Homem é preso em barreira policial armado com três pistolas, em Juazeiro do Norte

Armas_PT380

Policiais Militares do Ronda do Quarteirão realizaram a apreensão de três Pistolas Taurus, calibre 380, juntamente com 50 cartuchos intactos, além de cinco carregadores. Durante a tarde desta segunda-feira, dia 10, Wagner Medeiros Fernandes, 31 anos, trafegava em um veículo Honda Civic, cor preta, com placa do Rio Grande do Norte, quando foi bordado na Avenida Leão Sampaio, no bairro Lagoa Seca em Juazeiro do Norte. O acusado, que estava sendo monitorado pela Polícia Federal, foi autuado na Delegacia daquela Instituição.

Via Flávio Pinto

Advogados do Brasil e da França discutem formas de cooperação na área do direito

advocacia1

Advogados brasileiros e franceses discutem hoje (10) e amanhã (11) formas de cooperação na área do direito. Chamado Campus, o evento é promovido pela Ordem dos Advogados de Paris todo ano, e, em 2014, tem sua maior edição no Rio de Janeiro. Entre os temas em pauta, estão protecionismo, direito trabalhista, a nova Lei Anticorrupção e meio ambiente.

Ao abrir o evento nesta manhã, o presidente da Ordem dos Advogados de Paris, Pierri-Olivier Sur, destacou que os dois países seguem a tradição do direito continental europeu e destacou que o Brasil tem a maior ordem de advogados entre os países com essa formação: "Temos hoje a consciência de que somos embaixadores dos nossos países pelo veículo do direito."

Já o vice-presidente da ordem, Laurent Martinet, lembrou que Brasil e França passam por um momento em que acelerar o crescimento econômico é uma das principais preocupações da sociedade e dos governos. "O direito também é um fator de interfere na economia e na política. É um fator de crescimento econômico."

O presidente da Comissão de Relações Internacionais da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro (OAB-RJ), Rodrigo Loureiro, disse que a presença francesa fez parte da formação do Brasil e fez com que se tornasse um país mais preparado para seu papel no cenário internacional. "A civilização francesa legou a todos nós uma base de valores universais e de conhecimentos", ressaltou, referindo-se aos valores iluministas da igualdade, liberdade e fraternidade, e à divisão da República em três poderes e aos direitos humanos.

Amanhã (11), o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes participara da mesa sobre o controle de constitucionalidade da lei.

Agência Brasil

MST defende acordo de cooperação assinado com ministro venezuelano

 

Cinco dias após o Ministério das Relações Exteriores cobrar do governo venezuelano explicações sobre a vinda ao Brasil, sem aviso prévio, do ministro venezuelano de Comunidades e Movimentos Sociais, Elias Jaua, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) divulgou nota esclarecendo o teor do termo de cooperação para capacitação de camponeses assinado com o ministro – que também ocupa o cargo de vice-presidente de Desenvolvimento do Socialismo Territorial.

elias_jaua

Itamaraty ainda aguarda explicações do ministro venezuelano Elías Jaua sobre assinatura de convênio com o MSTTalita Cavalcante Soares

O acordo foi um dos compromissos políticos que Jauá cumpriu durante estadia no país, sem que o governo brasileiro tivesse sido comunicado. Como, em termos diplomáticos, a falta de aviso prévio pode ser interpretada como ingerência em assuntos internos e contrário às boas relações entre dois países, o Itamaraty ainda aguarda os esclarecimentos do governo venezuelano. Já parlamentares da oposição revelam exigirão informações do chanceler brasileiro Luiz Alberto Figueiredo, na próxima audiência pública da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, agendada para quarta-feira (19).

“Temos uma situação sui generis, para dizer o mínimo: alto representante de um governo estrangeiro vem ao Brasil firmar acordos com um ente sem personalidade jurídica, tendo por objetivo construir uma sociedade socialista”, argumentou o deputado e senador eleito Ronaldo Caiado (DEM-GO), que solicitou a audiência pública, segundo a Agência Câmara.

Alegando ser reconhecido internacionalmente por sua luta pela reforma agrária e organização de comunidades rurais em cooperativas, associações e agroindústrias, o MST defende o acordo como algo natural. E aponta que as críticas à iniciativa provêm de “setores conservadores que não admitem qualquer participação popular”. Os mesmos setores que, segundo a organização, “condenam a criação de conselhos consultivos populares, a convocação de plebiscitos e a realização de acordos na área de cooperativismo e economia solidária”.

Segundo o MST, a parceria prevê o intercâmbio entre camponeses brasileiros e venezuelanos para a troca de experiências e de conhecimentos sobre cooperativismo, economia solidária e produção agroecológica – considerados pelas partes “os instrumentos mais adequados para a luta contra a fome e a pobreza e para a promoção da agricultura familiar e da segurança alimentar”.

A nota do MST, destaca, ainda, que o intercâmbio permitirá ao Ministério do Poder Popular e a movimentos sociais brasileiros e venezuelanos implementar ações conjuntas para desenvolver programas, projetos e atividades que beneficiem as comunidades urbanas e rurais dos dois países, “assim como toda potencialidade em matéria de participação popular, economia comunal e movimentos sociais”.

Durante sua estadia de quatro dias no Brasil, Elias Jaua também firmou convênios com representantes farmacêuticos no Paraná, conheceu experiências de transporte público e gestão de resíduos da prefeitura de Curitiba. Sua visita, porém, gerou ao menos uma polêmica antes mesmo que o acordo com o MST se tornasse público.

Na madrugada de 24 de outubro, policiais federais detiveram a babá do filho de Jaua no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Yaneth Anza tentava ingressar no Brasil portando um revólver calibre 38. O ministro, que já se encontrava no Brasil quando pediu à babá que viesse ao seu encontro, admitiu que a maleta com documentos políticos e a arma lhe pertenciam. Jaua garante ter alertado a funcionária para que tirasse a arma da valise antes de viajar, mas a babá disse não tê-la encontrado.

Ao cobrar da Embaixada da Venezuela explicações sobre a vinda de Jaua ao Brasil, o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, mencionou ao encarregado de Negócios venezuelano, Reinaldo Segóvia, que a agenda política cumprida pelo ministro causou “estranheza” ao governo brasileiro.

Apesar de não avisar o Palácio do Planalto e o Itamaraty, Jaua divulgou agenda e os convênios firmados em território brasileiro no site do seu ministério e no microblog Twitter. Explicações posteriores também foram divulgadas nas redes sociais, mas o Itamaraty aguarda a manifestação oficial do ministro ou do governo venezuelano a respeito do assunto.

Agência Brasil

Deputado paraguaio propõe que Parlasul discuta legalização da maconha no bloco

maconha2

 

Ativistas fazem ato público na Esplanada dos Ministérios em defesa da regulamentação do uso da maconha no Brasil Valter Campanato/Agência Brasil

Membro do Parlamento do Mercosul (Parlasul), o deputado paraguaio Ricardo Canese propôs aos demais parlamentares a abertura de um amplo debate sobre a eventual legalização da maconha e de outras drogas pelos países membros do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela). A proposta de Canese é discutir não apenas a produção, distribuição, comercialização e o consumo das substâncias, mas também aspectos ligados à educação e à saúde.

Para o parlamentar, é necessário coragem para discutir o assunto abertamente. “Porque não só o narcotráfico, mas, obviamente, a narcopolítica, corrompem a sociedade, criando poderes ocultos que dificultam o funcionamento efetivo das instituições democráticas. Por isso, creio ser imprescindível e urgente abrir um debate com toda a sociedade”, disse Canese, hoje (10), durante a 32ª Sessão Ordinária do Parlasul. O evento ocorre em Montevidéu, no Uruguai.

Embora destaque como importante a experiência do Uruguai – que em 2013 aprovou a liberação regulada do plantio e da venda de maconha, Canese defendeu que soluções para o problema do tráfico de drogas e da violência só irão funcionar se discutidas e implementadas regionalmente.

“As drogas não conhecem fronteiras e não podemos seguir de olhos fechados para esse fato. No Paraguai, onde 17 jornalistas e incontáveis cidadãos foram mortos ao longo dos últimos 25 anos, operam os maiores cartéis do Brasil, tais como o Primeiro Comando da Capital [PCC] e o Comando Vermelho [CV]. Temos o caso dramático do México, onde 43 estudantes estão desaparecidos, possivelmente assassinados. A saída, portanto, tem que ser regional. A decisão isolada de um país terá pouca transcendência”, afirmou Canese à assessoria de imprensa do Parlamento.

“Não estou assumindo nenhuma posição antes de termos informações. É através da troca de ideias, de opiniões, que vamos poder chegar a um consenso sobre a melhor solução. O importante é o debate e eu entendo que o Parlasul é o foro adequado [para a discussão regional]”, concluiu Canese.

Durante a sessão de hoje, os parlamentares vão discutir e votar assuntos como o orçamento de 2015, os convênios entre o Parlasul e a Organização Latino-americana de Energia (Olade) e com a Corte Penal Internacional. Além disso, uma sessão extraordinária vai abordar a situação das Ilhas Malvinas.

Agência Brasil

Pedidos de falência caem em outubro, diz Serasa

grafico-decrescente

O número de pedidos de falência em todo o país caiu 21,5% em outubro, na comparação com setembro e também em relação com outubro de 2013. Segundo o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, divulgado hoje (10), em outubro foram 142 pedidos de falência, dos quais 76 feitos por micro e pequenas empresas, 28 por médias e 38 por grandes empresas.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, os pedidos de falência recuaram em outubro principalmente por causa do Dia das Crianças, que gerou caixa positivo para muitas empresas.

As recuperações judiciais em outubro apresentaram queda de 3,3% na comparação com setembro, com 87 solicitações. As micro e pequenas empresas lideraram as solicitações de recuperação judicial, com 48 pedidos, seguidas pelas médias (25 pedidos) e pelas grandes empresas (14).

Agência Bras

Turismo deve usar mais tecnologia digital para ganhar competitividade

TecnologiaeInovacao

O ministro do Turismo, Vinícius Lages, disse hoje (10), na abertura do 1º Seminário de Tecnologia & Turismo, na Universidade Federal Fluminense (UFF) que o uso de novas tecnologias digitais é de suma importância para que o setor ganhe competitividade. E isso se evidencia no desempenho de agentes de viagem, operadores de turismo e organizadores de conferências que mais têm se destacado em ganhos de mercado.

O encontro promove a interação entre os diversos segmentos do turismo, discutindo soluções tecnológicas que permitem analisar qualquer tipo de informação digital em tempo real, em redes virtuais, por smartphones e outros aplicativos via internet. Recursos com ampla representatividade em todos os segmentos do mercado e, especificamente no turismo, no qual tem viabilizado profundas mudanças.

O secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Cláudio Magnavita, lembrou aos estudantes da necessidade de profissionais e especialistas preparados para atuar na área, pois "sem vocês não há futuro para o nosso setor”. Ele ressaltou a importância da formação em turismo para fazer o setor se desenvolver cada vez mais no país. “Com a evolução silenciosa e a convergência digital, devemos discutir o hoje, apoiar e interagir com as demais áreas”, destacou.

O vice-prefeito de Niterói, Axel Grael, falou sobre a contribuição entre as diferentes esferas do governo e da necessidade de as tecnologias serem acessíveis para os usuários. Axel também lembrou a importância do município de Niterói para as Olimpíadas e Paralimpíadas Rio 2016. “Niterói é uma cidade complementar ao Rio de Janeiro, ao ponto de sermos a única cidade que pode ter uma sinergia com o evento olímpico. Nós receberemos muitos vistantes e delegações estrangeiras que virão para os Jogos Olímpicos, principalmente velejadores, lembrou.

 

Agência Brasil

Forró abre programação da 16ª Mostra Sesc Cariri

 

NÍVIA UCHÔA/DIVULGAÇÃO

4

A abertura aconteceu em Nova Olinda, com shows de Geraldo Azevedo e Chambinho do Acordeon. O evento cultural segue até quarta, 12

 

O músico paulistano Chambinho do Acordeon abriu a programação da Mostra na noite da última sexta, 7

Até a próxima quarta-feira, 12, a região do Cariri se transforma num grande e democrático palco. Chegando à sua 16ª edição, a Mostra Sesc Cariri de Culturas toma conta das ruas, teatros, praças, restaurantes e cinemas, com programação gratuita e plural que vai da tradição local a espetáculos do Sul do Brasil. Em números, são 21 apresentações de música, 19 exibições audiovisuais, 17 trabalhos em literatura, 12 projetos de artes visuais, 47 espetáculos de artes cênicas, 155 grupos de tradição e cultura popular, além de seminários e oficinas.

