Nasa testa nova cápsula para missões espaciais tripuladas

capsula-orion-CORTADA-size-598
Voo de teste da Orion é considerado primeiro passo de uma futura expedição a Marte
Ilustração da cápsula Orion durante o voo de teste (Nasa/VEJA)

A cápsula Orion, da Nasa, fará seu primeiro teste de voo na quinta-feira. Com investimento de bilhões dólares, a missão tem o objetivo de preparar o retorno dos Estados Unidos às viagens espaciais tripuladas, limitadas à órbita terrestre desde a última expedição lunar, há 42 anos.

A Orion foi criada para levar astronautas a destinos ainda não explorados, que incluem visitas a um asteroide e a Marte, apesar de os planos ainda não estarem muito bem definidos. O lançamento está previsto para as 10h05 (horário de Brasília), na base de Cabo Canaveral, na Flórida, a bordo do foguete Delta IV.

As previsões meteorológicas indicam nesta quarta-feira 70% de probabilidade de clima favorável para o voo, embora a possibilidade de temporais e ventos tragam dúvidas. A janela de lançamento ficará aberta por duas horas e 39 minutos.

No voo de teste, a sonda vai dar duas voltas ao redor da Terra, percorrendo mais de 96.000 quilômetros e atingindo altitude de 5.800 quilômetros, cerca de catorze vezes a distância da Estação Espacial Internacional (ISS) em relação à Terra. O pouso ocorrerá cerca de quatro horas e meia depois, no oceano Pacífico.

Durante a descida de volta ao planeta, a nave vai ultrapassar os 32.000 quilômetros por hora, gerando temperaturas de até 2.200 graus Celsius — 80% da temperatura que seria atingida por uma missão lunar.

Mudança de objetivo — Inicialmente, a cápsula Orion deveria levar astronautas americanos de volta à Lua, como parte do programa Constellation da Nasa, mas a missão foi cancelada pelo presidente Barack Obama, em 2010.

A agência espacial americana resgatou, então, o design da cápsula, na qual investiu 4,7 bilhões de dólares de 2005 a 2009, e a destinou a enviar humanos a um asteroide ou a Marte nas próximas décadas.

Retomada — A Nasa ficou sem recursos para enviar astronautas à órbita da Terra desde que aposentou, em 2011, sua frota de ônibus espaciais. Atualmente, os astronautas americanos dependem das naves russas Soyuz para ir e voltar da ISS.

O voo de testes do Orion "é o mais importante que a agência espacial terá feito este ano", disse William Hill, encarregado de desenvolvimento dos sistemas de exploração da Nasa.

Os críticos do projeto Orion, que também incluiu a construção dos foguetes mais poderosos do mundo (Space Launch System, SLS), condenam seu custo e a falta de atenção do governo com problemas verdadeiramente importantes.

(Com Agência France-Presse)

Veja

Educação: modelo do Ceará é referência para novos Governos

Educacao_Destaque

O modelo de Educação implementado no Ceará, ao longo dos últimos oito anos, tem chamado a atenção dos novos gestores estaduais que assumirão a chefia de seus estados, a partir de 1º de janeiro de 2015. Nesta quarta-feira (3), a equipe da Secretaria da Educação do Estado (Seduc) recebe, para reunião de apresentação dos projetos, a equipe do governador eleito pelo estado do Maranhão, Flávio Dino. A visita, conforme a equipe do governador eleito, tem o objetivo de conhecer projetos que tiveram sucesso reconhecido neste campo, como no caso do Estado do Ceará, para a implantação de um novo sistema educacional no Maranhão.

Na última terça-feira, Cid Gomes recebeu no Palácio da Abolição, o governador Maranhense e sua equipe, onde apresentou os principais avanços da área. Cid Gomes lembrou que o PAIC tornou-se modelo para o Governo Federal, que criou o PNAIC e hoje é adotado nos demais estados brasileiros. Cid também lembrou o avanço com a instalação de Escolas de Educação Profissional (EEP), que hoje já chegam a 107, espalhadas no Interior do Estado.

Para a técnica maranhense, Ana Cristina Champoudry, além das escolas profissionais e de ensino médio regular, a ideia é conhecer a proposta de gestão da Seduc. “Como acontece a escolha de diretores escolares, dos gestores das Coordenadorias Regionais no Interior, as diretrizes curriculares para o ensino médio e as experiências de cunho pedagógico", ressalta a representante.

A agenda desta quarta-feira inclui a visita à Escola de Ensino Fundamental e Médio João Matos para conhecer o funcionamento do projeto de reorganização curricular colocado em prática na escola. Lá, conhecerão o Núcleo Trabalho, Pesquisa e demais Práticas Sociais (NTPPS), parte integrante da proposta de Reorganização Curricular, desenvolvida pela Secretaria da Educação do Ceará. Este núcleo visa possibilitar a integração curricular, principal desafio para proporcionar uma educação contextualizada e repleta de significado para juventude. Atualmente, o projeto de Reorganização Curricular está sendo desenvolvido em 87 escolas, envolvendo cerca de 25 mil alunos e duzentos professores, em todo o Estado.

A missão maranhense conheceu, na terça-feira, a Escola Estadual de Educação Profissional Professor Francisco Aristóteles de Sousa, em Itaitinga. A futura secretária da Educação maranhense, Áurea Regina dos Prazeres Machado também esteve presente. Inaugurada em 2010, a escola oferta os cursos técnicos em Administração, Logística, Manutenção Automotiva e Rede de Computadores. Com duração de três anos e funcionamento diário em tempo integral, os alunos aprendem uma profissão ao mesmo tempo em que fazem os três últimos anos da educação básica. O Ceará conta com 108 EEEPs om 40.798 alunos matriculados, em 85 municípios.

Rio Grande do Norte

Na última segunda-feira (1), o governador Cid Gomes recebeu o governador eleito pelo Rio Grande do Norte, Robinson Farias. Ele veio ao Ceará conhecer experiências na administração pública bem sucedidas para servir de referência para seu Estado. “Um dos governadores que conseguiu obter mais resultados positivos para seu estado, foi o Cid Gomes, sem dúvida, destacou o governador Robinson Farias”

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará c/ Informações da Seduc

19 acidentes e três mortes são registradas nas rodovias do Ceará

rodovia2

As Polícias Rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF) registraram 19 acidentes, com sete pessoas feridas e três mortes, das 6h da última terça-feira, 2, às 6h desta quarta-feira, 3.

Em Icó, BR-116, km 351, uma colisão entre dois caminhões levou à morte de Luiz Matos da Silva, 58.

Na CE-257, km 110, em Canindé, o capotamento de um veículo provocou a morte de Erineuton Martins Lima, 43.

Uma colisão entre um carro e uma moto, em Piquet Carneiro, CE-116, km 140, resultou na morte do condutor da moto, José Antônio de Sousa, 53.

Ocorrências Policiais

Dois homens foram presos em Chorozinho, dirigindo sob influência de álcool. Um caminhão foi retido, após ser flagrado com excesso de peso, em Sobral. Além de causar desgaste do pavimento, o excesso de peso gera riscos de acidentes, como tombamento.

Redação O POVO Online

Ceará reduz número de pessoas vivendo na extrema pobreza

Pobreza

Um total de 22,2 mil pessoas no Ceará deixou a linha da extrema pobreza, em 2013, quando comparado com o ano anterior, significando redução da 3,11 por cento, ou seja, de 717,7 mil para 695,4 mil, ao contrário do que foi verificado na região Nordeste e no Brasil. No mesmo período, o Nordeste apresentou crescimento de 1,50 por cento, de 4,31 milhões de pessoas para 4,38 milhões (64,6 mil a mais), enquanto o Brasil o aumento da extrema pobreza foi ainda maior, de 7,49 milhões para 8,09 milhões (599,2 mil a mais), representando evolução da 7,99 por cento.

Os números estão no IPECE/Informe 81 – dezembro de 2014 – “Caracterização da Extrema Pobreza no Ceará Segundo os Dados da PNAD de 2012 e 2013”, que acaba de ser divulgado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE), Órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo Estado. O documento foi elaborado por Flavio Ataliba F. D. Barreto, diretor Presidente do Instituto, e pelos economistas Carlos Alberto Manso e Raquel da Silva Sales. O estudo já pode ser acessado na páginawww.ipece.ce.gov.br.

De acordo com o professor Flávio Ataliba, da mesma forma que para o indicador número de extremamente pobres, a proporção de pessoas em situação de extrema pobreza cresceu no Brasil (8,22 por cento), passando de 3,92 por cento em 2012 para 4,26 por cento em 203, e no Nordeste de 8,02 por cento para 8,18 por cento. Já no Ceará – observa – houve uma redução de 2,72 por cento na comparação entre anos, passando de 8,49 por cento para 8,26 por cento.

Já por áreas censitárias – explica Raquel Sales – é possível constatar que tanto para o Brasil, como para o Nordeste e o Ceará, o número de extremamente pobres cresceu nas áreas urbanas e nas regiões metropolitanas, ao contrário do que ocorreu nas zonas rurais. Com efeito, pouco mais de 80 mil brasileiros moradores de áreas rurais deixaram a situação de pobreza extrema. Efeitos demográficos, migratórios ou políticas específicas para o meio rural podem explicar os movimentos observados.

Ao analisar a distribuição da extrema pobreza por faixas de idade, considerando, respectivamente, os indicadores número de extremamente pobres e proporção da pobreza extrema, nacionalmente o incremento com base nos dois períodos ocorreu em todas as. No Ceará, ocorreram acréscimos da pobreza extrema na classe jovem (de 15 a 29 anos de idade) e nos idosos (60 anos ou mais de idade). Entretanto, o movimento total foi de redução na extensão da pobreza extrema, especialmente pelas diminuições nos grupos de crianças (de 0 a 14 anos de idade) e de adultos (30 a 59 anos).

Em uma busca por determinantes desses resultados – frisa Flávio Ataliba -  é relevante que se leve em conta, entre outros, os rebatimentos no Estado das mudanças ocorridas no Programa Bolsa Família (PBF), que aumentou a cobertura para famílias com crianças de 0 a 6 anos e de adolescentes de 7 a 15 anos.

03.12.2014

Assessoria de Imprensa do Ipece

TV Brasil Internacional recebeu Prêmio Jornalístico Cartagena+30

tv-brasil

A TV Brasil Internacional recebeu hoje (2), em Brasília, o Prêmio Jornalístico Cartagena +30. O prêmio foi concedido pela Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados (Acnur). A TV Brasil Internacional, vinculada à Empresa Brasil de Comunicação (EBC), foi premiada pela produção de uma série de reportagens sobre refugiados na América Latina.

Parte da equipe responsável pelas reportagens foi receber o prêmio durante a reunião Cartagena +30, que ocorre em Brasília hoje e amanhã (3) e traça novas metas para ajudar e proteger os refugiados, deslocados e apátridas da América Latina e Caribe.

À Agência Brasil, o gerente de Programação da TV Brasil Internacional, Max Gonçalves, falou sobre os desafios enfrentados para conseguir as mais variadas histórias de sofrimento e luta de pessoas de várias nacionalidades. “Andar com equipamentos em algumas regiões é complicado. Às vezes os equipamentos de gravação de uma equipe de televisão podem ser, de longe, confundidos com armas. Você precisa estar preparado para isso, identificado para isso e a presença de uma pessoa do Acnur foi importante, porque era como estar na companhia da Cruz Vermelha”, disse.

O repórter cinematográfico Rogério Versoza, o produtor executivo Leandro Rolim e o repórter Paulo Leite passaram 20 dias no Equador, na Colômbia, na Nicarágua, além de fazer entrevistas em Brasília e São Paulo, e se depararam com personagens muito sofridos, vítimas de regimes ditatoriais ou perseguidas por grupos criminosos.

“Vimos histórias de famílias que foram destruídas, pessoas que perderam a família toda, pais irmãos, filhos. E, ao mesmo tempo, é impressionante você ver que várias dessas pessoas tem muita esperança no futuro”, disse Gonçalves.  “Acho que a comunicação pública tem o compromisso de ajudar as pessoas a abrir a mente para esse tipo de situação. Para nós da EBC, produzir conteúdos que denunciem esse tipo de situação é o mínimo que devemos fazer".

Além da série de reportagens, o material captado gerou um documentário, já em exibição na TV Brasil e na TV Brasil Internacional, sobre o tema. Para Gonçalves, mais do que o prêmio, uma grande recompensa é mostrar para o mundo a importância de estimular e reconhecer políticas públicas em prol de personagens como os encontrados.  "No Oriente Médio, na África ou na América Latina, as histórias sempre tem algo em comum: a força bruta sendo usada como instrumento de poder para tirar das pessoas uma casa, uma terra, ou dominar um território. E quem cuida dessas pessoas? O que será feito delas?”, disse.

Editor Fábio Massalli

Agência Brasil

STF dá liberdade a ex-diretor da Petrobras, Renato Duque

renatoduque

Fonte: do Globo.com

Apesar das evidências e das delações concedidas pelo próprio STF, acusado beneficiado por decisão de ministro

Duque, no momento de sua prisão pela PF: juiz declarou que ele tem verdadeira fortuna em paraísos fiscais

O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki mandou soltar nesta terça-feira (2) o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, preso em 14 de novembro durante a Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Em decisão liminar (provisória), Zavasckirevogou a prisão preventiva de Duque. No último dia 18, o juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal no Paraná, tinha convertido em prisão preventiva  (sem prazo determinado) a prisão temporária (por cinco dias, prorrogável por mais cinco) do ex-diretor da Petrobras e mais cinco presos.

