Balança comercial 2014 fechou com déficit de R$ 3,93 bilhões

 

grafico-decrescente“A balança comercial – diferença entre exportações e importações – teve déficit de US$ 3,93 bilhões em 2014, segundo divulgou, nesta segunda-feira, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A balança encerra 2014 com o primeiro déficit anual desde 2000. O déficit já estava previsto pela pasta.

Em valores, o déficit é o maior desde 1998, quando foi registrado saldo negativo de US$ 6,623 bilhões. Em 1999, o resultado também foi deficitário em US$ 1,288 bilhão, e o último déficit comercial, de US$ 731,74 milhões fora registrado no ano 2000. A partir de então foram 13 anos ininterruptos de resultados positivos.

Apesar do superávit em dezembro, de US$ 293 milhões, o desempenho de novembro, que registrou o pior déficit da história para o mês, enterrou as chances de a balança fechar o ano com as exportações superando as importações. De janeiro a novembro do ano passado, a balança comercial acumulou déficit de US$ 4,22 bilhões, o maior para o período desde 1998.

Em 2013 a balança registrou superávit de US$ 2,6 bilhões, valor que já representava queda de 86,8% em relação a 2012, quando o salto da balança foi positivo em US$ 19,4 bilhões.

Em 2014, as exportações totalizaram US$ 225,101 bilhões com retração de 7% na comparação com o ano anterior, enquanto as importações somaram US$ 229,031, com queda anual de 4,4%.

As exportações brasileiras de 2014 registraram retrações em todos os setores, comparado a 2013. As vendas de produtos manufaturados renderam receita de US$ 80,211 bilhões (-13,7%), os semifaturados venderam US$ 29,066 bilhões (-4,8%) e quase metade das exportações nacionais, constituída por produtos básicos, rendeu US$ 109,557 bilhões (-3,1%).”

(Agência Brasil)

Empréstimos do BNDES à Fiat somam mais de R$ 6 bilhões em três anos

bndes

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta segunda-feira (5) que financiará, com recursos da ordem de R$ 649,9 milhões, novos investimentos da montadora Fiat Automóveis, localizada em Betim (MG).

Os recursos destinam-se ao desenvolvimento de novos motores e veículos e adequação de linhas de produção. O objetivo é incorporar novas tecnologias que contribuam para veículos e motores de maior potência, com eficiência energética e menor consumo de combustível, conforme informação é da assessoria de imprensa do BNDES. O projeto também deverá elevar os índices de nacionalização de motores. Os investimentos têm conclusão prevista para dezembro de 2016.

Entre março de 2011 e dezembro de 2014, o BNDES aprovou empréstimos de R$ 6,256 bilhões para a Fiat. O valor inclui o financiamento anunciado hoje.

Em 2011, foram R$ 1,299 bilhão foram liberados para o desenvolvimento e adequação das linhas de montagem. Os recursos beneficiaram o lançamento de novos modelos de veículos e motores, desenvolvimento de veículo híbrido ‘flex’ e o programa social Árvore da Vida. Em 2012, o banco destinou R$ 2,427 bilhões para instalação de uma nova fábrica da empresa no município de Goiana, em Pernambuco.

A Fiat foi a primeira montadora a oferecer, em 2003, uma linha de veículos comerciais a micro, pequenas e médias empresas no Portal Cartão BNDES.

(Agência Brasil)

Governo anunciará política de gastos nas próximas semanas, revela Levy

 

Levy-olw6m20182946

Sem Orçamento para 2015 aprovado, o governo deverá anunciar, nas próximas semanas, a política de gastos públicos para este ano, anunciou o novo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. Segundo ele, o respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal norteará as despesas e a concessão de incentivos federais.

“A adequação do Orçamento de 2015 às perspectivas de arrecadação da União ocorrerá nas próximas semanas, de acordo com os ritos da Lei de Responsabilidade Fiscal, e por meio de mecanismos bem estabelecidos de modulação dos gastos. O rigor de verificação no pagamento dos serviços contratados e de contas diversas apresentadas ao Tesouro acompanhará a tônica do governo no controle e melhora do gasto público”, declarou Levy.

Pela regra atual, caso o governo federal inicie um ano sem o Orçamento-Geral da União aprovado, os gastos obrigatórios continuam a ser executados normalmente. Os investimentos federais, no entanto, passam a ser executados por meio de restos a pagar (verbas de anos anteriores) e a obedecer a limites mensais determinados pelo duodécimo – a cada mês, o governo pode gastar um doze avos dos investimentos executados no ano anterior.

Durante o discurso de posse, o ministro ressaltou que os novos sistemas de controle implementados no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi) permitirá monitorar, com mais eficiência, o processo e a qualidade do gasto público. Ele lembrou que o corte de subsídios a empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o maior rigor na concessão de pensões por morte, do seguro-desemprego e do abono salarial evitarão excessos de gastos sem retirar benefícios a quem tem direito.

(Agência Brasil)

STDS anuncia oferta de 2.600 vagas de trabalho no Estado

emprego

Oportunidades novas se abrem neste ano novo, sobretudo para quem busca um emprego e espera começar 2015 em plena atividade profissional, aproveitando a alta temporada de férias e as ocupações que o mercado oferece. Um levantamento realizado pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social/SINE-IDT revela a disponibilidade de mais de 2.600 oportunidades de emprego no Ceará, sendo 110 para pessoas com deficiência.

Os setores do comércio e serviços continuam demandando o maior número de trabalhadores, mas há vagas em todos os setores, principalmente na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e nos municípios de Aquiraz, Eusébio, São Gonçalo do Amarante (Pecém), Crateús, Iguatu, Limoeiro do Norte, Russas, Quixadá e Sobral. Na capital, estão sendo ofertadas 1.459 vagas, em várias atividades.

Os interessados devem dirigir-se à Unidade de Atendimento do SINE/IDT mais próxima de sua residência. Informações sobre vagas não são dadas por telefone e todas estão sujeitas à alteração. Confira a lista com as principais oportunidades de emprego:

FORTALEZA

Aldeota (Av. Santos Dumont, 5015) – Tel.: (85) 3101.1660

Barra do Ceará (Av. Francisco Sá, 6485) – Tel.: (85) 3101.2743

Parangaba (Av. João Pessoa, 6239) – Tel.: (85) 3101.3034

Messejana (Av. Pergentino Maia, 850A) – Tel.: (85) 3101.2138

Ajudante de carga e descarga 15 vagas
Ajudante de eletricista 9 vagas
Armazenista 9 vagas
Assistente administrativo 8 vagas
Assistente de loja 20 vagas
Assistente de vendas 20 vagas
Atendente de lanchonete 110 vagas
Atendente de balcão 12 vagas
Auxiliar administrativo 15 vagas
Auxiliar de acabamento 15 vagas
Auxiliar de compras 1 vaga
Auxiliar de confeiteiro 3 vagas
Auxiliar de cozinha 20 vagas
Auxiliar de depósito 10 vagas

Auxiliar de enfermagem 5 vagas
Auxiliar de lavanderia 4 vagas
Auxiliar de limpeza 60 vagas
Auxiliar de manutenção elétrica e hidráulica 1 vaga
Auxiliar de manutenção predial 9 vagas
Auxiliar de mecânico de autos 4 vagas
Auxiliar de mecânico de autos 5 vagas
Auxiliar de pessoal 6 vagas
Auxiliar de produção 30 vagas
Auxiliar de corte 3 vagas
Balconista de açougue 1 vaga
Barman 25 vagas
Bombeiro hidráulico 17 vagas
Borracheiro 3 vagas
Cabeleireiro 5 vagas
Caldeireiro montador 8 vagas
Camareira de hotel 14 vagas
Caminhoneiro carreteiro 3 vagas
Carpinteiro 15 vagas
Carpinteiro 5 vagas
Chapista de lanchonete 20 vagas
Chefe de cozinha 2 vagas
Churrasqueiro 12 vagas
Cobrador de transportes coletivos 20 vagas
Cobrador externo 5 vagas
Confeiteiro 11 vagas
Consultor de vendas 8 vagas
Contador 1 vaga
Cozinheiro industrial 3 vagas
Copeiro 20 vagas
Costureiro de máquina industrial 10 vagas
Costureiro de máquina overloque 9 vagas
Costureiro de máquina reta 12 vagas
Costureiro em geral 12 vagas
Cozinheiro geral 14 vagas
Cuidador de idoso 12 vagas
Cumim 14 vagas
Eletricista 30 vagas
Eletricista auxiliar 5 vagas
Eletricista de manutenção industrial 8 vagas
Eletricista automotivo 1 vaga
Embalador a mão 20 vagas
Empregado doméstico 13 vagas
Encanador 3 vagas
Estoquista 24 vagas
Fiscal de loja 40 vagas
Frentista 16 vagas
Funileiro 5 vagas
Garçom 47 vagas
Gerente 1 vaga
Gesseiro 1 vaga
Lanterneiro de automóveis 5 vagas
Lavador de automóveis 8 vagas
Lavador de pratos 15 vagas
Manicure 6 vagas
Marceneiro 5 vagas
Mecânico de automóveis 5 vagas
Mecânico de motor a diesel 5 vagas
Mecânico de refrigeração 10 vagas
Montador de estruturas metálicas 4 vagas
Motoboy 11 vagas
Motorista de automóveis 4 vagas
Motorista entregador 9 vagas
Nutricionista 1 vaga
Operador de caixa 30 vagas
Padeiro 21 vagas
Pedreiro 15 vagas
Pintor de alvenaria 15 vagas
Pizzaiolo 6 vagas
Polidor de automóveis 7 vagas
Porteiro 10 vagas
Promotor de vendas 8 vagas
Recepcionista atendente 15 vagas
Recuperador de credito 160 vagas
Repositor de mercadorias 13 vagas
Serralheiro 4 vagas
Servente de obras 35 vagas
Soldador 7 vagas
Supervisor de vendas 3 vagas
Tecedor de tapetes 1 vaga
Técnico em segurança do trabalho 1 vaga
Teleoperador 40 vagas
Torneiro mecânico 4 vagas
Vendedor interno 25 vagas
Vendedor pracista 15 vagas
Vigilante 10 vagas
Zelador 30 vagas

PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Av. João Pessoa, 6239 – (85) 3101.3034

Ajudante de serralheiro 2 vagas
Atendente de balcão 2 vagas
Auxiliar administrativo 6 vagas
Auxiliar de acabamento 1 vaga
Auxiliar de almoxarifado 1 vaga
Auxiliar de limpeza 14 vagas
Auxiliar de pessoal 5 vagas
Auxiliar de produção 2 vagas
Estoquista 2 vagas
Lixador de peças 2 vagas
Operador de caixa 2 vagas
Orientador de tráfego 2 vagas
Pedreiro 20 vagas
Porteiro 14 vagas
Serralheiro 2 vagas
Servente de obras 9 vagas
Soldador 2 vagas
Técnico em manutenção de equipamentos 5 vagas
Teleoperador 10 vagas
Zelador 7 vagas

AQUIRAZ

Rua Capitão Mor, 37 – (85) 3101.2822

Ajudante de carga e descarga 2 vagas
Atendente de telemarketing 1 vaga
Auxiliar de cozinha 3 vagas
Auxiliar de produção 2 vagas
Bombeiro hidráulico 1 vaga
Chapeiro 1 vaga
Costureiro de máquina reta 1 vaga
Costureiro em geral 1 vaga
Costureiro de máquina industrial 1 vaga
Cozinheiro geral 4 vagas
Cumim 2 vagas
Garçom 3 vagas
Motoboy 3 vagas
Motorista (HAB B) 1 vaga
Motorista de caminhão 2 vagas
Operador de injetora 1 vaga
Pedreiro 1 vaga
Pizzaiolo 2 vagas
Recepcionista de hotel 1 vaga
Servente de obras 1 vaga
Servente na construção de postes 1 vaga
Serviços gerais 4 vagas
Soldador 1 vaga
Vendedor pracista 1 vaga

CRATEÚS

Rua Coronel Zezé, 1216 – (88) 3692.3522

Agente de publicidade 2 vagas
Atendente de mesa 2 vagas
Auxiliar de escritório 1 vagas
Babá 4 vagas
Caseiro 1
Chapista de lanchonete 1 vaga
Cobrador externo 2 vagas
Costureira em geral 1 vaga
Cuidador de idosos 2 vagas
Empacotador a mão 1 vaga
Empregado doméstico nos serviços gerais 5 vagas
Faxineiro no serviço doméstico 5 vagas
Instalador de sistema eletrônico de segurança 1 vaga
Motociclista condutor de pequenos volumes 2 vagas
Vendedor de serviços 4 vagas
Vendedor de sorvete 3 vagas
Vendedor em domicílio 1 vaga
Vendedor interno 1 vaga
Vigia 1 vaga