A abertura da Mostra aconteceu na sexta-feira, 7, em Nova Olinda com show do sanfoneiro Chambinho do Acordeon. Famoso por interpretar Luiz Gonzaga no cinema, ele vestiu chapéu de couro e gibão para homenagear o mestre. A praça da cidade ficou tomada pelo público que cantou e dançou em “Sabiá”, “Respeita Januário”, “Asa branca” e outras. Em seguida, depois de longa espera por conta de um atraso na chegada dos músicos, foi a vez de Geraldo Azevedo subir ao palco. Mesmo com parte do público tendo desistido com a demora, muitos ainda acompanharam “Dia branco”, “O amanhã é distante”, “Dona da minha cabeça” e outros clássicos do pernambucano.

O empresário Luciano Nobre, 39, acompanha a programação da Mostra Sesc Cariri há muitos anos e aprova o fato de a programação se espalhar por espaços e horários diferentes. “Todo ano cresce e a gente nota. Já vi muita peça de teatro que começa depois de 23 horas. isso facilita para quem trabalha o dia todo e não poderia ir mais cedo”, aponta. O estudante e músico Raimundo Oliveira, 15, segue no mesmo tom. “A Mostra é muito boa e não é só lazer. Ela passa conhecimento através das apresentações e valoriza a cultura local”.

Uma das selecionadas para participar da Mostra, a Cia. Pessoal de Teatro veio do Mato Grosso para apresentar o espetáculo Cidade dos outros. Trabalhando com a técnica de máquina de cena contemporânea, onde os atores ficam presos a uma estrutura que limita seus movimentos, a peça fala da apatia do ser humano que fica esperando as coisas acontecerem. “Eles jogam na loteria e acreditam que vão ganhar”, destaca a atriz Juliana Capilé, comemorando a oportunidade de se apresentar no Cariri. “Conseguir juntar tanta coisa diferente e montar essa bomba cultural é muito bom. É a cultura invadindo as casas das pessoas”.

Juliana Moura, gerente de Cultura do Sesc, explica que a programação da 16ª Mostra Sesc Cariri de Culturas manteve as mesmas linguagens, mas acrescentou outras atividades relacionadas à entrada do Senac no evento. Entre elas, está o concurso gastronômico Sabores do Cariri, onde concorrem 14 restaurantes da região. Usando critérios como criatividade, temperatura e sabor, o objetivo é valorizar a culinária local, bem como oferecer qualificação aos profissionais da área. Também por conta do Senac, foram oferecidos vários roteiros para apresentar pontos turísticos, bens históricos e naturais aos visitantes.

* O repórter viajou a convite do Sesc Ceará

Serviço

16ª Mostra SESC Cariri de Culturas

Quando: até quarta, 14.

Entrada franca.

Site: mostracariri.sesc-ce.com.br.

SAIBA MAIS

Observatório de Políticas Culturais

O Sesc e a Universidade Federal do Cariri (UFCA) lançaram no sábado, 8, o Observatório de Políticas Culturais da Região do Cariri. O objetivo da parceria é mapear e avaliar os impactos culturais da região e divulga-los em periódicos para nortear políticas públicas nesta área. O projeto nasceu das atividades geradas pela Mostra Sesc Cariri de Culturas.

Mostra homenageou aniversário do Crato

A programação da Mostra Sesc Cariri também abraça os 250 anos do Crato. No sábado, 8, a comemoração começou às 8 horas, com cortejo de artistas saindo do Sesc Crato até a Praça da Sé, e seguiu com shows de Abdoral Jamacaru e Gabriel, o Pensador.

 

O Povo

Dois candidatos são presos por fraude em Juazeiro do Norte

enemce

 

FOTO: MAURI MELO

Eles estavam recebendo os gabaritos pelo celular, segundo a Polícia Federal. Em Fortaleza, trânsito foi dificultado devido ao exame e ao Ironman

 

Candidatos esperam a abertura dos portões da Unifor no segun do dia de prova do Enem

Duas pessoas foram presas na madrugada de ontem em Juazeiro do Norte acusadas de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. Um homem de 21 anos e uma mulher de 19, residentes de Porteiras, município vizinho, usavam celular para recebimento de gabaritos, segundo investigação da Polícia Federal (PF).

A chefe do núcleo de inteligência da PF no Ceará, Andréa Karine Assunção, informou que os candidatos se declaram sabatistas e realizavam a prova em uma escola junto a outras 60 pessoas. Por motivos religiosos – sabatistas guardam o sábado e só trabalham ou estudam após o pôr do sol -, os participantes iniciaram o exame em horário diferenciado.

“Eles foram abordados por volta de 22horas, encaminhados para a delegacia e presos em flagrante, mas foram liberados após pagamento de fiança”, explicou a delegada, sem repassar o valor pago e a identificação dos acusados. Eles foram autuados pelo crime de fraudes em certame de interesse público., cuja pena é reclusão de um a quatro anos e multa. Durante o exame, é proibido portar quaisquer dispositivos eletrônicos.

Trânsito

Em Fortaleza e na Região Metropolitana, os candidatos do Enem precisaram sair muito mais cedo de casa ontem. Com a realização do evento esportivo Ironman na Capital, que alterou 51 linhas de ônibus e bloqueou diversas vias, o trânsito lento e a falta de conhecimento sobre os desvios pegaram muita gente de surpresa. Oito bairros foram atingidos pelas mudanças causadas pela competição. Nas proximidades da avenida Washington Soares, onde havia quatro importantes locais de prova, os relatos eram de engarrafamentos e demora.

Com as alterações, teve quem não chegasse a tempo para o segundo dia de maratona de questões. “Eu pensava que ia chegar a tempo. Saí de casa umas 10 horas, mas o ônibus não fez o caminho pela (avenida) Oliveira Paiva”, contou Manoel Magnum, 18, que chegou quase 10 minutos após o fechamento dos portões da Universidade de Fortaleza (Unifor). Ele faria o Enem pela segunda vez e tem como sonho ingressar no curso de Engenharia de Petróleo. “Estou fazendo um curso técnico de radiologia. Vou continuar e tento ano que vem novamente”, disse.

De acordo com informações fornecidas por funcionários da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), três linhas que passam em frente à Unifor tinham sido modificadas. No Colégio Ari de Sá, na mesma avenida, não houve mudança. Para os que iam à Faculdade 7 de Setembro e Integrada do Ceará (FIC), o ponto de desembarque era na Washington Soares. (Angélica Feitosa, Sara Oliveira e Viviane Sobral)

 

www.opovo.com.br

Ciops divulga boletim do acidente que envolveu Raimuindão com quase 40 horas de atraso

 

ciops
Com mais de 36 horas de atraso, a Coordenadoria de Operações de Segurança (Ciops), vinculado ao 2º BPM, divulgou em seu boletim diário repassado à imprensa, os dados do acidente envolvendo o prefeito Raimundo Macedo.
O acidente ocorreu na noite de sábado (8), por volta das 19 horas, no bairro Lagoa Seca, mas somente no boletim desta segunda-feira (10), os dados, embora superficiais, foram divulgados. A Ciops reconhece que embora o acidente tenha ocorridop na noite de sábado, somente às 7h10min, foi que o caso chegou ao seu conhecimento.
Confira o boletim:
"Chegou ao conhecimento da CIOPS/JUAZEIRO por volta das 7:10min que às 23:00 do dia 08 de Novembro de 2014, através da composição da RD 1228, informando que no cruzamento das ruas Mauro Malzône com a Rua Irmã Florentina, bairro Lagoa Seca, segundo informações colhidas no local o condutor Raimundo Antônio de Macêdo (Raimundão), 72 anos, residente no bairro Lagoa Seca, o qual conduzia o veículo VW/GOL CITY MB Cor: BRANCA Ano de Fabricação: 2014 Ano do Modelo: 2015,Chassi: 9BWAA45UXFP516585 Placa: OSH9700, o qual envolveu-se no acidente com a motocicleta HONDA/CG 125 FAN KS Ano de Fabricação: 2012 Ano do Modelo: 2013 Cor: PRETA Chassi: 9C2JC4110DR763764 Placa: OIO3178 na qual tinha como condutor Francisco Émersom Soares da Silva, 20 anos, residente no bairro Romeirão,e passageiros 03 (três) crianças e 01 adolescente, na qual foram socorridas pelo SAMU, não sendo possível qualificar as outras vitimas".
Nota: a matéria sobre o acidente você pode ler no tópico mais abaixo.

Flavio Pinto News

Persistência de Cláudio Luz levou o Brasil a conhecer a corrupção em Juazeiro denunciada pelo Fantástico

 claudio

Cláudio Luz (PT) fez as denúncias em 2013.

Justiça seja feita. O Brasil só tomou conhecimento da corrupção e do desvio de dinheiro em Juazeiro do Norte, graças a persistência e serenidade do vereador Cláudio Luz (PT). Uma das poucas vozes de oposição na Câmara Municipal da cidade, Luz tentou emplacar no início deste ano uma CPI para investigar os desmandos da atual administração, mas a base do prefeito Raimundo Macedo, não deixou passar. Foi quando o vereador fez a denúncia ao Ministério Público Federal.
Entre as denúncias apresentadas pelo vereador estava a que foi denunciada pelo Fantástico, que é criação de empresas de fachada com intuito exclusivamente de burlar licitações do município. de acordo com Luz, a "rede" seria comandada por uma agente arrecadador próximo a Raimundão.
O Ministério Público Federal e o Estadual já receberam mais de 10 denúncias de corrupção que teriam sido praticadas pela atual gestão do município em menos de dois anos de governo.

Flavio Pinto News

16ª Mostra Sesc Cariri de Culturas prossegue nesta segunda-feira com apresentações artísticas e culturais

 

mostrasesc

A 16ª Mostra Sesc Cariri de Culturas prossegue em várias cidades do Cariri até a próxima quarta-feira, dia 11 de novembro.  Esse ano ano, a Mostra traz para o Sul do Ceará diversas atrações artísticas das cinco regiões do Brasil. Ao todo, estão previstas 21 apresentações de música, 19 exibições audiovisuais, 17 trabalhos em literatura, 12 projetos de artes visuais e 47 espetáculos de artes cênicas. Além disso, 155 grupos de tradição e cultura popular, seminários e oficinas integram a programação.
A cidade de Nova Olinda abriu a 16ª Mostra Sesc de Cultura na última sexta-feira (7), com shows do sanfoneiro Chambinho do Arcodeon e o cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo.
Ao todo, foram inscritos 1.009 projetos, representando 24 estados brasileiros e um acréscimo de 160 trabalhos em relação à edição do ano passado. O Nordeste liderou o número de inscrições com 523 propostas, seguidas pelo Sudeste com 355, o Sul com 78, o Centro-Oeste com 46 e o Norte com sete propostas.
Como homenagem aos 250 anos do Crato, a 16ª Mostra Sesc Cariri de Culturas preparou ainda uma programação especial com apresentações artísticas nas ruas do município e o show do cantor Gabriel Pensador, no Largo da RFFSA, quando cerca de oito mil pessoas acompanharam o rapper carioca e seu maiores sucessos.
A edição deste ano traz também outras novidades como a realização de oficinas na Chapada do Araripe. Entre os dias 10 e 12 de novembro, o público vai poder participar – respectivamente – das oficinas: “Expedição meio ambiente”, “Observação de pássaros (Soldadinho do Araripe)” e “Rapel na Chapada do Araripe”. Já durante o período de 8 a 12 de novembro, artistas, comunidade e público em geral vão poder fazer visitas guiadas as cidades de Barbalha, Nova Olinda, Crato, Assaré e Juazeiro do Norte. A idéia é compreender e vivenciar um pouco da história, geografia e gastronomia dos lugares que formam o contexto da Mostra.
Hoje às 20 horas, a 16 Mostra Sesc tem como atração o Cariri no show de Anelis Assumpção (Graffite), na Praça da Reffsa, no Crato.
PROGRAMAÇÃO DESTA SEGUNDA-FEIRA (10)
No Teatro do Sesc, às 18 horas,  tem apresentação do Grupo Teatro Carmim do  Rio Grande do Norte, no Teatro SESC Patativa do Assaré, em Juazeiro do Norte.
Confira a programação completa no site www.mostracariri.sesc.ce.com.br

(Com informações da Assessoria de Imprensa da Mostra Sesc)

Brasil gastou R$ 258 bilhões com violência em 2013

violencia

Policial Militar durante operação em Paraisópolis, São Paulo: o estado foi o que mais investiu em segurança, com R$ 9,27 bilhões

São Paulo – A violência custou 258 bilhões de reais ao Brasil no ano passado. Segundo cálculo feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o montante é equivalente a 5,4% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2013.

Entram nesta conta gastos dos governos (federal, estaduais e municipais) comsegurança pública, com o sistema de saúde, com a perda de vidas, contratação de segurança privada e seguro, entre outros fatores.

O resultado do cálculo fica pior diante do fato de  que o Brasil gasta três vezes mais com os problemas gerados pela violência do que com medidas de segurança pública.

