Suposto desaparecimento de peças é investigado pela Polícia

Memorial sobre o “Padim” recebe milhares de visitantes todos os anos

fotos: roberto crispim
PecasmuseuljnJuazeiro do Norte. A polícia Civil deste município já deu início às investigações em torno do possível desaparecimento de peças do acervo do Memorial Padre Cícero, formado por relíquias do patrono da cidade, a partir de doações realizadas por contemporâneos do sacerdote. Na última sexta-feira, uma equipe formada por seis policiais esteve no Memorial para, ao lado do atual presidente da Fundação Memorial Padre Cícero, Antônio Chessman Alencar Ribeiro, conferir se o material relacionado nem um levantamento datado de setembro de 2012, único encontrado até agora, estão todos expostas no equipamento.

Na semana passada, a Polícia também começou a ouvir testemunhas em relação ao caso. A reportagem apurou que o presidente da Fundação Memorial Padre Cícero, Chessman Ribeiro, prestou depoimento no dia 21 de julho, momento em que voltou a afirmar que desconhece o desaparecimento de peças do acervo e que, caso haja veracidade na denúncia feita por populares que frequentam o equipamento, as peças teriam sido retiradas anteriormente a sua gestão, em 2013. A denúncia também foi feita pela própria Secretaria de Cultura e Romaria do município (Secron), ao Ministério Público do Ceará.

“O que eu disse, e repito onde for necessário, é que durante a nossa gestão não saiu uma única peça do Memorial Padre Cícero. Também não posso afirmar que houve a retirada de nenhum material que compõe o acervo durante outras administrações. Não há documentos que comprovem quais peças formavam o acervo em anos passados. O único levantamento existente é o que foi verificado pela Polícia na última sexta-feira, datado do mês de setembro de 2012. Antes desta data não há qualquer registro”, informou Chessman Ribeiro, presidente da Fundação.

Biblioteca

O presidente da Fundação padre Cícero, no entanto, confirmou a falta de, pelo menos, 65 livros da biblioteca do Memorial. De maneira diferente da que vinha sendo informada, os livros não fazem parte da coleção de obras pertencentes ao próprio Padre Cícero. “Na verdade, são livros de historiadores e pesquisadores. A maioria, por sinal, retratam a ocasião do cangaço e a figura de Lampião”, disse o presidente. Conforme a bibliotecária do Memorial Padre Cícero, Graciane Batista, existe dificuldades em confirmar o acervo literário do local, tendo em vista que as obras deixaram de ser catalogadas durante cerca de dois anos.

“Antes de assumirmos a função, o único tombamento existente no equipamento era referente ao período de 2007 a 2010. Só houve a retomada do tombamento a partir de janeiro de 2013. Antes desse período, não há registro algum de jornais, fotografias, revistas, cordéis, apenas livros. Isso prejudica o levantamento que está sendo realizado”, explicou a funcionária do equipamento. Há, ainda, cartas redigidas de próprio punho por Padre Cícero que teriam sido jogadas no lixo por funcionários do local. Ao todo, seriam cerca de 300 correspondências.

Restauração

“Não há, em todo o Cariri, a prática de realizar restaurações em peças antigas. Segundo relatos de funcionários mais antigos, muita coisa foi jogada fora. No próprio Museu de Padre Cícero existem materiais que foram parar no lixo por conta dessa cultura equivocada”, comentou Chessman Ribeiro.

Na avaliação do presidente da Fundação, as investigações realizadas pela Polícia poderão ser prejudicadas pela falta de documentos que comprovem o acervo existente no Memorial antes do período relativo ao único levantamento até agora apresentado, no caso o que data de setembro de 2012. “Na minha análise, a única maneira de se comprovar a falta de peças do acervo do Memorial é através da verificação do tombamento destas peças. O problema é que este documento não existe. É preciso que os ex-dirigentes do equipamento possam apresentar, caso possuam, os levantamentos em torno dos materiais aqui existentes na ocasião em que administravam o Memorial”, observou.

Embora a conferência realizada pelos policiais civis na última sexta-feira tenha constatado que as peças descritas no levantamento feito no mês de setembro de 2012 se encontram no Memorial, a secretária de Cultura e Romaria de Juazeiro do Norte, Marli Bezerra, afirma existir um certo “vazio” no interior do equipamento, resultante da ausência de peças que compunham o acervo. “Não há como eu dizer qual a peça que está faltando. Essa afirmação não é feita apenas pela secretaria. A maioria das pessoas que frequentam o memorial nos últimos dez anos também afirma que o acervo está diminuindo”, afirma a Secretária, para quem o desaparecimento de peças teria gerado uma redução no número de visitantes ao Memorial.

Mais informações:

Secretaria de Cultura e Romaria de Juazeiro do Norte Memorial Padre Cícero, 1º andar.
Telefone (88) 3512-3380
Praça do Cinquentenário – Centro

Roberto Crispim
Colaborador

Vendedores de Juazeiro do Norte morrem em acidente no Piauí

 

 
ACIDENTE
As vítimas seguiam para o estado do Maranhão. (Foto: Valença Online)
Dois vendedores de confecções de Juazeiro do Norte morreram nesta tarde de quinta-feira (22), após acidente na Rodovia PI-237, próximo à cidade de Aroazes, no Piauí. As vítimas foram identificadas como sendo Rômulo e José Nilton. O motorista Edjonas Feliciano da Silva, 39; que sofre ferimentos leves.
Segundo Edjonas, ele e os colegas seguiam para o estado do Maranhão, quando percebeu que um dos pneus do lado do motorista tinha estourado e logo o carro se desgovernou indo para o acostamento, capotando por diversas vezes. Os corpos devem chegar a Juazeiro do Norte nesta sexta-feira (25).
(Com informações: valença online – bllogdogeso.blogspot.com)

Eunício diz em Santana do Cariri que população não é ouvida por atual governo

 

EuniciosantanaPara o candidato do PMDB ao governo do Ceará, Eunício Oliveira, a população é esquecida pela atual administração quanto a critérios adotados em obras polêmicas. “Meu governo será pautado na construção de um Ceará verdadeiramente de todos”, afirmou Eunício, nesta sexta-feira, durante discurso na praça central de Santana do Cariri.

A prefeita do município, Daniela Machado, em sua fala, pediu a Eunício, como governador, a construção da barragem de Anjinhos, que atenderá 3 mil famílias. Eunício confirmou que, se eleito, resolverá a demanda, antigo reclame da população.

o povo

 

Sesc realiza 4ª edição da Mostra de Teatro de Rua

Sesc
Com o objetivo de preservar e incentivar as manifestações populares de rua, o Sesc realiza, de 28 a 31/7, a 4ª edição da Mostra de Teatro de Rua em municípios e distritos da região leste do Cariri. Durante os quatro dias, praças e ruas serão transformadas em lugares de expressão e divulgação das artes cênicas. A programação é gratuita.

O projeto envolve atores, diretores, técnicos e cenógrafos. A programação acontece com apresentações de grupos cearenses em oito cidades da região. Este ano serão contempladas as cidades de Porteiras, Jardim, Missão Velha, Jatí, Brejo Santo, Caririaçu, Mauriti e Milagres.
Programação
IV Mostra de Teatro de Rua
28/7
Porteiras
9h – Principal Mercado Livre da Cidade
Jardim
19h – Praça Nossa Senhora das Dores
29/7
Missão Velha
Horário e local a confirmar
Brejo Santo
19h – Cine Teatro
30/7
Jatí
9h – Principal Mercado Livre da Cidade
Caririaçu
17h – Praça da Matriz
31/7
Mauriti
9h – Principal Mercado Livre da Cidade
Milagres
19h – Praça da Cidade
Programação sujeita a alterações.
SERVIÇO
Período: 28 a 31/7
Informações: (88) 3512.3355/ 3587.1065
:::Gratuito:::
*Entidade mantida pelos empresários do comércio.
Facebook: /sescceara
Twitter: @sesc_ce

Shopping promove Feira do Livro Infantil

 

FeiralivroAlém dos preços populares e do vasto acervo bibliográfico, os participantes da feira também terão acesso a uma programação infantil

FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Juazeiro do Norte. Até o próximo dia 3, frequentadores do maior centro de compras deste município poderão contemplar uma grande variedade de livros, entre obras já conhecidas do público e novos lançamentos, através da Feira do Livro Infantil, que acontece na Praça de Eventos do Cariri Garden Shopping. A feira é realizada anualmente pela LereBrinque, empresa especializada no mercado de livros e brinquedos educativos, com o apoio do empreendimento empresarial.

Além dos preços populares e do vasto acervo bibliográfico, os participantes da feira também terão acesso a uma programação infantil, iniciada no último dia 5, das 17 às 19 horas. As atividades são efetivas durante os finais de semana e para amanhã, estão previstas recreações com palhaços para a criançada, das 17 às 19horas.

A programação com as brincadeiras será encerrada no dia 2 de agosto, com os contadores de histórias, a partir das 17h. A feira está aberta à visitação do público, de forma gratuita.

Estímulo

O gerente de marketing do Cariri Garden Shopping, Eduardo Duffles, destacou o sucesso de público do ano passado, registrado durante a feira do livro, avaliando o evento como importante para o estímulo das crianças à leitura. “É muito importante podermos ter um evento desse porte, que possibilita a criança entrar no universo da leitura, com atrativos interessantes, e assim ter o gosto e encantamento pela leitura”, afirmou.

Ações desta natureza acontecem no centro de compras desde o ano de 2013. O Cariri Garden Shopping, numa nova política de apoio às potencialidades culturais da região, tem trabalhado constantemente os aspectos da propagação da cultura e da arte regional do Cariri, desde temas de grande amplitude, como o patrono de Juazeiro do Norte, Padre Cícero, às personagens de destaque e equipamentos existentes em municípios de menor porte, como é o caso do Museu de Paleontologia e da menina Benigna Cardoso, em Santana do Cariri, por exemplo.

“Além deste nosso interesse em propiciar a participação das nossas crianças e dos nossos jovens no mundo da leitura, nós também temos buscado valorizar o patrimônio artístico e cultural do Cariri por entendermos ser extremamente necessário levar à população da região um maior volume de atividades culturais e de entretenimento, objetivando, também, a aproximação das pessoas através da apresentação e discussão de suas próprias potencialidades”, frisou o gerente de marketing do empreendimento, Eduardo Duffles. O celeiro cultural do Cariri também recebe apoio do Cariri Garden Shopping, através do projeto Terça Cultural, desenvolvido a partir de abril do ano passado, oferecendo aos frequentadores do shopping uma oportunidade de lazer diferenciada.

Estratégico

Acompanhado por familiares ou por amigos, o visitante confere as atrações artísticas na Praça de Alimentação do centro comercial. Os espetáculos variam entre shows de música a shows de humor. O local das apresentações é estratégico e oferece aos clientes do empreendimento, além de diversão, promoções diferenciadas e ótimas opções de alimentação, em 18 diferentes restaurantes.

No mês passado, o empreendimento lançou uma nova programação, denominada de #QuintaMusical, onde há apresentações de artistas da região com estilos musicais diferentes. Além de boa música, o programa também oferece a oportunidade de um happy hour com segurança, comodidade e diversas opções.

Entretenimento

Conforme Duffles, todas as ações desenvolvidas possuem uma única finalidade: propiciar ao público do Cariri Garden Shopping um local onde se possa realizar boas compras e, ao mesmo tempo, diversão e entretenimento. “Somos um centro de compras, lazer, entretenimento e serviços, que oferece atrações para todas as idades e todos os gostos. Além de focarmos a questão cultural da região, também assumimos a função de propiciar atrações que a região carece. Eventos que sejam inéditos para todos, como pista de kart, pista de patinação, chegada do Papai Noel e exposições diferenciadas. Hoje temos um fluxo em média de 19 mil pessoas por dia usufruindo daquilo que dispomos. Esse número chega a atingir, em alguns momentos, até 30 mil pessoas durante os finais de semana”, revela o gerente de marketing.