EUSÉBIO

Rua Irmã Ambrosina S/N – (85) 3101.2136

Ajudante de cozinha 1 vaga
Atendente de telemarketing 20 vagas
Auxiliar de cozinha 11 vaga
Auxiliar de depósito 2 vagas
Auxiliar de faturamento 1 vaga
Auxiliar de limpeza 2 vaga
Babá 1 vaga
Copeiro 1 vaga
Cozinheiro 1 vaga
Empacotador a mão 3 vagas
Empregado doméstico nos serviços gerais 2 vagas
Fiscal de prevenção de perdas 1 vaga
Fiscal de loja 1 vaga
Monitor de teleatendimento 5 vagas
Motoboy 1 vaga
Operador de caixa 3 vagas
Pintor de paredes 1 vaga
Repositor 2 vagas
Supervisor de central de atendimento 5 vagas
Vendedor pracista 1 vaga
Vendedor pracista 1 vaga
Zelador 1 vaga

IGUATU

Rua Cel. Gustavo Correia, 171 – (88) 3581.9453

Ajudante de cozinha 1 vaga
Churrasqueiro 1 vaga
Cozinheiro em geral 1 vaga
Empregado doméstico nos serviços gerais 1 vaga
Garçom 2 vagas
Manicure 1 vaga
Mecânico de veículos 1 vaga
Montador de móveis 1 vaga
Oficial de serviços gerais 1 vaga
Operador de caixa 1 vaga
Pedreiro em geral 1 vaga
Pizzaiolo 1 vaga
Torneiro repuxador 1 vaga
Vendedor de serviços 1 vaga
Vendedor pracista 1 vaga

LIMOEIRO DO NORTE

Rua José Satino, 120 – Centro – (88) 3423.6960

Auxiliar de cozinha 2 vagas
Auxiliar de limpeza 10 vagas
Auxiliar de linha de produção 5 vagas
Consultor empresarial 20 vagas
Cozinheiro de restaurante 2 vagas
Cuidador de idoso 1 vaga
Cumim 2 vagas
Garçom 3 vagas
Monitora de recreação 1 vaga
Nutricionista 1 vaga
Operador de forno de calcinação 2 vagas
Salgadeiro 2 vagas
Técnico em mineração 2 vagas
Técnico mecânico 5 vagas
Vendedor de serviços 2 vagas
Vendedor pracista 3 vagas

PECÉM

Rua do Cajueiro, S/N – (85) 3315-1375

Auxiliar de cozinha 4 vagas
Auxiliar de limpeza 1 vaga
Chefe de cozinha 1 vaga
Churrasqueiro 1 vaga
Cozinheiro de restaurante 1 vaga
Engenheiro mecânico automotivo 1 vaga
Garçom 2 vagas
Gerente administrativo 1 vaga
Motorista de caminhão 1 vaga
Oficial de serviços gerais 1 vaga
Operador de guindaste móvel 6 vagas
Pizzaiolo 1 vaga
Técnico de enfermagem 1 vaga

QUIXADÁ

Rua Rui Maia, 420 – Centro  -  (88) 3445.1044

Artesão do couro 2 vagas
Atendente de balcão 1 vaga
Auxiliar de cozinha 1 vaga
Auxiliar de garçom 1 vaga
Auxiliar de mecânico 1 vaga
Babá 1 vaga
Cabeleireiro 1 vaga
Capataz 1 vaga
Chapeiro 1 vaga
Cobrador externo 1 vaga
Confeiteiro 2 vagas
Consultor de vendas 2 vagas
Costurador de calçados a máquina 1 vaga
Costureiro de máquinas industriais 1 vaga
Cozinheiro de restaurante 1 vaga
Cozinheiro do serviço doméstico 1 vaga
Cozinheiro geral 1 vaga
Eletricista de manutenção industrial 1 vaga
Empregado doméstico nos serviços gerais 4 vagas
Garçom 3 vagas
Manicure 1 vaga
Montador de móveis e madeira 1 vaga
Padeiro 1 vaga
Pedreiro 2 vagas
Recepcionista atendente 1 vaga
Técnico de enfermagem 1 vaga
Vendedor interno 2 vagas
Vendedor porta a porta 1 vaga
Vendedor pracista 1 vaga

RUSSAS

Rua Cel. Araújo Lima, 1458A Centro – (88) 3411-8563

Atendente de clínica dentária 1 vaga
Auxiliar de cozinha 1 vaga
Auxiliar de limpeza 8 vagas
Carregador de caminhão 3 vagas
Churrasqueiro 1 vaga
Cozinheiro de restaurante 1 vaga
Cumim 1
Empregado doméstico nos serviços gerais 1 vaga
Garçom 1 vaga
Motorista de caminhão 1 vaga
Professor de língua inglesa 1 vaga
Professor de língua portuguesa 1 vaga
Salgadeiro 1 vaga
Supervisor de vendas 1 vaga
Técnico de enfermagem 1 vaga
Técnico mecânico 5 vagas
Trabalhador rural 2 vagas

SÃO GONÇALO DO AMARANTE/PECÉM

Rua Major Adelino, 338 – (85) 3315.1375 / 3315.4504

Analista contábil 1 vaga
Empregado doméstico nos serviços gerais 1 vaga
Gerente administrativo 1 vaga
Mecânico ajustador 1 vaga
Operador de autoclave (conservação de alimentos) 1 vaga
Técnico em segurança do trabalho 1 vaga

SOBRAL

Rua Paulo Aragão, 659 – (88) 3677.4274

Auxiliar de escritório 1 vaga
Babá 1 vaga
Confeccionador de calçados de couro (aprendiz) 700 vagas
Costureiro de calçados a máquina 1 vaga
Cozinheiro de restaurante 1 vaga
Empregada doméstica 3 vagas
Encarregado de expedição (pessoa com deficiência) 1 vaga
Instalador de som e acessórios de veículos 1 vaga
Montador instalador de acessórios 1 vaga
Motorista carreteiro 1 vaga
Polidor de automóveis 1 vaga
Servente de obras 1 vaga
Supervisor de vigilantes 1 vaga
Vendedor ambulante 1 vaga
Vendedor pracista 1 vaga

05.01.2015

Assessoria de Comunicação Social da STDS

SDA cresce 98% em Investimentos e Aplicações

 

sda_investimentosDurante o período de 2011 a 2014 o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) aumentou o investimento na área de R$ 214,9 milhões em 2011 para R$ 424,8 milhões em 2014. O volume representa quase a duplicação de recursos aplicados.

Este crescimento deve-se aos recursos do tesouro e Fecop do Estado, recursos de convênios de receita com o Governo Federal, via Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Desenvolvimento Social, Integração Nacional e de Agricultura e Pecuária, além dos recursos de financiamentos do BNDES, Banco Mundial e Fundo Internacional de Desenvolvimento da Agricultura.

Várias políticas públicas foram desenvolvidas e ampliadas como o Garantia Safra, Hora de Plantar, Biodiesel, Casas de Farinha, Mandallas, Quintais Produtivos, Programa de Aquisição de Alimentos, Leite Fome Zero, São José III, Projeto Paulo Freire/FIDA, Fundo Desenvolvimento da Agricultura Familiar, Perímetros e Agrovilas, Castanhão, Crédito fundiário, Cisternas de Placas, Polietileno, Cisternas de Enxurrada com quintal produtivo, Barragens Subterrâneas, Sistemas de abastecimento d’água do São José e do Programa Água para Todos, Regularização Fundiária, PRONAF, Implantação de Escritórios da Ematerce, Plano Brasil Sem Miséria e a promoção do Ceará a Zona Livre de Febre Aftosa, com vacinação.

Para os próximos quatro anos, a SDA terá por volta de R$ 1,5 bilhão para novas aplicações, sendo R$ 700 milhões do Projeto São José III, R$ 200 milhões do Projeto Paulo Freire, R$ 675 milhões de convênios com Governo federal, além dos recursos do Tesouro do Estado e do Fundo Estadual de Combate à Pobreza Rural (Fecop) por parte do Estado.

05.01.2015

Assessoria de Comunicação da SDA

CGE obteve recertificação ISO 9001 após Auditoria Externa da Qualidade

governodoestadoce

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) recebeu sua recertificação da ISO 9001:2008. A recertificação foi realizada pelo Instituto Falcão Bauer de Qualidade (IFBQ) e terá validade até 14 de dezembro de 2017.

A auditora do IFBQ, que verificou se o Sistema da Gestão da Qualidade da CGE continua atendendo aos requisitos da norma ISO 9001:2008, aconteceu entre os dias 10 a 13 de novembro de 2014, e avaliou os aspectos relacionados aos requisitos estabelecidos pela Norma ISO 9001:2008, abrangendo as atividades de Auditoria Interna, Controle Interno Preventivo, Fomento ao Controle Social, Ações Estratégica, Tecnologia da Informação e Comunicação, Assessoramento e Suporte Administrativo.

Saiba Mais

Em 2009 a CGE deu início ao desenvolvimento e implantação do Sistema de Gestão da Qualidade, previsto na norma ABNT NBR ISO 9001:2008, tendo recebido sua primeira certificação em novembro de 2011. Com a certificação, a CGE tornou-se o primeiro órgão da administração pública direta do país a ter todas as suas áreas certificadas – Auditoria, Acompanhamento da Gestão, Ouvidoria, Ações Estratégicas, Assessoramento e Suporte Administrativo. Avaliada em seus processos de melhoria contínua, o órgão obteve a revalidação da certificação nos anos de 2012 e 2013.

05.01.2015

Assessoria de Comunicação da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE)

Comitê da Seca realiza a primeira reunião de 2015

seca23

O Comitê Integrado da Seca do Ceará realizou na manhã desta segunda-feira (5) a primeira reunião do ano de 2015. Na ocasião o secretário do Desenvolvimento Agrário, Dedé Teixeira, foi empossado como presidente do colegiado.

Participaram da reunião representantes dos órgãos que compõem o colegiado, como a Defesa Civil Nacional e a Defesa Civil do Estado do Ceará, além de representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), da Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) e da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme).

O Comitê da Seca vai solicitar aos demais órgãos que compõem o colegiado para indicarem os novos membros, que devem tomar posse solene na próxima segunda-feira (12). O secretário Dedé Teixeira anunciou ainda que terá em breve agenda em Brasília para estreitar as relações com os novos ministros, reafirmando as parcerias que já existem. “Vamos visitar os ministérios da Integração, o MDA e o MDS para reafirmar o nosso interesse em manter as parcerias em andamento e buscar novas, destacando que o Ceará vai encaminhar com agilidade as ações que vão garantir a convivência com a seca”, afirmou.

O secretário Dedé Teixeira informou ainda que o Comitê da Seca vai continuar encaminhando as demandas dos municípios no que diz respeito às obras de convivência com a estiagem. “O trabalho vai continuar, e estaremos aqui para intermediar com os órgãos do Estado e do Governo Federal as soluções e encaminhamentos necessários para a convivência com a estiagem”, disse.

Obras de adutoras

O representante da SRH, Gianni Lima, apresentou as ações do Estado no que diz respeito à garantia da segurança hídrica. Ele destacou que o Estado conseguiu atender com adutoras ou perfuração de poços, municípios em situação de colapso de abastecimento d’água. O investimento nessas ações superou os R$ 200 milhões. Em 2014, 600 poços perfurados em áreas urbanas e rurais do Ceará, seis vezes mais do que o registrado em 2007, quando foram perfurados 90 poços.

O aumento das perfurações ocorreu, principalmente, pela adoção da nova política de perfuração de poços, implantada em julho deste ano, que determina que toda e qualquer solicitação para perfuração de novos poços deverá vir acompanhada do devido estudo geofísico, medida que reduz a quantidade de perfurações ociosas e superexpostas no enfrentamento da seca.

Previsões

A meteorologista da Funceme, Meire Sakamoto, anunciou que, provalvelmente, no dia 22 de janeiro, as previsões devem ser anunciadas as previsões de chuva para os meses de fevereiro, março e abril.

05.01.2015

Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Agrário

Idoso de Tauá faz 110 anos

idoso110José Rodrigues Avelino é a pessoa mais velha de Tauá e região dos Inhamuns. Hoje, comemora com familiares seus 110 anos

Foto: Honório Barbosa

Tauá. Aposentado que ainda vivenciou situação de trabalho escravo no sertão cearense completa 110 anos hoje, nesta cidade, na região dos Inhamuns do Ceará. José Rodrigues Avelino, ‘Seu Zé Preto’, como é mais conhecido, nasceu em 1905, na localidade de Jurema, município de Independência, 17 anos após a abolição da escravatura, mas mesmo assim viveu durante a infância a condição de trabalho escravo em área rural do Estado.

O aposentado centenário é um homem humilde, trabalhador da roça que durante sua vida dedicou-se às atividades do campo, o trabalho de preparo de terra, plantio e colheita de grãos e de algodão. Lembra que o serviço começava cedo, às 5 horas da manhã. Conta que fumou durante vários anos e gostava de tomar conhaque. O almoço e jantar eram comidas típicas do sertanejo, “arroz, feijão e um pedaço de carne com osso”.