Total de gastos com violência
R$ 258 bilhões

Custo social da violência (despesas com mortes, sistema de saúde, etc)
R$ 192 bilhões

Gastos com prisões e unidades de medidas socioeducativas
R$ 4,9 bilhões

Despesas com segurança pública
R$ 61,1 bilhões

Entre os estados, São Paulo é o que mais gasta no setor. Em 2013, foram destinados 9,27 bilhões de reais – montante 7,29% superior ao de 2012.

Os dados completos sobre violência e segurança pública no Brasil estão no Anuário de Segurança Pública, que será lançado nesta terça-feira.

Segundo a análise feita pelo Anuário, houve uma pequena queda no percentual do PIB destinado à segurança pública – passando de 1,28% em 2012 para 1,26% em 2013.

O percentual é similar ao de países da União Europeia. No entanto, como os resultados registrados nestes países são muito superiores aos brasileiros, o problema está na má gestão dos recursos, de acordo com o estudo.

Violência policial

Nos últimos cinco anos, as polícias brasileiras mataram 9.691 pessoas. O número é menor do que a soma das mortes causadas por policiais americanos nos últimos 20 anos. Por lá, foram 7.584 pessoas.

Segundo dados do Anuário, em 2013, 6,11 pessoas foram mortas por dia em confrontos com a polícia. No total, foram 2.212 no ano.

Do outro lado, a mortalidade também é preocupante. Em 2013, 490 policiais foram mortos no Brasil – isto é, 1,34 por dia. Mais de 75% deste assassinatos aconteceram quando os policiais não estavam em serviço.

O Rio de Janeiro lidera esse ranking, com 140 mortes. Seguido de São Paulo, com 90, e Pará, com 51 mortes.

http://exame.abril.com.br/

Analistas preveem nova subida da taxa de juros no Brasil

juros-menores
Analistas e investidores estimam fechamento da Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, em 11,5%. Atualmente, ela está em 11,25%.
Brasília – O mercado financeiro brasileiro prevê aumento dos juros para o fim de 2014. No boletim Focus, divulgado segunda-feira (10) pelo Banco Central (BC), analistas e investidores estimam fechamento da Selic, taxa básica de juros da economia, em 11,5%. Atualmente, ela está em 11,25%, após elevação pelo Comitê de Política Monetária (Copom) na penúltima reunião do ano.

Os analistas também se mostraram mais otimistas quanto ao fechamento da inflação. O boletim Focus reduziu a projeção da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 6,45% para 6,39%. Com relação ao crescimento da economia, a previsão foi reduzida pela segunda semana consecutiva, de 0,24% para 0,2%.

A estimativa da taxa de câmbio para o fim de 2014 subiu de R$ 2,45 para R$ 2,50, após o dólar fechar em R$ 2,56 pela primeira vez em nove anos, na semana passada. Os preços administrados, regulados pelo governo, deverão ser reajustados no patamar de 5,3% no período, superior ao de 5,15% previsto no último boletim.

A dívida líquida do setor público ficou estimada em 35,2% do Produto Interno Bruto (PIB), soma das riquezas produzidas no país. No setor externo, a previsão de deficit em conta-corrente,  indicador que mede o desequilíbrio das contas externas, subiu de US$ 81 bilhões para US$ 82 bilhões. A projeção de saldo da balança comercial recuou de US$ 2 bilhões para US$ 1 bilhão. Os investimentos estrangeiros diretos (IED) estimados deverão permanecer em US$ 60 bilhões. Há, ainda, previsão de queda de 2,21% na produção industrial.

Agência Brasil

Obama e Putin encontram-se à margem de cimeira em Pequim

obamaeputin

O sultão do Brunei, Hassanal Bolkiah, Vladimir Putin, o presidente da China, Xi Jinping, a sua mulher, Peng Liyuan, e Barack Obama na cimeira da APECFotografia © EPA/MIKHAIL KLIMENTYEV / RIA NOVOSTI / KREMLIN POOL MANDATORY CREDIT

Os dois líderes, envolvidos há meses num braço de ferro por causa da Ucrânia, "tiveram simplesmente um breve encontro durante o qual não tiveram tempo para abordar os problemas", indicou um responsável norte-americano.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin, tiveram hoje um curto encontro em Pequim à margem da cimeira Ásia-Pacífico da APEC (Cooperação Económica Ásia Pacífico), anunciou um alto responsável norte-americano.

O último encontro entre Obama e Putin ocorreu em França no início de junho, quando os dois estiveram juntos cerca de dez minutos à margem das celebrações do 70.º aniversário do Dia D.

No final de setembro, nas Nações Unidas, o presidente dos EUA denunciou com veemência "a agressão russa na Europa". Em meados de outubro, o chefe de Estado russo acusou o seu homólogo norte-americano de ter uma atitude "hostil" para com a Rússia.

por AFP

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

corredoraJovem usava tênis apropriados, óculos, boné e treinava com passada firme, só diferindo de outras corredoras pela ausência das vestes

Jovem usava tênis, boné e corria com firmeza e desenvoltura, como se tivesse acostumada ao tipo de exercício – Foto: Fernando Teixeira

Tênis apropriado para corrida, boné, óculos escuros e uma passada firme de quem está acostumada com o tipo de exercício. Peça de roupa? Nenhuma. Nem meias. Assim corria uma mulher, pelo meio da rua e a poucos metros do Palácio Piratini, sede do governo gaúcho, na tarde deste domingo.

Mais de duas horas antes do início do evento “Corrida pelada na Carlos Gomes”, marcado pelo Facebook e com mais de 3,2 mil confirmados, a atleta solitária dificilmente conseguiria chegar ao local marcado para acompanhar outros adeptos da corrida nudista. A pouco mais de 6 quilômetros de distância do cruzamento das avenidas Protásio Alves e Carlos Gomes, mesmo com seu passo resoluto e despida do pesos das roupas, a corredora tinha como obstáculos, improváveis de serem vencidos sem uma garrafinha de água, um calor de mais de 30 graus e o sol forte daquele horário.

Diferentemente das duas mulheres vistas nuas nas últimas semanas na capital gaúcha, a jovem, de cabelos castanhos claros e exibindo um leve bronzeado, não aparentava desorientação mental e desempenhava seu exercício com segurança. Ou, pelo menos, o uso de tênis e boné passava a imagem de premeditação e precaução.

O evento deste domingo, um ato em favor das duas mulheres nuas recolhidas pela PM e levadas para atendimento médico, planeja percorrer um trajeto de um quilômetro usando o corredor de ônibus que fica fechado para veículos nos domingos. Além delas, um travesti também foi visto andando nu, na manhã da última sexta-feira no bairro Cidade Baixa, mas os policiais militares não conseguiram encontrá-lo depois da denúncia.

Casos de nudez em público

O primeiro caso ocorreu na quinta-feira da semana retrasada. Enquanto corria no Parque Moinhos de Ventos (Parcão), uma jovem loira e de olhos claros foi se despindo conforme avançava. Inicialmente, pelo aspecto da mulher, os populares pensavam que se tratava de uma europeia que tivesse achado natural despir-se em parque. A PM foi acionada, a corredora foi detida e encaminhada para receber atendimento médico. Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, ela apresentava confusão mental, não dizia coisa com coisa, nem sequer sabia informar o próprio nome. Neste caso, a equipe médica que a atendeu não identificou problemas mais graves. A nudez teria sido uma tentativa de se manifestar.

Uma semana depois, na quinta-feira passada, uma mulher foi vista caminhando nua pela Terceira Perimetral, movimentada via de Porto Alegre. Abordada por um repórter da RBS, afiliada da TV Globo na região, ela afirmou ser ex-lutadora de MMA. “Isso é um desabafo para mostrar que sou MMA. Eu era lutadora. No MMA, eu tinha oportunidade de revidar, porque eu estou preparada para estar lá. Eu sei o que vai vir pela frente. Agora, eu não tenho a mínima condição de contar com o meu governo. Sem segurança, sem alimento, sem moradia. Então, eu queria fazer um protesto à presidenta Dilma”, completou a atleta, que foi abordada pela Brigada Militar (PM gaúcha) e encaminhada para atendimento médico.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ela já tinha apresentado problemas mentais, foi medicada e a equipe tenta contato com a família. Entretanto, no Facebook ela recebe mensagens de apoio de amigos e tem divulgado matérias publicadas pela mídia sobre o que aconteceu.

Terra

Obama pede leis rígidas para proteção da neutralidade da internet

 

 

obama
ObamaEm declaração, o presidente dos Estados Unidos defende a equiparação da rede a uma utilidade pública, e pede leis que zelem por sua neutralidade

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama posicionou-se a favor de uma internet livre e aberta, clamando pela proteção a neutralidade da internet, em uma declaração postada no site oficial da Casa Branca.

Além disso, Obama se opôs expressamente aos acordos nos quais provedores de conteúdo poderiam pagar para empresas de banda larga acelerar o acesso de seus consumidores.

A declaração de Obama acontece exatamente no momento em que a FCC (comissão que regula os serviços de comunicações nos Estados Unidos) se prepara para publicar as novas regras de regulação da internet no país.

"Uma internet aberta é essencial para a economia americana, e, principalmente, para nosso estilo de vida. Ao baixar os custos de lançar uma nova ideia, estimular novos movimentos políticos, e aproximar comunidades, [a internet] é uma das influências democráticas mais significantes que o mundo já conheceu", afirma Obama.

Na carta e no vídeo postados no site da Casa Branca, Obama pede para que a FCC adote as leis “mais duras possíveis” para proteger a neutralidade da rede e trate o acesso à internet rápida como uma utilidade pública, semelhante à eletricidade.

"Não podemos permitir que provedores de internet restrinjam o melhor acesso ou que selecionem vencedores e perdedores no mercado virtual de serviços e ideias", diz Obama em sua declaração.

A agência americana de comunicações é independente do Poder Executivo e não sofre autoridade direta do presidente dos Estados Unidos.

Atualmente, o presidente da FCC é o deputado Tom Wheeler, do partido Democrata (o mesmo de Barack Obama). Mas o conselho da comissão, que irá decidir a aprovação das novas regras, é dividido entre democratas e republicanos. Estes últimos afirmaram ser contrários a leis que imponham maior regulação aos provedores de internet.

Barack Obama torna-se a pessoa mais importante entre as 3,7 milhões que enviaram comentários à agência em uma consulta pública a respeito da legislação sobre a neutralidade da rede.

De acordo com o presidente, as novas regras que o FCC planeja instituir devem seguir alguns princípios: nenhum site ou serviço deve ser bloqueado por um provedor de internet; nenhum conteúdo deve ser retardado ou acelerado; deve haver mais transparência sobre como o tráfego é roteado; e não pode haver acordos feitos para garantir a velocidade de conexão para alguns provedores.

Esse último princípio afetaria diretamente algumas das grandes negociações feitas por empresas como Netflix, cujas transmissões de streaming de vídeo ocupam bandas muito largas de internet.

No começo deste ano, o Netflix firmou um acordo com o provedor de internet americano Comcast. Segundo o acerto, a empresa de streaming paga uma taxa maior à telefônica para garantir que a velocidade de conexão de seus usuários não fique mais lenta enquanto eles estiverem acessando seus conteúdos.

"Nenhum serviço deve ficar preso em uma "faixa lenta" porque não pagou uma taxa", afirma Obama. "Essa espécie de mediação atrapalharia a igualdade de condições essencial para o crescimento da internet. Então estou pedindo para uma proibição explicita na priorização paga ou qualquer outra forma de restrição que possua um efeito parecido."

Coincidentemente, a divulgação da declaração de Obama acontece durante uma visita oficial do presidente americano à China, país que censura e controla o acesso à internet de seus cidadãos.

Gabriel Garcia, da INFO

Porta-voz iraquiano nega morte de líder do Estado Islâmico

Abu-Bakr-al-Baghdadilíder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi
Em entrevista à ANSA, um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Iraque desmentiu que o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, tenha morrido em um ataque da coalizão internacional no sábado (08).

Anteriormente, o ministro das Relações Exteriores do Iraque, Ibrahim al-Jaafari, havia anunciado em sua conta de Twitter que o chefe do "califado" do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, havia sido morto em ataque aéreo da coalizão internacional, liderada pelos EUA, no sábado (08) à noite.

Segundo a agência de notícias Nina, outros líderes do EI (ex-Isis) foram mortos hoje.

Segundo a rede norte-americana CNN, os ataques foram realizados contra um comboio que estava próximo à Mosul, cidade iraquiana que é dominada pelos jihadistas. Uma fonte militar afirmou que o grupo tinha cerca de 10 carros armados e que levava os líderes dos milicianos. Porém, ele não pode confirmar que al-Baghdadi estava entre as vítimas.

    No dia 30 de junho, o EI anunciou a criação de um califado entre a Síria e o Iraque. O termo se refere a um Estado Islâmico regido por um califa (guia espiritual e político) e que al-Baghdadi receberia o título de "Califa Ibrahim". O intuito dos terroristas é formar um governo único, sem fronteiras, do Mediterrâneo ao Golfo Pérsico, como existia nos tempos medievais. (ANSA)

Agência ANSA

Operação da Polícia Civil apreende duas toneladas de drogas no Ceará

Policia_Civil

Durante a operação três pessoas foram presas. Entre os detidos, está o dono de uma transportadora.

Uma operação da Polícia Civil apreendeu no fim da tarde deste domingo (9), duas toneladas e 11 quilos de maconha, no Bairro Dias Macedo, em Fortaleza.

De acordo com informações da Polícia Civil, durante a operação, três pessoas foram presas, entre elas, o dono de uma transportadora, que fornecia caminhões para o uso de trasporte da droga.

A polícia divulga todos os detalhes da operação por volta das 10h desta segunda-feira, na sede do Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas, no Bairro de Fátima, na capital.

do G1 CE, com informações da TV Verdes Mares

Astronautas completam missão na ISS e voltam à Terra

astronautas

Três astronautas permanecem na estação pelo período de seis meses.

Nesta segunda-feira (10), um grupo de astronautas pousou em Arkalyk, no Cazaquistão, após completar um missão de seis meses na Estação Espacial Internacional (ISS).

O trio composto por Maxim Suraev, da Rússia; Reid Wiseman, dos Estados Unidos; e Alexander Gerst, da Alemanha, chegaram a bordo da cápsula Soyuz TMA-13M depois de percorrer mais de 70 milhões de quilômetros.

De acordo com o portal Info, a ISS é um laboratório espacial que entrou em órbita em 1998 e custou quase 100 bilhões de dólares. Em janeiro, a Nasa decidiu ampliar o período de operações até 2024.

 

bonitonoticias.com.br

Jesus teria se casado com Maria Madalena, afirma livro

jesus2
Pintura de Jesus Cristo, de Rembrandt: sinopse descreve o livro como "história de detetive histórica"(Reprodução/VEJA)
A obra foi baseada em um manuscrito da Biblioteca Britânica, que data do século VI e é conhecido há quase 200 anos

Jesus teria se casado com Maria Madalena e tido dois filhos com ela. Essa teoria será defendida por um livro que será lançado ainda neste mês, baseado em um manuscrito encontrado na Biblioteca Britânica, afirma o jornal The Sunday Times.

A obra — que lembra trabalhos de ficção como O Código da Vinci, do escritor americano Dan Brown, e A Última Tentação de Cristo, do grego Nikos Kazantzakis — tem como autores Simcha Jacobovici, escritor e cineasta especializado em história antiga e investigações arqueológicas, e Barrie Wilson, professor de estudos da religião da Universidade York, no Canadá.

De acordo com o The Sunday Times, o livro The Lost Gospel (O Evangelho Perdido, em tradução livre) trará detalhes até então desconhecidos da vida de Jesus quando ele tinha vinte anos. Também serão abordadas supostas ligações de Jesus com figuras políticas importantes do Império Romano, como o imperador Tibério.

O livro se baseia em um manuscrito conhecido como A História Eclesiástica de Zacharias Rhetor (de Mitilene), que esteve no Museu Britânico desde 1847, até ser transferido para a Biblioteca Britânica há cerca de duas décadas. A sinopse fornecida pela editora descreve a obra como uma "história de detetive histórica", uma ficção que traz a primeira tradução para o inglês do manuscrito redescoberto na Biblioteca Britânica. De acordo com Barrie Wilson em seu site, o texto está escrito em siríaco — um dialeto do aramaico — e "data do século VI, mas foi traduzido de um manuscrito grego muito mais antigo". “Os estudiosos têm conhecimento disso há quase 200 anos, mas ainda não sabem o que fazer com ele”, afirma Wilson. A Biblioteca Britânica não quis comentar as conclusões do livro.

Outras menções — As teorias que defendem o casamento de Maria Madalena com Jesus têm origem em uma passagem do Evangelho de Felipe, um dos livros apócrifos (que foram deixados de lado pela tradição católica), no qual os dois personagens aparecem se beijando.

Em 2012, a descoberta de um papiro que mencionava a “esposa de Jesus” reascendeu a discussão. Embora o documento tenha sido considerado falso pelo jornal L’Osservatore Romano, publicação oficial do Vaticano, cientistas da Universidade Columbia, da Universidade Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) publicaram neste ano um estudo que descarta a possibilidade de falsificação. Não há no papiro nenhuma indicação do nome da "esposa de Jesus".

Os autores dos Evangelhos conheceram Jesus?

A maior parte dos historiadores concorda que nenhum dos evangelistas foi testemunha ocular da vida de Jesus. Os Evangelhos, na verdade, faziam parte de uma grande variedade de textos que circulavam nos primeiros séculos depois de Cristo e representavam o que algumas das comunidades cristãs pensavam (os Evangelhos que foram deixados de lado pela tradição católica se tornaram conhecidos como apócrifos).

Os textos têm autoria anônima, e os pesquisadores possuem poucas informações sobre sua exata origem geográfica. O que se sabe é que eles foram criados a partir de relatos, memórias, tradições e textos mais antigos, que circulavam entre as primeiras comunidades cristãs. Eles teriam sido escritos entre o ano 60 e o 120, e só no século II é que seus autores foram atribuídos — o primeiro Evangelho a Marcos, e o último a João.

Com o passar dos séculos — e com a ortodoxia cristã tendo relações cada vez mais próximas ao Império Romano — surgiu a preocupação de delimitar exatamente quais os textos que guardavam a memória verdadeira sobre Jesus. Por volta do século IV, depois de sérias disputas teológicas, a Igreja finalmente escolheu quais haviam sido inspirados por Deus — criando o cânone do Novo Testamento. "Decidiu-se assim quais textos seria destruídos e quais preservados, e quais tradições cristãs seriam perseguidas e quais aceitas pela Igreja", diz André Chevitarese, professor do Instituto de História da UFRJ e autor dos livros "Jesus Histórico – Uma Brevíssima Introdução" e "Cristianismos: Questões e Debates Metodológicos" (Editora Kline), em entrevista ao site de VEJA.

Dentre os textos do Novo Testamento, aqueles que os historiadores atribuem, de fato, a alguém que conviveu com Jesus são as encíclicas escritas por Paulo — pelo menos sete delas teriam sido ditadas pelo apóstolo. "Na forma como o Novo Testamento está organizado, os quatro Evangelhos aparecem antes dos textos de Paulo. No entanto, as encíclicas foram escritas primeiro. O pesquisador tem de começar a ler por elas — assim fica mais fácil entender a evolução das primeiras comunidades cristãs."

Veja

Identificado novo asteroide que ameaça a Terra

orbitas

Astrônomos russos anunciaram mais um corpo celeste que cairia sob continente europeu ainda sem data definida

atizado como 2014 UR116, tamanho do asteroide é calculado em 370 metros.Foto: Divulgação

Brasília – Astrônomos russos anunciaram a descoberta de mais um asteroide em possível rota de colisão com a Terra. Batizado como 2014 UR116, o corpo celeste cairia no continente europeu, mas sem uma data ainda precisa.

O tamanho do asteroide é calculado em 370 metros, o que significa que é 20 vezes maior do que o meteorito Chelyabinsk, que atingiu a região da Sibéria em fevereiro de 2013. Por causa de sua dimensão, o 2014 UR116 está incluído na lista de “potencialmente perigosos”.

Segundo os astrônomos, é impossível determinar a data de uma possível colisão com a Terra, uma vez que o asteroide foi descoberto apenas recentemente. Além disso, as órbitas desses corpos celestes costumam mudar de curso muitas vezes. Os cientistas russos garantem, no entanto, não haver risco para o planeta pelos próximos dois anos.

Este é o terceiro asteroide desse tipo descoberto pela rede russa de telescópios robóticos Máster, que opera desde 2010. Os outros dois, 2013 UG1 e 2013 SW24, têm tamanhos de 250 e 125 metros, respectivamente.

Os Asteroides potencialmente perigosos (PHAs, na sigla em inglês) também são monitorados pelo Escritório Ambiente Meteoroid, da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa).  O órgão calcula suas órbitas, velocidade, profundidade de penetração na atmosfera da Terra e muitas outras características.

Segundo o Escritório, neste mês quatro asteroides monitorados passarão pelo trajeto da Terra.

O que mais se aproximará é o 2014 UD192, com 29 metros de diâmetros e que passará no domingo (9) a 3.1 Distância Lunar (1 LD equivale a 384,401 Km, a distância entre a Terra e a Lua).

Estadão Conteúdo

CNE busca sugestões para cursos de educação superior a distância

CNE

Em audiência pública, o Conselho Nacional de Educação (CNE) ouviu hoje (7) representantes de instituições educacionais  para colher sugestões sobre o projeto de resolução que visa a regulamentar a oferta de cursos de educação superior à distância. A proposta foi elaborada por comissão da Câmara de Educação Superior do CNE.

De acordo com o projeto, cabe à instituição definir a grade curricular, a elaboração do material didático, os sistemas de acompanhamento e avaliação e a formação e gestão do corpo docente dos cursos de educação à distância. O texto diz que a avaliação de aprendizagem pode seguir modelos distintos, dependendo das estratégias pedagógicas adotadas, dos meios em que se realize e dos recursos e material didático adotados.

Em julho, o presidente da Comissão da Câmara de Educação Superior do CNE, Luiz Roberto Curi, disse que, até o fim do ano, os cursos de educação a distância devem ter uma nova modalidade de avaliação, levando em conta as especificidades das instituições e a qualidade ofertada.

Curi explicou que o projeto de resolução prevê mudança em relação aos polos. Eles poderão ter diferenças, diferentemente do que ocorre hoje, quando os polos têm de ser iguais em todo o país. “Pode haver diferenças dentro da própria instituição. É possível haver um polo com características diferentes e perfis diferentes em regiões mais de fronteira do país, por exemplo”, disse ele. O projeto explica que os polos devem abrigar as atividades de ensino, pesquisa e extensão e oferecer recursos humanos e infraestrutura compatível com a missão institucional.

Durante a audiência pública, a presidenta do Centro de Estudos Educação e Sociedade (Cedes), Ivany Rodrigues Pino, ressaltou que o documento poderia não se ater à regulação dos cursos a distância. “Esse documento privilegia uma estrutura que, no nosso entender, é adequada e apropriada à questão da regulação, mas achamos que poderia ter papel não apenas de regulação, mas no processo de indução de novos curso nos projetos das universidades brasileiras em áreas de conhecimentos que não sejam somente as áreas das humanas”, afirmou.

O representante da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, Mário de Azevedo, mostrou-se preocupado com a regulamentação da função do tutor. “Precisamos regulamentar esse papel, não se pode deixar de forma tão flexível como é hoje”, explicou. O projeto explicita que, no quadro de profissionais de magistério dos cursos a distância, devem constar professores e tutores, bem como a clara explicitação de suas atividades, regime de trabalho e titulação, entre outros itens.

Luiz Roberto Curi ressaltou ainda que as sugestões e avaliações encaminhadas pelas instituições serão vistas pelo Conselho Nacional de Educação. “Vamos trabalhar agora com agilidade, absorver essas questões, e retornar a eles para que possamos depois verificar, na tréplica dos participantes ao novo texto, se há necessidade de nova audiência pública”, disse Curi.

Agência Brasil

Casa de Jorge Amado vira memorial em Salvador

casa_de_jorge_amado

A partir da próxima sexta-feira (14), os fãs do escritor Jorge Amado vão poder conhecer um pouco mais da sua história em um memorial que funcionará na casa onde ele morou com a mulher, Zélia Gattai, em Salvador. O espaço foi inaugurado hoje (7), na capital baiana, com a presença de parentes e artistas como a atriz Sônia Braga, que interpretou duas personagens famosas do escritor: Gabriela e Dona Flor.

Placa indica endereço da Casa de Jorge AmadoDivulgação/Fundação Casa de Jorge Amado

A Casa do Rio Vermelho, como é conhecida, fica na Rua Alagoinhas, no bairro Rio Vermelho. O local, que ficou 11 anos fechado, irá mostrar ao público originais de livros, a biblioteca, obras de arte e esculturas. A casa foi reformada, mas mantém a originalidade dos tempos em que a família vivia na residência. No jardim, estão enterradas as cinzas do casal.

No espaço Sala das Leituras, uma tela de cinema vai apresentar a leitura de trechos de livros de Jorge Amado feita por personalidades como Caetano Veloso, Regina Casé, Daniela Mercury, Sônia Braga, Mariana Ximenez, Marisa Orth, Mateus Solano, Paloma Amado, Milton Gonçalves e Paulinho da Viola. A casa foi comprada pelo casal em 1960, com dinheiro da venda dos direitos do livro Gabriela, Cravo e Canela. A Casa do Rio Vermelho também é o nome de um livro escrito por Zélia Gattai, publicado em 2002, que conta a história vivida pelo casal quando residiu no imóvel.

A reforma foi bancada pela prefeitura de Salvador, e custou R$ 6 milhões. A expectativa é receber até 10 mil visitantes por mês e 30 mil na alta estação. O funcionamento do memorial será às sextas-feiras, aos sábados e domingos, entre as 10h e as 17h. O valor da entrada inteira será R$ 20, mas o acesso será gratuito para professores do ensino fundamental e médio e estudantes de escolas públicas que visitem o espaço com agendamento. Estudantes universitários e idosos pagarão meia-entrada e crianças de até 5 anos estão isentas da taxa.

Agência Brasil

Empresas devem adotar cotas para negros, diz professora

cotas

Em vigor há quatro meses, a lei que reserva cota de 20% para negros nos concursos públicos para o serviço público federal deve incentivar empresas privadas a adotar ações afirmativas nos processos de contratação de pessoal. A avaliação é da advogada e professora da Universidade de Brasília (UnB), Ana Flauzina, que participou hoje (7), em Brasília, da quinta edição do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça, promovido pela Secretaria de Políticas para as Mulheres.

Com as cotas para ingresso no serviço público federal, ressaltou Flauzina, o movimento negro fecha um tripé na luta contra o racismo enraizado na cultura brasileira. “Já temos a dimensão da educação, da segurança pública, que começa ainda incipiente e, agora, o mercado de trabalho. É um passo fundamental a gente chegar com as cotas no serviço público que sinaliza para o mercado privado essa necessidade e, a partir dai, a gente começa a ter uma transformação social mais profunda em relação ao racismo no Brasil”, disse à Agência Brasil.

Para além da cota para o ingresso no serviço público, acrescentou Ana Flauzina, as ações afirmativas têm que oferecer chances iguais de ascensão a cotistas e não cotistas. “Não apenas entrar, mas ter espaço dentro das empresas, ter espaço efetivo para que as pessoas possam dar a sua contribuição. Porque há uma armadilha colocada ai que a gente pode deixar as pessoas simplesmente lá, sem dar espaço necessário para que elas possam crescer e desenvolver todo o seu potencial”, disse.

Para a subprocuradora-geral da República, em Brasília, Ela Wiecko, as cotas não podem servir apenas para “colorir” o serviço público, mas para mudar a visão da sociedade. “Nossa preocupação é mudar de tal forma a estrutura brasileira que você, ao olhar para o outro, não precise distinguir se é negro ou branco. Que a diversidade de cor não faça com que as pessoas se distingam. Que todas as pessoas sejam incluídas sem a questão da raça”.

Agência Brasil

Senado prorroga CPI da Petrobras por um mês

 

senadobr

Parada desde julho, a  CPI  não retomou os  trabalhos depois das eleições Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que investiga denúncias de corrupção na Petrobras será prorrogada por mais um mês. A comissão deveria ter seu relatório final votado no fim deste mês, mas isso só ocorrerá no dia 22 de dezembro.

Os membros da CPI alcançaram hoje (7) o número de assinaturas necessárias para conseguir a prorrogação dos trabalhos. Era preciso que 27 senadores apoiassem a prorrogação, mas, no momento do protocolo, 31 já tinham assinado. Outros senadores poderão assinar o documento posteriormente, se desejarem.

A CPI da Petrobras do Senado é realizada paralelamente à Comissão Parlamentar Mista da Petrobras, que investiga as mesmas denúncias, mas é composta por deputados e senadores conjuntamente. No entanto, enquanto os membros da comissão mista se reuniram ao longo de todo o recesso branco para ouvir depoentes e votar requerimentos, a CPI do Senado ficou parada desde julho e ainda não retomou  os trabalhos depois da eleição.

As duas comissões investigam denúncias de que empreiteiras que têm contratos com a estatal pagavam propina a diretores da empresa e a partidos políticos. Os desvios foram relatados pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef, apontado como operador do esquema de lavagem do dinheiro proveniente da corrupção na estatal. Os dois fizeram acordo de delação premiada com a Justiça e alguns depoimentos vazaram para a imprensa.

 

Agência Brasil

Mais de 17 mil detectores de metal serão usados no Enem

enem

Mais de 17,3 mil detectores de metal serão usados nos locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste final de semana. De acordo com o ministro da Educação, Henrique Paim, todos os locais de aplicação terão pelo menos um aparelho.

O objetivo é evitar fraudes. Os candidatos não poderão portar equipamentos eletrônicos durante a prova. Aqueles que o fizerem serão eliminados. No ano passado, 47 candidatos foram eliminados por publicarem fotos e textos nas redes sociais e por portarem eletrônicos.

“Será o mesmo processo do ano passado. Vamos fazer este ano com mais rigor. Qualquer tentativa de fraude será coibida, e aqueles que quiserem fazer isso têm que ter consciência de que podem ser eliminados”, diz Paim.

Os detectores poderão ser usados a qualquer momento, como previsto no edital. Para os candidatos que têm algum impedimento de serem submetidos ao procedimento, como aqueles que utilizam marcapasso, deverão levar para o exame um laudo médico.

“O Enem é um exame que a cada ano vem se consolidando, e representa para cada jovem e pessoa, que participa, a experiência de ter acesso ao ensino superior e educação profissional”, diz Paim, ressaltando que cresce a responsabilidade do Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) com a segurança e estabilidade do exame.

Neste ano, mais de 8,7 milhões de candidatos farão as provas em 1,7 mil cidades. Serão 17,3 mil locais de aplicação e 242,9 mil salas. As provas foram encaminhadas aos municípios em 74,3 mil malotes com lacre eletrônico, que registam o horário do fechamento do malote na gráfica e horário que foi aberto no local de aplicação da prova, aumentando a segurança.

agência Brasil

Enem – Candidato deve ficar atento a horários de abertura e fechamento de portões

enem-2014

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 serão aplicadas neste fim de semana e um item que merece a atenção dos candidatos é a hora de abertura e de fechamento dos portões dos locais de prova. Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. No entanto, vários estados estão com a hora diferente da capital federal devido ao horário e verão e nessas cidades os estudantes precisam acertar o relógio.
 
Em alguns locais, a diferença em relação a Brasília chega a três horas, como no Acre e em municípios do extremo oeste do Amazonas. Nesses locais, os portões serão abertos às 9h e fechados às 10h.
 
Em Rondônia, Roraima, e no Amazonas, a abertura dos portões ocorrerá às 10h e o fechamento às 11h. No Nordeste e no Amapá, Pará, Tocantins, em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o acesso começa às 11h e os candidatos podem entrar até as 12h.
 
Nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste (exceto Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) o horário é o mesmo do Distrito Federal – os portões serão abertos às 12h e a prova terá início às 13h.
 
Os candidatos sabatistas – que guardam o sábado por motivos religiosos – devem cumprir esses horários e serão acomodados em salas separadas até as 19h, quando podem iniciar a prova. Nesta edição do exame, os sabatistas somam 69.396 inscritos.
 
Como o Enem está marcado para o fim de semana, os estudantes devem lembrar que nesses dias o número de linhas de metrô, trem e ônibus circulando é menor. Uma dica é, antes do dia do exame, fazer o percurso até o local da prova para conhecer com antecedência o trajeto e ter noção do tempo gasto.
 
Os cartões de confirmação, com os locais de prova, são enviados pelo correio. O candidato que não recebeu pode consultar o documento no site do Enem ou ligar para o 08000 616161. Não é obrigatório levar o cartão no dia do exame.
 
O estudante só pode deixar o local da prova duas horas após o início do exame. E poderá levar o caderno de questões somente nos últimos 30 minutos antes do fim da prova.
 
As provas do Enem serão aplicadas amanhã (8) e domingo (9). Mais de 8,7 milhões se inscreveram para o exame. A nota do Enem pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção  Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para vagas no ensino superior público, e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas.

 

www.justicaemfoco.com.b

Mantega anuncia ‘novo ciclo’ na política econômica, mas analistas estão céticos

 

Guido-Mantega-na-reuniao-do-G20-em-Paris-size-598

Durante a campanha presidencial, a presidente Dilma Rousseff prometeu que faria um "governo novo, com ideias novas" para impulsionar a economia. Passada a votação, o governo tem de explicar não só o que exatamente vai mudar na política econômica, mas como esses "ajustes" serão capazes de colocar as contas públicas em dia e fazer o PIB voltar a crescer em ritmo acelerado.

Com este desafio, o ministro da Fazenda Guido Mantega procurou dar indicações, nesta sexta-feira, sobre como será o que ele definiu como o "novo ciclo" da política econômica brasileira, a ser iniciado em 2015.

Segundo o ministro, até agora o Brasil teria adotado uma política anti-cíclica para combater os efeitos da crise internacional.

Teriam feito parte dessa polítca a expansão do crédito via bancos públicos, a ampliação dos gastos do governo e uma tentativa de baixar o patamar dos juros – medidas que, segundo o ministro, teriam segurado o nível de emprego e criado um mercado interno "robusto".

A partir de 2015, porém, o país entraria no ciclo que o ministro definiu como de "consolidação fiscal" – o que, na prática, significa que o governo deve começar a cortar gastos e reduzir estímulos.

Leia mais: Medidas ‘impopulares’ rondam cenário pós-eleitoral

"(O desafio) é essa transição para um período pós-política anticíclica", disse Mantega, durante um seminário organizado pela FGV em São Paulo para discutir os desafios da Política Fiscal.

"A estratégia macroeconômica para iniciarmos esse novo ciclo de expansão é um ajuste tanto da política fiscal quanto da política monetária."

Segundo Mantega, entre as medidas que vêm sendo estudadas pelo governo estariam cortes em benefícios como o seguro-desemprego, o abono salarial, o auxílio-doença e a pensão por morte, que, segundo ele, representariam R$ 160 bilhões em gastos para o governo.

"Vamos trabalhar para reformar essas despesas para que logo elas estejam em declínio", prometeu.

Para a inflação, o ministro disse que o objetivo seria "uma convergência ao centro da meta (definido pelo Banco Central)", de 4,5%.

Outra medida que estaria sendo estudada pelo governo, de acordo com Mantega, seria a redução dos subsídios implícitos nos empréstimos do BNDES.

"(O corte de despesas) significa dar um subsídio menor nos empréstimos que são feitos, por exemplo, pelo BNDES", disse.

Mantega defendeu que no "novo ciclo" os bancos privados tenham um papel maior na concessão de crédito para investimentos e consumo, mas se recusou a responder se essa "redução dos subsídios" nos bancos públicos poderia significar um aumento da chamada TJLP – a taxa de juros de longo prazo, que incide sobre os empréstimos do BNDES.

Gastos
As declarações foram feitas dias depois de o governo anunciar que, em setembro, gastou além de sua arrecadação pelo quinto mês consecutivo e que não conseguirá fazer a economia que havia prometido para pagar os juros da dívida – descumprindo as chamadas metas fiscais.

Além das contas públicas, a inflação também tem se mostrado um grande desafio para o governo.

Na semana passada, o Banco Central aumentou os juros de 11% para 11,25% argumentando que a alta do câmbio criaria novas pressões inflacionárias.

É verdade que, nesta sexta-feira, o IBGE anunciou uma desaceleração da inflação – o IPCA ficou em 0,42% em outubro, contra 0,57% em setembro, o que foi interpretado pelo secretário de Política Econômica, Márcio Holland, como uma confirmação de que o índice estaria "convergindo para a meta".

Leia mais: Montadoras correm para driblar desaceleração

Mas o acumulado de 12 meses do IPCA continua em 6,59% – portanto, superior ao teto da meta do BC, de 6,5%.

"A questão é que, a essa altura, não adianta o governo anunciar cortes (de gastos), porque as metas anunciadas por eles não são mais críveis", comentou a economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, no seminário da FGV.

"O que vai fazer mesmo a diferença é o nome de quem será o novo titular da Fazenda", opinou Eduardo Velho, economista chefe da INVX Global Partners.

Ainda na campanha, Dilma anunciou que Mantega não permaneceria no cargo no segundo mandato, e, agora, ela vem sendo pressionada pelo mercado para anunciar o substituto.

Há rumores de que dois nomes estariam sendo contados: o ex-secretário-executivo do ministério da Fazenda, Nelson Barbosa – que teria deixado o cargo por divergir de alguns aspectos da política econômica – e Henrique Meirelles, presidente do Banco Central durante o primeiro mandato de Lula.

"Se Meirelles for o escolhido, haverá um choque de credibilidade, porque o mercado acredita que ele de fato vai querer fazer um ajuste e vai levar as metas a sério. Já se o escolhido for Barbosa, vamos ter de esperar para ver qual plano de ajuste ele apresentará e se terá força suficiente para levá-lo adiante", opina Velho.

Em linha gerais o plano apresentado pelo governo até agora parece confiar que, ao colocar as contas em dia, se conseguirá ao mesmo tempo promover um "choque de credibilidade" para destravar investimentos e reduzir a pressão sobre a inflação, permitindo uma queda da taxa de juros no longo prazo.

Em um segundo momento, uma recomposição do crédito ajudaria a sustentar o processo de crescimento, como Mantega explicou no evento na FGV.

Para Vito Tanzi, ex-diretor do Departamento de Assuntos Fiscais do FMI, o grande desafio do governo brasileiro é não só garantir que o ajuste vá na direção correta, mas também que seu ritmo seja o mais adequado.

"Se você for muito devagar, pode acabar não mudando nada. Se for muito rápido, pode criar problemas.", diz Tanzi.

"O governo na realidade precisa se empenhar em tornar os gastos mais eficientes, para que possa cortar gastos sem reduzir programas voltados para bem-estar da população."

Ruth Costas Da BBC Brasil em São Paulo

 

Ajustar contas públicas é desafio em novo mandato de Dilma Rousseff

Durante a campanha presidencial, a presidente Dilma Rousseff prometeu que faria um "governo novo, com ideias novas" para impulsionar a economia. Passada a votação, o governo tem de explicar não só o que exatamente vai mudar na política econômica, mas como esses "ajustes" serão capazes de colocar as contas públicas em dia e fazer o PIB voltar a crescer em ritmo acelerado.

Com este desafio, o ministro da Fazenda Guido Mantega procurou dar indicações, nesta sexta-feira, sobre como será o que ele definiu como o "novo ciclo" da política econômica brasileira, a ser iniciado em 2015.

Segundo o ministro, até agora o Brasil teria adotado uma política anti-cíclica para combater os efeitos da crise internacional.

Teriam feito parte dessa polítca a expansão do crédito via bancos públicos, a ampliação dos gastos do governo e uma tentativa de baixar o patamar dos juros – medidas que, segundo o ministro, teriam segurado o nível de emprego e criado um mercado interno "robusto".

A partir de 2015, porém, o país entraria no ciclo que o ministro definiu como de "consolidação fiscal" – o que, na prática, significa que o governo deve começar a cortar gastos e reduzir estímulos.

Leia mais: Medidas ‘impopulares’ rondam cenário pós-eleitoral

"(O desafio) é essa transição para um período pós-política anticíclica", disse Mantega, durante um seminário organizado pela FGV em São Paulo para discutir os desafios da Política Fiscal.

"A estratégia macroeconômica para iniciarmos esse novo ciclo de expansão é um ajuste tanto da política fiscal quanto da política monetária."

Segundo Mantega, entre as medidas que vêm sendo estudadas pelo governo estariam cortes em benefícios como o seguro-desemprego, o abono salarial, o auxílio-doença e a pensão por morte, que, segundo ele, representariam R$ 160 bilhões em gastos para o governo.

"Vamos trabalhar para reformar essas despesas para que logo elas estejam em declínio", prometeu.

Para a inflação, o ministro disse que o objetivo seria "uma convergência ao centro da meta (definido pelo Banco Central)", de 4,5%.

Outra medida que estaria sendo estudada pelo governo, de acordo com Mantega, seria a redução dos subsídios implícitos nos empréstimos do BNDES.

"(O corte de despesas) significa dar um subsídio menor nos empréstimos que são feitos, por exemplo, pelo BNDES", disse.

Mantega defendeu que no "novo ciclo" os bancos privados tenham um papel maior na concessão de crédito para investimentos e consumo, mas se recusou a responder se essa "redução dos subsídios" nos bancos públicos poderia significar um aumento da chamada TJLP – a taxa de juros de longo prazo, que incide sobre os empréstimos do BNDES.

Gastos
As declarações foram feitas dias depois de o governo anunciar que, em setembro, gastou além de sua arrecadação pelo quinto mês consecutivo e que não conseguirá fazer a economia que havia prometido para pagar os juros da dívida – descumprindo as chamadas metas fiscais.

Além das contas públicas, a inflação também tem se mostrado um grande desafio para o governo.

Na semana passada, o Banco Central aumentou os juros de 11% para 11,25% argumentando que a alta do câmbio criaria novas pressões inflacionárias.

É verdade que, nesta sexta-feira, o IBGE anunciou uma desaceleração da inflação – o IPCA ficou em 0,42% em outubro, contra 0,57% em setembro, o que foi interpretado pelo secretário de Política Econômica, Márcio Holland, como uma confirmação de que o índice estaria "convergindo para a meta".

Leia mais: Montadoras correm para driblar desaceleração

Mas o acumulado de 12 meses do IPCA continua em 6,59% – portanto, superior ao teto da meta do BC, de 6,5%.

"A questão é que, a essa altura, não adianta o governo anunciar cortes (de gastos), porque as metas anunciadas por eles não são mais críveis", comentou a economista-chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, no seminário da FGV.

"O que vai fazer mesmo a diferença é o nome de quem será o novo titular da Fazenda", opinou Eduardo Velho, economista chefe da INVX Global Partners.

Ainda na campanha, Dilma anunciou que Mantega não permaneceria no cargo no segundo mandato, e, agora, ela vem sendo pressionada pelo mercado para anunciar o substituto.

Há rumores de que dois nomes estariam sendo contados: o ex-secretário-executivo do ministério da Fazenda, Nelson Barbosa – que teria deixado o cargo por divergir de alguns aspectos da política econômica – e Henrique Meirelles, presidente do Banco Central durante o primeiro mandato de Lula.

"Se Meirelles for o escolhido, haverá um choque de credibilidade, porque o mercado acredita que ele de fato vai querer fazer um ajuste e vai levar as metas a sério. Já se o escolhido for Barbosa, vamos ter de esperar para ver qual plano de ajuste ele apresentará e se terá força suficiente para levá-lo adiante", opina Velho.

Em linha gerais o plano apresentado pelo governo até agora parece confiar que, ao colocar as contas em dia, se conseguirá ao mesmo tempo promover um "choque de credibilidade" para destravar investimentos e reduzir a pressão sobre a inflação, permitindo uma queda da taxa de juros no longo prazo.

Em um segundo momento, uma recomposição do crédito ajudaria a sustentar o processo de crescimento, como Mantega explicou no evento na FGV.

Para Vito Tanzi, ex-diretor do Departamento de Assuntos Fiscais do FMI, o grande desafio do governo brasileiro é não só garantir que o ajuste vá na direção correta, mas também que seu ritmo seja o mais adequado.

"Se você for muito devagar, pode acabar não mudando nada. Se for muito rápido, pode criar problemas.", diz Tanzi.

"O governo na realidade precisa se empenhar em tornar os gastos mais eficientes, para que possa cortar gastos sem reduzir programas voltados para bem-estar da população."

Ruth Costas Da BBC Brasil em São Paulo

EUA dobram número de tropas no Iraque

obamairaque
O presidente americano, Barack Obama (Kevin Lamarque/Reuters)
O presidente Barack Obama autorizou o envio de mais 1.500 homens ao país
O governo dos Estados Unidos autorizou nesta sexta-feira o envio de mais 1.500 militares para o Iraque. As tropas devem auxiliar as forças de segurança que lutam contra os terroristas do Estado Islâmico (EI), sem se envolver em batalhas. Segundo o Pentágono, os soldados irão treinar dar assessoria ao Exército iraquiano. A medida elevará para 2.900 o número total de tropas dos EUA no território iraquiano.

O governo americano afirmou que o reforço atende a um pedido do Iraque. O Pentágono destacou que os novos enviados terão a missão de erguer diversas bases ao redor do país. Cada instalação terá a capacidade de fornecer treinamento para nove militares iraquianos e três curdos, informou a rede britânica BBC.

De acordo com o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, Obama enviará ao Congresso americano um pedido de 5,6 bilhões de dólares (mais de 14 bilhões de reais) para financiar  operações no exterior, incluindo 1,6 bilhão de dólares para treinar e equipar tropas iraquianas. A solicitação é feita mais de quatro anos depois de o presidente Barack Obama ter anunciado oficialmente o fim da guerra no Iraque, que consumiu mais de 800 bilhões de dólares dos cofres americanos.

Na última terça-feira, as eleições de meio mandato impuseram ao presidente uma dura derrota com os republicanos passando a controlar o Senado a partir do ano que vem. O Congresso nas mãos da oposição deve impôr ainda mais dificuldades a Barack Obama em seus dois últimos anos no poder.

"Acreditamos que este pedido é uma oportunidade para o Congresso e a administração trabalharem juntos para fornecer os recursos adicionais que são necessários para dizimar e derrotar de uma vez o EI. Estamos confiantes de que poderemos trabalhar com os congressistas para assegurar este financiamento", afirmou Shaun Donovan, diretor financeiro da administração Obama, à rede CNN.

Veja

Ucrânia denuncia a entrada de tanques russo no leste separatista

ucraniatanque

Imagem Ilustrativa

As autoridades de Kiev denunciaram nesta sexta-feira a incursão de 32 tanques, peças de artilharia e soldados procedentes da Rússia no leste da Ucrânia, reduto dos separatistas pró-russos, onde nas últimas 24 horas morreram cinco militares e mais de 30 pessoas ficaram feridas.

Trata-se de um dos balanços de vítimas mais graves desde a trégua que entrou em vigor em 5 de setembro passado, mas que, até agora não conseguiu resolver o conflito.

"Trinta e dois tanques, 16 obuses e 30 caminhões militares Kamaz com tropas entraram na Ucrânia oriundos da Rússia e se dirigem para a cidade de Krasny Luch, em Lugansk", declarou um porta-voz ucraniano, Andrei Lysenko.

Outra coluna de caminhões que transportam equipamentos de rádio cruzou a fronteira pela passagem de Izvarin, em poder dos separatistas, acrescentou.

O porta-voz também falou de "cinco militares mortos e outros 16 feridos nas últimas 24 horas".

Na cidade de Donetsk, principal reduto rebelde, 15 civis ficaram feridos na quinta-feira por fragmentos de obus perto do aeroporto, onde os separatistas pró-russos e as forças de Kiev se enfrentam há meses.

Nesta sexta-feira, cerca de 150 pessoas participaram no funeral de dois adolescentes mortos na quarta-feira em um bombardeio perto de uma escola em Donetsk. Kiev e os rebeldes se acusam mutuamente de serem os responsáveis.

"É preciso evitar que volte a acontecer uma coisa assim, é preciso parar com a guerra", afirmou o prefeito da cidade, Igor Martynov.

A situação se agravou depois das eleições de domingo passado, organizadas pelas autoproclamadas República Popular de Donetsk e República Popular de Lugansk, duas entidades rebeldes.

A Rússia indicou nesta sexta-feira que "respeita" os resultado das eleições, mas que "reconhecer" a votação, como tem denunciado Kiev e os ocidentais, era "uma palavra diferente".

"A princípio, respeitamos a expressão da vontade daqueles que participaram da votação", declarou o assessor do Kremlin para as questões internacionais, Yuri Ushakov.

"A posição oficial da Rússia foi expressada em um comunicado breve, mas claro, do ministério das Relações Exteriores sobre os resultados das eleições" nos territórios sob controle dos insurgente, acrescentou.

"Foi utilizada a palavra ‘respeito’ de forma deliberada", garantiu.

Tais eleições fragilizaram ainda mais a trégua e fazem temer uma nova ofensiva rebelde.

O vice-ministro russo das Relações Exteriores pediu o restabelecimento do diálogo com os rebeldes.

Depois das eleições, o governo ucraniano adotou uma série de medidas para isolar ainda mais a região e evitar que "o câncer se estenda", segundo palavras do presidente Petro Poroshenko.

Entre outras medidas, o governo impôs o controle de passaportes perto da zona rebelde e anunciou a supressão de ajudas públicas, principalmente pensões, aos habitantes que não voltarem a viver nos territórios controlados por Kiev.

O governo quer, em médio prazo, congelar todas as subvenções para esta região, que, segundo Kiev, chegam a 34 bilhões de grivnas (1,8 bilhão e euros) ao ano.

A União Europeia anunciou, por sua parte, uma reunião de seus ministros das Relações Exteriores no próximo dia 17 de novembro para falar de novas sanções contra Moscou.

A Rússia já está sob um regime de sanções desde que, em março, anexou a península ucraniana da Crimeia e como reação internacional à derrubada de um avião comercial, que foi atingido por um míssil disparado do território rebelde ucraniano.

Fonte: AFP

Líderes de China e Japão devem retomar contato

japan-china-flagRepresentantes de China e Japão se encontraram nesta sexta-feira (7) para reiniciar uma aproximação e tratar de um assunto importante para a relação entre as duas nações: a soberania do arquipélago de Senkaku (em japonês) ou Diaoyu (em chinês).

Yang Jiechi, conselheiro de Estado chinês e Shotaro Yachi, conselheiro de Segurança Nacional do Japão, se encontraram em Pequim e retomaram negociações sobre a situação das ilhas. O assunto foi responsável pelo silêncio de dois anos entre os governos dos dois países.

O evento abriu caminho para um provável encontro entre os líderes Xi Jinping, presidente chinês, e Shinzo Abe, premier do Japão, na próxima semana, durante o Encontro de Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (APEC), em Pequim.

Apesar de ser atualmente  controlado pelo Japão, a China reivindica o direito sobre o arquipélago. Em 2012, o Japão iniciou o processo de nacionalização das ilhas, ao negociar com a família Kurihara, proprietária das terras. Pequim viu o movimento como provocação e desde então, o contato entre os países ficou estremecido

Agência ANSA

Militares contestam versão de O’Neill sobre bin Laden

oneillO’Neill disse ter dado o tiro fatal que matou o terrorista

Após três anos de silêncio sobre a identidade do atirador que matou o ex-líder da Al-Qaeda Osama bin Laden, outros militares começaram a reclamar a autoria dos disparos e a contestar a versão apresentada pelo soldado Rob O’Neill.

    Nesta semana, o jornal britânico "Daily Mail" informou que o tiros que mataram o terroristas mais procurado da história partiram da arma de Rob O’Neill, de 38 anos, um dos membros da equipe dos Navy Seals que participaram da missão de captura de bin Laden em 1 de maio de 2011, em Abbottabad, no Paquistão.

    No entanto, de acordo com reportagem do "New York Times" nesta sexta-feira (7), um militar norte-americano ainda integrante da equipe Navy Seals disse, em condição de anonimato, que outros soldados teriam disparado antes de Rob O’Neill. Ele contou que bin Laden foi derrubado por dois homens antes de O’Neill chegar. Um deles seria Matt Bissonnette, autor do livro "Não Há Dia Fácil" (2012), que narra a missão em Abbottabad.

    Em seu relato à imprensa, O’Neill, por sua vez, afirmou ter atirado duas vezes contra a cabeça de bin Laden, depois de um soldado avistar o terrorista e errar o primeiro disparo. "São duas pessoas diferentes, contando duas histórias diferentes por dois motivos diferentes", disse Bissonnette, ao ser contatado pela emissora NBC. O oficial já respondeu a um processo aberto pelo Departamento de Justiça e pela Marinha dos EUA por ter divulgado informações secretas em seu livro, sem autorização.

    Já O’Neill será protagonista de um documentário da FOX na próxima semana, cujo título é "The Man Who Killed bin Laden" ("O Homem que Matou bin Laden", na tradução).

    "Três anos e meio depois da missão em Abbottabad, os eventos continuam sendo objeto de fascinação, mas também controvérsias.

    Talvez nunca seja possível dizer exatamente quem deu o tiro fatal, já que havia muitos homens armados vestindo óculos de visão noturna e se deslocando rapidamente pela mansão do líder da Al-Qaeda", ressaltou o "New York Times". Bin Laden foi morto em uma complexa operação conduzida pelo Team 6 dos Navy Seals. Ele foi encontrado em uma mansão com forte esquema de segurança e na companhia de algumas mulheres. Nunca foram reveladas informações, fotos ou vídeos sobre a ação. O governo norte-americano também não informa a localização do corpo do ex-líder da Al-Qaeda. (ANSA)

Agência ANSA

Relógio homenageia 25 anos da queda do Muro de Berlim

relogiodomuro
Berlin-DNA: linha vermelha representa Muro, enquanto traços azuis representam Rio Esprei

Raphael Calles, do WatchTime Brasil

São Paulo – O próximo domingo, dia 09 de novembro, celebra 25 anos da queda do muro de Berlim.

Este fato, tão importante para a história recente mundial, ficou marcado no coração de muitos, seja para aqueles que viveram na região dividida, ou para aqueles que assistiam aos momentos de tensão a milhares de quilômetros de distância.

Para celebrar a data, a relojoaria Romain Jérôme, em parceria com The East Side Gallerie – maior galeria de arte a céu aberto do mundo, localizada em Berlim –, lançou o modelo Berlin-DNA.

Da mesma forma, o coração do relógio retrata a cidade dividida, com os devidos relevos que retratam com precisão o mapa de Berlim.

Uma linha vermelha representa o Muro, enquanto traços azuis representam o Rio Espreia, que corta a cidade.

O traçado vermelho é revestido com um acabamento Super-LumiNova verde, enquanto o rio possui luminescência azul.

O design do mostrador, ainda, foi inspirado na queda do muro, que ocorreu após uma grande escuridão na cidade.

Desta forma, todas as ruas e espaços livres da cidade brilham quando estão em um ambiente escuro.

A parceria colaborativa com The East Side Gallerie permitiu que a marca coletasse fragmentos do muro, que foram incorporados dentro do mostrador do relógio.

O verso da caixa apresenta uma das mais famosas obras apresentadas na galeria a céu aberto.

Chamada “The Brother kiss”, do artista russo Dmitri Vrubel, a obra apresenta o líder soviético Leonid Brezhnev e o presidente da Alemanha oriental Erich Honnecker se beijando.

Tudo isso está abrigado na caixa de 46mm feita de aço, com revestimento PVD e um bisel feito em cerâmica.

Internamente, o que dá horas e minutos é o movimento de corda manual RJ001-A, que oferece 42 horas de reserva de energia.

O acabamento do relógio é dado por uma pulseira de couro de crocodilo preta.

A peça é limitada a apenas 25 unidades – representando o aniversário da queda.

Cada relógio será comercializado por US$ 15.950. O preço não inclui impostos e taxas. A marca não possui representação no mercado brasileiro.

Exame

Exportação de café do Brasil pode ter volume recorde em 2014

cafe
Plantação de café em uma fazenda em São Gerardo, no interior de Minas Gerais

Roberto Samora, da REUTERS

São Paulo – O Brasil deverá exportar um volume recorde de café de cerca de 36 milhões de sacas em 2014, ano em que registrou a sua pior seca nas lavouras, com impactos na produção, estimou nesta sexta-feira o Cecafé, a associação dos exportadores do país.

Considerando a produção e o consumo interno do Brasil, a previsão do Cecafé de exportações brasileiras indica que os estoques do país de safras anteriores seriam consumidos, em meio a preços mais altos que têm impulsionado as vendas para o exterior.

A última safra brasileira, afetada pela seca, foi oficialmente estimada em 45 milhões de sacas, enquanto o consumo interno é visto pela indústria em quase 21 milhões de sacas em 2014.

O diretor-geral do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), Guilherme Braga, comentou em nota que o mercado mundial continua receptivo ao café brasileiro, com exportações do país de janeiro a outubro crescendo 15,4 por cento ante o mesmo período do ano anterior, para 29,96 milhões de sacas.

"O volume de café de qualidade produzido e exportado pelo Brasil também vem apresentando bons resultados, apesar da seca ter provocado uma redução no tamanho do grão. Ainda assim, a safra pode ser entendida como de boa qualidade, o que ajuda a vender", declarou Braga.

Em outubro, segundo o Cecafé, o Brasil exportou volumes perto de recordes.

A exportação de café verde do Brasil no mês passado somou 3,04 milhões de sacas, alta de 4,6 por cento ante o mesmo mês de 2013, com o aumento sendo impulsionado por um crescimento nos embarques de café robusta, que somaram 276 mil sacas (alta de 179 por cento).

Os embarques de café arábica, variedade que responde por grande parte das exportações brasileiras, somaram 2,76 milhões de sacas, queda de 1,6 por cento na comparação anual.

Considerando o café industrializado e o grão verde, as exportações brasileiras totais somaram 3,26 milhões de sacas em outubro, alta de 0,9 por cento.

"No mês de novembro e dezembro a tendência é que essa situação se mantenha", afirmou Braga, acrescentando que isso indica que o Brasil deve "fechar o ano civil com aproximadamente 36 milhões de sacas exportadas (incluindo o produto verde e industrializado)".

O recorde anterior de embarques do Brasil foi registrado em 2011, quando as exportações somaram 33,8 milhões de sacas.

O preço do café arábica atingiu recentemente uma máxima de dois anos e meio na bolsa de Nova York, impulsionadas por preocupações quanto ao volume da safra do Brasil em 2014 e em 2015, após longos períodos recentes de seca nas regiões produtoras do país.

As cotações mais altas têm ajudado negócios de exportação do Brasil.

BMW cria postes com tomadas para recarregar carros elétricos

carro-eletrico-na-alemanha
Sean Gallup/Getty Images

Carro elétrico: estações de recargas podem ser usadas pelo maior número de motoristas possível, independentemente do modelo do veículo

Frankfurt – A BMW desenvolveu postes de iluminação equipados com tomadas para carregar carros elétricos, disse a montadora nesta sexta-feira, que fará um projeto piloto em Munique no ano que vem usando redes de luz existentes.

A BMW disse que criou dois protótipos de postes de "iluminação e recarga" que combinam eficientes luzes LED com estações de recarga para carros elétricos ChargeNow da companhia.

"Infraestrutura de recarga perfeitamente integrada é essencial se queremos ver mais veículos elétricos nas ruas de nossas cidades no futuro", disse o membro do Conselho da BMW, Peter Schwarzenbauer.

O projeto piloto em Munique vai instalar os primeiros postes de recargas, que podem ser implantados diretamente na infraestrutura de iluminação de rua existente da autoridade local, disse a BMW.

Estas estações de recargas podem ser usadas pelo maior número de motoristas possível, independentemente do modelo do veículo e do fornecedor de eletricidade, disse a BMW.

Dois postes já estão instalados na frente da sede da BMW. Os motoristas poderão pagar a recarga de seus carros via aplicativo para celulares. A BMW desenvolveu alguns dos mais avançados carros elétricos, incluindo o i3 e o híbrido i8. No entanto, carros elétricos como categoria de produto têm enfrentado dificuldades para ganhar popularidade devido ao alcance operacional limitado, à escassez de estações de recarga e o tempo necessário para recarregá-los.

Da REUTERS

221 candidatos ainda não prestaram contas à Justiça Eleitoral do Ceará

eleicoes2014

Do total de 862 candidatos, 221 ainda não prestaram contas à Justiça Eleitoral do Ceará (25,64%), sendo 170 ao cargo de deputado estadual (26,65%) e 48 ao cargo de deputado federal (22,22%). Os candidatos que concorreram no 2º turno das eleições têm até dia 25 de novembro para entregar as suas prestações de contas de campanha.
Os candidatos inadimplentes serão notificados a apresentá-las e, caso permaneça a omissão, as suas prestações de contas serão julgadas como não prestadas, o que acarretará "o impedimento de obter a certidão de quitação eleitoral até o final da legislatura, persistindo os efeitos da restrição após esse período até a efetiva apresentação das contas", conforme arts. 38, § 3º, e 58, I, da Resolução TSE n.º 23.406/2014. Ao partido político, a não prestação de contas pode acarretar a perda do direito ao recebimento da quota do Fundo Partidário
O TRE-CE esclarece ainda que o dever de prestar contas alcança a todos os candidatos, eleitos ou não, incluindo os que renunciaram, foram substituídos ou tiveram seus registros de candidatura indeferidos, além dos diretórios partidários estaduais e seus respectivos comitês financeiros.
Nem mesmo a ausência de movimentação de recursos de campanha, quer sejam financeiros ou estimáveis em dinheiro, se traduz em justificativa suficiente para isentar o candidato, o partido político e o comitê financeiro do dever de prestar contas na forma estabelecida na legislação de regência da matéria.

(TRE-CE)

Inscrições para estudantes no Festiva de Música na Ibiapaba se encerram nesta sexta-feira

musicanaibiapaba
As inscrições para estudantes de música interessados em participar do XI Festival Música na Ibiapaba se encerram nesta sexta-feira (7/11).  A décima primeira edição do Festival Música na Ibiapaba acontecerá entre os dias 15 e 22 de novembro, em nove municípios da região serrana, entre eles Viçosa do Ceará, Tianguá e Ubajara, além de Sobral. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo sitewww.festivalmusicaibiapaba.com.
Com uma programação diversa e gratuita de shows, oficinas e cursos de teoria e de prática musical, o festival, realizado pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e pela Associação dos Produtores de Cultura do Ceará (Prodisc), mantém sua característica de um evento de formação musical, oferecendo aos participantes a oportunidade de convivência com instrumentistas, intérpretes, pesquisadores e professores, cearenses e de outros estados.
Este ano, além de estudantes de música, o festival também selecionou 20 professores por meio de edital. Eles deverão compor a equipe pedagógica do evento, ministrando um total de 40 oficinas de música.
Outra novidade é a programação de shows que circulará pelas cidades. Entre as atrações confirmadas estão jovens talentos do Ceará comoo cantor e compositor Marcos Lessa, que fará o show de encerramento do festival, e a cantora Lídia Maria. Fazem também parte do circuito de shows o trombonista  paulista Jorginho Neto, o quarteto carioca de clarinetas Ômega, o grupo cearense de choro Murmurando, entre outros.
XI Festival Música na Ibiapaba
De 15 a 22 de novembro, em Viçosa do Ceará, Croatá, Carnaubal, Guaraciaba do Norte, Ibiapina, Ipu, São Benedito, Sobral, Tianguá e Ubajara.
Realização: Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará.
Produção executiva: Prodisc.
Parceria: Prefeituras dos municípios participantes.
www.festivalmusicaibiapaba.com Inscrições gratuitas, até 7 de novembro, para estudantes de música.
Informações: 3262-5011.

Flavio Pinto News

Justiça nega proibição do Ironman no Ceará no mesmo horário do Enem

ironmanProva de ciclismo é a que causará mais impacto na chegada dos candidatos ao Enem em Fortaleza (Foto: Divulgação)

Ministério Público do Ceará pediu que Enem e Ironman ocorram em horários diferentes. Para MP, ‘trânsito caótico’ e desvios podem atrasar candidatos do Enem
O juiz Emílio de Medeiros Viana, da 15ª Vara da Fazenda Pública do Fórum Clóvis Beviláqua, negou, nesta sexta-feira (7), pedido do Ministério Publico do Estado do Ceará, para proibir que o Ironman ocorresse no mesmo horário das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (9). Na decisão, o juiz argumenta que a prova de triatlo havia sido planejada e divulgada há mais de um ano e que apenas depois o Ministério da Educação divulgou as datas do Enem.

O magistrado diz ainda, que, como é uma prova de âmbito nacional, em qualquer que fosse a data escolhida, “acabaria por ensejar dificuldades com eventos locais, em ou outro ponto do território nacional”.
Ele cita como exemplo o município de São Paulo, onde será realizado no domingo (na mesma data e horário do Enem), o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, evento que movimenta milhares de pessoas e que “em momento algum, contudo, cogitou-se de impedir a realização do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 por conta do Enem". Ele acrescenta que não se pode “simplesmente inviabilizar um dos eventos, para privilegiar o outro, sem que haja norma constitucional ou legal que o autorize”.
O Ministério Público do Estado do Ceará havia pedido na quinta-feira (6), por meio de ação civil pública, a proibição da realização do Ironman no mesmo horário que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
O Enem ocorre neste sábado e domingo; e o Ironman, no domingo. A competição esportiva é a principal competição de triatlo do mundo, e os 50 mais bem colocados ganham vaga para a etapa final do evento, no Havaí.
Na ação, o MP citava o "receio de dano irreparável aos milhares de estudantes inscritos no Enem, em contraste com apenas 1.200 atletas participantes no evento esportivo internacional".
Ainda de acordo com a ação, os promotores entendem que a coincidência dos dois eventos em uma cidade com “trânsito caótico” como Fortaleza, impõe à administração pública o dever de atender ao interesse público. “No caso, tendo em vista a impossibilidade de realização de um evento sem prejudicar outro, harmonizando-os, deve a autoridade eleger a opção que mais atenda ao interesse público”, diz a ação.

Operação especial
Nesta quinta-feira (5), em coletiva do Ironman, no Marina Park Hotel, a AMC divulgou uma operação especial com uma série de alterações no trânsito em Fortaleza para a realização do Enem e da prova de triatlo. Com as mudanças, a AMC recomenda que os alunos se desloquem para os locais de prova com três horas de antecedência.
As provas do Enem serão realizadas no sábado (8) e domingo (9), quando mais de 596 mil estudantes farão provas em Fortaleza. No mesmo domingo (9), a Capital cearense também recebe o Ironman Brasil. Será a primeira vez que uma etapa da competição será disputada na cidade. A prova é classificatória para a final do Mundial de Ironman 2015, que ocorre no Havaí-EUA.

O Ironman tem início marcado para as 5h50min (de Fortaleza) e o último competidor tem previsão de cruzar a linha de chegada no fim do domingo. O Enem começará ao meio-dia (de Fortaleza) e 13 horas (de Brasília). Mas os alunos precisam estar no local de prova com uma hora de antecedência.
Entre 6 horas e 8h30min, uma faixa das avenidas Pessoa Anta, Historiador Raimundo Girão, Beira-Mar, Engenheiro Alberto Sá, Engenheiro Santana Júnior e Washington Soares – que compreendem diferentes bairros da Capital cearense – ficará reservada para a circulação dos ciclistas e as demais faixas continuarão destinadas ao tráfego de veículos. De 7h20 às 17 horas, o trânsito também será compartilhado na CE-040 até Pindoretama, a 40 quilômetros de Fortaleza. O mesmo ocorrerá no percurso de volta.
Todos os cruzamentos ao longo do trecho da competição estarão bloqueados em horários determinados, o que exigirá atenção dos motoristas. O acesso a estas vias interditadas deve ser realizado conforme orientação da autoridade de trânsito.

Operação resulta em 436 prisões, sendo 10 no Ceará

operacao

Operação envolveu 20 estados. Cerca de 5 toneladas de drogas foram apreendidas. Entre os presos cearenses está Noé de Paula. Com mandado de prisão em aberto por homicídio, ele se preparava para uma saidinha bancária

A ação foi avaliada em videoconferência entre os representantes das pastas de Segurança dos estados, com a participação do ministro da Justiça, Eduardo Cardozo

No intervalo de 48 horas, 436 pessoas foram presas, em flagrante ou pelo cumprimento de mandados, durante a operação “Brasil Integrado -Ação Fronteiras e Nordeste”, realizada de forma simultânea em 20 estados do País, entre a terça e quarta-feira últimas. Dez dessas pessoas foram capturadas no Ceará. Pelo País, cerca de 5 toneladas de drogas, 100 armas de fogo, 1,7 mil munições e 427 veículos foram apreendidos.

O levantamento foi feito pelo Ministério da Justiça, responsável pela operação. A medida tem como objetivo o combate ao crime organizado, em especial às quadrilhas interestaduais especializadas na prática de roubos a bancos com uso de explosivos, tráfico de drogas, armas e envolvidas com homicídios.

Participaram da ação os nove estados do Nordeste e 11 estados que fazem fronteiras com os países da América do Sul. O trabalho envolveu cerca de 20 mil profissionais das Polícias Federal (PF), Rodoviária Federal (PRF), Militar (PM) e Civil, Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e Secretaria da Fazenda (Sefaz).

Operação local

No Ceará, a operação foi coordenada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e contou com a participação de 1.782 agentes. Desses, 1.262 são da Polícia Militar, 406 da Civil, 12 dos CBM, 12 da PF, 70 da PRF e 20 homens da Abin e Sefaz.

Foram montadas 161 barreiras e bloqueios policiais, que resultaram na abordagem de 5.108 pessoas. Foram revistados 3.230 veículos entre carros, motocicletas, ônibus e caminhões. Desses, 11 foram recolhidos por problemas da documentação ou queixa de roubo. Dois adolescentes também foram apreendidos no Estado, além de duas armas e seis munições.

Dentre as dez prisões efetuadas, duas se deram por força de mandados de prisão em aberto. Um deles era Noé de Paula Moreira, que tinha mandado de prisão em aberto por homicídio. Apontado também como articulador de roubos a bancos, ele foi capturado enquanto se preparava para praticar uma saidinha bancária no bairro Farias Brito.

Fuga de presídio

Noé foi capturado por homens da Coordenadoria de Inteligência da SSPDS e da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), após ter sido delatado por seus comparsas, segundo a Polícia. Ele estava em uma residência, no bairro Henrique Jorge, onde foi encontrada uma pistola calibre 9 milímetros e uma pequena quantidade de maconha.

No local também havia um plano de fuga de um presídio e uma carta enviada por um traficante, que pedia auxílio a Noé para arregimentar dois jovens e conseguir armamentos para efetuar o resgate. A ação deveria ocorrer numa quinta-feira, por volta das 9 horas, durante o banho de sol dos presos.

Titular da DRF, o delegado Raphael Villarinho informou que Noé já responde por dois homicídios, duas ameaças, três portes de arma, três roubos, um tráfico de drogas e três crimes de trânsito. No momento da abordagem policial, ele resistiu à prisão e tentou fugir, mas acabou sendo capturado.

Secretário-adjunto da SSPDS, Wilemar Rodrigues considerou “positivo” o resultado da operação. “Mais importante que os resultados apresentados é a integração entre as forças de segurança dos estados, que já é uma realidade”, afirmou.

Saiba mais

Esta foi a terceira operação integrada entre os estados realizada após a criação da Coordenadoria Integrada de Segurança Pública do Nordeste (CISP/Nordeste).

A ação foi avaliada em videoconferência entre os representantes das pastas de Segurança dos estados, com a participação do ministro da Justiça, Eduardo Cardozo.

“Estamos com uma falha aqui, outra acolá, mas estamos bem nesse processo. Vamos tomar nota de tudo e avaliar o que precisa ser melhorado”, disse o ministro durante o evento.

 

O povo

Número de pacientes à espera de leito no Ceará chega a 104

pacientes

Conforme a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), a rede pública estadual possui 356 leitos de UTI

 

O número mostra que a demanda por leitos está acima da oferta atual, que soma 356 leitos na rede estadual de saúde do Ceará. No IJF, ontem, entre 30 e 33 pacientes aguardavam vaga em UTI. Acidentes de moto são gargalo

A demanda nos hospitais de urgência e emergência do Ceará tem extrapolado as condições de oferta. Uma das deficiências é quanto à disponibilidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Conforme O POVO apurou, o número de pacientes aguardando um leito de UTI chegou a 104 nesta semana no Estado. Cerca de 30% desse total estavam, ontem, no Instituto Doutor José Frota (IJF).

Na unidade, de acordo com o diretor médico Osmar Aguiar, existem 33 leitos de UTI (27 adultos e seis pediátricos) entre os 461 leitos de outras classificações. “Isso para um hospital de trauma é um número pequeno. Hoje (ontem) nós temos em torno de 30 a 33 pacientes aguardando leitos de UTI. Esse número está dentro do total do Estado. Só nós temos quase 30% (desse total)”, detalhou o diretor.

Conforme Osmar, os pacientes à espera de vagas ficam em unidades com cuidados intensivos com assistência ventilatória e são assistidos por uma equipe multidisciplinar. “Na emergência tem duas unidades com esse perfil (com 31 leitos) e, para o pós-operatório, existe a sala de recuperação”, citou. A permanência do paciente nessas unidades é de aproximadamente quatro dias.

Diariamente, a Defensoria Pública do Ceará recebe uma média de três pedidos de vagas de leitos de UTI nas unidades de saúde. “Em 99% dos casos, a Justiça determina que o Estado garanta o leito”, informou o supervisor do Núcleo de Defesa da Saúde do órgão, Dani Esdras. Conforme ele, demora até três dias para que o juiz tome a decisão e obrigue o provimento da vaga. “É expedida uma liminar que coloca o paciente na UTI enquanto o processo está em andamento. Normalmente o Estado cumpre a decisão”, frisou o supervisor.

A prioridade para pacientes que aguardam tratamento intensivo é dada de acordo com critérios internacionais. Entre os fatores analisados estão as condições de saúde atual, a possibilidade de recuperação e a ocorrência de intervenção cirúrgica.

IJF e HGF lotados

Ainda de acordo com apurações do O POVO, houve um aumento de doentes graves no IJF e no Hospital Geral de Fortaleza (HGF), tornando a situação da saúde preocupante. Isso teria afetado, inclusive, o uso de equipamentos como respiradores. O cenário crônico estaria se apresentando há algumas semanas.Mesmo após melhoria no gerenciamento de leitos do Estado, a demanda se mostra crítica.

Recorrer a leitos particulares também não seria uma opção, considerando que a rede privada também apresentaria deficiência de oferta.

Conforme informações da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), a rede pública estadual possui 356 leitos de UTI. Mais 40 vagas estarão disponíveis até o fim do ano com o funcionamento do Hospital Regional do Sertão Central, em Quixeramobim.

A assessoria de comunicação da Sesa informou número bem inferior de pacientes à espera de leitos, se comparado ao apurado pelo O POVO. Através de nota, o órgão divulgou que “nesta quinta-feira, 6 de novembro, às 17 horas, a Central de Regulação do Estado informa que há 12 pacientes aguardando leitos de UTI”. A nota destacou ainda que as centrais de regulação estadual e municipal estão operando com o mesmo sistema.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) não informou dados referentes aos leitos de UTI. A assessoria da pasta afirmou que a pessoa responsável pelas estatísticas não estava disponível para entrevistas ontem.

Saiba mais

De acordo com a Sesa, os leitos de UTI da rede pública estadual estão distribuídos assim: HGF (72), César Cals (33), Albert Sabin (41), Hospital de Messejana (50), Waldemar Alcântara (47), Hospital São José (8), Hospital Regional do Cariri (50) e Hospital Regional Norte (55).

Para acionar a Defensoria Pública pela necessidade de leito de UTI, é necessário apresentar identidade e CPF do paciente e de familiar, além de laudo médico confirmando a demanda. O endereço da defensoria é rua Pinto Bandeira, 1111.

O Povo


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

março 2015
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2015 Chapada do Araripe - -