Na ocasião, o juiz afirmou que havia risco de fuga para o exterior. Ele argumentou que Duque mantém uma "verdadeira fortuna" em contas bancárias fora do país. "Dispondo de fortuna no exterior e mantendo-a oculta, em contas secretas, é evidente que não pretende se submeter à sanção penal no caso de condenação criminal […]", justificou o juiz.

Duque foi preso junto com outros 22 executivos e funcionários de empreiteiras investigados no suposto esquema que envolvia formação de cartel entre empresas, fraude em licitações, obras superfaturadas e pagamento de propina a agentes políticos em contratos da Petrobras.

No dia 20 de novembro, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, havia negado um habeas corpus para Duque. Na ocasião, o desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator do pedido, rejeitou o pedido de liberdade sob o argumento de que havia “risco de reiteração criminosa”.

Segundo depoimento à Justiça Federal do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que está em prisão domiciliar depois de ter feito acordo de delação premiada, Renato Duque foi indicado para ocupar a Diretoria de Serviços pelo ex-ministro José Dirceu, condenado pelo Supremo no julgamento do mensalão do PT.

Duque foi apontado por Costa e pelo doleiro Alberto Youssef, como participante do esquema de desvio de dinheiro e de distribuição de propinas na Petrobras. Segundo os delatores, a Diretoria de Serviços cobrava propinas de até 3% sobre o valor total de uma obra, recursos supostamente repassados para o PT e para operadores do esquema.

Em depoimento prestado à Polícia Federal no dia 20, Duque negou a participação no esquema e também disse desconhecer caso de corrupção na Petrobras. Ele duvidou das afirmações de Paulo Roberto Costa.

Em outro momento, confirmou ter recebido R$ 1,6 milhão da construtora UTC, mas disse que o valor era referente a pagamentos por serviços de consultoria que prestou após deixar a Petrobras.

O ex-diretor também negou ter conhecimento de que um subordinado dele na estatal, Pedro Barusco, tivesse recebido propina ou mesmo que mantivesse contas bancárias no exterior. Barusco assinou um acordo de delação premiada no qual se compromete a devolver mais de US$ 100 milhões.

Sobre o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, ele disse que o conhece e que esteve com ele algumas vezes. Afirmou ainda que tem empatia com o tesoureiro, mas negou que o tivesse visto na sede da Petrobras. O tesoureiro do PT foi apontado como receptador dos recursos que supostamente abasteceram o caixa do partido. Vaccari também nega ter cometido irregularidades

 

odocumento.com.br

Policial do Ronda é preso acusado de assalto, em Juazeiro do Norte

 

rondadoquarterao

Imagem: divulgação 

Um Guarda Municipal que não estava de serviço e passava pelo local notou a movimentação estranha e conseguiu render os dois homens, com ajuda de um vigilante da loja vizinha

 

Um policial do Ronda do Quarteirão de Juazeiro do Norte foi preso acusado de participar de um assalto junto com o irmão.

Douglas José da Silva Lima, 30, e o irmão Carlos Alexandre da Silva Lima, 34, são suspeitos de assaltar uma loja de tatuagens, no Centro de Juazeiro, no último sábado, 29.

De acordo com o comandante do Ronda da Região do Cariri, Adailton da Silva, na ação, Douglas permaneceu fora do estabelecimento com uma moto sem placa ligada, enquanto o irmão recolhia os pertences das vítimas.

Um Guarda Municipal que não estava de serviço e passava pelo local notou a movimentação estranha e conseguiu render os dois homens, com ajuda de um vigilante da loja vizinha.

O capitão Adailton informa ainda que Douglas estava em posse de um rádio sintonizado na freqüência da Polícia, e Alexandre estava armado de revólver.

Os dois foram encaminhados para a Delegacia Regional de Juazeiro. No depoimento, o policial do Ronda contou que estava apenas acompanhando o irmão, que teria entrado no estabelecimento para perguntar o valor de uma tatuagem.

Segundo a Polícia, o irmão de Douglas, Carlos Alexandre, tem envolvimento com drogas, passagem por tráfico e já havia sido preso no Rio de Janeiro.

Os irmãos foram autuados em flagrante pelo artigo 157, por crime de roubo.

Carlos Alexandre foi levado à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte e Douglas encaminhado para o Presídio Militar, em Fortaleza. O policial aguarda julgamento para definir se permanecerá na corporação.

Redação O POVO Online

No Ceará, presos têm último aulão de preparação para o Enem 2014

 

Segundo a secretaria, 1.167 detentos se inscreveram para fazer o exame.
Mais de 50 unidades prisionais aderiram ao exame em 2014.

 

agenciadiario1260334_300x225

Presidiários poderão ter o benefício de redução
uma vez por mês (Foto: Natinho/Agência Diário)

A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus-CE) realiza aulões de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nesta quarta-feira (3) em todas as grandes unidades, além das cadeias públicas de Pacatuba, Maracanaú e Aquiraz. Em 2014, segundo a secretaria, 1.167 detentos se inscreveram para fazer o exame que tem data marcada para os dias 9 e 10 de dezembro, nas próprias unidades dos inscritos.

De acordo com a Sejus-CE, 55 unidades prisionais aderiram ao exame em 2014. O número de inscritos cresceu 99% em comparação com o ano anterior, quando 586 pessoas se inscreveram para participar do Enem. Desses, 380 fizeram as provas e dois foram aprovados em universidades federais. Somente um conseguiu autorização judicial para cursar a faculdade. Outras 14 pessoas conseguiram a certificação do Ensino Médio garantida pelo exame.

 

O estudo é uma das formas de um privado de liberdade tem para reduzir pena. Pela lei, o preso tem o benefício da remição quando comprovadas 12 horas de estudo, distribuídas em três dias. A cada 12h, ele abate um dia de pena.

Enem nos presídios
A primeira vez que o Enem foi aplicado a presidiário foi no ano de 2010, quando apenas um interno do sistema penitenciário cearense obteve aprovação, mas não conquistou vaga no Sisu. Em 2011, foram 104 inscritos, 96 internos do sistema penitenciário cearense fizeram as provas do Enem. Destes, 17 internos conseguiram aprovação e dois internos conseguiram vaga e autorização para cursar a universidade. Ambos prosseguem no curso.

Em 2012, foram 337 internos inscritos, onde 10 foram aprovados no Enem. Destes, dois apenados tiveram pontuação para a universidade. Um deles não obteve autorização da Justiça para cursar e o outro acabou desistindo da vaga, por conta da repercussão do seu caso na imprensa.

 

Do G1 CE

Projeto de lei que estimula a leitura dentro das unidades prisionais

Livro_1920x1200

A leitura como meio de ressocialização. Essa é a ideia do projeto de lei do Governo do Estado do Ceará que poderá ser votado esta semana na Assembleia Legislativa. Aprovada, a Lei incentiva a leitura dentro do cárcere, subtraindo quatro dias da pena dos custodiados cearenses a cada pena lida. Em um ano, haverá um máximo de 48 dias a serem remidos da pena dos internos por meio do projeto.

A lei cearense atende à resolução 44, de 26 de novembro de 2013, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que dispõe sobre o estímulo à remição pela leitura dentro das unidades prisionais e prevê que as autoridades penitenciárias estaduais formulem projetos específicos sobre o tema, no sentido de estímulo a atividades educacionais dentro do cárcere. O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP), em sua resolução 3, de 11 de março de 2009, também estabelece que o fomento à leitura é uma das diretrizes nacionais para a oferta de educação nos estabelecimentos penais. Por fim, a Lei 12.433/2011 que altera a Lei 7.210 (Lei de Execução Penal) já prevê a remição da pena por outras atividades extracurriculares.

"Para nós, o projeto significa uma regulamentação, estabelecendo o ordenamento necessário para o estímulo das atividades educacionais dos presidiários cearenses. Temos tido significativo interesse pela escolarização e precisamos incentivar esta política, porque acreditamos que somente por meio da educação é capaz de fazermos a mudança social que tanto almejamos", informa a secretária da Justiça e Cidadania do Ceará, Mariana Lobo.

O incentivo à leitura faz parte de uma política de educação dentro do sistema penitenciário cearense que tem como finalidade também preparar este interno para sua volta à sociedade. A partir de exemplos bem-sucedidos dentro do sistema penitenciário, o projeto pretende possibilitar a integração do indivíduo à sociedade e utilizar a leitura como instrumento de combate à ociosidade nas unidades prisionais. A formação educacional e preparação do interno para o mercado de trabalho são políticas públicas de ressocialização da Sejus.

Como funciona

Pelo projeto de lei, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), estabelece que os livros ofertados aos internos como possibilidade para remição serão pré-determinados por uma comissão que irá também avaliar a leitura. Após a leitura, o interno deverá elaborar um relatório ou resenha. Esses documentos serão avaliados pela comissão que definirão ou não a remição dos quatro dias da pena.

O projeto é coordenado pela Sejus em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc). À Sejus, cabe divulgar o projeto entre os apenados, oferecer os locais adequados à atividade e promover atividades que estimulem o hábito da leitura entre os participantes do projeto. A Seduc avalia os relatórios e resenhas produzidos de forma presencial, em prazo de até 30 dias. Os títulos do acervo daquela unidade serão definidos pela Comissão, para orientar os participantes para a produção do relatório ou resenha e fiscalizar a produção deste relatório.

A adesão ao projeto é voluntária e poderão participar todos os custodiados alfabetizados do sistema penal, inclusive aqueles que cumprem prisão cautelar.

Atualmente, a remição é concedida a partir de atividades de trabalho ou estudo, conforme prevê a Lei de Execução Penal (LEP). A cada três dias de trabalho ou 12 horas de estudo, um dia será subtraído da execução da pena.

 

Assessoria de Comunicação Sejus

Camilo articula com governadores do Nordeste novo movimento pela CPMF

cpmf

O movimento procura ampliar o financiamento da saúde, preocupação que o governador eleito do Ceará já expressou. A base da mobilização são os estados do Nordeste. Tentativa anterior de recriar o tributo fracassou

Reunião na noite de quinta-feira, com governadores e parlamentares do Nordeste, no Gran Marquise, em Fortaleza

Começou em Fortaleza, na semana passada, articulação de governadores eleitos pelo PT no Nordeste para recriar a Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF). O governador eleito do Ceará, Camilo Santana, está na linha de frente da mobilização, que foi levada à presidente Dilma Rousseff (PT) na última sexta-feira, 28, na capital cearense.

A finalidade do novo tributo seria financiar a saúde, preocupação que Camilo já tem apontado para a próxima administração, diante da construção e inauguração de equipamentos no setor.

Embora essa já tenha sido a justificativa para criar a CPMF, no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Mas as finalidades foram ampliadas e passaram a incluir previdência e combate à pobreza. Sempre houve críticas de que o tributo estava sendo desvirtuado.

A não renovação da CPMF, no fim de 2007, foi a maior derrota que o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sofreu no Congresso Nacional. Já no ano seguinte, teve início um primeiro movimento para recriar tributo similar, com o nome de Contribuição Social para a Saúde (CSS). Em 2011, já no governo Dilma Rousseff (PT), a proposta foi rejeitada na Câmara dos Deputados.

Articulação

O novo movimento, deflagrado em Fortaleza, foi noticiado ontem pelo jornal Folha de S.Paulo. Além de Camilo, encamparam a proposta os governadores eleitos da Bahia, Rui Costa, e do Piauí, Wellington Dias. Já com o aval de Dilma para ser levada adiante, a ideia será apresentada aos demais governadores eleitos no Nordeste no próximo dia 9.

Transações financeiras

A CPMF era tributada automaticamente a cada transação bancária. Ficou conhecido como “imposto do cheque”, pois essa era a principal forma de movimentação sobre o qual incidia na época em que foi criado.

Inicialmente, vigorou no ano de 1994, como Imposto Provisório sobre Movimentação Financeira (IPMF), no governo Itamar Franco. Foi criado como CPMF em 1997, na gestão de Fernando Henrique Cardoso. Existiu até 2007 quando, após várias prorrogações, o tributo provisório não foi mais renovado.

O POVO entrou em contato com a assessoria de Camilo Santana para comentar o assunto. O governador eleito, no entanto, encontra-se em viagem e não havia se pronunciado sobre a articulação.

O POVO

Audiência pública vai discutir qualidade da água no Crato

 

aguasA Câmara Municipal do Crato agendou para o próximo dia 9, uma audiência pública sobre a questão da qualidade da àgua no bairro Vila Alta, no Crato.  O ofício convidando a diretora-presidente da Sociedade de Abastecimento de Água e Esgoto do Crato (SAAEC), Janaína Fernandes e o prefeito Ronaldo Gomes de Matos ( PMDB),  está sendo elaborado pela câmara e deve ser entregue no decorrer desta semana. A audiência pública será realizada às 19 horas, no auditório da Apae-Crato.
Nas últimas semanas,  a população do bairro Vila Alta têm procurado a imprensa e os vereadores da Câmara Municipal para denunciar a péssima qualidade da água oferecida pela SAAEC. Segundo o vereador Amadeu de Freitas, (PT), um dos idealizadores da audiência, o objetivo é encontrar uma solução para o problema que vem se arrastando sem solução.

Flavio Pinto News

Ronaldo fala sobre a falta d´água no bairro Vila Alta e diz que preparar projeto para saneamento em 2015

ronaldoentrevista

Em entrevista neste início da tarde a uma emissora radio de Juazeiro do Norte, o prefeito do Crato, Ronaldo Gomes de Mattos (PMDB), revelou que está preparando para 2015, um projeto de saneamento para toda a cidade. A revelação ocorreu num momento em que a administração municipal vem sendo duramente criticado pela falta de transparência da direção da SAAEC, órgão que abastece e regula a água em todo o município cratense.
Moradores do bairro Vila Alta relatam à imprensa nas últimas semanas, que a água que chaga nas torneiras das casa é de péssima qualidade, sendo imprópria para consumo humano. Ronaldo reconheceu o problema, mas disse que isso ocorre em virtude do atual estado de preservação da rede de encanamento da cidade, o que segundo ele, estaria velha e apresentando necessidade de troca da tubulação com máxima urgência. "Em virtude disso, já estamos providenciando essa troca. Os recursos já estão assegurados em Brasília e vamos licitar a empresa até o início do próximo ano", revelou o prefeito.

Flavio Pinto News

Ceará tem a segunda maior redução de mortalidade infantil do país

neonatal_hrn

O Ceará foi o segundo estado que mais reduziu a mortalidade infantil no país entre 1980 e 2013, de acordo com a Tábua Completa de Mortalidade para o Brasil – 2013, divulgada na segunda-feira, 1º de dezembro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Taxa de Mortalidade Infantil (TMI), de 111,5 mortes de menores de 1 ano por mil nascidos vivos em 1980, diminuiu para 16,6 no ano passado. Isso significa redução de 94,9 óbitos por mil nascimentos, número menor apenas que o da Paraíba, que em 2013 diminuiu em 98 pontos a TMI de 117,1 registrada em 1980, para 19 por mil nascidos vivos. Com esses números, o Ceará avançou da terceira pior TMI do Nordeste e do país em 1980 para a segunda melhor do Nordeste, depois de Pernambuco (14,9), e 12ª do Brasil.

No ano passado, o IBGE havia divulgado as Tábuas de Mortalidade 1980-2010. Em relação a 2010, o Ceará melhorou e repetiu a segunda maior redução da mortalidade infantil. Naquele ano, o Estado registrou TMI de 19,7 por mil nascidos vivos e redução de 91,8 pontos em relação a 1980. Entre os dois levantamentos (2010-2013), o Ceará diminuiu a TMI em 18,8%, com decréscimo de 3,1 pontos em relação a 2010. Em todo o Brasil, a TMI recuou de 69,1 por mil nascidos vivos em 1980 para 16,7 em 2010 e 15 no ano passado. A redução da taxa no país foi de 54,1 pontos entre 1980 e 2013.

 

A redução da miséria e da desnutrição, o aumento do aleitamento materno, as campanhas de imunização, a expansão do Programa Saúde da Família (PSF), a melhoria do sistema de água e saneamento estão entre os fatores que promoveram a redução da mortalidade infantil no país. No Ceará foi feita a ampliação e qualificação da rede de atenção básica. Com recursos do governo do Estado, no valor total de R$ 26,6 milhões, foram construídas 150 Unidades Básicas de Saúde da Família em 150 municípios, com melhores condições de acolhimento e atendimento às gestantes. O governo também comprou 215 veículos para o Programa Saúde da Família para oferecer aos profissionais melhores condições de trabalho e acesso a todas as gestantes e todas as famílias, mesmo aquelas em locais mais distantes e de difícil acesso.

Como reconhecimento da importância do trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde na saúde das gestantes, das crianças e toda a família, desde 1º de maio de 2008 o governo promoveu a estadualização dos ACSs. O Ceará foi o primeiro Estado a incorporar os agentes de saúde na folha de pagamento da Secretaria da Saúde do Estado. Os 8.023 agentes de saúde passaram a receber os salários no primeiro dia de cada mês, no mesmo dia dos servidores da Sesa. Antes da estadualização, a relação de trabalho deles era precária, através de contratos com associações que sofriam ameaças de emprego com as mudanças periódicas das administrações municipais. Estrutura maior, mais transporte e melhores condições salariais e de trabalho contribuem para o aumento da cobertura do PSF, que está em 79,8%, bem mais do que a cobertura de 2006, que era de 62,9%.

Na atenção secundária, o Ceará reforçou a estratégia de hospitais polos. Em 2006 o Ceará tinha 32 hospitais polos filantrópicos ou públicos municipais que recebiam do governo do Estado R$ 34.290.000,00 por mês. Hoje são 36 hospitais polos e o valor do repasse subiu para R$ 130.706.377,32, representando um incremento de 281,2%. Na grande maioria dos 36 hospitais polos há atendimento em obstetrícia para garantir assistência à mulher e ao recém-nascido. Assim, evita óbitos nos primeiros dias de vida dos bebês. Em todas as 19 policlínicas já em funcionamento em diferentes regiões do Estado há consultas com médicos especialistas em obstetrícia. Há consultas com especialistas em pediatria em Camocim, Pacajus, Campos Sales, Itapipoca, Limoeiro o Norte e Russas.

Na atenção terciária, além de ampliar e modernizar o Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e o Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), que atendem a mulher em Fortaleza, o governo do Estado construiu no interior hospitais regionais para atendimento especializado às gestantes de alto risco e aos bebês recém-nascidos. No Hospital Regional Norte, que funciona em Sobral há um ano e meio, há um hospital da mulher dentro dele. No setor há uma emergência exclusiva para obstetrícia, 10 leitos de neonatologia e 12 leitos de mãe Canguru. No Sertão Central, o governo está concluindo até o final deste ano o Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim, que também terá uma unidade dedicada somente à mulher e ao recém-nascido, com emergência obstétrica e 10 leitos de UTI da neonatalogia.

02.12.2014

Assessoria de Comunicação da Sesa

MPF recomenda medidas para proteção da APA da Chapada do Araripe

Geopark-Araripe-1-650x277

O Ministério Público Federal (MPF) expediu 68 recomendações a diferentes órgãos públicos do Ceará para que sejam adotadas medidas que contribuam para solucionar problemas que afetam a Mata Atlântica e a Área de Proteção Ambiental (APA) da Chapa do Araripe, principalmente o fracionamento indevido de imóveis rurais. A APA, localizada na sul do estado, reúne importante reserva de Mata Atlântica e espécies raras como o soldadinho-do-Araripe, ave somente encontrada nessa região cearense.
O fracionamento indevido de imóveis na área da APA e o descumprimento das normas de proteção à Mata Atlântica estão sendo investigados pela Procuradoria da República no Município de Juazeiro do Norte. Para subsidiar o inquérito que tramita na unidade MPF, foi realizada, em outubro, audiência pública sobre o tema, quando ficou definida a expedição das Recomendações.
O procurador da República Rafael Ribeiro Rayol recomendou, por exemplo, ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) a conclusão urgente do plano de manejo da APA da Chapada do Araripe e a delimitação física da Mata Atlântica na Chapada que se encontra sobreposta a APA do Araripe.
Para 15 municípios e respectivos cartórios de registro de imóveis, a Recomendação foi para que, entre outras medidas, não expeçam alvará de construção e não realizem fracionamento/averbações e registros sem a observância do tamanho mínimo do imóvel rural e sem que os projetos aprovados incluam medidas mínimas de saneamento e tratamento de resíduos sólidos dentro da APA.
Rayol explica que quando os órgãos públicos responderem às recomendações e apresentarem as informações técnicas necessárias, será iniciada uma nova etapa dos trabalhos do MPF, oportunidade em que serão adotadas todas as medidas necessárias a delimitação física da Mata Atlântica e efetiva aplicação da legislação protetiva desse bioma, bem como a implementação de todas as restrições impostas à atividades públicas e privadas no interior da APA do Araripe.
Fique por dentro – Recomendações são um dos tipos de instrumentos de atuação utilizados pelo Ministério Público. Elas são enviadas a órgãos públicos para que eles cumpram determinados dispositivos constitucionais ou legais. Os órgãos públicos não estão obrigados a atender as recomendações, mas ficam sujeitos a medidas judiciais em função dos atos indevidos.
(Site do MPF)

Chuvas abaixo da média nos próximos 90 dias

chuvasol

O primeiro dia do último mês do ano trouxe uma notícia nada alentadora para o sertanejo. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) divulgou a previsão climática para o acumulado de chuvas nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, com maior probabilidade de precipitações abaixo da média no total do trimestre (42%). O percentual de que se atinja a média é de 33%. Acima dela é de apenas 25%.

A Funceme ressalta que essa previsão não corresponde ao prognóstico da estação chuvosa do próximo ano, compreendida entre os meses de fevereiro e maio, por se tratar de um período diferente.

Conforme vem enfatizando nos últimos meses, somente na segunda quinzena de janeiro próximo é que essa previsão será estabelecida. Entretanto, os meteorologistas afirmam que a influência do fenômeno El Niño (aquecimento anômalo das águas superficiais do Oceano Pacífico Equatorial) é um fator que pode influenciar negativamente as chuvas nos próximos três meses e adiantam que o fenômeno deve permanecer atuando no primeiro semestre do próximo ano.

A meteorologista Dayse Moraes ressalta que regiões como o Sertão Central, o Litoral e Jaguaribe ficarão dentro da média. "Isso não chega a ser significativo, principalmente pelo fato de estarmos vivendo o terceiro ano de seca. Para que houvesse uma recuperação em termos de recarga dos açudes, por exemplo, seria necessário chover bem acima do que está sendo previsto".

O que faz com que a previsão fique abaixo da média é o prognóstico em relação às regiões da Ibiapaba, Litoral Norte, Cariri e Sul do sertão Central. Em todas elas, a previsão é de precipitações abaixo da média.

Em relação às chuvas que têm caído ultimamente, Dayse Moraes explica que são "chuvas de brisas", que não podem ser consideradas "significativas pois são insuficientes para abastecer os reservatórios, principalmente na condição atual".

Baixa previsibilidade

A previsão divulgada ontem faz referência a um período em que atuam sistemas atmosféricos chamados transientes, como Cavados de Altos Níveis e Vórtices Ciclônicos. "Estes sistemas, característicos da pré-estação chuvosa são de baixa previsibilidade a longo prazo. Por isso, é importante para os usuários acompanharem a previsão diária do tempo no site da Funceme", explica Meire Sakamoto, chefe do núcleo de Meteorologia da Fundação. Para Meyre, "mesmo com o El Niño sendo um fator que influencia na redução da quantidade de chuvas no Ceará, para elaborar o prognóstico oficial, que será emitido em janeiro, é muito importante avaliar também as condições do Oceano Atlântico.

"As temperaturas do Atlântico influenciam diretamente o posicionamento da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), sistema que começa a atuar no Ceará normalmente na segunda quinzena de fevereiro e que é o principal indutor de chuvas durante a quadra chuvosa".

Média

Conforme levantamentos históricos da Funceme, é a seguinte a média acumulada do período que vai da pré-estação chuvosa (dezembro e janeiro) ao primeiro mês da quadra chuvosa: dezembro (29,2 mm); janeiro (98,7mm); fevereiro (127 mm); acumulado 255 mm. O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, durante encontro do Comitê para Combate à Seca, realizado em Fortaleza, no último dia 24 de novembro, revelou que essa já é a pior seca enfrentada pela região nordestina nos últimos 60 anos.

O titular da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), Nelson Martins, no mesmo encontro, já se mostrava cético e dizia que o Estado "já trabalha com o pior cenário em termos de estiagem com vistas a 2015.

Medidas

Nelson Martins garante que o Estado vai manter as ações que já vêm sendo executadas para enfrentar a estiagem prolongada. "Vamos ampliar todos os nossos programas. Aliás, já estamos fazendo isso. Na última sexta-feira, por exemplo, autorizamos mais 192 obras de sistemas de abastecimento d’água pelo Água para Todos em 58 municípios. As obras custarão aproximadamente R$ 33,08 milhões", assegura o secretário

Dentre outros programas que ajudam o sertanejo a conviver com as adversidades climáticas do Semiárido, com longos períodos de estiagem, Nelson Martins ressalta também que "no Estado já foram instaladas 130.146 mil cisternas de placas e polietileno e 6.541 cisternas cilíndricas e de enxurrada. Além disso, já temos recursos para instalar mais 21.970 mil cisternas de placas e 14.592 mil cisternas de polietileno", garante.

Mais informações:

Funceme
Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota – Fortaleza-CE
Fone: (85) 3101-1088 funceme@funceme.br

Diario do Nordeste – Regional

Fundadores do movimento pró-democracia de Hong Kong pedem fim dos protestos

hongkongfundadores

Trio de líderes pretende entregar-se às autoridades para evitar mais violência nas ruas. Estudantes não dão sinais de recuo.

Os três fundadores do Hong Kong’s Occupy Central JOHANNES EISELE/AFP

Os fundadores do Hong Kong’s Occupy Central, principal movimento pró-democracia do território, anunciaram esta terça-feira que se vão entregar à polícia e apelaram aos activistas para abandonarem os locais que ocupam há mais de dois meses. No entanto, não é certo que os estudantes aceitem desistir das suas reivindicações.

Nas últimas semanas eram já evidentes as divisões entre os manifestantes acerca das estratégias de protesto a seguir. A uni-los permanece apenas a oposição à reforma eleitoral que obriga a que as listas candidatas às eleições locais de 2017 tenham de passar pela aprovação de um comité de personalidades próximas do governo de Pequim.

As origens do movimento pró-democrático em Hong Kong são atribuídas ao grupo Occupy Central, que junta professores universitários e membros da igreja baptista, que organizou um referendo não oficial em Junho em que participaram 800 mil pessoas e que revelou uma oposição da maioria à reforma eleitoral imposta por Pequim. O que começou como um acto de desobediência civil ganhou força e impacto a partir do momento em que várias associações de estudantes liceais e universitários se juntaram aos protestos e ocuparam algumas áreas no coração de Hong Kong.

Com o passar das semanas, os protestos passaram a causar sérios transtornos à rotina da cidade – receando-se os prejuízos para aquela que é a terceira praça financeira mais importante do planeta – e o apoio popular foi-se esgotando. Ao mesmo tempo, os manifestantes não viram qualquer cedência por parte das autoridades, com quem chegaram a negociar por breves momentos.

A extinção dos protestos era, para grande parte dos analistas, um cenário já antecipado e que ganhou força esta terça-feira com o anúncio feito pelos três fundadores do movimento Occupy. “Agora que nos preparamos para nos entregar, apelamos, todos os três, aos estudantes para recuarem, para se enraizarem na comunidade e para transformarem” a natureza do movimento, disse Benny Tai.

Tai, professor de Direito na Universidade de Hong Kong, prestou homenagem aos activistas que há mais de dois meses estão na rua. Mas disse que a polícia está “fora de controlo” e que é tempo de os manifestantes “deixarem esses lugares perigosos”.

O dirigente do Occupy explicou que os três se vão entregar na quarta-feira, para mostrarem o seu compromisso com o Estado de Direito e a paz. “A rendição não é um sinal de cobardia. Render-se não é falhar, é a denúncia silenciosa de um Governo sem coração”, disse. Para além de Tai, são fundadores do Occupy Chan in-man, professor de sociologia na Universidade Chinesa, e o reverendo Chu Yiu-ming.

A declaração acontece um dia depois de graves confrontos entre polícias e manifestantes. Depois de um grupo de activistas ter tentado cercar os edifícios onde está sedeado o governo local, a polícia dispersou-os, utilizando bastões e gás lacrimogéneo. O chefe-executivo, Leung Chun-ying, veio depois garantir que a polícia não hesitará em tomar “acções resolutas”, indicando uma clara inflexão da táctica das autoridades que, até agora, afastaram sempre o recurso à força para reprimir os protestos.

Horas antes do anúncio dos líderes do Occupy, o activista estudantil Joshua Wong, que preside a associação Scholarism, apelou a um reagrupamento dos activistas no centro da cidade. Wong, 18 anos, iniciou esta terça-feira uma greve de fome pedindo ao Governo de Hong Kong para que retome o diálogo.

A decisão de Wong, que foi seguida por outros estudantes que se associaram à greve de fome, vem trazer incerteza quanto aos futuros desenvolvimentos dos protestos. Na zona de Admiralty, onde se situam os edifícios governamentais, continuam centenas de tendas, assim como em Causeway Bay, descrevia a BBC.

Câmara dos EUA aprova projeto para que nazistas não recebam pensões

usaWashington, 2 dez (EFE).- A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira um projeto de lei para evitar que nazistas suspeitos de crimes de guerra exilados no país se beneficiem das pensões da seguridade social.

De forma unânime, os 420 legisladores da câmara baixa respaldaram o projeto de lei, que não recebeu nenhum voto contra.

O texto legislativo foi aprovado depois que dezenas de supostos criminosos de guerra nazistas acumularam milhões de dólares em benefícios da seguridade social após terem sido obrigados a sair dos Estados Unidos.

Os pagamentos, a cargo dos contribuintes americanos, fluíram através de um vazio legal que permitiu ao Departamento de Justiça dos EUA persuadir os supostos nazistas para que abandonassem o país.

Se aceitassem ou se saíssem por conta própria antes de serem deportados, poderiam manter suas pensões da seguridade social, segundo os registros oficiais divulgados pela imprensa americana.

O congressista republicano Sam Johnson (Texas), impulsor do projeto de lei, afirmou que a medida acabará com um resquício legal que permite aos nazistas receber benefícios nos Estados Unidos.

"A seguridade social é um benefício pago pelos americanos que trabalham duro como parte de seus salários para futuros benefícios. É um benefício que nunca deveria ter sido dado para aqueles que participaram de atos horrorosos como o Holocausto", ressaltou Johnson em comunicado emitido em Washington.

As Federações Judaicas da América do Norte aplaudiram a decisão da Câmara dos Representantes e urgiram o Senado a também apoiar o projeto de lei, de modo que se transforme em lei para ser assinada pelo presidente Barack Obama.

"Há mais de 100 mil sobreviventes do Holocausto vivendo nos EUA, muitos dos quais têm dificuldades para ter acesso a serviços e necessidades básicas", comentou William Daroff, diretor dessa organização judaica em Washington.

EFE

Líbano prende uma das mulheres do chefe do grupo Estado Islâmico

is2

Segundo analistas, a prisão pode ser um sinal de que a coalizão internacional estaria se aproximando de um dos homens mais procurados da atualidade.

 

Aumenta o cerco aos terroristas do Estado Islâmico. O Líbano prendeu uma das mulheres do chefe do grupo.

A prisão foi há nove dias no momento em que uma das três mulheres do chefe do grupo terrorista Estado Islâmico cruzava a fronteira da Síria para o Líbano. De acordo com a agência de notícias Reuters, a mulher identificada como Suja Al-Dulaimi tinha um passaporte falso e viajava junto com uma filha.
O marido dela é um clérigo iraquiano que adota o codinome de Abu Bakr Al-Baghdadi. Em junho deste ano, em uma rara aparição diante das câmeras, Al-Baghdadi declarou a criação de um califado islâmico, o que seria como um novo país onde a lei religiosa já vem sendo imposta na base da espada e do tiro, em terras que pertencem ao Iraque e à Síria.
Analistas acham que coalizão internacional estaria se aproximando do chefe do grupo
E no mesmo dia em que a notícia da prisão de uma das mulheres de Al-Baghdadi foi divulgada, atiradores da Síria invadiram o Líbano e mataram seis soldados libaneses. Não se sabe se foi coincidência ou retaliação.
A prisão de uma das mulheres do chefe do grupo que se autodenomina Estado Islâmico, segundo analistas, pode ser um sinal de que a coalizão internacional que vem bombardeando os terroristas, estaria se aproximando de um dos homens mais procurados da atualidade. A Embaixada dos Estados Unidos no Líbano, no entanto, negou qualquer envolvimento dos americanos na operação.

G1

OMS confirma que a Espanha está livre do ebola

ebolaspenha

(Foto: AFP)
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta terça-feira oficialmente a Espanha um país livre do vírus do ebola, depois de não haver registro de novos casos desta doença.

Mais cedo, a Espanha também anunciou estar oficialmente livre do ebola, 42 dias depois de acusarem negativo os testes realizados com a única paciente que sofreu contágio desta febre hemorrágica, a primeira fora da África.

Em 6 de outubro, Teresa Romero, auxiliar de enfermagem de 44 anos, foi hospitalizada depois de ter sofrido contágio ao cuidar de um missionário infectado, repatriado de Serra Leoa e que morreu em 25 de setembro.

A auxiliar, que ficou vários dias entre a vida e a morte, conseguiu finalmente recuperar-se. Além disso, o conjunto de pessoas que ficou em contato com ela também superou o período de isolamento sem mostrar indícios de contágio.

O contágio de Romero, o primeiro fora do território africano, também fez temer uma propagação da doença em maior escala fora da ÁFrica, causando uma maior sensibilização da opinião europeia em relação ao drama dos africanos. O vírus já matou mais de 6.000 pessoas desde início da epidemia.

AFP

Costa diz que escândalo na Petrobras envolve dezenas de políticos

costa2

Ex-diretor da estatal fez acareação com Nestor Cerveró na CPI mista.

Dois ex-diretores da Petrobras, Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró, ficaram frente a frente na CPI mista que investiga as denúncias de corrupção na empresa. Durante essa acareação, Paulo Roberto, que cumpre prisão domiciliar, declarou que confirma tudo o que já falou à Justiça federal. Ele também relatou que, na delação premiada – que é sigilosa – detalhou a participação de dezenas de políticos no esquema.

Uma varredura foi feita na sala da CPMI antes da acareação. Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró ficaram frente a frente. O ex-diretor de abastecimento repetiu que o esquema de corrupção está espalhado pelas obras no país.

“O que acontecia na Petrobras acontece no Brasil inteiro. Nas rodovias, nas ferrovias, nos portos, nos aeroportos, nas hidrelétricas. Isso acontece no Brasil inteiro, é só pesquisar. É só pesquisar, porque acontece”, afirma Paulo Roberto Costa.

Marcada por embates políticos, a acareação foi convocada para tirar dúvidas. Mas Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró  passaram a sessão inteira dando versões completamente diferentes sobre os fatos questionados. Parlamentares reclamaram.

“Depoimentos diametralmente opostos. Alguém está mentindo aqui, provavelmente pela segunda vez. Nós precisamos saber qual dos dois está falando a verdade e qual dos dois está mentindo”, diz Arnaldo Jordy.

Cerveró e Paulo Roberto responderam sobre a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Segundo o Tribunal de contas da União, o negócio gerou US$ 792 milhões de prejuízo. A compra foi aprovada pelo Conselho de Administração da empresa, que tinha na época empresários de prestígio na sua composição. Em depoimento à Justiça do Paraná, em outubro, Paulo Roberto confirmou afirmou que Cerveró recebeu propina. Cerveró negou e acusou Paulo Roberto.

Cerveró: Eu já tinha negado isso no meu depoimento. Eu posso debitar isso na conta de uma ilação do Paulo.
Paulo Roberto Costa: Não. Eu não vou fazer esse comentário aqui. Foi muito detalhado e esse depoimento está na mão do juiz, está na mão do Ministério Público.

Paulo Roberto foi questionado sobre a propina de US$ 1,5 milhão, que ele disse em depoimento sigiloso ter recebido para não atrapalhar a compra da refinaria de Pasadena. E se Cerveró também recebeu suborno, Paulo Roberto disse que os detalhes são sigilosos. “Isso está na minha delação premiada”, afirma Paulo Roberto Costa.

Em pelo menos um ponto os dois concordaram: disseram que a responsabilidade pela compra de Pasadena era de todos os integrantes do Conselho de Administração, que foi presidido por Dilma Rousseff. A presidente chegou a dizer neste ano que a compra foi uma decisão tomada com base em um parecer falho de Nestor Cerveró.

Paulo Roberto respondeu ainda sobre um e-mail, revelado pela revista “Veja”. A reportagem mostrou que Paulo Roberto escreveu em setembro de 2009 a Dilma Rousseff, então ministra da Casa Civil, alertando que o TCU havia recomendado ao Congresso a imediata paralisação de três obras da estatal. Entre elas, a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

“Porque esse processo estava me enojando. E eu fiz aquele alerta que nós estávamos com problema”, afirma Paulo Roberto Costa.

No fim da sessão, Paulo Roberto foi perguntado sobre os políticos que citou na delação premiada.

Enio Bacci, deputado: Eu gostaria de sair daqui premiado com a informação de quantos políticos aproximadamente foram citados na delação. O senhor poderia me dar essa alegria?

Paulo Roberto Costa: O senhor não pode me deixar em situação constrangedora, mas algumas dezenas.

Em resposta à revista “Veja”, o Palácio do Planalto declarou que, em 2009, a Casa Civil era responsável pela coordenação do Programa de Aceleração do Crescimento,  e que as devidas providências foram tomadas pra solucionar as pendências verificadas pelo TCU.

Nota da redação: Na exibição desta reportagem na TV, Arnaldo Jordy (PPS/PA) foi identificado como Arnaldo Jardim (PPS/SP). A correção foi realizada na publicação do texto no site.

 

G1

Conflito na Síria já matou 202.354 mil pessoas desde 2011

siriaconflito(Foto: AP)
Pelo menos 202.354 pessoas morreram e mais de um milhão e meio ficaram feridas desde o início do conflito na Síria, em meados de março de 2011, informou nesta terça-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Entre as vítimas fatais, pelo menos 63.072 eram civis, dos quais 10.377 eram menores de idade e 6.603, mulheres. Do lado opositor ao regime, pelo menos 37.324 combatentes de facções rebeldes perderam a vida, entre os quais havia 2.486 desertores das forças governamentais.

Além disso, pelo menos 22.624 militantes estrangeiros de grupos jihadistas como Frente al Nusra -braço da Al Qaeda na Síria-, Estado Islâmico (EI) e Brigadas Jund al-Aqsa morreram no conflito. Entre eles, há americanos, australianos, europeus, asiáticos e árabes.

Nas fileiras do regime sírio, pelo menos 76.223 pessoas morreram: 44.237 membros das forças regulares, 29.974 milicianos civis pró-governo, 624 integrantes do grupo xiita libanês Hezbollah e 2.388 militantes de organizações xiitas estrangeiras.

A estes mortos se somam pelo menos 3.111 pessoas de identidade desconhecida.

O Observatório explicou que documentou as vítimas desde 18 de março de 2011 até 1º de dezembro.

A ONG não descartou que o número de vítimas possa ser superior porque pelo menos 80 mil pessoas teriam morrido em choques entre facções islamitas e o regime, mas devido ao secretismo das partes e da dificuldade de se chegar a determinadas zonas da Síria.

O Observatório lembrou que neste saldo não está incluído os mais de 20 mil desaparecidos em prisões do regime, nem os nove mil soldados governamentais capturados ou sequestrados por organizações armadas islamitas.

Além disso, não está incorporado à contagem quatro mil civis e rebeldes raptados pelo EI, nem os 1.500 membros de grupos islamitas, curdos e jihadistas que foram feitos prisioneiros durante os enfrentamentos entre facções na Síria.

Em 16 de outubro, o alto comissário da ONU para os direitos humanos anunciou que o número de mortos no país árabe tinha superado 200 mil desde o começo da disputa.

EFE

Cadeirante decide escalar escada para embarcar em avião no Paraná

cadeirante(Foto: Divulgação)
Uma empresária teve que se arrastar por 15 degraus para conseguir embarcar em um avião da Gol, na madrugada desta segunda-feira (1), na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. O caso ocorreu após a companhia afirmar que não possuía no momento equipamento especial para o embarque de pessoas com deficiência. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.
Katya Hemelrijk da Silva, de 38 anos, sofre de osteogenese imperfeita, uma rara doença genética conhecida como “síndrome dos ossos de cristal”. Cadeirante, Katya seguia com o marido para São Paulo, onde moram e trabalham.
Em aeroportos que não posuem pontes de embarque, o acesso de cadeirantes deve ser feito com ajuda de cadeiras especiais que escalam os degraus da escada, ou então em elevadores especiais. Entretanto, a Gol informou que nenhum dos equipamentos estavam disponíveis e sugeriu que a passageira fosse carregada ou esperasse quatro horas para que um deles fosse levado até o local.
"Ofereceram para me carregar no colo, o que não aceitei. É uma humilhação e há risco de me machucar com gravidade, de quebrar uma perna por me pegarem de forma errada”, explicou a empresária. Katya decidiu escalar os 15 degraus. Fui me arrastando, de bumbum", completou.  
A empresária esperou os passageiros embarcarem, vestiu um calça leve e deu início à subida que durou cinco minutos. "Tenho responsabilidades como qualquer outra pessoa. Começo a trabalhar às 8h, tenho meus filhos para cuidar. Não poderia me dar ao luxo de esperar até que encontrassem uma solução”, disse.
A Gol afirmou que o equipamento de embarque especial não estava operando no momento e que tentou solicíta-lo com outras empresas, sem sucesso.
Ainda de acordo com a companhia, alternativas foram dadas à cliente, que optou por subir as escadas sem ajuda. “A Gol lamenta o ocorrido e tomará as medidas necessárias para evitar que casos como este voltem a acontecer”, disse em comunicado.

br.noticias.yahoo.com

Stephen Hawking: Inteligência artificial pode destruir a humanidade

stephen_hawking_ia_624x351_pa

Cientista diz temer que as máquinas de inteligência artificial evoluam a ritmo muito superior ao dos humanos
Stephen Hawking, um dos mais proeminentes cientistas do mundo, disse à BBC que os esforços para criar máquinas pensantes é uma ameaça à existência humana.
"O desenvolvimento da inteligência artificial total poderia significar o fim da raça humana", afirmou.
Hawking fez a advertência ao responder uma pergunta sobre os avanços na tecnologia que ele próprio usa para se comunicar, a qual envolve uma forma básica de inteligência artificial.
O físico britânico, que sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa, está usando um novo sistema desenvolvido pela empresa Intel para se comunicar.
Especialistas da empresa britânica Swiftkey também participaram da criação do sistema. Sua tecnologia, já empregada como um aplicativo para teclados de smartphones, "aprende" a forma como Hawking pensa e sugere palavras que ele pode querer usar em seguida.
Hawking diz que as formas primitivas de inteligência artificial desenvolvidas até agora têm se mostrado muito úteis, mas ele teme eventuais consequências de se criar máquinas que sejam equivalentes ou superiores aos humanos.
Leia mais: Cientista quer converter ondas cerebrais de Hawking em palavras
"(Essas máquinas) avançariam por conta própria e se reprojetariam em ritmo sempre crescente", afirmou. "Os humanos, limitados pela evolução biológica lenta, não conseguiriam competir e seriam desbancados."
‘No comando’
Nem todos os cientistas, porém, compartilham da visão negativa de Hawking sobre a inteligência artificial.
"Acredito que continuaremos no comando da tecnologia por um período razoável de tempo, e o potencial dela de resolver muitos dos problemas globais será concretizado", opinou o especialista em inteligência artificial Rollo Carpenter, criador do Cleverbot, cujo software aprende a imitar conversas humanas com crescente eficácia.
Carpenter disse que ainda estamos longe de ter o conhecimento de computação ou de algoritmos necessário para alcançar a inteligência artificial plena, mas acredita que isso acontecerá nas próximas décadas.
"Não podemos saber exatamente o que acontecerá se uma máquina superar nossa inteligência, então não sabemos se ela nos ajudará para sempre ou se nos jogará para escanteio e nos destruirá", disse Carpenter, que apesar disso vê o cenário como otimismo por acreditar que a inteligência artificial será uma força positiva.
Ao mesmo tempo, Hawking não está sozinho em seu temor.
No curto prazo, há preocupação quanto à eliminação de milhões de postos de trabalho por conta de máquinas capazes de realizar tarefas humanas; mas líderes de empresas de alta tecnologia, como Elon Musk, da fabricante de foguetes espaciais Space X, acreditam que, a longo prazo, a inteligência artificial se torne "nossa maior ameaça existencial".
Voz
Na entrevista à BBC, Hawking também alertou para os perigos da internet, citando o argumento usado por centros de inteligência britânicos de que a rede estaria se tornando "um centro de comando para terroristas".
Mas o cientista se disse entusiasta de todas as tecnologias de comunicação e espera conseguir escrever com mais rapidez usando o seu novo sistema.
Um aspecto tecnológico que não mudou no sistema é a voz robotizada que externaliza os pensamentos de Hawking. Mas o cientista diz que não faz questão de ter uma voz que soe natural.
"(A voz robótica) se tornou minha marca registrada, e não a trocaria por uma mais natural com sotaque britânico", disse. "Ouvi dizer que crianças que precisam de vozes computadorizadas querem uma igual à minha."

Rory Cellan-JonesCorrespondente de Tecnologia, BBC News

Vale avalia IPO de parte de unidade para arrecadar recurso, diz presidente

vale1Mineradora pode vender fatia de sua unidade de metais básicos. Empresa busca recursos em meio à queda do preços das commodities.

A mineradora Vale considera vender fatia de 30 a 40% da sua unidade de metais básicos por meio de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), para arrecadar recursos para projetos importantes em meio à queda do preços das commodities. Nesta terça-feira (2), a empresa anunciou que que reduzirá o investimento anual pelo quarto ano seguido em 2015, focando recursos apenas em projetos de classe mundial em meio à queda do valor de seu principal produto.

"Não estamos considerando vender uma fatia minoritária em IPO a qualquer preço, apenas no caso de termos um preço justo", afirmou nesta terça-feira (2) o presidente da companhia, Murilo Ferreira, a investidores em Nova York.
Alguns analistas avaliaram a divisão de metais básicos em valores entre US$ 28 bilhões e US$ 35 bilhões. A decisão final sobre a oferta de ações deve ser tomada até agosto de 2015.

O executivo disse que a empresa estava em conversas com investidores e que, se o IPO for adiante, seria provável a listagem em Toronto.

As maiores empresas de mineração do mundo estão vendendo ativos não essenciais, a fim de resistir a uma era de preços mais baixos causados por um excesso da oferta e pela desaceleração do crescimento da demanda na China.

As margens de lucro da Vale têm sofrido com o preço do minério de ferro, que tende a representar cerca de 80% dos lucros da mineradora. O preço da matéria-prima do aço caiu pela metade neste ano, para cerca de US$ 70 por tonelada.

A divisão de metais básicos da Vale é composta principalmente por ativos de níquel adquiridos em 2006 através da compra da canadense Inco.

"Pode haver uma janela virtuosa por esta oportunidade", disse o diretor financeiro da Vale, Luciano Siani, referindo-se ao potencial IPO, que ele valoriza entre US$ 30 bilhões e US$ 35 bilhões.

Da Reuters

Decisão sobre reajuste de salários de parlamentares é adiada

camarafederal

A decisão sobre o reajuste dos salários dos parlamentares e de dirigentes do Executivo (presidente e vice-presidente da República e ministros de Estado) e a readequação da estrutura da Câmara, que terá novas lideranças partidárias, deverá ser tomada na próxima terça-feira, em reunião da Mesa Diretora da Câmara. O assunto foi tratado nesta terça-feira (2) em reunião, mas os dirigentes da Mesa não chegaram a um acordo e preferiram deixar a decisão para a semana que vem.
“Vou me reunir ainda com o governo e na terça-feira vamos definir como será estabelecido o reajuste dos salários do Executivo e do Legislativo. Acho que o reajuste deve ser baseado na correção da inflação dos últimos anos”, disse o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Segundo Alves, as decisões foram adiadas para que haja mais tempo para discutir as questões.
Segundo o presidente da Câmara, após as negociações e o acordo em torno do reajuste dos salários, a Mesa da Câmara apresentará um projeto de decreto legislativo prevendo a correção dos salários de deputados, senadores, presidente e vice-presidente da República e ministros de Estado. Ele acredita que o reajuste dos salários deve levar em consideração a correção inflacionária dos últimos quatro anos, uma vez que o último reajuste foi concedido em 2010 e começou a vigorar em fevereiro de 2011.
Henrique Alves também informou que marcou para o próximo dia 10 a votação no plenário do processo de cassação do deputado André Vargas (sem partido-PR). O parlamentar responde a processo de cassação por quebra de decoro parlamentar em função do envolvimento dele com o doleiro Alberto Yousseff, preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.
Na análise do processo, o Conselho de Ética aprovou a cassação do mandato de Vargas. Ele recorreu da decisão e a Comissão de Constituição e Justiça rejeitou o recurso, por entender que o Conselho de Ética cumpriu todas as normas legais ao analisar a representação contra André Vargas.

atribuna.com.br

Em manifesto contra corrupção, OAB critica prisões para forçar confissão

oab

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil considera “inadmissível que prisões provisórias se justifiquem para forçar a confissão de acusados”. Em manifesto contra a corrupção publicado nesta terça-feira (2/12), a autarquia afirmou que casos de desvio de dinheiro público devem ser investigados, mas "o combate à corrupção não legitima o atentado à liberdade".

A declaração foi anunciada depois a revista Consultor Jurídico revelar uma série de pareceres do Ministério Público Federal defendendo o uso de prisões preventivas como forma de forçar réus da operação “lava jato” a colaborar com a investigação. Para a OAB, o parecer do MPF violou "princípios básicos" do Estado democrático de Direito.

"Os postulados do devido processo legal, do direito de defesa e da presunção de inocência são valores que devem nortear a convivência civilizada em uma sociedade democrática, com a proteção do ser humano contra o uso arbitrário do poder", diz o manifesto.

O documento aproveita para defender a reforma política no país e aponta caminhos para resolver o problema, como a proibição do financiamento de campanhas por parte de empresas e a regulamentação da chamada Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013).

 

A corrupção é uma chaga que drena os recursos públicos que poderiam ser investidos na garantia dos direitos fundamentais. Os valores apropriados por gestores públicos e empresários subtraem verbas destinadas à saúde, à educação e aos serviços públicos essenciais. A corrupção é a negação da República. A endêmica apropriação privada dos recursos públicos, em todos os níveis de governo, é um obstáculo ao pleno desenvolvimento do Brasil como Nação moderna.

A apropriação ilícita de bens e valores públicos subsiste em nosso tempo sob a forma de fraudes em processos licitatórios e outros graves desvios em procedimentos administrativos. Nossa sociedade mais uma vez se choca, presentemente, com a divulgação dos fatos relativos às investigações de corrupção em curso no País.

Não cabe à OAB pedir a condenação ou a absolvição de acusados, nem comentar casos submetidos à apreciação judicial. Mas tem o dever institucional de declarar que o povo brasileiro exige a investigação minuciosa de todos os fatos, bem como a responsabilização civil, administrativa e criminal dos autores dos delitos apurados. Por meio da investigação profunda dos ilícitos e da responsabilização dos culpados o Brasil crescerá como Nação, deixando claro para a sociedade brasileira e a comunidade internacional nossa mais grave rejeição quanto a essas ações inescrupulosas.

Alertamos que o propósito de investigar profundamente não pode implicar a violação dos princípios básicos do Estado de Direito. É inadmissível que prisões provisórias se justifiquem para forçar a confissão de acusados. O combate à corrupção não legitima o atentado à liberdade. No Estado Democrático de Direito, em cujo cerne encontra-se o princípio da dignidade da pessoa humana, outra não pode ser a orientação.

A OAB defende o cumprimento da Constituição da República por todos os brasileiros, independentemente de condição social ou econômica. Os postulados do devido processo legal, do direito de defesa e da presunção de inocência são valores que devem nortear a convivência civilizada em uma sociedade democrática, com a proteção do ser humano contra o uso arbitrário do poder.

Além da profunda investigação dos fatos ilícitos, temos que enfrentar a tarefa de por fim aos estímulos sistêmicos à prática da corrupção, e o financiamento empresarial de campanhas eleitorais é o incentivo principal.

O Brasil necessita de uma urgente reforma política democrática e republicana. O atual sistema eleitoral torna as eleições brasileiras caríssimas. O financiamento de campanhas por empresas privadas cria uma sobreposição venenosa entre política e interesses empresariais, e precisa ser urgentemente extirpado das eleições que realizamos a cada dois anos.

A cidadania celebra a rejeição pelo Supremo Tribunal Federal do financiamento empresarial das campanhas eleitorais, por meio da manifestação já de sua maioria na Ação Direta de Inconstitucionalidade n. 4650, proposta pela OAB, pugnando pelo seu rápido julgamento.

A Ordem dos Advogados do Brasil elaborou um Plano de Combate à Corrupção contendo os pontos a seguir relacionados:

. Regulamentação da Lei 12.846, de 2013, denominada Lei Anticorrupção, que pune as empresas corruptoras.

. Fim do financiamento empresarial em candidatos e partidos políticos, bem como estabelecimento de limites para contribuições de pessoas físicas.

. Criminalização do Caixa 2 de campanha eleitoral.

. Aplicação da Lei Complementar 135, denominada Lei da Ficha Limpa, para todos os cargos públicos.

. Fortalecimento e ampliação de sistemas que façam a interligação de informações entre os órgãos responsáveis pela aplicação da lei anticorrupção e pela apuração do Caixa 2 de campanha eleitoral, a exemplo da Coordenação-Geral de Assuntos Financeiros (COAFI) e da Controladoria-Geral da União (CGU), com a inclusão do sistema financeiro, órgãos de registro de propriedade, como cartórios, Tribunais de Contas, ABIN, Receita Federal e Polícia Federal.

. Exigência do cumprimento fiel, em todos os órgãos públicos, da Lei de Transparência, proporcionando fácil acesso às informações.

. Garantia da autonomia às instituições públicas que controlam e combatem a corrupção, como a Controladoria Geral da União, dotando-as de recursos humanos qualificados, com dotação orçamentária capaz de permitir a permanente fiscalização da aplicação dos recursos públicos, estabelecendo-se o mandato de quatro anos para o Controlador Geral.

. Cumprimento da ordem cronológica no pagamento das contas públicas e fixação de critérios objetivos para as exceções previstas no artigo 5º da Lei 8.666, de 1993.

. Instituição da existência de sinais exteriores de riqueza incompatíveis com a renda e o patrimônio como causa para perda do cargo público e bloqueio dos bens.

. Redução drástica dos cargos de livre nomeação no serviço público, priorizando os servidores de carreira e concursados.

. Aprovação de projetos de leis definidores de uma profissionalização da Administração Pública, com a redução extrema dos espaços ocupados por agentes não-detentores de cargos efetivos e concursados, sendo importante incorporar, nessas iniciativas, instrumentos voltados para: a) reduzir influências corporativas indevidas; b) definição de critérios objetivos para ocupação dos postos de direção por servidores de carreira; c) limitação de tempo para o exercício dessas funções de direção por ocupantes de cargos efetivos; d) definição de “quarentenas”, sem o exercício de cargos comissionados, depois da ocupação desses espaços por servidores concursados.

. Valorização da Advocacia Pública, como instituição de Estado e não de governo, notadamente nas áreas de assessoria e consultoria jurídicas, constituindo um importantíssimo e efetivo instrumento de controle preventivo de desvios e ilícitos das mais variadas naturezas no âmbito da Administração Pública, conferindo-lhe autonomia administrativa e financeira para o regular exercício de suas funções.

. Fortalecimento do sistema de controle interno e auditoria em todos os órgãos públicos, especialmente aparelhando de forma adequada a auditoria do Sistema Único de Saúde – DENASUS.

. Estabelecimento de uma política nacional de cultura e educação, estimulando a conduta ética.

A sociedade reclama dos Poderes Legislativo e Executivo a adoção de tais medidas. A conjugação entre a apuração profunda de todos os casos de malversação de recursos públicos, a reforma política, a mobilização popular e a implantação do Plano de Combate à Corrupção resultará no aperfeiçoamento das práticas administrativas e no amadurecimento do Brasil como República democrática.

Plenário do Conselho Federal da OAB,

 

conjur.com.br

MPF investiga atendimento em hospital de Barbalha

hospital-sao-vicente2

O Ministério Público Federal (MPF) em Juazeiro do Norte investiga a suspensão de atendimento a novos pacientes com câncer no hospital Maternidade São Vicente de Paulo, localizado em Barbalha.

O hospital é a única unidade cadastrada para atendimento oncológico pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em toda a região do Cariri e Centro-Sul do Estado do Ceará.

A Maternidade São Vicente de Paulo informou que verba repassada pelo Ministério da Saúde (MS) para o hospital, especialmente para a atenção oncológica, é insuficiente. Além disso, o total de créditos não recebidos por causa do teto de pagamento fixado já ultrapassa R$ 570 mil.

Acrescenta, ainda, que já pediu o aumento, mas não teve resposta positiva do MS e, que pela insuficiência de recursos, não há possibilidade de atendimento imediato de novos pacientes acometidos de câncer.

Diario do Nordeste – Regional

Camilo Santana amanhece no Crato e recebe reivindicações de vereadores

vereadorescrato

Vereador Marquinho do Povão falou sobre visita de Camilo ao Crato.  (Foto : Flávio Pinto )

O governador eleito Camilo Santana amanheceu nesta segunda – feira ( 1 ),  no Crato, onde concedeu entrevista ao jornalista Antônio Vicelmo,  na Rádio Educadora. Antes, porém, recebeu os vereadores Marquinho do Povão ( PMDB) e Thiago Esmeraldo (PP). Os parlamentares receberam um relatório das mãos dos vereadores, onde constavam várias reivindicações dos cratenses e aprovados na Câmara Municipal.
Entre esses prejetos estão o asfaltamento da rua Saturnino Candeia, que liga os bairros Alto da Penha e Mutirão, reivindicação antiga da população dos dois bairros.
Thiago Esmeraldo e Marquinho do Povão também relataram nesta semana segunda-feira, no plenário da casa, que Camilo Santana se comprometeu em não mexer no parque de exposição,  a não ser por votande do povo. "O governador assegurou não tem intenção de mudar o local da Expocrato para outro local e que tem planos para revitalizar o atual parque de exposição,  se possível com a criação de uma vila olímpica em suas imediações", disse Marquinho do Povão.

Já Thiago Esmeraldo revelou que Camilo não vai retirar os órgãos estaduais com sede no Crato para o Centro Administrativo construído em Juazeiro do Norte,  desde o ano passado. O vereador também cobrou do governador eleito, a criação de uma ciclovia ligando Crato, Juazeiro e Barbalha,  além de lembrar sobre a recuperação e asfaltamento da estrada do distrito de Santa Fé.

Flavio Pinto News

Expectativa de vida no Ceará é de 73,2 anos, afirma estudo do IBGE

idosos

Em 30 anos, expectativa de vida cresceu mais entre as mulheres, diz IBGE. Média de longevidade do cearense fica abaixo da média do brasileiro.

A expectativa de vida do cearense é de 73,2 anos, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no estudo Tábua Completa da Mortalidade, publicada no Diário Oficial da União. Os dados são relativos a 2013 e registram aumento de 2,4 anos nos últimos 10 anos.

No Brasil, a tabela, que mostra a expectativa de vida para todas as idades até 80 anos, apresentou um aumento de três meses e 25 dias em relação a 2012, quando a esperança de vida do brasileiro era de 74,6 anos, acima da média no Ceará. Mas, se comparada com a de dez anos atrás, a expectativa de vida do brasileiro aumentou mais de três anos. Em 2003, era de 71,3 anos.

A média de expectativa de vida no Ceará é maior entre as mulheres. Desde que o estudo é feito pelo IBGE, em 1980, a expectativa de vida das mulheres no estado cresceu de 62 para 77,2. Entre os homens, o crescimento foi menor nos últimos 30 anos, de 56 para 69,2.

Segundo Fernando Albuquerque, gerente do Projeto Componentes da Dinâmica Demográfica do IBGE, a taxa é estável porque a tábua de mortalidade está inserida no modelo de projeção de população e da mortalidade em que os ganhos não se alteram significativamente ano a ano.

Crianças e idosos
Na análise entre 1980 e 2013, no entanto, o especialista concluiu que cada vez mais estamos postergando a velhice. No período, a expectativa de vida ao nascer passou de 62,5 anos para 74,9 anos, um aumento de 12,4 anos.

“A gente observa principalmente redução em dois grupos: crianças, mortalidade infantil, e mortalidade final, dos idosos, principalmente de 70 anos ou mais. Eram probabilidades relativamente altas em 1980", analisou o gerente.

De acordo com ele, a redução da mortalidade infantil está associada a melhorias ambientais e higiene pública. "Aumentou a proporção de domicílios com saneamento adequado”, analisou.

A diminuição da mortalidade entre idosos se deu pelo predomínio de mulheres na população idosa e do crescimento dos idosos mais velhos na composição da população brasileira, segundo o instituto.

"Tem toda a parte dos avanços médicos, farmacológicos, mas tem também os programas que vêm sendo implantados na atenção ao idoso. A aposentadoria rural é um fator importante, benefício de prestação continuada, que possibilita renda ao idoso para comprar seus medicamentos; o estatuto do idoso, que possibilita série de avanços no tratamento ao idoso. Esses são fatores que têm feito com a mortalidade da população de idosos tenha diminuído significativamente nos últimos anos", afirmou.

Albuquerque acrescentou ainda que "aumentou o diferencial entre os sexos e em grande parte dessa diferença é proveniente da redução de fatos violentos, como homicídios e acidentes de trânsito”.

As Tábuas Completas de Mortalidade para o Brasil são divulgadas todo ano pelo IBGE e são usadas pelo Ministério da Previdência para calcular aposentadorias. Os dados também permitem calcular a vida média para cada idade.

Do G1 CE

Assaltante invade casa de boxeador no Ceará e é espancado até desmaiar

 

Flávio Leal lutou com assaltante, foi ferido com facadas e adiou luta. Boxeador filmou marcas de agressão no próprio corpo e suspeito caído.

 

leal620Boxeador foi ferido no peito e no braço com golpes de faca (esquerda); à direita, assaltante foi agredido até desmaiar (Foto: Flávio Leal/Arquivo pessoal)

O lutador de boxe Flávio Leal reagiu a um assalto e agrediu o suspeito de roubo, que foi hospitalizado e preso em seguida. Durante a briga, Flávio Leal foi lesionado com golpes de faca no braço e no peito e teve que adiar uma luta que estava agendada para sábado (28), dia do incidente. Leal iria defender o cinturão na categoria meio-médio Sulamericano.

"Cheguei em casa me deparei com um meliante que abordava toda a minha família, inclusive a criança, que estava no berço", explicou o lutador.

De acordo com a Polícia Civil, Flávio Leal chegava à residência dele na tarde de sábado quando identificou a bicicleta de um ex-vizinho apontado como autor de furtos e roubos no Centro de Fortaleza. O boxeador suspeito suspeitou de que ele estaria roubando a residência, correu para dentro e confirmou o crime.

 

O pugilista iniciou uma briga com o suspeito, acertou vários socos nele e foi golpeado com faca nos braços e no peito. Ele levou pontos e se recupera bem. O suspeito ficou desmaiado e foi levado até a calçada da casa de Flávio Leal com ajuda de vizinhos.

Após a briga, Leal filmou as marcas da agressão que sofreu, rastro de sangue pela casa dele e o suspeito desmaiado no chão, do lado de fora da sua casa.

O boxeador, conhecido como Victor Cara de Águia, recebeu atendimento médico, já teve alta do hospital e aguarda melhoras para remarcar a luta em que defende o cinturão na categoria meio-médio.

Do G1 CE

As mazelas do Estado neoliberal – Por: Emerson Monteiro

 

Diante das complexas relações sociais, à medida que cresciam grupamentos humanos, surgiu o Estado politicamente organizado, essa macroestrutura que agora a tudo domina, vira ente de tentáculos infalíveis pelo mundo inteiro, monstro Leviatã, na concepção do filósofo político Thomas Hobbes; o Grande Irmão, no livro 1984, de George Orwell.

E aqui vamos de goela abaixo, nós da sociedade civil, a defrontar essa entidade maior que a vontade coletiva que coordena e, por vezes sem conta, trai seus ideais e reais objetivos, hoje classificada em duas vertentes vagas de corrente liberal e corrente marxista, ora em desuso, pois estas vêm sendo substituídas pelo conceito de Estado híbrido, da China ao Canadá, após a sociedade globalizada pela economia de escala, numa espécie de mutação genética classificada por Estado neoliberal, bicho de dentes afiados e dominador absoluto das relações da sociedade mundial.

O cidadão, este se acha sendo reduzido de importância a ponto de descartar a força que teria se houvesse, ao tempo certo, exercitado a consciência políticossocial descartada há séculos (Se o elefante soubesse da força de que tem o leão não seria o rei dos animais, já falaram os sonhos, mas antigamente).

A figura do contribuinte restou esquecida, desprezada, ela, a famosa mantenedora da farra descomunal do que fazem os vilões daquilo que pagara com impostos e taxas, obediência e subserviência à Lei, desejos e desencantos ao bem-estar pessoal e de todos. Refém das próprias instituições que criara, o contribuinte amarga ondas sucessivas de malversação do dinheiro público através das instituições do Estado, pai e gestor, numa espécie de atuação de apenado nos próprios domínios, sem quaisquer instrumentos mais que surtam o efeito de conter a sanha avassaladora dos grupos ilegítimos parasitários das estruturas criadas a fim de preservar os direitos da cidadania. Após os turnos eleitorais repetitivos, grupos de poder invadem as artérias financeiras da engrenagem social e sugam gota a gota o sangue precioso dos erários quais males atávicos, vampiros das massas humanas.

Nisso, aquelas aspirações institucionais de interagir e refrear a sanha totalitária do Estado conspiram e se voltam contra seu criador original, o Povo, sumindo na irresponsabilidade, isto dentro dos movimentos populares, associações culturais, filantrópicas, empresas,  igrejas, clubes sociais, associações de classe, escolas, até sindicatos, de quem se esperou muito mais no decorrer da história, hajam vistas suas intenções justas iniciais, depois abandonadas ao sabor dos prazeres lupanares do imperialismo atávico que ainda claudicante no seio da raça humana.

nov 29|Emerson Monteiro|Blog do Crato – Noticias do Crato !

"Por que você está chorando", questiona filha em seu leito de morte ao pai

Alshammary

Reprodução/Daily Mail
"Papai, por que você está chorando?". Essas foram as última palavras de Ward Alshammary, menina de 5 anos, antes de morrer por conta de uma parada cardíaca. Três dias antes da morte, ela havia sido encaminhada ao hospital e, sem diagnóstico, voltou para casa.
Dois dias após a primeira ida ao hospital, os pais levaram Ward, ainda mal, de novo ao local, e ela teve diagnosticada uma infecção entre os pulmões. Seu estado de saúde piorou rapidamente e os médicos não deram conta de mantê-la viva.
De acordo com o jornal Daily Mail, Ward beijou seu pai na bochecha e fez a pergunta. Poucos segundos depois, teve uma parada cardíaca e morreu. Em entrevista, Badr, pai da menina, afirmou que irá averiguar se a filha morreu por conta de um diagnóstico errado.
"Nós sabemos que nada pode trazer Ward de volta, mas esperamos descobrir exatamente o que aconteceu, para que não ocorra novamente com outras pessoas. Ela dizia que, quando crescesse, queria ser pediatra", afirmou Badr.

br.noticias.yahoo.com

Robô que faz transplante capilar chega ao Brasil no próximo mês

Artas4

Um novo método para a realização de transplante capilar em homens deve chegar ao País no próximo mês e promete um procedimento mais preciso e sem cicatrizes. A novidade é a utilização de um robô, chamado Artas, que faz a remoção dos folículos capilares, grupos com dois a quatro fios de cabelos, sem a necessidade de cortes e com redução de até 20% no tempo do processo, que pode demorar entre seis e nove horas. Normalmente, o procedimento de retirada das unidades foliculares é manual e feito por oito a dez profissionais.
"Com o robô, nós removemos de forma mais rápida e mais precisa, porque ele tem um sistema de imagem que emite um laser guia que mostra para o aparelho a posição do cabelo e já colhe na posição (correta) com um número menor de danos foliculares", explica João Carlos Pereira, dermatologista especializado em Cosmiatria e Cirurgia Dermatológica e integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Por hora, o robô remove até 1 mil unidades foliculares e são necessárias 1,5 mil a 2 mil por procedimento.
Pereira será um dos primeiros especialistas brasileiros a oferecer a técnica que utiliza o robô. Vice-presidente sênior da Restoration Robotics, empresa que produz o sistema robótico, Miguel Canales diz que o equipamento foi lançado em 2011 nos Estados Unidos e já é comercializado em 17 países. "O Brasil é o país mais recente e o primeiro da América Latina a adotar o robô."
Segundo Canales, a técnica feita com o Artas pode trazer uma série de vantagens para os pacientes brasileiros. "Com a introdução do Artas no Brasil, homens vão ter uma nova opção de ter um procedimento de transplante capilar menos invasivo, menos doloroso e sem uma cicatriz visível", afirma. O ponto negativo, segundo ele, é o preço, tendo em vista a tecnologia do equipamento. De acordo com a empresa que distribui o produto, a Advance Medical, o custo médio do tratamento é de R$ 30 mil.
Pereira, que já conhece a técnica, diz que o local da retirada dos enxertos capilares fica com furos de 1 milímetro que fecham em 48 horas. "Esse sistema do robô programa a distância entre as mudas que vão ser removidas para que não tire muito perto e não tenha uma falha de cabelos", completa. O dermatologista diz ainda que o robô minimiza o desgaste da equipe médica.
"Ele tem essa revolução porque consegue remover os cabelos por meio de um braço robótico controlado por um controle. É um trabalho cansativo e ele faz sem a fadiga manual e a variabilidade, pois repete o mesmo movimento inúmeras vezes precisamente."
Resultado
Após o procedimento, o paciente pode lavar o cabelo a partir do quinto dia. Entre 15 e 20 dias depois do transplante, todos os fios caem. "A raiz fica. A partir daí, começa a germinar um novo fio, que será definitivo. Os cabelos começam a apontar na pele três meses após o transplante", afirma Pereira.
Canales diz que a total transformação, quando os fios já estão mais longos, ocorre em menos de um ano. "Leva nove meses para o paciente ver o impacto estético completo do procedimento." O tempo é semelhante ao dos procedimentos utilizados atualmente.

Agência Brasil

Com hemodiálise suspensa, Pelé reage bem e tem estado clínico estável

pele

Na noite desta segunda-feira, o Hospital Albert Einstein, em São Paulo-SP, registrou novo boletim médico sobre a saúde de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé. De acordo com a instituição, o Rei do Futebol reagiu bem ao tratamento realizado com antibióticos e segue com a hemodiálise suspensa, apresentando estado clínico estável.

Internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Pelé não apresentou quadro febril durante o período de observação. Assim como domingo, o ídolo santista não precisou realizar hemodiálise. Todavia, na manhã desta terça-feira, os médicos realizarão uma nova avaliação, para verificar se o trabalho específico de suporte renal deve ser retomado.

Segundo o boletim exposto pela organização israelita, as culturas de sangue e urina permanecem negativas. A análise cuidadosa, que durou 48 horas, discorreu como esperado, registrando uma gradativa evolução.Após dar entrada no Hospital Albert Einstein há sete dias, com um quadro de infecção urinária, o multicampeão foi deslocado para a UTI na última quinta-feira, em decorrência de complicações na filtração do sangue, já que não reagiu bem ao tratamento, tendo o único rim sobrecarregado.

Apesar do resultado satisfatório nos exames, o eterno camisa 10 não possui previsão de transferência para o quarto, tampouco de alta médica.

 

Terra

Amazon usa 15 mil robôs para agilizar entregas durante o fim de ano

Tempo de preparação é reduzido de uma hora e meia para 13 minutos. Equipamentos são da Kiva, empresa comprada por US$ 775 milhões.

amazon-kiva-g1

Mais de 15 mil robôs operam dentro de armazéns da Amazon nos EUA para agilizar a entrega de produtos. (Foto: Noah Berger/Reuters)

A Amazon instalou mais de 15 mil robôs em 10 depósitos nos Estados Unidos, uma medida que promete cortar os custos operacionais em um quinto e entregar produtos mais rapidamente na reta final para o Natal.

Os robôs laranjas de 145 quilos, que se movimentam sobre rodas, demonstram como a Amazon adotou a tecnologia desenvolvida pela Kiva Systems, uma companhia de robótica que comprou por US$ 775 milhões em 2012. A Amazon fez uma demonstração para a mídia neste domingo (30) antes da Cyber Monday, o maior dia de compras online do ano.

A Amazon implementou o uso dos robôs durante o verão nos EUA, antes do importante trimestre de compras de fim de ano, quando a companhia normalmente registra cerca de um terço de sua receita anual. Os depósitos estão em cinco estados norte-americanos: Califórnia, Texas, Flórida, Nova Jersey e Washington.

Os robôs Kiva permitem que a Amazon otimize os processos com relação aos produtos e reduza o tempo que a empresa leva para entregar no mesmo dia em diversas regiões, disse o vice-presidente sênior de operações mundiais e serviços para consumidor, Dave Clark.

No armazém da Amazon em Tracy, na Califórnia, os funcionários empilham produtos em prateleiras carregadas por mais de 1.500 robôs Kiva, que usam marcações no chão para navegar e formar um "grande bloco de estoque", disse Clark. Um funcionário faz o pedido por itens específicos e o robô se dirige à sua estação de trabalho particular.

Em alguns casos, os robôs permitem que a Amazon envie pacotes em 13 minutos a partir das estações de seleção. Nos centros mais antigos, a média era de cerca de uma hora e meia.

 

Da Reuters

Mercado aposta em elevação da taxa de juros pelo BC nesta semana

bc3
A pior expectativa aponta um saldo nulo na balança comercial; semana passada, previsão era de superávit (exportações superiores às importações) de US$ 100 milhões
O Boletim Focus manteve nesta segunda-feira (1º) a previsão de que a taxa de juros básica da economia, a Selic, feche o ano em 11,5%, o que indicaria uma elevação de 0,25 ponto percentual nesta quarta-feira (3), quando ocorre a última reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central. Para 2015, a projeção é de fechamento da taxa básica em 12%.

O Boletim Focus é uma pesquisa semanal feita pelo Banco Central com agentes do mercado, com cerca de 80 instituições financeiras.

Quanto ao crescimento da economia, a perspectiva teve leve reduação, ao passar de 0,2% na semana passada para 0,19% hoje.

O mercado manteve a expectativa de fechamento do dólar em R$ 2,55. A projeção da inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo permanece em 6,43% para 2014, e subiu de R$ 6,45 para R$ 6,49 para o fechamento de 2015.

A expectativa para a balança comercial brasileira piorou pela sétima vez. Na penúltima semana de novembro, a estimativa era fechamento com superávit (exportações maiores que importações) de US$ 100 milhões. Na última semana do mês, analistas e investidores alteraram a projeção para saldo zero.

No setor externo, a previsão de déficit em conta corrente, o indicador que mede o desequilíbrio das contas externas, segue em US$ 83 bilhões. A previsão de queda da produção industrial está em 2,26%. A dívida líquida do setor público ficou estimada em 36% do Produto Interno Bruto, soma das riquezas produzidas no país, ante 35,85% na semana passada.

Os investimentos estrangeiros diretos estimados deverão permanecer em US$ 60 bilhões. Os preços administrados, regulados pelo governo, deverão ser reajustados em 5,3%.

Por iG São Paulo *

Bovespa fecha em forte queda nesta segunda

bovespa

Tensão por cenário externo e preocupação com economia influenciaram. O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, caiu 4,47%.
A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em forte baixa nesta segunda-feira, 1º dia de dezembro, diante de um cenário adverso para commodities no exterior, após dados negativos sobre a economia da China, somado a preocupações no Brasil com expectativas dos investidores sobre eventuais novas tributações visando reequilibrar as contas públicas.
O Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista, caiu 4,47%, aos 52.276 pontos. Veja a cotação.
O anúncio da nova equipe econômica com Joaquim Levy à frente do Ministério da Fazenda agradou ao mercado, em um primeiro momento, ao representar um passo na direção de políticas mais ortodoxas. Mas os desafios à frente para a economia ainda inspiram cautela, e nesta sessão, conforme profissionais do mercado ouvidos pela Reuters, especulações sobre eventuais medidas fiscais, principalmente relacionadas a tributos, trouxeram preocupações sobre o potencial impacto para companhias e investidores e acentuaram as perdas na bolsa. "Há preocupação sobre o que o governo pode vir a tributar e o mercado vai ficar bastante atento a isso", afirmou o gestor de uma administradora de recursos no Rio de Janeiro, que preferiu não ter o nome citado.
Além disso, a Bovespa também foi pressionada pelo cenário externo, em outro dia de queda do petróleo e um índice sugerindo estagnação na indústria chinesa. Os preços do petróleo também começaram a semana com novas perdas, corroborando tom negativo na abertura da Bovespa, com o Brent tocando a mínima em cinco anos, mas a commodity reverteu o movimento buscando um piso, após a Opep decidir na semana passada que não vai cortar a produção.
Ações em queda
Os papéis da Petrobras ajudaram a puxar a queda do mercado. Perto do horário de fechamento, as ações ordinárias da empresa caíam mais de 5% e as e preferenciais, quase 4%. As ações da Vale também tinham queda, de aproximadamente 4%, e contribuíam para a queda da bolsa, após os contratos futuros de minério de ferro na China quebrarem sequência de três altas e recuarem com dados mostrando que a indústria chinesa estagnou em novembro.

Os papéis de Itaú e Bradesco também exerciam pressão negativa no Ibovespa, com queda de cerca de 4% e 5%, respectivamente.
O noticiário corporativo também repercutia no pregão, como o acordo da Oi para negociar venda dos ativos da Portugal Telecom SGPS (PT Portugal) ao grupo europeu de telecomunicações Altice. Além disso, o presidente-executivo da TIM Brasil, Rodrigo Abreu, reafirmou nesta segunda-feira (1) que a companhia não tem necessidade de fazer algum acordo com a rival Oi embora não descarte que a empresa está analisando eventuais oportunidades de mercado. Perto do fim do pregão, a Oi caía quase 6% e a TIM, quase 8%.

A BM&FBovespa divulgou nesta segunda a primeira prévia para a nova carteira do Ibovespa, que será válida de janeiro a abril de 2015, com saída das preferenciais da distribuidora paulista de energia Eletropaulo e entrada dos papéis ordinários da administradora de shopping centers Multiplan.
Dólar
O dólar fechou em queda nesta segunda-feira (1), após o Banco Central anunciar o início da rolagem dos swaps cambiais (contratos) que vencem em 2 de janeiro e sinalizar que rolaria praticamente todo o lote, como nos três últimos meses. A moeda norte-americada fechou em baixa de 0,51%, a R$ 2,5586.

 

Do G1, em São Paulo

Justiça estica prazo para PF concluir inquéritos sobre a “lava jato”

pf

A Justiça Federal no Paraná concedeu mais 15 dias para que a Polícia Federal conclua inquéritos abertos na chamada operação “lava jato”, que investiga suposto esquema de pagamento de propina, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A PF disse que precisava de mais tempo para avaliar documentos colhidos durante a sétima fase da operação, que prendeu dirigentes de construtoras no dia 14 de novembro.

Apesar de atender ao pedido, o juiz Sergio Fernando Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, afirmou que seria “desejável” não ocorrer mais prorrogações. “Alerto que não haverá nova prorrogação, e é desejável que não seja utilizado todo o prazo”, escreveu em despacho publicado nesta segunda-feira (1º/12).

Com a medida, os inquéritos que expirariam no último sábado (29/11) terão até o dia 13 deste mês para ser concluídos. Foram prorrogados, até o momento, os inquéritos que investigam a participação das empreiteiras Mendes Júnior, Engevix, OAS e Galvão Engenharia e do Consórcio CNCC-Camargo Corrêa em supostos pagamento de propinas em contratos com a Petrobras.

O caso "lava jato" começou em março com uma operação da Polícia Federal que investigou suposto esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que seria comandado pelo doleiro Alberto Youssef com empresas de fachada. A investigação apontou relação entre ele e Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras.

Em acordo de delação premiada, Costa afirmou que partidos dividiam propina em contratos da Petrobras pagas por construtoras, o que levou a um novo capítulo da operação. Com informações da Agência Brasil.

conjur.com.br

Vida mais longa

idosos2

Tábua Completa de Mortalidade 2013 divulgada pelo IBGE mostra que expectativa de vida chegou a 74,9 anos

 

TALITHA NERY DA EDITORIA DE CIDADES

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou ontem a lista com os novos dados da expectativa de vida de 2013. A estimativa que era de 74,6 anos em 2012, subiu para 74,9 no ano passado. No ano de 1980 as crianças nasciam com uma expectativa de 62,5 anos, o aumento nas últimas décadas foi de 12,4. O documento também apresentou os números referentes a cada capital brasileira.

O IBGE calculou os dados de pessoas de ambos os sexos com idades de 0 a 80 anos. Os números apresentados pela Tábua Completa de Mortalidade do Brasil servem para que o Ministério da Previdência Social tenha parâmetros para calcular as aposentadorias.

Nos últimos 33 anos os maiores ganhos foram com relação à redução da mortalidade infantil e na diminuição de mortes de idosos com mais de 70 anos. No ano de 1980 o número relacionado à taxa de mortalidade infantil era de 69,1, o último registro mostrou que hoje este número caiu para 15.

Brasil

O aumento de 12,4 na expectativa de vida do brasileiro nos últimos 33 anos é um reflexo direto das condições sociais oferecidas. A redução na taxa de mortalidade infantil pode ser consequência das melhorias na qualidade dos serviços de acompanhamento de gestantes e programas que auxiliam no sustento e saúde do recém-nascido.

Com relação aos dados referentes à redução da taxa de mortalidade de pessoas com 70 anos, que caiu de 47,5 por mil para 25,2 por mil, pode-se dizer que os avanços na medicina do idoso e políticas públicas voltadas para pessoas desta faixa de idade foram importantes para a mudança no cenário.

O documento apresentado ontem mostrou que o número de crianças que morrem antes de completar cinco anos de idade era de 84 por mil em 1980. Em 2013 este número caiu para 17,4, ou seja, uma redução de 66,6 nos últimos anos. A Paraíba era a capital que tinha o maior número de mortes nesta faixa etária. O número era de 155 e hoje caiu para 28,5.

Santa Catarina é a capital que apresenta os melhores resultados na Tábua Completa de Mortalidade. A expectativa de vida na região que em 1980 era de 66,6 subiu para 78,1 e é a maior de todo o País. Os números figuram os primeiros lugares da tabela quando separados por sexo. A estimativa é que os homens cheguem a 74,7 e as mulheres a 81,4.

A capital ocupa o último lugar na tabela quando o assunto é mortalidade infantil. Enquanto no Maranhão o número é de 24,7 por mil, em Santa Catarina é de 10,1 por mil. No ano de 1960 os números registrados na região federativa do Sul do País eram de 46,1, ou seja, houve uma redução de 36.

Os números referentes a probabilidade de uma criança não chegar aos cinco anos de idade também colocam Santa Catarina na última colocação. Enquanto no Maranhão os números são de 28,2 por mil, na capital sulista é de 11,8 por mil. Uma diferença de 16,4 se compararmos as duas.

Os números gerais do País mostram que a probabilidade de um jovem de 15 anos não chegar aos 25 anos tiveram uma redução de apenas 4,2. O número em 1980 era de 17,7 e em 2013 a redução registrada foi de 13,6. O Sergipe que em 1980 aparecia com um número de 18,2 apresentou um aumento e foi para o primeiro lugar da tabela em 2013 com um número de 24,2. Um número 11,3 maior do que o último colocado, Paraná, que tem 7,6.

Goiás

Em Goiás, a expectativa de vida para quem nasce é de 73,7. A Capital ocupa nesta última divulgação da Tábua o 11º lugar dos dados gerais de expectativa de vida para os brasileiros. A Capital aparece atrás de Santa Catarina (78,1), Distrito Federal (77,3), São Paulo (77,2), Espírito Santo (77,1), Rio Grande do Sul (76,9), Minas Gerais (76,4), Paraná (76,2), Rio de Janeiro (75,2), Rio Grande do Norte (75,0) e Mato Grosso do Sul (74,7). Em 1960 a expectativa geral da região era de 62,3, o aumento registrado foi de 11,4.

Com relação à expectativa de vida para homens e mulheres os números são, respectivamente, 70,6 e 77,0. Nos registros de 1960 estes números eram de 60,0 para pessoas do sexo masculino e 64,9 para mulheres. O aumento dos dados referentes aos homens foi de 10,6, enquanto para as mulheres foi de 12,1.

A Capital ocupa nesta última tabela do IBGE a 17ª colocação quando o assunto é taxa de mortalidade infantil. Goiás registrou uma redução de 31,1 em comparação a 1980. Em 2013 a taxa de mortalidade foi para 16,2, enquanto em 80 era de 47,3. O número da unidade federativa é 6,1 maior que o de Santa Catarina, capital com menor número.

Uma das maiores reduções registradas em Goiás é com relação à probabilidade de uma criança não completar cinco anos de idade. Em 1980, a Capital ocupava a 22ª colocação com um número de 60,2 por mil e em 2013 aparece na 16ª posição com um número de 18,8 por mil, ou seja, uma diminuição de 41,1.

Mulheres

A expectativa de vida para as mulheres no Brasil é maior do que a de homens. Enquanto em 1980 a idade média era de 65,7 por mil, em 2013 este número subiu para 78,3 por mil. Um aumento considerável de 12,9. Santa Catarina foi a capital que registrou o maior número para as mulheres, o dado é acima da média nacional e chega a 81,4 por mil.

A taxa de mortalidade infantil para pessoas do sexo feminino também registrou uma grande redução comparando 1980 com 2013. No primeiro o número era de 61,7 por mil, nos dados divulgados ontem pelo IBGE este número agora é de 13,7 por mil. Uma redução de 48.

Com relação à probabilidade de uma criança não atingir os cinco anos de idade, a redução registrada para pessoas do sexo feminino foi de 61,1. Em 1980 este número era de 76,9 por mil e em 2013 a média foi de 15,8 por mil. Os registros feitos com relação às mulheres são, em números, melhores do que os dos homens.

Homens

Enquanto a expectativa de vida para mulheres atinge 78,6, a dos homens é de 71,3. Em 1980 este número para os homens era de 59,6. Um acréscimo na idade de 11,7. Apesar da diferença entre as expectativas em 2013, a diferença entre os acréscimos de ambos os sexos é de apenas 1,2.

Santa Catarina também é a região que apresenta a maior expectativa de vida para homens. O registro no ano de 2013 foi de 74,7, enquanto em 1980 a capital ocupava o 2º lugar da tabela com uma expectativa de 63,8. Naquele ano o primeiro lugar da tabela era ocupado pelo Rio Grande do Sul, tanto nos sexos feminino quanto no masculino.

Com relação à probabilidade de uma criança não atingir os cinco anos de idade, os números referentes aos homens é de 18,9 por mil, um número 71,9 menor que o registrado em 1980, que era de 90,8.

Os dados com menores reduções foram referentes a probabilidade de um jovem de 15 não atingir os 25 anos. Em 1980 este número era de 23,3 por mil, em 2013 foi de 21,5. A redução para o sexo masculino foi de 1,8, enquanto para as mulheres chegou a 7,0. Esta pequena queda pode estar relacionada com o fato de homens nesta faixa etária se envolverem mais em acidentes de trânsito e violências em geral.

 

DIÁRIO DA MANHÃ

Brasil tem déficit comercial recorde em novembro e deve fechar ano com saldo negativo

 

dolares

BRASÍLIA (Reuters) – A balança comercial registrou déficit de 2,35 bilhões de dólares no mês passado, no pior resultado para meses de novembro, por conta da forte queda nas exportações, e deve fechar o ano com o primeiro saldo negativo desde 2000, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira pelo governo.

De janeiro a novembro, a balança comercial acumula déficit de 4,22 bilhões de dólares, no pior resultado para o período desde 1998.

"Tudo indica que teremos déficit no encerramento do ano", disse o diretor do Departamento de Estatísticas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Roberto Dantas, a jornalistas nesta segunda-feira.

Apesar de negativo, o resultado de novembro veio um pouco melhor que o esperado por especialistas consultados pela Reuters, que projetavam pela mediana déficit de 2,7 bilhões de dólares. Em outubro, a balança comercial teve déficit de 1,177 bilhão de dólares.

A última vez que a balança registrou déficit nos dados consolidados anuais foi em 2000, quando o saldo ficou negativo de 732 milhões de dólares.

O déficit registrado em novembro é o maior para o mês da série histórica iniciada com Sistema Integrado de Comércio Exterior (Siscomex), em 1994. Mas, segundo Dantas, mesmo antes de 1994 a balança não registrava déficit tão grande em novembro.

As exportações em novembro somaram 15,6 bilhões de dólares, recuo de 25 por cento pela média diária em relação a novembro de 2013, com queda nas vendas de produtos básicos (-25 por cento), manufaturados(-31,7 por cento) e semimanufaturados (-6,2 por cento).

Entre itens básicos as quedas mais relevantes foram nas exportações de minério de ferro (-47,5 por cento), petróleo em bruto (-12,6 por cento), farelo de soja (-34,3 por cento) e soja em grão (-76,6 por cento). Entre os manufaturados, destacam-se as retrações em veículos de carga (-46,8 por cento) e automóveis de passageiros (-39,8 por cento). Entre os semimanufaturados, alguns dos maiores recuos foram de ferro fundido (-41 por cento) e açúcar em bruto (-11,9 por cento).

As importações em novembro somaram 18 bilhões de dólares, queda de 5,9 por cento ante novembro de 2013, pela média diária, com recuo nas compras de bens de consumo (-9,3 por cento), matéria-primas e intermediários (8,3 por cento) e bens de capital (8,1 por cento).

Um dos fatores que influenciaram na queda das importações foi a menor demanda por produtos importados para o período de Festas Natalinas, devido à alta do dólar frente ao real. De acordo com o Mdic, em novembro, recuaram as compras no exterior de brinquedos (-28 por cento), produtos de perfumaria (-32 por cento), calçados (-12 por cento) e bens de informática (-8 por cento).

"O dólar mais forte tem afetado a importação de produtos típicos de fim de ano", disse o diretor.

COMMODITIES E ARGENTINA PESAM

No ano, as exportações somam em 207,6 bilhões de dólares, 5,7 por cento a menos em relação a igual período do ano anterior pela média diária das operações, enquanto as importações totalizam 211,8 bilhões de dólares, em queda de 3,9 por cento na mesma comparação.

A redução dos preços das commodities em relação ao ano passado influenciaram negativamente o resultado, com recuo de 21 por cento da cotação do minério de ferro, de 21,3 por cento do milho e de 4,4 por cento da soja. Além disso, a crise econômico-financeira da Argentina também influenciou negativamente a balança, com recuo de 27 por cento nos embarques para o país vizinho, grande comprador de produtos manufaturados brasileiros.

As exportações brasileiras de automóveis recuaram 40 por cento até novembro no ano.

O déficit da conta petróleo recuou para 15 bilhões de dólares até novembro, ante saldo negativo de 19,5 bilhões de dólares no mesmo período de 2013, mas ainda assim permanece como fator de pressão sobre os resultado da balança, disse o ministério.

Com esse desempenho, a balança se tornou um dos principais fatores de deterioração das contas externas do país, que de janeiro a outubro registrou déficit em transações correntes de 70,697 bilhões de dólares.


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

abril 2015
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2015 Chapada do Araripe - -