Até o início do ano passado, o idoso fazia caminhada para manter a boa saúde e a cada fim de mês ia receber o dinheiro da aposentadoria rural no banco, na companhia de um neto. Ao completar 110 anos, permanece lúcido, conversa pouco e não reclama de nenhum problema de saúde, de acordo com a filha, Francisca Rodrigues do Nascimento, 63 anos.

Atualmente, José Rodrigues Avelino mora no bairro Aldeota, nesta cidade. Até 1969 morava em Independência, quando se mudou para Tauá e foi morar na localidade de Merejo do Angico, distrito de Carrapateiras. Casado com Joaquina Dias da Silva, que morreu em abril de 2012, teve nove filhos (oito homens e uma mulher). São 40 netos, 77 bisnetos e 23 tataranetos.

Desde a morte da mulher, vive sozinho, recebe o cuidado dos filhos e leva uma vida normal apesar da avançada idade. De acordo com parentes, apresenta dificuldades para ouvir e enxergar. Recorda da chegada do trem em Crateús no início do século passado e das notícias no rádio sobre a Segunda Grande Guerra e a morte do presidente Getúlio Vargas. Naquele tempo, os acontecimentos nacionais tinham ampla repercussão e demoravam dias como assuntos principais.

O aposentado mantém uma rotina de acordar às 6h da manhã. Toma o café e gosta de ficar sentado na calçada da casa até as 10h30, observando o movimento da rua, o vai-e-vem das pessoas. Constantemente recebe visitas e ao longo da velhice sempre disse que o sucesso de uma longevidade está no trabalho, no cultivo às grandes amizades e no respeito ao próximo.

É a pessoa mais velha de Tauá e região dos Inhamuns. A pesquisa sobre sua história de vida foi realizada pelo professor Luiz Auci Oliveira. “Ele é uma memória viva de parte da nossa história”, disse. “Quando criança ainda viveu a situação de trabalho escravo, pois as mudanças nas relações de trabalho no campo, no Interior, foram lentas e chegaram tarde”.

Diario do Nordeste – Regional

Estado tem aumento de 36,5% em casos de dengue grave

Dengue340595034594

Sobral. De 189 casos registrados em 2013, a taxa subiu para 258 em 2014 de acordo com os dados do último Informe Semanal de Dengue da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa). Já os óbitos caíram em porcentagem semelhante. De 74 mortes em 2013, apenas 47 foram registradas em 2014, representando uma redução de 36%.

Das notificações de suspeitas de dengue em 2014, 16.026 foram confirmadas, com destaque para os municípios de Aracati, Araripe, Alto Santo, Arneiroz, Brejo Santo, Boa Viagem, Campo Sales, Canindé, Eusébio, General Sampaio, Hidrolândia, Icó, Ibicuitinga, Jaguaribara, Jaguaribe, Jijoca de Jericoacoara, Limoeiro do Norte, Nova Olinda, Piquet Carneiro, Pentecoste, Pereiro, Parambu, Porteiras, Quixeré, Russas, Santana do Cariri, Tabuleiro do Norte, Tauá, Umari, Umirim e Ocara com incidência acima de 300 casos por 100.000 habitantes.

Os municípios com mais casos por 100 mil habitantes foram Arneiroz, com 3.206,28% (249 casos); Pereiro com 2.459,1% (395 casos); Jaguaribana com 2.276,1% (248 casos), Tauá com 2.012,3% (1152 casos) e Alto Santo, com 1.586,4% (266 casos).

A faixa etária atingida foi principalmente entre 20 e 29 anos, com 21,8% dos casos, sendo seguida por 30 a 39, com 16,9%. Foram notificados 279 casos graves (66 óbitos). Destes, foram confirmados 258 casos (47 óbitos), sendo 200 casos de dengue com sinais de alarme e 58 casos (47 óbitos) de dengue grave. Detectou-se um aumento de 36,5% dos casos graves confirmados, comparados ao mesmo período de 2013. Houve redução de 36% nos óbitos em comparação ao mesmo período do ano anterior. Dos casos graves confirmados 52,5% foram por dengue com sinais de alarme e 59%, por dengue grave no interior.

Chuvas

De acordo com o médico infectologista Anastácio Queiroz, o aparecimento de dengue normalmente está ligada às chuvas, o que ocasiona o predomínio no primeiro semestre, normalmente a época do período chuvoso, mas também está ligado a cultura da população. “Tendo em vista que não tivemos um período chuvoso muito forte ano passado e um caso alarmante no aumento de casos, podemos observar que falta uma mudança de hábitos a população”, destacou.

Segundo explica Anastácio, existem hoje quatro tipos de dengue circulando no Ceará, o que proporciona maior facilidade de adquirir uma versão mais perigosa da doença. A circulação simultânea de vários sorotipos aumenta o risco da ocorrência de casos graves de dengue nos municípios infestados pelo Aedes aegypti. “Uma pessoa que pegou a dengue clássica nos outros anos, fica mais sujeita a pegar a mais grave”, explica.

“Hoje, o mesmo vetor da dengue é o da chikungunya, que já tivemos registro de cinco casos. Com esse novo vírus, que é bem semelhante ao da dengue, sendo transmitido pelo Aedes aegypty, os cuidados da população devem ser reforçados, assim como dos administradores, para inibir o foco do mosquito”, alerta. Os sintomas são semelhantes aos da dengue: febre, mal-estar, dores pelo corpo, dor de cabeça, apatia e cansaço. Porém, a grande diferença da febre chikungunya está no acometimento das articulações: o vírus avança nas juntas dos pacientes e causa inflamações com fortes dores acompanhadas de inchaço, vermelhidão e calor local.

Houve seis epidemias no Estado nos 30 anos que a dengue circula no Ceará. São eles os anos de 1987, 1994, 2001, 2008, 2011 e 2012. Destacam-se as epidemias de 1994, pela confirmação dos primeiros casos hemorrágicos, o ano de 2008, pelo maior número de casos graves, e o ano de 2011 pelo maior número de casos clássicos confirmados.

Combate

Em Sobral, há um trabalho constante dos Agentes de Combate de Endemias, de buscas de possíveis focos do mosquito e ações como mutirão de limpeza com eliminação de pontos de lixo. Numa dessas visitas às residências, foi localizado um foco na residência de Lena Gomes, no bairro Cidade Pedro Mendes Carneiro. Com diversas plantas no quintal, além de embalagens plásticas que não foram descartadas corretamente, o acumulo de água favoreceu a presença de larvas do mosquito. Alertada pelo Agende de Endemia, Lena afirma que toma mais cuidado depois disso. “Quando não tenho tempo, peço ajuda aos meus filhos para cuidar do quintal. Sei que não é só minha família que estaria sofreria e adoeceria, mas todos os meus vizinhos também. Não é fácil, porque não era hábito, mas anotamos num porta recado pra não esquecer”, conta.

De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde, até o inicio de dezembro de 2014, o município havia registrado 400 casos de dengue.

Jéssyca Rodrigues
Colaboradora

Diario do Nordeste – Regional

Funceme registra chuva em 75 municípios cearenses

chuva

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou, até às 12h, desta segunda-feira (5), chuva em 75 municípios cearensese. De acordo com balanço divulgado pelo órgão, o município de Beberibe recebeu a maior chuva do Estado, 76mm.

Caucaia, na Região Metropolitna de Fortaleza (RMF) registrou a segunda maior precipitação, 54mm. Logo em seguida vêm os municipios de Itaiçaba (44.4mm), Gaiúba (43 mm) e Nova Russas (41.4 mm), completando os 5 locais com maiores chuvas no dia.

Diferente do que ocorreu no último fim de semana, quando Fortaleza superou a média de chuva para o mês de janeiro, a Funceme não identificou precipitação nesta segunda-feira (5).

A previsão do tempo da Funceme informa que as regiões cearenses deverão ficar com nebulosidade variável com chuvas nas regiões do Cariri, parte de Jaguaribana e Sertão Central e Inhamuns. No Litoral, Ibiapaba e Baturité há possibilidade de chuvas isoladas. No litoral e proximidades, tendência de pouca nebulosidade à tarde.

Diario do Nordeste – Regional

Professores de Crato e Juazeiro do Norte entram 2015 sem dinheiro no bolso e na conta. Será que foi combinado?

Sem-dinheiro

Educadores do Crato e Juazeiro do Norte querem saber se houve combinação entre os prefeitos das duas cidades. É que os professores dos dois maiores municípios da Região do Cariri entraram 2015 sem dinheiro no bolso e nem na conta. Até a manhã desta sexta-feira (2), os professores não tinham recebido seus vencimentos relativo ao mês de dezembro 2014.
Em Juazeiro do Norte, a situação é ainda mais crítica, pois não só os professores. Prestadores, Educação e Desenvolvimento Social estão desde setembro seu seus salários, incluindo aí o décimo-terceiro.
No início da semana, o empresário Émerson Maranhão, dono da Contrate, desmentiu o prefeito Raimundo Macedo, que teria anunciado em seu programa "Balanço Geral" – não sei de quê? na sua emissora de rádio (Vale FM), que já teria depositado na contrate o pagamento dos servidores terceirizados.
No Crato, o sindicato dos professores dizem que não há motivos para atraso, pois o repasse do Fundeb está em dia.

Flavio Pinto News

NASA quer recuperar amnésia do Opportunity para continuar mi

opportunity-tl-20120125

As últimas estratégias usadas pela NASA na recuperação da memória do robot Opportunity não resultaram e a agência espacial procura agora outra solução para resolver o problema da memória não volátil.

O robot que tinha uma esperança média de vida de três meses continuou a rolar na superfície de Marte depois de mais de dez anos mas os últimos problemas registados fazem com que a continuidade da missão seja incerta.
Desde Setembro que o Opportunity regista problemas persistentes de memória, sofrendo "apagões" constantes e perdendo dados. As tentativas de reformatar o sistema não resultaram e nas últimas semanas somaram-se também problemas de comunicação.
A NASA está agora a preparar uma actualização de software que vai impedir o Oppotunity de usar uma parte específica da memória e espera desta forma ultrapassar o problema, como relata a Discovery News.
O objectivo é que o rover consiga prosseguir viagem até ao Marathon Valley, que está apenas a 650 metros de distância da localização atual e reunir mais informação sobre as descobertas da Curiosity, que encontrou evidências da existência de água em estado líquido há milhões de anos.
Vale a pena recordar que o Opportunity é atualmente o veículo com mais distância percorrida fora do planeta Terra, sendo que a NASA tem ambições para que o robot explorador consiga percorrer uma maratona – isto é, 42 quilómetros em solo marciano.

marataizes.com.br

‘Não somos ladrões’, diz Gilberto Carvalho ao deixar ministério

Ex-ministro disse que oposição considera pobres uma ‘quadrilha’.
Ele discursou em cerimônia de transmissão do cargo para Miguel Rossetto.

gilbertocarvalho3O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou nesta sexta-feira (2) durante discurso de transmissão do cargo para o novo chefe da pasta, Miguel Rossetto, que ele e os que a oposição chama de "quadrilha" não são "ladrões". "Não somos ladrões, não somos ladrões", declarou com ênfase.

Sem citar diretamente o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que disse ter perdido a eleiçãopara uma "organização criminosa", Gilberto Carvalho afirmou, sob aplausos da plateia, que, para "eles" [a oposiçáo], os pobres são uma "quadrilha". "Com muito orgulho, eu quero dizer: eu pertenço a essa quadrilha", afirmou.

No pronunciamento, Carvalho afirmou que os governistas têm "dignidade" e não devem lever "desaforo para casa".

"Não vamos levar desaforo para casa. Nós temos dignidade, e é por isso que temos que levantar a cabeça", disse, afirmando também que tem orgulho de pagar seu apartamento ao Banco do Brasil por mais de 19 anos.
Ao longo do discurso de despedida, Gilberto Carvalho afirmou que não se pode ter medo em dizer que os governos do PT "mudaram a cara do país" e "inverteram prioridades". Ele costumava fazer essa declaração ao afirmar que nos últimos 12 anos o governo federal passou a dar prioridades às populações mais pobres.

Carvalho disse que será fiel à presidente Dilma "onde estiver". A jornalistas, o ministro disse no fim do ano passado que passará a presidir o Conselho de Administração do Sesi a partir de fevereiro.

Ele foi bastante aplaudido ao dizer que ao assumir o cargo fez oração para que o governo olhasse pelos mais pobres e não fosse "seduzido" pelo poder.

Gilberto Carvalho encerrou sua fala ao dizer que sai da Secretaria-Geral com "esperança". Ele pediu para "quebrar o protocolo" e começou a cantar a música "O que é, o que é?", de Gonzaguinha. A plateia o acompanhou e o ovacionou após a música.

 

Resposta a Aécio
Após a cerimônia, Gilberto Carvalho conversou com jornalistas e disse que o fala sobre "ladrões" foi endereçada ao senador Aécio Neves, em razão de o candidato do PSDB derrotado à Presidência ter afirmado que havia perdido a eleição para uma "organização criminosa".

"Foi uma resposta ao Aécio Neves, que disse que perdeu a eleição para uma quadrilha. Eu tinha que dar uma resposta à altura. Nós não vamos, nunca, ficar levando desaforo para casa. Quando a gente tem dignidade, a gente tem liberdade para dar essa resposta. A quadrilha para a qual ele perdeu é essa quadrilha do povo brasileiro que soube escolher por um projeto", disse.

O ex-ministro da Secretaria-Geral afirmou ainda que a diferença entre o projeto do PT e o do "resto" é que "o resto faz lantejoula e se mantém na superficialidade". Carvalho completou ao dizer que sua resposta a Aécio foi "bem clara" e "bem definida".

Miguel Rossetto
O novo ministro da Secretaria-Geral, Miguel Rossetto, iniciou seu pronunciamento dizendo que o ex-chefe da pasta é "um grande brasileiro", e o cumprimentou pelo "extraordinário trabalho" realizado.
Ele afirmou que o povo passou a acreditar mais no Brasil depois que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assumiu a Presidência, em 2003, e disse que o PT foi sua "escola política". Rossetto ressaltou ainda que o projeto político do PT foi iniciado nos últimos 12 anos, a partir das "conquistas históricas que interromperam séculos de perversão elitista no Brasil".

Rosseto repetiu em seu pronunciamento um trecho do discurso de Dilma na cerimônia de posse desta quinta-feira na qual ela afirmou que a orientação de seu novo mandato seria "nenhum direito a menos, nenhum passo atrás”. O ministro afirmou ainda que o Brasil precisa "caminhar pra frente" e disse que a transformação do país de "república elitista" para "radicalmente democrática" foi causada pelos governos do PT.

Nomeado para a pasta responsável pela articulação do governo com os movimentos sociais, Rossetto defendeu o que chamou de "processo permanente de democracia participativa". O ministro da Secretaria-Geral afirmou que os movimentos sociais precisam ser ouvidos pelo governo.
"Não há o que temer quando escutamos o nosso povo", ressaltou. Ele disse ainda que a pasta estimulará o diálogo "forte, verdadeiro, respeitoso e capaz de construir consensos" com a sociedade.

Na parte final de seu discurso, Rossetto destacou que o governo terá quatro anos para executar o programa elaborado ainda em 2013. O ministro disse que as metas serão buscadas "a cada dia" e destacou que o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social terá papel "fundamental" para garantir que as propostas sejam executadas.

Filipe MatosoDo G1, em Brasília

Principal “calo” na gestão de Cid Gomes, Segurança será prioridade no Governo Camilo

camiloposse1
Delci Teixeira, gesto da pasta, está disposto a abrir diálogo com todos que compõe a pasta. Ele ainda não checou os conflitos existente na polícia, que envolve o deputado Capitão Wagner

Camilo Santana escolheu um nome técnico, longe da política, para gerir a pasta de segurança (FOTO: Reprodução Facebook)
Um dia após se empossado, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), continua em Brasília. Nesta sexta-feira (2), ele acompanha a agenda do ministro da educação, Cid Gomes, somente retornando a Fortaleza no fim da tarde. Na segunda-feira (5), está marcada a primeira reunião com todo secretariado.

Ainda durante a cerimônia de posse, na quinta-feira (1º), Camilo ressaltou que uma das áreas prioritárias de seu governo será a de segurança pública. “Tenho como uma das minhas principais metas reduzir os índices de violência no Estado. Vou trazer essa questão para mim”. Para isso, ele conta com a ajuda do novo secretário da pasta, Delci Teixeira, que fez parte do Ministério da Justiça.

Em entrevista ao Tribuna do Ceará, Delci Teixeira informou que já se reuniu com seu antecessor Servilho Paiva. “Em princípio não haverá mudanças até que eu possa conhecer a todos. A mudança é minha vontade de trabalhar, de formar equipes e ouvir essas pessoas”.

Em sua gestão, o secretário enfatiza que estará aberto ao diálogo com todos que compõe o órgão, deixando sempre a “porta aberta”. Além disso, ressaltou que tomou conhecimento dos conflitos dentro da polícia, principalmente por conta da liderança do deputado estadual eleito com maior número de votos na última eleição, Capitão Wagner (PR). Sobre o ex-militar, Teixeira apenas salientou que não examinou o caso, mas que certamente irá checar a situação.

Secretariado

Já o deputado federal José Guimarães (PT) enfatizou que Camilo é uma liderança nova no Ceará e rapidamente se projeta. Além disso, ressaltou que o primeiro governador petista era garantir espaço estratégico para o partido. “Claro que o Camilo tinha que atender o conjunto dos partidos, mas é importante a participação do PT em áreas fundamentais. O secretariado do Camilo foi na medida”.

Expectativas

Durante a posse, o prefeito Roberto Cláudio (Pros) declarou que as duas áreas que atuará em conjunto com o governo são: saúde e segurança. A expectativa é de a gestão municipal continue tendo a mesma comunicação que já mantinha com a gestão estadual.

Presidente toma posse na calçada da Câmara

solenidadenacalcada

A solenidade ocorreu na calçada, porque a ex-presidente teria se recusado a entregar a chave do prédio

Uma situação inusitada foi registrada na primeira manhã de 2015 em Ibaretama, no Sertão Central. A cerimônia de posse da presidente da Câmara Municipal, Elis Regina Nogueira da Silva, ocorreu na calçada. A vereadora foi eleita no dia 30 de dezembro passado, pela maioria dos vereadores, para presidir a Câmara no biênio 2015/2016.

Segundo Elis Regina, a solenidade ocorreu na calçada da Câmara porque a sua adversária, apesar de colega de partido, Tereza Carla de Freitas, mais conhecida como Carlinha do Hospital, não reconheceu a sua vitória e por esse motivo não entregou as chaves do prédio. Na sessão do dia 30, Carlinha do Hospital disse ser a candidata oficial de seu partido (PSD) e marcou uma nova votação para 9 de janeiro, mas cinco dos 9 vereadores discordam da postura dela.

Como não houve tempo para requisitar por meio da Justiça as providências legais, Elis Regina decidiu assumir o cargo no meio do povo. O Diário do Nordeste tentou contato com Carlinha do Hospital, mas não foi possível localizá-la.

diario do nordeste

Detran-CE adia início de multas por falta de extintor ABC para fevereiro

Resolução foi adotada devido à falta do produto nos estabelecimentos.
Multa não será aplicada apenas em locais onde o Detran-CE tem gerência.

extintorTroca do extintor BC pelo ABC é obrigatório por lei (Foto: Reprodução/TV Tem)Troca do extintor BC pelo ABC é obrigatório por lei
(Foto: Reprodução/TV Tem)

O Departamento Estadual de Trânsito doCeará (Detran-CE) fará fiscalização apenas educativa sobre a presença de extintores do tipo ABC nos veículos. Os agentes do Detran vão orientar os motoristas sobre a importância do novo equipamento, obrigatório nos veículos desde 1º de janeiro, mas não haverá multa. Outras irregularidades vão gerar multas normalmente.

A resolução do Detran foi definida nesta segunda-feira (2) devido à falta do produto nos estabelecimentos do Ceará e de outros estados brasileiros. Segundo o departamento, centenas de motoristas reclamaram sobre a falta do extintor, o que levou ao Detran adiar o período de multa pela ausência do item.

Até a manhã desta sexta-feira, o Detran mantinha a posição de que iria iniciar a fiscalizar e multa motoristas sem o extintores atualizados.

 

A fiscalização educativa deve ocorrer até fevereiro deste ano, período em que o comércio deve renovar o estoque dos novos extintores.

O Detran alerta que a resolução vale apenas para rodovias estaduais e locais que órgão tem gerência. Nas rodovias federais, por exemplo, a fiscalização é feita Polícia Rodoviária Federal, que pode efetuar as multas em caso de ausência dos extintores do tipo ABC.

A lei entrou em vigor neste dia 1º de janeiro de 2015 e todos os carros precisam estar equipados com o extintor ABC. Quem for pego sem o equipamento está sujeito a multa de R$ 127 e leva cinco pontos na carteira de habilitação.

Motoristas que têm carros fabricados até 2004 têm que se adequar. O novo extintor da categoria ABC tem a validade de cinco anos e não pode ser recarregado. Com ele é possível apagar incêndios em todos os tipos de material. Já o mais antigo, modelo BC, usado até hoje, não tem a mesma eficiência.

Do G1 CE

Equipes de busca do avião da AirAsia cada vez mais próximas de local da queda

airasiaAFP/AFP – Equipe de busca e resgate indonésia carrega corpo de vítima de avião da AirAsia em 2 de janeiro de 2015

As equipes de busca do avião da AirAsia que caiu no mar de Java, na Indonésia, acreditam ter chegado à região onde estão os destroços da aeronave, enquanto continuam o resgate dos corpos das vítimas, trinta até o momento.

Especialistas da França e de Cingapura se uniram às equipes de busca pelo Airbus A320-200, que despareceu das telas dos radares no domingo com 162 pessoas a bordo.

Os especialistas franceses estão "equipados com meios de detecção que incluem, em particular, hidrofones para localizar as balizas acústicas das duas gravadoras de voo", indicou o organismo.

Depois de enfrentar más condições meteorológicas, o avião se precipitou no mar de Java, em frente à costa da ilha de Bornéu, onde o mau tempo e as grandes ondas frearam nos últimos dias a busca de vítimas, da fuselagem da aeronave e, em particular, das caixas pretas, cruciais para as investigações.

No total, 29 barcos e 17 aviões participam dos trabalhos, ressaltou nesta sexta-feira o diretor de operações de busca e resgate, Bambang Soelistyo, apontando "duas tarefas prioritárias".

A primeira consiste em localizar a maior parte da fuselagem do avião. A segunda em encontrar as caixas pretas, que registram todos os incidentes de voo. Este trabalho ficará a cargo do Comitê de Segurança Nacional de Transportes indonésio (KNKT), que começou a trabalhar nesta sexta-feira, acrescentou Soelistyo durante uma coletiva de imprensa.

A zona de rastreamento foi reduzida, e agora é de cerca de 1.575 milhas marinhas quadradas, o que representa uma décima parte da zona explorada nas 24 horas anteriores.

– Mergulhar nesta zona prioritária –

"Já há mergulhadores no navio de guerra Banda Aceh esperando para mergulhar nesta zona prioritária, com o objetivo de encontrar a fuselagem do avião. Espero que possamos alcançar avanços importantes", disse Soelistyo.

Os corpos e destroços recuperados até agora foram encontrados em uma zona relativamente pequena, o que parece indicar que a fuselagem provavelmente não está longe, declarou outro responsável pelas buscas, S.B. Supriyadi.

"Encontramos destroços do avião que podem ser parte de uma asa ou do interior da aeronave", declarou à rede de televisão indonésia MetroTV, mostrando uma estrutura de madeira branca de 1,5 metro por 1 metro.

Os especialistas consideram que o piloto do avião da AirAsia pode ter realizado um pouso de emergência antes que a aeronave afundasse, atingida por ondas enormes. O avião pode estar a uma profundidade entre 25 e 32 metros.

O primeiro enterro de uma das vítimas ocorreu na quinta-feira. A bordo do avião da AirAsia estavam 155 indonésios, três sul-coreanos, um britânico, um malaio, um cingapuriano e o co-piloto francês.

Três novas vítimas foram identificadas nesta sexta-feira, entre elas a aeromoça Khairunisa Haidar Fauzi, que havia publicado no Instagram uma foto com uma mensagem para seu companheiro: "te amo a 38.000 pés de altura".

O ano de 2014 foi trágico para a aviação civil da Malásia, já que o acidente da AirAsia soma-se à perda de duas aeronaves da companhia nacional Malaysia Airlines.

No dia 8 de março, o voo MH370 da Malaysia Airlines, um Boeing, desapareceu dos radares pouco depois de decolar de Kuala Lumpur rumo a Pequim com 239 pessoas a bordo.

O avião não foi encontrado e seu desaparecimento continua sendo um mistério. Pode ter caído no oceano Índico por falta de combustível.

No dia 17 de julho, outro Boeing da Malaysia Airlines, do voo MH17, que voava de Amsterdã a Kuala Lumpur, foi derrubado em pleno voo por um míssil quando sobrevoava o leste da Ucrânia, palco de uma guerra.

A aeronave transportava 298 pessoas, entre elas 193 holandeses.

AFP

Ceará foi o estado que mais disponibilizou grãos a preços subsidiados

MILHO

O Ceará foi o estado que mais disponibilizou milho em grãos a preços subsidiados aos pequenos criadores e produtores rurais, de janeiro a dezembro de 2014.
O resultado abrange todos os estados da região coberta pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) atingidos pela seca.
Foram comercializadas cerca de 51,5 mil toneladas do produto, por meio do Programa de Vendas em Balcão Especial, totalizando mais de 42 mil atendimentos aos agricultores.
O segundo estado com maior comercialização de milho para o programa foi o Piauí, com aproximadamente 32,7 mil toneladas vendidas em 2014, seguido do Rio Grande do Norte, com cerca de 32,5 mil toneladas. As informações são do Setor de Programas Institucionais e Sociais de Abastecimento (Sepab), da Conab no Ceará.
O programa funciona como uma espécie de venda controlada, em que os preços dos produtos, quantidade a ser vendida e o perfil dos compradores, no caso, criadores e agroindústrias de pequeno porte, são preestabelecidos pelo governo federal. Entre os produtos negociados estão arroz, milho, feijão, trigo e castanha.

Redação O POVO Online

Delegação chinesa quer fortalecer relações com o Ceará

Nicolle-Barbosa-recebe-comitiva-chinesa-020115

No dia seguinte após sua posse no Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede), que em breve será transformada em Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), a nova presidente Nicolle Barbosa já iniciou seus trabalhos e nesta sexta-feira, 02, conheceu a estrutura do Cede e da vinculada Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece). Nicolle recebeu ainda hoje uma delegação da China que veio ao Ceará com o intuito de estreitar laços e fortalecer relações comerciais e de cooperação.

Na ocasião, o Presidente da Adece, Roberto Smith fez uma apresentação sobre a realidade socioeconômica do estado. Foram elencados os principais investimentos realizados pelo Governo, como ações em infraestrutura, educação, logística e recursos hídricos. A localização privilegiada do Ceará e os grandes empreendimentos atraídos nos últimos anos foram destacados.

Chen Hua, membro permanente do Partido Comunista da China (autoridade local) na província de Fujian fez uma apresentação e destacou a parceria entre seu território e o estado cearense, que mantém um Protocolo de Amizade desde 2001. Dentre as principais potencialidades econômicas da região estão investimentos no setor têxtil, autopeças, pescados, equipamentos digitais e na área de mineração. Em 2014, os investimentos de Fujian no exterior quadruplicaram, num esforço do governo chinês de estimular o intercâmbio comercial e econômico de suas províncias.

Nicolle Barbosa agradeceu a visita da Delegação e enfatizou a importância da relação com a China, principalmente pelo alto grau de crescimento do país nos últimos anos. Identificando-se como oriunda do setor privado e pela primeira vez enfrentando o desafio de gestão num órgão público, Nicolle destacou que pretende implementar celeridade nas ações e oferecer no estado o ambiente necessário para o desenvolvimento de negócios e fortalecimento das relações de comércio exterior. Dentre os encaminhamentos do encontro está a retomada de relações para fortalecer as parcerias entre o Ceará e a localidade asiática.

Fujian é uma província com cerca de 36 milhões de habitantes, num território de 121 mil quilômetros quadrados, localizada no leste do país, sendo banhada parcialmente pelo mar da China. Também participaram da reunião o Cônsul-Geral da China em Recife, Wang Xian, o ex-presidente do Cede, Gotardo Gurgel, o diretor de atração de investimentos da Adece, Cláudio Frota, o economista Cláudio Ferreira Lima, o empresário, Marcus Vinicius Saraiva, além de técnicos da comitiva chinesa.

cearaagora.com.br

Novo ministro da CGU diz que será implacável com a corrupção

valdirsimoes
Valdir Moysés Simão disse que vai lutar pela regulamentação da Lei Anticorrupção (12.846/13) e espera fechar ainda em janeiro o projeto
O novo ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), Valdir Moysés Simão, prometeu que o órgão será “implacável” no combate à corrupção. Ao receber nesta sexta-feira o cargo do ex-ministro Jorge Hage, o novo chefe da CGU disse que “transparência” será a palavra de ordem do órgão responsável pela defesa do patrimônio público e pelo combate à corrupção.

“É tarefa da CGU ser implacável com aqueles que não andarem na linha. Se por um lado haverá mão que orienta, por outro, haverá mão que julga e pune com rigor os desvios. Como disse a presidenta Dilma [Rousseff] ontem, a corrupção deve ser extirpada da sociedade. Temos que punir, sem trégua, a corrupção, que rouba o poder legítimo do povo; a corrupção que ofende e humilha os trabalhadores, as empresas e os brasileiros honestos e de bem”, afirmou.

Simão disse que vai lutar pela regulamentação da Lei Anticorrupção (12.846/13) e espera fechar ainda em janeiro o projeto, para depois submetê-lo à presidenta Dilma. “A Lei já é autoaplicável; o decreto é importante para as questões operacionais e para garantir simetria nos processos de responsabilização em cada um dos órgãos. São os últimos detalhes que estamos ajustando. É uma regulamentação complexa e tem muito a ver com a dosimetria das penas”, disse.

Ao comentar, com jornalistas, sobre os casos de corrupção envolvendo a Petrobras, Simão defendeu a necessidade de as empresas públicas e os órgãos do governo criarem estruturas de governança voltadas para a prevenção da prática.

“É um trabalho de médio prazo, e eu tenho certeza que tem muito a se fazer do ponto de vista da governança e de ampliação do controle das empresas. Existem medidas no campo legal, mas também no campo operacional, medidas de controle, de investimento em estruturas e tecnologia, de troca de informações com a CGU e com os demais órgãos de controle que vão trazer mais transparência”, afirmou.

Ao tratar da possibilidade de restrição orçamentária, em razão das medidas de austeridade que o governo anunciou, Simão disse que pretende “fazer mais com menos”. “Nós vamos enfrentar um período de ajuste, e todo o governo tem que contribuir. Eu acredito que é possível evoluirmos e ter critérios de atuação que utilizem a tecnologia e facilitem nosso trabalho”, defendeu Simão. Ele acrescentou que em hipótese alguma haverá retrocesso no alcance da atuação da CGU em 2015.
publicidade

Tanto Simão quanto Hage citaram o Portal da Transparência como um exemplo de uso das tecnologias de informação para auxiliar o controle das contas públicas. Simão, em particular, disse que irá intensificar o uso das tecnologias de informação para incrementar a atuação da CGU. Valdir Simão é auditor de carreira da Receita Federal e exerce, desde o início de fevereiro deste ano, o cargo de secretário executivo da Casa Civil.

Agência Brasil

Washington amplia sanções à Coreia do Norte por ataque à Sony

coreia-do-norte1

Os Estados Unidos reforçaram nesta sexta-feira seu arsenal de sanções econômicas contra a Coreia do Norte em represália ao ataque informático contra a Sony Pictures.

As novas sanções, adotadas contra dez responsáveis do regime e três organizações e empresas norte-coreanas, respondem às "numerosas provocações" (de Pyongyang) e, particularmente, ao recente ciberataque contra a Sony Pictures", destacou o departamento americano do Tesouro.

"Trata-se da primeira série da nossa resposta" ao ataque à Sony, informou a Casa Branca em um comunicado.

A Sony cancelou, em meados de dezembro, a estreia do filme "A Entrevista", após as grandes redes de cinema cancelarem sua exibição diante das ameaças de hackers, que já haviam atacado os estúdios, no final de novembro.

A comédia, estrelada por Seth Rogen e James Franco, narra um suposto complô da CIA para assassinar Kim, cujo governo classificou o filme de "um ato de terror sem sentido".

Washington, que acusa Pyongyang de estar por trás dos ataques, incluiu em sua lista negra dez funcionários do regime, a agência de pesquisas norte-coreana e duas empresas ligadas ao setor militar da ditadura comunista.

As sanções "refletem o compromisso dos Estados Unidos de manter a Coreia do Norte como a responsável por estas ações destrutivas e desestabilizadoras", destacou o secretário americano do Tesouro, Jacob Lew.

"Utilizaremos um amplo leque de ações para defender as empresas e os cidadãos americanos contra tentativas de minar nossos valores".

publicidade
Em seu comunicado, a Casa Branca reafirmou que o governo americano "leva muito a sério os ataques da Coreia do Norte visando causar um impacto financeiro destruidor em uma empresa americana e ameaçar artistas (…) com o objetivo de restringir o direito de livre expressão".

Um alto funcionário americano, que pediu para não ser identificado, disse que "estas sanções foram adotadas para aumentar a pressão sobre os dirigentes norte-coreanos".

Trata-se da primeira resposta oficial de Washington após o ataque contra a Sony ser reivindicado por um grupo de hackers que se denomina "Guardiões da Paz".

A Coreia do Norte tem sido vítima de cortes na Internet, mas Washington se nega a admitir ou desmentir sua responsabilidade na situação.

O governo norte-coreano já é alvo de sanções internacionais devido ao seu polêmico programa nuclear.

AFP

Governo proporá aumento do salário mínimo acima da inflação até 2019

Informação foi dada pelo novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa.
Proposta para formato de correção do mínimo sai nos próximos meses, diz.

 

nelson3034

Novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa abraça sua antecessora, Miriam Belchior, ao receber o cargo em Brasília nesta sexta-feira (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, declarou que o governo proporá que o salário mínimo continue tendo aumento real, ou seja, acima da inflação, entre 2016 e 2019. O atual formato de correção do mínimo vai somente até 2015. Barbosa assumiu o cargo nesta sexta-feira (2), no lugar de Miriam Belchior, em cerimônia em Brasília.

"Vamos enviar ao Congresso no momento oportuno [uma proposta para o formato de correção do salário mínimo nos próximos anos]. Vamos propor uma nova regra para 2016 a 2019 nos próximos meses. Continuará a haver aumento real do salário mínimo", declarou Barbosa a jornalistas.
O atual formato de correção do salário mínimo contempla a variação da inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior, mais o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.
Salário mínimo em 2015
Decreto presidencial publicado na última terça-feira (30) no "Diário Oficial da União" reajusta o salário mínimo para R$ 788 a partir do dia 1º de janeiro de 2015. O novo valor representa reajuste de 8,8% sobre o salário mínimo atual, de R$ 724. De acordo com o decreto, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 26,27 e o valor horário, a R$ 3,58.
Em agosto, quando foi apresentado o Projeto de Lei Orçamentária elaborado pelo governo, o salário mínimo determinado era de R$ 788,06. Segundo a assessoria do Ministério do Planejamento informou na ocasião, o impacto do aumento do salário mínimo nas contas públicas, com o pagamento de benefícios, seria de R$ 22 bilhões em 2015.
Ajustes nas contas públicas
O novo ministro do Planejamento afirmou, em seu discurso na cerimônia de transmissão de cargo, na manhã desta sexta-feira, que a política fiscal teve papel importante de absorver choques econômicos "via redução temporária de nosso resultado primário", mas acrescentou que ela já "cumpriu o papel que lhe foi posto e atingiu seu limite".
"Agora, iniciamos uma nova fase de nosso desenvolvimento. Uma fase na qual é necessário recuperar o crescimento da economia, com elevação gradual do resultado primário e redução da inflação. Para atingir estes objetivos serão necessários alguns ajustes na política econômica. Ajustes, que, apesar de seus eventuais impactos restritivos no curto prazo, são necessários para recuperar o crescimento nos próximos quatro anos", declarou ele.
Barbosa acrescentou, porém, que os ajustes que serão implementados "nunca são um fim em si mesmos". "Ajustes são medidas necessárias para a recuperação do crescimento da economia, que por sua vez é condição indispensável para continuar nosso projeto de desenvolvimento econômico", afirmou.
Medidas já anunciadas e objetivos do governo
O governo já anunciou, nas últimas semanas, medidas para tentar reequilibrar as contas públicas. De janeiro a novembro, as contas do setor público registraram um déficit primário – receitas ficaram abaixo das despesas, mesmo sem contar juros da dívida – de R$ 19,64 bilhões, segundo números divulgados pelo BC.
Foi a primeira vez desde o início da série histórica do BC (em 2002 para anos fechados), que as contas do setor público registraram um déficit nos 11 primeiros meses de um ano. Até o momento, o pior resultado, para este período, havia sido registrado em 2002 (superávit de R$ 53,73 bilhões).
Recentemente, o ministro indicado da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou a recomposição do chamado superávit primário (economia para pagar juros da dívida pública) para 1,2% do PIB em 2015 e para, ao menos, 2% do PIB em 2016 e 2017. O esforço fiscal prometido para 2015 é de R$ 66,3 bilhões, dos quais R$ 55,3 bilhões referem-se à parcela do governo.
Para ajustar as contas públicas no próximo ano, e registrar o superávit primário prometido, economistas avaliaram que o governo federal poderá elevar tributos e cortar benefícios.
Nesta semana, foi confirmado o aumento do IPI de carros, que já está valendo, assim como mudanças de regras na concessão do seguro-desemprego, abono salarial, pensões por morte e auxílio-doença, medidas que vão justamente nessa direção.
As mudanças no seguro-desemprego, no seguro-defeso, pensões por morte e auxílio-doença, vão significar uma economia de R$ 18 bilhões por ano para o governo a partir de 2015, informou nesta segunda-feira (29) Nelson Barbosa, indicado pela presidente Dilma Rousseff para ser ministro do Planejamento no segundo mandato.
Além disso, o governo também subiu a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), que serve de referência para empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e subiu os juros de linhas de crédito do banco estatal para o setor produtivo – nas linhas de crédito do Programa de Sustentação do Investimento (PSI). Essas medidas contribuem para diminuir o valor dos subsídios em 2015.
Orçamento de 2015 e investimentos
O novo ministro do Planejamento e Orçamento avaliou que "atrapalha um pouco" começar o ano de 2015 sem orçamento aprovado pelo Congresso Nacional.
"Para esse tipo de eventualidade, com aprovação da LDO, podemos trabalhar com os duodécimos [1/12 dos gastos previstos podem ser feitos mensalmente]. Vamos trabalhar com essas autorizações até que o Congresso aprove o orçamento. É sempre bom ter o orçamento. Espero que o congresso aprove na volta dos trabalhos", declarou Barbosa.
Ele avaliou ainda que, aumentando a confiança dos investidores na economia brasileira, principalmente na retomada do crescimento, haverá uma melhora no ambiente de confiança e, consequentemente, dos investimentos na economia.
"Investimento depende de receita esperada e de rentabilidade esperada. Nós estamos adotando várias medidas que, ao recuperar a capacidade de o governo produzir resultados primários recorrentes, reduzindo a inflação, isso melhora o ambiente de confiança, principalmente de que a economia vai crescer mais rapidamente", explicou Barbosa.
Agenda de infraestrutura
Nelson Barbosa declarou ainda que se somará, ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), ao Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) e às Parcerias Público Privadas (PPP), a coordenação do Programa de Investimento em Logística (PIL) – como forma de estimular o investimento de longo prazo.
"Avançamos muito nos últimos anos, mas ainda temos muito a fazer na área de infraestrutura. Precisamos aumentar nossa produtividade, sobretudo em um contexto de competição internacional cada vez mais acirrada, que nos impõe pressa e eficiência. Mas a nossa carência de infraestrutura não é justificativa para fazer investimentos a qualquer preço", disse ele, durante cerimônia de transmissão de cargo.
Segundo o ministro, o desafio é avaliar e viabilizar os projetos de investimento de forma justa, com foco em sua eficácia e eficiência. "O equilíbrio entre esses dois polos, entre a urgência do investimento e o custo e qualidade dos projetos, é o maior desafio que se coloca ao governo, não só ao executivo, mas também a todo sistema de supervisão e controle do Estado brasileiro", disse.
Acrescentou que o governo buscará soluções que agilizem a realização e reduzam custos dos projetos de infraestrutura, aumentando a participação privada no seu financiamento. "Ao mesmo tempo, fortaleceremos a transparência e os instrumentos de controle. Para isso contamos com a parceria do TCU e com o aperfeiçoamento nos marcos legais de compras governamentais, regulação e licenciamento", concluiu.

G1

Recuperada caixa negra do `Norman Atlantic´

norman

O ferry `Norman Atlantic,´ cujo incêndio matou pelo menos 13 pessoas e causou um número indeterminado de desaparecidos, atracou esta sexta-feira, no porto de Brindisi, no sudeste da Itália, onde a sua caixa negra foi recuperada.
O procurador do Ministério Público de Bari, Giuseppe Volpe, encarregado do inquérito em território transalpino, ordenou que o `Norman Atlantic´ fosse rebocado para Itália, para poder continuar a busca de eventuais cadáveres de passageiros clandestinos.
Ettore Cardinali, magistrado que está a conduzir o inquérito sob a direção do procurador Giuseppe Volpe, efetuou esta sexta-feira uma primeira inspeção rápida à embarcação, durante a qual a caixa negra foi recuperada.
«Por enquanto, não é possível entrar na casa das máquinas do ferry por razões de segurança, pois isso representaria riscos para todos», explicou Cardinali à comunicação social.

abola.pt

Abastecimento de energia em 2014 está garantido, diz o ONS

 

eletricidade2Brasília – O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, reiterou que o abastecimento de energia está garantido neste ano.

Segundo ele, se chover 70% da média esperada nos próximos três meses, os reservatórios das usinas hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste devem atingir um nível de 33% em abril.

Com essa quantidade de água armazenada, os reservatórios poderiam atravessar o período seco e chegar a um nível de 10% em novembro, suficiente para assegurar o suprimento de energia elétrica no País este ano.

Anne Warth, doEstadão Conteúdo

Índice abre 2015 baixo, com dúvidas sobre economia

 

economiaDilma em cerimônia de posse: "Não há disposição em se aumentar o investimento em ações no Brasil enquanto não se retomar a confiança", disse o analista Marco Aurelio Barbosa

Paula Arend Laier, daREUTERS

São Paulo – A Bovespa abriu 2015 com fortes perdas e giro reduzido, um dia após a presidente Dilma Rousseff tomar posse de seu segundo mandato, em meio à desconfiança do mercado antes do anúncio de medidas visando os amplamente aguardados ajustes na economia.

O quadro externo pouco ajudou, com dados de dezembro confirmando no feriado do Ano Novo a fraqueza na atividade industrial na China, enquanto indicadores na zona do euro e nos Estados Unidos apresentaram desaceleração da indústria.

O Ibovespa caiu 2,99%, a 48.512 pontos. O volume financeiro do pregão somou 5,3 bilhões de reais.

"Não há disposição em se aumentar o investimento em ações no Brasil enquanto não se retomar a confiança", disse o analista Marco Aurelio Barbosa, da CM Capital Markets.

"Não estou falando isso pelo movimento desta sexta-feira, porque com o volume reduzido não se pode assumir tendência. Mas a equipe econômica precisa começar a entregar resultado para que a confiança seja retomada aos poucos e os investidores se animem a voltar para o mercado", afirmou.

Na véspera, em seu discurso de posse, a presidente Dilma afirmou que a retomada do crescimento econômico do país passa pelo ajuste das contas públicas e que a corrupção precisa ser extirpada.

O ex-diretor do Banco Central Mario Mesquita, que comanda a área de economia do Banco Brasil Plural, avaliou que a fala de Dilma foi "econômica em autocrítica e generosa em promessas difíceis de cumprir, como um ajuste fiscal indolor".

"Foi, em um sentido amplo, consistente com a aparente mudança para uma nova política econômica mais próxima do mercado, mas com o habitual viés estatizante-nacionalista", disse Mesquita, em nota a clientes nesta sexta-feira.

Em Brasília, nesta manhã, o novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse que agora são necessários ajustes para a retomada do crescimento.

Os papéis da Petrobras, quem têm sinalizado o sentimento de agentes financeiros quanto ao novo governo, enquanto a companhia atravessa um gigante escândalo de corrupção, ficaram entre os principais destaques de baixas, com as preferenciais caindo 6,59%.

A queda do petróleo no exterior corroborou o viés de baixa para os papéis da estatal.

O setor financeiro também pressionou, com destaque para Banco do Brasil, caindo 4,71%. O Banco Central aprovou a parceria do banco com a empresa de cartões Cielo, mas proibiu o BB de lançar no balanço o impacto financeiro positivo de cerca de 3,2 bilhões de reais com a operação.

Ações do setor de educação também foram destaques negativos, em meio a mudanças nas regras do programa de financiamento ao ensino superior Fies, com Estácio e Kroton caindo 7,43 e 4,52%, respectivamente.

Os papéis da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) chegaram a liderar as poucas altas do índice, mas reverteram e fecharam em queda de 6,15%.

A empresa divulgou após o fechamento do último pregão de 2014, que seu conselho de administração renovou programa de recompra, com até 34,6 milhões de ações, que vai durar até 31 de março de 2015.

"Entendemos que o mais prudente para a companhia seria focar na melhora de alavancagem nesse momento", afirmou o BTG Pactual em nota a clientes. "Não apostamos que recompra seja totalmente executada", acrescentou.

O primeiro pregão de 2015 ainda incluiu o rebalanceamento do Ibovespa. A terceira prévia da carteira que vai vigorar de 5 janeiro a 30 abril confirmou a exclusão de Rossi Residencial , da Cosan Log e da Eletropaulo. Ao mesmo tempo foi confirmada a entrada de Multiplan.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Luta contra Ebola continua dura, mas pode ser vencida neste ano, diz ONU

Ebola-story

ACCRA (Reuters) – O mundo pode acabar com o surto de Ebola na África Ocidental até o fim deste ano, mas meses de trabalho árduo devem continuar, disse o coordenador da missão contra o Ebola da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta sexta-feira.

O surto, primeiramente identificado no sul remoto da Guiné no início de 2014, afetou seis países da África Ocidental, com Guiné, Serra Leoa e Libéria arcando com o peso das 20 mil infecções e aproximadamente 8 mil mortes.

Enfrentando críticas de que o mundo não estava fazendo o suficiente, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, estabeleceu a missão Resposta de Emergência ao Ebola (UNMEER, na sigla em inglês) em setembro para coordenar esforços globais.

"Nós não chegamos nem perto de acabar com a crise. Fizemos muito em 90 dias em uma resposta muito bem-sucedida, mas temos um caminho longo e difícil para percorrer", disse Anthony Banbury a jornalistas em Accra, onde a missão da ONU está baseada.

"Vai continuar não apenas por algumas semanas, porém mais alguns meses. Mas acredito que conseguiremos em 2015 e conseguiremos isso trabalhando de perto não apenas com os governos dos países, mas com as comunidades", disse ele.

Banbury será substituído pelo oficial veterano humanitário Ould Cheikh Ahmed, da Mauritânia, no sábado.

(Reportagem de Kwasi Kpodo)

Reuters

Papa pede união de todas as religiões contra a “escravatura moderna"

PAPA FRANCISCO
As "escassas" ou "inexistentes" oportunidades de trabalho são uma das causas da escravatura moderna, afirmou Francisco na primeira missa do ano.

O Papa Francisco pediu nesta quinta-feira que os fiéis de todas as religiões lutem "contra as formas modernas de escravatura", durante a homilia na missa que celebrou no Vaticano, por ocasião da Jornada Mundial da Paz. Fê-lo depois de no mês passado ter apelado aos consumidores para que não comprem artigos de baixo preço que possam ser produzidos em fábricas onde os trabalhadores podem ser forçados a trabalhar ou sujeitos a outras formas de exploração.

"Todos estamos destinados a ser livres, todos chamados a ser filhos, e cada um, de acordo com a sua responsabilidade, a lutar contra as formas modernas de escravatura", disse o pontífice argentino na Basílica de São Pedro, no Vaticano. No discurso associado à celebração da 48.ª edição da Jornada Mundial da Paz, que este ano tem por tema "Já não somos escravos, mas sim irmãos e irmãs", o Papa Bergoglio considerou que as "escassas" oportunidades de trabalho contribuem para o aparecimento de formas de escravatura moderna.

Esta mensagem vem reforçar o pedido que fez no passado dia 12 de Dezembro, quando disse que as empresas devem oferecer aos funcionários "condições de trabalho dignas e salários adequados" e classificou como forma de opressão moderna "a corrupção de quem está disposto a fazer qualquer coisa para enriquecer". Essa mensagem foi enviada aos chefes de Estado e Governos, instituições internacionais e paróquias católicas, diz a Reuters.

Na primeira missa do ano, o Papa Francisco mencionou como causas da "escravidão moderna" a pobreza, o sub-desenvolvimento e a exclusão, combinadas com a falta de acesso à educação ou "com a realidade caracterizada pelas escassas, para não dizer inexistentes, oportunidades de trabalho".

O índice global da escravidão, divulgado pela segunda vez em Novembro pela Fundação Walk Free, concluíu que existiam em todo o mundo 36 milhões que viviam como escravos: vítimas de tráfico humano e forçadas a trabalhar em bordéis, forçadas a trabalhar em fábricas ou a cumprir trabalhos duros, vítimas de dívidas abusivas ou mesmo nascidas em cativeiro. Os lucros do trabalho forçado estão estimados em 150 mil milhões de dólares anuais pela Organizacao Mundial do Trabalho.

O Papa afirmou ainda que a corrupção "acontece no centro de um sistema económico onde está o deus dinheiro e não o homem, a pessoa". Apontando a prostituição e o tráfico de órgãos como formas de escravidão moderna, o Papa estacou que o “direito de toda a pessoa a não ser submetida à escravidão, nem à servidão” deve ser "reconhecido como um direito internacional como norma irrevogável".

O Papa Bergoglio, que fez da defesa dos direitos dos imigrantes uma das suas bandeiras, voltou a referir-se a eles na missa de Ano Novo. Referiu-se aos "muitos migrantes" que na sua viagem "sofrem a fome, se vêem privados da liberdade, despojados dos seus bens ou de quem se abusa física e sexualmente". Imigrantes que, "depois de uma viagem duríssima e com medo e insegurança, são detidos em condições às vezes inumanas" e se vêem "obrigados à clandestinidade por diferentes motivos sociais, políticos e económicos" ou, "com o objectivo de viver dentro da lei, aceitam viver e trabalhar em condições inadmissíveis".

Por último, referiu-se aos "conflitos armados, à violência, ao crime e ao terrorismo" para dizer que são "outras causas da escravatura". Insistiu que muitas pessoas são sequestradas para serem vendidas ou recrutadas como combatentes e exploradas sexualmente, enquanto outras se vêem forçadas a emigrar, deixando tudo o que possuem.

PÚBLICO

Ministros da Saúde e da Agricultura defendem manutenção orçamentária

arthur-chioro

Confirmado para permanecer na pasta da Saúde no segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse hoje (1º) que pretende iniciar a implementação do Programa Mais Especialidades ainda em 2015. O programa, uma das promessas de campanhas de Dilma, pretende criar uma rede de clínicas especializadas em todas as regiões do país.

Chioro falou com jornalistas durante a cerimônia de posse de Dilma, no Congresso Nacional, e disse que deve apresentar logo as diretrizes do programa para a presidenta. “Vamos apresentar, no inicio do ano, as diretrizes para Dilma, para ver se é este o caminho que iremos fazer para implementar”, disse o ministro, adiantando que a implementação do Mais Especialidades será feita de forma gradual.

“Pretendemos implementar já em 2015, mas de maneira incremental nos próximos anos; mas precisamos primeiro fazer uma pactuação entre municípios e estados, porque o governo federal não executa as ações de serviços de saúde na ponta, são os estados e municípios”, complementou.

Chioro disse que espera um forte debate político entre governo e oposição nos próximos anos, mas ressaltou que se sente confortável para dialogar com os deputados e senadores, da base e da oposição, os rumos da política de saúde do país, e citou como exemplo o Mais Médicos.

“Mesmo um programa tão polêmico, que trouxe tanta discussão no cenário nacional, teve ampla aprovação na Câmara dos Deputados e no Senado, e se transformou em um marco legal”, argumentou. “Tenho convicção de que vamos ter margem para fazer o diálogo democrático, mas, acima de tudo, não atrasar a tomada de decisões importantes para fazer mudanças substantivas na sociedade brasileira”, concluiu.

O ministro disse ainda não acreditar em corte orçamentário para as ações de saúd,e e acredita que será mantido o que está previsto na Constituição. “O que não impede que a sociedade brasileira e o Congresso Nacional possam discutir que padrão de financiamento desejam para o sistema de saúde”, destacou.

A nova ministra da Agricultura, Kátia Abreu, também comentou os desafios para 2015. Ela disse que mesmo com os ajustes na política econômica não espera que a sua pasta sofra corte no Orçamento. “Eu acredito muito que a equipe econômica tem consciência da resposta muita rápida que o agronegócio pode dar ao país”, disse.

Editor Stênio Ribeiro

Agência Brasil

Hackers da Sony agora ameaçam ataque à CNN, segundo site

cnn
O grupo de hackers que atacou a Sony Pictures, que se auto-intitula Guardiães da Paz, expandiram as suas ameaças para uma organização de notícias norte-americana, de acordo com uma nota do FBI. Assim que a notícia foi divulgada, a imprensa americana começou imediatamente a identificar a CNN como o novo alvo.

As suspeitas caíram sobre o canal de notícias após a emissora e o apresentador Wolf Blitzer terem sido especificamente insultados em documentos do grupo. Tais papéis foram descobertos no site de partilha de arquivos Pastebin.
 
No memorando do FBI, os hackers referem-se à Sony como «USPER1» e ao novo alvo, que seria a CNN, como «USPER2». As informações são do site de notícias The Wrap, especializado no mundo do entretenimento.
 
Como o site relatou anteriormente, a empresa proprietária da CNN, a Turner Broadcasting, mandou os seus funcionários alterarem as suas senhas de trabalho antes do Natal, influenciada pelos factos ocorridos com a Sony.
 
O ataque hacker à Sony Pictures revelou ao mundo documentos sigilosos da empresa, salários de artistas e até comentários ofensivos a estrelas como Angelina Jolie, Leonardo Di Caprio e até injúrias raciais contra o presidente Barack Obama.

 

diariodigital.sapo.pt

Petróleo tem nova queda em seu pior ano desde 2008

petroleo12_reutersOs preços do petróleo registraram em 2014 seu pior ano desde 2008 em Nova York e Londres, afetados pelo excesso de oferta mundial e pelas perspectivas sombrias envolvendo a demanda, uma tendência confirmada nesta quarta-feira, com uma nova queda.

O barril do cru leve (WTI) para entrega em fevereiro caiu 85 centavos, a 53,27 dólares, na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), um mínimo de fechamento desde 1º de maio de 2009. No conjunto do ano, a queda foi de 46%.

Em Londres, o barril do Brent do Mar do Norte para entrega em fevereiro fechou em 57,33 dólares na Intercontinental Exchange (ICE), alcançando níveis inéditos de fechamento em cinco anos e meio, com uma queda de 48% no ano.

Os preços do petróleo, que desestabilizaram os mercados financeiros e as economias de países produtores, como Rússia e Venezuela, experimentaram a maior queda desde 2008, quando perderam mais da metade de seu valor em plena crise financeira.

A produção americana de cru se situa em níveis recordes em 30 anos, com mais de 9 milhões de barris por dia (MBD).

Na semana que terminou em 26 de dezembro, os Estados Unidos produziram 10,2 MBD de gasolina e 5,3 MBD de destilados, um recorde desde 1982, ano das primeiras estatísticas semanais do Departamento de Energia (DoE).

A perspectiva de aumento da oferta líbia ou iraquiana, que se soma ao enfraquecimento da demanda, tanto na Europa quanto na Ásia, e a valorização do dólar, convenceram os investidores a abandonar em massa o mercado.

Petroleiras como ConocoPhillips ou Continental Ressources já reduziram os investimentos para 2015, enquanto a American Eagle Energy anunciou nesta quarta-feira a suspensão de novas perfurações.

AFP

Câncer surge com mais frequência devido ao azar do que a causas genéticas, afirmam pesquisadores

cancer2O câncer surge com frequência por "azar do paciente", devido a mutações aleatórias que acontecem no processo de divisão celular, e não por causas genéticas ou hábitos de risco, afirmaram pesquisadores americanos nesta quinta-feira.

O estudo, publicado na revista "Science" e realizado por cientistas da Universidade Johns Hopkins, é baseado em um modelo de estatística que leva em conta uma grande variedade de tipos de câncer.

Ele exclui, no entanto, o câncer de mama, o mais frequente entre as mulheres, e o de próstata, o mais comum entre os homens, depois do de pele.

Dois terços dos cânceres produzidos em adultos podem ser explicados por mutações genéticas aleatórias que fazem com que os tumores cresçam, enquanto um terço é consequência de fatores genéticos ou hábitos de risco.

"Este estudo mostra que se pode aumentar as chances de ter câncer quando se é fumante ou se tem maus hábitos", disse um dos autores da pesquisa, Bert Vogelstein, professor de oncologia na universidade Johns Hopkins.

"Mas numerosas formas de câncer se devem, principalmente, ao azar e à mutação de um gene que provocará um tumor maligno, sem relação alguma com os hábitos de vida ou fatores hereditários", assinalou.

Os pesquisadores analisaram o processo natural de renovação celular, que permite ao corpo humano substituir as células que morrem nos diferentes órgãos.

Há tempos, os cientistas sabem que, quando as células-tronco cometem erros ou mutações, um câncer pode ser produzido, mas esta nova pesquisa é a primeira a tentar compreender a proporção de casos de câncer gerados por este processo em relação aos que surgem devido à genética ou a hábitos de risco.

"Mudar nossos hábitos de vida será muito útil para evitar alguns tipos da câncer, mas não terá nenhuma eficácia em outros", observou Cristian Tomasetti, biomatemático e professor de oncologia na Johns Hopkins. "Deveríamos destinar mais recursos a detectar estes tipos de câncer aleatórios em seu estágio inicial

AFP

Dilma defende na posse ajustes na economia para país crescer e reforma política

dilmaposse

Por Maria Carolina Marcello e Nestor Rabello

BRASÍLIA (Reuters) – A presidente Dilma Rousseff afirmou em seu discurso de posse, nesta quinta-feira, que a retomada do crescimento da economia brasileira passa pelo ajuste nas contas públicas, que prometeu fazer com o menor sacrifício para os mais pobres.

Dilma, de 67 anos, assume o segundo mandato depois da mais acirrada eleição presidencial desde a redemocratização e sob fortes críticas pela estagnação da economia e em meio ao maior escândalo de corrupção da história do país.

Ao ser reempossada presidente no Congresso Nacional, voltou a defender a reforma política e também afirmou que conta com o apoio de sua base aliada no Legislativo para promover as mudanças que pretende fazer no novo período de governo.

"Mais que ninguém sei que o Brasil precisa voltar a crescer. Os primeiros passos desta caminhada passam por um ajuste nas contas públicas, um aumento na poupança interna, a ampliação do investimento e a elevação da produtividade da economia", disse Dilma em seu discurso, que durou mais de 40 minutos.

"Faremos isso com o menor sacrifício possível para a população, em especial para os mais necessitados", acrescentou.

Dilma, a primeira mulher presidente do Brasil, assumiu o segundo mandato ao lado de seu vice, Michel Temer, e tem pela frente um cenário de fragilidade econômica e incerteza política.

Ao assumir o mandato anterior, em 2011, Dilma se beneficiava da economia crescendo 7,5 por cento. Enquanto em 2014, a economia deve expandir só 0,2 por cento, segundo previsão do Banco Central.

O cenário para as contas públicas também é desfavorável para a presidente, que teve de enfrentar uma dura batalha no Congresso no final de 2014 para aprovar uma mudança na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) que, na prática, desobrigou o governo de realizar um superávit primário no ano passado.

Assim como fez no discurso de posse para seu primeiro mandato em 2011, Dilma voltou a defender a necessidade de uma reforma política e, em um momento que parece refém de sua base aliada no Parlamento, disse contar com o apoio dos partidos que compõem sua base.

"Sei que conto com o forte apoio da minha base aliada, de cada liderança partidária de nossa base e com os ministros e ministras que estarão, a partir de hoje, trabalhando ao meu lado pelo Brasil, discursou a presidente.

"É inadiável, também, implantarmos práticas políticas mais modernas e éticas e, por isso mesmo, mais saudáveis. É isso que torna urgente e necessária a reforma política. Uma reforma profunda que é responsabilidade constitucional desta Casa, mas que deve mobilizar toda a sociedade na busca de novos métodos e novos caminhos para nossa vida democrática."

EXTIRPAR A CORRUPÇÃO

Dilma aproveitou seu discurso para propor um pacto nacional de combate à corrupção e, ao citar as denúncias de irregularidade na Petrobras , defendeu a apuração do caso, sem prejudicar a estatal, que ela classificou de "estratégica" para o país.

A presidente também anunciou que lançará no novo período de governo uma terceira versão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), uma segunda fase do programa de logística do governo federal e a construção de 3 milhões de unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida.

Dilma tratou também de política externa em seu discurso de posse e prometeu manter a prioridade para a América Latina e para países africanos, assim como da Ásia e dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

A presidente defendeu ainda como sendo de "grande relevância" o aprimoramento das relações do Brasil com os Estados Unidos, abaladas em seu primeiro mandato por conta do escândalo de espionagem da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA).

(Reportagem adicional de Eduardo Simões, em São Paulo)

Mais de 76.000 mortos na Síria em 2014 (ONG)

 siriamortos

Mais de 76.000 pessoas morreram na Síria em 2014, entre elas milhares de crianças, no que constitui até agora o ano mais sangrento do conflito interno que atinge o país.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), com sede na Grã-Bretanha, disse nesta quinta-feira que há o registro de 76.012 pessoas mortas em 2014, 3.501 das quais são menores, como resultado das revoltas contra o presidente Bashar al-Assad em 2011 que abriram caminho a uma sangrenta guerra civil.

Do total de mortos, 17.790 são civis, 15.000 correspondem a combatentes rebeldes, enquanto os grupos jihadistas Frente al-Nosra, braço da Al-Qaeda na Síria, e o grupo Estado Islâmico (EI) registraram 17.000 baixas.

Segundo a ONG, ao menos 22.627 combatentes leais ao governo, grupo que inclui soldados e milícias, morreram.

Em 2013, 73.447 pessoas morreram, enquanto no ano anterior foram registradas 49.294 vítimas e em 2001 7.841 mortos.

"Neste ano constatamos um aumento do número de jihadistas estrangeiros mortos", disse à AFP Rami Abdel Rahmane, diretor do OSDH, em referência ao fortalecimento do EI em 2014, período no qual conseguiu controlar vastos territórios na Síria e no Iraque.

Já o OSDH informou que estes números não incluem as milhares de pessoas desaparecidas depois de caírem nas mãos dos jihadistas ou presas em cadeias estatais.

AFP

Crise de energia deve piorar em 2015

eletricidade1

(Foto: AFP)
As dificuldades de abastecimento de água e de geração de energia enfrentadas ao longo de 2014 tendem a se intensificar neste ano. Dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apontam que, mesmo que as chuvas deste verão fiquem muito acima da média histórica – o que não está previsto -, o país terá em 2015 um cenário muito pior que há 12 meses.
O ano começa com os reservatórios da Região Sudeste/Centro-Oeste com apenas 19% do total de suas capacidades. É menos da metade da quantidade de água que esses reservatórios tinham um ano atrás, quando registravam 43% de armazenamento em 1.° de janeiro de 2014.No Nordeste, os dados reconstroem o cenário preocupante de 2014, com 33% do volume útil "guardado" nas principais bacias hidrográficas da região.
O governo contava com um volume de chuvas superior à média histórica para tentar recompor, minimamente, as condições dos reservatórios das principais regiões consumidoras. O histórico registrado até agora, no entanto, apresenta chuvas dentro da média, situação que tende a se repetir neste mês, segundo informações meteorológicas analisadas pelo ONS.

A previsão para o Sudeste é que chova, em janeiro e fevereiro, 90% da média. A estimativa se baseia em histórico dos últimos 83 anos. Para o Nordeste, a média esperada para os dois meses é de 63%. As Regiões Norte e Sul do País terão bons volumes de chuva e, mais uma vez, não têm riscos ao abastecimento.
O ano de 2014 entra para a história do setor elétrico como o pior dos últimos 83 anos (a medição do volume de chuvas pelo governo teve início em 1931) para algumas das principais bacias hidrográficas do País, como Rio Grande e São Francisco, responsáveis por abastecer 25% e 96%, respectivamente, das Regiões Sudeste/Centro e Nordeste. A situação nessas bacias só não foi pior por conta de reduções de vazão de água determinadas pelo ONS ao longo do ano para garantir o uso da água para abastecimento humano e geração de energia.
Obras. Sem previsão de ter obras estruturais prontas em 2015 para garantir a oferta de água nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste, como a interligação dos reservatórios de Jaguari e Atibainha, prevista para 2016, cresce o risco de que medidas de racionamento tenham de ser tomadas para essas regiões. O governo garante não haver razões para preocupação.
O ONS estima que, até o fim de março, há condições de fechar o verão com 34% do volume útil nos reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste. Com essa quantidade de água, diz o presidente do operador, Hermes Chipp, é possível atravessar mais um ano de estiagem severa sem necessidade de tomar medidas de racionamento de energia. Em março, o Sudeste/Centro-Oeste tinha 36% do volume máximo de armazenamento.
Térmicas
Na prática, o setor elétrico coloca todas as suas fichas nas chuvas dos próximos três meses, dado que não poderá contar com grande expansão do parque gerador de usinas térmicas em 2015. Novos projetos de geração térmicas devem entrar em operação apenas nos anos seguintes. Hoje, a capacidade total dessas usinas está em torno de 20 mil megawatts (MW). Há pelo menos cinco meses, o governo tem utilizado a capacidade máxima dessas geradoras, algo em torno de 16 mil MW, já que uma média de 4 mil a 5 mil MW passa mensalmente por processos de manutenção.
De acordo com as orientações técnicas do ONS, o uso intensivo das térmicas deve prosseguir neste início de 2015, bem como o acionamento das grandes hidrelétricas das Regiões Sul e Norte do País, como Itaipu e Tucuruí, principalmente. O propósito é armazenar a maior quantidade possível de água no Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.
O que deve ajudar a aliviar a situação é a entrada em operação de novas turbinas das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, no Rio Madeira (RO). As duas usinas estão numa região onde há grande volume de água, principalmente no período seco das Regiões Sudeste e Nordeste. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Por André Borges | Estadão

Cid Gomes será supervalorizado no segundo governo Dilma

 

cid-gomes

O lema “Brasil Pátria Educadora”, anunciado na tarde desta quinta-feira (1º) pela presidente Dilma Rousseff como principal meta do seu segundo governo, aponta para uma supervalorização do Ministério da Educação, que tem à frente o cearense Cid Gomes. Mais cedo, no Palácio da Abolição, em Fortaleza, durante a transição do governo do Ceará, Cid Gomes revelou que a Educação Básica será prioridade em sua pasta.

Dilma Rousseff também reafirmou a necessidade de uma reforma política, que “estimule o povo brasileiro a retomar o seu gosto pela política”. A presidente reconheceu, no entanto, que as mudanças que o país espera para os próximos quatro anos dependem da estabilidade da economia. “Em todos os anos do meu governo, a inflação permaneceu abaixo da meta”, destacou. “O Brasil a sétima economia do mundo e o quinto país que mais atrai investimentos estrangeiros”, lembrou.

A presidente também prometeu a universalização do acesso a uma internet de qualidade e barata.

O povo

Novo Simples Nacional passa a valer a partir desta quinta-feira

novosimples

A partir desta quinta-feira (1º), micro e pequenas empresas terão diminuidas a carga tributária e a burocracia para a gestão de suas atividades. Isso porque entrarão em vigor novos aspectos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que sofreu alterações em 2014. Cerca de 450 mil empresas, de 140 atividades e com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões poderão ser beneficiadas.

A principal mudança tem o objetivo de universalizar e unificar o sistema de tributação diferenciado para as micro e pequenas empresas, o Simples Nacional, conhecido como Supersimples. Haverá a unificação de oito impostos em um único boleto e a diminuição da carga tributária. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), essa diminuição será, em média, 40%.

Com as mudanças, a adesão ao Simples Nacional dependerá do porte e do faturamento da empresa, não mais da atividade exercida. Dessa forma, empresas prestadoras de serviços decorrentes de atividade intelectual, de natureza técnica, científica, desportiva, entre outras, poderão acessar o regime diferenciado. A medida beneficiará profissionais como médicos, advogados e jornalistas.

Para fazer a adesão, pequenos e médios empresários devem se cadastrar no site criado pela Receita Federal e preencher o formulário. No site, é preciso clicar em Solicitação de Opção e utilizar um Certificado Digital ou o Código de Acesso fornecido via Internet, pela Receita Federal. Os procedimentos requerem o CNPJ da empresa e o CPF do responsável. A adesão é feita sem custos.

(Agência Brasil)

Foto oficial do governador dará lugar a fotos de cearenses nas repartições públicas

camilo

O governador Camilo Santana (PT) informou, nesta quinta-feira (1º), que não haverá foto do chefe do Executivo Estadual nas repartições públicas.

Segundo o governador, ao invés da foto oficial, haverá fotos de cearenses. “O servidor tem que saber que ele trabalha para os cearenses”, explicou Camilo Santana.

O fortalecimento político de Mirian Sobreira

miriansobreira

Mirian Sobreira assume a Secretária de Políticas sobre Drogas.

A deputada estadual Mirian Sobreira, agora secretária de estado, foi bastante cumprimentada por autoridades e políticos antes da solenidade de posse do governador Camilo Santana, na Assembleia Legislativa. Mirian deve se tornar ao longo dos próximos anos, uma das principais lideranças da Região Centro-Sul do Estado.
A prova disso foi que sob sua liderança, a oposição de Iguatu quebrou a oligarquia dominada há mais de uma década pelo ex-prefeito e agora também deputado Agenor Neto (PMDB). A não realização do Natal de Luz depois de 9 anos consecutivos e a eleição da Câmara Municipal de Iguatu, vencida pela oposição, são indicativos de que Mirian Sobreira está fortalecida.
Fora da Região Centro-Sul, a deputada tem prestígio junto ao governador Camilo Santana e principalmente, perante ao clã dos Ferreira Gomes. Nesta gestão, a deputada foi prestigiada com a secretaria de Políticas sobre Drogas, tendo portanto, mais uma oportunidade de mostrar suas habilidades políticas e técnica, já que é enfermeira. Mirian tem demonstrado fidelidade ao aceitar o desafio de comandar importante pasta e ao mesmo tempo abrir vaga para suplente, como era desejo de Camilo Santana.

Flavio Pinto News

Municípios que não cumpriram meta devem manter vacinação

Polio_Sarampo_2014

A Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo e Pólio se encerra nesta quarta-feira (31), mas a orientação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) é para que os municípios que não atingiram a meta mínima de cobertura de 95%, estabelecida pelo Ministério da Saúde (MIS), continuem vacinando as crianças na faixa etária de seis meses a menores de 5 anos. A Coordenação Estadual de Imunizações também recomenda aos municípios a realização do Monitoramento Rápido de Coberturas (MRC) para garantir a homogeneidade da cobertura vacinal em todas as subfaixas etárias – 6 meses a menores de 1 ano, 1 ano, 2 anos, 3 anos e 4 anos a menores de 5. Pelo critério da homogeneidade, ainda há crianças que precisam ser imunizadas em todos os municípios cearenses, de acordo com relatórios do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

No Ceará, 174 municípios cumpriram a meta de vacinação contra o sarampo e a cobertura no Estado atingiu 109,63% da população-alvo, para 628.622 doses aplicadas, com homogeneidade de 94,57% nos municípios que atingiram a meta de vacinação. Contra a pólio, 156 municípios atingiram a meta de imunização, mas a cobertura vacinal no Estado ainda está abaixo da meta, em 94,76%, com 543.400 doses aplicadas e homogeneidade de 84,78%. A população na faixa etária da campanha de vacinação no Ceará é de 573.429 crianças. Para garantir a homogeneidade da vacinação, o Monitoramento Rápido de Coberturas faz averiguação da situação vacinal das crianças com a verificação o cartão de vacina. Esse trabalho é feito casa a casa, por meio de amostragem. A realização do MRC permite resgatar as crianças não vacinadas, ampliar as coberturas vacinais e melhorar a homogeneidade de coberturas vacinais no município e entre os municípios.

A campanha de vacinação contra o sarampo no Ceará foi antecipada por conta dos casos da doença registrados a partir de dezembro de 2013. O número de crianças imunizadas contra a doença é superior à população-alvo por conta daquelas que, ao longo da campanha antecipada e iniciada em fevereiro, entraram e saíram da faixa etária. Desde 25 de dezembro do ano passado foram confirmados no Estado  573 casos da doença. Os casos confirmados estão distribuídos em 25 municípios, a maioria deles em Fortaleza, com 227 confirmações. Conforme o boletim epidemiológico da Sesa, foram confirmados casos da doença no mês de novembro em Fortaleza e Maranguape. Os casos notificados em novembro e que estão em investigação estão distribuídos em oito municípios – Senador Sá, Fortaleza, Granja, Caucaia, Pacajus, Alcântaras, Maracanaú e Sobral.

 

Assessoria de Comunicação da Sesa

Camilo Santana é empossado governador do Ceará

camiloposse1

A assinatura do termo de transmissão de cargo para o governador Camilo Santana foi realizada na manhã desta quinta-feira (01/01), em uma cerimônia que reuniu uma multidão de pessoas na área externa do no Palácio da Abolição. Camilo chegou acompanhado de sua esposa, a primeira-dama Onélia Leite, e sua família. Em seguida, dirigiu-se à entrada do Palácio para passar a tropa em revista.

Na sequência, o governo foi recebido ao som de “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga, por um grupo de músicos de 14 municípios do Estado, liderado pelos instrumentistas Rodolf Forte e Marcos Farias. A cerimônia contou ainda com um ato ecumênico, realizado pelo padre Ivan Santos e o pastor Mário Levi, que fizeram uma oração e abençoaram a gestão de Camilo.

Cid Gomes fez um último discurso como governador e agradeceu a equipe que esteve durante seu governo. Ele ainda disse que acredita no trabalho de Camilo Santana. “Acredito em você porque sei que você tem competência, espírito público e muita vontade de trabalhar”, afirmou.

Já como governador empossado, Camilo Santana fez seu primeiro pronunciamento e agradeceu o povo cearense pela confiança depositada nele. Bastante emocionado, Camilo agradeceu ao pai e disse tê-lo como inspiração. E dedicou, ainda, um agradecimento aos cearenses que o elegeram. “Agradeço a todos aqueles que incansavelmente e cheios de sonhos empunharam bandeiras e vestiram a camisa de nosso projeto, que não tem outra finalidade se não ajudar principalmente àqueles que mais precisam”, disse Camilo.

Cid Gomes também foi lembrado em seu discurso e afirmou que continuará o legado deixado por ele durante os oito anos de governo. “Seu legado me motiva ainda mais para o Ceará seguir avançando”, disse. Por fim, Camilo convidou os secretários para tomar posse, acompanhado do som da Orquestra Sinfônica da UFC. Na ocasião, Camilo deu posse aos seus secretários de governo.

Assembleia

Antes da transmissão de cargo, o governador Camilo Santana tomou posse na Assembleia Legislativa do Ceará, em solenidade comandada pelo presidente da ALCE, deputado Zezinho Albuquerque. Em discurso, Camilo reafirmou a parceria com o Parlamento e destacou o compromisso dos dois poderes com a construção do bem comum. "Parto, neste momento, para o maior desafio da minha vida: governar o meu Ceará. E muito do que levo para esta nova etapa é fruto do que aprendi nesta Casa. No exercício democrático do dia a dia do Parlamento. No reafirmar cotidiano do compromisso com a sociedade", destacou.

Crédito das fotos: José Wagner e Carlos Gibaja

Clique aqui e veja na íntegra, o discurso de posse do governador Camilo Santana:

 

Assessoria de Comunicação
Camilo Santana – Governador Eleito


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

agosto 2015
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2015 Chapada do Araripe - -