Queixas contra negativas de planos de saúde crescem 440% em três anos

medicina-saude-20140918-006-size-598
Planos de saúde: Segundo ANS, clientes de operadoras estão cada vez mais buscando os seus direitos (Getty Images)
Em 2013, ANS recebeu mais de 72 mil reclamações de quem não conseguiu autorização para procedimentos. Em 2010, foram cerca de 13 mil notificações
O número de negativas dos planos de saúde para atendimento a clientes comunicadas à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aumentou cerca de cinco vezes entre 2010 e 2013, segundo dados obtidos pelo jornal O Estado de S. Paulo. No ano passado, o órgão recebeu a notificação de mais de 72.000 casos de clientes de convênios médicos que não conseguiram aval para procedimentos. Há quatro anos, esse número foi de pouco mais de 13.000, o que representa uma alta de 440% em três anos.

Para André Longo, diretor-presidente da ANS, duas questões ajudam a explicar o crescimento de negativas por parte dos planos. Por um lado, o cidadão está buscando mais os seus direitos e reclamando mais para a agência. “Hoje em dia já estamos recebendo mais queixas do que todos os Procons do país”, diz. “Por outro, o número de beneficiários de planos vem aumentando e algumas operadoras têm dificuldades de acompanhar essa demanda”. Longo também cita as regras criadas em 2011 pela ANS que definiram prazos máximos para atendimento. “Mais de um terço das reclamações por negativas de cobertura se refere aos prazos descumpridos”, afirma.

Mesmo considerando o aumento no número de beneficiários no período analisado, as negativas também cresceram proporcionalmente. Em 2010, quando o país tinha 45,1 milhões de beneficiários de convênios médicos, a média foi de uma negativa para cada 3.365 clientes. Em 2013, quando o número de clientes de planos passou para 50,5 milhões de pessoas, a proporção de recusas de atendimento foi de uma para cada 697 beneficiários.

“As pessoas estão conhecendo melhor os canais de reclamação, mas não se pode negar que as operadoras estão tentando diminuir o acesso aos tratamentos para reduzir custos”, diz Carlos Thadeu de Oliveira, gerente técnico do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).“”As operadoras já orientam médicos a minimizarem a demanda por exames e outros procedimentos. Quando os profissionais não acatam isso, eles tentam negar a cobertura.”

Dívidas — Os dados também mostram que as operadoras de planos de saúde brasileiras acumularam dívida de cerca de 925 milhões de reais com a ANS por multas recebidas devido a negativas de cobertura ou outras irregularidades praticadas contra clientes nos últimos cinco anos.

Entre 2009 e 2013, foram aplicadas 8.335 autuações contra as empresas, em um total de 1,09 bilhão de reais em penalidades. Desse montante, foram pagos aproximadamente 167 milhões de reais, correspondentes a 2.125 multas.

Os números incluem somente as autuações já transitadas em julgado, ou seja, as penalidades que foram mantidas mesmo após as empresas entrarem com recurso em todas as instâncias. Nos casos de não pagamento, a ANS se vê obrigada a entrar na Justiça para pedir a execução da dívida, o que pode demorar anos.

Planos de saúde: as principais reclamações e os direitos dos pacientes

 

O que diz a lei: a ANS atualiza a lista de procedimentos com cobertura obrigatória a cada dois anos – a mais recente entrou em vigor em janeiro deste ano – mas a Lei nº 9656/98 dá ao paciente o direito de receber os tratamentos disponíveis para qualquer doença listada na classificação internacional de doenças (CID), da Organização Mundial de Saúde. Ou seja, mesmo que o rol não relacione certos procedimentos, a Justiça entende que é responsabilidade da operadora custeá-los, como é o caso da reprodução assistida para casais com infertilidade

Recomendação dos especialistas: diante da recusa, solicite um documento que a justifique – pode até ser uma mensagem de e-mail. Em seguida, recorra à Justiça para obter uma liminar que garanta o tratamento ou cirurgia. Quando a urgência é grande, os advogados recomendam que, se possível, o paciente pague as despesas de seu bolso e entre com uma ação na Justiça para reaver o valor gasto

 

(Com Estadão Conteúdo)

Novo World Trade Center é inaugurado em Nova York

One_World_Trade_Center_Nova_Iorque
A chegada da editora Condé Nast, detentora de títulos como Vogue e Vanity Fair, marcou nesta segunda-feira o início da ocupação do One World Trade Center, prédio construído no lugar onde ficava o antigo WTC de Nova York, destruído pelos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001.

O edifício tem 541 metros de altura, número que o coloca no posto de mais alto do ocidente. O grupo editorial alugou 24 pisos do arranha-céu, que marca o renascimento da cidade após os ataques. Além das redações das publicações da empresa, os andares abrigarão um restaurante, salas de almoço e um auditório. Os primeiros 175 funcionários cruzaram o átrio do prédio na manhã desta segunda.

Segundo a Condé Nast, tratam-se de contadores e pessoal administrativo – colaboradores que não estão ligados a nenhuma revista em específico. Ao todo, a editora terá 3,4 mil indivíduos empregados no prédio. "Estamos orgulhosos por fazermos parte desse momento importante de renovação da cidade", diz um comunicado da companhia.

O CEO do grupo, Charles Townsend, terá um escritório no 42º piso do One World Trade Center, uma sala com uma vista deslumbrante de Manhattan e outras regiões de Nova York. Há exatos 4.802 dias, terroristas da Al Qaeda lançavam dois aviões contra as Torres Gêmeas, transformando panoramas invejáveis em sinônimos de agonia e horror.

A inauguração não teve cerimônia, fita para ser cortada ou a presença de personalidades políticas, mas marca uma mudança definitiva em uma metrópole que ainda luta para se desvencilhar do medo do terrorismo.

 

Terra

Suicida mata 29 na Nigéria; ataque a prisão liberta 144

nigeria

YOBE, Nigéria (Reuters) – Um suicida matou pelo menos 29 pessoas em uma procissão de muçulmanos xiitas para marcar o ritual de Ashura no Estado de Yobe, nordeste da Nigéria, nesta segunda-feira, disseram testemunhas.

Em um incidente separado durante a noite no Estado de Kogi, região central, homens armados explodiram o caminho até uma prisão na cidade de Lokoja, matando uma pessoa e libertando 144 presos, afirmou à Reuters o coordenador estadual de prisões, Adams Omale.

No atentado suicida em Potiskum, no Estado de Yobe, um território no centro de uma insurgência comandada pelos rebeldes muçulmanos sunitas do grupo Boko Haram, o agressor se juntou a uma fila de xiitas antes de detonar o explosivo que levava durante a marcha em um mercado, disse o morador Yusuf Abdullahi à Reuters.

"Escutei uma explosão muito forte, como se tivesse acontecido na minha sala. Aconteceu a só uns 200 metros da minha casa", disse. Uma outra pessoa que também levava um explosivo que não foi detonado foi presa, disse ele.

Mohammed Gana, que teve o irmão morto no ataque, disse ter contado 23 corpos no local.

Outro morador de Potiskum, Abubakar Saliu, disse que os soldados começaram a disparar imediatamente após a explosão, mas não estava claro contra quem eles dispararam ou se alguém foi atingido pelos tiros.

A Ashura marca a morte em combate há mais de 1.300 anos do neto do profeta Maomé, imã Hussein.

A campanha de cinco anos do Boko Haram para criar um Estado islâmico já matou milhares de pessoas e é apontada como a maior ameaça à segurança na Nigéria, maior economia africana e importante produtor de petróleo.

(Reportagem de Joe Hemba)

 

R7

OAB quer coletar assinaturas para emplacar reforma

oab

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai organizar, junto com mais de 100 entidades, um esforço concentrado nos próximos meses com objetivo de coletar ao menos 1 milhão de assinaturas para que a reforma política se torne um projeto de lei de iniciativa popular. Junto com o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e outras associações, a entidade conseguiu reunir cerca de 500 mil assinaturas durante aproximadamente oito meses para o projeto que prevê, entre outras mudanças, o fim do financiamento privado de campanhas.

O projeto de lei elaborado pelas entidades já está em tramitação no Congresso. A intenção, contudo, é tornar o texto uma proposta de iniciativa popular para pressionar os parlamentares. Com o fim das eleições e o tema trazido à tona nas últimas semanas, a entidade acredita que irá conseguir conquistar o total de assinaturas necessárias para apresentar projeto de iniciativa popular – 1,5 milhão – no mais tardar até a abertura do próximo ano legislativo.

Para isso, as associações irão marcar atos de mobilização espalhados pelo País entre 15 de novembro e 15 de dezembro. A OAB organizou nesta segunda-feira na sede do Conselho Federal, em Brasília, um encontro entre as associações para definir o "esforço concentrado" a ser feito a partir de agora.

O projeto não prevê alteração na Constituição Federal, o que permite, na visão da OAB, aprovação mais fácil no Congresso, pois não depende de maioria qualificada. "Além de se transformar em algo mais possível de ser aprovado no Congresso, também possibilita a participação popular, pois não há no Brasil projeto de iniciativa popular de emenda à Constituição", disse presidente da OAB nacional, Marcus Vinicius Furtado Coelho.

A OAB, de acordo com o presidente, é contra a ideia de convocar uma constituinte para elaborar a reforma política e considera que não é o momento para discutir sobre o uso de plebiscito ou referendo para consultar a população a respeito do tema. "A discussão sobre plebiscito ou referendo é uma discussão final. Não é uma discussão de forma que vai atrapalhar o debate do conteúdo, que é o principal", afirmou o presidente da entidade.

O texto prevê, entre outras coisas, o fim do financiamento privado de campanhas eleitorais e o fim do sistema proporcional em lista aberta – em que o voto é dado a qualquer dos candidatos da lista do partido. A proposta é adotar eleições proporcionais em lista pré-ordenada, com dois turnos. No primeiro, o voto é dado ao partido e à lista de candidatos já ordenada. No segundo, com base no quociente eleitoral que define a quantidade de parlamentares de cada partido, o voto é dado ao candidato.

"A cada eleição, você aumenta a conta milionária das campanhas. Nas eleições presidenciais, tivemos cerca de R$ 1 bilhão gastos em três meses. A corrupção administrativa tem um germe inicial na corrupção eleitoral", critica Coelho. Também é prevista uma alteração no sistema de coligações, em que o tempo de TV, por exemplo, não é incorporado quando há adesão de algum partido ao grupo.

 

Estadão

Bovespa cai com investidor à espera de nova equipe econômica

dinheiromoedas

Expectativa é por sinais de quem serão os principais responsáveis pela gestão da economia no segundo governo Dilma

Economistas de instituições financeiras elevaram a estimativa para a Selic no fim de 2015 a 12%, sobre 11,50% previstos antes, mostrou a primeira pesquisa Focus do Banco Central com projeções coletadas após a reeleição da presidente Dilma Rousseff

Foto: Bruno Domingos / Reuters

Os investidores preferiram embolsar parte dos fortes ganhos acumulados nas últimas duas sessões na Bovespa, cujo principal índice iniciou novembro no vermelho, com o mercado à espera de sinais da nova equipe econômica da presidente Dilma Rousseff.

O Ibovespa ainda se recuperou parcialmente já nos ajustes finais, antes de fechar em baixa de 1,25%, aos 53.947 pontos. O giro financeiro do pregão foi de R$ 6,27 bilhões, abaixo do giro médio recente, superior a R$ 8 bilhões.

Segundo profissionais do mercado, os investidores preferiram fazer uma pausa após o salto de 7% do Ibovespa nas últimas duas sessões, após a surpreendente alta de 0,25 ponto da Selic pelo Banco Central na última quarta-feira.

A expectativa é por sinais de quem serão os principais responsáveis pela gestão da economia no segundo governo Dilma, reeleita para um segundo mandato na semana passada.

"Como não veio nada hoje, a ordem foi realizar lucros", disse o assessor de investimentos da Renascença DTVM, Luiz Roberto Monteiro, para quem o giro fraco também mostrou a pouca disposição para negócios.

Prevaleceu nas operações a influência dos mercados internacionais. Com as bolsas de Nova York custando a definir rumo, os agentes centraram foco em Europa e no corporativo envolvendo empresas domésticas.

Numa ponta, Petrobras foi uma das maiores pressões negativas, em queda de 2,8%, após o conselho de administração da companhia ter adiado uma reunião da sexta-feira passada, da qual se esperava o anúncio de reajuste dos combustíveis. O encontro será retomado nesta terça-feira.

O setor de telecomunicações ficou na ponta contrária, após a notícia de que o grupo europeu Altice ofereceu comprar os ativos portugueses da Portugal Telecom da Oi, a líder de ganhos do Ibovespa.

A ação da operadora brasileira foi a líder de ganhos do Ibovespa, que chegou a ter na vice-liderança a TIM Participações, esta sendo alvo de compra da Oi, em parceria com a mexicana América Móvil e com a espanhola Telefónica, disseram fontes à Reuters na sexta-feira.

No mais, os investidores olharam para dados negativos de atividade em serviços e na indústria, na China, na Europa e nos Estados Unidos, todos decepcionantes.

O PMI da indústria dos Estados Unidos caiu em outubro ao menor nível em 3 meses. O PMI do setor de serviços da China cresceu no mês passado no menor ritmo em nove meses, enquanto a atividade industrial na zona do euro no mesmo m6es cresceu menos do que se esperava.

"Esses dados e alguns resultados corporativos pesaram nas bolsas", afirmou José Francisco Lima Gonçalves, economista da Fator Corretora, em relatório.

 

Terra

Operação da PRF barra entrada de 102 veículos com romeiros em Juazeiro do Norte

paudeararaOperação visa coibir o transporte de romeiros em veículos de carga

Foto: Waleska Santiago

Deflagrada no último dia 30, a segunda etapa da Operação Romaria Segura barrou, até a manhã desta segunda-feira (3), a circulação de 102 veículos de carga pelas rodovias federais que cortam o Ceará. O destino dos automóveis seria a Romaria de Finados, que terminou em Juazeiro do Norte no último domingo (2).

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), órgão responsável pela fiscalização, cerca de 2.400 romeiros eram transportados irregularmente em compartimentos de carga, distribuídos, principalmente, entre caminhões pau-de-arara, caminhonetes e camionetas. Grande parte dos veículos autuados saiu de outros estados do Nordeste, como Pernambuco, Piauí e Paraíba.

Com o intuito de fiscalizar a volta para casa dos romeiros, a operação da PRF segue até a próxima terça-feira (4), quando um balanço total de autuações será divulgado. O órgão salienta que as pessoas transportadas pelos veículos irregulares são transferidas para ônibus convencionais.

A organização da romaria estima que até 100 mil fieis deixaram de comparecer ao evento esse ano em virtude do maior rigor na fiscalização da PRF. Mesmo com o alto índice de desistência, a polícia ainda acredita que o número de veículos abordados foi pequeno.

Conforme o Núcleo de Comunicação Social da PRF, muitos automóveis irregulares entraram por Juazeiro do Norte sem passar pela BR-116, utilizando rodovias alternativas e estradas vicinais. A infração para o motorista que é flagrado transportando pessoas em compartimento de carga é gravíssima, com multa de R$ 191,54.

O número de veículos abordados durante a romaria em Juazeiro é menor do que a ação que aconteceu em Canindé dos dias 6 a 21 de outubro. Na oportunidade, a PRF notificou 145 veículos por transportar passageiros em condições precárias, e cerca de 2.500 romeiros foram transbordados durante os festejos de São Francisco das Chagas

Número de romeiros em Juazeiro do Norte cai por causa de fiscalização

romeirosjnA estimativa é que tenham passado por Juazeiro do Norte cerca de 400 mil pessoas nos últimos cinco dias. A média que se estabelece a cada ano é de mais de 500 mil

Foto: Fabiane de Paula

Com menor número de romeiros do que as romarias anteriores e maior rigor na fiscalização dos caminhões paus-de-arara, terminou neste domingo (2) a maior manifestação religiosa do ano em Juazeiro do Norte, a Romaria de Finados. A estimativa da igreja é que tenham passado este ano pela cidade nos últimos cinco dias cerca de 400 mil pessoas. A média que se estabelece a cada ano durante essa romaria é de mais de 500 mil. Pela manhã foi realizada missa campal em intenção do Padre Cícero de frente a Capela do Socorro, onde se encontram os restos mortais do sacerdote, falecido aos 90 anos, no ano de 1934.

Homenagens foram prestadas durante o dia inteiro. Em locais como a Capela do Socorro e no Santuário dos Franciscanos houve movimentação durante todo o dia. Milhares de pessoas rezaram diante do túmulo do Padre Cicero e depositaram objetos e flores. Alguns se emocionam diante da possibilidade de poder tocar o túmulo do "padrinho".

Centenas de romeiros foram impedidos pela fiscalização, durante a 2ª etapa de Operação Romaria Segura, iniciada no último dia 30, de chegar até o Juazeiro no caminhão pau-de-arara. Na última sexta-feira, sete caminhões foram retidos e os romeiros tiveram que percorrer, pela BR-116, quase 60km, para chegar a pé em Juazeiro do Norte, onde a maioria já estava com o rancho alugado para o período da romaria. Pelo menos 20 adultos com algumas crianças seguiram a pé, já que não tinham mais dinheiro para fretar um veículo até o município. Grande parte dos veículos apreendidos na localidade vinha do Estado da Paraíba.

De acordo com o pároco da Basílica de Nossa Senhora das Dores, Joaquim Cláudio, a Romaria de Finados atrai um número bem maior de romeiros com menor poder aquisitivo, de localidades distantes do sertão pernambucano, de Sergipe e Alagoas. Alguns deles, afirma que não têm condições de obter um transporte melhor que o pau-de-arara, nas suas comunidades.

A agricultora Severina de Lima Santos afirma que há dois anos deixou de vir para as romarias de caminhão. Ela disse que na última viagem teve um grande susto, já que a lona que cobre a carroceria saiu do lugar e o caminhão desceu uma ribanceira. “Não houve nada grave, mas tivemos que percorrer uns 2 km a pé para aguardar numa sombra o conserto do veículo”, disse. Com a proibição, os dois últimos anos têm sido diferente na comunidade em que mora, no Município de Bom Jardim, no interior de Pernambuco. As pessoas agora têm que percorrer o trajeto até Juazeiro do Norte em ônibus. “Mas, se não tiver, chego aqui nem que seja num animalzinho”, diz Severina.

Transporte irregular

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegou a fiscalizar até o último dia 31, 73 veículos que transportavam 1.179 romeiros de forma irregular e 54 motoristas foram notificados. Segundo o órgão, o transporte de romeiros em paus-de-arara é considerado multa gravíssima. Se for o veículo for flagrado, é exigido o transbordo das pessoas, ou seja, a retirada dos romeiros de um meio de transporte para outro. Se o veículo estiver regular, é liberado. Caso contrário, fica retido pela PRF. O objetivo da fiscalização é evitar acidentes.

Ao meio-dia, a Basílica de Nossa Senhora das Dores ficou lotada para a despedida dos romeiros e bênção dos objetos. Missas foram celebradas durante todo o dia em áreas de maior concentração, incluindo também o Horto. Mesmo com um efetivo reforçado, nos locais de fluxo mais intendo de romeiros, segundo o padre Joaquim, ainda foram registrados assaltos com romeiros até dentro da igreja, no momento de celebração. No local, estão instaladas câmeras de segurança.

O padre voltou a pedir orações, durante a missa, pelos romeiros que precisam chegar ao Juazeiro para cumprir a missão, em veículos mais acessíveis como a tantos ocorre com os paus-de-arara.  “Não foi muito fácil saber da notícia de romeiros chorando, voltando para suas terras”, completa.

Diario do Nordeste – Regional

Iniciadas as operações do novo desembarque de Juazeiro do Norte

aeroportojn

Teve início nesta quinta-feira (30/10) a operação em caráter assistido da nova sal

a de desembarque do Aeroporto de Juazeiro do Norte/Orlando Bezerra de Menezes (CE). Com isso, a área passou de 194 m² para 450 m², contando com duas esteiras de restituição de bagagem e ampliando o conforto dos passageiros. No último dia 15, tiveram início as operações da nova sala de embarque, que ganhou ampliação de 115 m² para 600 m².

A operação assistida é o período em que os novos espaços entregues serão observados para monitoramento de suas condições operacionais no dia a dia do aeroporto, com a realização de ajustes caso necessário.

Com investimento de R$ 2,1 milhões, a instalação dos módulos de embarque e desembarque redimensionaram a capacidade de atendimento do Aeroporto do Cariri, que passou para 950 mil passageiros/ano. Com a conclusão, os módulos de embarque e desembarque ampliam em 1.050 m² a área total do terminal de passageiros. Além do maior espaço, serão instalados novos assentos, banheiros e áreas comerciais.

Entre janeiro e setembro de 2014, o Aeroporto de Juazeiro do Norte registrou 315,3 mil passageiros, sendo que, no ano de 2013, o terminal movimentou 387,9 mil passageiros.

“Nesse novo momento, o Aeroporto de Juazeiro do Norte passa a receber passageiros e demais usuários com a qualidade dos principais aeroportos brasileiros”, destacou o superintendente do aeroporto, Nilson José da Silva Suassuna.

http://www.mercadoeeventos.com.br/

JCPM INVESTE R$ 1,3 BI EM SHOPPINGS NO NORDESTE

riomar

O grupo pernambucano JCPM, o quarto maior do país e o primeiro do Nordeste na área de shopping centers, está investindo R$ 1,3 bilhão na implantação de dois centros comerciais em Fortaleza (CE); a primeira unidade, que recebeu investimentos de R$ 850 milhões, entrou em funcionamento na semana passada, e a segunda deverá ser concluída em 2016; pelo visto, a economia não vai tão mal como pregam os catastrofistas

3 DE NOVEMBRO DE 2014 ÀS 10:23

Pernambuco 247 – O grupo pernambucano JCPM, o maior do Nordeste na área de shopping centers, está investindo R$ 1,3 bilhão na implantação de dois centros comerciais em Fortaleza (CE). A primeira unidade, que recebeu investimentos de R$ 850 milhões, entrou em funcionamento na semana passada, e a segunda deverá ser concluída em 2016.

De acordo com o empresário e presidente do grupo, João Carlos Paes Mendonça, justifica os investimentos dizendo, com uma certa ironia, ter confiança nos rumos da economia. "A economia está bem. O Mantega [ministro da Fazenda, Guido Mantega] não disse que foi por isso que Dilma venceu as eleições?", disse em entrevista ao Valor Econômico. Segundo ele, apesar da desaceleração da economia ainda existem muitas oportunidades para novos investimentos.

Somente em Fortaleza dois novos shoppings entraram em funcionamento no último ano, o que elevou o número de empreendimentos do gênero para 15 unidades. Apesar disso, a estimativa era de que em todo o país 43 novos shoppings fossem anunciados, mas apenas 24 entraram em funcionamento ao longo deste exercício.

Os dois empreendimentos do Grupo JCPM contam com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que totalizam R$ 610 milhões. O restante do investimento está sendo bancado com recursos próprios. João Carlos, contudo, observa que é preciso uma política de desenvolvimento regional para alavancar a economia dos estados e regiões. "O Brasil são cinco países, não dá para operar bem em todas as regiões", disse. "Enquanto o Nordeste não dobrar de tamanho, não vamos para canto nenhum".

Além de atuar no segmento varejista de shoppings centers, o Grupo JCPM também possui forte atuação junto ao setor imobiliário e de comunicações. Além de investimentos no Nordeste, o JCPM possui negócios na área de centros comerciais na Região Sudeste, mais especificamente em São Paulo, onde detém 20% do Shopping Vila-Lobos e 25% do Granja Viana.

Brasil247

Mais de 1.500 cidades do Nordeste estão em situação de emergência por causa da seca

seca23

Maioria nos Estados da PB, RN e PE; esta é a pior estiagem dos últimos 50 anos

O Ministério da Integração Nacional reconheceu situação de emergência em 1.567 cidades do Nordeste. A maioria nos Estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Esta é a pior estiagem dos últimos 50 anos.

Asssista ao vídeo:

O sol forte já acabou com as plantações e rebanhos inteiros morreram. O gado que sobreviveu se alimenta com palma porque o pasto secou. Em Gravatá, a 100 km de Recife, a prefeitura decretou duas vezes situação de emergência em menos de um ano, como explica o secretário de defesa social de Gravatá, Alesandro Andrade.

— Muitos deles até dividem com o gado a sua própria comida porque o dinheiro de fazer sua feira, diminui um pouquinho e compra ração para o gado.

Sol forte já acabou com plantações e rebanhos inteiros morreramReprodução/Rede Record

A pior estiagem dos últimos 50 anos no Nordeste acabou com a maioria dos reservatórios de água. A falta de chuva também acabou com os peixes, um dos principais alimentos da população ribeirinha.

Na Paraíba, a situação é semelhante. Metade dos açudes está com a capacidade abaixo de 20%. Para muitas famílias, água somente quando o caminhão-pipa chega.

Do R7, com Jornal da Record

Nordeste cresce mais — mas impacto no PIB ainda é pequeno

PIB

Avanço da renda e do emprego beneficiam região, mas desenvolvimento sustentável requer políticas de longo prazo; não apenas programas de transferência de renda

A vitória acachapante de Dilma Rousseff no Nordeste – com 71,69% dos votos válidos no segundo turno, contra 28,31% do candidato Aécio Neves – colocou em destaque o peso do programa Bolsa Família na escolha dos eleitores. A região tem o maior número de famílias cadastradas no programa, cerca de sete milhões, e seu desenvolvimento econômico na última década tem sido uma das principais bandeiras petistas. Durante a corrida presidencial, em especial nos estados nordestinos, o partido valeu-se do discurso de fim do Bolsa Família para amedrontar eleitores, caso escolhessem os candidatos de oposição.

Contudo, apesar do impulso que o programa deu à economia do Nordeste, cujos Estados tiveram crescimento muito maior do que o Sudeste — de 3,6% até maio, ante 0,4% — o avanço ainda não consegue elevar de forma significativa a participação da região no Produto Interno Bruto (PIB) do país. Dados do último levantamento sobre o PIB das regiões, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que a participação nordestina avançou apenas 0,4 ponto porcentual no total da riqueza gerada no país entre 2002 e 2011.

O desenvolvimento da região está longe de ser homogêneo e fruto de uma política consistente de governo. Ele está concentrado de forma desigual nos locais mais próximos ao litoral. “É uma região que tem bolsões de riqueza, diferente do que acontece em outras regiões, como Sul e Sudeste”, explica o economista Mansueto Almeida. Quando se analisa o PIB per capita, o desenvolvimento bradado pelo PT não se sustenta. Em 2000, a riqueza gerada por cada habitante da região representava apenas 35% daquela criada no Sudeste. Em 2011, último dado disponível, a relação passou para apenas 36,6%.“Esse crescimento maior não foi nada de excepcional. É um processo de convergência muito lento", afirma.

O professor de Economia da Universidade Federal do Ceará, Roberto Tatiwa Ferreira, observa ainda que, por ser economicamente menor, a região Nordeste tende a sentir um impacto maior a cada empresa instalada, quando comparada com a mesma situação em outras regiões do país. “Vamos tomar como exemplo uma situação em que, no Nordeste, haja cinco empresas, e no Sudeste, 100. Na hipótese de chegarem dez empresas no Nordeste e dez no Sudeste, iguais, ao mesmo tempo, o impacto é completamente diferente. Em termos absolutos, o peso disso no Nordeste é maior porque havrá um salto em valor muito diferente do que no Sudeste, onde a concorrência é maior”, explica. Segundo ele, isso se dá pelo que economistas chamam de efeito de alcance, ou "catch up".

Ferreira reconhece que as políticas públicas têm influenciado a dinâmica do Nordeste — e não se refere apenas a programas sociais, mas também aos projetos ligados à infraestrutura. “O Bolsa Família tem uma contribuição, mas não é a maior. Ele eleva o poder de consumo de uma determinada classe, mas o crescimento maior se deve a políticas públicas na área de infraestrutura e pela própria dinâmica industrial, que tem observado o movimento e tem migrado ou aberto subsidiárias na região”, explica.

O economista Alexandre Rands, da consultoria Datametrica, explica ainda que uma das causas para o crescimento do Nordeste é que houve uma queda de retorno por educação, ou seja, diminuiu o acréscimo salarial por cada ano a mais de estudo, apesar de o número de nordestinos com curso superior ter avançado. Passou de cerca de 400.000 em 2000 para 1,4 milhão em 2014. Rands avalia que o avanço salarial dos menos qualificados, num compasso que não é justificado pela melhoria da escolaridade, ajudou a impulsionar o crescimento. “Numa população com menos pessoas qualificadas, esse retorno por educação tende a se igualar. Isso foi um dos fatores que fez o crescimento do Nordeste ser maior”, comenta.

Plano de desenvolvimento — Apesar de o PT ter conquistado a grande maioria dos votos no Nordeste, não houve um programa específico do governo para desenvolver a região. Pelo contrário. Ferreira aponta que projetos como o Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) acabaram sendo deixados às traças. "Já existiu um plano de desenvolvimento estratégico para o Nordeste. Está faltando conseguirmos formar essa questão do planejamento para o país e a região. Poderia haver um planejamento que aproveitasse melhor as particularidades e tentasse integrá-las com as outras regiões", diz.

Alvos de escândalos de corrupção, a Sudene e a Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) perderam muito seu papel e sua força nos últimos anos. Segundo Ferreira, se as superintendências deixaram de ser veículos de desenvolvimento, seria preciso que o governo estabelecesse uma espécie de colegiado que fizesse propostas e alimentasse um plano nacional e regional de desenvolvimento. "E a gente sabe que um dos grandes gargalos que enfrentamos é o de mão de obra qualificada. Então teríamos que ter investimento direcionado nessa área. A educação de que o Sudeste precisa é diferente do que a do Nordeste precisa. Aqui precisamos de uma conversa maior com os municípios, uma conversa de educação mais básica", explica.

Veja

Ceará tem o menor índice de mães adolescentes do Nordeste

gravida

O Ceará apresentou menor taxa de proporção de mulheres entre 15 e 19 anos por filhos tidos do Nordeste. O índice passou de 15%, em 2000, para 11,7%, em 2010. O comparativo foi divulgado ontem pelo IBGE

A distribuição gratuita de contraceptivos e uma maior oferta de orientações sexuais podem ter sido responsáveis pela redução do número de mulheres, entre 15 e 19 anos, com pelo menos um filho vivo no País. No Ceará, entre os anos 2000 e 2010, a proporção passou de 15% para 11,7%. No Brasil, a média de redução foi entre 14,8% e 11,8%. A porcentagem atual coloca o Estado com a menor taxa de adolescentes mães do Nordeste.

Mulheres-e-seus-filhosOs números compõem as Estatísticas de Gênero – Uma análise dos resultados do Censo Demográfico 2010, divulgadas ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O cenário cearense exibe ainda uma redução de 13,4% para 9,5% da quantidade de adolescentes que têm filhos em Fortaleza. Entre os 184 municípios do Estado, 37 apresentaram aumento percentual. Se comparadas as regiões brasileiras, a incidência é maior no Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Iara de Sousa Freitas, 19, ainda não está entre as mais de 49 mil jovens mães cearenses identificadas em 2010. Ela só soube o que era dar de mamar, colocar para dormir e limpar uma criança há cinco meses, quando nasceu a Carla. A gravidez não planejada, descoberta já em seu segundo mês, impediu a mãe de finalizar o curso de Petróleo e Gás e antecipou o “ajuntamento” com o pai da criança. “Comecei a tomar anticoncepcional aos 16 anos, depois que uma amiga falou. Dessa vez, como eu e meu namorado tínhamos acabado, fiquei sem tomar os comprimidos. Quando voltamos, não deu nem tempo recomeçar”, contou Iara.

Problemas e cuidados

A história da jovem se confunde com as de tantas outras mães que chegam à Maternidade Escola Assis Chateubriand (Meac), de acordo com a coordenadora do Serviço de Adolescentes da unidade, Zenilda Bruno. “Os 11,7% ainda são uma porcentagem alta, porque essas meninas deveriam estar na escola, fazendo o segundo grau. E a maioria acaba parando os estudos”, afirmou. Conforme a médica ginecologista, uma porcentagem aceitável seria de, no máximo, 5%.

O uso da camisinha para prevenção da aids, a distribuição do preservativo em postos de saúde e a criação de serviços de informação às adolescentes, conforme Zenilda, podem ter colaborado para a redução da gravidez em idade precoce. Entretanto, nas escolas, esse trabalho informativo estaria menos intenso.

A médica ressalta que, em 70% dos casos, as jovens engravidaram sem querer. “Por incrível que pareça ainda existem adolescentes que tomam a medicação apenas no dia em que tiveram relações sexuais ou, pior, têm o pensamento mágico de que não vão engravidar”, comenta.

E os problemas de uma gestação antecipada são tanto sociais quanto físicos. Conforme Zenilda, podem ocorrer casos de pré-eclâmpsia (normais em gravidezes em fases extremas da vida), anemia e parto prematuro. Por isso, os cuidados precisam ser tomados o mais cedo possível. Iara, mãe da Carla, só foi ao médico após o atraso da segunda menstruação. “Muitas meninas acabam indo tarde porque já têm a menstruação irregular ou estavam escondendo dos pais. E é fundamental esse acompanhamento, principalmente no Interior, onde fazer alguns exames é bem mais difícil”, avalia a médica.

Saiba mais

Conforme dados da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), entre os anos de 2007 e 2013, o número de nascidos vivos segundo a idade da mãe (10 a 19 anos) passou de 22% para 20,8% no Ceará.

Os números referentes a cada ano são: 29.816 (2007), 28.671 (2008), 28.040 (2009), 26.443 (2010), 26.542 (2011), 26.485 (2012) e25.858 (2013).

De acordo com a médica ginecologista Zenilda Bruno, a jovem gestante tem condições de ter um parto natural. Conforme ela, quando engravida, a mulher já possui maturidade óssea e orgânica para ter um parto normal.

No Ceará, 17,7% das mulheres em idade reprodutiva têm entre 15 e 19 anos.

Ter filhos entre 15 e 19 anos é mais comum entre as mulheres negras, que apresentaram taxa de 14,1% no Brasil.

Os municípios que apresentaram aumento no Ceará foram: Barreira, Camocim, Cariré, Catarina, Choró, Ererê, Groaíras, Guaramiranga, Ibicuitinga, Icó, Independência, Ipaporanga, Ipaumirim, Jardim, Marco, Miraíma, Mombaça, Nova Olinda, Palhano, Palmácia, Parambu, Pereiro, Porteiras, Potengi, Quiterianópolis, Salitre, Santana do Acaraú , Santana do Cariri, Solonópole, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, Tabuleiro do Norte, Tarrafas, Trairi, Umari, Varjota e Várzea Alegre.

 

O Povo

Encontro do PÌBID e Colóquio de Formação Docente serão abertos nesta segunda na Urca

urca
Com conferência de abertura da Coordenadora Nacional do PIBID/CAPES, Professora Mestre Claudete Batista Cardoso, sob o tema PIBID no Brasil: Vivências, perspectivas e desafios do ensino e da formação docente, serão abertos às 18h30min desta segunda-feira (3), no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), o II Encontro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), o V Colóquio de Formação Docente e o I Encontro do PIBID / Diversidade. Os eventos ocorrerão entre 03 e 07 de novembro, com conferências, palestras, mesas-redondas, comunicações livres em Simpósios Interdisciplinares e Grupos de Debates Interdisciplinares, apresentação de Painéis, além de diversas atividades, minicursos e oficinas artísticas, esportivas, culturais e pedagógicas.
Com 1.200 pessoas envolvidas e 952 participantes inscritos, serão ministrados 35 oficinas e minicursos nos eventos, com a participação de 480 trabalhos inscritos e apresentações orais. Além disso estarão sendo realizados 20 simpósios temáticos e de quatro mesas redondas. Os eventos reúnem esta semana diversos pesquisadores de todas as licenciaturas da URCA, com 12 subprojetos e 25 coordenadores de área.
Maiores informações no site da Urca.

Flavio Pinto News

Prefeitura de Juazeiro não paga consórcio da Policlínica de Barbalha – Por Beto Fernandes

POLICL_NICA_DE_BARBALHA

A cidade de Barbalha é sede da quinta Policlínica da Região do Cariri e a 17ª implementada pela administração do Governador Cid Gomes. A policlínica João Pereira dos Santos garante consultas especializadas e realização de exames considerados de alta complexidade para quase 400 mil habitantes dos municípios inseridos na 20ª Microregional de Saúde que tem sede em Juazeiro do Norte e compreende ainda Barbalha, Caririaçu, Granjeiro, Jardim e Missão Velha.
A produção do Rádiojornal tomou conhecimento e passa com exclusividade para os ouvintes das Rádios Transcariri e Jamacaru FM que dos municípios do consórcio, infelizmente Juazeiro do Norte está sem efetuar o repasse mensal do custeio a partir de convênio firmado com a SESA (Secretaria de Saúde do Ceará). Segundo a informação coletada a prefeitura juazeirense não chegou a pagar nenhum dos meses deste ano dentro do termo de compromisso.
Inaugurada dia 17 dezembro de 2013 pelo Governador Cid Gomes, a Policlínica de Barbalha começou seus serviços efetivamente em janeiro deste ano sendo que no rateio para custeio cabe ao município de Juazeiro como o maior, pagar um percentual superior a 63%. Cada município contribui com um valor preestabelecido no consórcio que ajuda na manutenção do equipamento.
Diretores da Policlínica de Barbalha devem repassar detalhes dos valores dos convênios e do valor em atraso da Prefeitura de Juazeiro do Norte na tarde desta terça-feira. A direção prefere aguardar uma reunião entre o secretário-executivo d SESA, Acilon Gonçalves Pinto Júnior e o presidente do consórcio, prefeito de Barbalha, José Leite. Tão logo esta reunião seja concluída a direção irá repassar a imprensa números de atendimento prestados a população de Juazeiro no período e o valor não repassado pela prefeitura.
Um especialista em gestão de consórcios de saúde pública que pediu para não ser identificado disse a nossa produção que a situação é lamentável. “Sem conhecer mais profundamente posso adiantar que, quando nada, o Estado através do Governador Cid e do Secretário de Saúde do estado, foi sensível a população em não suspender atendimento garantindo consultas e exames especializados a todos mesmo com o não pagamento da prefeitura”, afirmou a fonte.
Alegação da prefeitura
A produção do Rádiojornal procurou a Secretaria de Saúde do Município. O titular da pasta, Plácido Basílio nega qualquer débito e que sequer exista convênio formalizada com o Estado no consórcio. “Não há nenhum convênio assinado. Há quatro meses participamos de uma reunião em Fortaleza com o secretário-executivo da SESA e dissemos que não podíamos desembolsar o repasse porque a Policlínica não oferece todos os serviços. Prefeitura assina quando todos os serviços forem ofertados. Qando toda a demanda for acertada”, assegurou.
Plácido disse que pretende se sentar novamente com o secretário executivo para tratar da demanda e saber o que está sendo prestado de serviço ou não para então rediscutir a situação. “Se for possível diremos então que a Policlínica está fornecendo tudo que Juazeiro do Norte tem direito e, enquanto isso, fica difícil porqueo convênio em sim é da ordem de R$ 260 mil mensais e o custo benefício é pequeno”, criticou.
Para o secretário não é viável para o município pagar a Policlínica de Barbalha.
O custo benefício num setor terceirizado talvez seja bem melhor que utilizando os serviços da Policlínica. “Talvez eu pague menos num serviço terceirizado do que o que tenhamos os que pagar para Policlínica. Isso é uma avaliação que nós estamos fazendo. Não temos nbada fdechado ainda. E por que? Porque a Policlínica não ofereceu ainda todos os zseus serviços como d eve ser”, concluiu.
Saiba mais:
Na policlínica regional os moradores dos municípios fazem consultas em 13 especialidades médicas: neurologia, angiologia, endocrinologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, clínica geral, cardiologia, ginecologia, mastologia, cirurgia geral, gastroenterologia, urologia e traumato-ortopedia. Terão também acesso a exames complexos. Além da tomografia computadorizada, a população realiza outros importantes exames para diagnóstico mais precisos e detalhados, como o eletroencefalograma, endoscopia respiratória, radiologia convencional, mamografia, ultrassonografia, endoscopia digestiva, ecocardiografia, ergometria, eletrocardiograma, audiometria e ainda coleta de patologia clínica.
Instalada na rodovia Leão Sampaio, que liga os municípios de Barbalha e Juazeiro do Norte a Policlínica João Pereira dos Santos foi construída e equipada com recursos no Estado com investimentos que passaram da casa dos R$ 12,9 milhões.
Fonte: Rádio Transcriri FM (Rádiojornal)

BLOG DO JUAZEIRO

Vereadores do Crato aprovam convocação para esclarecimentos sobre a Zona Azul

zona-azul
A Câmara Municipal do Crato aprovou nesta segunda-feira (3) a convocação dos representantes da Zona Azul e do Demutran do município. O objetivo é conhecer as cláusulas contratuais entre a Prefeitura e a empresa Flamax, responsável pela emissão dos boletos e arrecadação da taxa de estacionamento, bem como detalhes sobre o serviço a ser prestado pela empresa na área central da cidade. A convocação partiu do vereador Paulo de Tarso, líder do prefeito na Câmara.

Flavio Pinto News

XVII Semana do Direito começa nesta segunda-feira e comemora os 40 anos do Curso de Direito da Urca

URCA2

Será aberta na tarde desta segunda-feira (3), no Centro de Convenções do Cariri, em Crato, a XVII Semana de Direito da Universidade Regional do Cariri (URCA), que este ano comemora os 40 anos do Curso de Direito da Universidade e tem como tema a Evolução e Pensamento Jurídico Constitucional. A solenidade de abertura acontece a partir das 17 horas, com exposição e pronunciamentos, iniciando com a conferência da Professora Doutora, Flavia Piovesan, da Pontifícia Universidade Católica, de São Paulo (PUC – SP). Ela fará uma abordagem do tema ‘Direitos Humanos e Direito Constitucional Internacional: A emergência de um novo paradigma jurídico’. A semana acontecerá de 3 a 7 de novembro e contará com a presença de palestrantes de diversas universidades brasileiras.
Além de lançamentos de livros, conferências, palestras, minicursos, mesas redondas, a semana de direito contará com a uma programação artística e as exposições “Olhar Humano”, do Grupo de Estudos e pesquisa em Direitos Humanos Fundamentais, com a curadoria de Cristóvão Teixeira, e Geopark Araripe, com os seus geossítios, distribuídos em seis municípios da região. O evento acontece no hall de entrada do Auditório Padre Cícero, no Centro de Convenções.
O homenageado deste ano, durante o evento, será o Prof. Dr. Paulo Bonavides (UFC), que fará a conferência de encerramento da semana, na sexta-feira. Ele ministrará a conferência de encerramento sob o tema “As cinco dimensões dos Direitos Fundamentais”, às 18h30. Também serão realizadas homenagens a cinco docentes que tiveram grande importância para o Curso como Luiz de Borba Maranhão (in memorian), Raimundo de Oliveira Borges (in memorian), Alberto Callou Torres, Manoel Soares Martins e José Dantas Tavares.
A Semana de Direito conta com universitários da área do Direito de cursos de toda a região e outros estados. São cerca de 600 inscritos. A Faculdade de Direito da URCA foi criada em 21 de junho de 1973 e começou a exercer suas atividades no ano seguinte. Atualmente Curso de Direito da URCA foi o primeiro criado no interior do Estado e um dos primeiros do interior do Nordeste. Inúmeros profissionais da área como Promotores, Juízes, Advogados, Professores e outros profissionais do Direito já passaram pelo Curso. É considerado um dos melhores do Brasil e o 2º Melhor do Ceará, conforme avaliação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
O credenciamento para a participação do evento começa a partir das 8 horas de hoje, no Centro de Convenções e prossegue à tarde. A Semana de Direito é uma realização da URCA, PUC  – Grupo Marista e OAB e conta com a coordenação da Professora Cileide Araújo e tem como presidente de honra o Professor Patrício Melo, Vice-Reitor da URCA.
Serviço:
Mais informações sobre a XVII Semana de Direito no www.urca.br/semanadedireito/XVII/main/
Email: xviisemanadedireito.urca@gmail.com
Telefone (88) 9712.6135/8873.8788

Lei Anticorrupção deve ser regulamentada até final deste ano, diz ministro

corrupicao
A Lei Anticorrupção deve ser regulamentada até o final deste ano, de acordo com expectativa do ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage. “Espero que assim seja. Claro que não posso assumir compromisso em nome da presidenta Dilma [Rousseff], porque é ela quem vai assinar o decreto. Mas, pelo avanço das discussões e das conversas conduzidas já nesta etapa, na Casa Civil, tudo indica que sairá muito proximamente o decreto”, disse Hage.

O ministro participou, na tarde de hoje (31), de seminário do Instituto dos Advogados de São Paulo (Iasp) para discutir a Lei Anticorrupção, que ele costuma chamar também de “lei da empresa limpa”. Segundo o ministro, falta apenas “o ajustamento de alguns detalhes da legislação” para que a lei possa ser regulamentada.

A Lei Anticorrupção (12.846/13) foi sancionada em agosto do ano passado, no “calor das manifestações”, segundo ele, mas ainda falta ser regulamentada. Ela responsabiliza as empresas por atos de corrupção contra a administração pública e define punições que variam de 0,1% a 20% do faturamento bruto do exercício anterior ao do processo administrativo. Caso não haja informação sobre faturamento, a multa à empresa pode ser estabelecida entre R$ 6 mil e R$ 60 milhões.

A lei também proíbe que as empresas envolvidas em episódios de corrupção recebam recursos de instituições financeiras públicas. Também não podem participar de processos de licitação nem contratar com o poder público durante o período de cumprimento da sanção. A lei pode levar até ao fechamento da empresa. A multa, ressaltou o ministro, nunca será inferior ao valor da vantagem obtida, e caso a multa não seja paga no prazo, a empresa será inscrita na dívida ativa.

Uma das controvérsias da lei, disse o ministro, envolve as empresas públicas. Uma questão controvertida, segundo Hage, é se as empresas públicas também estariam sujeitas a todas as penalidades, incluindo o fechamento da empresa e a interdição de suas atividades. "Imagina uma empresa de água e esgoto ter suspensas suas atividades. Isso me parece impensável. A aplicação da lei para as empresas estatais é prevista sim, mas tem que ser feita dentro do princípio da razoabilidade”, falou.

Embora a lei esteja em vigor desde janeiro, ela ainda não foi aplicada, porque não ocorreu nenhum fato posterior, segundo o ministro. Perguntado se o caso da Operação Lava Jato, que envolve a Petrobras, não poderia render punição à empresa, prevista já na Lei Anticorrupção, ele explicou que não, pois o fato é anterior à lei, embora o conhecimento sobre o episódio só tenha se tornada público este ano. “A lei entrou em vigor no dia 29 de janeiro de 2014. Não podemos fazer a lei retroagir para punir, porque a Constituição brasileira não permite. Então, todos os casos acontecidos antes da data não estão sujeitos a esta lei, mas a outras leis como o Código Penal, à Lei de Licitações ou à Lei de Improbidade”, explicou.

O ministro comentou ainda sobre sua expectativa para o segundo mandato da presidenta Dilma, e espera "a intensificação do combate à corrupção, o fortalecimento das instituições de controle, o empenho do governo pela reforma política – a começar pela alteração do financiamento empresarial dos partidos -, a redução do número dos partidos e a mudança do sistema partidário, para que se reduza a pulverização dos partidos nanicos no Brasil.

Agência Brasil

Guardadas pelo Exército, provas do Enem chegarão ao destino dias 6 e 7

enem-2014
As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão sob a guarda das Forças Armadas e serão distribuídas nos locais de prova nos dias 6 e 7 de novembro, informou o Ministério da Defesa. O Enem será realizado em 1.699 cidades, nos dias 8 e 9 de novembro. Estão inscritos 8,7 milhões de candidatos.
Segundo a Defesa, os exames estão guardados por 53 organizações militares do Exército Brasileiro, sob coordenação do 4º Batalhão de Infantaria Leve, situado em Osasco, na região metropolitana de São Paulo. Caberá aos militares do Batalhão de Osasco distribuí-las para outros quarteis da Força terrestre. Ao mesmo tempo, militares e equipamentos da Marinha e da Força Aérea Brasileira (FAB) distribuirão esses exames em 62 localidades de difícil acesso na região amazônica.

A pasta informa que aeronaves e embarcações partirão, em datas diversas, dependendo da distância e do meio de transporte empregado, das principais capitais daquela região, como Manaus, Belém, Porto Velho e Boa Vista, em direção aos mais longínquos municípios do país. A previsão de chegada ao local do exame é 6 de novembro. O percurso de volta começará no dia 10.

O acordo com o Ministério da Educação teve início em 2009 e tem por finalidade assegurar que os exames não cheguem a mãos indevidas ou sejam usados de forma criminosa.

Agência Brasil

AGU recupera R$ 792 milhões de quadrilha que agia em Mato Grosso

agu2

A Advocacia-Geral da União (AGU) conseguiu na Justiça Federal o bloqueio de R$ 792,3 milhões em bens pertencentes à quadrilha liderada por João Arcanjo Ribeiro, conhecido como comendador. Na década passada, Arcanjo Ribeiro foi acusado chefiar uma quadrilha que atuava no crime organizado no Mato Grosso, com envolvimento na exploração ilegal de jogos.

No caso específico, ele é acusado de lavagem de dinheiro por meio de empresas de factoring no Uruguai. Descoberto pela Polícia Federal na Operação Arca de Noé, em 2002, o esquema consistia em empréstimos fraudulentos com instituições financeiras. Os valores eram remetidos ilegalmente de volta ao Brasil.
Para decretar a perdição dos bens, foi necessáio um trabalho conjunto da AGU, da Receita Federal e do Ministério Público Federal (MPF), durante quatro meses. Entre os bens recuperados estão um hotel de luxo em Orlando, nos Estados Unidos, uma aeronave, uma rede de postos de gasolina em Cuiabá e 70 imóveis.

De acordo com a sentença da Justiça Federal em Mato Grosso, o patrimônio recuperado pela União deverá ser usado em gastos sociais e em projetos de segurança pública.

Agência Brasil

Epidemia de ebola já atingiu 13.567 pessoas e já matou 4.951 pessoas

Ebola-story

Dados divulgados hoje (31) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que 4.951 pessoas morreram de ebola desde o início do atual surto da doença, no começo deste ano. Desde então, 13.567 pessoas foram contaminadas pelo vírus.

O surto da doença está concentrado em três países africanos: Serra Leoa, na Libéria e na Guiné, onde 13.540 pessoas foram contaminadas pelo vírus e 4.941 morreram. Todos os distritos da Libéria e de Serra Leoa registraram casos de ebola.

Mali, Nigéria e Senegal, também na África, Estados Unidos e Espanha tiveram casos iniciais da doença, importados dos países onde há epidemia e/ou transmissão localizada. Em outro país africano, a República Democrática do Congo, foram registrados casos da doença totalmente desconectados do surto.

A Nigéria teve 20 casos e oito mortes e o Senegal, um. Os dois países já são considerados livres do ebola. No Mali, a única paciente com ebola morreu. Na Espanha, uma enfermeira foi contaminada pelo vírus e, apesar da gravidade do caso, foi curada. Nos Estados Unidos, quatro pessoas contraíram o vírus e uma delas morreu.

Na República Democrática do Congo, 66 pessoas tiveram ebola e 49 morreram. Os casos da doença nesse país estão totalmente desconectados dos anteriormente citados. Faz 20 dias que o país não tem notificação de novos casos – quando completar 42 dias sem registro, será considerado livre do ebola.

No Brasil, o governo ainda considera remota a possibilidade de disseminação do vírus, já que não há voos diretos vindos dos países onde há surto. Mesmo assim, o Ministério da Saúde decidiu aferir a temperatura de passageiros  procedentes da Guiné, de Serra Leoa e da Libéria que desembarcam no Brasil, em uma tentativa de identificar casos suspeitos de ebola. A medida foi anunciada pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, e já está sendo implementada desde as 5h de hoje no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Normalmente o ebola se manifesta entre cinco e 21 dias depois da contaminação. Inicialmente, após o contato e a infecção pelo ebola, o principal sintoma é a febre, que pode vir associada a dores no corpo (músculos e  garganta) e de cabeça. Náuseas, vômitos e diarreia podem vir em seguida. Com a evolução da doença, o paciente começa a ter sangramentos, que podem ser na pele, na boca e no intestino, o que pode levar à morte.

Agência Brasil

Só 36 deputados são eleitos com os próprios votos

 

camara-ailtondefreitas

Cálculos da Secretaria Geral da Mesa da Câmara dos Deputados apontam que apenas 36 dos 513 parlamentares que exercerão mandato na próxima legislatura (2015-2018) alcançaram o quociente eleitoral com seus próprios votos. Desta relação, apenas cinco são de Minas Gerais e nenhum deles tem base eleitoral em Uberaba.

O campeão de votos entre os mineiros é o petista Reginaldo Lopes (310.226), seguido de Rodrigo de Castro (PSDB), que obteve a preferência de 292.848 eleitores. Em terceiro lugar aparece Misael Varella (DEM), com 258.636 votos, e em quatro e quinto lugares, outros dois deputados do PT: Odair Cunha (201.782) e Gabriel Guimarães (200.014), respectivamente.

Entre os demais deputados que conseguiram atingir o quociente eleitoral, cinco são de São Paulo e cinco do Rio de Janeiro. Em Pernambuco, quatro deputados foram eleitos com seus próprios votos; e, na Paraíba e no Ceará, três. Em Goiás e Santa Catarina, dois atingiram o quociente eleitoral. No Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Sergipe e Roraima, apenas um atingiu o quociente eleitoral.

Na prática significa dizer que os outros 477 deputados eleitos foram “puxados” por votos dados à legenda ou a outros candidatos de seu partido ou coligação. O número é o mesmo de 2010, informa a Secretaria Geral da Mesa da Câmara.

Com 1,52 milhão de votos, Celso Russomanno foi o deputado mais votado de São Paulo e “puxou” quatro candidatos para a Câmara: além de Fausto Pinato, ele ajudou a eleger o cantor sertanejo Sérgio Reis (45,3 mil votos); Beto Mansur (31,3 mil) e Marcelo Squasoni (30,3 mil). Todos são do PRB, já que o partido não fez coligação. O segundo candidato mais bem votado de São Paulo foi Tiririca (PR), reeleito com pouco mais de um milhão de votos. Ele ajudou a eleger mais dois deputados: Capitão Augusto (46,9 mil votos) e Miguel Lombardi (32 mil), ambos do PR, que também não se coligou.

http://www.jmonline.com.br/

União Europeia questiona Brasil

uniao-europeia

Da Folhapress – Brasília

A União Europeia solicitou à Organização Mundial do Comércio (OMC) a abertura de um processo litigioso contra o Brasil. O bloco questiona a aplicação de impostos pelo governo brasileiro, segundo comunicado divulgado pela Comissão Europeia, ontem.

Os europeus alegam que os tributos são "discriminatórios" e ferem as regras do organismo multilateral. A União Europeia já havia pedido esclarecimentos sobre os programas tributários brasileiros na OMC, mas seguiu descontente com a posição brasileira, por isso, o pedido de abertura de um painel. Caso isso ocorra, o litígio pode se arrastar por anos, a exemplo da disputa do algodão entre Brasil e Estados Unidos, que durou mais de uma década.

A União Europeia reclama de programas tributários como o criado para o setor automotivo (Inovar-Auto) e de equipamentos eletrônicos. "As medidas fiscais brasileiras conferem uma vantagem injusta aos produtores nacionais e são contrárias às regras da OMC. Ao submeter o caso à apreciação da OMC, a UE pretende restabelecer condições de concorrência equitativas entre as empresas e os produtos da Europa e do Brasil", diz a nota.

Os europeus contestam ainda exigência de conteúdo local e acusam o Brasil de proteger fabricantes nacionais sem competitividade: "O Brasil restringe o comércio ao impor que os fabricantes brasileiros utilizem componentes nacionais como condição para beneficiar de vantagens fiscais. Esta situação promove a substituição de importações".

O Inovar-auto começou a vigorar em janeiro do ano passado e vale até 2017. Ele prevê o abatimento de 30 pontos percentuais no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), dependendo das metas atingidas por cada montadora. O sistema faz com que haja, na verdade, isenção da sobretaxa anunciada em 2011.

As metas incluem a exigência de que as empresas utilizem nos veículos um conjunto de produtos previamente listados pelo governo federal, a obrigação de executar no Brasil parte das etapas de produção e de aumentar em 12%, em média, a eficiência energética dos veículos, reduzindo o gasto de combustível por quilômetro rodado, até 2016.

CAUTELA – O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, afirmou que o Brasil demonstrará aos europeus a adequação do regime automotivo do país às regras. "Achamos que nosso regime é perfeitamente compatível e vamos demonstrar isso no painel", disse. Segundo ele, o pedido de abertura de painel não afeta as negociações entre Mercosul e União Europeia para a formação de uma área de livre comércio.

Força Nacional ganha reforço de mais 250 militares

forca_nacional

A Força Nacional de Segurança Pública terá, a partir de hoje (31), a sua tropa reforçada com mais 250 integrantes, entre policiais militares, civis e bombeiros. Nos próximos dias, de acordo com o Ministério da Justiça, o novo contingente seguirá para operações em diversos pontos do Brasil.

Segundo o ministério, o efetivo, formado por profissionais de 25 estados e do Distrito Federal, recebeu três semanas de treinamento em atividades de risco e na padronização de procedimentos operacionais, além de passar por testes físicos.

Os policias militares, civis e bombeiros devem se juntar a um efetivo, de acordo com o ministério, com cerca de 1.500 profissionais que atuam em operações em todo o país.

A Força Nacional de Segurança Pública foi criada para atender às necessidades emergenciais dos estados, onde é necessário uma interferência maior do poder público ou for detectada a urgência de reforço na área de segurança. A tropa é formada por profissionais cedidos temporariamente pelos estados ao governo federal.

Agência Brasil

Polícia Federal indicia Pizzolato por nove crimes antes de fuga para a Itália

pizzolato2
Pizzolato deixa prisão em Modena, na última terça-
feira (28) (Foto: Mastrangelo Reino/Estadão Conteúdo)
Investigação apontou falsidade ideológica e uso de documento falso.Ex-diretor do BB fugiu após condenação no STF; governo quer extradição.
A Polícia Federal informou nesta sexta-feira (31) que concluiu investigação que aponta nove crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso cometidos por Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil que foi condenado no julgamento do mensalão e fugiu para a Itália. A investigação da PF serve de base caso o Ministério Público decida oferecer denúncia sobre o caso à Justiça.

Segundo a PF, todos os crimes foram cometidos entre 2008 e 2010, antes da fuga para a Itália, nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC) e Lages (SC). Pizzolato usou documentos que pertenciam a seu irmão, Celso Pizzolato, morto em 1978. Ainda de acordo com a polícia, a pena prevista para cada um dos nove crimes apontados pode variar de um a cinco anos de reclusão.

Em um dos crimes apurados pela PF, em 2008, ele solicitou passaporte em Lages em nome de seu irmão, utilizando RG e título de eleitor falsos. Em 2010, no Rio, Pizzolato requereu passaporte italiano no Consulado da Itália utilizando RG e passaportes falsos. Pizzolato também usou o título de eleitor em nome do irmão para votar nas eleiçõesmunicipais de 2008, segundo informou a PF.
Prisão na Itália
Pizzolato estava preso desde fevereiro em Modena, na Itália, mas foi solto nesta terça-feira (28), quando a Corte de Apelação de Bolonha negou pedido do governo brasileiro para que o ex-diretor de Marketing do BB seja extraditado para o Brasil. O governo pedia a extradição para que ele cumpra no país a pena de 12 anos e 7 meses de prisão por crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.
Após a Justiça italiana negar a extradição de Pizzolato, a PGR anunciou que vai recorrer da decisão, que pode ser revertida em última instância na Corte de Cassação de Roma. O Ministério da Justiça também informou que atuará em conjunto com a Procuradoria e a Advocacia-Geral da União em recurso contra a decisão. Mesmo que a Justiça decida pela extradição, a decisão final ainda caberá ao governo italiano.
Ao sair da cadeia, Pizzolato afirmou que sua condenação no process do mensalão foi injusta. Questionado se tinha valido a pena ter fugido do Brasil, ele respondeu: "Eu não fugi, eu salvei minha vida. Você não acha que salvar a vida não vale a pena?", afirmou, em entrevista a jornalistas.

"Fiz meu trabalho no banco, o banco não encontrou nenhum erro no meu trabalho. O banco sempre disse que não sumiu um centavo. Não é um banco pequeno, é o maior banco da América Latina, é um banco que tem um enorme sistema de controle", disse.
Pizzolato fugiu para a Itália em setembro do ano passado, mas foi preso em Maranello em fevereiro deste ano por uso de documento falso. Desde então, ficou preso em Modena aguardando o julgamento da extradição. Com a decisão desta terça, poderá responder ao processo em liberdade.

Do G1, em Brasília

Nave espacial da Virgin Galactic despenha-se e um dos pilotos morre

navecaiOutro piloto ficou com ferimentos graves. Causa do acidente é desconhecida.

Uma nave espacial desenvolvida pela empresa britânica Virgin Galactic despenhou-se durante um teste de voo, nesta sexta-feira, no Centro do Espaço e do Ar do Mojave, na Califórnia, Estados Unidos, matando um dos pilotos. O outro conseguiu salvar-se, apesar de ter ficado gravemente ferido, depois de se ter ejectado, adiantam as autoridades.

“Há um morto e um ferido grave que foi transportado para instalações próximas”, indicou o sargento M. Singer à agência AFP.

A Virgin Galactic, do multimilionário britânico Richard Branson, pretende dedicar-se a voos espaciais comerciais, para levar pessoas até uma altitude de 100 quilómetros.

Mais de 800 pessoas já pagaram para viajar a bordo da nave da Virgin Galactic que, no futuro, será transportada por outro veículo até, numa primeira fase, aos 13,7 quilómetros de altitude. Depois, a nave será libertada e subirá até aos 100 quilómetros, com a ajuda de um motor. Será nesse local que os turistas espaciais poderão observar a Terra no meio do espaço e estarão em gravidade zero durante alguns minutos. O empresário português Mário Ferreira é um dos que já tem viagem marcada na Virgin Galactic.

A nave baseia-se num protótipo, chamado SpaceShipOne, que há dez anos ganhou o Prémio Ansari X no valor de dez milhões de dólares (7,98 milhões de euros), como a primeira nave privada destinada a levar pessoas ao espaço.

O voo desta sexta-feira seria o primeiro teste realizado desde Janeiro com o motor. Em Maio, a Virgin Galactic e a Scaled Composites, empresa que desenvolve naves e que pertence à Northrop Grumman, mudaram o tipo de combustível usado no motor.

“Vamos trabalhar com as autoridades parar determinar a causa do acidente”, lê-se no Twitter da Virgin Galactic.

Este é o segundo acidente espacial em menos de uma semana. Na terça-feira, um foguetão Antares, da empresa Orbital Sciences, explodiu 15 segundos após a descolagem de um centro espacial da agência norte-americana NASA, na Virgínia. O acidente destruiu uma nave de carga com mantimentos que ia a caminho da Estação Espacial Internacional.

 

AGÊNCIAS

http://www.publico.pt/

Israel reabre visitação a local sagrado de Jerusalém

israel
Apenas muçulmanos com mais de 50 anos de idade tiveram acesso liberado Muçulmanos rezam atrás de barricada policial no Nobre Santuário, na Jerusalém Oriental

Muçulmanos rezam atrás de barricada policial no Nobre Santuário, na Jerusalém Oriental (Gali Tibbon/AFP)

Palestinos fizeram orações nesta sexta-feira em um dos pontos de maior peregrinação em Jerusalém, em meio a forte presença policial. Chamado de Monte do Templo pelos judeus e de Nobre Santuário pelos muçulmanos, o local foi fechado ontem por questões de segurança depois da tentativa de assassinato contra o rabino ultranacionalista Yehuda Glick.

Um porta-voz do presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, havia considerado o fechamento do complexo uma “declaração de guerra” de Israel. O episódio aumentou a tensão entre judeus e palestinos e a reabertura foi parcial: homens com menos de 50 anos de idade não puderam entrar.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, tentou acalmar a situação deixando claro que não tem a intenção de mudar o funcionamento dos locais sagrados da cidade e reforçando o efetivo policial nas ruas de Jerusalém. Micky Rosenfeld, porta-voz da polícia israelense, disse ao final das orações do meio-dia que o local estava “relativamente calmo”, informou o New York Times.

Leia mais: Kerry diz que situação atual entre palestinos e Israel é ‘insustentável’

A tranquilidade, no entanto, tem sido exceção em alguns distritos da cidade desde o conflito em Gaza, entre juho e agosto. Na última semana, outro episódio deixou em evidência o clima tenso na região. Uma mulher equatoriana e um bebê judeu foram mortos após um palestino avançar seu carro contra um grupo de pessoas em um ponto de ônibus. As autoridades israelenses classificaram a ação um atentado terrorista.

Veja

AGU faz plantão para garantir segurança jurídica ao Enem

AGU01
A Advocacia-Geral da União (AGU) informou nesta sexta-feira (31) que está fazendo plantão judicial para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. A entidade disse que monitora em tempo real as movimentação na Justiça com objetivo de garantir maior segurança jurídica à seleção e impedir que ações judiciais atrapalhem a aplicação das provas, marcadas para 8 e 9 de novembro, em todo o país.

A AGU organiza plantões para assegurar a realização do Enem desde 2009. Nos últimos anos, de acordo com a nota divulgada, muitos processos tentaram impedir o andamento da seleção. Até o momento, já foram identificadas 33 ações ajuizada,s referentes à edição de 2014. "Porém, nesta fase anterior à aplicação das provas, a maioria se refere à inscrição dos alunos no exame", diz o texto.

O plantão envolve 145 procuradores federais e 90 advogados da União, e segue até a realização da prova. Além dessa equipe, os advogados públicos deverão garantir que todos os municípios do país estejam sob monitoramento. O plantão proporcionará rápida comunicação entre os advogados públicos que receberem intimações judiciais e os organizadores das provas.

A AGU agirá "em articulação constante" com os procuradores federais que atuam na defesa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela organização das provas, e com os advogados da Consultoria Jurídica da União que atuam no Ministério da Educação.

Além de garantir a aplicação dos exames, a AGU informa que também atuará para assegurar a legalidade das regras de correção e da disponibilização das provas de redação dos participantes.

Agência Brasil

Estudo relaciona seca do Sudeste a desmatamento da Amazônia

floresta-amazonica-size-598

De acordo com o relatório, um total de 762.979 quilômetros quadrados de desmatamento foram acumulados na Amazônia – mais do que a soma das áreas de três estados de São Paulo (Luciana Gatti / Ipen/VEJA)

A redução da quantidade de árvores no local afeta os "rios aéreos" de vapor, responsáveis pelo transporte da água que cai com as chuvas nas regiões brasileiras mais distantes

Uma nova pesquisa do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) relaciona a seca que atinge o Sudeste, especialmente São Paulo, com o desmatamento da Amazônia. Realizada pelo biogeoquímico Antônio Nobre, a revisão de literatura sobre o assunto mostra que a redução da quantidade de árvores no local afeta os "rios aéreos" de vapor, responsáveis pelo transporte da água que cai com as chuvas nas regiões brasileiras mais distantes. De acordo com o relatório, intitulado O Futuro Climático da Amazônia, esta é “a razão de a porção meridional da América do Sul, a leste dos Andes, não ser desértica, como nas áreas de mesma latitude a oeste e em outros continentes”.

De acordo com o relatório, um total de 762.979 quilômetros quadrados de desmatamento foram acumulados na Amazônia – mais do que a soma das áreas de três estados de São Paulo. "Já foram destruídas pelo menos 42 bilhões de árvores na Amazônia. Em 40 anos, foram cerca de 2 mil árvores por minuto. Os danos dessa devastação já são sentidos, tanto no clima da Amazônia – que tem sua estação seca aumentando a cada ano – quanto a milhares de quilômetros dali", disse Nobre.

Segundo ele, a floresta mantém úmido o ar em movimento, levando chuvas para regiões internas do continente. "O ar úmido é exportado para o Sudeste, o Centro-Oeste e o Sul do Brasil, por rios aéreos de vapor, mais caudalosos do que o Rio Amazonas. Sem isso, o clima nessas regiões se tornará quase desértico. Atividades humanas como a agricultura entrarão em colapso", declarou.

Nobre explicou que a Amazônia regula o clima do continente graças à capacidade da floresta de transferir 20 trilhões de litros d’água por dia para a atmosfera. Segundo ele, a transpiração das árvores, combinada à condensação vigorosa na formação de nuvens de chuva, rebaixa a pressão atmosférica sobre a floresta. Com isso, ela "suga" o ar úmido do oceano para o continente, mantendo as chuvas em qualquer circunstância. "Isso explica por que não temos desertos nem furacões a leste dos Andes. Pelo menos até agora, porque se continuarmos derrubando a floresta, o fluxo se inverterá: o oceano é que sugará a umidade da Amazônia. Assim, poderemos ter no continente um cenário semelhante ao da Austrália, com grandes desertos e uma franja úmida próxima do mar", afirma o pesquisador.

Esforços – De acordo com Nobre, o esforço para zerar o desmatamento é insuficiente, já que é preciso também confrontar o desmatamento acumulado e dar início a um processo de recuperação do que já foi destruído. “É preciso plantar árvores em todos os lugares, e não só na Amazônia”, ressaltou, lembrando que não podem ser plantados somente eucaliptos, como ocorre atualmente, já que esta não é a espécie mais indicada para trazer chuva.

Para ele, o governo tem uma grande tarefa a realizar e esse trabalho deve ser feito em conjunto com o Ministério Público, a Justiça, as organizações não governamentais (ONGs) e, principalmente, os cientistas, repetindo algo que foi feito após 2004, quando o Brasil alcançou o pico de área desmatada (27,7 mil km²) “É possível fazer acordos e todos os setores serem beneficiados”, afirmou.

Apesar de o desmatamento ter caído nos últimos anos, o Brasil ainda é o maior desmatador do mundo, afirmou Cláudio Amarante, da ONG WWF Brasil. “Pelos dados que temos hoje, por tudo o que reduziu, o Brasil ainda é o maior desmatador do mundo, embora dependa de como isso é medido. O Brasil tem dez anos de redução de desmatamento, mas os países andino-amazônicos vêm em processo contrário: há um crescimento do desmatamento. Após o Brasil, vêm a Bolívia, o Peru, a Colômbia, a Venezuela e o Equador.”

De acordo com Amarante, o controle do desmatamento no Brasil está entrando agora em sua fase mais difícil: a de combate às pequenas manchas de desmatamento, pouco visíveis por satélites. “Até agora, foi possível conter o desmatamento mais flagrantemente ilegal, das áreas maiores e de maior detecção. Agora vamos ter que combater as pequenas manchas de desmatamento e as feitas por pequenas propriedades ou assentamentos”, afirmou.

(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

Leilão de energia coloca Brasil na rota de expansão da fonte solar

energiasolar

O leilão de energia de reserva, realizado nesta sexta-feira (31/10), em São Paulo, se tornou um marco histórico para o setor elétrico brasileiro. Além de marcar a entrada da fonte solar fotovoltaica na matriz elétrica, foi um dos certames mais competitivos da história, com mais de cem lances e oito horas de duração. Foram contratadas 31 fazendas solares, que somam 1.048MW de capacidade instalada, o que significa injetar mais 889,6MW na rede a partir de outubro de 2017.

Na avaliação de Mauricio Tolmasquim, presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), o leilão foi muito bem sucedido, pois contratou energia limpa, renovável, com os menores preços do mundo para fonte. Além dos benefícios para a matriz elétrica e do pouco impacto ao meio ambiente, Tolmasquim garantiu que o preço de compra terá pouco impacto na tarifa do consumidor de energia elétrica.

"O leilão coloca o Brasil como uma das fronteiras da expansão da energia solar", disse o executivo durante coletiva de imprensa. O resultado ficou das estimavas do mercado, que apontava que seriam leiloados entre 500MW e 1GW de energia solar.

Além da energia solar, o governo contratou energia de 31 parques eólicos, adicionando 769,1MW de capacidade para atender a demanda dos próximos anos. Os contratos têm duração de 20 anos de suprimento.

O deságio médio do leilão foi de 9,94%, o que representou uma economia de R$1,7 bilhão. O preço médio do leilão foi de 169,82/MWh.

Para fonte solar, o preço médio de venda chegou a R$215,12/MWh, o que representou um deságio médio de 17,89% em relação ao preço inicial de R$262,00/MWh. Para fonte solar, o preço médio de venda ficou em R$142,34/MWh, deságio de 1,15% em relação ao teto de R$144,00/Mwh. O início de suprimento dos contratos será em 1º de outubro de 2017, com prazo de duração de 20 anos.

Tolmasquim ainda garantiu que não haverá problemas com o sistema de transmissão para escoar a energia licitada nesta sexta-feira.

Estado campeão
Em atração de investimentos, o estado da Bahia se sagrou o grande campeão e receberá 773,1MW em novos projetos de geração, que demandarão R$3,4 bilhões em novos investimentos. Em segundo lugar ficou São Paulo, que receberá R$1,1 bilhão em novos investimentos, adicionando 270MW.

No total, o governo contratou 1.817MW de capacidade instalada, que vão demandar R$7,1 bilhões de novos investimentos. Os empreendimentos estão espalhados pelos estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Pernambuco, Piauí, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Paraíba e Ceará.

Em 2014, pela primeira vez, o Plano Decenal de Energia (PDE 2013) incluiu a energia solar na matriz energética brasileira. A previsão é de que a capacidade instalada saia de quase zero em 2013 para 3,5 GW em 2023.

Por Wagner Freire, de São Paulo

Fonte Maior

Universidades do Ceará devem ofertar mais de 7.400 vagas no Sisu em 2015

URCA2

Quatro instituições de ensino superior cearenses adotarão o Sisu em 2015. Seleção unificada tem como critério nota do candidato no Enem.

Quatro instituições de ensino superior do Ceará vão adotar o Sistema de Seleção Unificação (Sisu) para processo seletivo do primeiro semestre de 2015. A Universidade Estadual do Ceará (Uece) vai adotar pelo primeira vez o Sisu como opção de ingresso à instituição. Além da Uece,  Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) devem disponibilizar juntas mais de 7.400 vagas para 2015.1.

A nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado nos dias 8 e 9 de novembro, é o critério utilizado no Sisu para acesso ao ensino superior. Este ano, o Ceará é o quinto estado com maior número de inscritos no Enem, com 596.568.

 

Vagas
Em todo país, o Sisu oferece vagas em 115 instituições públicas de educação superior. Das quatro instituições cearense, a UFC é a única a destinar 100% das vagas para o sistema. A universidade irá ofertar um total de 5.658 vagas em cursos de graduação presencial para ingresso em 2015, exclusivamente por meio do Sisu. Do total, 3.996 vagas serão para o primeiro semestre e as 1.662 restantes para o segundo semestre. Na instituição, é permitido o candidato escolher o semestre de ingresso.

Na primeira vez em que adota o Sisu opção de ingresso, a Uece vai ofertar 50% de suas vagas em todos os turnos e cursos de graduação presenciais da oferta regular. Para o Sisu, a Uece oferece 820 vagas para ingresso no primeiro semestre de 2015, para Fortaleza e unidades do interior.  O aluno terá que escolher entre concorrer por meio das provas da Uece ou as do Enem. Já na seleção do meio do ano (2015.2), ocorre apenas o vestibular tradicional.

A oferta de vagas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) para o ingresso em 2015.1 ainda não está fechada, já que os campi de Juazeiro do Norte, Cedro, Iguatu, Jaguaribe e o de Fortaleza  ainda não enviaram os cursos e vagas ofertadas. Até esta sexta-feira (31), estão confirmadas a oferta de 1.845 vagas. A Unilab está ofertando 680 vagas para o campus de Redenção, no Maciço de Baturité.

Realização das provas
Assim como nos anos anteriores, o Enem ocorrerá em dois dias seguidos. No sábado, dia 8 de novembro, os participantes farão as provas de ciências humanas e ciências da natureza, das 13h às 17h30 (horário de Brasília). No domingo, dia 9 de novembro, serão aplicadas as provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Nessa data, o tempo do exame será mais longo, entre as 13h e as 18h30 (horário de Brasília).

Segundo o Ministério da Educação (MEC), serão impressas 18,3 milhões de provas (incluindo normal, ampliada, ledor e braile – estas três últimas, para quem tem diferentes graus de deficiência visual) em 1.699 municípios do país. Este ano, 785 mil funcionários vão ajudar na realização do Enem, entre coordenadores de locais de aplicação, assistentes de coordenação, chefes de sala, fiscais e apoio. Em todo o Brasil, haverá 16,6 mil locais de exame.

Sabatistas
Nesta edição, os alunos sabatistas (que guardam o sábado por motivos religiosos) poderão fazer a prova de 8 de novembro às 19h (horário de Brasília) desse dia, exceto nos estados do Acre, Amazonas, de Roraima e Rondônia. Nesses quatro estados, os candidatos sabatistas poderão realizar o primeiro dia de provas às 19h de sua hora local, em função do horário de verão.

Do G1 CE

Após forte alta nesta sexta, Ibovespa fecha outubro no azul

marcosdaibovesp

Marcos Issa/Bloomberg

Operador da Bolsa de Valores de São Paulo, a Bovespa

Bovespa: índice encerrou o mês com uma alta de 0,95 por cento

 

São Paulo – A Bovespa teve um rali na última hora, acelerando ganhos já fortes do pregão desta sexta-feira, o que levou seu principal índice a reverter perdas acumuladas da semana e do mês, sob influência do mercado externo e do noticiário corporativo doméstico positivo.

O Ibovespa fechou com alta de 4,38 por cento, a 54.628 pontos. O volume financeiro somou 8,37 bilhões de reais.

A reunião do Conselho de Administração da Petrobras esteve no radar, em meio a especulações sobre um aguardado reajuste nos preços dos combustíveis, assim como dados fiscais negativos do setor público.

Do exterior, a surpreendente decisão do Banco do Japão de ampliar as compras de títulos públicos repercutiu positivamente nas praças financeiras globais.

Na Bovespa, o setor de telecomunicações foi um dos destaques na pauta corporativa, após o jornal Folha de S.Paulo publicar que Claro, Vivo e Oi fecharam acordo para oferta de compra da TIM Participações. Oi e TIM foram as líderes de alta do índice. Vivo também subiu forte.

Duas fontes confirmaram à Reuters o acordo entre as operadoras. No país, a Telefônica Brasil, que utiliza a marca Vivo, esperou o fim do pregão para dizer ao mercado que desconhece o assunto e que não está envolvida em discussões para uma oferta pela TIM. Horas antes, a TIM informou o mesmo.

Balanços de empresas como PDG Realty, Suzano e BRF, ajudaram a impulsionar as ações.

Na ponta negativa, as units do Santander Brasil despencaram após a oferta pública voluntária de permuta de units por recibos de ações do Banco Santander, na véspera, com a previsão de que as units que não foram trocadas tendem a perder liquidez e oscilar ao sabor dos fundamentos.

Na visão do operador Thiago Montenegro, da Quantitas Asset Management, a Bovespa refletiu o ambiente externo favorável, incluindo dados mais fortes sobre o crescimento dos Estados Unidos na véspera.

Ele também citou influência nos negócios de especulações sobre a nova equipe econômica, com nomes conhecidos e bem avaliados no mercado circulando entre os possíveis substitutos de Guido Mantega na Fazenda, embora se mostre cético sobre mudanças radicais na condução da economia pelo governo.

Outubro Tenso

Outubro fechou com o Ibovespa longe da máxima verificada do mês, de 58.015 pontos no dia 14, mas tampouco nos níveis estimados pela parcela mais pessimista do mercado no caso de reeleição da presidente Dilma Rousseff, no último domingo.

O índice encerrou o mês com uma alta de 0,95 por cento. No ano, a alta acumulada passou a 6,06 por cento.

Os últimos trinta dias foram marcados por forte volatilidade, com pesquisas eleitorais e o resultado do primeiro turno do pleito ditando o rumo dos negócios e afetando ações com forte peso no índice, com destaque para as da Petrobras.

As ações da petroleira estatal, que se tornaram um proxy do sentimento de agentes financeiro sobre o noticiário político, chegaram a contabilizar uma valorização ao redor de 20 por cento no melhor momento do mês, mas reverteram a tendência encerrando com perdas de cerca de 15 por cento no mês.

O front externo corroborou com a volatilidade doméstica, quando preocupações sobre o crescimento global combinadas com percepção de que os bancos centrais podem não atuar de forma tão agressiva elevaram a aversão a risco mundial.

O saldo de capital externo da Bovespa refletiu tal movimento, com saídas líquidas em sete pregões seguidos a partir do dia 3 somando 3,5 bilhões de reais, enquanto as posições no mercado futuro também foram reduzidas.

Com o fim do processo eleitoral, as especulações na bolsa passaram a ser sobre o rumo da política econômica e os primeiros sinais repercutiram positivamente.

A divulgação na mídia de nomes bem avaliados no mercado como possíveis substitutos de Mantega na Fazenda agradou, mas o ponto alto foi a elevação surpresa da Selic pelo Banco Central nesta semana, enquanto os dados fiscais continuaram desapontando.

Tantos altos e baixos refletiram em fortes volumes negociados diariamente, com os dados da Bovespa mostrando a forte média de quase 11 bilhões de reais até o dia 30.

O pregão do dia 15 teve o maior giro de 2014 ao totalizar 24,3 bilhões de reais. O vencimento dos contratos de opções sobre o Ibovespa e as operações ligadas ao vencimento do índice futuro ajudaram a inflar a cifra.

Também em outubro o Ibovespa registrou a maior variação positiva diária do ano, de 4,78 por cento, no dia 14.

Texto atualizado às 18h21min do mesmo dia com informações do fechamento de mercado.

Paula Laier, daREUTERS

Aluísio Alves, daREUTERS

Exame

Campanha contra a poliomielite começará no dia 8 de novembro e vai durar 20 dias

poliomielite15

A campanha 2014 de vacinação contra a poliomielite, doença mais conhecida como paralisia infantil, terá início no dia 8 de novembro, dia nacional de mobilização, e se estenderá até 28 do mesmo mês em todo o Brasil. É importante não esquecer de levar o cartão de vacinação. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% das mais de 12,7 milhões de crianças a partir dos 6 meses até os menores de 5 anos de idade. As 2 gotinhas, como dose de reforço, serão dadas mesmo que as crianças já tenham sido imunizadas contra a doença. Se as crianças tiverem febre alta, alguma hipersensibilidade a algum componente da vacina ou alguma doença aguda, os pais devem conversar com os profissionais de saúde antes da vacinação. No mesmo período da campanha contra a pólio, o ministério também vai vacinar crianças de 1 a 5 anos contra sarampo, caxumba e rubéola.

http://montesclaros.com/

Cid diz que Ceará fez tudo que podia pela Refinaria

cidshopingCid Gomes e Roberto Cláudio na inauguração do shopping RioMar

Governador disse não ter sido comunicado sobre possível decisão de adiamento do empreendimento no Ceará. Presidente Dilma Rousseff (PT) afirma ao O POVO que projeto ficará pronto e começará a operar em

O Governo do Ceará já fez tudo que poderia para a instalação da Refinaria Premium II, em São Gonçalo do Amarante (60,1 km), conforme o governador Cid Gomes (Pros). “No que dependia de providências do Estado, todas elas estão tomadas. A área livre e desimpedida entregue à Petrobras”, ressalta.

Tanto que as ações para a aquisição de área para a comunidade da reserva indígena Taba dos Anacés, em Caucaia, um dos entraves para a liberação do terreno da Refinaria, já foram concluídas. Cid, assim como os órgãos do Estado, não foi formalmente comunicado sobre o possível adiamento do empreendimento pela Petrobras. “Fico surpreso em ter essa notícia e só posso comentar realmente quando tiver uma posição formal”, diz, na inauguração do shopping RioMar Fortaleza.

A Refinaria Premium I, do Maranhão, também tem adiamento cogitado. Isso segundo uma fonte da agência Reuters “com conhecimento direto do assunto” .

Apesar da notícia, os empreendimentos constam no Plano de Negócios e Gestão da Petrobras 2014-2018, com investimentos de US$ 220,6 bilhões para o período.

Enquanto a informação não se oficializa ao Governo, a Agência de Desenvolvimento Econômico do Estado do Ceará (Adece) diz que o cronograma de obras para atender a Petrobras está sendo seguindo, inclusive com novo píer no Porto do Pecém, que auxiliará o transporte de equipamentos para a construção da Premium II.

Estado e Capital

Na inauguração do RioMar, o governador disse que o Estado tem desafios para enfrentar, mas que irá crescer. “Eu não tenho dúvidas que o Ceará está avançando no sentido de se transformar num Estado de economia importante para o Brasil”, diz.

E o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), também no evento, disse que a Cidade passou por uma série de obras que já foram entregues. Para ele, a reeleição de Dilma e Camilo garante a continuidade desses projetos. “Para a gente é muito bom ter a possibilidade de manter a parceria administrativa e política desde o começo do ano passado”, complementa.

O Povo

Com paus-de-arara retidos, romeiros seguem a pé para Juazeiro do Norte

rumeirosape
Devotos seguiam em paus-de-arara que foram retidos em Milagres. PRF realiza fiscalização de transporte irregular de romeiros.

Romeiros de outros estados do Nordeste não conseguiram chegar no tempo esperado a Juazeiro do Norte, no Ceará. Nesta sexta-feira (31), sete caminhões paus-de-arara que levavam o grupo para participar da tradicional romaria de finados foram retidos no município de Milagres em uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal. Alguns interromperam a viagem, mas muitos resolveram seguir a pé pela BR-116 e enfrentar a distância de 57km de uma cidade para outra.

O grupo que seguia a pé com mais de 20 pessoas, entre elas crianças, afirmou não ter dinheiro para pagar outro meio de transporte. "Onde a gente mora não tem transporte, não tem nada. A gente vai seguir pela pista e seja o que Deus quiser", disse um dos romeiros. A festa religiosa de Juazeiro do Norte, uma das mais importantes da região, deve atrair até domingo (1°), mais de meio mihão de romeiros.

Boa parte dos veículos apreendidos emMilagres vinha do interior da Paraíba. “Trabalho o ano inteiro juntando um ‘tostãozinho’, aí chega hoje e acontece uma coisa dessa”, lamenta a aposentada Maria José Ribeiro, que viajava em um dos paus-de-arara.

Mãe e filhos também tiveram de descer de um dos paus-de-arara. As crianças ficaram inconformadas com a interrupção da viagem. “Nós queremos ir para o Juazeiro, nós queremos fazer a nossa promessa, eu não quero ir pra casa não”, disse o garoto chorando.

De acordo com a PRF,  até esta sexta-feira (31), 73 veículos que transportavam 1.179 romeiros de forma irregular foram fiscalizados e 54 motoristas notificados. Segundo o órgão, o transporte de romeiros em paus-de-arara é considerado multa gravíssima. Se for o veículo for flagrado, é exigido o transbordo das pessoas, ou seja, a retirada dos romeiros de um meio de transporte para outro. Se o veículo estiver regular, é liberado. Caso contrário, fica retido pela PRF.

Romaria Segura
A 2ª etapa da Operação Romaria Segura foi iniciada nesta quinta-feira (30), pela PRF. A ação ocorre devido a tradicional Romaria de Finados que será realizada no dia 2 de novembro em  Juazeiro do Norte, na Região do Cariri. O objetivo é evitar que acidentes envolvendo romeiros ocorram, tendo em vista o crescente número de fiéis que se deslocam de diferentes estados nordestinos em veículos destinados ao transporte de cargas sem as mínimas condições de segurança, higiene e saúde.

Do G1 CE com informações da TV Verdes Mares

Nova sala de desembarque do aeroporto do Cariri começa a operar

aeroporto_de_juazeiro_do_norte
A área passou de 194 m² para 450 m² e começou a operar nesta quinta. Terminal de Juazeiro de Norte vai ampliar capacidade de passageiros.

A nova sala de desembarque do Aeroporto de Juazeiro do Norte/Orlando Bezerra de Menezes começou a operar em caráter assistido nesta quinta-feira (30). De acordo com a Infraero, a área passou de 194 m² para 450 m², contando com duas esteiras de restituição de bagagem. Com a ampliação das salas de embarque e desembarque, o terminal passa a ter capacidade de atender 950 mil passageiros por ano.
saiba mais
Gol vai operar voo direto entre São Paulo e Juazeiro do Norte, no Ceará
Pane em avião gera atraso de voo em Juazeiro do Norte, no Ceará
No dia 15 de outubro, tiveram início as operações da nova sala de embarque, que foi ampliada de 115 m² para 600 m². A operação assistida é o período em que os novos espaços entregues são observados para monitoramento das condições operacionais, com a realização de ajustes, caso necessário.
Segundo a Infraero, a  instalação dos módulos de embarque e desembarque que redimensionaram o Aeroporto do Cariri custou R$ 2,1 milhões. De acordo com supervisão do terminal, entre janeiro e setembro de 2014, o aeroporto de Juazeiro do Norte registrou 315,3 mil passageiros. Em 2013, o terminal movimentou 387,9 mil passageiros.

Do G1 CE

Geopark Araripe realiza exposição no Cariri Garden Shopping PDF Imprimir

URCA2
O Geopark Araripe, da Universidade Regional do Cariri (URCA), está realizado exposição até o próximo dia 2 de novembro, no Cariri Garden Shopping, por meio de parceria com o empreendimento administrado pela Tenco Shopping Centers. Os nove geossítios do Geopark Araripe podem ser conhecidos pelos visitantes por meio de maquetes e banners que contam a história da riqueza geológica, cultural, social e paleontológica da área que abrange a Chapada do Araripe. A entrada é gratuita.
 
A exposição recebeu a visita da Reitora da URCA, Professora, Otonite Cortez, o Vice-Reitor, Patrício Melo, além da Pró-Reitora de Extensão, Sandra Nancy Freire, o Pró-Reitor de Planejamento, João Luís do Nascimento Mota, a Pró-Reitora de Assuntos Estudantis, Cileide Araújo, o Pró-Reitor de Desenvolvimento Universitário, Francisco do Ó Lima Júnior, e professores da Instituição, que foram recebidos no local pelos bolsistas, que estão realizando o receptivo ao público. No local, a equipe da URCA também foi recepcionada por integrantes do marketing do empreendimento, por meio do gerente de marketing, Eduardo Duffles.
 
Reconhecido pela Unesco com a chancela do Selo Verde, pela primeira vez o Geopark Araripe adentra o universo de um shopping, para contar especificamente a história de todos os seus geossítios, com características diversificadas, mas que incorporam grande riqueza da região. São seis municípios inseridos: Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Missão Velha, Nova Olinda e Santana do Cariri, com os seus respectivos registros.
 
As réplicas de dinossauros, pterossauros e outros animais pré-históricos, que viveram na região há mais de 110 milhões de anos, podem ser vistas bem de perto pelos visitantes, no espaço ao lado das lojas Marisa no centro de compras.
 
Oficinas de réplicas e bonecos estarão abertas ao público, a partir das 14h. O material que é produzido tem um cunho educativo. O diretor do Geopark Araripe, Professor Idalécio Freitas, ressalta a parceria com o shopping, no intuito de difundir a riqueza histórica da região, incluindo um plano de trabalho parceiro, que vem sendo executado, e espaço permanente que será desenvolvido como forma de levar ao público o conhecimento do Geopark. Vale ressaltar que a parceria será formalizada em novembro durante o aniversário do empreendimento, com entrega de uma placa comemorativa do shopping, além de um projeto de sinalização.
 
 
Assessoria de Imprensa da URCA

Câmara aprova orçamento de R$ 247 milhões para o Crato em 2015

camaracrato

A Câmara Municipal do Crato aprovou por unanimidade o orçamento para o municípío para o exercício financeiro de 2015. Foram 55 emendas, sendo três aditivas e 52 modificativas. Com o Crato terá orçamento na ordem de R$ 247.639.830,00. O orçamento vem de várias fontes, como Receita Tributária, Receita de Contribuição, Receita Patrimonial, Receita de Serviços, Transferências Corrente,  outras Receitas Correntes, Receita-Intraorçamentária, Alienação de Bens e Transferências de Capital.
A despesa fixada à conta dos recursos previstos está desdobrada nas unidades orçamentárias a seguir descritas: Câmara Municipal,  Gabinete do Prefeito e do Vice-prefeito; Procuradoria Geral do Município, Ouvidoria, Controladoria, as Secretarias de Governo, Planejamento, Orçamento e Gestão, Administração,  Finanças,  Obras Públicas,  Cidade, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Meio Ambiente e Controle Urbano, Cultura, Esporte, Agricultura, Pecuária e Recursos Hídricos,  Segurança Pública, Cidadania e Trânsito, Serviços Públicos, Saúde,  Educação e Trabalho e Desenvolvimento Social.
O orçamento é formado ainda pelos fundos municipais de Iluminação Pública, dos Direitos da Criança e do Adolescente, de Trânsito, de Desenvolvimento Ambiental, de Saneamento Básico,  a PREVICRATO,  Fundação Cultural J. de Figueiredo Filho e Reserva de Contingência.

(Com informações da Assessoria de Imprensa)

Empréstimo de R$ 50 milhões para Juazeiro pode ser votado hoje

dinheiro

Tramitando na Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte desde agosto passado, o projeto de lei enviado pelo prefeito Raimundo Macedo (PMDB), solicitando aprovação dos vereadores para o empréstimo de R$ 50 milhões junto ao Banco do Brasil, deve ser apresentado nesta tarde para ir a votação no prazo de até cinco dias no poder legislativo municipal.
A matéria é polêmica e alguns vereadores alegam que no projeto enviado pelo Executivo não estão claros os motivos que justifiquem o empréstimo e nem aplicação do dinheiro. Como tem a maioria na câmara o projeto deve ser aprovado, se for mesmo a votação nesta tarde, apesar do esforço da oposição.

Flavio Pinto News

Presença de romeiros em Juazeiro do Norte é motivo para cancelamento de sessão da Câmara Municipal

romeroscaninde

Essa foi demais. O presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, capitão Vieira Neto (PTN) cancelou a sessão ordinária desta tarde de quinta-feira (30). O motivo, pasmem! A presença de muitos romeiros na cidade por conta da Romaria de Finados que acontece neste domingo (2/11). Pode?
Com o cancelamento, a votação do projeto de lei que o prefeito Raimundo Macedo enviou solicitando aprovação para o empréstimo milionário de R$ 50 milhões junto ao Banco do Brasil, só deve acontecer na próxima semana.

Flavio Pinto News

11ª edição da Parada da Diversidade acontece nesta sexta-feira no Crato

parada14crato

Nesta sexta-feira, o Crato vai ser palco da 11ª edição da Parada da Diversidade. Cerca de 8 mil pessoas devem participar e assistir o movimento é que a favor da liberdade e contra o preconceito. A concentração acontece a partir das 16 horas, na praça do Detran, no bairro São Miguel e de lá segue em cortejo pelas ruas e avenidas da cidade até a Praça da Sé.
Antes pela manhã, às 9 horas, na Câmara Municipal do Crato, haverá uma solenidade em homenagem a Parada da Diversidade.

Flavio Pinto News


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

dezembro 2014
D S T Q Q S S
« nov    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -