Artigos escritos por Willames

A ciência do próximo passo – Por: Emerson Monteiro

Isso de querer saber como agir na hora seguinte. Estar no lugar certo e na hora certa. Isto é, a angústia de querer achar o caminho ideal nos passos desse chão. A ciência da escolha, o uso correto da liberdade no ritmo da transformação de um passo em todos os demais passos de uma só existência, que somos nós. Investir liberdade em realidade.
Por vezes paro a examinar razões nas atitudes, a investigação da decisão exata dentro das circunstâncias. E nem sempre recebo resposta que venha justa na sequência dos acontecimentos, deixando margem de incertezas e uma espécie de culpa sintomática que balança no ar logo acima da cabeça, feita a espada de Démocles da mitologia grega. O aprimoramento da função vital, pois, riscos constantes das criaturas durante o mar de expectativas ao seu dispor.
O Existencialismo trata a liberdade qual fator de construir a si próprio através do que resta das oportunidades permitidas, quando o não agir, o não fazer, por sua vez, significará também a ação na omissão. O homem estará fadado a ser livre, segundo Jean-Paul Sartre. Diante dessa contundente liberdade caberá o uso dos instrumentos que o meio e as outras pessoas oferecem na ação. Com isso acontece a elaboração da existência.
Enquanto que trabalhar o instante seguinte envolve a necessidade da ação individual, o movimento na natureza segue inatingível o compasso, força permanente do Infinito. Quais enigmas, individualidades avançam no tempo desconhecido, respostas abertas às consciências.
Estudos existem dos recursos internos da alma que mostram percepções noutros níveis, a intuição, o sonho, a manifestação de qualidades abstratas das visões interiores do espírito, as inspirações, vozes, aparições, valores de faixa ainda inexplorada em que a ciência oficial guarda reservas de aceitação plena.
Face ao presente da história, o sentimento dominante fala que se sabe pouco, um quase nada, dos mistérios da pessoa humana, persistindo forte o desejo imenso de desvelar as leis da ciência dos passos nos caminhos da Existência.  

Meteorologia prevê chuvas para a noite de sábado em Crato

PREVISÃO DO TEMPO 
Bom Dia, Crato!
Como sempre, é ver para crer, quando o assunto é meteorologia no Brasil. Mas a fonte é o INPE, Climatempo, dois grandes “experts”, e quando a previsão é para a noite do dia seguinte, neste caso, o mais comum é que chova no dia seguinte após o dia da previsão, ou seja, na madrugada do Domingo. Bem…em todo caso, é uma boa notícia para muitos de nós, que pensávamos que não choveria mais neste período.
O sábado prevê sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.
Nascer do sol:05h41Pôr do sol:17h27
Temperaturas: Max 32º Min 23º
Ventos a SE  a 17km/h
Umidade Relativa do Ar: 92%55%
Índice UV: Extremo 
Fonte: INPE e GOES12

Notícias da URCA – Universidade Regional do Cariri – dia 18 de Maio de 2013

Senador José Pimentel realizou palestra na URCA sobre ‘Reforma do Código Penal Brasileiro’, hoje, às 19 horas
Foi realizada palestra nesta sexta-feira (17), no Curso de Direito da Universidade Regional do Cariri (URCA), Campus São Miguel, sobre o ‘Projeto de Reforma do Código Penal’, proferida pelo Senador da República, José Pimentel. O evento foi realizado por meio do Centro de Estudos Sociais Aplicados – CESA e o Departamento de Direito. O Senador, José Pimentel, é o relator do projeto de Reforma do Código Penal, junto ao Senado.
C.A de História faz homenagem a Professora Francisca Anselmo, durante abertura da XVI Semana Acadêmica
Com a temática ‘Pesquisa em História, Limites e Possibilidades’, foi aberta, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), a XVI Semana Acadêmica de Historiografia. O evento acontece de 14 a 17 de maio, com uma vasta programação. Durante a abertura, na noite do dia 14, que contou com a presença da Reitora, Professora Otonite Cortez, foi realizada homenagem dos alunos do Curso a Professora Francisca Anselmo, com entrega de uma placa, além do seu nome passar a denominar Centro Acadêmico de História.
A semana conta com várias oficinas e minicursos, além de palestras e mesas redondas durante o dia. A mesa de abertura ainda contou a presença da Chefe de Departamento do Curso, Professora Fátima Pinho, e o secretário geral do CA, Marcos Manoel. A palestra foi proferida pela Professora do Departamento, Sônia Meneses, abordando a temática central do evento. Ontem, os principais temas abordados foram História e Literatura: Diálogos Possíveis, e, no Espaço Violeta Arraes, às 19 horas, Trajetória da Pesquisa em História: Um Relato de Experiência. A semana será encerrada na noite de hoje, sexta-feira, com palestra pela manhã e mesa redonda, às 19 horas, sobre História na URCA: a Formação do Professor de História no Cariri, com a presença do professor Dr. Egberto, Professora Ms. Otonite Cortez, e a Professora Sarah Lima, da rede Municipal.
Homenagem
A Professora Francisca Anselmo, homenageada pelos estudantes do curso, com o seu nome sendo, a partir de agora, uma marca registrada pelos alunos, destacou durante o seu discurso, o agradecimento pela homenagem, além de ressaltar um pouco da trajetória e evolução institucional da formação em História, por meio da URCA. A Professora falou a respeito do empenho dos alunos em poder realizar a semana, por 15 anos, além do tempo em que o Curso fazia parte da Faculdade de Filosofia do Crato. Segundo a professora, o tema remete à memória e à memória histórica. Ela ainda enfatiza o seu agradecimento aos alunos à homenagem recebida com o seu nome para denominar o centro acadêmico. “Senti-me honrada e feliz desde que recebi a notícia. Considero que a honraria não me é dirigida por meus méritos pessoais, mas pelo perfil profissional que construí ao longo de minha trajetória como docente desta universidade”, afirma. Dedicou a homenagem, ainda, aos professores da Faculdade de Filosofia e dos atuais docentes do Curso de História. Artes Visuais da URCA abre duas vagas para professor efetivo, com inscrições a partir do dia 23 de maio
Estarão abertas, a partir do dia 23 de maio, as inscrições para duas vagas de professor efetivo da Universidade Regional do Cariri (URCA), para o Departamento e Artes Visuais da Instituição. As vagas são para as disciplinas de Artes Gráficas e Poéticas Contemporâneas. As inscrições estarão abertas até 20 dias úteis, após o dia 23, e deverão ser feitas no campus do Pimenta da URCA, em Crato, ou pelo site, com disponibilidade de acesso a partir do dia da inscrição, no valor de R$130,00.
ASSESSORIA DE IMPRENSA
UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI – URCA
www.urca.br – Contato 88 8812.5525/3102.1213

CCBNB-Cariri e Sesc-Crato realizam mostra de Curtas-Metragens Cariri, na Praça Siqueira Campos

Crato, região do Cariri, sul do Ceará, 18 de maio de 2013 – O Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri e o Sesc-Crato realizam em conjunto a gratuita I Mostra de Curtas-Metragens Cariri, na Praça Siqueira Campos, na cidade do Crato, no período de 21 a 23 de maio (terça-feira a quinta-feira desta semana), sempre às 19h30, com curadoria de Ythallo Rodrigues e produção de Alana Morais. Com a exibição de nove filmes, a programação gratuita de exibição de curtas-metragens da Mostra é a seguinte:
DIA 21 (TERÇA-FEIRA)
·        Busca alguma – direção de Daniel Batata, de Juazeiro do Norte-CE (10 min / cor / ficção). Uma busca pelos mais variados pontos da cidade, busca alguma, buscar algo. O que seria? As imagens filmadas em celular de baixa resolução dão ao filme um tom impressionista, pixelado.
·        Herança – direção de Carlos Robério, Fábio Tavares, Francisco dos Santos e Jaildo Oliveira, de Juazeiro do Norte-CE (05 min / cor / experimental). Sobre materiais de arquivo, um olhar sobre o passado mais remoto que retorna como uma herança maldita no presente.
·        Uma história da terra – direção de Jefferson Albuquerque Júnior, da cidade do Crato-CE (34 min /cor / documentário). A história da criação do Assentamento 10 de Abril, na cidade do Crato, desde os seus primórdios, no período da primeira ocupação no Caldeirão da Santa Cruz até os dias de hoje.
Tempo total da sessão: 50 min.
DIA 22 (QUARTA-FEIRA)
·        Conecto – direção de Joseph Olegário, Cimara Teotônio, Annah Paula de Alencar, Germana Andrade e Jefferson de Lima Pontes, todos de Juazeiro do Norte-CE (13 min / cor/pb / experimental). O curta é resultado de uma vídeo-instalação do diretor.
·        Roberto Cabeção – direção de Salomão Santana, de Juazeiro do Norte-CE (13 min / cor / documentário). Meu tio tinha uma cabeça enorme.
·        Couro tecido – direção de Adriana Botelho, de Nova Olinda-CE/Exu-PE (19 min / cor / documentário). O curta mostra o ofício do couro por dois mestres: Espedito Seleiro e Luís dos Couros. Projeto selecionado pelo VII Edital de Cinema e Vídeo do Governo do Estado do Ceará.
Tempo total da sessão: 45 min.
DIA 23 (QUINTA-FEIRA)
·        Tempo menino – direção de Kelyenne Maia, Cimara Teotônio e Samara Lopes, todas de Juazeiro do Norte-CE (07 min / cor/pb / ficção). Um homem deleita-se sobre as lembranças do seu tempo de criança.
·        A promessa – direção de Jaildo de Oliveira, de Milagres-CE (30 min / cor / ficção). Suely, uma jovem simples moradora do sítio Serra Brava, no município de Milagres, no sul do Ceará, vive com a mãe Terezinha e a irmã Nina. Fenômenos sobrenaturais começam a acontecer e atormentam-lhe a vida tranquila, deixando seus nervos à flor da pele. Suspense numa trama baseada em fatos reais.
·        Água pra que te quero! – direção de Nívia Uchoa, de Crato, Brejo Santo, Barbalha e Juazeiro do Norte – quatro municípios do Cariri cearense (16 min / cor / documentário). O filme percorre por quatro das cidades que compõem a sub-bacia do rio Salgado.
Tempo total da sessão: 53 min.
Fonte: CCBNB

Até que enfim! – Anatel diz que vai multar empresas por não atingirem metas de conexão à internet móvel


O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, disse hoje (17) que as operadoras de telefonia móvel deverão ser multadas por não terem atingido as metas  estabelecidas pela agência para o serviço de conexão à rede de dados. “Vamos abrir um processo e elas poderão apresentar suas alegações”, disse.



Uma avaliação divulgada hoje pela Anatel mostrou que a taxa de acesso à rede de dados das quatro empresas analisadas (Vivo, Claro, TIM e Oi) ficou em 95%, enquanto a meta da agência é 98%.“Está abaixo da meta, mas não dá para dizer que o serviço está em declínio, tem uma estabilidade nos últimos meses”, disse Rezende.



O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) informou que as empresas estão empenhadas em aprimorar a qualidade dos serviços e apresentaram desempenho melhor que a meta definida para indicadores de acesso à rede de voz, de qualidade da ligação de telefônica e de estabilidade da conexão à internet. A entidade também informou que a Anatel registrou diminuição no número de reclamações sobre falhas de rede no call center da agência.



“O SindiTelebrasil alerta para a necessidade de se estabelecer alavancas para estimular a expansão dos serviços, com qualidade e cobertura adequada de sinais e retirar os entraves à instalação de antenas previstos em diversas leis municipais”, diz a nota da entidade.



Edição: Fábio Massalli



Agência Brasil

Gilberto Carvalho vê fascismo na proposta de redução da maioridade penal

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse nesta sexta-feira (17), durante a posse da nova diretoria do Conselho Nacional de Juventude, que apenas negar a redução da maioridade penal pode significar “perder a batalha”. Segundo ele, aqueles que têm posição contrária à redução, como é o governo, precisam apresentar propostas e alternativas para que o jovem não escolha o caminho da criminalidade.
“Não podemos ficar em uma posição apenas defensiva. Temos a responsabilidade de fazer uma briga, uma luta pela hegemonia dos princípios democráticos na sociedade e, se nós ficarmos apenas negando que a redução penal vai resolver o problema, nós teremos tudo para perder a batalha. Basta ver as pesquisas de opinião que se fazem hoje em dia”, disse o ministro em seu discurso.
Gilberto Carvalho classificou como fascistas as saídas apresentadas a favor da redução da maioridade penal. “Esta campanha que estamos vendo é nitidamente uma indução que alguns setores fazem sobre a população, aproveitando momentos dolorosos, como foi o caso agora de São Bernardo do Campo, para, no âmbito da comoção, buscar saídas fáceis que, ao meu ver, têm um forte cunho fascista”.
O ministro fez um chamado às entidades representativas da sociedade para juntar forças e fazer um grande debate em torno do tema, considerado por ele um grande desafio do momento, para elaborar uma lista de propostas concretas que possam ser encampadas pelo governo e postas em prática. Segundo ele, além de oferecer alternativas aos jovens, as políticas para a juventude trazem segurança à sociedade.
“Porque é o sentimento de insegurança que leva as pessoas a fazer escolhas por vias que não vão levar de fato à resolução dos problemas e, pelo contrário, levam ao ‘aguçamento’ da violência, a lotar as prisões de mais jovens, a, no fundo no fundo, estimularmos ainda mais o crescimento da criminalidade”, disse o ministro.
Gilberto Carvalho defendeu a ampliação e a consolidação do Plano de Prevenção à Violência contra a Juventude Negra, conhecido como Juventude Viva, como uma das alternativas aos jovens. O programa, em execução em Alagoas e no Rio de Janeiro, tem como missão oferecer oportunidades aos jovens negros que vivem na periferia.
Na opinião do ministro, a lógica da redução penal está errada e pode trazer consequências ruins à sociedade. “Você vai reduzindo, daqui a pouco o moleque de dez anos vai ter que ir para a cadeia porque ele também vai ser usado pelas quadrilhas e assim por diante”, disse.
Agência Brasil

Rio Grande do Norte pede R$ 6 milhões para construir presídio

Brasília – A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, pediu hoje (17) mais R$ 6 milhões ao governo federal para a construção de presídio no estado. A demanda foi apresentada em reunião nesta tarde com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Joaquim Barbosa.
A audiência foi convocada por Barbosa depois que o CNJ organizou um mutirão nas unidades prisionais do estado e encontrou situações de desrespeito aos direitos humanos e superlotação – atualmente há déficit de 2,5 mil vagas no Rio Grande do Norte.  Segundo plano do governo federal, o estado tem direito a R$ 24 milhões, mas a governadora disse que a verba só é suficiente para construir um presídio, enquanto são necessários pelo menos dois.
“Ficou combinado que vamos dar entrada na burocracia de apresentação de projeto e aprovação de caixa para ver se em 60 dias conseguimos licitar o primeiro [presídio]. Mesmo assim, vou dar entrada nos dois, porque o ministro disse que em 60 dias vai ver a possibilidade de complementar recursos para o segundo”, explicou a governadora ao deixar a reunião.
Cardozo, por outro lado, disse que só vai liberar a verba extra se perceber que o estado está efetivamente empenhado em executar as obras. Ele informou que a primeira ideia é realocar recursos de estados que não estão cumprindo o cronograma do governo federal. “Mas se todos cumprirem cronograma eu tenho condições de pedir mais recursos nesta área. O que não posso pedir é mais recurso quando há recursos que não são gastos”, disse.
Cardozo lembrou que, em 2011, o Executivo federal teve que cancelar quatro contratos do Rio Grande do Norte porque os recursos estavam disponíveis, mas o estado não havia executado. “Fizemos novo repasse e estamos não só no Rio Grande do Norte, mas no país, acompanhando o passo a passo para que dinheiro seja usado em unidades prisionais”.
O ministro também disse que muitas melhorias não têm a ver com construção de presídios, e sim com a gestão dos já existentes. Ele citou como exemplo a questão da limpeza, pois há celas com fezes dos detentos. “São situações que fazem com que as organizações criminosas cooptem pessoas nos presídios para ser braço do crime organizado nas ruas, matando pessoas, traficando”.
Edição: Fábio Massalli
Repórter da Agência Brasil

CARTA A UM PROFESSOR DE VERDADE! Não deixe de ler! É imperdível!!!

Eu confesso – Poucas são as pessoas que gostam de mim – pois não sei fingir.
Tenho uma alma revolucionária, ao extremo, e me provocam agonia e pesar tantas manifestações desumanas e miseráveis.
Ultimamente tenho pensado a respeito disso e cheguei a algumas conclusões.
Antes de tudo, devo ponderar sobre a facilidade e destreza que certas pessoas encontram em serem mesquinhas, pobres de espírito, baixas moralmente e desfavorecidas em intelecto. E isto não é marca de classes menos abastadas; pelo contrário, vejo cada vez mais pessoas que se dizem “endinheiradas” cometerem barbaridades contra as condutas da boa educação.
Exatamente isto, talvez mesmo por se taxarem “endinheiradas”. Possuem apenas dinheiro, folhas ao vento, mas sem nenhum valor espiritual, sem qualquer civilidade social ou condições normais e saudáveis de raciocínio .
E, realmente pensando sobre isso, sentindo-me envolvida por um mundo caótico e sem freios de cidadania, me surpreendi com a existência, bem nítida, de pessoas raríssimas, que diante de tanta falta de educação, indignidade e lixos humanos, conseguem se fazer “luzes” aos olhos alheios. Conheço poucas pessoas assim, mas tenho orgulho de suas existências presentes e coexistentes à minha vida.Uma dessas pessoas? O meu professor de literatura. Seu nome pode ser dito, sem receios: Osmar Oliva (foto).
Não estou escrevendo sobre o assunto para alçar elogios de ordem prosaica ao nobre docente. Quero apenas, diante de tantas desfavoráveis experiências humanas, citar apenas uma das poucas que pode ser digna de louvor.
Bem… O professor e doutor Osmar Oliva é alguém que se atém a comentários pertinentes à sua disciplina, ao conhecimento científico de sua área e também de outras, e nunca à comentários extraclasse. Respeita nossos horários de início e término de aulas, mesmo que alguns necessitem sair mais cedo para conseguir condução, o que ele entende perfeitamente.
Mas o que me chama mais atenção nele é a maneira de ser humilde e voraz, simultaneamente, em seus discursos. É humilde ao apontar nossas falhas de maneira coesa e ética, é voraz em nunca atingir um desafeto com más palavras, antes com boas palavras aos que à ele parecem pertinentes. É exatamente isso que me encanta em sua fala.
O professor derrota verbalmente, com uma oralidade magnífica, os tons alheios de arrogância e desumanidade. Ele declara, de um modo não-verbal, olhos de superioridade à ignorância que persuade os mesquinhos, e parece conseguir vê-la ao longe, como algo que não quer atingir nunca, pois sabe que estas banalidades pertencem apenas aos tôlos.
Então, eu utilizo agora um grande clichê: “Quero ser como ele, quando eu crescer.”
Quero que minha alma atenha-se acima das coisas mundanas, momentâneas e que coexista na delicadeza da nobre linguagem humana. Desejo mais afetos que inimigos e quando não puder tê-los nessa ordem, desejo o silêncio, somente. O meu e o alheio.
Que eu esteja, sempre, acima das coisas e das pessoas pequenas. Que eu apenas sinta que passaram por mim, como o vento, por mais que o vento seja dotado de uma positividade enigmática. Apenas peço a Deus que me dê forças e coragem para não responder aos medíocres, que ocupam suas vidas e suas podres almas de tanta sordidez e futilidades, da vida alheia, da inveja ao mérito dos justos.
E por isso também que estou escrevendo. Por que parece tão fácil responder com grosserias à pessoas baixas e tão difícil assumir a nobreza de caráter de apenas uma, quando a encontramos em nossas vidas?
Escrevo para dizer ao professor Osmar e às raras pessoas como ele que sinto orgulho de conhecê-los, de tê-los tão próximos, para que talvez eu consiga absorver e aprender coisas boas. Escrevo para que estas poucas pessoas possam ter a certeza de uma admiração verdadeira e saudável, porque são dotados de atitudes saudáveis e justas. Escrevo para não perder meu tempo com pessoas ou coisas fúteis. Prefiro preencher minhas horas com palavras afetuosas e puras.
Neste semestre, essencialmente, entre tantas decepções e desprazeres, pude conhecer uma pessoa maravilhosa, que com certeza ofuscou e apagou muitas tristezas, muitas lágrimas, não só minhas, mas de muitos colegas… Com a sutileza de suas considerações, com sua evocação e admiração machadiana, com seus apontamentos sobre a sedução da escrita, com sua postura lúcida e perfeita, com a aura do professor realista e espontâneo. Passei a amar a literatura, passei a ler Machado de Assis. Quero ter como exemplo pessoas excelentes e íntegras!
FONTE:http://pensador.uol.com.br/frase/NDUyNTE5/ 

Ao meu querido professor… ( De Ana Beatriza Figueiredo Mota)

Via George Macário de Brito – O DEMOCRATO – Blog do Crato 
www.blogdocrato.com

O retorno à mão invisível. Por: Armando Ribas

MaoQuanto mais informação recebo, mais sinto a confusão existente a respeito da natureza, das causas e das possíveis soluções à crise econômica atual, e em especial da crise européia. Basta ouvir a respeito de que se trata da crise do capitalismo, palavra primitiva para a esquerda como a essência mesma dos pecados capitais. Em particular, supostamente a cobiça, a avareza e a concupiscência. Esquece-se que foi graças a esse sistema mal chamado capitalismo, que não é sistema econômico, senão ético, político e jurídico que surgiu a liberdade e a criação de riqueza pela primeira vez na história.
Todas as vozes que se ouviram na última reunião do FMI e do Banco Mundial, inclusive a da diretora do FMI, a Srª Christine Lagarde, se expressaram na necessidade de mover o mundo para uma rápida recuperação (sic). Não se ouviu ninguém explicar qual é a política a implementar para conseguir a recuperação, nem tampouco quais são as causas pelas quais não se estão implementando nos principais países industriais. Eu diria que toda a aparente preocupação pela necessidade do crescimento, parece ou pretende ignorar qual foi a verdadeira causa da crise. E eu poderia argüir que ela deve-se à suposta virtude do altruísmo, que no fundo resgata o pecado capital da inveja.
Portanto, todos os ministros que se manifestaram lá parecem não ter consciência de que existe uma correlação inversa entre o crescimento econômico e o nível do gasto público. Assim podemos ver que a inflação parece ser a maior preocupação na zona e a respeito referiu-se Angela Merkell, pedindo taxas de juros mais elevadas. Não obstante, a Srª Lagarde propôs que que o BCE poderia atuar de maneira positiva para a recuperação. Nessa mesma tendência se manifestou o Sr. Davis Lipton (Segundo diretor do FMI) e a respeito disse: “O BCE provavelmente necessita fazer mais para apoiar a economia da Euro Zona, facilitando a política e ser mais ativo em enfrentar a fragmentação dos mercados financeiros da união monetária”.
Ao nosso juízo, essa posição foi destinada à Srª Merkell que, como já dissemos, pretende taxas de juros mais altas. Indubitavelmente que na Alemanha existe uma preocupação maior pela inflação, que como bem sabemos na Argentina, produz efeitos deletérios na economia. Porém, vou insistir em que parece ignorar-se que a causa determinante do processo recessivo foi o elevado nível do gasto público. Nos Estados Unidos pela primeira vez em sua história o gasto público alcançou 40% do PIB. Porém, a situação européia, encerrada no Estado de Bem-Estar, ao qual pretendem se aproximar dos Estados Unidos, é muito pior.
Não há um exemplo melhor para mostrar a validade da correlação inversa entre o crescimento econômico e o nível do gasto público do que os principais países europeus. Como bem disse George Gilder: “O gasto público não forma parte do produto, senão do custo de produzir”. Assim podemos ver que na década de sessenta a Alemanha cresceu 4,1% ao ano, a França 5,6% e a Itália 5,7%. Nesse período o gasto público desses países flutuava entre 15% e 22% do PIB. Na década de dois mil, os respectivos crescimentos foram: 0,9%, 1,1% e 0,2%.
Neste período considerado a inflação foi relativamente baixa, não obstante que todos esses países tiveram déficits fiscais superiores a 3,0% em violação dos limites impostos pelo acordo de Maashtricht. O caso da Inglaterra não é muito diferente dos anteriores, com a exceção de que já na década de sessenta o crescimento alcançou só 3% ao ano. A conseqüência desses déficits fiscais foi a criação de níveis de dívida impagável, que nos países mencionados alcançam entre 80% e 120% do PIB. Certamente o caso da Grécia é ainda pior, pois a dívida alcança 168% do PIB, mas a realidade é que a crise européia supera os problemas maiúsculos da Grécia e do Chipre.
Então a pergunta pendente é: quais são as políticas de crescimento específicas recomendadas pelo FMI para superar a crise e conseguir o crescimento necessário para reduzir o desemprego? Evidentemente a resposta não parece se encontrar nas recomendações da Srª Lagarde. A respeito, lembro sempre as sábias palavras de Sêneca: “Para o que não sabe aonde vai, não há vento favorável”. E a situação é mais grave, pois aparentemente não sabemos porquê estamos aonde estamos.
A realidade dessa ignorância se estabelece na suposta alternativa entre crescimento e austeridade, enquanto que a aparente sabedoria é que o suposto crescimento se conseguiria mediante a política Keynesiana de aumentar o gasto público ou, no melhor dos casos, não reduzi-lo a fim de aumentar a demanda. Ignora-se que quando Keynes fez aquela recomendação o gasto público nos Estados Unidos alcançava tão só 8% do PIB, e a economia havia caído 35%. Portanto, havia capacidade produtiva ociosa, enquanto que hoje o problema é que não há produção suficiente para pagar o gasto. E mais ainda: não existe o interesse em produzir ou trabalhar frente ao Estado de Bem-Estar.
Já deveríamos saber, certamente, que o nível do gasto foi e continua sendo o fator determinante da crise. Portanto, me atrevo a assinalar que a única forma de resolver o problema no longo prazo, é reduzindo o gasto público e por conseguinte, o nível de impostos. Só uma maior disponibilidade de ingressos do setor privado, baseado no respeito ao direito de propriedade, pode provocar um incremento na investimento privado, que é a única via para a criação de riqueza, ou seja, o crescimento proposto. Essa política deve ser seguida por uma política monetária expansiva do BCE. Certamente essa expansão monetária haverá de ter um efeito inflacionário, porém já deveríamos saber que não elegemos as alternativas senão que elegemos entre alternativas disponíveis. Essa é a única forma de pagar o elevado nível da dívida e salvar o sistema financeiro, para evitar o ocorrido durante a crise de trinta.
Portanto, podemos concluir que o crescimento não é uma alternativa política, senão o resultado de uma política adequada que o produza. Então, como disse antes, não resta mais remédio do que reduzir o gasto público, particularmente o que se refere à burocracia estatal que, além disso, gera uma grande corrupção, tal como destacou um recente artigo do instituto CATO. Igualmente se requer baixar os impostos a fim de que se incremente o investimento privado, e lembremos as palavras de Adam Smith a respeito: “Um imposto injusto oferece uma grande tentação para evadi-lo. Porém, as penas pela evasão aumentam na proporção da tentação. A Lei contrária a todos os princípios ordinários da justiça primeiro cria a tentação, e depois castiga os que caem nela”.
Para concluir então, tomemos consciência uma vez mais das virtudes da mão invisível e dos vícios que engendra a mão visível do Estado na pretensão de que a burocracia superaria a burguesia. Ou seja, como reconheceu Adam Smith: “O indivíduo perseguindo seu próprio interesse, freqüentemente promove o da sociedade mais eficientemente do que quando realmente tenta promovê-lo. Eu não soube jamais de muito bem feito por aqueles que pretendem atuar pelo bem público”. Remeto-me aos fatos.
Tradução: Graça Salgueiro

A que servem os valores morais – Por: Emerson Monteiro

EticamundialValores, ou seja, as bases sobre as quais estruturar o comportamento nas relações entre as pessoas, sociedades e natureza. Afinal se busca níveis melhores que dimensões arcaicas, de quando animais e bárbaros, dos tempos das cavernas. Eles evoluíram desde que o homem é homem, de quando resolveu aprimorar realizações no decorrer da história. São padrões mais refinados de convivência que resultam nos estados de justiça e civilização.
A que servem esses tais valores morais? Só visam estabelecer pactos em favor dos grupos, ou indicam crescimento dos indivíduos nos planos elevados da ética e do progresso de sonhos maiores?
A psicologia evita o âmbito da religiosidade, mantendo compromisso restrito ao campo das reações aparentes das pessoas. Contudo há limites inatingíveis no desconhecido. Pois a ânsia das soluções bate de cara nalgumas impossibilidades científicas, estação provisória do conhecimento. E a dor segue doendo pedindo paz aos organismos enfermos da coletividade.
Nessas horas restam os valores, decisões pessoais estabelecidas no íntimo de vencer o vazio existencial nas criaturas humanas. Algo que deve existir plantado no território silencioso da solidão visando balizar as dificuldades existenciais. Nessas paragens longas e angustiosas, luzes acendem quando guardadas. Lembram a parábola cristã das virgens loucas, que não mantiveram o azeite de acender as lâmpadas, na chegada imprevisível dos noivos. E ficaram lá perdidas nas trevas do abandono, enquanto as prudentes revelavam suas localizações.
Nas noites e febres do isolamento a que se submetem os desavisados vagando pelos mundos incertos, o plantio e a colheita bem aos moldes daqueles que aperfeiçoam valores morais servem nas ingratas situações da sorte e reduz a fome de Amor desse tempo transitório. 

Programação Cultural do Cariri!

Cômodo Marfim se apresenta no boteco João e Maria, sábado a partir das 21:00h!

Janinha Brito se apresenta no Boteco João e Maria, em Crato, a partir das 21:00h, sexta feira!

 

Blog Cultura No Cariri

I Mutirão da Cidadania acontece neste sábado no Conjunto Habitacional Tenente Coelho

 

MutiraojnO Mutirão da Cidadania, um programa da Prefeitura de Juazeiro do Norte, vai estar neste sábado, dia 18 de maio, no Conjunto Habitacional Tenente Coelho, no bairro Aeroporto, onde residem aproximadamente 1.280 famílias. O mutirão oferece diversos serviços e atendimento à comunidade, tais como: consultas médicas e odontológicas, marcação de exames, entrega de medicamentos, emissão de documentos, assistência jurídica e social, cadastro para o bolsa família, atividades recreativas e muito mais.

Na oportunidade o prefeito Raimundo Macedo assinará ordem de serviço para a construção do Posto de Saúde para atendimento médico à população do bairro. O encontro acontece a partir das 8 horas da manhã.

Esse é o primeiro Mutirão da Cidadania a ser promovido ao longo desse ano pela Prefeitura de Juazeiro d Norte. Até o final de 2013, outras ações estão previstas para ser realizadas em diferentes bairros da cidade e na zona rural do município.

Assessoria de Comunicação – Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte

Corte do Jatobá abre ritual da Festa do Pau da Bandeira

Considerado um dos pontos altos dos festejos do padroeiro, o momento mobiliza 150 homens do Sítio Flores

Barbalha. O esforço é pela fé. Uma multidão segue em carreata até a mata do Sítio Flores, neste Município, para seguir um ritual que atravessa mais de oito décadas. O corte do Pau da Bandeira, para a Festa de Santo Antônio de Barbalha, que começa no dia 2 de junho, com o cortejo do mastro do padroeiro da cidade, ocorreu na manhã de ontem. Cerca de 500 pessoas, em sua maioria carregadores do pau, foram presenciar o momento que consideram sagrado. O jatobá de 23 metros, pesando cerca de duas toneladas, foi retirado da mata com apoio de um guindaste e, finalmente, colocado na chamada “cama do pau”, a mais de dois quilômetros do local onde foi cortado, no Sítio Roncador.

PaudabendeiracorteA árvore escolhida tem 23 metros de altura e pela duas toneladas
fotos: elizângela santos

A preparação dos carregadores começa cedo, com o caldo, no Mercado Central, para o reforço do trabalho que vem pela frente. São cerca de 9 quilômetros para chegar ao local, que foi visitado por mais duas vezes, para a seleção de cinco árvores, um angico e quatro jatobás, no dia 14 de abril, e, no último domingo, para a escolha do Pau da Bandeira da festa deste ano. O angico, considerado o mais adequado para o corte, não foi autorizado pelos órgãos ambientais. O trabalho contou com acompanhamento do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio).

Bênçãos

Antes do deslocamento até o Sítio Flores, a equipe de carregadores pediu as bênçãos do santo padroeiro da cidade e uma carreata seguiu para a Matriz. Para o capitão do pau, Rildo Teles, esse é um momento de fé do povo de Barbalha e um dos pontos mais altos da festa. “Me sinto imensamente feliz de poder estar à frente dessa tarefa de conduzir o Pau da Bandeira, com os carregadores”, afirma. Desde 2001, ele é eleito como o líder do grupo, que chega a pelo menos 150 homens.

Antes do primeiro golpe de machado para o corte do mastro, mais uma oração, com a imagem de Santo Antônio nas mãos, para abençoar o rito. A árvore é retirada da mata nativa, fora da Área de Proteção Ambiental (APA). A escolha passa por critérios também entre os carregadores. O mastro deve ser retilíneo, longo e de preferência com um peso que facilite a condução durante o cortejo. São cerca de seis quilômetros, a partir da saída, no dia 2, às 11 horas. A chegada este ano será antecipada e a previsão é hastear a bandeira do santo às 17 horas.

Segundo o secretário de Cultura da cidade, Antônio Sisnando, a partir da próxima segunda começa o processo de ornamentação da cidade. As cores de uma das maiores festas alusivas ao santo casamenteiro do Brasil invadem as ruas de Barbalha, que durante este ano recebeu o título, reconhecido por lei estadual, de Capital da Festa de Santo Antônio. E com referência a esta denominação, o secretário afirma que a cidade comemora.

Público

“Será o principal tema da festa, que irá acolher milhares de pessoas”, afirma. A estimativa é mais de 350 mil pessoas estejam na cidade durante o primeiro dia do cortejo, que atrai turistas doe várias partes do Brasil.

A preocupação de chegada na Matriz mais cedo que o ano passado, segundo o secretário, é justamente para atender à expectativa dos turistas, imprensa e população em geral e tornar a festa mais segura. E o apelo foi repassado para os carregadores pelo capitão, durante o começo da concentração, ontem. “Esse ato vem sendo renovado há muitos anos, e não temos como descrever a fé e tudo que envolve esse momento mágico”.

Segundo ele, exercer a função de capitão do pau é uma das coisas mais importantes, mas a responsabilidade é o fruto da fé. “Temos alguns excessos, mas há o zelo e o cuidado pelas pessoas”, ressalta. O professor e pesquisador Josier Ferreira, acompanha todo o processo de retirada do jatobá. Há vários anos ele realiza pesquisa sobre o ritual, a tradição e a sustentabilidade ambiental, numa integração do homem com a natureza.

Devoção

Segundo o professor, o porte das árvores retiradas da área da Chapada do Araripe é condicionada por alguns fatores ambientais. Numa análise de foto de satélite, ele afirma que as maiores estão próximas aos cursos de águas superficiais.

No caso do jatobá, com cerca de 35 anos, a retirada aconteceu bem próximo ao leito do Riacho Seco. Para ele, duas coisas caracterizam a festa de Barbalha: uma delas, a devoção do padroeiro; e a outra, as condições de floresta que o município tem agregado a uma área de Bacia Sedimentar, na encosta. Em praticamente todos esses anos, as árvores eram retiradas do Sítio São Joaquim e, a partir de 2000, começaram, a ser retiradas também do Sítio Flores.

“É uma floresta que seca, mas mantém algumas espécies da própria vegetação da Chapada do Araripe, como é o caso do Jatobá”, explica. A festa ainda passa por um processo de reconhecimento, junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como patrimônio imaterial. A programação se estenderá do dia 2 até 13 de junho, encerrando com a procissão do padroeiro.

ENQUETE

Por que a festa é importante para a região?

“A festa reúne fé e natureza. A existência da natureza condiciona a prática afetiva no imaginário das pessoas, utilizando o culto a Santo Antônio a partir de um contato com a natureza”

Josier Ferreira
Pesquisador

“É uma tradição que se repete há mais de oito décadas e hoje há uma preocupação maior relacionada à retirada da árvores, de uma Área de Proteção Permanente (APP). A tradição deve ser preservada

Cícero Tiago
Ambientalista e carregador do pau

Mais informações

Secretaria de Cultura e Turismo de Barbalha, Rua da Matriz, 25
Centro
Barbalha – Cariri
Telefone : (88) 3532.1708

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe

Serão iniciadas obras do Anel Viário no Cariri

Crato. Será assinada na manhã de hoje, a ordem de serviço para uma das mais importantes obras estruturantes da região do Cariri, a construção do Anel Viário, que deverá beneficiar todos os municípios próximos a Juazeiro do Norte. A ação, executada através da Secretaria Estadual das Cidades, objetiva seguir a rota de integração e do desenvolvimento que compõe o Programa de Desenvolvimento Econômico e Regional – Cidades do Ceará/Cariri Central, previsto no Plano Plurianual (PPA). Ao todo, o projeto terá custo de R$ 32 milhões.

AnelviariocratoÁrea do entorno da Colina do Horto receberá parte da construção do Anel Viário que ligará os municípios próximos a Juazeiro do Norte FOTO: YAÇANÃ NEPONUCENA

Entretanto, nesta primeira etapa o investimento será de R$11,6 milhões. Os recursos são oriundos da parceria com o Banco Mundial. Abrindo a programação, o governador Cid Gomes vai autorizar o início dos trabalhos de urbanização. Devido ao crescimento populacional e ao incremento das atividades industriais e do comércio, uma das mais relevantes contribuições da obra do Anel Viário é o estímulo às vocações da região. Com isto, o governo pretende fortalecer a economia do Ceará por inteiro. O primeiro trecho está previsto para ser concluído em até 18 meses.

Em Juazeiro do Norte, em virtude das grandes romarias que acontecem anualmente, o empreendimento auxiliará no desafogamento do trânsito local, que passará a ter vias alternativas, que permitirão um fluxo por fora das áreas centrais. Na cidade, inicialmente, o primeiro trecho terá 3,4 quilômetros, onde serão construídas duas pistas com um canteiro central, passeios, drenagem e iluminação, além da sinalização e ciclovias.

As intervenções serão na CE-060, rodovia estadual que liga os municípios de Juazeiro e Caririaçu, passará pela estrada de Damião dos Coqueiros, Avenida Zé de Melo e ganhará as margens do Rio Salgadinho na direção da Avenida Paulo Maia.

Contrapartida

Para a realização da obra, a Prefeitura está sendo parceira com a contrapartida no processo de desapropriação dos moradores da área. Porém, os técnicos ainda estão realizando os levantamentos e entrando em contato com as famílias para estabelecerem acordos sobre os preços dos imóveis. Até agora, ninguém foi indenizado.

De acordo com o secretário de municipal da Cidade, Waldo Figueiredo, o Anel Viário criará um novo território de desenvolvimento para Juazeiro. “Essa será uma avenida imensa, que vai trazer benefícios por onde ela passar. Todo mundo que precisar cruzar a cidade poderá evitar engarrafamentos, principalmente em épocas de romarias”, afirma.

Logo após passar por Juazeiro do Norte, o governador seguirá para Barbalha, onde também vai assinar uma ordem de serviço para as obras de pavimentação asfáltica com pista dupla e canteiro central, na chamada de Avenida do Contorno.

A requalificação vai abranger 2,4 quilômetros de via. Os investimentos são na ordem de R$ 2,7 milhões. Na cidade haverá ainda a inauguração das obras de requalificação do Centro Histórico, que passou por uma recuperação das zonas urbanas.

Para estes serviços, o aporte de recursos aplicados foi de R$ 1,3 milhão. A obra objetiva incrementar o turismo local e valorizar as áreas históricas, que receberam estrutura para a drenagem de suas águas. Além disto, haverá sinalização turística, que facilitará o fluxo dos visitantes e oferecerá mobilidade urbana aos visitantes.

Resultado de um convênio da Secretaria das Cidades com a Prefeitura Municipal, a estrada “Corredor do Sabino”, que conta com duas pontes, passagem molhada e sinalização, foi entregue à população.

Já no município em Nova Olinda, as ações do Governo do Estado pretendem oferecer passeios, mobiliário urbano, acessibilidade e mobilidade, ciclovias, calçadões e paisagismo no entorno da Avenida Perimetral do município. O investimento total é de R$ 1 milhão.

YAÇANÃ NEPONUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

´Cariri Cangaço´ começa amanhã com cavalgada

Também será debatido o cangaço e o ciclo do coronelismo no Nordeste durante o encontro na região

LampiaoLavras da Mangabeira. A programação itinerante do Cariri Cangaço começa neste ano por esta cidade, localizada no Sul do Ceará, distante 430 km de Fortaleza. O evento será aberto amanhã, a partir das 15 horas com a chegada de uma cavalgada oriunda de Jaguaretama. Depois haverá debate sobre o cangaço, o ciclo do coronelismo no Nordeste, a participação de lideranças locais no contexto histórico da sedição de Juazeiro, cujo centenário transcorre em 2014.Está prevista para o fim da tarde de amanhã, uma apresentação cultural com declamação de cordel de autoria de José Teles da Silva, que descreve sobre a passagem de Lampião, em 1927, sobre Lavras da Mangabeira

A secretária de Cultura do município de Lavras da Mangabeira, Cristina Couto, disse que a cidade vive a expectativa de realização do evento, que já promoveu seminários, exposições e debates nas cidades de Barbalha, Crato, Aurora, Barro, Juazeiro do Norte, Missão Velha e Porteiras. “Neste ano, o enfoque será dado para a discussão sobre a Sedição de Juazeiro”, frisou. “É uma oportunidade das pessoas conhecerem acerca da história do Ceará”, completou.

A Cavalgada Lêla Férrer é um acontecimento anual e de resgate histórico, coordenado pelo deputado estadual, Heitor Férrer, descendente da matriarca Fideralina Augusto Lima, que no século passado exerceu com determinação e força, liderança política regional. Na época, a família comprava animais da região do Riacho do Sangue e os trazia em tropas para Lavras.

Neste ano, a chegada de 12 cavaleiros que vão se juntar a 50 vaqueiros vai coincidir com a abertura do 4º Seminário Cariri Cangaço. Após a solenidade de abertura a ser realizada no plenário da Câmara Municipal de Lavras da Mangabeira, haverá apresentação de um vídeo produzido pela Assembleia Legislativa sobre a história de vida de Fideralina Augusto Lima.

Matriarcas

“Ela foi uma das cinco matriarcas do Nordeste, com poder de mando, quando naquela época esse papel não era reservado à mulher”, observou Cristina Couto. “Estava à frente do seu tempo”. Ainda à tarde, haverá palestra com o historiador Dimas Macedo, que vai abordar o tema ´Entre canetas e bacamartes´. Integram os debates, os professores Calixto Júnior, Napoleão Tavares e Bosco Andrade.

Está prevista para o fim da tarde, uma apresentação cultural com declamação de cordel de autoria de José Teles da Silva, que descreve sobre a passagem de Lampião em 1927 sobre Lavras da Mangabeira, e de número de dança de xaxado por um grupo de estudantes da Escola de Ensino Fundamental Assis Lucena. No domingo pela manhã, a programação inclui um encontro dos participantes do evento com o prefeito, Gustavo Augusto Lima Bisneto (Doutor Tavinho), descendente (trineto) da matriarca Fideralina Augusto.

Visitações

Em seguida, haverá uma visita da comitiva à casa da líder política, ainda preservada no centro da cidade, onde também morou a artista plástica, Sinhá D´Amora. O evento será concluído com a saída do grupo para o sítio Tatu, que era propriedade de Fideralina Augusto, trisavó do atual prefeito e do deputado estadual Heitor Férrer. “Os alunos conhecem sobre a história de Roma, da Grécia, mas pouco ou quase nada sabem acerca dos acontecimentos do Ceará e muitas vezes aprendem de forma distorcida e pejorativa”, observou o gestor, Doutor Tavinho. “Esse seminário vai debater e divulgar fatos ligados à época do coronelismo e das oligarquias no início da República”.

O pesquisador Manoel Severo Barbosa é o curado do Cariri Cangaço, um grupo de estudos, que reúne professores e escritores, ligados à Sociedade Brasileira do Cangaço. Os próximos eventos estão marcados para julho, nas cidades de Souza e Nazarezinho, na Paraíba.

Mais informações

Prefeitura Municipal de Lavras da Mangabeira
Secretaria de Cultura
Região Centro-Sul
Telefone: (88) 3536. 1600

HONÓRIO BARBOSA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Escultor cearense está entre finalistas de concurso internacional

Assis Filho inscreveu três obras para concorrer à bolsa de estudos. Escultura finalista já foi desmanchada por autor da obra.

 

Escultorce‘Solitary Man’ está entre trabalhos finalistas. Autor da
obra, Assis Filho afirma que a fez apenas para
estudo. (Foto: Assis Filho / Arquivo Pessoal)

Um escultor cearense está na lista dos 10 finalistas que concorrem à bolsa de estudos de verão da  Florence Academy of Art, em Florença, na Itália. Morador de Caucaia, na Região Metroplitana de Fortaleza, Assis Filho, de 25 anos, concorre com a obra Solitary Man (Homem Solitário), um trabalho que ele fez apenas para praticar e que já não existe mais.

“Essa eu já desmanchei há muito tempo, era uma peça de estudo. Eu tinha feito o retrato do meu pai para o concurso”, conta o escultor que enviou a imagem de três obras para a disputa na academia: o retrato do pai (My Dad), uma mulher de corpo inteiro (Reflecting) e a finalista. Todas as obras foram esculpidas com plastilina, uma massa de modelar que não seca e preserva a escultura.

Assis conta que fez a escultura finalista em dois dias e que ainda não tinha finalizado a peça quando decidiu inscrevê-la. “Trabalharia mais um dia nela”, destaca ele, afirmando ainda que moldar um escultura e desmanchar é um procedimento normal.

O concurso
Desde o dia 6, a academia vem divulgando um finalista do concurso por dia. O nome de Assis Filho foi anunciado nesta terça-feira (14), o 9º da lista. Na quarta-feira (15), será divulgado o nome do 10º e último concorrente. No dia 17, o nome do vencedor da bolsa de estudos de verão será conhecido.

“Sou bem realista, não gosto de ficar com muita esperança”, afirma o escultor que, apesar da cautela, já providencia passaporte e têm aulas de inglês. Caso fique com a bolsa, Assis passará o mês de julho em Florença se especializando em esculturas.

OutrasÀ esquerda, a escultura ‘Reflecting’; no Centro, o busto encomendado em Baturité e, à direita, o retrato do pai de Assis Filho. A escultura ‘My dad’ foi feita especialmente para o concurso. (Foto: Assis Filho / Arquivo Pessoal)

Formação
De família de classe média, Assis Filho viu o interesse por esculturas e desenhos nascer ainda criança, quando brincava com massa de modelar. A medida que foi crescendo, as esculturas foram melhorando. “Eu comecei a fazer topos de bolos de casamento personalizados”, conta.

Em 2011, participou de um curso de um ano ministrado pelo escultor Alex Oliver, famoso por trabalhos nos estúdios ILM, Weta Workshop, Blizzard. No período, Assis aprendeu a trabalhar com esculturas figurativas, tornando-se assistente de Oliver. “Eu deixei esse trabalho em março (2013). Comecei a assumir muitos projetos sozinhos”, afirmou ele, que desistiu até da faculdade de artes visuais quando descobriu que não estudaria esculturas.

Atualmente, Assis Filho vive da venda de suas obras e começa a ser reconhecido pelo seu trabalho. “Fiz um busto para uma praça em Baturité [interior do Ceará], foi um dos trabalhos mais bem pagos que já tive”, conta o escultor.

Diana Vasconcelos Do G1 CE

Ceará lidera ranking nacional de transplante por número de habitante

Hospital Walter Cantídio assumiu a liderança em transplante no Brasil. Nos três primeiros meses, o Ceará realizou 43 transplantes de fígado.

Transplante2-285x236Com 31 transplantes de fígado realizados nos três primeiros meses de 2013, o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), da Universidade Federal do Ceará (UFC), é o hospital líder em número de transplantes de fígado por habitante, do Brasil. O estado também tem o maior índice de transplante de fígado no país, em números relativos à população.

De acordo com o médico Hwygens Garcia, chefe do Serviço de Transplante Hepático do HUWC, apesar do excelente desempenho, a falta de doação de ógãos ainda é o maior entrave para a realização dos procedimentos. “Talvez por desinformação da família, mas o percentual de negação familiar, no Ceará, se encontra entre 30% e 40%”. Os dados de transplantes realizados no Brasil são catalogados pelo Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO).

Três hospitais de Fortaleza são habilitados pelo Ministério da Saúde a realizar esse tipo de procedimento. Nos primeiros três meses deste ano, o Ceará realizou 43 transplantes de fígado: 31 no HUWC, nove no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e três no Hospital São Carlos. “A equipe do Hospital São Carlos é a mesma que atuas no HUWC”, diz o médico. Para cada transplante de fígado é mobilizada uma equipe multidisciplinar composta por oito cirurgiões, cinco anestesistas, seis clínicos, além de enfermeiras, psicólogos e terapeutas.

“O Hospital Walter Cantídio realiza, em média, 10 transplantes de fígado por mês. Se houvesse mais doadores, teríamos condições de aumentar esse número para até 15 por mês ou, pelo menos, 13, se esse número de negativas diminuisse”, lamenta o médico Huygens Garcia. De acordo com Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos do Estado, a lista de espera para transplante de fígado no Ceará é de 145 pessoas.

Para o médico, é preciso que a população seja esclarecida quanto aos procedimentos de transplantes. Quando é detectada a morte cerebral de um paciente comprovado que todas as funções do cérebro pararam de funcionar de maneira irreversível, a equipe médica fala com a família sobre a  possibilidade de se fazer a doação dos órgãos da vítima. “Caso haja concordância por parte da família, é preciso que eles saibam que todo o processo é sério, que vai ser atendido o primeiro da fila em gravidade e que não existe a possibilidade de fraude nesse processo”, esclarece o médico.

Verônica Prado Do G1 CE

Recompensa por apreensão de arma por policial no Ceará dobra de valor

Policial que devolver arma apreendida terá recompensa de até R$ 800. Valor foi divulgado após dados que aponta 11 homicídios por dia no CE.

 

MODELO DA
ARMA

VALOR DA
RECOMPENSA

REVÓLVER  
Calibre 22 a 44 R$ 400
PISTOLA  
Calibres 22, 6,35
7,65 e 380
R$ 400
Outros calibres R$ 800
ESPINGARDA  
Calibre 12 a 40 R$ 400
CARABINA  
Calibres 17 a 44.40 R$ 400
FUZIL  
Qualquer modelo R$ 800,00

A partir deste sábado (18), a recompensa paga aos policiais por armas apreendidas no Ceará vai dobrar de valor. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira (16), pelo governador Cid Gomes. Com o aumento, os valores que variavam de R$ 200,00 (revólveres) a R$ 400,00 (fuzis) passam a variar entre R$ 400,00 (revólveres) a R$ 800,00 (fuzis). A recompensa vale para policiais civis, militares e bombeiros.

Arma-polciaO anúncio foi feito um dias depois que a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou balanço com o número de homicídios registrados no Ceará, nos quatro primeiros meses de 2013. Em todo o Ceará foram registrados 1.356 homicídios dolosos (quando há intenção de matar) nos quatro meses de 2013. Fortaleza foi responsável por 48,82% (662 mortes) do total. Caucaia aparece em segundo, com 67 homicídios.

Segundo o secretário da SSPDS, Francisco Bezerra, o objetivo é intensificar a campanha que já vem “obtendo bons resultados” e desarmar ainda mais a população. “Estamos dobrando a recompensa por arma, acessórios e munições apreendidos. Isso se reverte num estímulo ainda maior para os nossos policiais, que já trabalham com  afinco e dedicação”, diz. Dados oficiais mostram que em 2011, o Sistema Estadual Segurança apreendeu 4.995 armas. No ano passado, esse número saltou para seis mil armas e, em 2013, 2.208 armas de fogo.

Campanha de desarmamento
Em março, segundo o Ministério da Justiça, o Ceará  foi o estado que mais arrecadou armas durante a última semana da campanha nacional do desarmamento. O estado recolheu 109 armas, sendo que na semana anterior, o Ceará havia recebido apenas oito armas. As armas mais entregues são o revólver, espingarda, e pistola.

No Ceará, veja os locais em que pode fazer a entrega voluntária de armas:
-5º Batalhão de Polícia Militar, Fortaleza, Rua Antonio Pompeu, 555, Centro, Fortaleza;
-Divisão de Homicídios, Rua Juvenal de Carvalho, 1125, Fátima, Fortaleza;
-Delegacia Geral, Rua do Rosário, 199, Centro, Fortaleza;
-Comando Geral da Policia Militar, Avenida Aguanambi, 2280, Fátima, Fortaleza;
-Batalhão de Policiamento Comunitário, Av Bezerra de Menezes, 581, São Gerardo, Fortaleza;
-Superintendência Regional, Rua Dr. Laudelino Coelho, Alto da Balança, Fortaleza;
-Superintendência da Polícia Rodoviária Federal, BR 116, km 06, Fortaleza.

Do G1 CE

Sesc realiza seminário sobre nutrição

Estão abertas, até o dia 22 de maio, as inscrições para o VII Seminário sobre Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) e Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), destinado a estudantes, profissionais de nutrição e interessados. O encontro acontece no dia 23, das 8h às 17h, no Memorial Padre Cícero, em Juazeiro do Norte. Para participar, os interessados devem se inscrever na Unidade do Sesc, em horário comercial, através da doação de 2 kg de alimentos não perecíveis.
A iniciativa tem como objetivo popularizar a discussão sobre o tema, transpondo a barreira da simples equação entre pacotes mínimos de calorias, proteínas e outros nutrientes, para tornar possível a efetivação desse direito. A estimativa é que cerca de 400 pessoas participem da edição.
SESC

O poder do sorriso – Por: Emerson Monteiro

As tais oportunidades que afloram na superfície dos dias e quase nem merecem o necessário respeito do aproveitamento, uma delas o sorriso, tranquilidade na forma de gente, que poucos, raros, raríssimos, utilizam no seu proceder. Pouco, nada de esforço, pede o sorriso fagueiro, abridor de horizontes e, no entanto, contém milhões de fascínios a ponto de transpor as portas e janelas diante das correrias idiotas desses blocos de metais enferrujados.
Leveza no ar e perenes sentimentos vagam a praia das faces felizes. Só alguns animais riem. A hiena, o cachorro, os pássaros e seus cantos de trinados infinitos. A hiena, o riso torto de alienado, dentes a mostra e olhos pelo chão das ribanceiras, esforço de quem simula vitória inexistente, fingimento e grosseria. A todo custo, impõe condições de conquista às lamas ralas das carniças, a hiena. Já o cachorro, decantado amigo do homem, quando deixaram a existência da cauda, balança esse formato de rabo a qualquer sintoma de cordialidade do vaidoso proprietário.
Os humanos, porém, gargalham perdidamente diante dos obstáculos da mediocridade. Facilitam janelas na cara aos outros, no exercício do ofício de tratadores de cavalos que escovam o pelo dos bichos à intenção de agradar as cavalariças, contudo agradando menos a si próprios tratadores, consumidores inveterados de ilusões. Gargarejam o gesto de rir, esquecidos da qualidade especial de um sorriso, início das relações agradáveis e fraternas. Bobos das cortes medievais, que trabalhavam o humor dos reis, expostos a coices e lapadas, esforço de arrancar felicidade daqueles solos endurecidos e corações vaidosos na farra da ambição.
Hoje, contudo, chances de amizade circulam consciências, pedido paz na guerra da fama. As crianças mesmas usam a função do sorriso independente de outras preocupações, gestos simples da alma e mentes aberta ao infinito. Quiséssemos considerar a crise aborrecida desses tempos dos materiais químicos através das lentes grossas da investigação independente, ali habitariam a imprudência da falta de verdade nas multidões profissionais da sobrevivência. Catucaríamos velhas latas de peitos mutilados e descobriríamos tolos rabugentos só tangendo tropas de mendigos fantasiados de campeões da inutilidade.
O calendário e os relógios, igualmente, reservariam doses extremas de frustração aos teimosos do aborrecimento. Ninguém passaria impune pelos corredores dessa aridez das ciências dos corações felizes.
Sorrir, e sorrir sempre, eis a prova máxima da esperança e os pomos harmoniosos que dormem grudados às dobras internas de todos nós.    

Exposição e peça sobre Frei Tito de Alencar

Pinturas inspiradas nos relatos do religioso durante o exílio na França fazem parte do acervo em cartaz

Juazeiro do Norte. O terror e o drama da Ditadura Militar no Brasil é exposto de forma aberta e com debates que trazem à tona uma realidade pouco levada às salas de aula. E a entrada para conhecer essa realidade está nos municípios do Cariri, passando por Juazeiro do Norte e Barbalha, com a exposição “Sala Escura da Tortura”, em cartaz no Centro Cultural Banco do Nordeste (CCBN – Cariri), até o dia 18. De 22 de maio a 8 de junho, na Biblioteca Pública de Barbalha, no histórico Casarão Hotel.

ExposicaofreititoExposição faz parte do trabalho “Marcas da Memória”
FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

A peça tratando da temática será encenada no teatro Neroly Filgueira, durante o final de semana, com debate sobre o tema. O projeto trata de um personagem que se tornou símbolo internacional, Frei Tito de Alencar, preso e torturado pela ditadura.

Segundo a coordenadora do projeto “A Estética da Denúncia: o Encontro do Teatro com a Pintura”, Lúcia Alencar, a exposição faz parte de um trabalho maior, o “Marcas da Memória”, da comissão de Anistia do Ministério da Justiça, em parceria com o Instituto Frei Tito de Alencar.

Exílio

Na ´Sala Escura´ estão à mostra sete telas pintadas a óleo, inspiradas nos relatos de Frei Tito, durante o seu exílio da França, onde se expõe de modo realista a forma que os presos políticos eram torturados no Brasil.

A exposição está aberta à visitação gratuita na Galeria de Exposição do 4º Andar do (CCBNB Cariri), desde o último dia 9 de maio. Também já passou por Sobral. Segundo a coordenadora, esse ano, o projeto passa por várias cidades do interior, principalmente do Ceará, além de Sousa, na Paraíba.

Mas esteve também em capitais como Fortaleza, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte (MG), Recife (PE) e no Distrito Federal, em Brasília, além das cidades cariocas, Niterói e Petrópolis. Também passará por Sousa, na Paraíba. A mostra faz parte dos vários eventos comemorativos por conta do 7º aniversário do Centro Cultural Banco do Nordeste – Cariri, e reúne as telas do acervo do Instituto Frei Tito de Alencar, pintados a óleo pelos artistas Julio Le Parc, Gontran Guanaes Netto, Alejandro Marcos e José Gamarra.

Apresentada originalmente em 1973 no Museu de Arte Moderna de Paris, a exposição denuncia a tortura.

Peça

A peça que expõe a temática será exibida no teatro de Barbalha, nos dias 17, 18 e 19, para estudantes e público em geral, para pessoas acima de 12 anos, e a exposição 16 anos.

O projeto das apresentações na cidade tem o apoio da Secretaria de Cultura. Depois da peça, haverá um debate na sexta-feira, às 15 horas, e a apresentação estará voltada para estudantes. O público poderá participar dos debates, no sábado e domingo, às 20 horas.

De acordo com Lúcia Alencar, a intenção da peça é promover um diálogo relacionado principalmente a esse momento, da justiça de transição, que vem depois da ditadura, e da atual discussão sobre a instalação da Comissão da Verdade. Ela destaca a oportunidade de poder possibilitar a reflexão sobre o tema aos estudantes, nesse momento, de um passado recente da história do Brasil. “Nós vivemos um Holocausto no Brasil. Isso não aconteceu só em outros países”, afirma.

O projeto, conforme a coordenadora, potencializa a discussão sobre o tema, principalmente por trazer o assunto de forma muito forte. Para Lúcia Alencar, o que aconteceu com Frei Tito não foi uma exceção, mas uma regra, em que muitas pessoas no Brasil passaram por torturas. “Essa é uma maneira que encontramos pela arte de abordar a questão e tem surtido efeito. As pessoas não sabiam que isso acontecia no Brasil e não se vê isso na escola”, destacou.

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe

Ex-secretário do Turismo do Ceará teme efeitos da insegurança para imagem do turismo

AllanaguiarCom o título “Turismo: risco real e imediato”, o ex-secretário do Turismo do Ceará, Allan Aguiar, aborda neste artigo a questão da insegurança atualmente registrada em Fortaleza. Ele avalia os efeitos econômicos que poderão advir, caso se consolide a imagem de Fortaleza como cidade insegura. Confira:

São graves os efeitos econômicos que poderão advir caso se consolide a imagem de Fortaleza como cidade insegura, onde a violência saiu dos padrões de razoabilidade. Na hierarquia das prioridades de quem viaja, a segurança do Destino Turístico ocupa a primeira colocação e mostra-se como principal variável na equação decisória do Turista. Óbvio, ninguém quer expor-se, muito menos sua família, a riscos do gênero.

São muitos os exemplos, no Brasil e no mundo, de Destinos turísticos que passaram pela degradação de suas imagens e levaram anos contabilizando prejuízos representados pela queda do fluxo turístico e, consequentemente, da receita e da renda turística.

No Nordeste do Brasil temos o exemplo de Recife que chegou a perder quase que a totalidade do fluxo de lazer e entretenimento e, por conseguinte, dos investimentos privados voltados pare esse perfil de consumidor, por ser considerada uma cidade arriscada demais para passear. No ranking nacional, Recife figurava como a cidade de maiores índices de violência por cem mil habitantes, rivalizando com Maceió, Aracaju, Salvador, Rio e São Paulo. A grande imprensa nacional reverberava essa fragilidade, consolidando na cabeça do brasileiro o risco de optar pela capital pernambucana.

Hoje, assistimos nossa Fortaleza ocupar a linha de frente das variadas pesquisas que comparam o quadro de violência urbana das principais cidades do Brasil. Estamos sempre perto do topo, quando não nele, dos indicadores de violência. Os esforços promocionais do marketing turístico do Estado, que tem na Capital seu destino mais requisitado pelos consumidores de viagens, estão em risco diante da mais desconcertante má fama que um Destino pode ter: Insegurança.

Ninguém topa ir conhecer a faixa de gaza, a Síria ou o Iraque, inobstante serem regiões muito bonitas. Existe uma correlação quase perfeita de inversa proporcionalidade entre as linhas do gráfico de violência e de fluxo turístico de lazer.

Nesse ponto, alguns veículos de comunicação poderiam tratar o tema com menos estardalhaço, procurando não pautar a grande imprensa dos mercados emissores de Turistas, assemelhando-se a prática de muitos destinos americanos e europeus que procuram atenuar os efeitos midiáticos das ocorrências policiais acontecidas em seus domínios, que não são poucas. Nesses Destinos, existe uma consciência bem difundida dos efeitos nefastos dessa má fama.

As pesquisas que o setor realiza, regularmente, junto aqueles brasileiros que compram o Destino Fortaleza não captam a insegurança pública como fator crítico de sucesso, ainda. Inobstante os indicadores do Ministério da Justiça apontarem que violência em Fortaleza já tomou contornos de epidemia, a sensação de segurança nos principais corredores turísticos é garantida pelas Hilux e os Troller’s da PM e do seu Batalhão PMTUR, que, registre-se, foi uma criação elogiável do Governo do Estado.

Aos gestores públicos e ao trade turístico, restam reflexão e ação planejada no sentido de não permitir a degeneração da nossa imagem de ambiente de alegria, cultura e muito sol e mar, vantagens comparativas vitais para a atividade, para a de assaltos, latrocínios, furtos, roubos e etc. São milhares de postos de trabalho em jogo, em uma cidade que tem no Turismo (serviços) sua monocultura.

*Allan Aguiar,

Ex-secretário do Turismo do Ceará, foi também presidente da Fundação de Turismo Integrado do Nordeste (CTI – Nordeste).

Blog do Eliomar

Mais de 66 mil eleitores do Ceará têm título cancelado pela Justiça Eleitoral

Eleitores deixaram de votar nas três últimas eleições e não justificaram. Para reativar o cadastro é preciso ir até o cartório eleitoral da cidade.

Titulo-de-EleitorA Justiça Eleitoral cancelou o título de eleitor de 66.365 pessoas no Ceará, que deixaram de  votar nas últimas três eleições.  Os dados foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira (14).  De acordo com o TSE, até 25 de abril, prazo final para que os eleitores regularizassem sua situação junto à Justiça Eleitoral, existiam no Ceará 73.053 títulos passíveis de serem cancelados. Deste total, apenas 6.544 títulos foram regularizados. Em todo o país, foram cancelados 1.354.067 títulos eleitorais, sendo regularizados 155.663 títulos.

Segundo o TSE, os eleitores menores de 18 anos, maiores de 70 anos e os analfabetos não tiveram o título cancelado.

Além de perder o cadastro na Justiça Eleitoral, o cancelamento do título pode impedir a retirada de passaporte ou carteira de identidade, o recebimento de salários de função ou emprego público e obtenção de empréstimos em instituições financeiras governamentais. Além disso, impede a nomeação em cargo público e a renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Para ficar regular com a Justiça Eleitoral e não sofrer essas sanções, o eleitor que teve o título cancelado ainda pode regularizar a sua situação junto ao cartório eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) de sua cidade, com documento oficial com foto e comprovante de residência atual (originais e cópias), além de pagar a multa referente à ausência nas últimas eleições.

Do G1 CE

O seresteiro e a sua História – Arte Retirante

15demaio2013

Ânimo forte – Por: Emerson Monteiro

Em épocas críticas, todos precisam levantar a cabeça e buscar forças internas por vezes desconhecidas, mas de primordial importância na preservação do gosto de viver. Nesses períodos austeros, as responsabilidades de um veículo de comunicação crescem no sentido de informar e formar as consciências, razão de lhe caber papel estratégico na manutenção do espírito elevado de quem o manuseia à busca de valores e elementos vitais de sobrevivência.
E os tempos políticos e econômicos atuais do Brasil e do mundo geram preocupações de várias ordens nos diversos quadrantes. Pais de famílias avaliam o futuro e se apreendem pelos filhos. Jovens analisam o mercado de trabalho e sentem a exiguidade dos instrumentos que dispõem para objetivos válidos. Sociedades padecem das providências administrativas insuficientes aos desafios da hora.

Isso demonstra a panorâmica cinza, vistas turvas de um dos lados da ponte. Do outro, a Natureza segue a boa ordem eterna a dizer dos sonhos que fluem quando se enfoca o pólo positivo das evidências.

O modo de utilizar as normas de viver precisa do aprimoramento dos recursos disponíveis na força interna do Ser. Ninguém há de negar que o progresso tecnológico propicia maravilhas aos humanos. A todo instante, novas fontes de poder trazem inovações. Em face disso, admitir potencialidades e saber utilizá-las se torna fator de alegria.
Antes de quaisquer atitudes negativas, portanto se concentrem esforços mentais e escolhas dos melhores caminhos. Depois, o resultado prático indicará o andamento, numa espécie de geração espontânea. Para chegar à felicidade, longo caminho apresenta oscilações, dificuldades, instabilidades que se equilibram junto do senso comum, no treinamento da marcha em frente e para o alto de quantos mantêm a firmeza de continuar.
Preservar o espírito de vitória dentro da realidade, sem jamais reduzir o ânimo de lutar, eis as bases da vitória na epopeia do crescimento que todos vivem, jornada adentro da sabedoria e do sucesso.
Guerras, inflação, dramas familiares, existenciais, demais impasses, se transformam toda hora, mudam em seus contrários, nas experiências inevitáveis da formação da personalidade e do crescimento individual, fatores de integração e unidade. Pois eles não são opositores e, sim, complementares dentro de nós.
Religiosidade, filosofias positivas, sentimentos agradáveis, amizade, beleza, arte, poesia, idealismo, esperança, altruísmo, revestem os elementos ao dispor, na procura lógica pelo sentido desses acontecimentos da longa, infinita, história.
Porquanto os mestres indicam a direção que existe, nos mistérios, a chance fabulosa da felicidade verdadeira enquanto somos inteligentes em nossas decisões diárias.
Amar, por isso, com gosto as coisas boas, tal condição da paz no coração. Sintonizadas realizações nascem por via de consequência, junto com o sol das manhãs esplendorosas, peças e movimentos do sistema eterno. Vivamos a intensidade dos dons especiais de compor a melodia da liderança de Si Mesmo, artífice do Universo que todos somos. 

Secretaria de Saúde do Crato convoca beneficiários do Bolsa Família

A Secretaria de Saúde do Crato comunica que está acontecendo a 1ª Vigência de acompanhamento do Programa Bolsa Família, nas Unidades Básicas de Saúde. Os beneficiários têm o compromisso de acompanhar e manter atualizados o cartão de vacinação, o crescimento e desenvolvimento das crianças menores de 7 anos. Mulheres na faixa de 14 a 44 anos também devem comparecer às UBSs, para o acompanhamento. No caso de gestantes, é preciso realizar o pré-natal e monitorar a saúde do bebê.
O Secretário de Saúde, Walter Santos, alerta os beneficiários do Bolsa Família para que compareçam o quanto antes às unidades de saúde mais próximas da suas residências e realizem o seu acompanhamento ou procurem o setor do Bolsa Família na Secretaria de Saúde do Crato, com os seguintes dados: peso, altura e cartão de vacinas atualizados de todos os componentes inclusos no cadastro.
A coordenadora do Bolsa Família – Saúde, Nayanne Rolim, informa aos beneficiários que caso não realizem este acompanhamento até o próximo dia 31 de Maio, este benefício poderá ser cancelado. “A Secretaria de Saúde trabalha para que as famílias inclusas no Bolsa Família não percam o seu beneficio, mas para isso contamos com a presença das mesmas para organizarem os cadastros”, lembra.
Fonte: PMC

Dia das Mães ( Um questionamento ) – Por: Roberto jamacaru

NE – Cemitérios vazios e Lojas cheias no Dia das Mães…
O Escritor Roberto jamacaru postou um comentário muito pertinente no grupo “Filhos e Amigos do Crato”, do Facebook, que resolvi trazê-lo para o Chapada do Araripe, a fim de que outros possam ler. 
Ontem fui ao cemitério da minha cidade – Crato – CE – para uma homenagem à minha mãe que ali se encontrada sepultada. Fiquei surpreso, pois numa cidade que possui mais de 150 mil habitantes, na hora da minha visita não havia mais do que vinte pessoas fazendo o mesmo que eu. Diferente do comércio no centro da cidade que, no dia anterior(sábado), estava superlotado (quase intransitável) de pessoas fazendos compras para as mães. Não sei se a ação que fiz foi errada, se foram os tempos que mudaram, se o sentimento, o respeito e saudade deixaram de existir ou se a figura da mãe só é louvada quando viva.
Roberto Jamacaru

Viatura do Pró-cidadania é flagrada dentro de motel em Crateús

Uma viatura do “Programa Pró-cidadania”, pertencente ao município de Quiterianópolis, no sertão cearense, cedida pela secretaria de segurança pública e defesa social, foi fotografada dentro de um motel na cidade de Crateús. A ocorrência foi registrada no Diário Oficial do Estado da última sexta-feira.
De acordo com o documento, o flagrante aconteceu por volta das 21 horas do dia 5 de março e motivou a rescisão do contrato entre a prefeitura de Quiterianópolis e a secretaria de segurança. O material foi enviado à ouvidoria geral do estado, que confirmou as denúncias ao encaminhar duas comissões do “Pró-cidadania” aos municípios.
Em Quiterianópolis, uma das equipes constatou ainda que a viatura era também utilizada indevidamente para atividades administrativas da prefeitura.
Blog do Roberto Moreira

Franceses correm aos hospitais com medo da contaminação pelo coronavírus


Brasília – A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que os franceses evitem procurar os hospitais apenas por suspeitar de contaminação pelo coronavírus. Desde a confirmação de mais dois casos,  houve uma corrida aos hospitais. O porta-voz da OMS, Gregory Hartl, disse que o receio é que o sistema de saúde fique “sobrecarregado” e alertou que a possibilidade de contaminação é pequena. A primeira notificação da doença ocorreu em setembro de 2012 pela OMS.

No total, existem 34 casos de coronavírus confirmados no mundo, sendo dois na França. Os casos de infecção pelo novo vírus foram detectados na Arábia Saudita, Jordânia, no Reino Unido, na Alemanha e França. Dos 34 casos, 18 levaram à morte. A OMS pesquisa a forma de contaminação e os riscos da doença.

O Ministério da Saúde no Brasil informa que há três principais subgrupos de coronavírus: alfa, beta e gama. Nas pessoas, a Síndrome Respiratória Aguda Grave Associada ao Coronavírus (Sars-CoV) tem um período de incubação de aproximadamente dez dias e pode apresentar resfriado comum ou evoluir para a Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sras).

No Brasil, apesar de nunca terem sido registrados casos confirmados, a Sars-CoV é uma doença de notificação compulsória imediata desde 2003 e consta como notificação obrigatória internacional no Regulamento Sanitário Internacional 2005 (RSI 2005). Em geral, os sintomas são infecção respiratória aguda, que pode incluir febre (38 graus Celsius) e tosse, suspeita de comprometimento das vias aéreas inferiores e comprometimento renal.

Há dez anos, a Sras, que começou na China, causou a morte de mais de 800 pessoas e gerou um temor generalizado. O novo vírus é diferente do Sras porque provoca insuficiência renal rápida.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

Agência Brasil

Brasil e Bolívia preparam ações para combate ao crime organizado

Brasília – Integrantes dos governos do Brasil e da Bolívia se reúnem amanhã (15) e quinta-feira (16) em Santa Cruz (território boliviano), para adotar medidas contra o crime organizado. A região fronteiriça tem 3.423 quilômetros de extensão. Os dois países pretendem desenvolver ações contra o narcotráfico, a lavagem de dinheiro, o tráfico de pessoas, o fluxo migratório e o controle de pessoas e armas na fronteira.

As autoridades também deverão incluir propostas relativas aos roubo de veículos, aviões e meios de transporte em geral. As ações serão coordenadas pelos governos da Bolívia e do Brasil. Representantes dos governos de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia também serão chamados.

Participarão das reuniões os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo (Brasil), e do governo, Carlos Romero (Bolívia), da Defesa Social e Substâncias Controladas, Felipe Cáceres (Bolívia), assim como assessores dos dois países.

Estarão presentes a secretária nacional de Segurança Pública Regina Miki (Brasil), o secretário nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), Vitore André Zilio Maximiano (Brasil), o chefe do setor de Defesa e Luta contra o Tráfico e Delitos, Ruis Vasconcellos (Bolívia), além dos chefes da Polícia Federal.

Também deverão participar o diretor da Força Especial da Luta contra o Narcotráfico, Gonzalo Quezada (Bolívia), o coordenador-geral do Conselho Nacional de Luta contra o Tráfico Ilícito de Drogas, Sabino Mendoza, e assessores.

*Com informações da agência pública de notícias da Bolívia, ABI

Agência Brasil

Prefeitos do Ceará cobram verba de R$ 9 bilhões prometida para combater a estiagem

Líderes e representantes dos municípios do Estado do Ceará se reuniram, ontem, para discutir a seca e mobilizar os estados nordestinos em favor de ações eficazes. Segundo Adriana Pinheiro Barbosa, presidente da Associação dos Municípios e Prefeitos do Estado do Ceará (Aprece), ainda não foi feito o repasse de R$ 9 bilhões prometidos pelo governo federal, há pouco mais de um mês, para o enfrentamento da estiagem no Nordeste. Os gestores cobram o valor.

O encontro aconteceu na sede da Aprece e faz parte da Mobilização Nacional pelo Nordeste, cujo objetivo é alertar o País para os resultados da seca na economia e na vida dos nordestinos, com destaque aos pequenos produtores. Na mobilização, as prefeituras municipais cearenses paralisaram suas atividades, mantendo apenas serviços tidos como essenciais, tais como saúde, limpeza pública e educação. A paralisação foi decidida para mostrar a insatisfação dos prefeitos do Estado com a demora do recurso.

“Nosso maior problema, hoje, é a burocracia e a falta de informação sobre esse repasse. Não sabemos a quantia exata para o Ceará, nem quando esse dinheiro estará disponível para combater a estiagem. Tudo fica preso por causa das dezenas de procedimentos burocráticos”, disse Adriana Pinheiro.

Na tentativa de uma negociação com resultados mais rápidos, hoje, alguns gestores cearenses seguem para Brasília, onde entregarão à Casa Civil, Senado Federal e Câmara dos Deputados um documento oficial com todas as reivindicações municipalistas para o enfrentamento da crise que atinge 1.475 municípios do Nordeste, sendo 180, somente no Ceará, em estado de emergência.

Via Lindomar Rodrigues 
( Colaborador )

Operação Carro-Pipa tem veículos equipados com GPS

O equipamento começou a ser operado ontem no Sertão Central, a fim de elevar a qualidade do serviço

Quixadá. A partir de hoje, os carros-pipa do Sertão Central, caminhões com tanques para transporte de água, passarão a abastecer as comunidades rurais da região rastreados por Controle de Posicionamento Global (GPS). Conforme o assessor da coordenação da operação emergencial em Quixadá, Nilson dos Santos, o equipamento começou a ser instalado nos veículos cadastrados nas frotas especiais de Quixadá, Choró e Ibaretama, no dia de ontem. Cada pipeiro recebe um cartão magnético para acionar o rastreador e confirmar a rota percorrida.

Os pipeiros apoiam o GPS, mas acham que prioridade é o abastecimento

Segundo o coordenador da TBK, empresa de Recife encarregada de instalar os equipamentos, Luiz Medeiros, o monitoramento será efetuado por meio de tecnologia GPS, formada pela rede de telefonia celular. Os sinais serão captados através das torres das operadoras.

Mesmo não havendo cobertura celular na comunidade atendida as coordenadas geográficas serão transferidas onde houver o sinal mais próximo. A TBK integra um consórcio, o qual criou o software de rastreamento. O Ceará foi o Estado escolhido para implantação do modelo de rastreamento. Icó, Jaguaribe e Morada Nova foram os primeiros municípios atendidos, na semana passada. A meta é atender todo o Nordeste e mais Minas Gerais, conforme acrescentou.

A reportagem do Diário do Nordeste procurou manter contato com a 10ª Região Militar, responsável pela coordenação da Operação Pipa no Ceará, mas até o fechamento desta edição não houve resposta. Todavia, conforme Nilson dos Santos, os carros-pipa serão monitorados pelo Exército Brasileiro. No Ceará, os trabalhos são de responsabilidade da 10ª Região Militar, realizados por uma equipe do 23º Batalhão de Caça (23º BC), com sede em Fortaleza, onde será feito o monitoramento, através de um software especial, o “G Pipa Brasil”, explicou.

Há expectativa do Conselho Municipal de Defesa Civil (Comdec) poder acompanhar o rastreamento através da internet, como ocorre com os radares da Funceme, mas a equipe local do 23º BC não soube informar se o monitoramento será liberado para os Comdecs. A solicitação será feita ao Ministério da Integração Nacional pelo comando da Operação, acrescentou o assessor do Comdec de Quixadá.

Nesta manhã está prevista a instalação do aparelho de monitoramento nos veículos de Choró e também de Ibaretama. “O serviço está sendo realizado no Parque de Exposições Valdir Couto Dinely, na estrada de acesso ao Açude Cedro, em Quixadá”, acrescentou Santos.

FOTO: ALEX PIMENTEL

Fonte: DN

Buda, a luz da Ásia – Por:Emerson Monteiro

No século VI a.C., os pequenos reinados da Índia viviam em luta. Nesse período, na Ásia havia uma onda de mudanças nas ciências, artes e ideias. Por volta de 523 a.C., no reino de Kapilavastu, pequeno país da etnia dos Sákias, lá onde hoje existe o Nepal, nascia Sidarta Gautama, depois conhecido por Sakyamuni, o Sábio dos Sákias. Seus pais se chamavam Rei Suddhodana e Rainha Maya. Numa viagem com destino ao palácio de verão, no bosque Lumbini, às margens de um rio, a rainha sentiu as dores do parto e sobre folhas de lótus deu à luz o menino Sidarta. 
Conta a lenda que nesse instante o tempo se inundou de perfume, choveram pétalas de flores do céu e ouviram cânticos celestiais de louvor e beleza. Sete dias depois, a Rainha Maya morreu, deixando ao marido a educação do filho. Mais algum tempo e o soberano, agora casado com uma irmã de Maya, quis saber o que o Destino reservaria ao filho. Nas encostas do Himalaia, buscou um sábio, que disse que o príncipe ou tornar-se-ia poderoso monarca ou viria a ser um sublime religioso. Suddhodana se indignou diante da segunda possibilidade. Daí cuidou de cercar o filho das pompas da corte. 
Farei dele seu sucessor. Jamais permitiria conhecesse os males do mundo, doenças, velhice, pobreza; os desgostos e as contradições que viessem estimular seus sentimentos religiosos. Para onde seguia, emissários à frente disfarçavam todas as circunstâncias, evitando ao máximo que soubesse das fraquezas existentes nos lugares onde andasse. Na idade adulta, escolheu a esposa, Yasodhara, sua bela prima. Certa vez, contudo, a segurança deixou de cumprir o papel de isolá-lo da realidade e ele, driblando o zelo do pai, fugiu solitário num passeio noturno, a se deparar com as tristezas da Terra. O impacto causou no jovem extrema reação. Viu de perto o sofrimento em que a vida carnal resume o caminho para a morte. 
Também encontrou um monge mendigo que explicou a escolha de buscar a libertação interior e exterior. Sidarta era, então, pai de um menino, Rahula. Despediu-se da esposa, levou consigo um serviçal e à meia-noite, a cavalo, ele cruzou, os portões do palácio rumo ao desconhecido. Muito distante, trocou as roupas nobres com as do servo, devolveu-lhe a montaria, mandou-o regressar e seguiu mendigando pelas estradas e vilas. Largos anos transcorridos, Sidarta reveria os familiares quando se afirmara na trajetória de compreender a Verdade Plena. 
Primeiro quis conhecer os ensinos dos mestres. Juntou-se a cinco andarilhos e saiu a peregrinar. Realizou jejuns e sacrifícios, sob o costume dos povos orientais. Após três anos dessas práticas, se viu à beira da penúria, magro e debilitado. Nesse momento, concluiu que a resposta se acha no meio e não nos extremos, razão que o levou a abandonar a experiência mortificadora, espantando os companheiros de busca que viram nele alguém desprovido de resistência. 
Uma donzela, no entanto, o alimentou até restabelecer a saúde. Refeito, se sentou à sombra de um Ficus religiosus, árvore frondosa do bosque conhecido por Buda Gaya, lugar de iluminação, e resolveu meditar. Saíra de casa há seis anos. Aos 35 anos de idade, uma madrugada de lua cheia ao brilho da Estrela Matutina, Sidarta Gautama completou seu processo autorrevelador ao chegar à cessação absoluta do sofrimento pela concentração mental, o completo domínio do pensamento. 
Nessa hora percebeu que reunia em si as condições suficientes do que tanto almejara, porquanto nisto reside a descoberta verdadeira. Ainda tentado por dançarinas seminuas e por Mara, o rei dos demônios, Sidarta Gautama obteve o controle absoluto da Vontade, e galgou a Suprema Realização. 
Por: Emerson Monteiro

Governo avança no apoio à agricultura familiar, diz Dilma

‘Café com a presidenta’ destacou Programa de Aquisição de Alimentos. Dilma também anunciou lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar.

Dilama 2A presidente Dilma Rousseff disse na manhã desta segunda-feira (13), durante seu programa de rádio “Café com a presidenta”, que o governo federal vai aumentar o limite de compras de alimentos da agricultura familiar.

Segundo a presidenta, os produtores rurais vão poder vender mais para o governo. “Já compramos R$ 2,25 bilhões de alimentos produzidos pela agricultura familiar e isso tem ajudado a gerar emprego, a gerar renda para os nossos trabalhadores no campo e também alimenta muita gente que precisa pelo Brasil afora. Nós fazemos essas compras por meio de programas importantíssimos”.

O Programa de Aquisição de Alimentos, PAA, é um desses programas que a presidente destacou. De acordo com ela, o governo, através do PAA, compra diretamente dos agricultores familiares os alimentos que são fornecidos para creches, asilos, restaurantes populares e também para manter os estoques públicos da Conab. Dilma também afirmou que “o número de agricultores familiares atendidos cresceu 20% e hoje já chega a quase 200 mil agricultores familiares”.

A presidente Dilma ressaltou que atualmente o limite da compra pelo PAA já está em R$ 4.800,00 e deve aumentar ainda mais a partir de junho com o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar.

Outro programa de compra destacado pela presidente foi o da merenda escolar. Segundo Dilma, “isso é feito por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, que, além de beneficiar pequenos agricultores, garante produtos frescos, saudáveis e diversificados na merenda das crianças”. A presidente ressaltou que nos últimos dois anos, as prefeituras “compraram em torno de R$ 500 milhões em alimentos da agricultura familiar” e que a ação é importante porque ao investir nesse tipo de compra, “as prefeituras investem no desenvolvimento do seu município”.

Do G1, em São Paulo

Para evitar roubo, comerciante de 72 anos mata ladrão a marretadas no CE

Comerciante já havia sido assaltado várias vezes.
Homem não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Marreta_marretaIdoso acertou suspeito com marreta
(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Um comerciante de 72 anos foi preso nesta segunda-feira (13) pela manhã, no Bairro Pio XII, em Juazeiro do Norte, suspeito de matar um homem a marretadas. De acordo com o delegado Washington Pedro Mendes,  da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte (20ª Região), o comerciante informou que saiu do bar por alguns minutos e quando retornou viu um homem tentando abrir a gaveta onde guarda o dinheiro. 

Segundo o delegado, revoltado por já ter sido roubado várias vezes, o comerciante acertou o suspeito com três pancadas na cabeça. “É um crime incomum. O comerciante nos contou que já estava revoltado por ter sido várias vezes roubado. Quando viu o homem tentando retirar o dinheiro da gaveta não pensou duas vezes e o atingiu com três marretadas na cabeça”, afirmou o delegado.

Depois de ferido, o suspeito da tentativa de roubo foi levado para Hospital Regional do Cariri, mas não resistiu aos ferimentos.  A Polícia de Juazeiro do Norte tenta identificar o homem morto a marretadas, pois descobriu-se que tratava-se de um morador de rua. O comerciante já prestou depoimento e está  preso na Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

do G1 CE, com informações da TV Verdes Mares

Agência da ONU defende consumo de insetos para amenizar a fome mundial

FAO alega que insetos são uma fonte de proteínas importante

Inseto-alimento-gettyRelatório da FAO (agência da ONU de combate à fome) divulgado nesta segunda-feira (13), em Roma, afirma que os insetos são uma fonte de proteínas importante e têm um potencial inexplorado não só como alimento mas também como ração para gado. A criação é de baixo custo, ecológico e “delicioso”, afirma.

De acordo com a agência, 2 bilhões de pessoas em culturas tradicionais já consomem mais de 1.900 espécies de insetos, sendo os mais utilizados os besouros, as lagartas, as abelhas, as vespas, as formigas, os grilos e os gafanhotos – que, por exemplo, têm mais conteúdo em ferro que a carne bovina.

Segundo o estudo, realizado em colaboração com a holandesa Universidade de Wageningen, os insetos são uma fonte facilmente acessível de alimentos nutritivos e ricos em proteínas que são facilmente encontrados nas florestas. O nicho gera empregos e renda em nível familiar, mas possui potencial em nível industrial.

São necessários 2 kg de ração para produzir 1 kg de insetos, enquanto o gado requer 8 kg de alimento para produzir 1 kg de carne, ainda conforme a FAO. A criação de insetos é simples, pois pode ser feita a partir de resíduos orgânicos, tais como restos de alimentos, e também a partir de compostos e estrume.

Os insetos também são ecológicos, argumenta a FAO. Eles usam muito menos água e produzem menos gases do efeito estufa do que o gado.

“Não estamos dizendo que as pessoas devam comer animais”, afirma Eva Muller, diretora da Divisão de Economia, Políticas e Produtos Florestais da FAO, em comunicado. “O que dizemos é que os insetos são só um dos recursos brindados pelas florestas, e que se encontra praticamente inexplorado seu potencial como alimento, e, sobretudo, como ração.”

As leis da maioria dos países impedem algumas destas práticas, sobretudo a alimentação dos animais com resíduos, estrume líquido e resíduos alimentícios, e, por isso, a FAO quer “pesquisar mais, especialmente no que diz respeito à criação de insetos aproveitando o vazamento de resíduos”.

O restaurante dinamarquês Noma, por exemplo, apontado em uma pesquisa como o melhor do mundo por três anos consecutivos, é conhecido por oferecer pratos com ingredientes como formigas e gafanhotos.

Folhapress

Ceará deve ter mais poços em terra até 2014

O campo exploratório da Fazenda Belém, descoberto em 1980, é um dos alvos da estatal para os investimentos

PetroleomaquinaAinda considerada pequena e desenvolvendo uma trajetória descendente nos últimos anos, a produção de petróleo no Ceará pode dar um salto significativo em um futuro próximo, a partir da exploração de poços em águas profundas e de mais investimentos em campos exploratórios antigos, como a Fazenda Belém. De acordo com a assessoria de imprensa da Petrobras, a estatal já está analisando um “projeto para perfuração de novos poços terrestres no campo da Fazenda Belém a partir de 2014″.

A estatal também tem aplicado em técnicas para elevar a produtividade dos poços já existentes, o que já resultou em uma média diária de produção, até março de 2013, maior que a registrada em igual período de 2012 FOTO: DIVULGAÇÃO

A intenção de ampliar a exploração na área vem sendo demonstrada pela estatal, com a perspectiva de perfurar cerca de mil novos poços no local até 2015, o que quase triplicaria a produção de petróleo em terra da empresa no campo exploratório da Fazenda Belém, descoberto em 1980.

A área está localizada na parte Norte da Bacia Potiguar emersa, na plataforma de Aracati. A região tem como principal reservatório produtor a formação Açu, com o óleo sendo considerado “pesado”, de alta viscosidade.

Outro em águas profundas

Outro ponto que deve contribuir para elevar a produção de petróleo no Estado são os recentes investimentos da Petrobras na exploração de poços em águas profundas em território cearense. De acordo com a assessoria da estatal, atualmente, há mais um poço em águas profundas em perfuração no Estado: o Prospecto de Ararauna (1-BRSA-1158-CES), na Bacia Potiguar. Este é o terceiro poço perfurando pela estatal em águas profundas no Ceará.

Em fevereiro deste ano, a Petrobras concluiu, após cinco meses de trabalho, a perfuração do segundo poço em águas ultraprofundas no Ceará, denominado Canoa Quebrada (1-BRSA-1114-CES), e constatou “indícios de hidrocarbonetos” (petróleo e gás). Segundo a estatal, a descoberta já foi informada à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O volume do petróleo descoberto, contudo, ainda não foi divulgado pela empresa.

Já sobre o primeiro poço em águas profundas perfurado no Ceará, o Pecém (1-BRSA-1080), onde já havia sido confirmada a existência de petróleo, a Petrobras diz que o estágio é de conhecimento de área, “não sendo possível mensurar o volume de hidrocarbonetos encontrado” e garante que o poço ainda não se encontra em produção.

A estatal lembra que a descoberta do Pecém motivou o Plano de Avaliação de Descoberta (PAD), que está pendente de aprovação na ANP. Segundo a assessoria da Petrobras, somente depois que o plano for aprovado e for executado seu plano de trabalho, será possível avaliar os impactos que terá na produção de petróleo do Ceará.

O Poço Pecém foi listado no balanço do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) como uma das maiores ocorridas no País entre janeiro de 2011 e dezembro de 2012.

Licença

Em fevereiro deste ano, a Petrobras obteve do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais) a Licença de Operação para a exploração dos blocos BM-POT-16 e BM-POT-17, a cerca de 41,5 km da costa do município de Icapuí, no Ceará. Os blocos estão localizados na Bacia Potiguar, que inclui os territórios do Ceará e do Rio Grande do Norte.

Ao todo, devem ser explorados cinco novos poços em território cearense nesses dois blocos, sendo o primeiro deles o Ararauna. Os demais poços previstos são denominados como Jandaia, Louro, Tango e Xaxado.

Estratégia

Para reverter o declínio da produção de petróleo no Ceará, que chegou a 57,4% entre 2001 e 2012, além dos novos investimentos, a Petrobras tem aplicado em técnicas para elevar a produção dos poços já existentes.

Na área marítima, a estatal tem adotado o sistema de bombeio centrífugo submerso para levar o petróleo à superfície e o método de injeção de água, que auxilia no aumento do volume do óleo extraído do reservatório. Já na área terrestre, ela utiliza unidades de bombeio (cavalo de pau) e o método de injeção de vapor aquecido nos poços de petróleo. “Como resultado, a média diária de produção realizada até março de 2013 está maior que a média diária realizada em 2012″, observa a estatal.

Plano de Negócios e Gestão

Conforme a Petrobras, no atual Plano de Negócios e Gestão 2013-2017, a companhia pretende investir US$147,5 bilhões na exploração e produção de Petróleo. Sendo US$24,3 bilhões na exploração e US$106,9 bilhões na produção.

A Petrobras destaca ainda que, somente em 2012, foram investidos 21,9 bilhões em produção e exploração de petróleo.

Já em relação à bacia Potiguar, a companhia informou que os investimentos se manterão estáveis nos próximos anos e em níveis similares aos realizados nos últimos anos.

ÂNGELA CAVALCANTE/DHÁFINE MAZZA
REPÓRTERES

Jovem com autismo tem QI maior que Albert Einstein, afirmam especialistas

O jovem de 14 anos tem potencial para conquistar Prêmio Nobel

Jacob-Barnett-child-genius-500x3332

O americano Jacob Barnett foi diagnosticado com autismo aos 2 anos de idade. Na época os médicos afirmaram que o garoto provavelmente não iria aprender a ler ou mesmo amarrar os seus sapatos.

Porém, o garoto hoje com 14 anos, conseguiu muito mais do que isso, Jacob, estuda para obter mestrado em física quântica, e alguns de seus trabalhos já foram aprovados por um professor da Universidade de Princeton, como potenciais vencedores de futuros prêmios Nobel.

Alguns especialistas dizem que o QI (Quociente de Inteligência) do adolescente Jacob Barnetté é superior ao de Albert Einstein. A mãe do adolescente, Kristine Barnett, afirmou que, quando criança, o garoto quase não falava, com isso ela tinha dúvidas sobre a forma de educá-lo.

Aos 4 anos, ele fazia horas de terapia para desenvolver suas habilidades e voltar a falar. Kristine relembra que fora da terapia, o garoto fazia coisas extraordinárias, como mapas no chão da sala, como cotonetes, de lugares onde eles tinham passado. E também, recitava o alfabeto de trás para frente e falava quatro idiomas.

Estrelas e o seu impacto

A mãe de Jacob afirmou que o filho com apenas 4 anos, levou o garoto para passear e depois os dois deitaram para visualizar as estrelas, foi o momento mais impactante para Jacob.

Depois de alguns meses, Jacob mostrou que aquele momento realmente lhe marcou e durante uma visita a um planetário local, um professor fez uma pergunta à plateia relacionada a tamanhos de planetas e às luas. Surpreendendo a todos, Jacob com apenas 4 anos, respondeu a pergunta.

A partir daí, a mãe afirmou ter certeza que seu filho tinha uma inteligência rara. Aos 9 anos, Jacob começou a desenvolver teorias sobre astrofísica.

No livro The Spark, que conta a história de Jacob, sua mãe conta que pediu conselho a um famoso astrofísico do Instituto de Estudos Avançados de Princeton, onde disse a ela que as teorias do seu filho eram originais e além disso, ele afirmou que ele tem grande potencial para um Prêmio Nobel.

Aos 11 anos, Jacob entrou na universidade e faz pesquisadas avançadas em física quântica, até hoje, com 14 anos.

Portal Verdes Mares

Barbalha combate a violência sexual

Crato. Até o próximo dia 17, o Município de Barbalha estará realizando uma extensa programação em prol do combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

BarbalhacvsAssim como acontece em todo o mundo, o Ceará fará uma extensa programação contra a exploração sexual infantil e de adolescentes FOTO: NATINHO RODRIGUES

De acordo com dados do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas), instituição pública que tem como função atender famílias e indivíduos em situação de risco pessoal e social, por violação de direitos, o número de denúncias de sobre este tipo de agressão está crescendo.

Segundo a psicóloga e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Vanessa Carvalho, nos últimos três anos, as ocorrências aumentaram cerca de 20%, com relação à 2009.

Entretanto, Conforme Vanessa, não há evidências se é a multiplicação das ocorrências é mais frequente ou se a participação da população está sendo mais eficaz no sentido de comunicar os casos. Na cidade, o combate à violação dos direitos acontece através de uma parceria entre o Conselho Tutelar, Creas, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Policia Civil e Militar, além da Promotoria de Justiça e Juizado Especializado da Infância e Juventude.

Incidência

Juntos desde 2010, estes órgãos de defesa mobilizam a sociedade para que haja mais denúncias sobre os casos de agressão sexual. Entre os métodos de conscientização estão as palestras, que amplamente discutem o tema, os modos como a violência é configurada e as ações dos órgãos de proteção as vítimas. Atualmente, o bairro de maior incidência de abuso e exploração sexual é o Malvinas. Nas demais localidades, ocorrem casos isolados. Apenas este ano, o Creas está acompanhando dez pessoas que sofreram este tipo de agressão.

Para denunciar os agressores ou qualquer situação de violência envolvendo crianças e adolescentes, hoje existe um telefone disponível 24 horas.

Através do disque 100, a população pode entrar em contato com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos, onde as denúncias são encaminhadas às autoridades do município. Em Barbalha, outro canal de comunicação é o Conselho Tutelar, que acolhe as informações e checa à veracidade dos fatos com rapidez.

Com o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância de denunciar os casos de violação dos direitos, durante a Semana Municipal de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, os órgãos de defesa proteção irão realizar seminários sobre o tema.

Atividades

Nos seis bairros mais populosos de Barbalha haverá atividades de incentivo. Hoje, as ações serão no Distrito do Caldas e Arajara, onde os profissionais da assistência social pretendem reunir aproximadamente 200 pessoas, entre estudantes, pais e responsáveis. Já na próxima quarta-feira, os bairros Cirolândia e Rosário serão abordados. Na quinta-feira, a proposta será divulgada nas Malvinas e Estrela. Já o encerramento acontecerá com uma caminhada e apitaço peles ruas do Centro da cidade.

No cenário do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, o Creas acredita que o nível de escolaridade e a conservação do machismo regional podem ser fatores indicadores ou preponderantes do aumento do número de ocorrências.

Renda

No bairro das Malvinas, onde mais acontece este tipo de violência, residem ex-operários de engenhos e pessoas com renda inferior a um salário mínimo. Muitas famílias sobrevivem apenas com o auxílio de programas sociais, como o Bolsa Família.

O local ainda abriga várias pessoas que migram de outros Estados em busca de melhores condições de vida. Segundo Vanessa, os casos só irão diminuir quando houver mais denúncias. “A população precisa denunciar. Quanto mais a violência é escondida maior é o sofrimento das crianças. Se as pessoas deixarem de registrar os casos, o abuso permanecerá”, revela. A expectativa dos organizadores do evento no Cariri é mobilizar um grande número de pessoas, no próxima dia 17, quando se celebra a data em todo o mundo.

Mais informações

Centro de Referência Especializada da Assistência Social (Creas)
Endereço: Rua L, Nº 90
Cirolândia-Barbalha
Telefone (88) 3532-5020

YACANÃ NEPONUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Parlamentares são ‘padrinhos’ de 58% dos convênios assinados com a União

ConviniosMais da metade dos convênios assinados pelo governo Dilma Rousseff têm um “padrinho” no Congresso – um deputado ou senador que, com emendas ao Orçamento da União, repassa dinheiro para prefeituras, órgãos estaduais e entidades privadas.

Levantamento inédito feito pelo Estadão Dados mostra que, dos 20,9 mil convênios assinados desde 2011, 12,1 mil (58%) são vinculados a emendas que parlamentares fizeram ao Orçamento. Essas emendas destinaram R$ 5,4 bilhões para as bases eleitorais de deputados e senadores, dos quais R$ 1,38 bilhão já foi desembolsado. É por meio de convênios que a União faz repasses (transferências voluntárias) a obras e programas sociais em Estados e municípios. O parlamentar faz a emenda a uma obra ou programa. Para concretizá-los, o governo faz convênios. O parlamentar também pode fazer emenda para obra federal. Neste caso, não gera um convênio. Além dos convênios, há também os repasses obrigatórios de parte da receita de impostos.

O rateio dos convênios por partido mostra que os governistas PMDB, PT, PP e PR foram, nesta ordem, os principais beneficiados pelas verbas que já chegaram ao destino final. Mas o ranking muda quando se considera o valor pago por parlamentar. Nesse caso, o PT cai para o sétimo lugar, enquanto o PP assume a ponta, seguido por PR, PTB, PC do B, PMN e PMDB.

A distribuição per capita dos recursos indica que o governo privilegia aliados, mas não os totalmente fiéis. Bancadas como as do PP, PR e PTB raramente votam unidas e, às vezes, se unem à oposição para pressionar o governo a liberar recursos.

Os petistas, que na maioria votam com Dilma por compromisso partidário, recebem menos benesses que outros aliados, mas estão à frente da oposição no ranking dos convênios. Enquanto cada parlamentar do PT conseguiu, em média, enviar R$ 1,6 milhão para suas bases desde 2011, o desembolso para integrantes do DEM e PSDB ficou, respectivamente, em R$ 1,3 milhão e R$ 1 milhão.

O Basômetro, ferramenta do Estadão Dados que mede o índice de governismo, indica que petistas, na média, se alinham ao governo em 97% das votações na Câmara. Os índices do PP, do PR e do PTB são, respectivamente, de 88%, 78% e 84%.

O viés partidário na distribuição das verbas fica mais evidente quando se examina a liberação por ministério. O PMDB tem 16% dos congressistas, mas conseguiu liberar 36% dos recursos para convênios do Ministério da Agricultura, órgão que controla desde o governo Lula.

O PP, que tem apenas 6% dos deputados e senadores, ficou com a maior parcela (13%) das verbas de convênios do Ministério das Cidades, que comanda.

O ministério que mais liberou recursos para convênios vinculados a emendas é o da Saúde, controlado pelo PT. O partido está em primeiro no ranking de verbas, mas não se observa desproporção entre o peso do partido (16% dos parlamentares) e o montante liberado (15%). É também no Ministério da Saúde que a oposição se sai melhor: juntos, PSDB e DEM liberaram 23% das verbas para convênios, apesar de os partidos concentrarem apenas 19% dos parlamentares.

Nem toda emenda parlamentar se transforma em convênios, mas essa modalidade é a mais usada para levar recursos às bases eleitorais. No total, 21 pastas realizaram convênios vinculados a emendas desde 2011. O Siconv, cadastro de convênios da União, não identifica autores das emendas que alimentam cada repasse. Para identificar os “padrinhos” e partidos, o Estado cruzou a base de convênios com a da execução orçamentária de 2011, 2012 e 2013.

Daniel Bramatti, Diego Rabatone – O Estado de S.Paulo

ÚLTIMA HORA


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -