Regional

Ceará é o estado com maior número de doadores efetivos no primeiro trimestre de 2014

Doadores_2014_graficoO Ceará foi o estado com maior número relativo de doadores efetivos de órgãos e tecidos para transplantes no primeiro trimestre do ano. Com 29,3 doadores efetivos por milhão da população (pmp) nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2014, o Ceará superou Santa Catarina e o Distrito Federal, que terminaram os últimos dois anos à frente, e ganhou destaque no Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), publicação da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos e Tecidos (ABTO). “O dado digno de nota é o resultado obtido pelo Ceará (29,3 doadores pmp) obtendo a melhor taxa do país, que era de Santa Catarina nos últimos anos”, destaca a primeira edição do RBT em 2014.

Para assumir a dianteira em doadores efetivos no primeiro trimestre do ano, o Ceará notificou no período 162 potenciais doadores – terceira maior notificação do país, depois de São Paulo, com 572, e Rio de Janeiro, com 225 notificações. No Brasil, foram 2.214 notificações de potenciais doadores, com efetivação de 609 doações – 27,6%. O Ceará conseguiu a efetivação de 38,2% de doações, com 62 doadores efetivos. “Neste trimestre, embora a taxa de notificação (46,4 pmp) tenha se mantido estável (queda de 0,2%), observou-se uma queda de 3,0% na taxa de doadores efetivos (12,8 pmp) e de 4,8% na de doadores com órgãos transplantados (11,9 pmp), à custa da diminuição de 3,5% na taxa de efetivação da doação (27,6%)”, analisa o RBT.

Com o aumento do número de serviços habilitados pelo Ministério da Saúde para realizar transplantes, de 19 para 34 entre 2010 e 2013, incluindo o Hospital Regional do Cariri (HRC), e atuação mais efetiva das Comissões Intra-hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), o Ceará tem conseguido crescimento consistente da efetivação de doações nos últimos anos. No primeiro trimestre de 2012, o Estado foi o quarto do Brasil em doadores efetivos por milhão da população, com 17 doadores, depois de Santa Catarina (26,9), São Paulo (22,2) e Distrito Federal (21,8). Em todo o ano de 2012, o Ceará ficou em terceiro lugar, com 21,4 doadores efetivos pmp, atrás de Santa Catarina (26,4) e Distrito Federal (21,8).

Em 2013 a posição do Ceará não se alterou no trimestre e no ano. Entre janeiro e março do ano passado, o Distrito Federal registrou 28,0 doadores efetivos pmp, Santa Catarina 21,1 e Ceará 20,4. No ano, o Distrito Federal ficou com 33,1, Santa Catarina 27,2 e Ceará 22,2 doadores efetivos pmp. Em relação ao primeiro trimestre de 2013, a taxa de doadores efetivos do Ceará aumentou em 43,6%. “Deve-se salientar o contínuo crescimento do Ceará e do Distrito Federal (com suas particularidades), tanto nas taxas de doação, quanto nas de transplante, juntando-se a Santa Catarina, na vanguarda”, ressalta a publicação da ABTO.

O Ceará manteve no primeiro semestre de 2014 o primeiro lugar em transplantes de fígado do país, com 26,5 cirurgias pmp, à frente do Distrito Federal (18,7), São Paulo (14,9) e Santa Catarina (13,4). Em números absolutos, o Estado realizou 56 transplantes de fígados, número menor que o de São Paulo, que realizou 154 transplantes.

Assessoria de Comunicação da Sesa

Governo do Estado lança Edital para implantação de Centros de Educação Infantil

Centro_de_EducacaoO Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), lança Edital de Chamada para Seleção de municípios cearenses interessados em concorrer a recursos financeiros destinados à implantação de Centros de Educação Infantil (CEI). As inscrições prosseguem até 16 de maio de 2014, no horário de 8 horas às 12 horas e de 13 horas às 17 horas, na Seduc, Coordenação Administrativa/Unidade de Gerenciamento de Projetos – UGP, localizada no Centro Administrativo  Governador Virgílio Távora, Avenida General Afonso Albuquerque Lima,  s/n, 2º andar, bloco A – no bairro Cambeba. Veja o edital no site www.seduc.ce.gov.br

A ação faz parte do Programa de Ampliação da Oferta Municipal de Educação Infantil que tem por objetivo a prestação de cooperação técnica e financeira do Estado aos Municípios, para construir e equipar Centros  de Educação Infantil. O Programa conta com um investimento total de R$ 120 milhões, oriundos do Tesouro Estadual. Serão 96 Centros. Desse número, já está conveniada a construção de 42 unidades. Os outros 54 estão no edital divulgado nesse momento. Cada um terá capacidade para 208 estudantes e valor médio de R$ 1,3 milhão.

Publicado no Diário Oficial do dia 02/05/2014, o edital apresenta os 184 municípios cearenses agrupados, segundo o critério do número de mulheres trabalhadoras da indústria de transformação e extrativa, e tem como base as informações constantes do RAIS – Relatório Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego, de 2013. A cada grupo foi designada uma quantidade total máxima de Centros. Os municípios do Grupo I poderão concorrer a até 32 CEIs, enquanto que os dos Grupos II e III terão seis unidades. Fortaleza é o único município do Grupo Especial. No  caso, 10 CEIs estão disponíveis para a Capital cearense.

A iniciativa integra as políticas de cooperação do Estado com os Municípios, onde a alfabetização de todos os alunos é colocada como prioridade. Para isso, o governo estadual disponibiliza recursos financeiros e propicia ações pedagógicas destinadas à melhoria do atendimento às crianças, matriculadas na rede pública dos municípios cearenses.

 

Assessoria de Imprensa da Seduc

PEC Nordeste é aberta oficialmente em Fortaleza

PecnordesteFoi aberta oficialmente, nesta terça-feira (6), a  décima oitava edição do Seminário Nordestino de Pecuária, o PEC Nordeste, que vai debater as formas de convivência com o semiárido nordestino.

O evento é promovido pela Federação da Agricultura do Estado do Ceará (Faec), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em parceria com o Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).

O evento contou com a presença da presidente da Confederação Nacional da Agricultura, a senadora Kátia Abreu, de Tocantins, e o vice-governador Domingos Filho, que representou o Governador Cid Gomes.

Até a próxima quinta-feira, haverá palestras e debates e discussões técnico-científicas. “Todos os nove segmentos da pecuária vão oferecer palestras sobre a temática da alimentação animal, teremos também mesas redondas, oficinas de tecnologia todas focadas na alimentação”, afirmou o coordenador geral do evento, Paulo Helder Alencar Braga.

Segundo o presidente da FAEC, Flávio Saboya, a pecuária responde por 80% dos investimentos no setor agropecuário do Ceará. “ É preciso, apenas, que o homem mude radicalmente a maneira de ver a pecuária e a seca, porque temos condições de fazer reserva alimentar para os rebanhos, independente da condição climática”, garante. Ainda segundo Saboya, os investimentos em tecnologia e inovação podem elevar em 10% os resultados do setor.


O secretário Nelson Martins destacou que não tem faltado recursos para os investimentos nas políticas de desenvolvimento agrário no Ceará. “Na pecuária leiteira nós temos o Programa Leite Fome Zero, no qual oferecemos a assistência técnica e compramos os produtos deles par doar às entidades socioassistenciais, e temos conseguido, apesar da seca, distribuir 100 mil litros de leite por dia”, afirmou.


Nelson Martins destacou ainda que a parceria com o FAEC e os movimentos sociais tem garantido o sucesso das ações do Estado na área.


O vice-governador Domingos Filho lembrou ainda que a atual gestão vai deixar um legado para ser continuado a partir de 2015. “Além dos grandes projetos estruturantes que foram liderados pelo Governador Cid Gomes, vamos deixar a estrutura hídrica, com o Cinturão das Águas do Ceará e toda uma estrutura para o Estado oferecer assistência técnica e orientação para os pequenos e médios agricultores, que vão gerar renda para o nosso povo”.


Também está acontecendo a exposição do rebanho leiteiro de bovinos e caprinos, a PEC Leite, que vai apresentar as potencialidades da pecuária leiteira no Ceará.


O coordenador geral do PEC Nordeste, Paulo Helder Alencar Braga, destaca a tradição do PEC Nordeste em promover discussões técnico-científicas. “Todos os nove segmentos da pecuária vão oferecer palestras sobre a temática da alimentação animal, teremos também mesas redondas, oficinas de tecnologia todas focadas na alimentação”, afirmou.


Também participaram da solenidade de abertura, o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, representantes da Associação dos Municípios do Ceará, prefeitos municipais e lideranças políticas e empresariais ligadas à pecuária.


Serviço
XIII PEC Nordeste – de 6 a 8 de maio
Local: Centro de Eventos do Ceará –  Avenida Washington Soares 999 – Pavilhão Leste – Portão D – Edson Queiroz


Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

Mapa de estádios na palma da mão

 

Maracana3O Maracanã, dividido por setores e com localização de lanchonetes e restaurantes Reprodução

RIO — Nos preparativos para a Copa do Mundo, o Google estreia nesta terça-feira no Brasil o Indoor Maps. O país é o primeiro da América Latina a receber a ferramenta, que permite aos usuários visualizar as partes internas de estabelecimentos públicos e comerciais diretamente pelo Google Maps. Para o lançamento, foram digitalizadas plantas baixas de estádios de futebol, aeroportos e shoppings em 50 cidades.

— Pelo aplicativo do celular, as pessoas podem saber a localização exata de uma loja dentro de um shopping ou de um restaurante em um estádio. A ferramenta é muito útil não apenas para os moradores locais, mas principalmente para os visitantes — explica Alessandro Germano, diretor de Novos Negócios do Google Brasil.

O acesso é feito diretamente pelo Google Maps, seja por celular ou web. Após localizar o ponto de interesse, basta dar zoom que detalhes internos dos edifícios surgem na tela. Em prédios com mais de um andar, um botão no canto inferior direito da tela permite a navegação entre os níveis.

No Rio, a novidade já está disponível nos shoppings BarraShopping, New York City Center, Botafogo Praia Shopping e Village Mall; no aeroporto Santos Dumont e no Maracanã. No país são 108 shoppings, 15 aeroportos e 11 estádios, sendo dez da Copa do Mundo, além do Theatro Municipal de São Paulo.

— Faltam apenas o Beira-Rio e a Arena Corinthians, mas já estamos trabalhando com eles. E a nova Arena do Grêmio também está no Indoor Maps, apesar de não sediar a Copa — afirma Germano.

A equipe do Google trabalha há cerca de seis meses no projeto, em parceria com as empresas envolvidas, mas a partir desta terça-feira qualquer pessoa pode submeter a planta do seu negócio ao Google, que avalia a possibilidade de inseri-lo no Indoor Maps. O Brasil é o 20º país no mundo a receber o serviço, que já possui mais de 10 mil estabelecimentos disponíveis.

oglobo

NSA atrai jovens criptógrafos com anúncios cifrados

NSA-com-smartphone-2ReutersA onipresente e ultraconectada NSA D&M / Pawel Kopczynski / Reuters

RIO – A Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) postou uma mensagem no Twitter em que aparentemente perguntava a criptógrafos se desejam se inscrever para trabalhar lá.

A NSA, que tem sido abalada por revelações de Edward Snowden, postou a mensagem codificada no fim de semana.

Alguns usuários do Twitter andaram tentando traduzir o código e já existe pelo menos um passo a passo no YouTube para tentar ajudar os interessados.

A maioria dos anúncios de emprego da NSA, que vêm a partir da conta @NSAcareers, faz sentido para qualquer usuário do Twitter.

Esta, porém, era nitidamente diferente. “Pcaccplircdt dklpcfrp tpfccdlfdtte?qeiq lhpqlipqeodf gpwafopwprti izxndkiqpkii krirrifcapnc dxkdciqcafmd vkfpcadf. #MissionMonday #NSA #news”, lia-se nela enigmaticamente.

Segundo especialistas consultados pelo site “Inquirer”, que decifraram a mensagem em menos de 8 minutos, o código não é propriamente um anúncio de emprego, mas sim uma mensagem convidando o leitor a voltar e verificar as listas de ofertas de trabalho da NSA a cada segunda-feira.

OGlobo-2

Com mortos dos dois lados, Ucrânia caminha rumo à guerra

Aumento da violência mudou o tom da diplomacia, e até os Estados europeus mais cautelosos estão falando cada vez mais da probabilidade de uma guerra no país

 

Ucraniasmall_bandeira-No momento em que os dois lados do conflito ucraniano estão enterrando os seus mortos, os que defendem uma Ucrânia unida e aqueles que apoiam a Rússia estão trocando acusações mútuas sobre a devastação do país.

A terça-feira foi mais tranquila que os últimos dias no leste e no sul da Ucrânia, mas no começo da noite houve atos de violência na cidade portuária de Mariupol, no leste, de acordo com a mídia local.

O website www.0629.com.ua postou fotos de pneus em chamas fora do prédio da câmara municipal, que já tinha sido ocupada por manifestantes pró-Rússia, e fumaça espessa sobre o centro da cidade. Algumas ruas foram isoladas por ônibus ou paredes de pneus e tiros foram ouvidos perto de uma base militar.

Em Kramatorsk, que está sob o domínio dos separatistas no leste e aonde tropas ucranianas avançaram no fim de semana, o caixão de uma enfermeira de 21 anos foi conduzido pelas ruas isoladas por barricadas de pneus e troncos de árvores na segunda-feira. Cravos vermelhos espalhados pela rua marcavam o trajeto.

Na Igreja da Santíssima Trindade, sete padres conduziam as orações dos enlutados em homenagem a uma mulher morta por balas de alto calibre, que os habitantes locais acreditam terem sido disparadas por soldados ucranianos.

“Por que eles atiram em nós? Por que não queremos viver com fascistas?”, indagou o fotógrafo Sergei Fominsky, de 58 anos, acompanhado por sua mulher na igreja. “Não somos escravos. Não nos curvamos a ninguém”.

Em Odessa, uma cidade portuária multiétnica no Mar Negro onde mais de 40 foram mortos na sexta-feira, pessoas carregavam o caixão aberto de Andrey Biryukov de uma van até a esquina onde ele foi morto por tiros. Foi o dia mais violento desde que a revolta de fevereiro derrubou o presidente ucraniano pró-Rússia Viktor Yanukovich.

Terra

Brasil e Argentina buscam estender acordo automotivo por mais um ano

Brasil-e-Argentina1BRASÍLIA – Brasil e Argentina planejam estender o acordo automotivo por mais um ano, mas os dois países ainda precisam acertar a extensão do comércio livre de taxação, afirmou o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges.

As negociações ocorrem em um momento de forte queda nas exportações de veículos do Brasil, que têm na Argentina seu principal mercado comprador. O recuo nas exportações tem contribuído para um quadro de redução na produção brasileira de veículos, agravado por um mercado interno retraído.

Borges acrescentou que o governo brasileiro está buscando formas de estimular também os bancos locais para oferecer mais crédito para os consumidores brasileiros comprarem automóveis diante da queda nos índices de inadimplência. No primeiro trimestre, as vendas de veículos novos no Brasil caíram 2 por cento sobre um ano antes.

Automóveis representam metade do comércio entre os dois vizinhos e a renovação do acordo é crucial para restaurar os volumes de negociação, ajudando a reduzir os déficits em conta corrente de ambos.

No ano passado, Brasil e Argentina não chegaram a um acordo sobre quantos carros e autopeças podem entrar em cada país sem taxação, baseado numa fórmula conhecida por “flex”.

Autoridades governamentais e empresários estão se reunindo em Brasília nesta semana para acertar o novo limite do flex que vai permitir a extensão do acordo por mais um ano.

“Temos um entendimento inicial que nós prorrogaremos por 12 meses o acordo como ele está, alterando o flex novamente para dar conforto para os argentinos”, afirmou Borges. “Não podemos ter um flex que diminui escala”, emendou.

As regras flex anteriores que expiraram no ano passado permitiram ao Brasil exportar sem tarifas 195 dólares em valor relativo a carros e autopeças a cada 100 dólares exportados pela Argentina.

A Argentina propôs reduzir o flex para o valor das exportações para 130 dólares a cada 100 dólares importados, o que iria reduzir o déficit comercial com o Brasil, o quarto maior mercado de automóveis do mundo.

Segundo Borges, o Brasil quer um limite maior, mas vê legitimidade na proposta argentina.

A escassez de dólares na Argentina tem restringido as exportações brasileiras de automóveis, eletrodomésticos e outros bens manufaturados, reduzindo o superávit comercial do Brasil no ano passado ao menor nível em mais de uma década. A indústria automotiva compõe cerca da metade dos 36 bilhões de dólares em comércio anual entre a Argentina e o Brasil.

As relações comerciais entre os dois países têm sido tensas nos últimos dois anos por conta das restrições às importações impostas pela Argentina para proteger seu cada vez menor superávit comercial, o que tornou difícil para as empresas acessarem dólares para pagar pelas importações.

Nos primeiros três meses do ano, as exportações brasileiras para a Argentina caíram 13 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado.

Borges disse que a extensão do acordo e uma série de medidas para facilitar os fluxos de crédito entre os dois países devem ajudar os produtores brasileiros e fornecer liquidez aos importadores argentinos.

Estadão

EUA vão fazer ‘tudo o que puderem’ para resgatar meninas na Nigéria

UsaO presidente norte-americano, Barack Obama, disse nesta terça-feira que os Estados Unidos vão fazer “tudo o que puderem” para ajudar a Nigéria a encontrar mais de 200 meninas sequestradas pelo grupo militante islâmico Boko Haram.

Obama disse em entrevista ao canal NBC News que o presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, havia aceitado a assistência oferecida pelos EUA.

“Nós vamos fazer tudo o que pudermos para dar assistência a eles. No curto prazo, o nosso objetivo é, obviamente, ajudar a comunidade internacional e o governo nigeriano como uma equipe para fazer tudo o que pudermos para resgatar essas jovens meninas”, afirmou.

Em longo prazo, disse ele, “nós também vamos ter de lidar com o problema mais amplo de organizações como esta que podem causar tais estragos na vida cotidiana das pessoas”.

Supostos militantes do Boko Haram sequestraram mais oito meninas de uma aldeia perto de um dos redutos islâmicos no nordeste da Nigéria, disseram a polícia e os moradores nesta terça-feira.

O grupo já havia sequestrado mais de 200 estudantes no mês passado, ameaçando vendê-las como escravas.

Obama, em uma entrevista separada ao canal ABC News, disse que os sequestros eram dolorosos e ultrajantes.

“Este pode ser o evento que ajuda a mobilizar toda a comunidade internacional para finalmente fazer alguma coisa contra essa organização horrenda que cometeu um crime tão terrível”, disse ele.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse a jornalistas que os EUA enviarão à Nigéria uma “equipe interdisciplinar”, incluindo militares, para ajudar na busca.

“Estamos absolutamente empenhados em ajudar a Nigéria, mas é principalmente e, em primeiro lugar, responsabilidade do governo nigeriano manter a segurança dos seus cidadãos”, disse ele.

(Reportagem de Steve Holland)

 Estadão

Presidente da Anfavea diz que IPI de veículos deve subir em julho

Grafico-barras-informacoes-estatisticas-1307461137O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) disse hoje (6), em Brasília, que o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) do setor deve sofrer aumento em julho. “A sinalização que eu tenho é que vai aumentar a alíquota a partir de 1º de julho”, disse Moan, sem adiantar outros detalhes.

Moan deu a declaração ao sair de reunião no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do grupo de trabalho que discute medidas para aumentar o comércio de veículos entre Brasil e Argentina. Criado na semana passada, o grupo definirá os parâmetros e as metas para o incremento do comércio de automóveis no Mercosul e, entre outras medidas, estuda a adoção de instrumentos para garantir operações de crédito para o setor. O encontro de hoje terminou sem decisões.

A Secretaria da Receita Federal já havia informado que tem estudos para aumentar tributos como forma de compensar o gasto adicional de aproximadamente R$ 4 bilhões com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). No fim de abril, o secretário adjunto da Receita Federal, Luiz Fernando Teixeira Nunes, havia informado que esses estudos estão em “análise superior” no Ministério da Fazenda. Ele lembrou que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, já se manifestou dizendo que vão existir medidas para compensar o gasto extra com o setor energético. Entretanto, Nunes não quis adiantar quais setores podem ser afetados, para não gerar “ansiedade excessiva” nos contribuintes.

O secretário adjunto também disse que “a análise de conveniência e custo político deve ser feita”. A existência dos estudos para a elevação dos tributos havia sido admitida pela primeira vez pela Receita no fim de março.

Câmara aprova proposta que libera publicação de biografias

Congresso_nacional3A Câmara dos Deputados aprovou, há pouco, projeto de lei que libera a publicação de biografias de personalidades públicas. O texto altera o Código Civil e estabelece que não mais será necessária a permissão do biografado ou de seus descendentes para a publicação de obras biográficas. De autoria do deputado Newton Lima (PT-SP), o projeto será encaminhado ao Senado.

O texto aprovado visa a garantir a liberdade de expressão, de informação e o acesso na hipótese de divulgação de informações biográficas de pessoa de notoriedade pública ou cujos atos sejam de interesse coletivo. O projeto estabelece, ainda, que a falta de autorização não impede a divulgação de imagens, escritos e informações com finalidade biográfica de pessoa de trajetória artística ou profissional de dimensão pública ou que participou de acontecimentos de interesse público.

Ainda de acordo com o texto aprovado, a pessoa que se sentir atingida em sua honra, boa fama ou respeitabilidade poderá pedir a exclusão de trecho que lhe for ofensivo em edição futura da obra, sem prejuízo da indenização e da ação penal que forem pertinentes.

Anatel arrecada R$ 153 milhões com leilão para exploração de satélites

Satelite2A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) licitou hoje (6) quatro direitos de exploração de satélites. O valor total arrecadado na licitação, que tem como objetivo reforçar a infraestrutura de telecomunicações do país, foi R$ 153,15 milhões.

A Hispamar Satélites ofereceu R$ 65 milhões pelo primeiro direito de exploração de satélite licitado, com ágio de 431,8% sobre o preço mínimo. A SES DTH apresentou as melhores ofertas para o segundo e terceiro direitos de exploração de satélite. O segundo direito teve proposta de R$ 33 milhões (ágio de 170% sobre o preço mínimo). Para o terceiro direito, a proposta totalizou R$ 26,8 milhões (ágio de 119,3%)

A Eutelsat ficou com o quarto direito de exploração, ao apresentar oferta de R$ 28,35 milhões, o que representou ágio de 131,9% sobre o preço mínimo. O preço mínimo de referência em cada direito de exploração foi fixado em R$ 12,2 milhões pela Anatel. Todos os direitos de exploração correspondem a 15 anos, prorrogáveis por igual período. 

Linchamentos não são aleatórios e atingem mais pobres, defende pesquisadora

Violencia-contra-mulherAo contrário do que aponta o senso comum, linchamentos como o que vitimou a moradora de Guarujá (SP), a dona de casa Fabiane Maria de Jesus, não podem ser vistos meramente como uma ação irracional. A conclusão é da pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP), Ariadne Natal, autora de tese sobre casos de justiçamentos sumários ocorridos na cidade de São Paulo e região metropolitana, entre 1980 e 2009.

“Qualquer pessoa que tenha participado do linchamento da Fabiane vai dizer que tinha certeza de que a dona de casa era o mal encarnado. Que era preciso linchá-la para expiar o mal que atribuíam a ela. Ou seja, estão equivocadas ao acreditarem fazer justiça, mas não estão agindo irracionalmente”, sustentou a pesquisadora, em entrevista à Agência Brasil.

Destacando o fato de que a defesa do uso da violência como solução para os conflitos é prática recorrente na sociedade brasileira, Ariadne Natal defende que o caso da dona de casa deve servir de exemplo. “Exemplo de que a justiça não pode ser feita sumariamente. De que cabe apenas às instituições do Estado fazer justiça. E se essas instituições não estiverem fazendo isso a contento, o que a sociedade tem que fazer é aperfeiçoá-las”.

Após estudar 385 casos de linchamento que foram noticiados pela imprensa, entre 1º de janeiro de 1980 e 31 de dezembro de 2009, a pesquisadora concluiu que os participantes da ação acreditam em suas justificativas e não agem de forma aleatória, ao escolher aqueles que devem ser “justiçados”.

“Não é qualquer pessoa que pode ser desumanizada e, portanto, linchada. As potenciais vítimas de linchamento carregam consigo a marca daquele que pode, em última análise, ser eliminado”, aponta Ariadne, sugerindo que pessoas com maior poder aquisitivo suspeitas de cometer crimes semelhantes ao atribuído à dona de casa agredida, na noite do último sábado (3), gozam de uma rede de proteção mais eficiente. “Tanto que é muito raro identificarmos uma vítima de classe média entre as vítimas de linchamento. E não porque não haja, entre a classe média, quem cometa crimes”.

Ela destaca que a análise das causas de justiçamentos devem levar em conta dinâmicas macrossociais, como a falta de políticas de infraestrutura e habitacionais, que podem levar moradores de determinadas áreas a buscarem mecanismos privados para a resolução dos problemas.

Fabiane morava com o marido e dois filhos no bairro de Morrinhos, localidade que concentra famílias das classes C e D, e possuía alguma espécie de transtorno mental, conforme divulgado pela imprensa. Situação comum a outros casos analisados no estudo de Ariadne Natal. “São pessoas cujas atitudes os outros têm dificuldades para compreender”, aponta a pesquisadora.

“Lógico que nada disso é explicitado. Há diferentes justificativas para os casos de linchamento ao longo do tempo”. Na década de 1980, por exemplo, as motivações dos participantes estavam mais relacionadas a crimes contra a propriedade. Já na década de 1990, houve mais casos ligados a crimes contra a vida e os costumes, como o estupro.

Além disso, a partir da década de 1990, a polícia, quando acionada, passou a atender mais rapidamente esse tipo de ocorrência, reprimindo-a. “Por isso o número de casos de linchamentos que resultaram em morte eram maiores na década de 1980”. Quando a pesquisadora defendeu sua tese, em 2013, ainda não havia informações precisas sobre a primeira década deste século. Mesmo assim, Ariadne afirma que o perfil das vítimas de linchamentos mudou pouco ao longo do tempo. Embora o número de mulheres alvos dessas ações tenha aumentado, a partir dos anos 2000, os homens jovens continuam sendo as vítimas mais recorrentes. E quase a totalidade dos casos ocorre em regiões periféricas.

“O que está relacionado ao acesso que os moradores dessas áreas têm às instituições de Estado. Não só em termo de presença, mas, principalmente, quanto à qualidade dos serviços prestados por essas instituições. A tese da ineficiência do Estado é, portanto, um dos componentes que ajudam a explicar esses crimes. Mas há também a própria dinâmica das relações sociais nesses locais, onde as pessoas se conhecem e as informações transitam com maior facilidade”.

Outro diferencial é que, hoje, os linchamentos são frequentemente filmados e exibidos na imprensa e na internet. Foi o que aconteceu no caso de Fabiane. As cenas das agressões sofridas pela dona de casa vêm chocando o país. “O linchamento é sempre um evento público com caráter de exemplaridade. Faz parte do processo de humilhar a vítima expô-la sendo agredida. Como, hoje, há sempre alguém filmando, o que no passado ficaria restrito a um contexto local ganha uma maior dimensão. Essas imagens são fortes, mas a reação de quem as vê depende muito do filtro da percepção de cada um. Há muitos que, ao verem as imagens de um garoto algemado a um poste, sentiram-se satisfeitos e acharam pouco. A diferença no caso da Fabiane é que essas mesmas pessoas se comovem ao saber que uma pessoa inocente foi morta. Se ela de fato tivesse sequestrado uma criança, a reação seria diferente. E não deveria ser, pois estranho é o linchamento”.

A pesquisadora conclui que “Numa democracia, o que se espera é que as pessoas se mobilizem para melhorar as instituições e não para fazer justiça de forma sumária, sem dar aos suspeitos o direito à defesa. E, com isso, no afã de tentar fazer uma suposta justiça, comete-se grandes injustiças. E mesmo que a vítima tenha de fato cometido algum crime, isso não diminui o aspecto lamentável de um linchamento”.

Comissão da Câmara aprova o Plano Nacional de Educação

PneA comissão especial que analisa o Plano Nacional de Educação (PNE) concluiu hoje (6) a votação do projeto de lei. A expectativa é que o plano seja votado em plenário dentro de dez dias e siga para sanção presidencial neste mês. O PNE estabelece metas para a serem cumpridas nos próximos dez anos. Entre as diretrizes, estão a erradicação do analfabetismo e a universalização do atendimento escolar. O plano destina 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação – atualmente são investidos 5,3% do PIB.

Nesta terça-feira, os deputados votaram os últimos destaques. Uma das alterações feitas no relatório do deputado Angelo Vanhoni (PT-PR) foi a inclusão da estratégia aprovada pelo Senado Federal, que estabelece políticas de estímulo às escolas que melhorarem o desempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A ideia é valorizar o mérito dos professores, da direção da escola e da comunidade escolar.

Esse ponto foi criticado por entidades e profissionais que atuam no setor, que definem a estratégia como “nada promissora diante de um método de avaliação ainda limitado”, como destaca carta aberta da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

O plano tramita no Congresso Nacional há três anos, e ao longo desse tempo foram sugeridas mais de 3 mil emendas. Um dos pontos polêmicos é o financiamento. Na forma como o plano deixa a comissão, os 10% do PIB incluirão as isenções fiscais e financiamentos ao setor privado, como o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Outro ponto que gerou debate é a questão de gênero e orientação sexual, suprimida do texto por meio de destaque. O relatório aprovava a “superação das desigualdades educacionais, com ênfase na promoção de igualdade racial, regional, de gênero e de orientação sexual”. A redação foi alterada para “a erradicação de todas as formas de discriminação” e assim segue para plenário.

De acordo com os deputados, tanto o financiamento quanto a questão de gênero devem ser retomados. “Vamos recorrer da meta de financiamento no plenário, pois somos contrários ao compartilhamento do financiamento público com o Fies e o Prouni”, disse o deputado Paulo Rubem (PDT-PE).

Segundo ele, haverá esforço para colocar o PNE na pauta do plenário o quanto antes. “Corremos o risco de ter o plano sancionado em pleno debate eleitoral”, disse. Ele  acrescentou que “há uma contradição entre política de expansão dos gastos públicos [previsto no PNE] e o discurso de oposição, que é o oposto. Temos que garantir que a matéria vá logo a plenário e que possa haver debate qualificado”.

O relator, Angelo Vanhoni, disse não ter previsão sobre o integral cumprimento do plano. “Eu não tenho como prever, não tenho como dizer isso de forma taxativa, mas são metas necessárias para que o Brasil supere o atual estágio de desenvolvimento. Agora, se vamos cumprir 70%, 80% ou 100% de cada meta estabelecida, só a dinâmica da política nacional, do envolvimento dos gestores, do envolvimento da sociedade, do parlamento, das definições do Executivo é que vão traduzir o plano na realidade concreta da vida das crianças e jovens”.

Receita lança aplicativo para facilitar preenchimento do Carnê-Leão

Receita_federal1A partir de agora, os contribuintes podem usar smartphones e tablets para informar ocorrências relativas à apuração mensal do imposto obrigatório Carnê-Leão. O aplicativo App Carnê-Leão  foi lançado hoje (6) pelo secretário da Receita Federal,  Carlos Alberto Barreto,  na 48ª Assembleia Geral do Centro Interamericano de Administrações Tributárias (Ciat), que ocorre desde ontem (5) no Rio de Janeiro.

Desenvolvido para os sistemas Android e iOS, da Apple, o aplicativo destina-se às pessoas físicas que recebem rendimentos de outras pessoas físicas ou do exterior, e que estejam sujeitas a recolher o imposto mensalmente. Carlos Alberto Barreto destacou que o lançamento do aplicativo faz parte do esforço da Receita de intensificar os investimentos em tecnologia para reduzir a burocracia e facilitar o cumprimento das obrigações tributárias pelos contribuintes.

O secretário ressaltou que o novo aplicativo oferece a possibilidade de fotografar comprovantes das ocorrências, como os recibos de aluguéis. Ao final do processo, o App Carnê-Leão permite gerar o Documento de Arrecadação de Receitas Federal (Darf), que será pago nos bancos. Outra vantagem do novo aplicativo é a apresentação dos demonstrativos mensais e anual e o envio do arquivo para o programa do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) do próximo ano.

O App Carnê-Leão é gratuito. Ele já está disponível para download nas lojas Apple e Google. Atualmente, a Receita oferece outros aplicativos nas duas lojas: o App CNPJ (que verifica a regularidade fiscal de empresas), App Pessoa Física (que informa a situação do CPF e o acompanhamento da restituição do Imposto de Renda), App Viajantes (destinado ao pagamento de impostos sobre bagagens trazidas do exterior), App Importador (que permite acompanhar a situação das mercadorias nas alfândegas) e o m-IRPF (que permite o preenchimento da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física).

Renan Calheiros cobra indicações da oposição para CPI da Petrobras no Senado

RenancalherosO presidente do Senado, Renan Calheiros, lê nome de dez indicados até o momento para CPI da Petrobras no SenadoValter Campanato/Agência Brasil

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), leu hoje (6), em plenário, o nome de dez indicados até o momento para compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. Todos os líderes partidários fizeram as indicações de seus membros, exceto a oposição, que terá direito a três vagas.

Conforme anunciado pelo presidente, farão parte da CPI como titulares os senadores João Alberto (PMDB-MA), Valdir Raupp (PMDB-RO), Vital do Rêgo (PMDB- PB), Ciro Nogueira (PP-PI), José Pimentel (PT-CE), Humberto Costa (PT-PE), Aníbal Diniz (PT-AC), Acir Gurgacz (PDT-RO), Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP) e Gim Argello (PTB-DF).

Os dois maiores partidos de oposição na Casa, PSDB e DEM, decidiram não fazer as indicações dos três nomes aos quais têm direito para firmar posição política a favor da criação de uma CPI mista, que também terá a participação de deputados.

“Da nossa parte, não achamos que seja razoável, adequado, nem justo que os deputados federais sejam privados de participar de uma investigação tão importante, não para a oposição, como querem fazer crer alguns, mas para a sociedade brasileira, aviltada, envergonhada e indignada com as sucessivas denúncias de corrupção que ocorrem no seio, no coração da mais importante empresa brasileira, a Petrobras”, alegou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em plenário.

O presidente Renan Calheiros, no entanto, avisou que, se os oposicionistas não fizerem as indicações deles para a CPI do Senado, caberá à presidência da Casa fazê-lo. “Se algum líder não indicar, o presidente vai ser obrigado a fazer a indicação no prazo de três sessões”, avisou. Os oposicionistas têm até amanhã para fazer as indicações.

Mais cedo, Renan Calheiros também comunicou ao plenário que convocou para amanhã (7) sessão do Congresso Nacional para definir os rumos da CPMI da Petrobras, defendida pela oposição. Na oportunidade, o presidente pedirá aos líderes partidários da Câmara e do Senado que façam as indicações dos membros da comissão mista.

Criticando a postura da oposição de apostar na CPMI e tentar esvaziar a CPI do Senado, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) lembrou que foram os próprios oposicionistas que recorreram ao Supremo Tribunal Federal para garantir o direito de promover a comissão de inquérito no Senado. “Espero, sinceramente, que a oposição indique seus nomes para que instalemos a CPI do Senado, que é a CPI que estamos agora com fato concreto e que teve uma deliberação do Supremo. A CPMI, vamos discutir amanhã. É outra situação. Queria pedir, fazer esse apelo que a oposição indicasse seus nomes”, disse a senadora em plenário.

Comissão de Direitos Humanos repudia casos de linchamentos

Comissao-de-direitos-humanos-da-camaraA Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados condenou hoje (6) os casos de linchamentos ocorridos recentemente no país. Em nota, a comissão informou que, desde fevereiro, 20 pessoas já foram vítimas de linchamentos públicos. A CDHM conclamou a população a evitar o sentimento de vingança que, conforme a comissão, é um dos motivadores de tais práticas.

“Este sentimento apenas alimenta a crescente onda de violência, observada nos últimos meses no Brasil. O colegiado lembra que, numa sociedade democrática, o processo e a punição são feitos exclusivamente pelo Estado. Neste sentido, quando há ‘justiça’ pelas próprias mãos, há também um novo crime”, diz a nota.

Na manhã desta terça-feira (5), a mais recente vítima deste tipo de crime, a dona de casa Fabiana Maria de Jesus, de 33 anos, foi enterrada em Guarujá, São Paulo. Fabiane morreu na segunda-feira (4), dois dias após ter sido espancada por moradores da comunidade de Morrinhos, em Guarujá, no litoral de São Paulo. A dona de casa foi amarrada e agredida até a chegada da Polícia Militar, que teve que fazer um cordão de isolamento para evitar que a população desse continuidade à violência.

Fabiane foi confundida uma suposta sequestradora de crianças. Informações divulgadas em redes sociais apontam que a dona de casa foi linchada com base em um boato que alertava pais e mães a não deixarem seus filhos nas ruas, porque poderiam ser alvos de sequestro para rituais macabros.

De acordo com o professor do curso de Sociologia e Política da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), Paulo Silvino Ribeiro, muitas vezes os linchamentos ocorrem com a justificativa de garantia da ordem. Em geral, aponta Ribeiro, o argumento é de que o linchamento ocupa a função de suprir a ausência da Justiça devido ao mau funcionamento do Estado. “Os justiceiros, quando agem, agem em nome da ordem. Mas, nestes casos de justiçamento, as ações praticadas não provocam a ordem, mas a desordem”, avaliou.

A frustração diante da omissão do Estado e a impunidade de praticantes de diferentes crimes podem levar as pessoas a tentar promover a chamada “Justiça com as próprias mãos”, de acordo com o professor. No caso do linchamento de Fabiane, as pessoas agiram ainda de forma mais brutal, pois não havia a comprovação da prática de crime. “O caso de Guarujá não tem nada a ver com impunidade. Só terá a ver se não houver responsabilização dos envolvidos”, apontou Ribeiro, que lembrou ainda que, em geral, os linchamentos são praticados contra pessoas mais pobres e, principalmente, negros e mulheres.

O ouvidor Nacional de Direitos Humanos, Bruno Renato Nascimento, chamou atenção para o fato de a sociedade não poder construir um entendimento favorável a este tipo de prática. “Não é a possibilidade de ausência de uma política pública, no caso a de segurança, que vai fazer com que a gente aceite a possibilidade da barbárie”, pontuou.

Os dois falaram na tarde desta terça-feira, em audiência pública da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados. Nascimento criticou também as pessoas que defendem a violência a partir do argumento de que “bandido bom é bandido morto”.

“Com isto, banaliza-se a vida, e a prática da violência serve de justificativa para a própria violência”, disparou. “[Nestes casos] não se trata de uma questão de segurança pública, mas também uma questão de se educar as pessoas; de segurança pública aliada com cidadania”, defendeu.

O deputado Jean Willys (PSOL-RJ) afirmou que o governo federal deveria liberar mais recursos para as políticas de educação e cultura. “O governo tem que rever as prioridades do Orçamento, se a gente for olhar vamos ver que é pouco o que é destinado para a Educação e Cultura no país”, disse. “O que adianta ter maior desenvolvimento econômico sem desenvolvimento humano?”, questionou.

Feira de Fogos começa a se instalar esta semana no Parque Ecológico das Timbaúbas

 

TibaubasPelo segundo ano consecutivo a feira de fogos de artifícios terá lugar no Parque Ecológico das Timbaúbas em Juazeiro e começa a se instalar esta semana. Os vendedores apostam num período bastante aquecido pelo fato das festividades juninas coincidirem com a Copa do Mundo quando, normalmente, as vendas são melhores. O Vice-prefeito e Secretário do Meio Ambiente e Serviços Públicos, Luiz Ivan Bezerra, disse que o prefeito Raimundo Macedo pediu o melhor ordenamento do espaço.

Este ano caberá ao Ministério Público a averiguação da feira juntamente com militares do Corpo de Bombeiros. Além do espaço, Luiz Ivan disse que a prefeitura vai garantir barracas padronizadas para os ambulantes. A feira existe há mais de 40 anos e sempre teve seus locais contestados quando mudava para lugares que não viessem a representar riscos para a população.

O titular da SEMASP garante que, a exemplo do ano passado, o lugar terá toda a segurança necessária. Ele prometeu ainda a garantia da divulgação por meio de carros de som e emissoras de rádio e, no ano passado, teve até banheiros químicos instalados nas imediações e som ambiente. O funcionamento é diário sempre das 8 às 22 horas e a expectativa de Luiz Ivan é de um público maior em relação a 2013.

PMJN

Sertão, Sim Senhor !

 
SERTÃO SIM SENHOR – O vocábulo sertão significa, aos olhos dos que não são daqui, uma região sem cultivo ou lugar longe de povoação ou de regiões cultivadas, ou seja, um grande deserto incivilizado. Percebe-se, com pesar que, a visualização do sertão sempre esteve ligada ao despovoamento, aridez, espaços distantes e sem civilização. 
Discordo desse ponto de vista e justifico porque: A representação homogênea de uma identidade nordestina se observa, por exemplo, na predominância de uma temática no discurso regionalista dominante sobre o Nordeste: a seca no sertão. Esse discurso, além de restringir a região ao território sertanejo, também é pautado numa visão negativa. Esse olhar homogêneo e pejorativo sobre o Nordeste é preconceituoso e distorcido. O Nordeste é “lido” através da repetição do tema da seca, associada ao flagelo natural. Quando Graciliano Ramos compôs “Vidas Secas”, em 1937, estava diante de uma República sem a vocação da incorporação política e social de setores da sociedade que, até então, viviam inteiramente à sua margem. 
O sertão nordestino da contenção verbal de Graciliano Ramos revela, sem eufemismos, a ação opressora do clima e de um modelo sócio-cultural e político adverso, diferentemente do sertão mineiro de Guimarães Rosa, um universo farto de mito e linguagem, um entrelugar textual que articula narração antropológica e transfiguração poética e reflexão filosófica. É visível que a imagem sobre o Nordeste e, consequentemente, sobre os nordestinos, particularmente o sertanejo, foi se firmando de forma preconceituosa e criando raízes difíceis de serem extirpadas. A visualização sobre o Nordeste acaba por se concentrar na descrição da miséria e dos horrores proporcionados pela seca. Essa visualização, além de estar no imaginário das pessoas, está registrada em livros de história, de geografia e mesmo na literatura. Essas descrições, entre tantas outras, fazem emergir uma tônica de sofrimento, e de abandono também pelas autoridades políticas governamentais. E não é bem assim. 
Quando lemos um livro que fala sobre o sertão/sertanejo, observamos que o tipo ali narrado é sempre um infeliz, um miserável, muitas vezes incivilizado, bruto e ao mesmo tempo humilde como a terra, como o meio onde sobrevive, mas forte e capaz de aguentar a dureza da seca, como se absorvesse a natureza do lugar. Esse estereótipo acaba sendo a identificação do sertão-nordeste, consequentemente, do sertanejo. A natureza molda a terra que molda a vida que modifica o homem. Porque estou batendo tanto nesta tecla? É preciso desmistificar essa idéia rudimentar de que o sertão e ou o sertanejo é alguém cujos valores são diferentes daqueles que não tiveram a sorte de nascerem nestas plagas, não existe um povo mais corajoso e lindo do que o nordestino, temos a doçura na alma capaz de adocicar a alma mais sem doce que houver, essa mistura de sofrimento e esperança, de luta e desenganos é que faz o tempero do povo nordestino e o torna um dos mais raros deste país, justamente pela sua perseverança em não desistir nunca e por está intimamente ligado a mãe terra e as suas raízes culturais. 
Sertão sim senhor, porque não?
 
Por: Elder Consultor

Prefeituras têm até o dia 15 para aderir ao “Programa Saúde na Escola”

Saudenaescola1As prefeituras que ainda não realizaram a adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE) têm uma nova oportunidade, até o próximo dia 15 – o prazo anterior era dia 25 de abril. Com a prorrogação, o governo federal almeja que as secretarias municipais de saúde e educação de todo o país possam incluir as escolas públicas, creches e pré-escolas no programa, garantindo a continuidade nas unidades que participaram no ano passado e promovendo inclusão de novas instituições de ensino.

Segundo a coordenadora geral de Controle Social e Ações Complementares do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Juliana Macedo, é importante que os gestores responsáveis pelo Bolsa Família nos municípios mobilizem as secretarias de saúde e de educação para ampliar o número de escolas participantes que tem maior quantidade de alunos beneficiárias do programa de transferência de renda. No ano passado, 44 mil escolas com maioria de estudantes beneficiários do Bolsa Família fizeram a adesão – 55% do total de 80 mil unidades que participaram.

O Saúde na Escola envolve ações diversas que avaliam as condições de saúde dos alunos, promovem da importância dos cuidados e da prevenção de doenças e ainda capacitam as equipes técnicas que acompanham crianças e jovens. Entre elas, se destacam a avaliação antropométrica, da saúde bucal e ocular e da situação vacinal, informações sobre direito sexual e reprodutivo, prevenção de doenças e de consumo de drogas.

SERVIÇO

Para aderir ao Saúde na Escola, o gestor municipal deve acessar o Portal do Gestor da Atenção Básica do Ministério da Saúde, no endereço http://dabsistemas.saude.gov.br/sistemas/sgdab/.

O povo

Dragão do Mar: Programação cultural desta semana

Dragão do Mar: Programação cultural desta semana

5 a 11 de maio de 2014

LITERATURA

LEITURAS NO DRAGÃO [Temporada de Arte Cearense] apresenta:

Dragaodomar2“Monstros Inofensivos de Tim Burton” – aula-show de Rodrigo Tomaz da Silva
O grotesco das personagens de Burton mostra a beleza que há na essência das coisas. Ele apresenta o caráter exuberante e inocente com uma forma feia. O que geralmente é entendido como assustador e inaceitável está presente nas poesias por meio de certa comicidade espectral, é onde o mau gosto (ou seria um gosto pelo diferente?) se torna hilário e aceitável. Esta aula-show se configura como ação formativa onde nossa principal fonte de leitura são as poesias do livro O Triste Fim do Pequeno Menino Ostra e Outras Histórias (1997), de Tim Burton. Lemos e analisamos os aspectos do universo juvenil dos textos (que na obra de Burton não diz respeito somente à criança e ao adolescente) onde o mundo imaturo é representado pela realidade da vida com suas características sombrias e estranhas. Apontamos as relações entre as personagens e a realidade de onde estão inseridas, bem como entre o sinistro que há no mundo real e o sentimentalismo do universo fictício, pois tais relações são postas pelo autor expondo suas críticas sociais.

Dia 10, às 17h, no Auditório. Gratuito.
* ?Leituras no Dragão? é um programa da Temporada de Arte Cearense ? uma programação toda formada por artistas de variadas linguagens selecionados pelos Editais Culturais 2013, do Instituto Dragão do Mar.

 

MÚSICA

 

CIRCUITO DE MÚSICA ERUDITA apresenta:

Sax in Cena
Primeiro quarteto de saxofones profissional do Ceará, o grupo Sax in Cena apresenta obras de compositores franceses e peças de Alberto Nepomuceno.

Dia 11, às 18h, no Auditório. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia).

 

SHOW

 

Tulipa Ruiz

Em sua 17ª edição, o MPB Petrobras conta com a voz potente e doce de Tulipa Ruiz em seis shows por quatro capitais do Nordeste. A estreia dessa edição acontece em Aracaju, dias 06 e 07/05, e seguem por Maceió (08/05), Fortaleza (10 e 11/05) e São Luís, palco do encerramento em 13/05. Com dois discos lançados (“Efêmera” e “Tudo Tanto”), a cantora e compositora paulista já teve sua voz e repertório premiados (“Multishow”; “APCA”; e “Contigo! MPB FM”) e foi destaque da revista Rolling Stone, como disco do ano, e do jornal Folha de S. Paulo, que colocou seu álbum de estreia entre os melhores da década. Nessa temporada pelo Nordeste, Tulipa apresenta um mix do repertório que a consagrou. “Estamos sempre com o radar ligado para detectar as novas vozes da MPB. Ao longo desses 17 anos já apresentamos muita gente que estourou logo depois. Também já recuperamos artistas da MPB que andavam um pouco fora de circulação. Entendemos que a Tulipa Ruiz já faz parte do mainstream da MPB e está integrada dentro do escopo de artistas que formam a essência do projeto”, explica o diretor da Caderno 2 Produções Artísticas e fundador do projeto, Dalmo Peres.

 

Levar a música de Tulipa Ruiz ao Nordeste faz parte da essência do projeto que nasceu dentro da Caderno 2 Produções Artísticas em Salvador em 1997. O MPB Petrobras, que tem patrocínio exclusivo da Petrobras, busca difundir a música popular brasileira, através da realização de shows com intérpretes consagrados no cenário musical do país; dar oportunidades a talentos regionais nos shows de abertura; levar espetáculos de qualidade aos centros urbanos carentes desse tipo de entretenimento; e praticar preços populares, permitindo o acesso de segmentos menos favorecidos aos shows do projeto. Em 17 anos, alcançou a marca de mais de 500 shows realizados para um público estimado em aproximadamente 800 mil pessoas. Nesse período de vida, o MPB Petrobras expandiu a sua programação para outras capitais, chegando a Aracaju, Maceió, Recife, Fortaleza, São Luís, Natal, Belo Horizonte, Brasília e Manaus. O MPB Petrobras oferece ao público destas cidades a oportunidade de assistir a shows de qualidade, a preços populares (R$ 30 / R$ 15). O Projeto MPB Petrobras nasceu, cresceu e se desenvolveu dentro da perspectiva de aliar atividades culturais ao desenvolvimento e implantação de ações sociais.
 

 

Sobre Tulipa Ruiz Nascida em Santos, criada na mineira São Lourenço e formada em Multimeios na PUC, de São Paulo, Tulipa Ruiz e o irmão, Gustavo, têm berço musical: o pai, Luiz Chagas, é guitarrista da vanguardista Isca de Polícia, banda que acompanhou Itamar Assumpção. As referências, entretanto, se espalham por Baby do Brasil, Gal Costa, Zezé Motta, o grupo Rumo e as artistas internacionais e multimídias Meredith Monk e Yoko Ono. Ainda garota e já universitária, Tulipa teve algumas experiências musicais por hobby. O “valendo”, porém, veio só em 2009 quando a então redatora e ilustradora resolveu se assumir como cantora e compositora ? sem abandonar os desenhos que a traduzem graficamente nos shows e nos encartes dos álbuns, além das colaborações para o jornal Le Monde Diplomatique Brasil. O pai e o irmão embarcaram na história musical e integram a banda, que conta ainda com Caio Lopes, na bateria, e Marcio Arantes, no baixo. Tem dois álbuns lançados em cinco anos de carreira, “Efêmera” (2010) e “Tudo Tanto” (2012).

 

Dias 10 (sábado), às 21h; e dia 11 (domingo), às 20h, no Anfiteatro do Dragão do Mar. Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), à venda na bilheteria do Planetário. Funcionamento: terça a domingo, das 14h às 20h.

 

TEATRO
 
TEATRO DE RUA [Temporada de Arte Cearense] apresenta:

 

“Capitão Rodopio nas ruas do Dragão”

 

Do grupo Oficarte Teatro & Cia – Texto: Márcia Oliveira – Direção: Frank Lorenço
No tempo em que o mundo era por reinados dirigidos, existiam dois reinos, cada qual mais bem regido, o reino dos Ferreira e o reino dos Barbaceno. Ambos traziam uma rixa de herança desde quando os tataravôs ainda eram crianças. Moysaniel,rei dos Ferreira, herdou o trono do Reino da Pedra Fina quando desencantou e casou-se com Angeltrina, que, antes de falecer, lhe deixara uma filha de nome Esmeralda. Moysaniel casou-se novamente com Zoraide, uma feiticeira má que pretendia transformar o Reino da Pedra Fina no tenebroso Vale das Lamúrias. Esmeralda se apaixona por Romualdo, príncipe dos Barbaceno, e passam a viver um amor proibido, até serem descobertos por Gregório, primo de Esmeralda e que nutre uma paixão pela mesma. Uma bela história de amor.

Dia 8 de maio, às 19h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

* “Teatro de Rua” é um programa da Temporada de Arte Cearense ? uma programação toda formada por artistas de variadas linguagens selecionados pelos Editais Culturais 2013, do Instituto Dragão do Mar.

 

MUSICAL

 

A Turma do Chaves num sonho de criança

Direção: Francinice Campos

Um espetáculo para despertar sonhos de crianças e adultos. “Turma do Chaves em Um Sonho de Criança” é um musical adaptado, inédito, no qual mostra as peripécias de uma turma muito divertida e conhecida por várias gerações! Chaves é um menino órfão de oito anos, muito atrapalhado, de coração puro e que acredita num futuro sempre brilhante. Seus melhores amigos são: Kiko e Chiquinha. Chiquinha é uma personagem levada da breca que se considera a dona da rua por ser a única menina inserida na roda de amigos e que adora malinar. Kiko é um pimpolho de bochechas rosadas, mimado, e que possui os melhores brinquedos da vila. Essas três crianças apresentam o universo mágico infantil, no qual a criatividade brilha na inocência.

Dias 10 e 11, às 17h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

TEATRO ADULTO

 

Rimprovisando

Cia. Teatro do Improviso – Direção: Moisés Loureiro

O Rimprovisando é o primeiro espetáculo de improvisação teatral do Nordeste. Ele é feito com a ajuda da plateia, que sugere temas, lugares, piadas e até as falas. A cada apresentação, um novo espetáculo, o que permite que o público volte e assista várias vezes já que nunca será a mesma coisa. Montado pela Cia. Teatro do Improviso, que foi criada na capital cearense em 2008, o espetáculo completa, em 2014, cinco anos em cartaz, com mais de 200 apresentações por todo o estado e um público estimado em mais de 30 mil pessoas. A companhia responsável pelo Rimprovisando conta ainda com mais dois espetáculos de repertório, temporadas por todo o Brasil e parte da Europa.

Dias 10 e 11, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10(meia). Classificação: 14 anos.

 

DANÇA

 

QUINTA COM DANÇA EXPERIMENTAL [Temporada de Arte Cearense] apresenta:

 

Dançar D’ouvir Dizer
Intérprete: João Paulo Barros
João Paulo Barros estreia na Quinta com Dança Experimental, neste mês, na Temporada de Arte Cearense.

Dias 8, 15, 22 e 29, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

 

QUINTA COM DANÇA [Temporada de Arte Cearense] apresenta:

 

Fragmentos: Recordes de dança a dois
Cia. de Dança Poros – Direção: Aurélio Lobo e Neiliane Felipe
Diálogo entre dança, audiovisual, tradição e arte contemporânea. Potencializado por uma pesquisa corpórea transeunte entre as linguagens das danças de salão e demais danças em pares vivenciadas pelo coletivo, o espetáculo é regido por uma dramaturgia empenhada em desvendar semelhanças físicas e plásticas destas danças, assim encontra similaridades de seus universos culuralmente distintos e corporifica-se desde recortes de imagens, movimentos, cores e signos inerentes a estas danças.

Dias 8, 15, 22 e 29, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia). Os programas Quinta com Dança Experimental e Quinta com Dança acontecem sempre na mesma noite, em sequência.
* ?Quinta com Dança? e ?Quinta com Dança Experimental? são programas da Temporada de Arte Cearense ? uma programação toda formada por artistas de variadas linguagens selecionados pelos Editais Culturais 2013, do Instituto Dragão do Mar

 

CINEMA

 

Depois de temporada em parceria com a Caixa Cultural, o Cine Caolho vem para o Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco. A estreia dessa nova parceria será nesta próxima segunda-feira, dia 12 de maio, com três curtas. São eles: TENHO UM DRAGÃO QUE MORA COMIGO (Dir. Wislan Esmeraldo/ Ficção/ 17min / 2013); O COMPLETO ESTRANHO (Dir. Leonardo Moura Mateus / 24 min / 2014); e O MELHOR AMIGO (Dir. Allan Deberton / Ficção / 17 min / 2013).
A exibição dos filmes do Cine Caolho é seguida de debate com Marcelo Ikeda. O texto crítico a ser apresentado aos participantes desta edição é de Pedro Azevedo, curador do Cinema do Dragão.

 

Idealizado no ano de 2007, em meio às atividades da primeira turma do Curso de Realização em Audiovisual da Vila das Artes, iniciado em Fortaleza em 2006, o cineclube nasceu da vontade coletiva entre alunos de extrapolar as experiências e discussões em torno do fazer/pensar o audiovisual. Um projeto feito de maneira independente, quase marginal, disposto também a ocupar outros espaços pela cidade, como Alpendre e Casa Amarela.
De início, a ideia era exibir filmes considerados de ?difícil acesso? ou ?proibidos?, tendo na internet uma importante aliada por meio de seus downloads ? daí o nome caolho e sua referência ao universo ?pirata?. Depois de sua terceira edição, no entanto, o projeto foi reformulado, dando foco à exibição de filmes cearenses e privilegiando a realização de um bom debate a cada sessão. De lá para cá, daquele ambiente de efervescência na Vila das Artes o projeto retorna atualmente como proposta da Alumbramento e do professor Marcelo Ikeda, que assina a curadoria do projeto ao lado de Pedro Diógenes.

Assessoria de Comunicação do Dragão do Mar

Ucrânia: combates intensos deixam mortos em Slaviansk

Ucraniasmall_bandeira-Combates intensos entre forças pró-russas e o Exército ucraniano foram registrados hoje (5) perto de Slaviansk (no Leste), com mortes, informou o ministro do Interior da Ucrânia durante entrevista em um local próximo da área de combates. Arsen Avakov, que estava em um posto de controle a cerca de 6 quilômetros do local, não precisou o número de mortos nem a qual das partes em conflito pertenciam.

Em Slaviansk, reduto das forças separatistas pró-russas, “está sendo travada uma guerra contra o território da Ucrânia”, acrescentou o ministro, destacando que sua missão no local é eliminar os terroristas. “A única tática é avançar pouco a pouco para o centro” de Slaviansk; não há uma solução militar, tem de ser política”.


Segundo o comandante da Guarda Nacional ucraniana, Stepan Poltorak, também presente no local, “os adversários estão bem treinados e bem equipados”, mas as forças ucranianas conseguiram cercá-los no centro de Slaviansk.


“As estradas [na zona de combates] estão fechadas, não deixam passar os civis. Fazem tudo para nos obrigar a usar armas pesadas, mas não vamos fazer para poupar a população civil”, garantiu.


As forças ucranianas lançaram uma ofensiva na sexta-feira (2) contra Slaviansk, cidade tomada pelas forças pró-russas há várias semanas.

*Com informações da Agência Lusa


Número de celulares chegará a 7 bilhões no fim do ano em todo o mundo

SmartphonesSegundo a UIT, proporção chegará a um celular por habitante até fim de 2014Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Até o fim deste ano, o número de linhas de celulares em todo o mundo chegará a 7 bilhões – uma para cada habitante do planeta, segundo relatório divulgado hoje (5) pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), órgão da Organização das Nações Unidas. Os dados mostram, no entanto, que o crescimento das assinaturas para celulares, de 2013 para 2014, foi 2,6%, a menor taxa registrada no segmento, indicando que o mercado está chegando a níveis de saturação.

O relatório da UIT apontou também que até o fim de 2014 haverá quase 3 bilhões de usuários de internet. O número corresponde a uma penetração de 40% em todo o planeta – 78% nos países desenvolvidos e 32% nos países em desenvolvimento. Mais de 90% das pessoas sem acesso à internet estão nos países em desenvolvimento.

O número de assinaturas de banda larga móvel deve chegar a 2,3 bilhões em todo o mundo. O alcance da banda larga fixa deve chegar a quase 10% globalmente no fim do ano. A penetração do telefone fixo vem caindo nos últimos cinco anos. Ao final de 2014, haverá cerca de 100 milhões de assinaturas desse serviço a menos que em 2009.

No Brasil, a penetração de banda larga fixa ainda é pouco inferior à média global e tem baixa qualidade: mais de 50% das velocidades dos planos variam entre 256 kilobits por segundo e 2 megabits por segundo. Velocidades acima de 10 megabits por segundo têm penetração de apenas 2,5% entre a população. Na Coreia do Sul, o percentual chega a 37%.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), no Brasil, havia 273,58 milhões de linhas de celulares ativas em março, com teledensidade de 135,30 acessos por 100 habitantes, A banda larga móvel totalizou 114,42 milhões de acessos, dos quais 2,08 milhões eram terminais 4G.

Embraer deverá avaliar confiabilidade de sistemas críticos de produção da Petrobras

BrA Embraer assinou nesta segunda-feira um protocolo de intenções com a Petrobras para avaliar a confiabilidade de sistemas críticos de produção de petróleo e gás da estatal, no que caminha para ser o primeiro contrato de uma recém-criada divisão pela fabricante brasileira de jatos.

Segundo comunicado de ambas as empresas, o objetivo é aplicar padrões praticados na indústria aeronáutica para avaliar os requisitos e arquitetura de sistemas críticos usados na exploração e produção de petróleo e gás sob a ótica de segurança, condições de manutenção e confiabilidade.

A parceria envolve a Embraer Sistemas, unidade da Embraer criada para aplicar em outras indústrias as tecnologias e os conhecimentos da companhia. A efetivação das atividades para a Petrobras ainda depende da assinatura de contrato formal.

“A tolerância a erros na aviação é muito baixa. A engenharia que a Embraer desenvolveu ao longo da sua história pode ser aplicada a outras indústrias, além da aeronáutica”, disse em recente entrevista à Reuters o presidente da Embraer Sistemas, Daniel Moczydlower.

A Embraer Sistemas iniciou suas operações com um escritório próprio no Rio de Janeiro no começo de 2014. Atualmente, cerca de 15 pessoas trabalham na unidade.

O primeiro projeto com a Petrobras terá como foco o sistema BOP (Blow-Out Preventer), responsável por garantir a vedação dos poços de petróleo e prevenir vazamentos e fluxos não controlados de óleo ou gás em quaisquer condições de trabalho.

“Existem empresas que lidam com ativos e investimentos muito grandes para os quais questões como segurança e confiabilidade são altamente desejáveis. Pequenos ganhos de eficiência podem significar retorno sobre investimento muito altos”, disse Moczydlower, citando a indústria de mineração como outro alvo da Embraer Sistemas.

A Embraer está dividida nas áreas de aviação comercial, executiva e defesa. Moczydlower disse que a meta é “construir na Embraer Sistemas uma quarta unidade de negócio digna dessa denominação”. Ele ressaltou que isso é um projeto para um horizonte bastante longo, de 20 anos à frente. “Somos ainda uma semente de uma nova área de negócios.”

Embora o Brasil seja o mercado natural para o crescimento da Embraer Sistemas, a unidade vê chance de exportar conhecimento.

“Se olharmos para a Vale, por exemplo, ela tem operação muito forte em outros países do mundo. Você pode se internacionalizar servindo eventualmente as multinacionais brasileiras e o fato de se credenciar como parceiro dessas empresas é importante”, afirmou.

(Por Roberta Vilas Boas, Cesar Bianconi e Brad Haynes)

Estadão

Sony bate recorde com fita magnética que armazena 185 TB

Sony_fita_magnetica_destaqyeRIO – A Sony desenvolveu fita magnética capaz de armazenar 185 terabytes (TB) de dados em um único cartucho, um recorde para esse tipo de mídia. A capacidade é equivalente a 3,7 mil discos Blu-ray ou a 18 vezes toda a informação guardada nos livros da biblioteca do Congresso americano, a maior do mundo. Em termos musicais, um cartucho pode guardar cerca de 60 milhões de canções de três minutos de duração, volume que só poderia ser consumido completamente em mais de três séculos de reprodução ininterrupta.

Segundo anúncio feito na conferência Intermag Europe, realizada em Dresden, Alemanha, a fita armazena 148 gigabits (Gb) por polegada quadrada, densidade mais de cinco vezes superior à da fita que detinha o recorde anterior, estabelecido em 2010. A Sony, em parceria com a IBM, só foi capaz de alcançar capacidade tão surpreendente porque utilizou tecnologia de nanopartículas que permitiu a criação de camada magnética com maior densidade.

Fitas magnéticas são o meio de armazenamento de informações digitais mais longevo ainda em uso. A tecnologia data do início da década de 50 e perdeu muito espaço para a alternativa digital dos discos rígidos. Segundo a revista “The Economist”, as vendas de fitas magnéticas tiveram queda forte entre 2008 e 2012, chegando a despencar 12% apenas nesse último ano. Mas o meio passa por um revival, com crescimento estimado em 3% em 2013.

Isso porque, apesar de analógica, a tecnologia oferece uma série de vantagens sobre os discos rígidos. Segundo a “Economist”, embora extrair dados de uma fita exija aquela cerimônia que todo mundo que cresceu com as cassetes se lembra (inseri-la no aparelho, rebobinar ou acelerar etc.), o processo é quatro vezes mais veloz do que a leitura de um HD. As fitas também são mais confiáveis, visto que ainda podem ser utilizadas mesmo após danos graves – se a fita se romper, basta colar um pedaço no outro, com perda de apenas uma fração dos dados. Por esse e outros motivos, é seguro guardar informações por até três décadas com a tecnologia. Além disso, fitas magnéticas não exigem energia para armazenar dados, representando uma alternativa mais econômica.

Instituições financeiras estimam crescimento de 1,63% para o PIB em 2014

Grafico2Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram as projeções para o crescimento da economia em 2014 e no próximo ano. A estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país este ano, caiu de 1,65% na semana passada, para 1,63% nesta semana e em 2015, de 2% para 1,91%. Essas projeções fazem parte da pesquisa semanal do BC a instituições financeiras, sobre os principais indicadores econômicos.

A estimativa para a expansão da produção industrial caiu de 1,40% para 1,21%, este ano, e segue em 2,65%, em 2015.

A previsão para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) caiu de US$ 3,02 bilhões para US$ 3 bilhões, em 2014, e segue em US$ 10 bilhões, no próximo ano.

A estimativa para o saldo negativo em transações correntes (registros de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior) foi ajustada de US$ 77,1 bilhões para US$ 78,6 bilhões, este ano, e permanece em US$ 75,6 bilhões, em 2015.

A projeção para a cotação do dólar segue em R$ 2,45, no final de 2014, e foi ajustada de R$ 2,50 para R$ 2,51, no fim do próximo ano. A expectativa das instituições financeiras para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) segue em US$ 60 bilhões neste ano e em US$ 55 bilhões, em 2015.

A projeção das instituições financeiras para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB foi alterada de 34,85% para 34,80% neste ano, e permanece em 35%, em 2015.

Inflação deve alcançar 6,5% em 2014 e atingir o teto da meta, aponta BC

Inflacao2As instituições financeiras consultadas semanalmente pelo Banco Central (BC) reforçaram a estimativa de que a inflação, este ano, vai ficar no teto da meta (6,5%). Para 2015, a projeção para a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), também foi mantida, em 6%.

As estimativas estão bem distantes do centro da meta (4,5%). É função do BC fazer com que a inflação fique dentro da meta e, para isso, usa alguns instrumentos. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação, é a taxa básica de juros, a Selic.

Essa taxa é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Já quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, mas a medida alivia o controle sobre a inflação.

O BC tem que encontrar equilíbrio ao tomar decisões sobre a taxa básica de juros, de modo a fazer com que a inflação fique dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional.

A mediana das expectativas (que desconsidera os extremos nas projeções) das instituições financeiras para a Selic, ao final deste ano, segue em 11,25% ao ano. Para o final de 2015, a projeção subiu de 12% para 12,25% ao ano. Atualmente, a Selic está em 11% ao ano, após passar por nove altas seguidas.

A pesquisa semanal do BC também traz a mediana das expectativas para a inflação medida Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), que foi alterada de 7,34% para 7,39%, em 2014. Para o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), a estimativa passou de 7,2% para 7,32%, este ano. Em 2015, a projeção para os dois índices segue em 5,50%.

A estimativa da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) passou de 6,2% para 6,06%, este ano, e permanece em 5%, em 2015.

Ministério autoriza repasse para controle do sarampo em nove cidades cearenses

Vacinacao_injetavelMinistério: há necessidade de campanha de vacinação contra o sarampo para crianças menores de 5 anosArquivo/Agência Brasil

Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (5) no Diário Oficial da União autoriza repasse financeiro para ações de controle do sarampo em nove municípios cearenses: Amontada, Beberibe, Itapipoca, Jaguaribe, Miraíma, Trairi, Tururu, Umirim e Uruburetama.

De acordo com o texto, no início deste ano, foram notificados 347 casos suspeitos da doença no estado, sendo 124 confirmados. Segundo o ministério, há necessidade de uma campanha de vacinação indiscriminada contra o sarampo para crianças menores de 5 anos nos municípios considerados de maior risco para a disseminação, na tentativa de interromper a cadeia de transmissão e evitar que a doença volte a ser endêmica no país.

A publicação destaca também uma recomendação do Comitê Internacional para Eliminação do Sarampo da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) para que o Brasil adote medidas de controle da doença de forma imediata.

Nível do Sistema Cantareira volta a cair

Cantareira-300x150_vale_estaNível dos reservatórios do Sistema Cantareira voltou a cair para 10% patamar mais baixo da história. Divulgação/Sabesp

O nível dos reservatórios do Sistema Cantareira voltou a cair, passando de 10,1% , ontem (4), para 10% hoje (5), patamar mais baixo da história. De acordo com a medição diária da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), em igual data do ano passado, o volume de chuvas estava em 62,3 milímetros (mm) por mês. Nos cinco primeiros dias de maio de 2013, o índice pluviométrico tinha acumulado 0,1 mm e no mesmo período deste ano, nenhuma gota foi registrada.

Por este sistema é feita a distribuição de água para cerca de 9 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo. A mesma fonte de captação alimenta as bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, no interior do estado.

Por determinação da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Departamento de Águas e Energia Elétrica de São Paulo, a retirada de água do Sistema Cantareira foi reduzida de 24,8 metros cúbicos por segundo (m³/s) para 22,4 m³/s. Uma nova avaliação deverá ser feita no próximo dia 15.

Desde o dia 17 de março, a Sabesp vem tocando obras para viabilizar a retirada de água da reserva estratégica, que fica em uma área mais profunda do que a da atual captação, nas represas Atibainha, em Nazaré Paulista, e Jaguari/Jacareí, em Bragança Paulista. Pelo cronograma, este aproveitamento deve começar em julho, elevando a oferta em torno de 200 bilhões de litros, volume suficiente para garantir o abastecimento por quatro meses.

Cai a oferta de emprego na construção civil do país em março

EmpregoDepois de se manter em alta nos meses de janeiro e fevereiro, o nível de emprego no setor da construção civil diminuiu 0,10%, em março sobre fevereiro, segundo a pesquisa do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP ) e da Fundação Getulio Vargas (FGV). Das cinco regiões do país, apenas o Sul indicou elevação, empregando 0,39% mais pessoas do que em fevereiro, com a abertura de 1.958 vagas.

A redução do índice foi considerada atípica para o período. “Na construção civil, a queda do emprego em um mês como março não é usual. Entretanto, é cedo para dizer que isso será uma tendência para os próximos meses”, disse, por meio de nota, o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe.

Na comparação com março do ano passado, porém, houve crescimento de 1,27%, e no acumulado do trimestre, alta de 1,65%, com a criação de 57,1 mil postos de trabalho. O número de pessoas empregadas somou 3,5 milhões.

Watanabe observou que, enquanto alguns estados eliminaram vagas, outros ampliaram as contratações, como foi o caso de São Paulo, ao que ele atribuiu à finalização das obras por conta da Copa do Mundo e também aos empreendimentos residenciais. São Paulo teve expansão de 0,14% sobre fevereiro, com 1.192 empregos, e, no trimestre, alta de 1,76%, com um saldo de 15,1 mil trabalhadores entre demissões e contratações. Das dez regiões paulistas pesquisadas, cinco apresentaram queda no período (Campinas, Ribeirão Preto, Santos, São José dos Campos e Bauru).

Já nas regiões do país, o Norte reduziu as oferta em 0,15%, eliminando 321 postos de trabalho; o Nordeste teve queda de 0,48%, com o corte de 3.639 empregos; o Sudeste diminuiu 0,06%, com 1.055 vagas suprimidas; e, no Centro-Oeste, houve recuo de 0,18%, equivalente a 542 contratações a menos do que em fevereiro.

O SindusCon-SP também divulgou hoje (5) a pesquisa conjunta com a FGV de torno do Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil, que teve elevação de 0,15% em abril sobre março e um avanço acumulado no quadrimestre de 0,51%, com o valor do metro quadrado em R$ 1.105,20. Em 12 meses, o valor aumentou 7,42%. Na comparação com março, a mão de obra ficou 0,03% mais cara e os materiais de construção, 0,35%.

Escassez de chuva fez consumo de gás natural bater recorde de 23 anos

GraficoacendenteA escassez de chuva que vem levando o país a uma dependência cada vez maior da energia proveniente das usinas termelétricas fez com que o consumo de gás natural apresentasse, em março  a maior demanda desde o início da comercialização do insumo no país, há 23 anos.

Dados do levantamento estatístico mensal da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), divulgado hoje (05), indicam que o consumo de gás natural registrou em março aumento de 2,5% na comparação com fevereiro. Em comparação a março do ano passado a alta é  maior: 7,4%.

Para a Abegás não há dúvidas: o recorde histórico registrado no mês de março, com a média de 74,6 milhões de metros cúbicos por dia, “foi puxado pela manutenção do despacho termoelétrico”.

O consumo residencial também registrou em março crescimento significativo em relação a fevereiro: 21,9%, Quando comparado a março do ano passado, porém, este aumento é 6,2%. Já o segmento industrial continua em trajetória de retomada do crescimento, com um aumento de 5,3% quando comparado ao mesmo período de 2013. Em relação ao mês de fevereiro deste ano, no entanto, o aumento é de apenas 0,5%.

A Abegás sustenta que, “em virtude da atual situação hidrológica do país, com reservatórios muito abaixo dos níveis esperados para o período, as térmicas a gás continuam despachando para garantir o atendimento à demanda crescente por energia elétrica. Com isto, o segmento de geração elétrica apresentou aumento de 5,8%, na comparação com fevereiro de 2014 e 22,9%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Em março, o consumo de gás natural foi 2,76% em relação a fevereiro e 9,4% em comparação ao mesmo período de 2013. Já o consumo do gás natural veicular (GNV), destinado ao segmento automotivo apresentou retração de 3,7%, na comparação com fevereiro deste ano e 4,3%, em relação a março de 2013.

O levantamento da Abegás constatou, ainda, que o número de consumidores cresceu 9%, chegando a 2,4 milhões de clientes em todo o país. A região Sudeste concentra o maior consumo de gás natural, com uma demanda média diária de 51,6 milhões de metros cúbicos m3; seguida do Nordeste, com 10,1 milhões m3. A Região Sul consumiu 6,6 milhões m3 por dia; a Norte 3,4 milhões; e a Centro-Oeste 2,6 milhões m3 por dia.

Brasileiro poderá usar Enem para entrar em mais uma universidade portuguesa

 

Enem_20141Mais uma instituição de ensino superior de Portugal, a Universidade da Beira Interior, em Covilhã, aceitará a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso de estudantes brasileiros em cursos de graduação. As notas do exame de 2012 e 2013 serão reconhecidas para os cursos que começam no segundo semestre deste ano. A Universidade de Coimbra foi a primeira instituição estrangeira a adotar da nota do Enem como critério de seleção.

O valor pago na graduação pelos estudantes de outros países é R$ 15 mil por ano. Com a opção de alojamento e refeição, o custo chega a R$ 23 mil. De acordo com a universidade, os brasileiros formam uma das maiores comunidades estrangeiras na instituição, com 60 estudantes.

O peso da redação e de cada prova do Enem varia de acordo com o curso escolhido pelo estudante. No site, a universidade explica que a classificação portuguesa utiliza escala  de 0 a 200 pontos e a do Enem, de 0 a 1.000 pontos, por isso, a conversão das classificações será feita dividindo a nota do Enem por cinco.

A universidade tem uma página na internet voltada para brasileiros com a lista dos cursos de graduação disponíveis e a variação dos pesos das provas. Lá estão também as informações sobre os documentos que os candidatos devem apresentar. A universidade fica a 200 quilômetros de Lisboa, e tem cerca de 7 mil alunos e 600 professores.

No Brasil, o Enem seleciona estudantes para instituições públicas de ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada, para bolsas em instituições particulares, pelo Programa Universidade para Todos. Além disso, é pré-requisito para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil e para o intercâmbio acadêmico pelo Ciência sem Fronteiras. Em 2013, mais de 5 milhões de candidatos fizeram o exame.

São Paulo aguarda parecer para cobrar multa de quem exceder consumo de água

AguaGoverno de São Paulo aguarda parecer para iniciar cobrança de multa para quem aumentar consumo de água Arquivo/Agência Brasil

O governo de São Paulo ainda não definiu a data de início da cobrança de multas para quem exceder a média do consumo de água na região metropolitana. Segundo o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a definição depende de um parecer da Procuradoria-Geral do Estado (PGE).  “É possível que já seja cobrada essa multa na conta de maio, mas estamos aguardando a PGE”, disse o governador.

Hoje (5), o nível dos reservatórios do Sistema Cantareira voltou a cair e passou de 10,1% para 10%, o patamar mais baixo da história. O Cantareira é responsável pelo abastecimento de cerca de 9 milhões de pessoas na região metropolitana de São Paulo.

Alckmin confirmou que no próximo dia 15 a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) começa a retirar água do volume morto, que fica no fundo das represas, abaixo do nível de captação das comportas. A previsão da Sabesp é usar 200 bilhões de litros dos 400 bilhões de reserva. Em março, começaram a ser construídos canais e instaladas bombas para a retirada da água das represas Atibainha, em Nazaré Paulista, e Jaguari/Jacareí, em Bragança Paulista. De acordo com a companhia, essa água será “suficiente” para abastecer a região até setembro.

O governador negou que haja rodízio de fornecimento de água ou mesmo racionamento no estado. Segundo ele, o racionamento continua descartado. “Tivemos em dezembro, janeiro e fevereiro vazões menores do que a mínima histórica dos 84 anos. Em abril, o sistema de alta pressão no Atlântico que impediu a chegada de frentes frias no Sudeste brasileiro, desapareceu. Em abril, o quadro foi melhor, é que nesse mês não chove muito. Nossos monitoramentos indicam que até março do ano que vem não haveria necessidade de nenhum rodízio, porque a partir de setembro deve começar a chover”.

Ele destacou que em março a redução do consumo de água proveniente do Sistema Cantareira chegou a 76%, dos quais 37% dos consumidores ganharam bônus por economizarem. Em abril, a porcentagem passou para 81%, com 39% de bônus. Esse benefício é oferecido para quem reduz em pelo menos 20% o consumo médio de água e começou a ser aplicado pelo governo em fevereiro.

“Vamos ter uma avaliação dos outros 31 municípios que passaram a ganhar o bônus. Isso ajudará muito. A partir do dia 1º de maio estendemos para 11 cidades fora da Grande São Paulo”. Entre as cidades estão Bragança Paulista, Piracaia, Nazaré Paulista, Joanópolis, Vargem, Pinhalzinho, Paulínia, Itatiba, Morungaba, Monte Mor e Hortolândia.

Alckmin informou que o estado assinará um protocolo com a Associação Paulista de Supermercados (Apas), que reúne 8 mil estabelecimentos, para racionalizar o uso da água. “Assim, eles evitarão o desperdício e diminuirão o consumo, ao mesmo tempo em que terão um ganho financeiro”. A parceria prevê o treinamento dos funcionários da manutenção para pesquisa de vazamentos e conscientização sobre medidas para evitar o desperdício.

MST bloqueia rodovia no Ceará

Mst_bandeira_grandeUma manifestação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fechou hoje (5) a Rodovia CE-060, no município de Ibaretama, a 130 quilômetros de Fortaleza. O ato faz parte da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária e em protesto à ação de dois homens, que atiraram contra integrantes do grupo, segundo Ivanildo Paes de Lima, um dos coordenadores do movimento.

Ele disse que 237 famílias estão acampadas desde o dia 22 de abril em frente à Fazenda Bonito, que é reivindicada pelo MST para fins de reforma agrária. Ele explica que, na sexta-feira (2), dois homens em uma moto passaram atirando e feriram duas pessoas, uma delas recebeu alta e a outra segue hospitalizada, mas não corre o risco de morrer.

A Polícia Civil do Ceará informou que uma pessoa foi presa em flagrante e que será indiciada por tentativa de homicídio e lesão corporal grave. O outro suspeito conseguiu fugir. O caso é apurado pela Delegacia Regional de Quixadá.

A manifestação na CE-060 tem a participação de 400 famílias da região. Segundo Ivanildo, elas só deixarão o local após marcar audiência com o prefeito e o governo do estado, para discutir a desapropriação da fazenda e a segurança do acampamento.

Na manifestação de hoje a Polícia Militar do Ceará fez um desvio na Rodovia CE-060 direcionando o trânsito para a BR-116. O major Andrade Mendonça, da assessoria de comunicação da PM, diz que o ato acontece de forma pacífica.

Segundo o MST, cerca de mil trabalhadores ligados a movimentos sociais também ocupam o perímetro irrigado na Chapada do Apodi, em Limoeiro do Norte (CE). O objetivo da ação é exigir o assentamento de famílias acampadas e a condenação de responsáveis por assassinatos de trabalhadores rurais.

Cerca de 1,5 mil famílias ocupam terreno na região do Itaquerão, em São Paulo

Sem-teto_MTST reivindica moradia em protesto em São Paulo no início do anoArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Quando a Federação Internacional de Futebol (Fifa) anunciou, em 2011, que o estádio em construção em Itaquera, zona leste paulistana, seria palco da abertura da Copa do Mundo, o metalúrgico Egnaldo Lima, 39 anos, já desconfiava de que o evento não seria uma oportunidade para melhorar a vida no bairro. “Dá uma revolta. Não vejo nada que mudou aqui, pelo contrário. O aluguel ficou mais caro e o transporte está pior”, declarou. No último sábado (3), Egnaldo, que é morador do bairro desde a infância,  ocupou, junto com cerca de 1,5 mil famílias sem-teto, um terreno de 150 mil metros quadrados, a 4 quilômetros do chamado Itaquerão, o estádio do Corinthians. Ele diz que encontrou, finalmente, uma oportunidade com a Copa. “Essa ocupação, sim, foi algo positivo”, apontou.

Ainda em estruturação, com barracos de madeira e lonas sendo montados, a ocupação foi batizada de Copa do Povo. “Escolhemos esse terreno justamente para dialogar com esses contrastes da Copa do Mundo. Bilhões são gastos com o evento e do outro lado temos milhares de pessoas sem moradia”, explicou Josué Rocha, integrante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), que organiza o grupo. Na manhã de hoje (5), a área ainda estava sendo loteada em pequenos espaços. “Só são permitidos barracos, pois a ideia não é formar uma nova favela. Queremos que sejam construídas moradias, com urbanização e outras melhorias”, explicou.

Essa é a segunda maior ocupação do MTST em São Paulo, que coordena também as mais de 2,5 mil famílias que formam a Nova Palestina, na zona sul da capital paulista. Josué Rocha aponta que há um déficit de moradia muito grande na região e que, desde sábado, muitas famílias dos bairros vizinhos estão chegando para ocupar a área. “A Copa do Mundo fez com que o preço dos aluguéis duplicasse. E as famílias, que já moram em uma região distante do centro, estão sendo obrigadas a ir para mais longe, algumas para outras cidades, como Ferraz de Vasconcelos e Suzano”, explicou. A ocupação Copa do Povo fica em frente ao Parque do Carmo e próximo ao Sesc Itaquera.

A diarista Josefa Soares, 48 anos, é uma das pessoas com dificuldades para pagar o aluguel no Jardim Helian. Por pressão do proprietário, o valor mensal deve passar de R$ 400 para R$ 600, em junho. “As casinhas que eram baratas não estão mais. Estão aproveitando a oportunidade. Quem tem, está fazendo isso com quem não tem”, reclamou. Com uma renda de menos de R$ 1,2 mil por mês, ela tem que se desdobrar para pagar as contas. Quase do salário é usado para pagar pela moradia. Além da dificuldade com o aluguel, Josefa conta que o trânsito piorou muito na região. “Tem muito desvio por causa das obras e a gente demora muito para sair do bairro e chegar no metrô”, relatou.

Diariamente, os ocupantes participam de assembleias, às 19h, onde as decisões do acampamento são tomadas coletivamente, como a definição de regras de convivência. Josué explica que, nas próximas reuniões, eles devem se organizar em grupos, similar ao que ocorre na ocupação da zona sul. “Cada grupo divide as tarefas, escolhe um coordenador, a ideia é que cada um tenha uma cozinha”, enumerou Josué. Por enquanto, a ocupação conta apenas com uma cozinha, onde estão sendo preparadas três refeições diárias para cerca de 600 pessoas.

Segundo movimento, o terreno é particular e está abandonado há mais de 20 anos. “Estava servindo como local de dispensa de entulho. Apuramos também que o proprietário tem que uma série de dívidas em relação aos impostos do terreno”, declarou. Segundo Josué, a Polícia Militar (PM) fez uma ronda no local, mas a assessoria jurídica do movimento não identificou nenhum pedido de reintegração de posse até o momento. Ele informou ainda que representantes da subprefeitura de Itaquera estiveram no local, e que os profissionais receberam solicitação de estruturas para a ocupação, como banheiros químicos e caçamba de lixo.

O prefeito Fernando Haddad disse hoje (5), após visitar o abrigo da Igreja Católica que está acolhendo imigrantes haitianos, na região central, que a situação do terreno está sendo investigada pela prefeitura. “Pedi para apurar a situação fiscal, quem é proprietário, se ele deve para prefeitura, se a área é passível de produção de moradia, porque pode não ser”, declarou. Ele informou que é possível transformar o terreno em área de interesse social por meio do Plano Diretor, que ainda vai ser votado em segunda discussão na Câmara de Vereadores. Destacou, no entanto, que “tudo isso tem que ser analisado antes de qualquer resposta”.

A proposta do movimento, segundo Josué, é que a área seja desapropriada e que moradias dignas sejam construídas no próprio local. “Caso não seja possível aqui, queremos mesmo é que essas famílias tenham direito à moradia digna”, explicou o integrante do MTST.

Verba federal da Saúde é suspensa em 40 municípios

PostosaudesusServiços prestados nos postos de saúde por meio do SUS poderão sofrer interferências com o corte de recursos federais

foto: honório barbosa

Fortaleza. Uma portaria do Ministério da Saúde publicada na manhã de ontem no Diário Oficial da União suspende a transferência de recursos financeiros para 40 municípios cearenses com irregularidades no setor. Foram suspensos os recursos de municípios que não cadastraram os serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde e não alimentaram regularmente o Sistema de Informação Ambulatorial.

De acordo com o texto, fica suspensa a transferência de recursos financeiros do Componente de Vigilância Sanitária do Bloco de Vigilância em Saúde, dos meses de janeiro a abril de 2014, para Estados e municípios irregulares no monitoramento feito no dia 25 de março.

Outros 987 municípios receberam a punição no País. A portaria entrou em vigor ontem, com efeitos financeiros retroativos a janeiro deste ano.

Dificuldades

Questionado sobre a decisão do Ministério da Saúde, o presidente em exercício da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, prefeito de Piquet Carneiro, explicou que cada município foi alertado sobre a necessidade de repassar os dados e informações à pasta, mas muitos acabaram não conseguindo ficar em dia com dados pela dificuldade do sistema. “Nós vamos estudar cada uma das gestões dos municípios para saber das dificuldades de cada uma das cidades, mas tenho certeza que não houve intenção de burlar, já que todos foram alertados sobre a importância de fornecer esses dados. O sistema é bastante complexo e acaba contrariando o projeto maior, que é oferecer um sistema de saúde melhor”, declarou o presidente da Associação.

O gestor disse que irá entrar em contato com parlamentares cearenses para reunir a bancada e reivindicar, em Brasília, a determinação da Portaria que, segundo ele, prejudicaria o atendimento no Sistema Único de Saúde no Interior. “Nós vamos tentar revogar, porque não podemos ficar sem mais esse recurso”, disse, destacando que a saúde, normalmente, já é carente e, sem esse repasse, ficaria ainda mais deficiente.

Segundo ele, como a decisão é retroativa a janeiro, as Prefeituras teriam de devolver as quantias repassadas pelo Ministério da Saúde desde o início do ano. “Não tem como as Prefeituras devolverem os recursos, porque eles foram repassados há meses e já foram até aplicados”, disse, afirmando que essa é mais uma das razões para que a portaria seja revogada .

Soluções

Expedito afirmou que a formação de consórcios entre cidades próximas pode ser uma solução adotada para resolver o problema dos municípios, como mostrou a matéria do Diário do Nordeste veiculada na última quarta-feira, 30. “Quando estamos juntos, como nos consórcios, fica mais fácil de resolver”, afirmou.

A ação foi defendida, na terça, durante a realização do Seminário Estadual de Orientações para Implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM), que aconteceu no auditório do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), no Passaré.

Na ocasião, o presidente em exercício da Aprece, explicou que a iniciativa se deu diante da imposição às Prefeituras, em ter que cumprir as exigências para a implantação do SIM, o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-Poa) e aderir ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa).

LIA GIRÃO
Redação Web

Quadrilha interestadual especializada em sequestro é presa no Ceará

Cinco homens se preparavam para sequestrar gerente de agência bancária. Dois deles são foragidos da Justiça do Pará e outros dois são cearenses.

PoliciaA Polícia Civil do Ceará desarticulou uma quadrilha interestadual especializada em sequestros. Segundo as investigações iniciadas depois de denúncias anônimas, os cinco homens se preparavam para sequestrar o gerente de um banco. As prisões foram realizadas no dia 1° de maio e divulgadas na sexta-feira (2). Dois deles, foragidos da Justiça do Pará, foram presos em uma casa de luxo no bairro Sabiaguaba, em Fortaleza. O local, com instalação de isolamento acústico, seria usado como cativeiro.

Os outros três sequestradores, um paulista e dois cearenses, foram presos dentro de um veículo no município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. A prisão dos cincos homens foi feita pela Delegacia de Roubos e Furtos, em parceria com a Coordenadoria de Inteligência.

De acordo com a polícia, todos os cinco presos já respondem por extorsão mediante sequestro, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e crimes de homicídio. A quadrilha foi autuada por associação crimonosa, uso de documentação falsa e porte ilegal de arma.

Sabiaguaba
Segundo a Secretaria de Segurança e Defesa Social do Ceará, os dois paraenses, Francisco Alexandre Pinto de Lima, 36, e Sandro Moreti Alves Marçal, 40, são especialistas em crimes de sequestro e saidinha bancária. Eles foram condenados pela Justiça Criminal do Pará, de onde fugiram com mais vinte presos, a cumprirem pena de 35 anos de prisão por crimes de extorsão mediante sequestro. De acordo com a polícia, a dupla é acusada de, pelo menos, seis sequestros no Estado do Pará.

Maracanaú
O paulista Francisco Eder Pereira da Silva, 31 e os cearenses Marcelo Emídio de Sousa, 32, natural do Cedro, e Leandro Vieira de Oliveira, 33, foram presos na Rua José Monteiro Gondim, no município de Maracanaú. Eles estavam dentro do veículo com placa do estado do Pará. Segundo a polícia, no momento da prisão do trio, um segundo veículo que estaria carregado de armas de fogo e com outros integrantes da quadrilha, conseguiu escapar.

Todos eles já respondem por extorsão mediante sequestro, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e crimes de homicídio. A quadrilha foi autuada por associação criminosa, uso de documentação falsa e porte ilegal de arma de fogo.

Do G1 CE

Denúncia de venda de habeas corpus no Ceará será levada ao CNJ, no DF

Após 10 dias, texto da denúncia será investigado pelo Ministério Público.
Servidores vendiam habeas corpus por até R$ 150 mil, diz presidente do TJ.

 

HabiesO resultado das investigações da venda de habeas corpus para soltar bandidos no Ceará será levada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na segunda-feira (5), pelo presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido de acordo com informações prestadas na quarta-feira (30) pelo o juiz-auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça do CNJ, Friednann Wenpap, ao procurador-geral de Justiça do Estado do Ceará, Ricardo Machado. 

Segundo o procurador Ricardo Machado, o CNJ deverá encaminhar, em um prazo de 10 dias após o recebimento da investigação, toda a documentação ao Ministério Público Estadual do Ceará (MPE), para que o órgão possa avaliar a denúncia. “Havendo  provas ou indícios de envolvimento de membros do Ministério Público enviarei imediatamente [a documentação] à Corregedoria do Ministério Público do Estado do Ceará para os procedimentos administrativos disciplinares competentes”, afirma o procurador-geral.

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, desembargador Gerardo Brígido, havia dito em abril que desembargadores, servidores do TJ-CE, advogados e membros do Ministério Público Estadual mantinham um esquema de venda de liminares em habeas corpus para soltar bandidos nos fins de semana, durante os plantões do poder judiciário. A decisão era vendida por até R$ 150 mil.

Ricardo Machado explicou que, por terem foro privilegiado – só podem ser julgados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) – , os desembargadores suspeitos de participação no esquema não podem ser denunciados criminalmente pela compra de habeas corpus; nesse caso, a denúncia deve ser feita pelo Ministério Público Federal (MPF). O Ministério Público Estadual, no entanto, pode denunciá-los por improbidade administrativa, um dos supostos crimes praticados pelo grupo.

O caso
No dia 14 de abril, o desembargador Luiz Gerardo de Pontes Brígido, presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) admitiu haver um esquema de venda de habeas corpus durante os plantões judiciários, nos fins de semana e feriados. De acordo com o desembargador, a venda ocorria desde 2011. “Temos indícios de que há uma rede organizada para conceder liminares criminais. Dois desembargadores são investigados pelo CNJ [Conselho Nacional de Justiça]. Há elementos também que incriminam advogados”, admitiu o desembargador.


Além dos dois desembargadores, advogados e servidores do Tribunal de Justiça são investigados por suposto envolvimento na venda de habeas corpus. Um dos desembargadores investigados entrou com um pedido de aposentadoria, que foi negado pelo presidente do TJ. Se tivesse sido concedida, a aposentadoria livraria o desembargador das possíveis sanções do processo disciplinar decorrente das investigações.


Uma mensagem do secretário da Segurança do Ceará, Servilho Paiva, já havia alertado a presidência do Tribunal de Justiça do Ceará sobre a venda de habeas corpus nos plantões judiciários. Em mensagem de celular enviado ao desembargador Gerardo Brígido, Servilho Paiva alerta para o pagamento no valor de R$ 150 mil para soltura de homens acusados de tráfico de droga e homicídios.


Na mensagem de Servilho Paiva alertando sobre o esquema de fraude está escrito: “Presidente [do Tribunal de Justiça, Gerardo Brígido], tomei conhecimento, se já não tiver também esse conhecimento, mas para ciência soube que os advogados [nome dos advogados investigados] estão com “esquema” para soltura de presos no final de semana. Valor R$ 150 mil por cada”.


De acordo com o Tribunal de Justiça, os indícios de fraudes foram levantados a partir da grande movimentação de advogados que buscam a soltura de clientes nos fins de semana. Em um dia normal de movimentação, o TJ costuma receber 15 pedidos de soltura; nos fins de semana e feriados, esse número subia para uma média de 70 pedidos. “O que chamou a atenção foi o volume exorbitante de processos nos finais de semana para os desembargadores”, explica o desembargador Sales Neto, corregedor-geral do TJ-CE.


O corregedor-geral do TJ explica que o desembargador plantonista não pode conceder habeas corpus sem que haja uma urgência ou se o caso já está na Justiça. “Se o processo tem um relator, o desembargador de plantão não pode determinar a soltura do preso. As decisões tomadas nos plantões devem restringir o atendimento às ações ajuizadas durante o plantão, como uma prisão preventiva, por exemplo”, explica o desembargador Sales Neto.


“A suspeita é de que o habeas corpus era negado pelo desembargador relator e quando ele entrava de férias, os advogados entravam com um pedido de reconsideração durante o plantão quando o habeas corpus era concedido”, diz o corregedor-geral do TJ.


Do G1 CE

Juazeiro do Norte é a única cidade do Nordeste a atender todos requisitos da Lei de Seaneamento

 
Saneamento juaApesar do transtornos, a Prefeitura vem realizando obras de saneamento por toda cidade.
34% das maiores cidades brasileiras não entregaram o Plano Municipal de Saneamento Básico (Pmsb), segundo a pesquisa realizada pelo Instituto Trata Brasil, que diagnosticou a situação nos 100 maiores municípios do país. Um dos autores do relatório, Alceu Galvão, diz que os resultados são negativos. ” Entre essas cidades, três estão no Ceará (Fortaleza, Caucaia e Juazeiro do Norte), e apenas Juazeiro atendeu integralmente e está enquadrada no marco regulatório”.
O prazo para a conclusão do Plano, que engloba água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos, vem sendo estendido desde 2010, e foi postergado para dezembro de 2015.  No Ceará, apenas 25% das cidades têm um plano de saneamento básico, e o principal problema é a cobertura da rede de esgoto.
Tribuna News

Prefeitura de Barbalha adia provas do concurso público para 8 de junho

ZeLeite

Zé Leite comunicou o adiamento da prova
 
Em contato com esse blog, o prefeito de Barbalha, José Leite (PT), comunicou que a aplicação da prova do concurso público do município foi transferida do dia 1º para o dia 8 de junho (ler tópico abaixo). Segundo Zé Leite, a universidade que ganhou a licitação da elaboração das provas não tinha conhecimento do calendário do município, daí porque havia escolhida da data 1º de junho, que coincide com a Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio.
Ainda segundo o prefeito de Barbalha, o restante do calendário do concurso previsto no edital está mantido. Zé Leite quer nomear os aprovados até 6 de julho.
Mais destalhes sobre o concurso de Barbalha acesso o edital disponível no site: www.universidadepatativa.com.br
 

Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

maio 2015
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2015 Chapada do Araripe - -