Ele informa, ainda, que o empreendimento se prepara para lançar, na próxima semana, a campanha do Dia dos Pais, que contará com a realização da exposição “A História do Automobilismo”, no período de 28 de julho a 20 de agosto. A expectativa de crescimento nas vendas durante o período é de 18%.

Mais informações:
Cariri Garden Shopping
Av. Padre Cícero, 2555
Telefone (88) 2101-5444
Triângulo
Juazeiro do Norte

Roberto Crispim
Colaborador

Diario do Nordeste – Regional

Justiça condena Mercadinho São Luiz do Crato no caso do sushi e sashimi estragados

 

 
Saoluiz
Em 2012, clientes foram intoxicados após comer sushi estragados na lanchonete do São Luiz do Crato
O Super Mercadinhos São Luiz foi condenao a pagar R$ 5 mil para enfermeira que sofreu intoxicação alimentar, após consumir alimento vendido pelo estabelecimento, localizado no Crato.  A decisão é da 1ª Turma Recursal do Fórum Professor Dolor Barreira.
Segundo os autos, no dia 23 de abril de 2012, por volta das 19h, a cliente comprou porções de sushi na lanchonete do supermercado para comer com as duas filhas menores. No dia seguinte, elas começaram a sentir dores abdominais, calafrios, náuseas, vômito, diarreia, e se dirigiram ao hospital. A enfermeira e a filha mais velha foram liberadas para continuar o tratamento em casa. A mais nova, no entanto, continuou hospitalizada até o dia 26.
Sentindo-se prejudicada, a consumidora ingressou com ação na Justiça requerendo indenização por danos morais. Alegou que, no mesmo período, vários casos semelhantes ocorreram com pessoas que também consumiram sushi e sashimi no estabelecimento. Muitas encontravam-se sob os cuidados médicos ou internadas com sintomas de intoxicação alimentar.
Na defesa, a empresa alegou que a cliente não demostrou o nexo de causalidade e a existência real de ação ou omissão ilícita que causasse dano moral. Pleitou a improcedência do pedido. No dia 10 de outubro de 2013, o juiz Ângelo Bianco Vettorazzi, do Juizado Especial Cível e Criminal do Crato, condenou a empresa ao pagamento de R$ 5 mil de danos morais. “Resta demonstrado que a autora e suas filhas consumiram nas dependências da lanchonete da promovida alimentos contaminados, o que ocasionou intoxicação alimentar”, disse.
Objetivando a reforma da sentença, a empresa interpôs recurso (nº 036.2012.929.102-1) no Fórum Dolor Barreira. Defendeu que não concorreu para a configuração do suposto dano. Sustentou que não há nos autos qualquer comprovação dos alegados danos morais experimentados.
Ao julgar o caso, a 1ª Turma Recursal manteve a sentença do Juizado, acompanhando o voto do relator, juiz Epitacio Quezado Cruz Junior. “Tendo em vista a vasta documentação acostada aos autos, resta comprovado as alegações da recorrida [cliente], bem como as consequências danosas à sua saúde e de suas filhas pelo fato de terem consumido alimentos contaminados, os quais foram comercializados pela recorrente [empresa]”.
O magistrado considerou ainda que  o valor da indenização não merece redução, pois está de acordo com os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade.

Juazeiro do Norte festeja 103 anos com fé e tradição

JuazeiroJuazeiro do Norte. O município que se tornou referência para o desenvolvimento regional completa hoje 103 anos. As comemorações de aniversário de Juazeiro do Norte foram iniciadas no último dia 18. As festividades foram abertas com missa em ação de graças, na Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores. Foram realizadas competições, inaugurações municipais, exposições e missa dos 80 anos do Padre Cícero, no último dia 20, às 6 horas, com mais de 20 mil romeiros na praça do Socorro. O sacerdote é o maior benfeitor e fundador da terra que passou a ser ‘Capital da Fé’, reconhecida por decreto estadual, por sua grande tradição de romarias, principalmente em louvor ao padre que se tornou um dos maiores fenômenos da fé popular do Brasil.

A programação oficial das comemorações do aniversário da cidade segue durante o dia de hoje, com a alvorada festiva, Corrida Padre Cícero, hasteamento das bandeiras, na Praça Dirceu de Figueiredo, inaugurações e almoço no Restaurante Popular aberto ao público.

Juazeiro tem se destacado pelas fanfarras, que se apresentam a partir das 16 horas, durante festival, atraindo grande público. A via de acesso ao Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, a Avenida Virgílio Távora com a Avenida Manoel Coelho, é inaugurada. Além disso, será apresentada a peça de Teatro ‘A Serva’, na Praça Padre Cícero, e um show de encerramento com o cantor Amado Batista, com show pirotécnico, no Parque de Eventos.

Juazeiro se traduz diante de um reflexo histórico que é o seu maior sustentáculo. A oração e o trabalho incentivados pelo Padre Cícero e apregoados pelos seus seguidores estão mais atuais do que nunca. Tornou-se um dos municípios de médio porte do Brasil de maior progresso, principalmente no âmbito do comércio popular. A cada ano, atrai cerca de 2 milhões de visitantes, principalmente em função das grandes romarias ao Padre Cícero e nas festas religiosas em louvor à Nossa Senhora das Dores e à ‘Mãe das Candeias’.

O Município se divide entre o velho e o novo. Os prédios tomam formas verticalizadas. As edificações são constantemente renovadas, diante do crescimento dinâmico. A maior parte dessa história se encontra mesmo nos raros registros fotográficos e acervos de pesquisadores. A independência de Juazeiro veio principalmente por meio da luta e da liderança que Padre Cícero e o médico Floro Bartolomeu exerciam sobre o Município. A localidade se tornou dos fortes pontos comerciais da região do Cariri. Fica fortalecida diante da pujança que começava a ter e das lideranças que lutavam por um caminho próprio.

Reconhecimento

A acolhida daqueles que sabiam desenvolver os seus ofícios deu impulso às múltiplas linguagens da arte e diversidade de saberes. O artesanato hoje é reconhecido no sul do País e em várias partes do Mundo, principalmente da Europa. São frequentes as exposições de trabalhos de artistas juazeirenses em outras cidades para além do Cariri.

O crescimento do turismo e das romarias em Juazeiro do Norte é constante. Em 1889 nasce um dos momentos mais controversos da religiosidade popular do Brasil. Até hoje o mistério ronda o Juazeiro. O sangramento da hóstia ofertada pelo Padre Cícero na boca da beata Maria de Araújo deu início ao processo das romarias. A notícia correu o Nordeste. O sacerdote querido passa a ser o padre do ‘milagre’. A cidade, o palco da fé. Uma meca, que avança e se redescobre na fé e no trabalho, tão apregoados pelo ‘padre dos romeiros’

Elizângela Santos
Repórter

Ensino superior atrai e muda a rotina da cidade

 

CA918WLBA presença massiva de estudantes para as mais diversas especialidades do conhecimento tem mudado a rotina do município. Estrutura com laboratórios avançados ajudam na qualificação

FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS
Juazeiro do Norte. Acostumado com a movimentação de milhares de fiéis, que se deslocam de diversas regiões do Nordeste brasileiro para reverenciar, orar e agradecer pelas graças alcançadas por intermédio de Padre Cícero e da Mãe das Dores, em épocas de romarias, este município vive, nas últimas três décadas, uma verdadeira propagação do conhecimento cientifico e superior, por meio dos cerca de 60 cursos oferecidos pelos estabelecimentos públicos e privados instalados em Juazeiro do Norte.

Tamanha oportunidade de expansão do conhecimento tem atraído milhares de jovens ao Município. A estimativa atual é de que, pelo menos, 25 mil estudantes estejam inseridos em uma das oito instituições de ensino superior presentes na cidade, sendo três universidades e cinco faculdades.

A maioria dos alunos chega de municípios da região do Cariri, mas há, também, número considerável de jovens que migram de outros Estados, como Pernambuco, Paraíba, Piauí e Bahia, por exemplo, buscando a oportunidade do aprendizado em nível superior e científico com o objetivo de também alcançar melhores condições na disputa existente no competitivo mercado de trabalho.

Cotidiano

A presença dos estudantes em Juazeiro do Norte gera, também, diferente nuances ao próprio cotidiano local. Os estudantes criam grupos de forma espontânea e modificações começam a ser percebidas no dia a dia do Município. O cenário, até então acostumado com outras nuances, passa a ser formado por alunos trajando vestimentas brancas, carregando pastas e livros nas mãos, ou em mochilas penduradas nas costas que aparentam possuir peso maior do que o suportável. Quando de uma folga nas aulas, costumam unir os grupos em espaços próximos aos centros de estudos. Em bares e restaurantes da cidade, consomem de maneira expressiva, garantindo bom faturamento aos empreendimentos do setor gastronômico local.

Tais mudanças passaram a acontecer a partir do advento de criação da Universidade Regional do Cariri (Urca), em 1996. Antes de sua criação havia apenas, cursos de licenciatura, Direito e Filosofia no Cariri. Hoje, a instituição é responsável pela realização de dezenas de pesquisas nas áreas de botânica e cultura. Atualmente, cerca de 130 mil ações de extensão tecnológica e cultural são produzidas pela universidade.

Atuação

Desde que foi criada, a Urca já formou cerca de 25 mil alunos. “Temos o privilégio de afirmar que nos municípios onde há atuação da universidade não existe um professor que não tenha sido aluno dessa instituição”, comemora a reitora da instituição, professora Otonite Cortez.

Há menos de um ano, foram aprovados dois novos cursos de mestrado, dentre eles o de enfermagem. A conquista é alvo de muita comemoração na universidade pelo fato de ser o primeiro curso de mestrado acadêmico em enfermagem realizado no interior do Ceará. A instituição é pioneira, ainda, na realização do curso de mestrado em Bioprospecção molecular.

O curso é o único realizado gratuitamente em todo o interior nordestino. “A Urca é pioneira em todo o Ceará. Após a incorporação dos cursos ministrados pela Universidade Estadual do Ceará, e ainda do curso de Filosofia, a instituição iniciou um processo cujo resultado não é apenas a formação acadêmica dos nossos alunos. Nossa oferta é a apresentação do potencial que cada um dos nossos alunos possui e que, após a conclusão de suas graduações, passa a estar disponível para o município de Juazeiro do Norte, à região e ao mundo”, ressalta a reitora.

As instituições privadas presentes no município, num total de cinco, também garantem a qualidade do ensino por meio de modernos e amplos campi onde são ministrados cursos de graduação em Medicina, Biomedicina, Fisioterapia, Odontologia, Enfermagem, Direito, Psicologia, Ciências Contábeis, Administração e Informática.

Medicina

Destaque entre as instituições privadas instaladas em Juazeiro do Norte, a Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte (FMJ) apresenta estrutura moderna, corpo docente qualificado e conforto ambiental nos locais de estudo e trabalho. A faculdade dispõe de mais de dez laboratórios climatizados, biblioteca totalmente informatizada, atividades práticas ministradas na Atenção Básica do Município em postos de saúde do programa Saúde da Família, Centro Acadêmico, auditório com capacidade para 300 lugares, serviços de reprografia, refeitório, área de lazer e muito mais. É um dos vestibulares mais disputados no Cariri.

Juazeiro do Norte conta, ainda com a Universidade Federal do Cariri (UFCA), onde são oferecidos cursos nas áreas de Engenharia Civil, Filosofia, Biblioteconomia, Administração de Empresa, Comunicação Social (Jornalismo), Designe de Produtos, Educação Musical, Engenharia de Materiais e Agronomia.

A instituição absorveu os cursos que eram oferecidos pelo campus da UFC. Desta forma, além de Juazeiro do Norte, há ampliação da oferta de cursos de graduação na região e perspectivas da abertura de novos campi nos municípios de Brejo Santo e Icó, somados aos já existentes em Barbalha e Crato.

Mais informações:

Universidade Regional do Cariri
Telefone (88) 3102 – 1125
Universidade Federal do Cariri
Telefone (88) 3312-5000
Cariri – Ceará

Roberto Crispim
Colaborador

Casarões tentam resistir ao moderno

Ruasapedo1970A Rua São Pedro na década de 70, a principal via do comércio da cidade e uma das mais movimentadas do Interior

FOTO: REPRODUÇÃO/ ACERVO DANIEL WALKER
Juazeiro do Norte. Com 103 anos, Juazeiro é um lugar em que as construções são da ordem do dia e o passado arquitetônico, para se manter na memória enfrenta o desafio em meio às novas edificações. Muitos prédios um dia antigos dão lugar a novas casas de comércio, prédios comerciais e residenciais, em locais onde a especulação imobiliária é altíssima, chegando a valores por metro quadrado equivalente a muitas capitais do Brasil.

Os velhos casarões e sobrados que marcaram as primeiras edificações do Município praticamente não existem mais. Mesmo nas fotografias, alguns dos locais onde estavam prédios referenciais da cidade hoje sequer são identificados.

Essa á realidade de uma cidade dinâmica que tem procurado se adequar a uma realidade de crescimento constante. Os primeiros moradores que chegavam ao Juazeiro do Norte não tinham uma preocupação com a memória da cidade, principalmente quando se fala em edificações. Há áreas transformadas várias vezes nesses pouco mais de cem anos.

Esse pouco valor afetivo pelas formas em concreto é demonstrado pelo que resta. A área mais antiga de Juazeiro está basicamente numa das partes do centro da cidade. No entorno do local onde foi construída a capelinha de Nossa Senhora das Dores, hoje a Basílica Menor, foram realizadas as primeiras construções da cidade. A artista plástica Assunção Gonçalves, falecida em maio do ano passado, foi contemporânea do Padre Cícero. Por meio da memória da avó, pode resgatar os primeiros passos de Juazeiro por meio da pintura. Vieram à lembrança as edificações da vila, resultado de informações repassadas por quem vivenciou o nascimento de Juazeiro. Ela não gostava muito de lembrar de uma cidade que parecia não existir mais. E viu-a tomar novas feições. Juazeiro do Norte passou a tomar proporções inimagináveis para os antigos moradores.

Dinâmica

O escritor Daniel Walker lembra de uma frase do Monsenhor Murilo de Sá Barreto, em que ele dizia que Juazeiro é de pouca geografia e muita história. A dinâmica de mudanças carece de adequação do desenvolvimento ao lugar. Ao repassar as paisagens antigas da velha Juazeiro, quase nada resta como lembrança. A memória foi apagada em nome do crescimento contínuo. E esse desenvolvimento passou a ter impulso, principalmente, após o milagre de 1889, com o sangramento da hóstia ofertada pelo Padre Cícero à beata Maria Araújo.

A movimentação aumentou, a polêmica se espalhou e todos queriam conhecer o padre santo, que acolhia quem chegava.

O processo de ocupação de Juazeiro do Norte ocorreu de forma rápida e consequentemente a transformação do espaço geográfico. A cidade contempla atualmente cerca de 250 mil habitantes. Talvez essa realidade elucidasse um pouco a falta de apego ao patrimônio construído. Em constante mutação, se tornou comum a derrubada de prédios para o estabelecimento de casas comerciais.

Em poucas ruas podem ser encontrados prédios que liguem o presente ao passado. Na São José, por exemplo, no centro da cidade, pode ser visto o Museu Padre Cícero, local onde o sacerdote passou seus dois últimos anos de vida. Hoje, abriga parte dos seus pertences. Logo abaixo, na mesma rua, um velho prédio onde hoje funciona um abrigo para idosos.

Resistência

Na Rua Padre Cícero, outra casa intacta é a da artista plástica, Assunção Gonçalves. O pesquisador Daniel Walker também lembra da oportunidade que se teve de tombamento da Capela do Socorro, junto com a Casa dos Milagres. Um conjunto que era visto como patrimônio foi descaracterizado. Isso interrompeu o processo de reconhecimento da área, com a inclusão de uma torre com relógio à frente da capela. Ao longo dos anos, foram várias construções em volta de uma área antes descampada.

Nas proximidades foi construída a Praça do Cinquentenário. O marco das cinco décadas de Juazeiro teve seu espaço comprimido por uma escola e o Memorial Padre Cícero. E as reformas continuam no espaço.

Agora com o projeto de requalificação de áreas da cidade, nova sinalização e iluminação nas vias. Na rua Padre Cícero, alguns sobrados hoje dão lugar a estacionamentos. Uma das casas mais antigas fora demolida a bem pouco tempo, entre as ruas Alencar Peixoto e a Padre Cícero. O cinema Eldorado já não tem tela, os 1.200 assentos foram arrancados em 2011, depois de 15 anos desativado, para dar lugar aos carros e como os outros cinemas, que poucos sabem que existiram em Juazeiro, ficaram no esquecimento.

A cidade de formação arquitetônica eclética, como descreve o arquiteto Jorge Mauro, que já projetou diversos prédios públicos na cidade, hoje tem um dos metros quadrados mais valorizados do Estado do Ceará. Por conta da quantidade de investimentos comerciais e na área da construção civil, além da quantidade de universidades instaladas em apenas uma década.

Pousadas

De um lado, uma cidade mais antiga, onde se encontra a maior parte das acomodações para os romeiros, o comércio e as grandes igrejas. São os ranchos e pousadas, mais próximos dos templos católicos e dos pontos de visitação romeira. Esses ficam no centro, São Miguel e Socorro, em sua maioria, que são bairros mais próximos do Centro. Do outro lado, uma área que em poucos anos ganhou novos bairros, prédios luxuosos, como a Lagoa Seca, estendendo-se para a Cidade Universitária. Falta memória arquitetônica em Juazeiro, de modo a permitir a história contada por suas paredes.

FIQUE POR DENTRO

De Tabuleiro Grande a Juazeiro

Quando ainda era uma vila pertencente ao Crato, Juazeiro chamava-se Tabuleiro Grande, um aglomerado de casas de taipa e algumas de tijolos convergindo para uma capela dedicada à Nossa Senhora das Dores. A vila era entreposto e ponto de apoio para aqueles que iam para o Crato. A arquitetura antiga de Juazeiro ainda conta com a antiga Estação Ferroviária, localizada na Praça dos Ourives; a Coluna da Hora, destaque central da Praça Padre Cícero; o casarão da Família Bezerra de Menezes, e dois casarões pertencentes ao Padre Cícero.

Mais informações:

Delegacia regional do Creci, em Juazeiro
Rua José Marrocos, 31, Centro
Telefones: em Crato, (88)3521. 2283 e Juazeiro – 3512 1370.

Elizângela Santos
Repórter

Fábrica-escola de cana em Barbalha fomenta produção

FabricaescolabarbalhaA Região do Cariri foi grande produtora de cana-de-açúcar desde o início do século XIX e atualmente busca restabelecer a cultura da cana

Foto: Elizângela Santos
Barbalha. Uma miniusina de cana-de-açúcar destinada a ensinar e fortalecer o potencial do setor canavieiro na região. Com essa finalidade, foi inaugurada a Fábrica-escola de Cana-de-açúcar do Cariri, em Barbalha, com todos os requisitos para o processamento da cana. A entrega do equipamento ocorreu no último sábado (19).

Para o funcionamento da fábrica, foi assinado pacto de cooperação entre a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), o Instituto Centec, Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE), Instituto Agropolos do Ceará e Prefeitura Municipal de Barbalha. A cooperação tem como objeto colocar em funcionamento e operacionalização a fábrica- escola de cana.

Cada instituição exercerá papéis distintos em prol da administração da empresa, desde adequação da estrutura, manutenção de equipamentos, realização de cursos, contratação de pessoal, entre outras tarefas.

O secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado, Nelson Martins, destacou a importância do empreendimento e disse que há grande potencial a ser explorado na região, principalmente após a efetivação do Cinturão das Águas.

Ele ainda destacou que a busca de novos empreendedores do setor está sendo viabilizada pela Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece).

Segundo o secretário de Agricultura de Barbalha, Elismar Vasconcelos, a fábrica-escola, que recebeu o nome de Mestre Pedro, paraibano que se estabeleceu no Cariri como o maior especialista em maquinários do segmento, além de poeta, irá funcionar com a participação de uma associação que será definida esta semana.

A inauguração contou com a presença de prefeitos e secretários de municípios vizinhos, com grande potencial de produção de cana na região, a exemplo de Missão Velha.

Além do espaço para a formação dos novos técnicos, por meio do Centec, também estará disponível no local uma loja para atender turistas. Como nos moldes antigos, o visitante poderá contemplar a forma como era armazenada a cachaça, por exemplo, nos barris situados em salas feitas com paredões de pedra. Os equipamentos, segundo o técnico Hilton Cruz, do Centec oferecem segurança aos operadores. Ele explica que, caso haja algum acidente, a caldeira implode, não pondo em risco a vida dos trabalhadores.

Nelson Martins destaca a importância do equipamento para estimular o conhecimento. “Esse é um local para que os estudantes possam conhecer como se dá a fabricação da cachaça, rapadura, álcool e açúcar”, diz.

Cisternas

Durante a solenidade foram assinadas ordens de serviço para a construção de cisternas de enxurrada e estabelecer os quintais produtivos, numa parceria entre o governo do Estado, a Associação Cristã de Base e o Instituto Flor de Pequi. Serão 511 destinadas aos municípios de Brejo Santo, Milagres, Mauriti e Barro, com a ACB. Mais 12 Municípios serão beneficiados com a parceria do Estado com o Instituto, com 1208 cisternas.

Elizângela Santos
Colaboradora

ExpoCrato encerra com público superior a 450 mil pessoas

Expocrato20146 mil animais, entre bovinos, caprinos e ovinos foram negociados o evento

Foto: Elizângela Santos

Crato. A edição deste ano da Exposição Centro-Nordestina de Animais e Produtos Derivados (ExpoCrato 2014) foi encerrada ontem com negócios realizados em volume superior ao registrado no ano passado. O grupo gestor do evento avalia que a previsão inicial, que ficava pouco acima de R$ 100 milhões, tenha sido alcançada. Oficialmente, as negociações encerraram-se ao meio dia de ontem. Porém, durante a tarde e começo da noite ainda havia interessados em adquirir animais.

A exposição completou 70 anos de criação em 2014, sendo 63 destes realizados no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti, localizado no bairro do Pimenta, em Crato.

O número de visitantes também superou a edição de 2013. Neste ano, conforme os organizadores, cerca de 60 mil pessoas visitaram, diariamente, o interior do Parque de Exposições. O total de visitantes durante o evento foi estimado entre 450 e 480 mil pessoas.

Os shows artísticos também atraíram bom público. Somente a apresentação da cantora Ivete Sangalo, na última sexta-feira (19), levou cerca de 30 mil pessoas à área destinada aos espetáculos. Outros artistas, como Jota Quest, Tribo de Jah, Sorriso Maroto, Bruno & Marrone e Aviões do Forró, também atraíram grande número de pessoas.

Sucesso rápido

Diferentemente do que aconteceu nos dois últimos anos, quando a quadra invernosa acabou não se configurando na região e a estiagem gerou graves prejuízos aos criadores de animais e aos produtores rurais que atuam na agricultura familiar, as negociações foram iniciadas logo nos primeiros dias da ExpoCrato deste ano.

Na terça-feira (15) já havia expositor comemorando a venda de todo o rebanho, menos de 48 horas após a abertura oficial do evento. “Depois da venda, ele permaneceu na Exposição para adquirir alguns outros animais de reposição que estava necessitando”, comentou o presidente do grupo gestor do evento, Luiz Gonzaga de Melo Neto.

Segundo ele, outro diferencial da ExpoCrato neste ano foi a presença de expositores de regiões mais distantes, como o Sudeste, por exemplo. “Tradicionalmente os expositores são das regiões Norte e Nordeste. Este ano no entanto também contamos com expositores de Minas Gerais que, pelo que fui informado, saíram muito satisfeitos com os negócios que realizaram durante a ExpoCrato”, disse.

O grupo gestor deverá se reunir, entre hoje e amanhã, para iniciar o levantamento oficial dos negócios fechados durante o evento. Gonzaga Neto, no entanto, reiterou o sucesso nas comercializações de animais e demais produtos expostos. “Ainda não há como informar o volume real. Porém, pela quantidade de gente satisfeita neste ano, nossa expectativa é de que o evento tenha superado a margem dos R$ 100 milhões registrados na edição do ano passado”, comentou.

A ExpoCrato acabou transformando-se numa vitrine e, a cada nova edição, supera o número de expositores, sejam criadores de animais de alta linhagem, empresas especializadas na comercialização de máquinas e implementos agrícolas, dentre outros empreendimentos.

O evento é uma realização do governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, com apoio de diversas instituições que formam o grupo gestor, como a Prefeitura de Crato, a Associação de Criadores de Caprinos e Ovinos da Biorregião do Araripe (Accoa), Ematerce e a Universidade Regional do Cariri (Urca).

Valorização

Além de potencializar a realização de negócios de animais, máquinas e implementos, a ExpoCrato também contribuiu, novamente, para que os produtores da agricultura familiar pudessem vender seus produtos diretamente aos consumidores, sem intermédio de atravessadores.

Os visitantes também puderam aproveitar a realização do evento para saborear a culinária regional e conhecer um pouco mais da cultura sertaneja, por meio de um mini engenho instalado no local, onde, através da extração do caldo da cana, popularmente conhecido por “garapa”, era feita a comercialização de mel de engenho, rapadura e alfenim. Havia, ainda, uma casa de farinha, para a comercialização de beijus de amendoim e coco, além da farinha e da goma para o preparo de tapiocas.

Peças do artesanato regional puderam ser adquiridas nos diversos estandes erguidos no interior do Parque de Exposições, onde também foram comercializadas peças de vestuário, bijuterias e objetos diversos produzidos utilizando couro e alumínio como matéria-prima.

Roberto Crispim
Colaborador

População de Santana do Cariri reverencia Senhora Sant’ana

 Srasanta
Mais de 3 mil pessoas participaram da abertura da festa da padroeira de Santana do Cariri. A peregrinação conduziu o pau da bandeira, do bairro de Inhumas até o patamar da igreja matriz de Senhora Sant’ana, onde um trio elétrico deu o tom da animação motivando cada vez mais o sentimento de fé e religiosidade popular.
Há uma estimativa que durante os dez dias de festa passem por Santana do Cariri, uma média de cinco mil pessoas por dia, que vem renovar suas procissões de fé e pagarem suas promessas, a festa contará ainda, com um bom efetivo policial a fim de proporcionar uma melhor segurança aos participantes.
Para a prefeita de Santana do Cariri, Daniele de Abreu Machado, a festa de Senhora Sant’ana, padroeira do nosso município, representa a renovação da Fé e dos costumes religiosos e culturais, que o nosso povo tem, principalmente pelo fato de hoje ser considerada como a terceira maior festa religiosa do Cariri.
O pároco da igreja matriz, padre Paulo Lemos Pereira, destaca que a festa serve como ponto referencial para a intercessão de Senhora Sant’ana, há causa da menina Benigna Cardoso na celebração do ano Jubilar em comemoração ao centenário da diocese do Crato no momento de comunhão com a religiosidade e a cultura popular, unificando todas as comunidades.

(Colaborou Amaury Alencar)

57 cisternas de enxurrada serão implantadas no município de Porteiras

Cistern_a_poli

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, realizará  solenidade de universalização de cisternas de polietileno no âmbito do Programa Água para Todos, neste sábado (19), em Porteiras, na Região do Cariri. Na ocasião, será assinada ordem de serviço para implantação de 57 cisternas de enxurrada no município. O evento terá a presença do Secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins. Em Porteiras foram construídas 828 cisternas de polietileno, no valor aproximado de R$ 4,8 milhões.

 

O Programa Água para Todos, faz parte da política do Estado do Ceará de universalizar o abastecimento d’água até o final deste ano. Está previsto a construção de mais de 15 mil Cisternas de Polietileno, além da construção de 1350 sistemas de abastecimento d’água. O investimento será de R$ 200 milhões, em parceria com o Ministério da Integração Nacional.

Serviço
Data: 19 de Julho de 2014 (Sábado).
Horário: 10 horas
Local:  Auditório da Câmara Municipal – Rua Princesa Isabel, nº 45 – Centro – Porteiras/CE.

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

Fábrica Escola de Cana-de-Açúcar será inaugurada neste sábado (19) em Barbalha

FabricaEscolanoCVTECBarbalha_Creditos_InstitutoCentecNeste sábado (19), às 8 horas, será inaugurada em Barbalha, no Cariri, a Fábrica Escola de Cana-de Açúcar. O empreendimento faz parte de uma cooperação técnica entre a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), o Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa- CE), Instituto Agropólos do Ceará e a Prefeitura Municipal de Barbalha.

 

A cooperação tem como objeto colocar em funcionamento e operacionalização a Fábrica Escola de Cana-de-Açúcar do Cariri. Cada instituição exercerá papéis distintos em prol da administração e do pleno funcionamento da empresa, desde adequação da estrutura, manutenção de equipamentos, assistência técnica, acompanhamento de processos administrativos, realização de cursos referentes às atividades da fabrica, contratação de pessoal para atuar na produção, entre outras tarefas.

 

A Região do Cariri é grande produtora de cana-de-açúcar desde o início do século XIX. A atividade agroindustrial cresceu a ponto de proporcionar o desenvolvimento de indústria sofisticada de engenhos e caldeiras, com tecnologia inglesa, e motivar a migração de artesãos italianos especializados na construção de artefatos de cobre para uso na produção de rapadura.

 

Evento:

Inauguração da Fábrica de Cana-de-Açúcar

Data: 19/07/2014

Horário: 8 horas

Local: Avenida José Bernadino C. Leite (frente ao número 400- Embrapa), Bairro Buriti, Barbalha

 

18.07.2014

Assessoria de Comunicação da Ceasa Ceará

UFCA anula concurso público após recomendação do MPF

UfcA Universidade Federal do Cariri (UFCA) anulou o concurso público para professor efetivo  de Língua Brasileira de Sinais (Libras) após recomendação enviada pelo Ministério Público Federal em Juazeiro do Norte (MPF). O órgão constatou irregularidades no processo seletivo e desobediência à norma constante no edital.

De acordo com o procurador da República Rafael Ribeiro Rayol, autor da recomendação, o edital do concurso deixou de determinar reserva de vagas aos portadores de deficiência, que é obrigado pela legislação. Além disso, foi constatado no inquérito que houve identificação dos candidatos, pois estes leram as provas para a banca examinadora, o que era vedado pelo regulamento do concurso.

Além da anulação do certame, o procurador recomendou que a UFCA promova a abertura de novo concurso público para professor efetivo e evite a coincidência entre os membros da banca avaliadora e os integrantes da comissão do concurso.

Barbalha vai ganhar fábrica escola de cana-de-açúcar

 
FabricaEscolanoCVTECBarbalha_Creditos_InstitutoCentec
A fábrica escola será inaugurada neste sábado. (Foto: Divulgação)
No próximo sábado (19), às 8 horas, será inaugurada no Centro Vocacional Técnico (CVTEC) do Instituto Centec, em Barbalha, a Fábrica Escola de Cana-de-Açúcar. O empreendimento faz parte de uma cooperação técnica entre a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), o Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa- CE), Instituto Agropólos e Prefeitura Municipal.
A cooperação, que possui vigência até dezembro de 2014,visa operacionalizar a Fábrica Escola de Cana-de-Açúcar do Cariri no intuito de alavancar e revitalizar o polo canavieiro do Cariri por meio do funcionamento de um laboratório de ensino, pesquisa e desenvolvimento de tecnologias de produção, processamento e comercialização.
Cada instituição exercerá papéis distintos em prol da administração e do pleno funcionamento da empresa, desde adequação da estrutura, manutenção de equipamentos, assistência técnica, acompanhamento de processos administrativos, realização de cursos referentes às atividades da fábrica, contratação de pessoal para atuar na produção, entre outras tarefas.
Assessoria do Centec

Município do Crato é condenado a pagar indenização à família de jovem morto em acidente

 

Crato3

O Município de Crato deve pagar indenização de R$ 30.400,00 e pensão aos pais de jovem que morreu ao cair de ponte. A decisão, proferida na  terça-feira (15), é da 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).
Segundo os autos, o acidente ocorreu no dia 9 de fevereiro de 2003, por volta de 21h. Ao passar de bicicleta por uma ponte de madeira, no bairro Seminário, o rapaz de 25 anos de idade escorregou e caiu na água, sendo arrastado para um abismo de 14 metros. Ele morreu no local.
Por conta disso, os pais ingressaram na Justiça requerendo indenização por danos materiais e morais. Afirmaram que o acidente aconteceu por descaso do Município. Descreveram as condições precárias da ponte: estreita, sem grades laterais de proteção e pouca iluminação. Por fim, disseram que o filho ajudava nas despesas da casa e que havia passado no concurso para guarda municipal, aguardando assumir as funções em breve.
Na contestação, o Município alegou culpa exclusiva da vítima, que teria sido imprudente ao conduzir a bicicleta em estado de embriaguez. Admitiu que a ponte foi construída por moradores, em local de risco, e estaria providenciando a demolição das casas construídas na área de encosta.
Em agosto de 2007, o Juízo da 3ª Vara da Comarca de Crato condenou o ente público a pagar indenização material no valor de metade dos rendimentos brutos recebidos por um guarda municipal, pelo período de cinco anos. Após essa data, quando o rapaz provavelmente constituiria família, a indenização passaria para 1/3 dos rendimentos, devida até o falecimento dos pais. Além disso, a Justiça fixou indenização moral de R$ 15.200,00 para cada genitor, totalizando R$ 30.400,00.
Objetivando modificar a sentença, o Município interpôs apelação (nº 0003502-81.2003.8.06.0071) no TJCE. Solicitou a anulação da decisão de 1º Grau, alegando ausência de culpa.
Ao julgar o caso, a 8ª Câmara Cível negou provimento ao recurso, acompanhando o voto do relator, desembargador Carlos Rodrigues Feitosa. “Incumbe ao Município a conservação e a fiscalização das ruas, calçadas e obras realizadas na cidade que administra, objetivando a segurança dos cidadãos e a incolumidade de todos que por elas circulam. Para tanto, a população contribui por meio do pagamento de impostos e taxas municipais, incumbindo ao Poder Público a utilização em prol da coletividade”, afirmou o relator.
(TJCE)

Hospital Regional do Cariri vem cumprindo recomendação do Ministério Público Federal sobre neurocirurgias

 

 
Cirurgias_buco_maxilo_hrc_2014
Procedimentos cirúrgicos passaram a ser feitos depois da recomendação do MPF. (Foto: Divulgação)  
Após acompanhamento do Ministério Público Federal (MPF) sobre denúncias de ineficiência no atendimento de pacientes no setor de neurocirurgia do Hospital Regional do Cariri (HRC), a unidade de saúde informou ter tomado providências para sanar os problemas e atender aos pacientes devidamente.
No início do ano, a procuradora da República Lívia Maria de Sousa enviou ofício ao Hospital Regional do Cariri devido à falta de estrutura para serviço de neurocirurgia no Hospital. O documento enviado pelo MPF teve por base relato de familiar de uma paciente que faleceu aguardando a transferência do HRC ao Hospital Santo Antônio em virtude da indispensabilidade, atestada pelo médico, de realização de suporte neurológico para confirmação de diagnóstico, que não havia no HRC.
Após o acompanhamento do MPF, e considerando a necessidade de atendimento completo às vítimas de traumatismos, o Hospital Regional do Cariri informou ter tomado providências para sanar os problemas e atender aos pacientes que necessitam desse serviço na própria unidade de saúde, atendendo a pacientes com traumatismo crânio encefálico e ainda pacientes de AVC com necessidade de tratamento neurocirúrgico.
O serviço de neurocirurgia está funcionando desde o dia 29 de maio, com equipe de neurocirurgiões se revezando em plantões de 24 horas, todos os dias da semana.

Sesc Crato apresenta: Estacionamento da Música com Lenine

 

Lenine-300x135

Em mais uma edição do Projeto Estacionamento da Música, a unidade Sesc Crato convida a todos para o belíssimo show de Lenine.



LENINE VOZ E VIOLÃO

Lenine revisita seu repertório para mostrá-lo ao público de uma maneira intimista, no formato voz e violão. “É a oportunidade de conhecer a canção despida e sem subterfúgios, da maneira como foi concebida”, explica. Sucessos não faltam:“Paciência”, “Jack Soul Brasileiro” e “Hoje eu quero sair só” estão garantidas, numa seleção especial que costura as três décadas de carreira do leão do norte.

 

Barbalha On-line

Alunos de escola pública, de Barbalha, participarão de um projeto da NASA

 

Not-300x133O EarthKAM, projeto da NASA -  National Aeronautics and Space Administration, tem por objetivo aproximar a tecnologia espacial, pelo sensoriamento remoto, à educação pública no mundo. Por ele, alunos de todos os lugares podem sentir a experiência de viver “como” um geoastronomo, durante sua “missão” são convidados à vistoriarem por quatro dias o mundo, buscando por imagens que caracterizem a presença de intemperismo terrestre.

As imagens são produzidas a partir de um câmera instalada em uma das janelas da ISS -  International Space Station que aponta para a Terra, os alunos participantes, analisam as comunidades “alvo” marcam por GPS as coordenadas geográficas e solicitam as imagens, após a produção pelos astronautas da nave, elas são reenviadas à equipe que interpreta e as encaminha diretamente para a NASA.

As melhores imagens/produções são publicadas no web site do programa e a equipe participa de vídeo conferência com a tripulação da ISS.

Em 2014 essa é a primeira missão do tipo produzida pela NASA.

A equipe participante da Escola de Ensino Fundamental Senador Martiniano de Alencar, em Barbalha/CE, está atualmente composta pelo professor Andrevaldo Glaidson Pereira Tavares e alunos do nono ano do ensino público fundamental.

Carlos Macedo e mais três candidatos tem pedido de candidatura impugnadas pelo Ministério Público Eleitoral

 

Carlosmacedo
Carlos Macedo registro candidatura a deputado federal pelo PSB
Mais um candidato da Região do Cariri nas Eleições 2014 teve o pedido de impugnação do registro da candidatura pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Trata-se do ex-prefeito de Aurora,  Carlos Macedo Tavares, candidato a deputado federal pelo PSB. Além dele, os juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) também analisam a impugnação dos deputados estaduais Carlomano Marques (PMDB), Dedé Texeira (PT) e Eugênio Rabelo (PHS). Este último, deve se tornar elegível no final da apuração, pois na última terça-feira (8), o STF absolveu Eugênio Rabelo. 
O TRE-CE vai julgar todos os pedidos de impugnações chegados à corte eleitoral. Até agora foram oito pedidos, em relação aos 768 pedidos de registros de candidatura. O prazo para que o MPE encaminhe novos pedidos de impugnação termina no sábado, 12 de julho.
Estão na mesma situação, o ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Santana, os candidatos a deputados estaduais Ana Paula Cruz, Antônio Roque Araújo e Miriam Sobreira. Segundo o MPE, todos tiveram condenações de colegiado por contas de gestão reprovadas ou estão impedidos por serem considerados inelegíveis por infrigir a lei complementar em decisão transitada e julgado em representação por conduta vedada a agente público..
O TRE recebeu ainda três notícias de inelegibilidade contra o candidato a deputado estadual João Dilmar da Silva (Coligação PRB/PT/PTB/PSL/PHS/PV/PSD/SD/PROS). Os noticiantes, Francisco Hyadson Vieira Lourenço, Francisco Weslon da Silva de Souza e Manoel Maximino Ribeiro fundamentaram o pedido de inelegibilidade na Lei Complementar 64/90, Art 1º, I “L”, decisão transitada em julgado em representação por conduta vedada a agente público.
A lista final com os pedidos de impugnação do MPE e de notícias de inelegebilidade só deverá ser divulgada pelo TRE do Ceará no domingo, 13/7, já que o prazo para as impugnações só termina no sábado, 12/7, às 19 horas.

URCA realiza I Feira de Cultura e Turismo de Municípios do Cariri na ExpoCrato

UrcaPela primeira vez, municípios do Cariri estarão apresentando suas principais potencialidades em caráter conjunto, por meio da I Feira de Cultura e Turismo de Municípios do Cariri. Serão nove cidades, com os seus principais atrativos na área do turismo, além das riquezas culturais sendo expostas para um público estimado em cerca de 20 mil pessoas, de 13 a 20 de julho, no Ginásio Poliesportivo da Universidade Regional do Cariri (URCA), em Crato.

 

O evento poderá integrar um calendário permanente durante o período da ExpoCrato e envolver mais municípios da região nos próximos anos. Neste primeiro ano, será feita uma homenagem especial a um dos expositores, na cidade sede da I Feira, com o tema “Abraçando os Municípios, nos 250 anos do Crato”.

 

No momento em que se debate várias formas de viabilizar e fortalecer o turismo na região, os gestores, junto com a Pró-reitoria de Extensão da URCA, buscaram debater novas alternativas de divulgação. Segundo a pró-reitora, Sandra Nancy, a ExpoCrato é o maior evento da região e a própria universidade já tem um espaço determinante, levando aos visitantes, todos os anos, a sua produção científica, ações junto à sociedade e também essas riquezas. Conforme ela, a feira nasce com a diversidade e a cara do Cariri, com toda a sua riqueza e peculiaridades. “É uma forma não apenas de fortalecer esses segmentos, mas também de divulgar”, diz.

 

As cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Santana do Cariri, Missão Velha, Nova Olinda, Assaré estão entre as que deverão compor o consórcio de turismo a ser criado, e para isso contará com um mapeamento das principais potencialidades dessas localidades. Também foram convidados para participar das feiras os municípios de Várzea Alegre e Exu, no Pernambuco.

 

Como forma de divulgar a gastronomia desenvolvida na região e mais especificamente nessas localidades, será criado o espaço regional, com a degustação dos principais pratos com o sabor caririense. A feira terá abertura oficial no dia 13, às 20 horas, e contará com três palcos no espaço.

 

No dia 14, acontece um grande cortejo saindo da praça da Sé, às 17 horas, em direção ao parque de exposições e a feira. Serão cerca de 60 grupos, com mais de 600 brincantes, representando todas as cidades, com maneiro-pau, reisados, quadrilhas, bandas cabaçais, grupos de coco, escolas de samba, sanfoneiros, repentistas, grupos de xaxados, penitentes, incelências, lapinhas, dentre outras manifestações da cultura. Durante a semana haverá roda de conversas, com representantes dos municípios, à tarde, a à noite as apresentações musicais no Palco Sonoro da URCA, no espaço do Ginásio Poliesportivo, com apresentações regionais. No local serão montados dois palcos.

Assessoria de Imprensa da Urca

Ato público em Juazeiro alerta para índices de violência contra a mulher

AtojnEntidades percorreram ruas centrais da cidade, reivindicando a diminuição de casos de agressão física e moral contra o sexo feminino

FOTO: ROBERTO CRISPIM

Juazeiro do Norte. Cerca de 300 pessoas, entre homens e mulheres, participaram na manhã de ontem do Ato Contra o Feminicidio no Cariri, realizado pela Frente das Mulheres dos Movimentos da região, em parceria com os Conselhos Municipais da Mulher de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. Também estiveram representantes de cerca de outras 30 entidades públicas e privadas, dentre elas a Universidade Regional do Cariri (Urca) e o Grupo de Apoio a Livre Orientação Sexual do Cariri (Galosc).

Com faixas e cartazes, os integrantes do movimento percorreram as ruas do centro da cidade de Juazeiro, acompanhados por carros de som, com destino à Praça Padre Cícero, onde, posteriormente, realizaram concentração e pronunciamentos por parte dos representantes dos movimentos que atuam na defesa dos direitos da mulher na região do Cariri. Além de apresentarem números e estatísticas que comprovam o crescimento no número de casos de violência contra a mulher nos municípios do Cariri, os manifestantes também cobraram maior participação do poder público, no sentido da elaboração de campanhas de conscientização que possam resultar na diminuição dos índices já registrados.

Conforme dados do Centro de Referência da Mulher de Juazeiro do Norte (CRM), o número de casos de agressões praticadas contra a mulher tem crescido assustadoramente no município.

Denúncias

Durante todo o ano passado, a entidade recebeu 48 denúncias de mulheres vítimas da violência. Somente nos seis primeiros meses deste ano, o número de mulheres que procuraram a entidade após terem sido, de alguma forma, agredidas, já chegou a 46. “Todos estes novos casos se enquadram na Lei Maria da Penha. São situações em que, de alguma maneira, a vítima sofreu agressões dentro do próprio seio familiar”, informou a presidente do CRM, Renata Santana.

No período de 2011 a 2014, o Centro de Referência da Mulher de Juazeiro registrou 202 casos de agressão a mulheres. Os registros se referem ao sofrimento de violência física, psicológica, patrimonial, sexual ou moral. “São casos onde o agressor é o próprio companheiro da vítima”, diz a presidente da entidade. O machismo, segundo avalia, é o principal responsável pelas agressões desenvolvidas. “A cultura do machismo ainda é predominante na maioria dos municípios da região. Infelizmente, a mulher ainda é vista como propriedade e não como pessoa humana. Este sentimento acaba sendo o fator principal da maioria dos casos de violência registrados contra a mulher”, avalia.

A presidente do Conselho da Mulher de Juazeiro do Norte, Adriana Brito, alerta que além dos casos decorridos no seio da família, há, ainda, diversos outros crimes praticados em detrimento da mulher acontecendo diariamente pelo país afora. “Diariamente, em todo o país, há registros de mulheres surradas, espancadas, violentadas sexualmente, enfim, agredidas nas mais variadas formas. A brutalidade contra este gênero humano é aterrorizante”, comenta.

Adriana Brito ressalta que mesmo após oito anos de criação da Lei Maria da Penha, grande parte das mulheres agredidas ainda desconhecem os benefícios que a legislação lhes garante. “Nem todas as mulheres que denunciam as agressões sofridas possuem conhecimento da Lei, disse a presidente.


Roberto Crispim
Colaborador


Ministério Público Eleitoral pede impugnação da candidatura do ex-prefeito Manoel Santana e mais três candidatos do Cariri

 

 
Ec
Santana é ex-prefeito de Juazeiro do Norte. (Foto: Flávio Pinto)
O ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Raimundo Santana Neto, “Dr. Santana” e mais três candidatos a deputado estadual do Cariri tiveram o pedido de impugnação das candidaturas pelo Ministério Público Eleitoral ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE).
A informação consta no boletim desta quinta-feira (10) do TRE-CE. e trata-se das primeiras investigações dos juízes eleitorais do TRE sobre os pedidos de registros. Além de Santana foram foram pedidas as impugnações das candidaturas de Ana Paula Cruz, Miriam Sobreira e Antônio Roque, este último absolvido pelo STF na terça-feira (8). Todas a pedido do Ministério Público Eleitoral.
O TRE-CE recebeu até agora as quatro impugnações do Ministério Público Eleitoral, em relação aos 768 pedidos de registros de candidatura, que deram entrada no TRE no último dia 5 de julho. O prazo para que o MPE encaminhe novos pedidos de impugnação termina no sábado, 12 de julho.
Ontem (quarta-feira, 9), encerrou o prazo para que os candidatos escolhidos em convenção, que não tiveram o pedido de registro proposto pelo partido/coligação, entrassem com o RRCI (Requerimento de Registro de Candidato Individual). Quarenta novos pedidos foram protocolizados no TRE, fazendo com que o número total de requerimentos de registros de candidatura para as próximas eleições aumentasse de 768 para 808. Dos 40 novos pedidos, 36 foram para o cargo de deputado estadual e 4 para o cargo de deputado federal.

Começa nesta sexta, a 38ª edição da vaquejada de Juazeiro do Norte

 Vaquejada
Começa nesta sexta-feira (11), a 38ª edição da vaquejada de Juazeiro do Norte. O evento será realizado até domingo (13), no Parque de Eventos Padre Cícero. Além da tradicional vaquejada haverá shows com bandas de forró, barracas para vendas de comidas e bebidas típicas e muita movimentação.
A 38ª edição tem início na manhã desta sexta-feira com a benção e o desfile dos vaqueiros a partir das 8 horas na Capela do Socorro. Em seguida os vaqueiros saem em cortejo pelas ruas do Centro da cidade até o parque de eventos.
Esse ano, segundo os organizadores serão distribuiídos R$ 120 mil em prêmios para as categorias profissional e amador e no grande encontro de campeões do Norte e Nordeste do Brasil, devendo reunir cerca de mil vaqueiros.

Crato vai sediar I Feira de Cultura e Turismo dos Municípios do Cariri

Crato1nomesc9
O Crato vai sediar de 13 a 20 de julho, a I Feira de Cultura e Turismo dos Municípios, durante o período de realização da ExpoCrato. O evento visa o fortalecimento do turismo, além de marcar o início de um trabalho conjunto entre os municípios envolvidos para a formação de um consórcio no segmento de turismo para as cidades.
Sete cidades estão envolvidas no projeto. Crato, Juazeiro do Norte, Santana do Cariri, Missão Velha, Assaré, Barbalha e Nova Olinda vão compor a feira, além dos convidados Várzea Alegre, e Exu, no Pernambuco.
No dia 14, segunda-feira, será realizado cortejo dos grupos de tradição das nove cidades, a partir das 17 horas, saindo da praça da Sé, com destino ao Ginásio Poliesportivo da URCA, no campus do Pimenta, onde se dará o evento, que tem a coordenação da Pró-Reitoria de Extensão, da Universidade.
Durante a feira serão realizadas rodas de conversas com os municípios, conforme programação, além de festival gastronômico com o cardápio regional. Dois palcos serão montados no local para apresentações artistas, com shows todas as notas. A feira terá três acessos, para o interior do ginásio, desde o Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante à Rua Carolino Sucupira, por trás da URCA.
(Com informações da Assessoria do Crato)

Mulheres realizam protesto contra o feminicídio no Cariri

 

 
Feminic_dio_camilo_em_Barbalha_e_outros_043
As mulheres fizeram a concentração do movimento em frente à praça da prefeitura. (Fotos: Flávio Pinto)
Mulheres de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha realizam nesta manhã de quarta-feira (9), um ato contra o Feminicídio (morte de mulheres) no Cariri,. De acordo com dados fornecidos pela Polícia Civil, somente nos seis primeiros meses de 2014, foram registrados 10 assassinatos de mulheres na Região do Cariri. Desse total, oito delas foram mortas somente em Juazeiro do Norte. Nos últimos dez anos, de acordo com os organizadores, já são 220 mulheres assassinadas na região.
Essa triste estatística fez com que representantes de cerca de 30 classes e movimentos que lidam com os direitos das mulheres na região se unissem e participassem nesta manhã de uma caminhada que teve como ponto de concentração a praça da Prefeitura de Juazeiro do Norte até a Praça Padre Cícero, no Centro da cidade. “Não se trata de crimes passionais. O nome disso é feminicídio, ou seja, morte de mulheres por sua própria condição feminina. São mortes intencionais e violentas”, disse Adriana Brito, uma das organizadoras do movimento.
Feminic_dio_camilo_em_Barbalha_e_outros_039
Cartazes foram confeccionados pelas manifestantes
A caminhada pedia que os casos de violência sexual e doméstica passem a ser denunciada com mais frequência na Polícia e que Lei Maria da Penha seja aplicada com rigor. Também houve protesto ineficiência das políticas públicas de proteção à mulher. Como exemplo foram citadas as delegacias da Mulher do Crato e Juazeiro que não são abertas nos finais de semana resultando no fato de que as medidas protetivas não cheguem a tempo. As manifestantes também pediam a abertura imediata do Centro de Referência e  instalação na Justiça da vara especial da mulher.
A caminhada terminou com ato na Praça Padre Cícero com a participação de 200 manifestantes.
Feminic_dio_camilo_em_Barbalha_e_outros_041
O ato contou com a participação de cerca de 200 mulheres.

Brejo Santo terá centro de negócios

BrejosantocentroO Centro está sendo construído a dois quilômetros da sede do município e tem área de 170 mil m², divididos entre agricultores e criadores de animais

Brejo Santo. Com cerca de 85% das obras concluídas, o Centro do Agronegócio Governador Cid Gomes, neste município, deve ser o mais importante equipamento de fortalecimento à cadeia do agronegócio local. O espaço abrigará exposições, feiras agropecuárias, vaquejadas, comercialização de produtos da agricultura familiar, assim como a venda de animais.

O investimento para construção do Centro do Agronegócio é de R$ 18 milhões, advindos dos governos Federal e Estadual, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário e da Secretária do Desenvolvimento Agrário, além de recursos do município.

O equipamento, defendido como o maior da região Nordeste, está sendo construído a dois quilômetros da cidade e tem área de 170 mil m², divididos em setores destinados a criadores de animais e a agricultores, que comercializarão seus produtos sem a necessidade de atravessadores. A expectativa é de que com o Centro do Agronegócio funcionando, o setor cresça 40% nos próximos anos.

Três restaurantes serão disponibilizados ao público, que também contará com parque infantil e praça central. Atualmente, três etapas do projeto já estão conclusas. A quarta etapa, compreendida pela edificação dos auditórios e das salas de negócios, deve ficar pronta dentro de seis meses.

“O projeto vai resultar num processo de expansão muito importante para o setor agropecuário do nosso município. A pretensão é garantir que a comercialização de animais seja realizada em local adequado e, evidentemente, se desenvolva em Brejo Santo um formato que resulte em maiores benefícios às pessoas envolvidas neste setor”, diz o prefeito de Brejo Santo, Guilherme Landim.

Utilização

Também haverá espaço para a realização de shows artísticos e musicais. “Os espaços que contemplam o Centro de Convenções e a área para os shows serão construídas na quinta etapa do projeto. No entanto, nós ainda estamos trabalhando a liberação de recursos para que estes setores também possam ser brevemente concluídos”, observa.

O Centro do Agronegócio de Brejo Santo possuirá, ainda, área para a prática da vaquejada. O município realiza, anualmente, a mais tradicional competição da modalidade na região do Cariri Oeste.

O evento é realizado dentro das comemorações do aniversário de emancipação da cidade, atraindo cerca de 20 mil pessoas para participar das festividades.

Roberto Crispim
Colaborador

Seminário discute implantação de zona franca em Juazeiro do Norte

ZonafrancacaririO evento contou com as participações de parlamentares nordestinos e empresários do Ceará e, principalmente, do polo calçadista

FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS
 
Juazeiro do Norte. O Cariri poderá ser um dos grandes beneficiários com a instalação da Zona Franca do Semiárido Nordestino, que está em discussão por parlamentares no Congresso Nacional e recebendo apoio de parlamentares da região Nordeste. A criação da Zona Franca depende da conquista dos votos de 308, dos 513 parlamentares do Congresso Nacional para a aprovação do Proposta de Emenda Constitucional (PEC).

Ontem, foi realizado, em Juazeiro do Norte, seminário para debater o assunto com parlamentares do Cariri e do Estado, com a presença do relator da proposta, deputado federal Gonzaga Patriota (PSB – PE), e empresários do Ceará e, principalmente do polo calçadista da região.

O deputado federal cearense, Raimundo Gomes de Matos (PSDB), propôs ao projeto a ampliação do raio de ação da zona franca, com a inserção do Cariri, em virtude do desenvolvimento industrial da região e pelo atual destaque do setor, principalmente, de calçados e vestuários na região. Outro aspecto seria a possibilidade de mudança da sede da zona franca para Juazeiro do Norte, mas a ideia possivelmente não será aprovada, por já ter como sede a cidade de Cajazeiras, no Estado da Paraíba.

Com a inclusão do Cariri, segundo Patriota, o raio de atuação da zona franca seria de 150 quilômetros, com benefício de mais de 120 cidades e 20 milhões de habitantes, conforme disse o deputado.

Destaque

Um dos grandes destaques dos parlamentares, incluindo os parlamentares do Cariri, foi a importância do projeto para o desenvolvimento do Cariri, com a ampliação de investimentos, atraindo empresários de outras áreas do Brasil, para a região. Além disso, seria fortalecida a base de investimentos da iniciativa privada. As empresas seriam beneficiadas com isenção de impostos de até 30 anos.

Um dos incentivadores para a discussão do projeto de inserção do Cariri, em Juazeiro do Norte, foi a secretaria de Desenvolvimento Econômico do Município. O debate aconteceu no auditório da Secretaria da Fazenda (Sefaz), na cidade. De acordo com o secretário, Antônio Mendonça, uma das expectativas é que esse projeto seja aprovado e passe a vigorar a partir do segundo semestre de 2015.

Com o amplo apoio do congresso para que essa proposta seja aprovada, não será necessária a sanção presidencial. Para o representante do Instituto de Desenvolvimento da Indústria do Ceará (INDI), Carlos Manso, é importante pensar no processo de desenvolvimento da região, mas que realmente os benefícios estejam ao alcance de toda a população, principalmente a menos favorecida, proporcionando o aspecto social. Os seminários para debater de forma mais ampla a proposta, conforme o deputado Patriota, será de essencial importância para fortalecer a pauta no congresso.

Mais informações:

Secretaria de Desenvolvimento de Juazeiro do Norte
Rua do Cruzeiro, 234
São Miguel, S/N
Telefone:(88) 3587-2885

Elizângela Santos
Repórter

URCA abre inscrições de Processo Seletivo de Professor Temporário

UrcaComeça nesta segunda-feira (07), e vai até o dia 16 de julho, as inscrições para o Processo Seletivo para contratação de Professor Temporário da Universidade Regional do Cariri (URCA), para as Unidades Descentralizadas de Iguatu e Campos Sales. Serão destinadas 43 vagas, para os diversos setores de estudo, constantes em edital publicado no Diário Oficial do Estado, do último dia 1º de julho, na página 52.

 

Locais de inscrição

 

Os requerimentos de inscrição serão recebidos pela Comissão de Seleção na PROGRAD, Campus do Pimenta, à Rua Cel. Antônio Luiz, no. 1161 – CEP: 63.105- 000, Crato/CE, telefone (88) 3102-1244, bem como na Unidade da URCA localizada na Cidade de Iguatu, sito à Rua Evaldo Gouveia, nº. 21, Bairro São Sebastião, Iguatu-CE, CEP: 63500-000, telefone: (88) 3581-3552, no horário das 9h00min às 12h00min e das 14h00min às 18h00min, de segunda a sexta-feira. E também poderão ser feitos através do endereço eletrônico, devendo a documentação exigida ser postada à Comissão de Seleção até o último dia de inscrição, através de SEDEX com Aviso de Recebimento (AR), no endereço Rua Cel. Antônio Luiz, no. 1161, Bairro Pimenta, Crato/CE, CEP.: 63.105 – 000.

 

A taxa de inscrição será no valor de R$100,00 (cem reais), a ser paga em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, mediante depósito em favor da Universidade Regional do Cariri – URCA, Agência nº 0919-9, Operação nº 006, Conta Corrente nº 369-2, devendo o comprovante original do depósito ser afixado na ficha de inscrição.

 

Assessoria de Imprensa da URCA

Juazeiro recebe novos imóveis do Minha Casa, Minha Vida

McmvGoverno federal foi representado pelo ministro Miguel Rossetto no Ceará

FOTO: ROBERTO CRISPIM
 

Juazeiro do Norte. Cerca de três mil pessoas compareceram na manhã de ontem à solenidade de entrega das 713 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), no bairro Betolândia, neste município. O evento fez parte da programação nacional desenvolvida ontem pela presidente Dilma Rousseff, que realizou a entrega simultânea de mais de cinco mil moradias em outras nove cidades de seis Estados brasileiros e do distrito federal. Em Juazeiro do Norte as unidades vão beneficiar 2.567 pessoas, com renda familiar de até R$ 1,6 mil.

Denominado Residencial Manoel Raimundo de Santana Filho, o conjunto habitacional foi construído no bairro Betolândia com investimento da ordem de R$ 42, 6 milhões, provenientes do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). Todas as unidades possuem área privada de 43,85m² com dois quartos, sala de jantar, sala de estar, cozinha, banheiro e área de serviço. Do total de unidades, 36 residências foram adaptadas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE).

A diferença da entrega das unidades do Programa Minha Casa Minha Vida realizada ontem pelo governo federal se deu em relação ao formato da solenidade. A presidente Dilma Rousseff comandou, da cidade satélite de Paranoá, no Distrito Federal, onde foram entregues 464 unidades do programa, uma verdadeira festa, da qual também participaram beneficiários das cidades de Belford Roxo (RJ), Betim (MG), Curitiba (PR), Duque de Caxias (RJ), Governador Valadares (MG), Jequié (BA), Joinville (SC) e Santo André (SP).

Representação

Para cada uma das cidades onde houve entrega de unidades habitacionais no dia de ontem, a presidente Dilma Rousseff enviou um de seus ministros para representa-la. Em Juazeiro do Norte, a honraria coube ao ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, que dividiu a apresentação da solenidade na terra de Padre Cícero ao lado do vice-governador do Ceará, Domingos Filho, que representou o governador Cid Gomes; e do prefeito do município, Raimundo Macêdo. De um telão, disponibilizado em frente ao palco onde as autoridades se concentraram, a população pode acompanhar toda a cerimônia. A presidente Dilma Rousseff, através de um link ao vivo, convocava os cerimoniais nas cidades onde as unidades habitacionais estavam sendo entregues. Juazeiro do Norte foi à nona cidade a ser chamada pela presidente que, ao vivo, acompanhou a manifestação eufórica da população de Juazeiro do Norte.

Durante agradecimento realizado à presidente, o prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macêdo, classificou o Programa Minha, Casa Minha como “o maior programa habitacional já desenvolvido em benefício à população, até então relegada, no passado, ao esquecimento”.

Conforme o gestor, o programa é uma grande oportunidade das pessoas de baixa renda morar com dignidade.

“Todos que aqui estão, são felizes por receber uma moradia digna. A oportunidade de a pessoa morar bem é o mínimo que nos podemos oferecer a nossa população”, disse.

A ambulante Maria Valdeci Ferreira Sousa foi sorteada com uma unidade totalmente mobiliada, oferecida pela empresa responsável pelas obras de construção do empreendimento.

Já a doméstica Francisca Silva de Oliveira recebeu, ao lado do esposo José Marcelo Gonçalves de Sousa, as chaves da nova residência das mãos do ministro Miguel Rossetto, por ter a família com maior número de filhos, um total de seis, a morar no residencial. A infraestrutura das unidades habitacionais entregues ontem em Juazeiro do Norte conta com pavimentação de vias públicas, redes de água e esgoto, drenagem, iluminação pública, energia elétrica, área de lazer e quadra poliesportiva. As famílias que residirão no residencial também terão acesso a transporte público e escolar, unidades do Programa Saúde da Família (PSF) e escola de ensino infantil.

Em Juazeiro do Norte já foram contratadas 4.772 unidades do programa, o que representa investimento de cerca de R$ 312 milhões. A previsão, segundo o gestor do município, é de que todas as unidades sejam entregues nos próximos 36 meses.

Recorde

Em todo o Ceará, o MCMV já investiu cerca de R$ 5,9 bilhões para contratação de 98.629 unidades habitacionais. Deste total, mais de 39 mil unidades já foram entregues pelo governo federal. “O governador Cid, em parceria com a presidente Dilma, tem trabalhado para que o nosso Estado receba o maior número possível de unidades habitacionais, através do Programa Minha Casa, Minha Vida. Já são mais de 36 mil casas construídas. Ultrapassando, inclusive, a previsão inicial, que era de 35 mil unidades”, disse o vice-governador Domingos Filho.

Além do ministro Miguel Rosseto, os ministros Tereza Campello, do Desenvolvimento Social; Arthur Chioro, da Saúde; Henrique Paim, da Educação; Clelio Campolina, da Ciência, Tecnologia e Inovação; Eleonora Menicucci, de Políticas para as Mulheres; Miriam Belchior, do Planejamento; Ideli Salvatti, dos Direitos Humanos; César Borges, dos Portos; e Gilberto Occhi, das Cidades, também representaram a presidente Dilma Rousseff nas cidades onde as solenidades foram realizadas.

Conforme o governo federal, a meta é contratar outras três milhões de novas unidades habitacionais, a partir de 2015 em todo o país.

Mais informações

Ministério das Cidades
Setor de Autarquias Sul, Quadra 1 Lote 1/6, Bloco H
Edifício Telemundi II, Asa Sul, Brasília – (61) 2108.1000

Roberto Crispim
Colaborador

HRC faz a primeira cirurgia rendezvous no interior do Norte e Nordeste

Hospital-Regional-do-Cariri-ultimaO Hospital Regional do Cariri, construído pelo governo do Estado e atendendo há três anos a população do Cariri, realizou a primeira cirurgia rendezvous da rede pública no interior das regiões Norte e Nordeste na última quarta-feira (02). A paciente tem 69 anos e chegou ao HRC em situação de urgência, com sinais de icterícia (amarelamento do corpo) e dor na região abdominal. Ela foi submetida a uma tomografia e diagnosticada com um tumor no pâncreas com obstrução de vias biliares. Uma equipe formada por quatro profissionais das áreas de endoscopia digestiva, radiologia intervencionista e cirurgia geral, fez o procedimento chamado rendezvous que envolve a associação de técnicas minimamente invasivas para a desobstrução biliar.

 

A cirurgia, considerada um sucesso pela equipe médica, teve duração de cerca de duas horas. O procedimento se inicia com a endoscopia digestiva e no seu insucesso de cateterização da via biliar a técnica da punção hepática percutânea pela radiologia intervencionista, torna possível o acesso da via biliar pela endoscopia, sendo possível a drenagem. O que significa menos tempo internação e riscos de infecção à paciente.

 

O radiologista intervencionista, Paulo César Damasceno Solon, que participou da cirurgia, destaca que o procedimento tem baixa taxa de complicações. “Esse é um serviço relativamente novo e requer equipe multidisciplinar de médicos, fisioterapeutas e enfermeiros para uma rápida resolução do quadro clínico de icterícia. Levando em conta que a paciente não tinha sido submetida a nenhum tratamento oncológico prévio, após o diagnóstico histológico, ela será encaminhada ao serviço de referência em oncologia, onde poderá ser feita a cirurgia curativa, quimioterapia neo-adjuvante ou paliativa”. A paciente será encaminhada à unidade de referência no Cariri em oncologia, o Hospital Polo São Vicente de Paula, para dar seguimento ao tratamento.

 

Assessoria de Imprensa do Hospital Regional do Cariri

Juazeiro e Crato possuem 46 gestores com recomendação de nota de improbidade administrativa, segundo lista do TCM

 

Tre_elei_o
Juazeiro do Norte e Crato possuem juntos 46 pessoas que estão na lista de ficha suja divulgada nesta quinta-feira (3) pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE). São ex-gestores municipais responsáveis por prestação e/ou tomadas de contas de gestão rejeitadas pelo TCM, entre o período de julho de 2006 a  junho de 2014, por decisão definitiva com indicação de nota de improbidade administrativa.
Em Juazeiro, o TCM julgou e condenou as contas de 31 gestores. No Crato foram 15. Entretanto, nenhum deles deve ser candidato nas eleições de outubro próximo.
Com relação a prefeitos, apenas um ex-prefeito do Crato é considerado ficha sujo pela relação divulgada pelo TCM.
A lista completa está disponível no site do TCM: www.tcm.ce.gov.br
Na próxima semana, a Justiça Eleitoral começa a julgar os registros das candidaturas para as Eleições 2014.
 

Sesc exibe seleção de filmes no Crato

Cinema3Em julho, o Sesc* exibe mais uma seleção de filmes como parte da programação do Cinemarana. As sessões acontecem nos dias 7, 14, 21 e 28/7, a partir das 19h, na Unidade Crato do Sesc. Entrada gratuita.

A programação tem início, na segunda-feira (7), com “A vida é um canteiro de obras”, do diretor Wolfgang Becker. O filme traz como cenário Berlim, onde manifestantes e policiais se enfrentam na rua, enquanto Jan Nebel vai para seu emprego no frigorífico. No caminho, derruba dois homens que perseguem uma jovem, e ele nem imagina que são policiais à paisana. A noite traz sérias consequências para Jan: uma multa, sua demissão e, talvez, a perda de seu grande amor.

Dando sequência à programação, o Sesc exibe no dia 14/7 o filme “Bem-vindo à Alemanha”, dirigido por Yasemin Samdereli. Em 1964, Hüsyin Yilmaz deixou a Anatólia e veio à Alemanha como trabalhador imigrante. Agora está prestes a receber a cidadania alemã, mas não sabe se é isso que realmente deseja. Lembranças do passado se misturam com o presente enquanto a família toda está a caminho da Anatólia. O filme fala sobre identidades, que se transformam pouco a pouco, sobre a complexa pátria de cada um.

Já na segunda-feira (21), a sessão fica por conta do filme “Todos os outros”, de Maren Ade. A obra conta a história de Gitti e Chris, um casal com muitas diferenças e idades no início da casa dos trinta, que tenta desfrutar suas férias isolando-se a dois. Um casal que, longe de todos os outros, mantém seus rituais, só não conseguem fugir um do outro.

E para encerrar a programação mensal, no dia 28, o projeto exibe “O que permanece”, dirigido por Hans-Christian Schmid. No filme, Marko vem de Berlim para encontrar sua rabugenta mulher nas proximidades de Bonn e pegar seu filho Zowie. O casal vive separado, mas os avós de Zowie não podem saber. A ilusão da família intacta deve ser mantida, principalmente, por causa da avó Gitte, que já sofre de depressão há muitos anos.

 

 

Programação

Cinemarana

 

7/7 – A vida é um canteiro de obras (Das Leben ist eine Baustelle, Dir. Wolfgang Becker,1997, 118min)

 

14/7 – Bem-vindo à Alemanha (Almanya-Willkommen in Deutschland, Dir. Yasemin Samdereli, 2010, 95min)

 

21/7 – Todos os outros (Alle anderen, Dir. Maren Ade, 2008, 119min)

 

28/7 – O que permanece (Was bleibt, Dir. Hans-Christian Schmid, 2012, 88min)

 

SERVIÇO

Local: Unidade Crato do Sesc (Rua André Cartaxo, 443)

Juazeiro do Norte sedia XIII Parada do Orgulho LGBT nesta quinta-feira (03)

Lgbt2O Governo do Estado do Ceará, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas LGBT, promove a XIII Parada da Diversidade Humana e do Orgulho LGBT de Juazeiro do Norte, que acontece nesta quinta-feira (03). Com o tema “Diga Não a Homofobia! Ame Viva e Deixe Viver!”, o evento terá o objetivo de sensibilizar e incentivar a sociedade para o respeito a Diversidade Sexual, contribuindo para uma cultura de paz e de respeito a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais da região do Cariri.

 

A concentração da XIII Parada da Diversidade Sexual acontece às 16 horas, na Praça José Geraldo da Cruz (Antiga Praça das Cacimbas), em Juazeiro do Norte. Em seguida, os trios elétricos que animarão os participantes seguirão pela Avenida Carlos Cruz até a Rua da Conceição no trecho compreendido entre a Rua São Pedro e Rua Padre Cicero. No dia 2 de junho, dia que antecede o evento, haverá um Seminário com o tema: Direitos Humanos e Cidadania LGBT. Na ocasião, também será apresentado as ações da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas LGBT do Gabinete do Governador.

 

Maiores Informações: Coordenadoria LGBT do Gabinete do Governador – (85) 3133.3713.

Assessoria de Comunicação da Coordenadoria de Políticas Públicas para LGBT

Servidores do município de Jardim reivindicam incentivo financeiro

JardimservidoresServidores da Saúde e da Educação realizaram protesto pelas ruas da cidade, como forma de sensibilizar a gestão municipal para o pleito

FOTO: ROBERTO CRISPIM

Jardim. Cerca de 200 funcionários públicos participaram, no início desta semana, de uma manifestação pacífica organizada pelo Sindicato que representa a categoria neste município. Os servidores reivindicam melhorias nas condições de trabalho, bem como o repasse do incentivo financeiro para os profissionais das equipes do Programa Saúde da Família (PSF), que aderiram ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), criado pela Portaria nº 1654 do Ministério da Saúde, em julho do ano passado, e regulamentada pela Lei Municipal nº 114/2013.

Profissionais que atuam no setor afirmam que o incentivo financeiro destinado pelo Ministério da Saúde está sendo encaminhado regularmente pelo governo federal. No entanto, apenas os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) estão sendo beneficiados com a distribuição dos recursos. Neste primeiro semestre do ano, o município já recebeu três parcelas do incentivo. Nenhuma delas, no entanto, foi repassada aos profissionais que atuam no PMAQ. Das 12 equipes do PSF em Jardim, sete fazem parte do programa criado pelo Ministério da Saúde. Todas elas, no entanto, paralisaram suas atividades por causa da falta do repasse dos incentivos financeiros.

Além disso, os servidores também reivindicam melhorias nas condições de trabalho. Os agentes de endemias que atuam nas áreas urbana e rural do município não possuem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e temem ser acometidos por doenças devido. Também não há transporte para o deslocamento dos servidores e o material utilizado por eles, conforme afirmam, está sucateado. Hoje, em assembleia a ser realizada a partir das 9 horas, os servidores decidirão se haverá fim da paralisação ou se as demais categorias irão aderir ao movimento, decretando, desta forma, greve geral dos servidores no município.

“Nós estamos tentando dialogar com a prefeita da cidade já há algum tempo”, afirma a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jardim, Francirlea Filgueira.

Conforme a sindicalista, além dos profissionais do setor de saúde, servidores ligados à área da educação também apresentaram demandas ao município. Os professores cobram a redução de um terço da carga horária para o planejamento, conforme a Lei Nacional 11.738/2008, que instituiu o Piso Nacional da Categoria.

Os docentes também querem que seja aplicado o reajuste de 14,18% determinado pelo Ministério da Educação, através de portaria de abril deste ano.

Ouvida por telefone, a prefeita do município, Analeda Luz, confirmou que os incentivos financeiros do PMAQ não estão sendo repassados aos profissionais do setor da saúde. No entanto, a gestora alega que a falta do repasse dos incentivos se dá mediante a necessidade de aprovação de dotação orçamentária pelo Legislativo do município. “O recurso existe e está em conta. Só não há como efetuarmos os repasses por conta da falta de dotação orçamentária, cujo projeto está para ser votado pela Câmara de Vereadores desde o início do mês de junho”, disse.

Conforme a gestora, sem que a Câmara Municipal aprove o projeto de dotação orçamentária o município ficará impedido de atender a maioria das reivindicações dos servidores. “O problema é que não podemos ultrapassar a margem de gastos determinada pela Lei de Responsabilidade Fiscal com a folha de pagamento, que já está um tanto quanto elevada. Qualquer elevação na folha acarretará no descumprimento do que a Lei estabelece aos gestores públicos”, observou a prefeita informando, ainda, que vai aguardar a provação do projeto de dotação orçamentária pelo Legislativo local.

Sobre o reajuste reivindicado pela categoria dos professores, a prefeita disse que irá aguardar orientações por parte do Ministério da Educação.

Roberto Crispim
Colaborador

Exposição fotográfica comemora 250 anos do Crato

Crato3Os 250 anos do Crato, completados no último dia 21 de junho, estão sendo comemorados através de uma exposição de fotográfica  realizada pela Secretaria de Cultura do Município. “A Cara do Crato” retrata as pessoas da cidade e relembra nomes que de alguma maneira marcaram a histório do município deixando assinatura no imaginário da cidade e do povo cratense.
São escritores, médicos, músicos, atores, artistas plásticos políticos, educadores, jornalistas, mestres da cultura, entre outros que se juntam as pessoas comuns do dia-a-dia, mostrando que a união das pessoas fazem a cidades próspera e aprazível.
A exposição fica aberta de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e de 13 às 17 horas, no Centro Cultural do Araripe, no Largo da RFFSA até o dia 10 de julho. Após esse período, a exposição ganhará novos olhares e participantes ao se tornar itinerante nos espaços público da cidade do Crato.

Geossítio Cachoeira de Missão Velha recebe obras de melhorias

Cachoeira_de_MissO Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades, autoriza nesta terça-feira (01), duas importantes estruturantes no Geossítio Cachoeira de Missão Velha, no Cariri. Trata-se da obra de pavimentação/sinalização da estrada de acesso e da aquisição de mobiliário/construção de infraestrutura para o geossítio. As ordens de serviços serão assinadas pelo Secretário Adjunto das Cidades, Mário Fracalossi, em solenidade marcada para as 19 horas, em Missão Velha.

 

A estrada de acesso à Cachoeira tem 4,8 quilômetros. Receberá, além de asfaltamento, serviços de sinalização e drenagem. O prazo de conclusão dos serviços é de seis meses. O investimento será de R$ 3.266.034,59.

 

O Geossítio Cachoeira de Missão Velha também receberá obras de infraestrutura que vão desde serviços de tarraplenagem, estacionamento e sinalização, até abrigo e mobiliário do local. As obras de infraestrutura têm prazo de execução de dois meses e custarão R$ 157.333,88.

 

Geopark Araripe

 

O Geossítio cachoeira de Missão Velha integra o Geopark Araripe. Localizado no sul do Ceará, na região do complexo sedimentar do Araripe, o Geopark Araripe oferece uma possibilidade única para se compreender o passado geológico e a vida na terra. A região possui formações rochosas de diversos períodos, principalmente do Cratáceo Inferior, com registro da separação dos continentes.

 

Inicialmente foram delimitadas sete localidades, denominadas de Geotopes, criteriosamente selecionados e protegidos. A diversidade do território, suas exuberantes paisagens e a riqueza geológica da região, fazem do Geopark Araripe um dos geoparks mais completos do mundo.

 

O Geopak Araripe é um dos projetos prioritários do Programa Cidades do Ceará – Cariri Central, executado pela Secretaria das Cidades. O programa visa estimular a economia, desempenhar ações de desenvolvimento regional e melhorar a infraestrutura.

 

Assessoria de Imprensa das Cidades

Faltou transparência na prestação das contas da Câmara de Juazeiro, dizem vereadores

 

 
081
Tarso e Gledson compõem a Comissão de Fiscalização das Contas na Câmara (Foto: Flávio Pinto)
A prestação de contas da mesa diretora da Câmara Municipal, referente ao mês de maio, gerou polêmica na sessão de ontem (quinta-feira, 27). No entendimento do vereador Darlan Lobo (PMDB) faltou clareza na forma de como as contas foram expostas pelo presidente Capitão Vieira Neto.
Darlan cobrou a discriminação de todas as despesas, inclusive os gastos com os vereadores, assessores parlamentares e custeio da casa. O ex-presidente da casa lembrou que durante sua gestão foi duramente criticado, mas nunca deixou de apresentar suas contas de forma detalhada e transparente.
Como desculpa “ops”"!, quer dizer resposta, ouviu do presidente da casa, que por conta da excassez de papel ofício na casa, ele teve de resumir a prestação das contas em apenas três lauda.
Os vereadores Gledson Bezerra e Tarso Magno, que são da Comissão de Fiscalização de Contas da casa, concordaram com a cobrança de Darlan Lobo. Disseram que irão cobrar o detalhamento das despesas que logo que o documento seja encaminhado para a comissão.


Mortandade atinge 12t de peixes em Aurora

PeixesauroraO pescado morto foi recolhido pelos pequenos produtores da Associação Comunitária de Apicultores e Aquicultores de Cachoeira e enterrado a 8 metros da margem do açude da localidade

FOTO: ROBERTO CRISPIM

Aurora. Técnicos da Ematerce deverão solicitar nas próximas horas a realização de um laudo laboratorial na tentativa de ser explicado o fenômeno que resultou na morte de cerca de 12 toneladas de peixes, no Açude Cachoeira, localizado na zona rural deste município. Os peixes eram criados em tanques, dentro do reservatório, por 20 produtores que fazem parte da Associação Comunitária de Apicultores e Aquicultores de Cachoeira e região. A morte dos peixes representa uma perda estimada em 70% de toda a produção da entidade, extraída de 120 gaiolas espalhadas por um espelho de água de um hectare, aproximadamente.

O prejuízo inicial, conforme cálculo dos produtores, já atinge R$ 100 mil. O valor das perdas, no entanto, pode aumentar caso os peixes restantes nas gaiolas também não sobrevivam. Os peixes mortos, da espécie tilápia, pesavam em média 800 gramas, e já apresentavam boas condições para comercialização e consumo. Depois de retirados da água com ajuda de uma retroescavadeira, os peixes foram enterrados em valas abertas a uma distância de cerca de 8 metros da margem do açude.

Os criadores acreditam que a morte dos peixes tenha se dado por causa do aumento da temperatura e pela diminuição de oxigênio nas águas do açude, o que também vem sendo defendido por especialistas que acompanham a produção desenvolvida na região. O nível de oxigênio necessário para que haja vida submarina varia entre 4 e 6 miligramas de oxigênio por litro de água. Até o momento, no entanto, não se sabe qual a quantidade de miligramas de oxigênio por litro de água presente no açude, devido à demora na solicitação do laudo laboratorial.

Sem oxigênio

Conforme o engenheiro de pesca Breno Teixeira, que presta assessoria à Ematerce no acompanhamento da produção de tilápias pela Associação de Aquicultores de Cachoeira, a morte de tamanha quantidade de peixes em um único local pode ser explicada justamente pela diminuição do oxigênio na água do açude onde os animais eram procriados, devido a um fenômeno conhecido como ressurgência, que se dá quando as águas mais quentes, localizadas na superfície do espelho d´água, são arrastadas pelo vento, fazendo com que as águas mais frias, oriundas das regiões mais profundas, aproximem-se da superfície, trazendo consigo grande quantidade de organismos, como algas, por exemplo, que podem gerar oxigênio durante o dia e consumir o gás vital para a sobrevivência durante o período noturno.

“É um fenômeno muito difícil de acontecer em águas doces ou represadas. Casos esporádicos só foram relatados em períodos de boa quadra invernosa. No entanto, por causa da coloração barrenta da água, que se apresentava cristalina até o final de semana passado, esta é a possibilidade que estamos considerando inicialmente, até que haja um laudo comprobatório e definitivo em relação à causa do fenômeno que resultou na mortandade de quase toda a produção”, informou o especialista.

Os peixes permaneciam em tanques de até seis metros de profundidade. Em cada reservatório havia cerca de 500 peixes, número considerado ideal pelos técnicos por propiciar melhores condições de desenvolvimento ao animal. Com apenas 30% da produção ainda viva, a esperança dos produtores se volta ao berçário do criatório, onde estão cerca de dez mil alevinos.

Financiamento

Conforme o presidente da Associação Comunitária de Apicultores e Aquicultores de Cachoeira, Francisco França, o projeto de piscicultura desenvolvido pela entidade teve custo R$ 330 mil, adquiridos através de financiamento junto ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB). O pagamento do recurso é feito duas vezes a cada ano. As parcelas tem valor médio de R$ 24 mil. À próxima parcela vence no próximo mês de dezembro e os produtores temem não conseguir o dinheiro devido a perca de grande parte da produção.

“Não há, sequer, garantias de que os 30% da criação restante vá sobreviver. Até porque não se tem certeza da causa da morte dos peixes. O prejuízo é alto e a solução será tentar negociar com o banco para que haja uma prorrogação no pagamento da próxima parcela”, lamentou o presidente da associação.

Roberto Crispim
Colaborador


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -