PETI prepara ações contra trabalho infantil durante Romaria de Nossa Senhora das Candeias

 

Petijn

A coordenação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), se prepara para realizar ações que visam coibir a exploração da mão de obra infantil, durante o período da Romaria de Nossa Senhora das Candeias que acontece de 29 de janeiro a 2 de fevereiro, em Juazeiro do Norte.

Com o tema: “Romeiro amigo da criança não dê esmola, dê cidadania”, o Peti  vai retirar das ruas, crianças e adolescentes que estiverem prestando algum tipo de serviço ou trabalho e encaminhá-los para  ações recreativas nas dependências do Sesc.

Também serão oferecidas ações de atendimento psicossocial e atividades esportivas com a supervisão de orientadores e facilitadores do PETI. 

PMJN

SKY/Basquete Cearense tem difícil duelo em Uberlândia nesta quinta-feira (23)

BasqueteEmbalado pela emocionante vitória sobre o Mogi das Cruz/Helbor, conquistada nos segundos finais, no último sábado (17), o SKY/Basquete Cearense enfrenta o forte Unitri/Magazine Luiza/Uberlândia, nesta quinta-feira (23), às 20 horas, na casa do adversário, pela primeira rodada do returno do NBB 6. Apesar de reconhecer toda a força do adversário, sexto colocado no torneio nacional, a equipe comandada pelo técnico Alberto Bial está confiante em conseguir um grande resultado jogando no Triângulo Mineiro.

 Um resultado positivo deixa a equipe de Fortaleza mais próxima dos playoffs.

Hoje, o SKY/Basquete Cearense, que depois jogará contra o Vivo/Franca, novamente fora de casa, no próximo sábado, é o 10° colocado e teria lugar garantido na próxima fase da competição.

”O time está cada vez mais encorpado, um jogando para o outro. Vai ser uma partida dura, porque jogar com eles fora é ainda mais complicado. Mas o nosso time está voltando bem no campeonato e a gente vai lá para ganhar”, comenta o ala/pivô e capitão do SKY/Basquete Cearense Felipe Ribeiro, que converteu a cesta decisiva na última rodada.



Para buscar mais uma vitória no NBB, uma das estratégias do time de Fortaleza é anular um dos pontos mais fortes do Unitri/Magazine Luiza/Uberlândia: a eficiência do ala norte-americano Robert Day.

”Contra o time de Uberlândia, temos que tentar fazer o que fizemos na última partida: uma defesa forte. Vamos tentar imprimir o nosso ritmo na casa deles e segurar o Robert Day. Eles têm também um outro americano (o ala Rashad McCants, contratado recentemente), que é uma incógnita. Mas a gente sabe que o Robert Day vai querer chutar e ele é um cara que desequilibra. Se deixar, faz 50 pontos”, alerta o ala Jimmy, cestinha da equipe no último jogo, com 17 pontos.



A novidade do SKY/Basquete Cearense para encarar o Unitri/Magazine Luiza/Uberlândia é a volta do pivô Drudi, que não enfrentou o Mogi das Cruzes/Helbor, no último sábado, por causa de um problema no joelho esquerdo.



Próximos jogos do SKY/Basquete Cearense no NBB 6:



23/01/2014: Unitri/Magazine Luiza/Uberlândia x SKY/Basquete Cearense


25/01/2014: Vivo/Franca x SKY/Basquete Cearense


30/01/2014: SKY/Basquete Cearense x Uniceub/BRB/Brasília


01/02/2014: SKY/Basquete Cearense x Universo/Goiânia


06/02/2014: Palmeiras/Meltex x SKY/Basquete Cearense


08/02/2014: Pinheiros/SKY x SKY/Basquete Cearense


13/02/2014: SKY/Basquete Cearense x Liga Sorocabana


15/02/2014: SKY/Basquete Cearense x Paulistano/Unimed

25/02/2014: Icatu/Minas x SKY/Basquete Cearense


27/02/2014: Espírito Santo/Basquetebol x SKY/Basquete Cearense


08/03/2014: SKY/Basquete Cearense x São José/Unimed/Vinac


13/03/2014: Winner/Kabum/Limeira x SKY/Basquete Cearense


15/03/2014: Paschoalotto/Bauru x SKY/Basquete Cearense


20/03/2014: SKY/Basquete Cearense x Macaé Basquete


22/03/2014: SKY/Basquete Cearense x Flamengo


29/03/2013: Mogi das Cruzes/Helbor x SKY/Basquete Cearense




 

Resultados do SKY/Basquete Cearense no NBB 6:



14/11/2013: SKY/Basquete Cearense 86 x 96 Unitri/Magazine Luiza/Uberlândia


16/11/2013: SKY/Basquete Cearense 80 x 65 Vivo/Franca


21/11/2013: Uniceub/BRB/Brasília 88 x 75 Basquete Cearense/SKY


23/11/2013: Universo/Goiânia 75 x 63 SKY/Basquete Cearense

28/11/2013: SKY/Basquete Cearense 70 x 69 Palmeiras/Meltex


30/11/2013: SKY/Basquete Cearense 94 x 97 Pinheiros/SKY


05/12/2013: Liga Sorocabana 92 x 83 SKY/Basquete Cearense


07/12/2013: Paulistano/Unimed 94 x 79 SKY/Basquete Cearense


12/12/2013: SKY/Basquete Cearense 60 x 71 Icatu/Minas


14/12/2013: SKY/Basquete Cearense 78 x 60 Espírito Santo/Basquetebol


21/12/2013: São José/Unimed/Vinac 54 x 71 SKY/Basquete Cearense


05/01/2014: SKY/Basquete Cearense 73 x 64 Winner/Kabum/Limeira


07/01/2014: SKY/Basquete Cearense 84 x 80 Paschoalotto/Bauru


11/01/2014: Macaé Basquete 80 x 74 SKY/Basquete Cearense


13/01/2014: Flamengo 72 x 69 SKY/Basquete Cearense


18/01/2014: SKY/Basquete Cearense 71 x 69 Mogi das Cruzes/Helbor


Mais

Informações para a imprensa





Vacinação contra HPV na rede pública começa em 10 de março

Brasília – A vacinação de meninas de 11 a 13 anos contra o papiloma vírus humano (HPV) na rede pública de saúde vai começar no dia 10 de março. O anúncio foi feito hoje (22) pelo Ministério da Saúde. O vírus é uma das principais causas do câncer de colo de útero, o terceiro tipo mais frequente de câncer entre mulheres, atrás apenas do câncer de mama e do câncer de cólon e reto.
 

VacunaVPH

Vacinação contra HPV começa em marçoElza Fiúza/Agencia Brasil

A meta do governo é imunizar 80% de um total de 5,2 milhões de meninas. A vacina estará disponível em 36 mil postos de saúde da rede pública durante todo o ano, como parte da rotina de imunização. Para se vacinar, basta apresentar o cartão de vacinação ou um documento com foto. A imunização é feita em três doses: a segunda vem seis meses depois da primeira e a terceira, cinco anos após a primeira.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização, Carla Domingues, ressaltou que a vacina tem caráter preventivo e não substitui a realização do exame conhecido como papanicolau, nem o uso de preservativo em relações sexuais.

Já o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, lembrou que a orientação da pasta é que as secretarias estaduais e municipais de saúde promovam a vacinação em parceria com as secretarias de educação, com estratégias de imunização dentro de escolas públicas e particulares.

“Todos os estudos mostram que nessa faixa etária, de 9 a 13 anos, é quando, ao se aplicar a vacina, a produção de anticorpos tem maior intensidade. Chegamos ao nível máximo de proteção que essa vacina pode gerar contra o HPV”, explicou.

Segundo o ministério, a capacitação a distância de profissionais de saúde e de professores deve começar em fevereiro. As escolas também devem reforçar a importância da imunização, distribuindo um guia prático sobre a o vírus para adolescentes, pais e professores.

Para o primeiro ano da imunização, o governo adquiriu 15 milhões de doses. A vacina utilizada será a quadrivalente, recomendada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que oferece proteção contra quatro subtipos do HPV (6, 11, 16 e 18). Os subtipos 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo de útero em todo o mundo. De acordo com a pasta, em 2015, a vacina será oferecida para adolescentes de 9 a 11 anos.

Para a produção da vacina, o ministério firmou parceria com o Instituto Butantan e com um laboratório privado. Será investido R$ 1,1 bilhão na compra de 41 milhões de doses durante cinco anos – período necessário para a transferência de tecnologia. A parceria, segundo o governo, possibilitou uma economia estimada em R$ 83,5 milhões.

O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com a pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. O vírus também pode ser transmitido de mãe para filho no momento do parto. A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença, sendo 32% infectadas pelos subtipos 16 e 18.

Em relação ao câncer de colo de útero, a estimativa é que 270 mil mulheres morrem todos os anos devido à doença. No Brasil, o Instituto do Câncer (Inca) estima que devem surgir 15 mil novos casos da doença e 4.800 óbitos por esse tipo de câncer.

Paula Laboissière – Repórter da Agência BrasilDenise GriesingerBrasília

Dom Orani diz que situação de presídios é questão não resolvida no país

Domorani

Brasília – O arcebispo do Rio, dom Orani João Tempesta, após encontro com a presidenta Dilma Rousseff Elza Fiúza/Agência Brasil

Brasília – O arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani Tempesta, disse hoje (22) que a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) organiza para o dia 2 de fevereiro uma caminhada no Maranhão. O objetivo é chamar a atenção da sociedade para os problemas no sistema penitenciário do estado. Segundo ele, assim como a população, os bispos do Maranhão estão preocupados com a situação.

“Essa questão dos presídios é uma questão ainda não resolvida em nosso país. Por mais que haja novos presídios, novas tentativas, ainda não conseguimos resolver como fazer com que as pessoas sejam reeducadas, tenham uma maneira nova de convivência, que possam voltar para a sociedade. Os bispos do Maranhão, vendo o que está acontecendo, têm toda a necessidade de chamar a atenção para tentar resolver ou, pelo menos, encaminhar alguma solução”, destacou, ao sair de encontro com a presidenta Dilma Rousseff no Palácio do Planalto.

Além disso, de acordo com o arcebispo, eleito recentemente cardeal pelo papa Francisco, a Igreja pretende incrementar as parcerias nas ações de combate às drogas para “aumentar a qualidade de vida das pessoas”.

Dom Orani Tempesta esteve com a presidenta durante a manhã. “Vim para agradecê-la pelas mensagens que mandou por ocasião da minha nomeação, da minha eleição, seja pelo Twitter, seja pela televisão. Ela foi muito gentil ao falar ao povo todo na sua mensagem [à Rede Vida]. [Vim também] convidá-la para ir nos dias 22 e 23 [de fevereiro] a Roma para o Consistório, para a celebração do santo papa. Ela ficou bastante animada e talvez, se conseguir possibilidade, também irá a Roma.”

Durante o encontro, a presidenta relembrou com entusiamo a Jornada Mundial da Juventude. Sem dar detalhes, o cardeal disse que a ajuda financeira enviada pelo papa ainda está sendo transferida para pagar a dívida deixada pelo evento. Segundo ele, aos poucos o valor será quitado, mas ainda restarão outros empréstimos.

O cardeal disse que o tema eleições não foi tratado durante a conversa. Lembrou, no entanto, que a Igreja vai continuar trabalhando para esclarecer as pessoas para que tenham consciência na hora de votar.

Karine Melo – Repórter da Agência BrasilTalita CavalcanteBrasília

Presidente da Anfavea diz que crescimento do Brasil vai superar previsão do FMI

Grafico-barras-informacoes-estatisticas-1307461137

Brasília – O presidente da Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, detalhou hoje (22) para o governo as previsões de crescimento de 1,1% no setor em 2014, em comparação ao último ano, segundo relatório da entidade divulgado no início do mês. Moan esteve reunido pela manhã com o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, e também fez um balanço dos resultados do setor em 2013.

Com relação ao relatório do Fundo Monetário Internacional, que reduziu de 2,5% para 2,3% as expectativas de crescimento do Brasil para 2014, Moan enfatizou que não concorda com a previsão. “Tanto é que a formação bruta de capital [investimentos] este ano vai ser surpreendente,  e será crescente nos próximos anos. Quero lembrar que as últimas concessões foram feitas e os últimos leilões da parte de infraestrutura foram extremamente positivos”, avaliou.

Sobre 2013, Moan disse que “foi um ano excepcional para o setor, com recordes tanto no setor de autoveículos quanto no de máquinas, incluindo as vendas”.

O dirigente lembrou que, no caso do setor de máquinas, o resultado foi o recorde absoluto de comercialização no Brasil, com mais de 80 mil unidades. Na área de autoveículos, houve queda de 0,9% em comparação a 2012, mas mesmo assim, ressaltou, dentro de um patamar muito alto.

Moan também disse esperar que o governo dê resposta, ainda neste primeiro semestre, a algumas reivindicações do setor, como o Inovar-Autopeças, Inovar-Máquinas e Exporta-Auto. “No caso do Exportar-Auto, existem vários grupos formados para realizar os estudos dentro do governo”, informou.

De acordo com ele, o mecanismo que faltava para essas definições foi publicado na Medida Provisória 638, que trata, entre outros temas, da rastreabilidade. De acordo com a norma, publicada segunda-feira (20), os fornecedores de insumos estratégicos e de ferramentas para as empresas habilitadas ao Inovar-Auto e seus fornecedores diretos ficam obrigados a informar os valores e outras características dos produtos fornecidos.

“A rastreabilidade é primordial no programa de autopeças. Estamos caminhando bem, assim como a conjuntura”, garantiu.

Daniel Lima – Repórter da Agência BrasilDavi OliveiraBrasília

Mais de 500 mil imóveis foram financiados em 2013

Casa_propria3

São Paulo – Mais de meio milhão de imóveis foram financiados em 2013 com recursos atrelados à movimentação financeira do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) que levaram a um recorde do crédito imobiliário no valor de R$ 109,2 bilhões – 32% acima do montante alcançado em 2012. No ano anterior, o volume cresceu 3,6% e atingiu R$ 82,8 bilhões.

A maior parte dos desembolsos (R$ 76,9 bilhões) destinou-se à compra da casa própria cuja demanda aumentou 41%. Cerca de um terço do total (R$ 32,2 bilhões) refere-se ao custeio de construção de imóveis, 15% a mais que no ano anterior. O número de unidades financiadas no período de janeiro a dezembro de 2013 cresceu 17%, somando 529,8 mil, ante 453,2 mil, em 2012.

Apenas em dezembro último, houve expansão dos desembolsos de 7% com a liberação de crédito para aquisição de 50,9 mil imóveis. Os dados foram divulgados hoje (21) pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) que projeta para 2014 alta entre 15% e 20% nos desembolsos.

A oferta está diretamente ligada à captação líquida das cadernetas de poupança que também atingiu o maior volume histórico (R$ 54,3 bilhões) ou 46% a mais do que em 2012, elevando o saldo em 20%, para R$ 467 bilhões.

O presidente da entidade, Octávio de Lazari Júnior, atribuiu o bom desempenho do setor à manutenção do emprego e renda associada à queda na inadimplência, maior confiança do consumidor em sua capacidade de honrar pagamentos e ainda à oferta de crédito com juros mais baixos em relação às demais modalidades de empréstimos.

A tendência, segundo prevê a Abecip, é que o setor continue aquecido, embora com crescimento mais lento. Ele justificou que o segmento envolve empreendimentos de longo prazo e que, no ano passado, houve uma concentração de entrega de imóveis.

Para quem vem adiando a compra por causa dos preços elevados dos imóveis, o executivo alerta que em 2014, a valorização deve acompanhar a inflação oficial medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA. Para Lazari Júnior, além da lei da oferta e procura, as cotações tiveram a interferência de valores agregados como áreas de convivência, com piscinas, quadras de esportes entre outras benfeitorias.

“O mercado não vive uma bolha porque o brasileiro por natureza compra o imóvel para morar e a maior parte troca a despesa de aluguel por uma despesa de financiamento de imóvel”, esclareceu Octávio. Segundo ele, em média os mutuários amortizam a dívida com uma entrada equivalente a 35% do valor do imóvel e por isso a inadimplência é baixa no setor – em torno de 1,8%.

O executivo acrescentou que os agentes financeiros sempre ficam atentos para evitar riscos como os que afetaram as economias dos Estados Unidos e de países europeus e acenou para a possibilidade de praticamente dobrar a oferta de crédito imobiliário no Brasil nos próximos cinco anos, passando dos atuais 8,1% do Produto Interno Bruto (soma das riquezas geradas no país) para algo em torno de 15%.

 
Marli Moreira – Repórter da Agência BrasilDenise GriesingerSão Paulo

FMI reduz para 2,3% previsão de crescimento do Brasil neste ano

Grafico2

Brasília – O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu de 2,5% para 2,3% a previsão de crescimento para a economia brasileira neste ano. Para 2015, a estimativa foi reduzida de 3,2% para 2,8%. As projeções foram divulgadas em nova edição da publicação Perspectiva Econômica Mundial (World Economic Outlook, em inglês), divulgada hoje (21) pelo FMI.

De acordo com o FMI, a economia brasileira enfrenta um momento oposto em relação ao restante do mundo. O Fundo elevou de 3,6% para 3,7% a previsão de crescimento da economia global em 2014. Para o próximo ano, a perspectiva de expansão da economia do planeta foi mantida em 3,9%.

Na avaliação do Fundo Monetário Internacional, o aperto no crédito, que reduz o consumo, os gargalos na economia e a incerteza política, que reduz os investimentos, contribuíram para que a estimativa de crescimento fosse revisada para baixo não apenas no Brasil, mas nos países emergentes de forma geral. O fim dos estímulos na economia norte-americana, ressaltou o relatório, tornará países com rombos nas contas externas, como o Brasil, ainda mais vulneráveis a riscos em 2014.

“Economias com fraquezas internas e déficit nas contas externas estão particularmente expostas. As taxas de câmbio devem ser depreciadas [aumentando o valor do dólar em relação ao real] em resposta à deterioração das condições de financiamento externas”, destacou o FMI.

O relatório recomenda que os países emergentes aumentem o rigor fiscal e melhorem o ambiente regulatório para estimular melhorias na infraestrutura. Segundo o FMI, somente essas medidas serão capazes de manter a confiança dos investidores internacionais e impedir a fuga de capital desses países.

De acordo com o FMI, a aceleração da economia mundial deve-se principalmente à recuperação dos países desenvolvidos, cujos mercados internos voltaram a crescer depois de anos de crise. O organismo, no entanto, recomenda que os Estados Unidos e a União Europeia não retirem rapidamente os estímulos concedidos nos últimos anos.

“Um crescimento mais forte é necessário para fazer o balanço de pagamentos ser reparado depois da crise e para reduzir riscos relacionados à crise. Na zona do euro, o Banco Central Europeu precisará levar em consideração medidas adicionais para esse fim”, ressalta o documento.

Wellton Máximo – Repórter da Agência BrasilNádia FrancoBrasília

Presidente do COI mostra confiança em Jogos Olímpicos no Rio

Jogos-olimpicos-Rio_ACRIMA20110113_0002_13

Brasília – O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, manifestou hoje (21) confiança na organização dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, marcados para em 2016. “Estamos bastante confiantes com o grande progresso visto nos últimos meses”, disse Bach. Segundo ele, também a presidenta Dilma Rousseff mostrou-se muito confiante com o andamento do processo. “É claro que o tempo é chave e que não temos nenhum  tempo a perder, mas a confiança da presidenta me deixou confiante na organização dos jogos”, cujo prazo será cumprido, ressaltou Bach, que foi recebido por Dilma nesta terça-feira no Palácio do Planalto. 

Thomas Bach destacou que a segurança é sempre uma preocupação em qualquer evento de grande porte, em qualquer lugar do mundo. De acordo com ele, a presidenta deixou muito claro que o governo  e as autoridades brasileiras vão cuidar para que os Jogos Olímpicos do Rio sejam seguros. “Os atletas e os turistas que virão ao Rio vão se sentir em segurança e aproveitar a hospitalidade dos brasileiros e dos cariocas”, acrescentou.


Para o presidente do COI, a experiência das Olimpíadas de 2016 vai transformar o Rio de Janeiro. “Eu tenho certeza de que, depois dos Jogos, a população do Rio, como fez a de Barcelona, vai dizer que as Olimpíadas deixaram a cidade melhor – como se fosse possível melhorar o Rio – mas os Jogos vão deixar uma cidade melhor do a que eles encontraram”, apostou.


Bach lembrou que, nos Jogos de 2016, atletas de 204 países estarão juntos na Vila Olímpica, o que se traduz em uma mensagem antidiscriminação e  antirracismo, de tolerância e respeito.  “Essa mensagem é que o há de melhor nos Jogos Olímpicos, deixando exemplo para as novas gerações.”


Também participaram do encontro o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador do Rioo, Sérgio Cabral, os presidentes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Artur Nuzman, e da Autoridade Pública Olímpica, Fernando Azevedo Silva, e o vice-presidente do Rio 2016, Bernard Rajzman.


Karine Melo Nádia Franco Brasília

Praticantes de candomblé e evangélicos se unem contra intolerância religiosa

Mobiliacao

Rio de Janeiro – Pela primeira vez nos últimos 14 anos, líderes do candomblé, da umbanda e da Igreja Evangélica Neopentecostal se reúnem em um mesmo evento. Organizado pela Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), o show Cantando a Gente se Entende trará bandas de várias religiões para celebrar a convivência entre os credos e a liberdade religiosa.

O evento marca as comemorações do Dia Nacional da Liberdade Religiosa, celebrado hoje (21) e criado em homenagem à sacerdotisa do candomblé Gildásia dos Santos. Ela foi vítima de perseguição por uma igreja neopentecostal e enfartou ao ser acusada de charlatanismo, em 2000.

Nos últimos anos, o interlocutor da CCIR babalawo Ivanir dos Santos avalia que fiéis de religiões diferentes se tornaram mais tolerantes, mas que, institucionalmente, igrejas ainda são hostis a segmentos religiosos de matriz africana, principalmente. “Satanizam nossas crianças na escola, demonizam nossa cultura religiosa e popular como o samba e a capoeira e nossos rituais”, disse.

Instalada no Brasil há 12 anos, a Igreja Evangélica Voz de Deus, da corrente neopentecostal, será a primeira a se juntar ao evento da comissão. O pastor presidente Ayo Balogun, de origem nigeriana, avalia que é preciso vencer as barreiras do preconceito no Brasil. “As igrejas tem que unir os seres humanos e não deixar de amar pessoas que não praticam a mesma fé que a nossa”, declarou.

Para Ivanir dos Santos, a adesão da igreja de Ayo Balogun à comemoração é o primeiro passo para sensibilizar outras igrejas a se juntar contra a intolerância religiosa. “O gesto desse pastor é uma semente que tende a crescer porque muitos evangélicos não têm postura preconceituosa”, disse.

O evento Cantando a Gente se Entende, começa na sexta-feira (24), a partir das 18h, em frente ao Teatro Municipal do Rio de Janeiro, na Cinelândia, no centro da cidade. Estão confirmadas a presença do ogan Tião Casemiro, ogan Taina, padre Omar e banda Afro Gospel. O arcebispo da cidade do Rio, Dom Orani Tempesta, nomeado cardeal na semana passada, foi convidado, mas ainda não confirmou presença.

Hoje sacerdotes de várias religiões integrantes da CCIR  participam de um culto ecumênico no Templo Religião de Deus, em Campo Grande, na zona oeste. Além de candomblecistas, umbandista e neopentecostais, são esperados espíritas, muçulmanos, budistas, ciganos, praticantes de wicca e seguidores da Fé Bahá’i e hare krishnas.

Agência Brasil

Janot discute intervenção federal no Maranhão

Janot

Brasília – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recebeu na manhã de hoje (21) representantes de organizações de defesa dos direitos humanos para discutir o pedido de intervenção federal no Maranhão e a federalização dos crimes ocorridos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Segundo o assessor jurídico da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, Igor Almeida, Janot se mostrou aberto às ponderações das entidades. “Pontuamos a necessidade da abertura de diálogo entre o governo federal e o estado do Maranhão para que ouçam a sociedade civil. O canal de diálogo está fechado e o procurador se comprometeu em facilitar para que ele possa ser instaurado”.

Sobre a morte de um detento no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, divulgada esta manhã, Almeida diz que, pelas primeiras informações, a morte poderia ser retaliação à transferência de presos, líderes de facções, para presídios federais de segurança máxima. “Não é possível afirmar com certeza, tendo em vista a impossibilidade em estarmos nas unidades de Pedrinhas”, disse.

O pedido de federalização dos crimes cometidos em Pedrinhas foi feito pelas organizações não-governamentais Justiça Global, Conectas e Sociedade Maranhense de Direitos Humanos. O grupo acredita que isto possibilitará investigação mais rápida e independente.

O coordenador da Conectas, Rafael Custódio, acredita que as medidas apresentadas até agora “são soluções não dialogadas com a sociedade civil, paliativas, muito mais de prestação de contas para o eleitorado do que para as famílias das vítimas”.

Ele diz que os problemas de Pedrinhas não são novidade, por isso, a transferência da solução para o governo federal é essencial. “O governo sabe o que acontecia e não fez o que deveria fazer. O estado do Maranhão sozinho não tem condição nem de prevenir novas violações, nem de prestar contas do que foi feito até agora”.

Para Custódio, além da incapacidade de o estado em lidar com a crise, os acordos políticos partidários são priorizados em detrimento da solução dos problemas. “Por isso, nossa vinda à Procuradoria Geral da República é importante, porque o Ministério Público não se submete a nenhum tipo de vinculo político. A nossa esperança é que haja a intervenção federal até para sinalizar à população que o Poder Público está de olho e quer enfrentar o problema”.

 
 Agência Brasil

Caminhada homenageia vítimas de incêndio da Boate Kiss

Homenagem4

Santa Maria (RS) – A uma semana de completar um ano da tragédia de Santa Maria, cerca de 300 familiares e amigos deram início, hoje (20), a uma série de homenagens às 242 vítimas do incêndio na Boate Kiss. Pela manhã, eles promoveram caminhada silenciosa da Igreja Nossa Senhora de Fátima até o Santuário Basílica Nossa Senhora Medianeira, onde o arcebispo do município, dom Helio Rupert, celebrou uma missa.

Emocionado, o presidente da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), Adherbal Ferreira, disse que o ato foi importante para chamar a atenção do
Poder Público. “Não podemos deixar cair no esquecimento. Viemos aqui homenagear nossos filhos e cobrar mudanças”.

O coral da Universidade Federal de Santa Maria participou da celebração, marcada também por pedidos de justiça. Com faixas, cartazes e camisetas, familiares levaram fotos dos jovens e pediam punição aos acusados. Hoje, ninguém está preso. Os quatro principais acusados, os sócios da boate, Elissandro Calegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, o vocalista da banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos, e o produtor do grupo, Luciano Augusto Bonilha Leão, foram soltos em maio. 

Também em memória dos jovens mortos no incêndio, ocorrerá a partir de sábado (25) o 1º Congresso Internacional Novos Caminhos, que debaterá a prevenção e a segurança para que não acorram novas tragédias. O encontro terminará no dia 27, quando o incêndio da Kiss completa um ano. O dia será dedicado a uma série de homenagens.

O incêndio na Boate Kiss ocorreu na madrugada do dia 27 de janeiro de 2013, causando a morte de 242 pessoas e deixando mais de 620 feridas. O fogo começou durante a apresentação da banda Gurizada Fandangueira, quando um dos músicos acendeu um artefato pirotécnico no palco. A espuma usada para abafar o som do ambiente era imprópria para uso interno e produziu substâncias tóxicas, como cianeto, o que causou a maioria das mortes. A boate funcionava com documentação irregular e estava superlotada.

Enviada Especial do Radiojornalismo/EBC

OIT: 202 milhões de pessoas estão sem emprego no mundo

Emprego_021

Brasília – Relatório divulgado hoje (20) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) revela que, em 2013, o número de desempregados no mundo aumentou 5 milhões. Com isso, o número de pessoas sem emprego é cerca de 202 milhões, o que representa uma taxa de desemprego mundial de 6%. Segundo o relatório Tendências Mundiais de Emprego 2014, a fraca recuperação da economia mundial não foi capaz de levar a uma melhora no mercado de trabalho.

No ano passado, a maior parte do aumento do desemprego mundial foi registrada nas regiões da Ásia Oriental e da Ásia Meridional que, juntas, representam 45% das pessoas em busca de emprego, seguidas da África Subsaariana e da Europa. Por outro lado, a América Latina contribuiu com menos de 50 mil desempregados para a cifra mundial do desemprego.

De acordo com a OIT, se a tendência atual se mantiver, o desemprego mundial continuará piorando e pode chegar a 215 milhões de pessoas em 2018. Nesse período, serão criados cerca de 40 milhões de novos empregos por ano, que representa um número menor do que os 42,6 milhões de pessoas que entram no mercado de trabalho anualmente.

O estudo destaca que a recuperação mundial do mercado laboral está sendo freada pelo déficit na demanda agregada. “Em muitas economias desenvolvidas, as drásticas reduções do gasto público e o aumento dos impostos sobre a renda e o consumo impõem uma carga pesada sobre as empresas privadas e as famílias”, disse a OIT.

“O que necessitamos com urgência é repensar as políticas. Devemos intensificar nossos esforços para acelerar a geração de empregos e apoiar as empresas que criam empregos”, disse o diretor-geral da OIT, Guy Ryder.

A duração do desemprego prolongou-se de maneira considerável, de acordo com a organização. Em países da zona do euro, como a Grécia e a Espanha, quem procura trabalho necessita do dobro do tempo – de 8 a 9 meses – para encontrar um emprego do que antes da crise financeira de 2008. Assim, “um número cada vez maior desses potenciais trabalhadores fica desalentado e sai da força de trabalho”, ressalta a OIT. Cerca de 23 milhões de pessoas abandonaram o mercado em 2013.

“Quando se estima que 23 milhões de pessoas abandonaram a busca de trabalho, é imperativo que sejam implantadas políticas ativas do mercado laboral com maior vigor para enfrentar a inatividade e o desajuste de qualificações”, assinalou o chefe da Unidade de Tendências do Emprego da OIT e principal autor do relatório, Ekkehard Ernst.

Segundo o estudo, o emprego informal continua alto e representa cerca de 48% do mercado de trabalho. Segundo a OIT, o ritmo de melhoria na qualidade do emprego está diminuindo, o que significa que um número menor de pessoas está saindo da pobreza. Em 2013, o número de trabalhadores em situação de extrema pobreza diminuiu apenas 2,7% em âmbito mundial, uma das taxas mais baixas da última década. São 375 milhões de trabalhadores vivendo com menos de US$ 1,25 dólar por dia.

O relatório acrescenta que uma mudança urgente rumo a políticas mais favoráveis para o emprego e a um aumento da renda derivada do trabalho impulsionariam o crescimento econômico e a criação de emprego. Além disso, para a OIT, é fundamental fortalecer a proteção social e a transição para o emprego formal.

Agência Brasil

Maranhão inicia transferência de detentos para presídios federais

 

Presos são transferidos em avião da PF (Divulgação/Polícia Federal)

Brasília – O governo do Maranhão iniciou hoje (20) a transferência de detentos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, para presídios federais de segurança máxima. Por questão de segurança, a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) não informou o número, nem o nome dos presos que foram levados para outros presídios em avião da Polícia Federal.

Entretanto, o Ministério da Justiça havia confirmado à Agência Brasil na sexta-feira (17) que, da lista com nome de 35 presos encaminhada pelo governo do Maranhão para transferência, apenas nove atendiam às exigências do Decreto 6.877/2009 e estavam aptos a ser transferidos para o sistema penitenciário federal.

A Justiça maranhense já havia autorizado a transferência de dois dos nove detidos, faltando apenas o aval da Justiça Federal para que fossem remanejados os demais. Eles aguardarão pronunciamento do juiz estadual.

As vagas em presídios federais para líderes de facções criminosas do Maranhão fazem parte do conjunto de medidas anunciadas pelo governo estadual e pelo Ministério da Justiça, para conter a violência dentro e fora dos presídios locais.

Entre as ações propostas, está também o atendimento e a capacitação dos profissionais que trabalham nos presídios. Atualmente, policiais militares e agentes da Força Nacional reforçam a segurança do sistema prisional do estado.

Até então, além dos agentes penitenciários concursados, a segurança prisional era feita pelo Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), de agentes terceirizados. Na última segunda-feira (13), a Sejap divulgou portaria que transferia exclusivamente para o Geop as atividades de intervenção e segurança penitenciária.

Segundo nota da secretaria, o ato administrativo tem o objetivo de reordenar e otimizar o trabalho dos agentes penitenciários que, a partir de 20 de fevereiro, passarão a desempenhar as atribuições de escolta hospitalar, custódia de presos em hospitais e em audiências judiciais, entre outras atribuições.

Em resposta, o Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do Maranhão acenou com a possibilidade de greve da categoria, por considerar que a medida limita o trabalho dos agentes e pode agravar ainda mais a crise no sistema prisional.

Sobre a possibilidade de greve, a assessoria do governo maranhense informou que ainda não pode se pronunciar, já que a paralisação não foi oficialmente decretada pelo sindicato. O governo informou, porém, que serão convocados 80 novos agentes penitenciários, aprovados em concurso público realizado no ano passado, que oferecia 41 vagas para a função.

Agência Brasil

Justiça regulamenta a prática de “rolezinhos” no Shopping Iguatemi Fortaleza

 

 

 

O juiz José Edmilson de Oliveira, titular da 5ª Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua, proibiu que os movimentos “LBI”, “Rolezinho Fortaleza” e “Partiu Rolezinho Iguatemi Fortaleza” e outros que surgirem, pratiquem qualquer ato que impeça ou crie obstáculo aos frequentadores do Shopping Iguatemi Fortaleza. A medida atende ao pedido liminar interposto pela Jereissati Centro Comerciais S/A, no último dia 16.

A empresa alega que desde o fim de 2013, jovens estão se organizando pelas redes sociais para realizar os referidos eventos conhecidos como “rolezinhos”. De acordo com reportagens veiculadas na última semana, o movimento se espalhou por quase todas as capitais do Brasil e, em todos eles, se constata o uso de drogas, tumultos e outras atividades incompatíveis com um espaço familiar de compras e lazer.

Ainda segundo a empresa, verificou-se por meio da rede social Facebook, a formação de três “rolezinhos” para serem realizados nos dias 18 e 26 de janeiro e 9 de fevereiro deste ano no Shopping Iguatemi Fortaleza.

Para impedir atos com tumultos e vandalismos, a Jereissati Centro Comerciais ajuizou ação (nº 0832478-92.2014.8.06.0001), com pedido liminar para evitar os eventos dentro e no entorno do Shopping Iguatemi Fortaleza.

Requereu a expedição de ofício ao Comando da Polícia Militar, para que providencie vigilância e impeça a ocorrência de atos que coloquem os frequentadores, funcionários e patrimônio em risco. Também pediu expedição de ofício ao Corpo de Bombeiros, à Vara da Infância e da Juventude e ao Conselho Tutelar competente, para que tomem as providências que entenderem cabíveis.

Requereu que oficiais de Justiça sejam designados, autorizando a solicitação de reforço policial, caso necessário. O Ministério Público do Ceará (MP/CE) também deverá ser notificado para que apure a eventual prática de rixas e apologia ao crime.

Ao apreciar o caso, o juiz deferiu o pedido conforme requerido. “O direito à livre manifestação é uma garantia constitucional, contudo, deve ser exercido com limites, uma vez que se exercido de maneira ilimitada poderá gerar a ineficácia de outras garantias”. O magistrado destacou que “a demanda não objetiva impedir o direito de manifestação, desde que exercido dentro dos limites da legalidade, o que se pleiteia é a prevenção de atos tendentes à turbação ou esbulho, conforme preceitua os artigos 932 e 933 do Código de Processo Civil.

Em caso de descumprimento, fixou multa no valor de R$ 10 mil para cada manifestante identificado. A decisão foi proferida nessa sexta-feira (17/01).

 

Quadra chuvosa de 2014: previsão será divulgada nesta terça-feira (21)

Satlite NNE

A previsão climática para os meses de fevereiro, março e abril de 2014 será divulgada pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) nesta terça-feira (21), às 18 horas, no Hotel Luzeiros (Avenida Beira Mar, 2600 – Meireles  – Fortaleza). O prognóstico a ser apresentado mostrará a tendência de chuvas para três dos quatro meses que formam o período chuvoso no Ceará, sendo, dessa forma, de fundamental importância para nortear ações do Governo do Estado que são impactadas pelo regime de precipitações.

A divulgação do prognóstico encerra o XVI Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, evento que começa nesta segunda-feira (20), reunindo meteorologistas dos estados do Nordeste, além de especialistas do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e de institutos dos Estados Unidos (IRI) e Reino Unido (UK Met Office). Nas reuniões, serão avaliadas condições termodinâmicas dos oceanos Pacífico e Atlântico, condições da atmosfera e apresentadas previsões de modelos atmosféricos globais.

Previsão objetiva

A Funceme busca diminuir as subjetividades que possam influenciar no resultado da previsão, reforçando a importância das análises técnicas e dos modelos atmosféricos nas avaliações. “Desde o ano passado, temos no Ceará um modelo global que simula a atmosfera do planeta todo. Também acessamos às informações de vários outros modelos de instituições parceiras do Brasil e de outros países. Nossa meta é fazer uma previsão objetiva com esses dados, evitando a interferência de fatores externos como a crença de que ano terminado em 4 é chuvoso ou as subjetividades dos próprios meteorologistas”, afirma Eduardo Sávio Martins, presidente da Funceme.

Depois do Workshop, a Funceme permanecerá monitorando e avaliando as condições dos oceanos e da atmosfera. “O prognóstico não é definitivo e faremos nova reunião no fim de fevereiro para emitirmos uma previsão atualizada, que mostrará a tendência das precipitações até maio, último mês da quadra chuvosa. Se percebermos que os sinais desse outro período estão diferentes, a nova previsão será divulgada contemplando essas mudanças”, adianta o presidente.

Comitê da Seca

Na terça-feira, dia 21, antes da divulgação da previsão climática, será realizada uma discussão com instituições que formam o Comitê Integrado de Combate à Seca no Ceará, como Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), Secretaria de Recursos Hídricos (SRH), Defesa Civil, dentre outras. “Apresentaremos, no mesmo dia, o prognóstico para a sociedade, através de coletiva de imprensa, e para os tomadores de decisão, de forma que eles possam planejar suas ações ainda antes de começar o período oficial das chuvas”, explica o presidente da Funceme.

Serviço:

Divulgação do prognóstico da quadra chuvosa de 2014 no Ceará
Data: 21 de janeiro de 2014
Hora: 18 horas
Local: Hotel Luzeiros (Avenida Beira Mar, 2600 – Meireles -  Fortaleza)

Assessoria de Comunicação da Funceme

CopaMais abre inscrições para novas turmas

 

Brasão Unifor

Nesta segunda-feira (20), o Curso de Formação Profissional de Massificação e Integração Social, o CopaMais, inicia novo período de inscrições para mais 25 turmas. Ao todo, serão ofertadas 675 vagas, são oportunidades de qualificação para os cearenses que buscam ingressar no mercado de trabalho e aproveitar as oportunidades que surgirão com a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014TM.

“Um dos maiores benefícios da Copa do Mundo da FIFA está na geração de emprego e renda. Esse período que antecede os jogos é uma oportunidade única para os cearenses que querem se capacitar. O CopaMais será um legado importante que a Copa do Mundo vai deixar para o povo do nosso estado”. Afirma o secretário Especial da Copa 2014 no Ceará, Ferruccio Feitosa.
Para se inscrever basta acessar o site da Secretaria Especial da Copa 2014 no Ceará (www.secopa.ce.gov.br/copamais) e preencher o formulário. Em seguida, os interessados precisam comparecer à Universidade de Fortaleza para entregar a documentação pessoal. Nesta fase serão ofertados 4 novos cursos: Matemática Básica, e Formação de Custos, Telemarketing, Recepcionista de Eventos, Manicure e Pedicure.

O período de inscrição será de 20 a 25 de janeiro, os candidatos precisam ter no mínimo 16 anos e ensino fundamental completo. As aulas serão ministradas na Universidade de Fortaleza e vão começar a partir do dia 10 de fevereiro, a carga horária varia ente 40 e 80 horas/aula. Quem não conseguir vaga nessa fase entrará para uma lista de espera.

O CopaMais tem uma importante meta, que é formar 12 mil pessoas em 33 cursos até o final deste ano. O projeto é uma iniciativa do Governo do estado do Ceará, por meio da Secretaria Especial da Copa em parceria com a Universidade de Fortaleza. Desde o dia 6 de janeiro mais de 1.600 pessoas começaram a participar das primeiras turmas do CopaMais.

 

Confira Lista completa de Cursos Ofertados:

 

• Auxiliar Administrativo
• Primeiros Socorros
• Matemática Básica e Formação de Custos
• Telemarketing
• Agente de Aeroporto
• Francês Básico
• Inglês Básico
• Espanhol Básico
• Recepcionista em Meios de Hospedagens
• Recepcionista de Eventos
• Curso Básico de Guia de Turismo
• Formação de Garçom
• Manicure e Pedicure
• Organização de Eventos
• Auxiliar de Eletricista

 

Mais Informações CopaMais: (85) 3477-3420 ou pelo e-mail copamais@secopa.ce.gov.br.

Assessoria de Imprensa da Secopa

Municípios aderem ao Garantia-Safra

Garantia_Safra

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), realizou nesta segunda-feira (20), solenidade com os municípios cearenses para a adesão ao Programa Garantia-Safra em 2014. O benefício será pago caso seja confirmada a perda igual ou superior e 50% da safra de grãos. Mais de 56 municípios estiveram representados no evento.

“A adesão das prefeituras é essencial para o sucesso do Programa, pois o Garantia-Safra foi a segurança para os agricultores nesses dois anos de seca”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins. Cada Prefeitura deverá contribuir com R$ 38,25 por agricultor cadastrado. “Estamos esperando um bom inverno em 2014, mas precisamos aderir ao Garantia-Safra, pois ainda não temos a confirmação oficial de um bom inverno”, apelou o vice-presidente da Aprece e Prefeito de Piquet Carneiro, Expedito José do Nascimento.

Adesão dos agricultores

O Ceará tem 335 mil agricultores aptos a receber o Garantia-Safra, entretanto, eles precisam fazer a adesão ao Programa nos escritórios da Ematerce, nas Prefeituras Municipais ou nos Sindicatos Rurais. “O prazo para adesão ao Programa termina no dia 31 de janeiro e não será prorrogado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA)”, afirmou o coordenador estadual do Garantia-Safra no Ceará, Arimatéa Gonçalves.

As prefeituras municipais que ainda não fizeram a adesão devem procurar a Coordenadoria de Crédito Rural e Políticas Afins (COCRED) até o final desta semana, das 8h às 12h ou das 13h às 17h, na sede da SDA.

Assessoria de Comunicação da SDA

Cariri registra o maior número de chuvas no Estado neste início de semana

Chuvas-no-Cariri-300x92

A Região do Cariri registrou o maior número de chuvas no Estado do Ceará nas últimas 24 horas. Ao todo, choveu em 19 dos 23 municípios da Região para um total de 45 cidades do Estado.

Ficando apenas atrás da cidade de Acopiara na Região Centro-Sul onde o índice foi de 90mm, está a cidade de Lavras da Mangabeira em que a precipitação foi de 70mm no posto Quitaius, seguido por outra cidade caririense, Aurora com 57mm.

Na Região Metropolitana do Cariri o município onde mais choveu foi Crato, no posto Lameiro com 31mm. Em Juazeiro do Norte o índice pluviométrico foi de apenas 17mm na Vila São Gonçalo e 14,5 no posto Juazeiro do Norte.

Confiras as 10 maiores chuvas nas últimas 24 horas:

1. Acopiara: 90.0 mm

2. Lavras Da Mangabeira: 70.0 mm

3. Aurora: 57.0 mm

4. Ipaumirim: 53.8 mm

5. Quixelo: 53.0 mm

6. Iguatu: 52.0 mm

7. Cedro: 51.0 mm

8. Granjeiro: 40.2 mm

9. Ico: 40.0 mm

10. Farias Brito: 38.0 mm

 

Site: Miséria

Crato – Notícias Administrativas – 20 de Janeiro de 2014

 
Programa Minha Casa Minha Vida em Crato sai definitivamente do papel

O programa Minha Casa Minha Vida em Crato começa a sair definitivamente do papel na gestão do prefeito Ronaldo Gomes de Mattos. De acordo com o secretário da Cidade, José Muniz, o Minha Casa Minha Vida existe, está em pleno funcionamento e passando agora pela parte burocrática, ou seja, efetivação de convênios e  aporte de recursos para início das obras.
Ao mesmo tempo, a prefeitura iniciou nas comunidades ciclos de palestras para informar como a população pode participar do programa para adquirir sua casa própria, bem como, em outro momento, retornará aos bairros para cadastrar as pessoas. Em fevereiro as obras se iniciam. O secretário já manteve contato com as empresas ganhadoras que irão construir os conjuntos habitacionais. A prefeitura vai agora, segundo Muniz, fazer a sua parte deslocando famílias para os conjuntos e dotando os conjuntos de toda a infraestrutura possível, como creches, praças, ampliar escolas próximas para receber novos alunos, ampliar  o sistema de transporte escolar, enfim, montar toda a estrutura definitiva desses conjuntos habitacionais novos.
As primeiras casas do programa em Crato serão construídas em dois conjuntos habitacionais no Barro Branco. Estão sendo contratadas junto à Caixa Econômica mais 1.300 casas para  a construção de um conjunto na Vila Lobo (nas proximidades do Vale do Amanhecer)  outras  816 casas também na Vila Lobo, na entrada do Baixio das Palmeiras, na estrada que dá acesso à Arajara. O programa MCMV não se trata apenas de construir casas, mas de novos ambientes e surgimento de novas comunidades com estrutura montada gerando mais qualidade de vida para a população. Para este ano de 2014 a prefeitura  em parceria com os governos federal e estadual inicia 1.578 casas com uma complementação que está sendo negociada passando de duas mil casas.  Até 2016 a previsão é que quatro mil casas sejam conveniadas com a Caixa Econômica Federal, órgão financiador do programa.
Com esses números do Minha Casa Minha Vida a ideia é diminuir significativamente o déficit habitacional do Crato, estimado atualmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 5.669 unidades habitacionais.
Prefeitura do Crato e SECULT promovem oficina de dança contemporânea
A Prefeitura do Crato e a Secretaria Municipal de Cultura (SECULT), através da Célula de Gestão de Equipamentos, realizam de 22 a 24 e 27 a 31 de janeiro, no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva, das 10h às 12h, oficina de dança contemporânea com o professor e coreógrafo EdneyD’Conti. A oficina reúne estratégias lúdicas que articulam movimentos cotidianos e a prática em dança contemporânea, orientadas por atividades físicas dançantes que desenvolvem a criatividade, fortalecem habilidades e promovem alternativas físicas e de consciência corporal. Uma pesquisa do corpo e suas possibilidades de movimentações. Bailarino, coreógrafo e professor de dança, EdneyD’Conti é professor de dança contemporânea da Cia. de Dança e do Centro de Movimentos Deborah Colker. Ele coreografou para várias companhias de dança e espetáculos de teatro, e participou também, como bailarino, do programa Amor & Sexo, da Rede Globo.
Novos secretários municipais tomam posse nesta segunda-feira, 20
Na manhã desta segunda-feira, 20, tomam posse dois novos secretários na gestão do prefeito Ronaldo Gomes de Mattos, em Crato. Na secretaria de Segurança Pública, Cidadania, Transporte e Trânsito, sai Afonso Siqueira e entra Dr. Castro Bonfim, delegado aposentado da Polícia Federal. Afonso assume outra função dentro da mesma secretaria. Na secretaria de Obras Alender Honório sai e entra Tacio Luís de Carvalho. As posses acontecem nesta segunda-feira, 20, na sede do Demutran, no Bairro São Miguel, às 8 horas.
Crato se prepara para romaria de Nossa Senhora das Candeias
Na última sexta feira, 17, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Crato organizou uma reunião no Gabinete do Prefeito onde foram traçadas algumas das ações para a Romaria de Nossa Senhora das Candeias no município. É notório que a cidade de Juazeiro do Norte contempla um maior número de romeiros, todavia há uma procura considerável de turistas religiosos a cidade do Crato na peregrinação das Candeias.
Tendo como objetivo disponibilizar segurança, conforto e comodidade ao turista religioso foi esclarecido durante a reunião que o município do Crato estará preparado  para atender todos os romeiros da melhor forma durante os dias 29, 30 e 31 de janeiro e 1º. de Fevereiro, dia que antecede ao de Nossa Senhora das Candeias, comemorado dia 2 de fevereiro e é nesse dia em que os fiéis procuram a cidade de Juazeiro do Norte pela tradição da procissão. Na reunião estiveram presentes além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Venâncio Saraiva, a secretária de Cultura Dane de Jade, a secretária de Saúde do município, Aline Alencar, da Assistência Social Elizangela Rodrigues, do corpo de bombeiros, capitão Assis Sobrinho,  do Demutram Alfredo Alencar, da Guarda Municipal Paulo Sergio e da Diocese do Crato Padre Edmilson Neves. Na ocasião ficaram definidos os seguintes pontos: a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Núcleo de Turismo estará com stands com técnicos disponibilizando informações sobre a cidade como um todo. A Assistência Social do Crato estará com uma equipe de profissionais especializados com atendimento especial a crianças e idosos, apoio aos turistas que se perderem na cidade, bem como,  com fiscalização em relação ao trabalho e prostituição infantil. O  Demutran estará aparelhando a sinalização de forma a facilitar a logística do turista. A Secretaria de Meio Ambiente estará distribuindo mudas de plantas como incentivo a preservação, os bombeiros irão promover sessões de exercícios e estarão a postos para situações emergenciais.
A Secretária de Saúde, Aline Franca ressalta que irá sinalizar com Casas de Saúde da cidade para necessidades hospitalares, mas ficarão a postos profissionais de saúde com atendimento de verificação de pressão arterial, distribuição de soros de reidratação oral e também atendimentos no Posto de Especialidades no Centro da Cidade. O responsável pela pasta de Desenvolvimento Econômico Venâncio Saraiva explica que o trabalho de incentivo ao turismo religioso será uma constante no município “O potencial turístico religioso do Crato é indiscutível, por meio do Governo do Crato estaremos trabalhando para que o nosso turista seja atendido da forma mais adequada e volte sempre” conclui.
Encontro discute o planejamento estratégico das comemorações dos 250 anos do Crato
Na última sexta-feira, 17,  estiveram reunidos no Salão Nobre da Prefeitura do Crato representantes das secretarias de Assistência Social, Educação, Esporte, Desenvolvimento Econômico, Assistência Social, Cultura, Saúde e assessoria da primeira dama do município para que fossem definidas algumas das estratégias para as comemorações dos 250 anos do Crato.
A reunião foi iniciada pela Secretária de Cultura Dane de Jade que apresentou uma planilha onde foram detalhadas informações sobre o direcionamento em relação as comemorações alusivas aos 250 anos da cidade do Crato. Com o chamamento “Eu faço parte dessa história” a secretária de cultura sinalizou a premissa de que no município uma das maiores potencialidades é a diversidade. “O real objetivo das comemorações será promover e divulgar o Crato com suas potencialidades culturais, originando ações culturais que atuem junto a comunidade de uma forma geral”, explica Dane da Jade. A proposta é que seja realizado um trabalho histórico, cultural e ambiental na união de estratégias de desenvolvimento de mobilização da educação, em meio a ações de cidadania e entretenimento.
Uma das peculiaridades das festividades dos 250 anos do Crato é que as atividades serão realizadas a cada dia 21, tendo inicio amanhã, 21 de janeiro indo até o ponto culminante das comemorações, no dia 21 de junho. Amanha, terça-feira, dia 21, será lançado o edital de criação da logomarca Crato 250 anos. O edital estará disponível no site da Prefeitura e o resultado está previsto para 21 de fevereiro. A próxima reunião onde serão tratados mais pontos sobre as ações do Projeto Crato 250 anos já está marcada para o próximo dia 28.
Fonte: PMC

A FESTA DA SANTA CRUZ DA BAIXA RASA

 

Artigo de Cacá Araújo¹ 
Baseado em relatos populares

Um vaqueiro vindo do Pernambuco atravessava a Floresta do Araripe. Chegando à Baixa Rasa parou para descansar. Exausto, faminto e fraco, resolveu ali ficar, à espera de que alguém passasse e pudesse lhe ajudar, saciando-lhe a fome e a sede. Sua valentia de sertanejo ainda o ajudou a resistir por alguns dias.

O corpo sem forças. O desespero e a agonia já o dominavam quando, mesmo com a vista turva, conseguiu ver um grupo de homens montados em burros, que seguiam em comboio, certamente transportando mercadorias. Tentou gritar, mas sua voz, quase apagada pela tirania da fome e da sede, produziu apenas um fraco sussurro. Não foi ouvido e os homens seguiram seu destino rumo ao Crato.

Repentinamente um dos comboieiros, numa avivada de consciência, disse aos camaradas que lá para trás tinha visto um homem caído bem na beira da rodagem. Resolveram voltar para ajudá-lo, mas ele já havia morrido. Morte silente, testemunhada pelos pássaros e pelas plantas que pareciam chorar diante daquele quadro de desventura. Encontraram-no sobre folhas secas, a cabeça escorada numa raiz de árvore, os olhos abertos ainda reclamando um sopro de misericórdia. Fecharam-lhe os olhos. Libertaram sua alma. Seu corpo foi enterrado ali mesmo, no palco encantado de seu teatro de agonia. Com varas da mata fizeram a cruz que cravaram em sua cova. Isso aconteceu, segundo relatos, nos idos de 1880. Nascia, assim, o mito da Santa Cruz da Baixa Rasa.

O martírio daquele vaqueiro foi divulgado pelo grupo de comboieiros ao povo da região. Tomados pela compaixão e motivados pela forte religiosidade, os moradores dos arredores passaram a frequentar o lugar e rezar por sua alma, a fazer promessas, a suplicar milagres.

São diversas as histórias sobre a origem do mito. Mas o real é que vários milagres são atribuídos à Santa Cruz da Baixa Rasa, dentre eles o atendimento a uma promessa feita por uma senhora, em 1914, quando uma terrível peste espalhou-se por diversos pontos do Nordeste. Ela, com inabalável fé, pediu que a epidemia não chegasse ao Cariri. Foi atendida e o povo da região ficou livre da doença. Essa senhora era conhecida como Vó Pretinha, matriarca da família Estêvão, família que até hoje mantém a tradição de rezar aos pés da Santa Cruz da Baixa Rasa.

Muitas graças foram e são alcançadas e, todo 25 de janeiro, uma grande romaria de devotos acorre ao local, que fica a cerca de 20 quilômetros da cidade do Crato, dentro da Floresta Nacional do Araripe.

Uma clareira aberta no coração da mata virgem. Ventos soprando a ancestralidade de um povo religioso, que ainda tem o privilégio de conviver com a natureza divina, mãe de todas as crenças e mitos e desejos e esperanças. Um oráculo nordestino onde os filhos da terra procuram respostas que lhes livrem da ação implacável da esfinge que a todo tempo lhes apavora com a possibilidade de condenação ao inferno. A Santa Cruz da Baixa Rasa é magia matuta. É a busca incansável da felicidade. É o céu que se insinua aos impuros que buscam a clemência de Deus.

Purgar os pecados, pagar promessas, cantar, rezar pela cura e por querer ser feliz. Aqui, instala-se um ritual misto de sagrado e de profano: missa, devotos, benditos, vaqueiros, bandas cabaçais, reisados, maneiro pau, penitentes, cantadores de viola, políticos de matizes diversos, pesquisadores, curiosos. É o espírito da devoção e da festa, como no princípio, onde o sagrado e o profano eram um só.

¹Cacá Araújo (texto e foto) é professor, dramaturgo e folclorista, diretor da Cia. Brasileira de Teatro Brincante, radicado em Crato-CE.

STJ decide que convocação de concurso deve ser feita pessoalmente

 

STJ-logo-300x207

Brasília – O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou que seja feita nova convocação de aprovados no concurso público para professor da rede estadual de São Paulo que não tomaram conhecimento da divulgação da aprovação pelo Diário Oficial do estado. De acordo com decisão do ministro Napoleão Nunes Maia Filho, o candidato que presta concurso público deve ser comunicado por outras formas, além da imprensa oficial.

O ministro analisou recurso de aprovados no concurso que não viram a publicação da convocação e perderam prazo para entregar a documentação. Eles alegaram que a comunicação dever ser feita de forma pessoal, mas a tese não foi aceita pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). No entanto, no STJ, o ministro concordou com os argumentos e determinou que o governo do estado faça outra chamada dos aprovados.

“De fato, o acórdão recorrido divergiu da orientação deste Superior Tribunal de que caracteriza violação dos princípios da razoabilidade e da publicidade a convocação para determinada fase de concurso público apenas através da publicação em diário oficial, especialmente quando transcorrido considerável lapso de tempo entre a realização ou a divulgação do resultado e a referida convocação. Isso porque é inviável exigir do candidato o acompanhamento diário, com leitura atenta, das publicações oficiais”, decidiu o ministro.

Agência Brasil

ONU retira convite ao Irã para participar da conferência sobre a Síria

Onu-495x309

Nova York – A Organização das Nações Unidas (ONU) retirou o convite ao Irã para participar da conferência sobre a paz na Síria, devido à sua recusa de apoiar apelos a um governo de transição, disse um porta-voz da instituição.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, está “profundamente desapontado” pela declaração iraniana de rejeição de um comunicado adotado pelas potências internacionais sobre o fim da guerra na Síria, disse o porta-voz Martin Nesirky.

Como resultado da retirada do convite ao Irã, a oposição síria comunicou a sua vontade de participar na conferência.

Agência Lusa

Sindicalistas querem aprovar neste ano proposta que reduz a jornada de trabalho

Texto tramita na Câmara dos Deputados há 19 anos.

TV CÂMARA

Danielameida

Daniel Almeida: novas tecnologias agregadas à atividade produtiva justificam a aprovação da PEC.

A principal pauta de reivindicações das centrais sindicais para este ano é a votação da redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais. Em discussão na Câmara dos Deputados desde 1995, a proposta de emenda à Constituição (PEC 231/95) está há quase cinco anos em condições de ser votada em primeiro turno pelo Plenário. De lá para cá, já houve 12 requerimentos de inclusão da proposta na Ordem do Dia.

O texto foi aprovado pela Comissão Especial da Jornada Máxima de Trabalho em julho de 2009 em clima de festa no auditório Nereu Ramos da Câmara, com a presença de representantes de todas as centrais sindicais. Além de reduzir as horas trabalhadas, a proposta também prevê a elevação da hora extra de 50% para 75% sobre o valor da hora normal.

A última redução da jornada de trabalho ocorrida no País foi na Constituição de 1988, quando as horas trabalhadas passaram de 48 para 44 horas semanais. Segundo o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), as novas tecnologias agregadas à atividade produtiva justificam a aprovação da proposta.

“Hoje, com a mesma força de trabalho, você produz 3, 4 vezes mais do que o que se produzia há 25 anos. Portanto, esse ganho de produtividade está sendo apropriado pelos empregadores, pelos empresários e isso terá que ser repartido pelo conjunto da sociedade, especialmente para os trabalhadores.”

Criação de empregos
Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos (Dieese), a redução da jornada de trabalho pode criar até 2,5 milhões de empregos. Em março do ano passado, a presidente Dilma Rousseff chegou a se comprometer, durante reunião com sindicalistas, a analisar várias das reivindicações das centrais sindicais, entre elas a redução da jornada de trabalho.

Para virar realidade, a proposta de emenda à Constituição precisa de apoio de 2/3 dos deputados para ser aprovada na Câmara em dois turnos de votação. Em seguida, passa a análise semelhante no Senado Federal.

Agência Câmara

Fiéis celebram em Juazeiro 100 anos da morte da beata Maria de Araújo

Restos mortais jamais foram encontrados e o estilo da vida religiosa também foi alvo de perseguições

100anosbeataJuazeiro do Norte. A mulher sem túmulo que protagonizou um dos momentos mais polêmicos da história da religiosidade do Nordeste completa 100 anos de desaparecida. Os restos mortais da beata Maria de Araújo sumiram da sepultura, na Capela do Socorro. O “milagre do sangramento da hóstia” até hoje se configura como o grande mistério. Para marcar esse momento, foi aberta esta semana programação alusiva.

Uma das imagens emblemáticas da religiosa se encontra no Museu do Padre Cícero, onde uma representação artística dela está ao lado do sacerdote, revelando a trajetória mística fotos: elizângela santos

No dia 17, data do seu falecimento foi descerrada placa alusiva aos 100 anos, no cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte . Também foi feito o trajeto da casa da beata, no centro da cidade, da Rua Padre Cícero até a capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

O evento é um dos poucos que podem homenagear uma das mulheres que mais influenciou o processo, que levou ao julgamento do Padre Cícero, para o seu afastamento de ordens, em virtude da igreja Católica não reconhecer o milagre. O sacerdote jamais negou os fatos extraordinários. Chegaram a ser classificados de embuste e a religiosa viveu no ostracismo depois da divulgação dos sangramentos da hóstia. Ainda hoje, existem relíquias marcantes sobre as ocorrências, como os paninhos que absorveram o sangue. Um deles, segundo o presidente da Fundação Memorial Padre Cícero, se encontra aos cuidados da administração da Basílica de Nossa Senhora das Dores.

Perto de completar 90 anos, o escritor e jornalista, Geraldo Menezes Barbosa, lembra dos últimos momentos da religiosa. Ao final de sua vida, a mulher negra, pobre, costureira, beata, ficava em sua casa nas proximidades de onde é hoje o consultório de Geraldo Barbosa, que também é odontólogo, no final da rua Padre Cícero, no Centro de Juazeiro, antiga rua do Arame. Para ele, a história da beata foi interrompida, ficou envolta ao grande mistério. “Continuou sendo cuidada pelos sobrinhos, e recebia a visita do Padre Cícero. Rezava e se penitenciava pelos vivos e os mortos”, afirma. Doença

Maria de Araújo passou a ter sérios problemas intestinais e na época levantou-se a suspeita de que teria sido envenenada. Morreu em 1913, às vésperas da sedição de Juazeiro do Norte, em 1914. A vida da beata passou a ser estudada em maior profundidade, décadas depois de sua morte. Maria de Araújo foi protagonista do milagre do sangramento da hóstia ofertada pelo Padre Cícero, em 6 de março de 1889.

Geraldo Barbosa afirma que esse é um momento em que Juazeiro deve render homenagens a uma das grandes personagens da história da cidade. Ele é autor do livro Relíquia – o Mistério do Sangue da Hóstia em Juazeiro do Norte.

Na época, uma multidão de fiéis, liderada pelo padre Francisco Monteiro saiu do Crato em direção a Juazeiro, abençoada por Padre Cícero Romão Batista, mentor espiritual da Beata Maria de Araújo.

Fenômeno

O fenômeno do sangramento da hóstia aconteceram por dois anos. A partir de 1892, por ordem de Dom Joaquim, o bispo da época, a religiosa ficou segregada dentro de sua própria casa, sem poder receber visitas. Era também, segundo Geraldo Barbosa, proibida de falar sobre as suas visões e estigmas. Passou por julgamentos, exames de cientistas, e não deixou de negar as suas convicções em relação ao sangue que expelia de sua boca, se algo sobre natural. Ela dizia conversar com Jesus.

Após os primeiros momentos do ´milagre´ propalado para todo o Nordeste, a beata foi levada para a Casa de Caridade do Crato, onde passou por vários inquéritos, e chegou a levar, num dos interrogatórios, conforme Geraldo Barbosa, feito pelo padre Alexandrino de Alencar, 12 pancadas de palmatória.

Ao longo do tempo, o fervor religioso se intensificou, ao mesmo tempo que toda a história envolvendo Maria de Araújo passou a despertar maior interesse intelectual pela comunidade acadêmica além de Juazeiro (E.S)

Reverência religiosa tornou-se mais intensa a partir de 2005

BeatamariadearaujoJuazeiro do Norte. Mais de 30 anos dedicados à pesquisa, tendo como foco a beata, Maria do Carmo Pagan Forti, escreveu o livro Maria do Juazeiro, a Beata do Milagre, que desmistificou muitos pontos relacionados ao assunto, e os revelou ao público, pela primeira vez, durante o I Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero, em meados dos anos 1980, o debate sobre a religiosa caririense.

Afora relatos de cordéis e fotografias recolhidos nos 100 anos , não há nada praticamente sobre a beata nos acervos relacionados à trajetória espiritual

Segundo a pesquisadora, se fala da beata como mística, uma pessoa que tem uma forte relação do Deus e até pessoal. Para ela, a religiosa apresentava essa condição e foi dessa forma que o Padre Cícero a conheceu. “Ele percebeu isso, e quando ela fez a primeira comunhão, chegou a sugerir que ela fizesse uma consagração a Jesus Cristo, de uma forma mais íntima, se tornando esposa”, explica.

Mas hoje, Maria do Carmo afirma que tem um olhar novo a respeito dessa realidade, ao dizer da vida mística, quando ela é intensa. “Os sintomas acabam aparecendo, como as visões com Jesus Cristo e Nossa Senhora, que ela tinha, e os estigmas da paixão de Cristo”, destaca. Com a abertura dos arquivos da Diocese do Crato, cartas mostram que a beata chegava a fazer meditações com os religiosos na Paixão de Cristo. “Eles iam procurá-la”, acrescenta.

Os religiosos mais próximos da beata não se surpreenderam com os fatos extraordinários, por já faziam parte desse conjunto místico, conforme relata a escritora. “Não só o Padre Cícero, mas outros padre e beatas”, diz. Ela acrescenta, ainda, que não é à toa que o Jesus escolheu a beata como instrumento de um milagre. “Ela tinha durante a sua vida, uma relação intensa com Deus”, frisa. Hoje, a pesquisadora diz que muito já se avançou e há uma presença mais forte do que há 30 anos, desde que começou a estudá-la. “Antes não aparecia em lugar nenhum, e seu nome está nas Cebs, nos ranchos de romeiros”, ressalta.

Num dos espaços de salvaguarda, o Memorial Padre Cícero, há alguns objetos que pertenceram ao sacerdote, mas praticamente nada existe sobre a beata. A programação relativa ao centenário de morte da beata Maria de Araújo segue até o próximo dia 21, e está sendo realizada por meio da Secretaria de Cultura e Romaria de Juazeiro do Norte. O evento será encerrado na próxima terça-feira, com apresentações musicais, exposições, feiras de artesanato, e espaço de debates, com o tríduo, no Circulo Operário São José, ao lado da Basílica, em Juazeiro do Norte.

O IV Simpósio Internacional sobre o Padre Cícero acontecerá em setembro deste ano, com o tema “E…onde está ele?”. No evento, será inserido nos debates, segundo os organizadores, o centenário da morte da beata Maria de Araújo. Apesar de toda a reverência na região ao longo do tempo, a imagem da beata chegou a entrar na Basílica de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro, quando houve uma solenidade de coração de Nossa Senhora das Dores, apenas em no ano de 2005.

Ao mesmo tempo, a mulher sem túmulo é pauta frequente dos artistas de Juazeiro do Norte. Durante o ano passado, foram espalhados vários cartazes na cidade, com o nome ´procura-se´.

Histórico

A imagem de uma mulher com a boca ensanguentada não deixava dúvidas de que o sumiço dos restos mortais ainda incomoda. O corpo da religiosa chegou a ser sepultado em um túmulo branco, do lado direito, após a entrada na Capela do Socorro. O Túmulo do Padre Cícero, está no centro, no pé do altar. Conforme Geraldo Barbosa as visitas não cessavam. Passou a ser um local de visitação constante. Com o movimento, o bispo mandou fechar a igreja, conforme o escritor.

Na reabertura do local, veio a grande surpresa: o túmulo fora violado. “Do lado de fora foi encontrado um escapulário, pedaço de cabelo e restos de pano, das vestes da beata”, afirma Geraldo Barbosa. Para o escritor, Padre Cícero aceitou piedosamente a missão dele. Além disso, diz ele, o sacerdote teria recebido a presença de Jesus, para confirmar que Maria de Araújo veio para trazer a fortaleza da religião cristã para Juazeiro do Norte. (E.S)

Mais informações:

Memorial Padre Cícero

Praça do Cinquentenário

Juazeiro do Norte

Ceará

Telefone (88) 3511 4040

Diário do Nordeste

 

Projeto criado em Nova Olinda contará com mostra no Canadá

Literatura infantil de iniciativa da Fundação Casa Grande terá exposição internacional a partir de julho

NovaolinaNova Olinda. A Fundação Casa Grande, em Nova Olinda, estará realizando em Toronto, no Canadá, Rio de Janeiro e Crato, exposição relacionada ao projeto desenvolvido para a literatura infantil, com a obra “Icasa do Meu Coração”, e resgate da história do ciclo do algodão, contada por meio da trajetória do Icasa Esporte Clube e seus ícones. O projeto foi idealizado pelo diretor da fundação, Alemberg Quindins. Em Crato, a exposição será aberta no dia 29 de janeiro.

Iniciativas culturais destinam-se para crianças de família de baixa renda Foto: João Paulo

Em julho deste ano estará no Canadá e depois no sudeste do Brasil, no período da Copa do Mundo, explorando a temática do futebol, ao mesmo tempo em que irá divulgar um pouco da história do Cariri, dentro desse contexto do ciclo do algodão no Nordeste.

O livro infantil foi lançado no mês de setembro, no Sesc de Juazeiro do Norte, e contou com a presença da diretoria do Icasa e personalidades que fizeram a história do time. Esse foi o primeiro livro infantil lançado na região com enfoque para a temática, com caráter didático e de resgate da história regional, além de ter distribuição em várias escolas e trazer à tona a tradição dos times de futebol. A meta é também criar o Museu do Icasa, que conte a história do ciclo do algodão no Nordeste e no Cariri.

Pesquisa

AlembergueAlemberg é torcedor do Icasa e teve como base para o seu trabalho uma extensa pesquisa, além da memória de infância. Mas o livro vai além dessa visão de um admirador do seu time. Traz textos e ilustrações suas e reproduz cenas reais de jogos que ele acompanhou, através dos desenhos. São 14 gravuras em artnaif, que também fazem parte da exposição. A pesquisa sobre o Icasa vinha sendo realizada desde 2009, mas a trajetória do trabalho com os desenhos de revistinhas em quadrinhos vem desde os nove anos, com cenas dos times de várzea da infância do autor. O projeto para a publicação do livro contou com o apoio cultural do Geopark, Associação de Amigos do Icasa e patrocínio do Governo do Estado e Cagece.

“Icasa do Meu Coração” foi o primeiro livro infantil lançado na região com caráter didático e com distribuição em várias escolas públicas FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

Junto com o material está sendo encartado um pôster com os campeões do time, disponibilizado, para venda na lojinha da fundação. E vários outros temas regionais poderão ser trabalhados no intuito de promover o resgate e a preservação da memória, como há mais de duas décadas a entidade vem se propondo. Além de realizar trabalho na área de comunicação, do audiovisual e da cultura, com crianças e adolescentes como protagonistas de um processo de preservação do patrimônio, envolve principalmente os aspectos histórico e arqueológico da região do Cariri. A exposição em Toronto, acontece de 2 a 4 de julho, durante a Feira Internacional do Livro de Países Africanos, Latino-Americanos e Caribenhos. No Rio, o mesmo evento acontece no Museu Internacional Arte e Raiz, durante evento coletivo. O tema futebol será o enfoque principal, já que estará no mês de realização da Copa do Mundo, em que o Brasil será sede.

A fundação é Casa do Patrimônio na região e abriga um acervo importante relacionado aos antepassados da região. Faz referências aos primeiros povoadores da área da Chapada do Araripe, o homem cariri. Um projeto em andamento agora refere-se ao ciclo do couro, com a instalação do Museu do Couro.

Parceria

Trata-se de uma parceria da Casa Grande com o artesão Espedito Seleiro, que ficou famoso no mundo da moda com o seu rico trabalho de confecção de peças exclusivas de calçados, bolsas, cintos, entre outros artigos, mas conservando a tradição do velho gibão de couro e das selas. Alemberg destaca a importância de manter viva a memória. A Casa Grande é um espaço onde circulam alunos de toda a região, seguindo pelo trajeto do Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, cidade vizinha, onde podem ser vistos fósseis de mais de 110 milhões anos. Por ano, passam pelos dois equipamentos cerca de 70 mil pessoas, conforme o diretor da Casa Grande. O próximo roteiro, está sendo feito por iniciativa particular. No livro Icasa do Meu Coração, parte dos valores arrecadados com a venda, além de ser direcionada ao projeto de criação do Museu do Icasa, já em execução, contando com design inicial da arquiteta Liz Cordeiro, também será voltado para a escolinha da agremiação, com mais de 350 crianças e adolescentes, em sua maioria de bairros periféricos de Juazeiro do Norte. Quando o assunto é falar dos aspectos que envolvem conquistas positivas relacionadas ao futebol, ele destaca o resgate histórico, os valores educacionais, o viés econômico social e turístico.

A Casa Grande também tem uma parceria com um dos mais importantes times do mundo, o Barcelona. A parceria leva em conta aspectos importantes na formação das crianças e jovens, dentro de um projeto estruturado, no esporte voltado para a vida. Alemberg cita experiências exitosas, como o Museu do Barcelona, hoje um dos mais visitados da região da Catalunha, na Espanha. Ele destaca o papel dos museus como laboratórios voltados para o aprendizado da história, e importantes extensões das salas de aula. O projeto dentro desse contexto é mais amplo no Cariri, porque insere o circuito que vai desde o Museu de Paleontologia, com a história dos animais pré-históricos, em Santana do Cariri, passando pela história do homem, com o Museu do Homem Kariri, em Nova Olinda; o ciclo do couro, com o Museu do Couro, de Espedito Seleiro, chegando ao Juazeiro do Norte, no passeio pelo ciclo do algodão, com o Museu do Icasa. (E.S)

Mais informações:

Fundação Casa Grande

Avenida Jeremias Pereira, 444

Nova Olinda

Telefone: (88) 3546.1333

Escritório – Crato: (88) 3521.8133

Diário do Nordeste

Crato celebra 100 anos da Festa da Baixa Rasa

Os festejos começam no próximo sábado, num evento onde convergem a espiritualidade e a cultura regional

BaixarasaCrato. Mais de duas mil pessoas participam do centenário de celebração da Festa da Santa Cruz da Baixa Rasa. O evento, uma tradição, principalmente de moradores da serra, reúne fiéis para celebração em favor do vaqueiro que se perdeu na Floresta Nacional do Araripe, há mais de um século, e morreu de fome e sede. Os festejos acontecem no próximo sábado.

Uma cruz com vários ex-votos em volta atrai dezenas de participantes que rezam e acendem velas para o vaqueiro morto. A cultura popular se manifesta, dentre outras ações espontâneas, como a da banda cabaçal do Crato FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

O corpo foi encontrado, e, ao lado, estava o cavalo. A partir desse período, as pessoas passaram a visitar o túmulo e louvar pela alma do vaqueiro. Oficialmente, está sendo comemorado este ano os 100 anos da Festa da Baixa Rasa. Mas os moradores dizem que a tradição vem de bem mais longe, até mais de dois séculos. A missa celebrada no local tem pouco mais de duas décadas.

Uma cruz, com vários ex-votos em volta, uma coberta e dezenas de pessoas rezam em volta pelo vaqueiro e realizam promessas. Para muitos, o dia mesmo é de agradecimento. Há quem tenha alcançado várias graças e esteja no local para participar da celebração todos os anos. Os vaqueiros cumprem a missão, numa tradição que não se acabou e a cada ano se fortalece com a presença dos mais jovens para celebrar.

O evento entrou para o calendário festivo da região, por reunir grupos de tradição no local, além promover o turismo ecológico na Chapada. Pela área percorrida até o clarão dentro da floresta são mais de dois quilômetros, a pé. O trajeto normalmente é feito dessa firma, por haver fiscalização ambiental e não ter desmatamento na floresta. Praticamente todos os veículos ficam numa estrada mais distante e há a proibição de comercialização de bebidas alcoólicas.

Os grupos de tradição que estarão no dia da festa serão além dos irmãos Aniceto, a mestre da Cultura, Zulene Galdino, com o seu grupo; mestre Cirilo, com o maneiro pau; o reisado do mestre Aldenir, entre outros.

Várias barracas para venda de comidas típicas são instaladas no local, e supervisionadas pelos órgãos ambientais. A concentração dos cerca de 400 vaqueiros, do Ceará e Pernambuco, acontece logo cedo, na vila do Lameiro, mas grande parte das pessoas que não segue no cortejo, sai de casa até antes do amanhecer do dia, para os primeiros momentos de orações. Os cavaleiros normalmente chegam por volta das 9 horas.

Rainha

Neste sábado houve a escolha da rainha da Baixa Rasa, que tem a honra de sair em uma charrete, à frente do cortejo dos vaqueiros. Todos os anos, são celebradas duas missas. Uma na chegada dos cavaleiros, e outra por volta das 11 horas, com a reza do terço ao meio-dia. É praticamente o momento, em que a maior parte das pessoas se despede do local.

A intenção é fortalecer a manifestação popular. Segundo o chefe da Floresta Nacional do Araripe, William Brito, a maior dificuldade é tornar clara a importância da conservação da floresta para os frequentadores da Festa. “O que nós queremos é que seja uma festa sustentável, que ao final a floresta esteja no mesmo estado de conservação e não cheia de lixo e degradada. Estamos tomando toda essa cautela para que a floresta fique intacta”, afirma.

Todos os anos, uma comissão com representantes do Distrito do Belmonte é formada no intuito de discutir a organização da festa. Aline da Silva, bisneta dos fundadores da Festa da Baixa Rasa, integra a comissão. Ela destaca a importância das parcerias, no intuito de organizar a festa, além de promover a segurança do local. Para a secretária de Cultura do Crato, Dane de Jade, a Festa da Baixa Rasa faz parte do calendário da tradição popular, como manifestação enriquecedora e singular.

Ao lado do local onde está a cruz, protegida por uma pequena coberta, se encontram outras sepulturas. São familiares de Expedita Gomes Magalhães, como irmã e mãe, que foram enterradas em covas vizinhas, e também de catadores de pequi. Pessoas que se embrenharam na floresta adoeceram e não tiveram como sair por conta da enfermidade. A tradição se sustenta pela fé das pessoas, segundo um dos organizadores, Wilson Rosto. Ele afirma que é importante ser feito um acompanhamento por parte das instituições, em todos os anos, já que a festa se tornou muito popular e algo que já faz parte do calendário cultural da cidade. São dezenas de anos que os homens e mulheres acendem suas velas, pagam promessas e reverenciam a cruz.

A fé do vaqueiro sertanejo faz com que a originalidade da festa da Cruz da Baixa Rasa se mantenha, dentro do seu caráter religioso e festivo. Os homens vêm de várias cidades e participam todos os anos do cortejo e missa. O percurso é feito em duas horas. Com santos nas mãos e o gibão de couro, a subida da serra se torna uma reverência e um ato de peregrinação. Uma romaria que se depender dos vaqueiros do sertão, terá anos e anos de realização e fortalecimento de uma tradição.

A espontaneidade dos participantes é o que mais impressiona. A cultura popular se manifesta. Todos os anos, seu Antônio Aniceto, da centenária banda cabaçal do Crato, participa. “Desde os oito anos, quando o meu pai me trazia para cá”, diz ele. O grupo veio animar e reverenciar a alma do vaqueiro sofrido, perdido no mato e encontrado tempos depois. (E.S)

Mais informações:

Casa Sede do Ibama-Cariri

Escritório do Ibama

Praça Filemon Teles, S/N

Pimenta

Fones: 3523.1999 / 3501.1702

DN

Dupla assalta posto bancário do Detran no interior do Ceará

Dois homens levaram R$ 6 mil de um funcionário.Polícia informou que ninguém foi preso.

 

Assalto

Um posto bancário do Banco do Brasil que funciona no interior do Departamento Estadual de Trânsito Detran (Detran-Ce ), foi assaltado na tarde da última sexta-feira (17), no Crato, a 527 Km de Fortaleza.

Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o assalto ocorreu por volta das 13 horas e foi realizado por dois homens. O CPI informou que a dupla roubou R$ 6 mil de um funcionário.

Ainda de acordo com o CPI, o funcionário disse para a polícia, que um dos homens estava armado e entrou na agência com o revólver em punho, enquanto o comparsa dava apoio em uma moto de cor preta. Após o assalto, os dois fugiram. Ninguém foi preso.

Do G1 CE

Delegado coleciona rádios antigos em distrito policial de Fortaleza

Rádios ficam na sala do delegado ao lado de imagens de santos. Maioria foi herdada de avós, tios e pais do delegado.

 

Radio_620

Dois itens da coleção do delegado
(Foto: Gisleine Carneiro/TV Verdes Mares)
 

O delegado Barbosa Filho está à frente de um dos mais movimentados distritos policias de Fortaleza e resolveu levar para sala de trabalho na delegacia, uma coleção inteira de rádios antigos. Natural de General Sampaio, a 126 Km da capital, Barbosa Filho diz que os rádios são para ajudar a quebrar a ideia de que toda delegacia é um lugar ruim.

 

deegado barbosa filho, do 7º DP (Foto: Gislaine Carneiro)

Barbosa Filho exibe uma das peças da coleção
(Foto: Gisleine Carneiro/TV Verdes Mares)

“Sempre gostei de rádios desde pequeno. E, unindo a paixão pelo rádio e pela minha profissão, tive a ideia de levá-los para o lugar onde trabalho. É bom porque quem chega aqui se anima e fica feliz porque os rádios representam a infância e a vida de muita gente”, diz Barbosa Filho. ”Quando as pessoas entram aqui, independente de ser um suspeito ou um cidadão, todos ficam mais familiarizados comigo e o trabalho é realizado com mais calma. Já vi pessoas que se emocionaram, pois os rádios, os fazem retornar para um passado bem distante, quando elas ainda eram crianças e adolescentes”, afirma.

 

Herança
De acordo com Barbosa Filho, os aparelhos são herança de avós, tios e pais. “Meu avô, Raimundo Alves Medeiros, amava rádio. Lembro demais ele sentado na cadeira e ouvindo as notícias em um antigo rádio General dos anos 1950 e 1960. Tempo bom e, por isso, faço esse resgate”, conta.

O delegado, de 54 anos, tem rádios da marcas ABC, Semp, Canarinho e Voz de Ouro. Ele garante que todos funcionam muito bem e que nunca quebraram. “Os que eu gosto mais são os ABC, Semp, Canarinho e Voz de Ouro. Nunca eles precisaram de um conserto. Sintonizam bem tanto na frequência AM como FM”, diz.


Sobre a possibilidade de perdê-los, já que estão na delegacia, o titular do 7º DP garante que não tem perigo, pois o lugar é um ambiente tranquilo e seguro.  “Não existe essa possibilidade. Aqui é muito seguro e a turma é da paz. Não há motivos para alguém querer aparecer aqui e levá-los”, garante.


Além dos rádios antigos, Barbosa Filho coleciona corujas e imagens de santos, como as de Padre Cícero. De acordo com ele, os rádios e as imagens dos santos fazem com que a tranquilidade reine no ambiente de trabalho. “Os rádios e as imagens lembram o interior. Aquela tranquilidade absoluta”, diz.


O 7º Distrito Policial é uma delegacia plantonista na zona oeste de Fortaleza. A delegacia cobre os bairros Pirambu, Monte Castelo, Presidente Kennedy, Barra do Ceará, Quintino Cunha, Goiabeiras e parte do Cristo Redentor.


G1– CE

Paulo Hélder é empossado como o novo superintendente do Senar/CE

Fortaleza. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/CE) tem um novo superintendente. O cargo foi assumido no dia 7 de janeiro pelo titular do Sindicato Rural de Cascavel e da Associação dos Criadores do Ceará, o engenheiro agrônomo Paulo Hélder de Alencar Braga. Desde que o cargo está se reunindo diariamente com sua equipe para fazer uma radiografia do órgão, conhecer em detalhes todos os programas do Sistema e montar seu plano de trabalho.

PaulohelderSolenidade de posse do novo titular do órgão. Na ocasião, foram destacadas as visitas técnicas às sedes do órgão em Natal e João Pessoa, bem como parcerias a fim de fortalecer os sindicatos rurais do Estado do Ceará

Na próxima semana faz uma visita técnica às sedes do Senar dos Estados do Rio Grande do Norte, em Natal, e Paraíba, em João Pessoa, para conhecer a estrutura do Senar, colher subsídios, aproveitar o que vem dando certo e montar o projeto de reestruturação no Ceará, no que diz respeito à sua estrutura funcional e de atendimento ao produtor, através de cursos de capacitação.

Paulo Hélder explica que pretende, trabalhar junto ao Ministério do Desenvolvimento Social para aumentar os curso ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico, executados através do Serviço. “O Senar foi implantando no Ceará há 20 anos, o momento é de pensarmos em inovação, que passa naturalmente pela área de recursos humanos e pela área técnica”, afirma Paulo Hélder.

De acordo com ele, hoje a realidade do homem do campo é outra. “Ele tem que estar cada vez mais preparado para conviver com a seca e o Senar tem um enorme conhecimento em diversas áreas de capacitação , inclusive um Programa de Inclusão Digital Rural que visa treinar produtores trabalhadores rurais e familiares no manuseio do computador”, completa.

O novo superintendente do Senar revela que existe uma grade de cursos nas áreas de promoção social e de capacitação rural, que nestes 20 anos já capacitou mais de 360 mil produtores rurais. “Este ano, em parceria com a Adece e Sebrae-CE vamos implantar outro programa muito importante o Leite Ceará, que visa a melhoria da qualidade do leite produzido no Estado”, diz.

Outro programa que Paulo Hélder considera importante é o Sindicato Forte , que visa o fortalecimento dos sindicatos rurais, com nova estrutura física e de cursos. Nesse sentido, ele participa juntamente com o presidente da Faec, Flávio Saboya e do vice-presidente administrativo, Carlos Bezerra, nos dias 28,29 e 30 de janeiro de uma programação que inclui a inauguração da sede do Sindicato Rural de Granja, e uma reunião com todos os presidentes de Sindicatos Rurais da Zona Norte, na cidade de Sobral.

“Vamos trabalhar sintonizados com as metas definidas pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará, que vem sendo muito bem dirigida pelo engenheiro agrônomo Flávio Saboya, eleito recentemente para um novo mandato de quatro anos ( 2014/2017)”.

Para o novo titular do Senar/CE, Saboya vem se firmando a cada dia como um dos maiores articuladores do movimento pela implantação do Programa de Segurança Alimentar Animal e do Seguro Garantia Forragem, este ultimo, dependendo de lei federal e está tendo apoio da senadora Katia Abreu, Presidente da CNA.

Já o presidente da Faec, Flávio Saboya, diz conhecer Paulo Hélder há mais de 40 anos. “Considero um técnico competente, comprometido em tudo que abraça, e que tem tudo para fazer uma maior aproximação do Senar com os Sindicatos Rurais, diante da problemática da seca que enfrentamos”.

Outra novidade do Senar/CE para este ano, será a instalação na cidade de Sobral, de um Centro de Excelência em Ovinocaprinocultura, e que segundo informações do prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda, já foi formalizado o pedido ao governador Cid Gomes para a implantação do referido do Centro, cujo terreno pertence ao Estado.

Perfil

O novo superitendente do Senar/Ce, Paulo Hélder de Alencar Braga, é funcionário de carreira da Ematerce e produtor rural. Na diretoria Plena da Faec ocupa o cargo de primeiro- vice-presidente há três anos, sendo coordenador do Seminário Nordestino de Pecuária- PecNordeste, maior evento do Nordeste no segmento da pecuária.

Mais informações:

Senar/CE

 
DN

Encerrada a greve nas universidades estaduais

UECE 2

Em assembleias realizadas na quarta-feira (15), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e Universidade Regional do Cariri (Urca) comunicaram a suspensão da greve dos professores. Na quinta-feira (16) foi a vez da Universidade Estadual do Ceará (Uece) decidir, também em assembleia, pelo fim da paralisação.

A decisão foi tomada a partir dos resultados de um encontro realizado na última segunda-feira (13) entre Governo do Estado e comando de greve das três universidades. Durante esta reunião, o governador Cid Gomes assumiu os seguintes compromissos em relação à pauta emergencial da greve:

1 – Regulamentação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) dos docentes;


2 – Assistência Estudantil, com a destinação de R$ 10 milhões para cada uma das três universidades, a serem disponibilizados a partir do dia 27 de janeiro;


3 – Concurso público para professor efetivo, com autorização de editais de concurso a serem honrados após a realização de seminários na UVA, Urca e Uece e que terão, dentre outros objetivos, a identificação da demanda no número de vagas de cada instituição;


4 – Ampliação e reforma da Facedi/Uece, em Itapipoca, além da criação de um novo curso de licenciatura nesta unidade.

Tendo em vista, ainda, a suspensão da greve por parte dos servidores técnico-administrativos desde o dia 19 de dezembro de 2013, foi solicitado, durante audiência entre secretário da Secitece e governador, um estudo à Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag) sobre a repercussão financeira das reivindicações dos servidores, o qual já foi concluído.

Seminários nas universidades

Os seminários que vão tratar de assuntos relativos às universidades – como a identificação da demanda real no número de vagas para realização de concurso público, serão realizados nas três instituições a partir de fevereiro. A coordenação dos eventos estará sob a responsabilidade da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece).

Os seminários foram agendados para os seguintes dias:

- 3 e 4 de fevereiro: UVA (evento em Sobral)
- 10 e 11 de fevereiro: Urca (evento no Crato)
- 17 e 18 de fevereiro: Uece (evento em Fortaleza)

Nesta sexta-feira (17), a Secitece promoverá um encontro para tratar da organização e planejamento dos seminários. O evento será no auditório da secretaria (Av. Dr. José Martins Rodrigues, 150 – Edson Queiroz) e terá início às 9 horas.

Foram convidados para este encontro reitores, vice-reitores e pró-reitores das três universidades estaduais; presidentes dos sindicatos dos docentes e servidores; representante do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes); representantes dos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs); o presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Albuquerque, e os deputados estaduais José Sarto, Rachel Marques, Tin Gomes e Dedé Teixeira, além dos deputados federais Artur Bruno, Chico Lopes e José Guimarães.

Assessoria de Comunicação
 da Secitece 


Segredos e Revelações da História do Cariri

 

Brazilimperialblason2Pinto Madeira, nem herói nem vilão –por Napoleão Tavares Neves (*)
Certa vez, em conversa com o Padre Antônio Gomes de Araújo, ícone da historiografia regional e meu velho mestre do saudoso “Ginásio do Crato”, a ele perguntei: “Afinal, Pinto Madeira era de Jardim ou de Barbalha?”
A resposta veio taxativa: “Era de Barbalha, do sítio Coité, entre o Silvério e o Mondés, mas com atuação política, sobretudo a partir de Jardim, porque ali tinha ele uma alma irmã: o Padre Antônio Manoel de Sousa, ambos monarquistas ferrenhos.” ( acima, o Brasão do Brasil Império, este defendido por Pinto Madeira)

Esta digressão introdutória vem muito a propósito, sobretudo para provar que Pinto Madeira era polêmico até na sua naturalidade, sempre envolto em um halo de dubiedade até pelas elites intelectualizada do Cariri.
Sim, porque a História de Barbalha prova que ele nascera no sítio Coité, nas vizinhanças do Distrito-Vila de Arajara cujo nome, em Tupi, significa “Terra onde nasceu o homem” e este homem é Pinto Madeira! (ao lado, paisagem do sopé da Chapada do Araripe próximo ao Sítio Coité, onde nasceu Pinto Madeira). Por outro lado, a rodovia asfáltica que liga Barbalha a Crato via Arajara, cortando ao meio o sítio Coité, é Rodovia Pinto Madeira.
Assim sendo, sou a favor da veracidade histórica desta segunda hipótese quanto ao seu nascimento, já que segundo o historiador Dr. Odálio Cardoso de Alencar, “História se faz com fatos e datas”. Ademais, a redoma geográfica formada pela Chapada do Araripe, fazia de Jardim o lugar estratégico para preparação das tropas pintistas que, em avantajado número de cerda de aproximadamente 2 mil homens armados de cacetes, recebiam na história Matriz de Santo Antônio de Jardim, as bênçãos da Igreja em uma Santa Missa celebrada pelo primeiro pároco, Padre Antônio Manoel de Sousa, por isto imortalizado como “O benze-cacetes”, recebendo publicamente o ânimo inicial de “guerra sagrada” de restauração do Trono do Brasil, pondo Jardim em destaque nacional na luta pela Monarquia do Brasil.
Pela falta de armas de fogo, os revoltosos de Pinto Madeira eram armados de cacetes de madeira jucá ali encontrada, fazendo com que no Cariri em geral, cacete e jucá fossem sinônimos.
Por outro lado, apesar de sua importância no Cariri, Pinto Madeira nunca foi devidamente estudado nem pela elite intelectualizada, permanecendo quase desconhecido da grande maioria, apesar de ser nome de rua em quase todas as cidades caririenses.
Pois bem, agora, em muito boa hora, vai sair de Jardim uma obra de fôlego que disseca a saciedade a vida atribulada de Pinto Madeira, pondo-a no seu devido lugar na historiografia regional: “Pinto Madeira, nem herói nem vilão”, da jovem e arguta historiadora jardinense, Nélcia Turbano de Santana.
É um estudo sério, objetivo, judicioso e fundamentado, além de escrito em castiça linguagem, trazendo a lume toda a trajetória do irrequieto revolucionário que terminou por protagonizar o mais esdrúxulo julgamento da História do Brasil, no qual, quase no alvorecer da República, o condenado não teve sequer o primordial direito de defesa! Suas testemunhas sequer foram ouvidas!Pasmem! E qual seu horrendo crime? Crime de lesa Pátria? Não e Não! Crime de participação ativa, na linha de frente de tantos movimentos revolucionários, tendo Jardim como palco? Revoluções de 1817, 1824 e 1832?
Não! O homem foi sumariamente fuzilado nos arredores da Vila Real do Crato, no lugar Barro Vermelho, pela morte do português, Joaquim Pinto Cidade, na batalha pintista do sítio Buriti, arredores de Barbalha, quando tantos atiraram, mas só a bala de Pinto Madeira foi considerada mortífera, em uma recuada época, quando não havia laudo cadavérico por aqui” Mais uma vez, Pasmem!
Foi, não há como negar, uma sumária execução direcionada, encomendada, quando o Senador José Martiniano de Alencar, já ascendera ao elevado posto de Presidente do Ceará. E eles eram figadais adversários!
Pois bem, o máximo que Pinto Madeira conseguiu foi que comutassem a sua sumária pena de morte para fuzilamento, em vez de enforcamento! E isto já nos seus derradeiros momentos de vida, quando “já fedia a cadáver”, segundo palavras textuais de um dos juízes!
Tudo isto e muito mais ainda, está no excelente livro “Pinto Madeira, nem herói nem vilão”, de Nélcia Turbano de Santana, jardinense até pelo histórico nome familiar. Esta oportuna obra merece ser publicada até pela Prefeitura Municipal de Jardim que tem à frente, pelo quarto mandato, um homem inteligente e de visão de futuro, médico Dr. Fernando Neves Pereira da Luz, por sinal, meu primo e afilhado.
Finalizando, devo dizer ainda que o substancioso trabalho de Nélcia Turbano de Santana mergulha fundo na História regional trazendo a lume até as condições econômicas da ambiência da época onde e quando tudo se deu. É, portanto, na minha visão, obra meritória, rara e única no gênero.
(*) Napoleão Tavares Neves, médico e historiador, residente em Barbalha

Justiça nega desbloqueio de bens a ex-secretária de Educação do Crato da gestão Valter Peixoto

 

Advocacia

A Justiça negou pedido de desbloqueio de bens e valores feito pela defesa da ex-secretária de Educação do Crato (a 504 km de Fortaleza), Luciana Maria Brito Rodrigues. Ela e outros cinco ex-gestores do município respondem a processo por supostos atos de improbidade administrativa.
De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado (MP-CE), o caso ocorreu entre 2004 e 2005, no fim da gestão do então prefeito Francisco Valter Peixoto. Entre as irregularidades, foi constatada alteração no período letivo, com prejuízo à carga horário exigida pelo Ministério da Educação (MEC), bem como a interrupção do transporte escolar, devido à falta de pagamento às empresas que prestavam o serviço.
Em setembro de 2007, a Justiça determinou o bloqueio dos bens e da conta bancária de todos os envolvidos, atendendo à ação movida pelo MP.
Em sua defesa, Luciana alegou que a interrupção do transporte escolar durou pouco e não chegou a prejudicar os alunos. Além disso, afirmou que não houve redução do período letivo e que obedeceu integralmente à legislação. A ex-secretária solicitou ainda a liberação dos bens bloqueados.
Contudo, ao analisar o caso, o juiz José Batista de Andrade negou o pedido, alegando que as garantias apresentadas pela ex-secretária para desbloquear os bens eram incompatíveis com o caso.
Fonte: O Povo

Prefeitura de Barbalha convoca aprovados em concursos

 

Em novembro de 2013, durante audiência pública realizada pelo Ministério Público Estadual, através da 2ª Promotoria de Barbalha foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), acordando que a Prefeitura de Barbalha estaria impedida de contratar funcionários temporários e teria que realizar concurso público, em um período de seis meses. Até agora, nenhum setor da prefeitura está paralisado e a administração garante que está tomando todos os cuidados para manter os serviços.

Candidatos aprovados em concursos nas áreas de administração, saúde e educação realizados em 2005, 2009 e 2010 pela Prefeitura Municipal de Barbalha estão sendo convocados para assumirem seus cargos por meio de editais divulgados no Diário Oficial do Município.

Os aprovados no concurso realizado em 2005 estão sendo convocados por força de uma decisão prolatada nos autos de apelações contidos em processos movidos contra a prefeitura. Em três editais publicados neste mês de janeiro já foram convocados 87 aprovados, sendo 30 para assumirem cargos administrativos, 30 para cargos na área de educação e 27 para a área de saúde. Os candidatos devem comparecer no local, prazo e horário determinados, munidos de toda a documentação exigida no edital. O não comparecimento implica na perda de direitos referentes ao concurso.

Confira a lista dos convocados.

Radio Cetama de Barbalha

ProUni atinge recorde ao ultrapassar 1,2 milhão de inscrições

 

Brasília – A primeira edição de 2014 do Programa Universidade para Todos (ProUni), do Ministério da Educação (MEC), registrou 1.259.285 inscritos para concorrer a bolsas de estudos em instituições particulares de ensino superior. De acordo com o ministério, o número é o maior desde a criação do programa, em 2004. O recorde anterior havia acontecido em 2012, com 1.208.398 inscritos. Em 2013, o programa registrou 1.032.873 candidatos interessados.

O número de inscrições, superior ao de candidatos pelo fato de cada um poder fazer até duas opções de instituição e curso, chegou a 2.424.354. O balanço final foi divulgado hoje (18) pelo MEC. Na segunda-feira (20), o órgão disponibilizará o resultado da primeira chamada. No dia 3 de fevereiro, quem não foi contemplado terá nova chance de acesso às bolsas, em uma segunda chamada. Ambas serão publicadas no site do programa.

Candidatos que não forem contemplados em nenhuma das duas chamadas poderão ficar em uma lista de espera. Este ano, no entanto, houve mudança no procedimento para manter o nome na lista. Agora, o estudante que quiser ser incluído terá de manifestar interesse pela internet e, em seguida, nas datas previstas em edital, levar a documentação à instituição de ensino na qual pretende estudar.
Para o primeiro semestre de 2014, o ProUni oferece 191,6 mil bolsas, sendo 131.636 integrais e 59.989 parciais, em 25,9 mil cursos. Segundo o Ministério da Educação, a oferta cresceu 18% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Para concorrer à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Professores da rede pública da educação básica estão dispensados da comprovação de renda, mas concorrem exclusivamente a bolsas para cursos de licenciatura. Eles também devem estar no exercício efetivo da função e fazer parte do quadro permanente das escolas.

Além disso, os concorrentes a bolsas parciais têm acesso ainda aos benefícios do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O candidato pode custear os outros 50% da mensalidade, sem a necessidade de apresentação de fiador. Para isso, é necessário que a instituição para a qual foi selecionado tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc).

 Agência Brasil

Vaticano diz que cerca de 400 padres foram afastados por suspeita de pedofilia

 

Vaticano

Cidade do Vaticano – O Vaticano disse hoje (18) que cerca de 400 padres foram afastados durante o pontificado do papa Bento XVI, devido às queixas de crianças abusadas sexualmente por clérigos.

“Em 2012, foram cerca de 100, enquanto que em 2011 foram cerca de 300″, disse o porta-voz do Vaticano Federico Lombardi.

No entanto, a organização Snap, que junta vítimas de abusos sexuais por parte de membros da Igreja, disse em comunicado que essas medidas disciplinares não são suficientes e que “o papa deve afastar também os clérigos que encobriram crimes sexuais”.

As revelações dos crimes sexuais cometidos por membros do clero e o encobrimento pelos seus bispos começaram na Irlanda e nos Estados Unidos há mais de uma década e têm abalado a Igreja Católica.

Bento XVI, que renunciou o ano passado e foi substituído pelo papa Francisco, prometeu tolerância zero para os sacerdotes que cometeram os abusos e o Vaticano informou que recebeu milhares de relatos de abuso de dioceses locais.

Em uma ação inédita, uma delegação do Vaticano teve de dar, no início desta semana, respostas às Nações Unidas sobre o seu compromisso para acabar com os abusos sexuais de menores por padres diante da Comissão de Direitos da Criança, em Genebra.

O papa Francisco disse na quinta-feira (16) que os católicos devem sentir “vergonha” pelos escândalos, mas as associações que juntam as vítimas dizem que ainda há falta de transparência e que não foi feito o suficiente para denunciar os abusos à polícia.

“As autoridades católicas devem ajudar a garantir que os clérigos que abusaram de crianças são acusados criminalmente”, relatou o Snap em comunicado.

Da Agência Lusa

Agentes penitenciários do Maranhão ameaçam entrar em greve

 

Brasília – Agentes penitenciários do Maranhão ameaçam entrar em greve em meio à crise que mobilizou os governos federal, estadual e o Poder Judiciário para tentar encontrar soluções para os problemas no sistema prisional maranhense. Uma assembleia geral foi convocada para a tarde da próxima quarta-feira (22).

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário (Sindspem), Cezar Castro Lopes, a ameaça de greve é uma resposta a uma iniciativa da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap). Esta semana, a secretaria publicou no Diário Oficial uma portaria que, segundo Lopes, transfere para o Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), da Sejap, a responsabilidade integral pela segurança dos estabelecimentos prisionais estaduais.

A reportagem não conseguiu verificar a íntegra da Portaria nº 001/2014, pois a última cópia digital do Diário Oficial disponibilizada no site oficial é do dia 7 de janeiro. Os agentes penitenciários estaduais passarão a cuidar apenas da escolta de presos convocados para audiências judiciais e da custódia de detentos hospitalizados. A segurança dos presos no interior dos presídios será feita apenas pelo Geop.

Entre as unidades afetadas pela medida estão o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA). Maior estabelecimento prisional do estado, Pedrinhas abriga 2.200 detentos em 1.700 vagas. De acordo com relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), só no ano passado, 60 detentos sob custódia do estado foram assassinados no interior do complexo.

A crise no sistema prisional resultou em violência nas ruas da capital maranhense. Segundo as próprias autoridades do governo estadual, ataques a ônibus e delegacias registrados nos primeiros dias do ano foram comandados de dentro do presídio, por líderes de facções criminosas que disputam o comando do tráfico de drogas no estado. Em um dos cinco ônibus incendiados no último dia 3, cinco pessoas ficaram gravemente feridas – entre elas a menina Ana Clara, de 6 anos, que teve 95% do corpo queimados e morreu.

“Enquanto órgãos como o Ministério Público exigem que o governo estadual convoque agentes concursados e reduza a terceirização no setor prisional, que fragiliza toda a segurança pública, a secretaria vem com esta iniciativa. Quando se busca solução para uma crise, a secretaria cria outra”, disse Lopes à Agência Brasil. Segundo o sindicalista, enquanto há 382 agentes penitenciários concursados para garantir a segurança das mais de 20 unidades prisionais maranhenses, os terceirizados ultrapassam os 1,5 mil.

“O último concurso para preencher 41 vagas foi feito no primeiro semestre de 2013, mas ainda não foi concluído. Há 115 pessoas ainda disputando essas vagas e mais de uma centena que recorreram à Justiça contra falhas e irregularidades no processo”, acrescentou o sindicalista, destacando que a categoria cobra a construção de mais unidades prisionais, na capital e no interior do estado, e a contratação urgente de mais profissionais concursados.

A Agência Brasil não conseguiu contactar os assessores e representantes do governo maranhense.

Agência Brasil 

Festival Superfantástico apresenta seleção de filmes brasileiros voltados para o público infantil

Cinema3

Rio de Janeiro – As férias de verão são o período do ano em que as salas de cinema dedicam boa parte de sua programação aos filmes destinados ao público infantil. Quase sempre, no entanto, essa programação é dominada pelas produções hollywoodianas, com temas e personagens distantes da realidade brasileira.

A partir deste sábado (18) um festival que já está em sua terceira edição ocupará o cinema da Caixa Cultural Rio durante três fins de semana seguidos com o melhor do cinema brasileiro para os pequenos. O Superfantástico! Festival de Cinema Infantil traz uma seleção de filmes – nove longas-metragens e 12 curtas – que valorizam a cultura nacional na formação das crianças. 

“São filmes aos quais o público, em geral, não teria acesso e que buscam resgatar elementos genuinamente brasileiros, valorizando o folclore, a literatura e o imaginário infantil”, ressalta a produtora do festival, Flávia Moretti. Segundo ela, o evento também é uma contribuição indireta para o fomento da produção cinematográfica nacional voltada para a criançada.

Os filmes selecionados foram produzidos entre 2000 e 2012. Um dos destaques é o premiado Eu e Meu Guarda-Chuva (2010), longa dirigido por Toni Vanzolini e baseado no livro do mesmo nome de Branco Mello e Hugo Possolo. O filme conta a história de Eugênio, um garoto de 11 anos que jamais se separa do guarda-chuva herdado de seu avô e que precisa resgatar sua grande paixão, Frida, sequestrada pelo fantasma do Barão Von Staffen e presa na sombria casa onde fica sua nova escola. 

Vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2013 na categoria animação, Brichos 2 – A Floresta é Nossa, de Paulo Munhoz, aborda questões de conscientização ecológica a partir de personagens que fazem parte da fauna brasileira. Também ganhador do mesmo prêmio, mas na categoria filme infantil no ano de 2009, Pequenas Histórias, de Helvécio Ratton, apresenta quatro relatos protagonizados por personagens do imaginário popular. 

O Superfantástico! Festival de Cinema Infantil fica em cartaz até 2 de fevereiro, com sessões aos sábados e domingos, às 14h, 16h e 18h. Os ingressos custam R$ 2, a inteira, e R$ 1, a meia-entrada. A Caixa Cultural Rio fica na Avenida Almirante Barroso, 15, no centro do Rio.

Agência Brasil

PF prende suplente de deputado federal suspeito de participar de desvio na Caixa

Policia-federal

Brasília – A Polícia Federal deteve há pouco, no Maranhão, o suplente de deputado federal Ernesto Vieira Carvalho Neto. Filiado ao PMDB, ele é suspeito de fazer parte do esquema que desviou cerca de R$ 73 milhões da Caixa Econômica Federal (Caixa), no final de 2013. O crime é tratado como a maior fraude já sofrida pela instituição.

Segundo o delegado federal Omar Pepow, o suplente foi detido entre as cidades de Carolina e Estreito, na região sul do estado. Neto está sendo conduzido para Araguaína, onde deve prestar depoimento ainda hoje (18). Pepow afirmou à Agência Brasil que ao investigar a fraude denunciada pelo próprio banco estatal, a PF encontrou indícios de que Neto forneceu uma conta de luz de uma ex-empregada sua para que integrantes do esquema abrissem uma conta-corrente numa agência da Caixa de Tocantinópolis (TO).

Pouco tempo depois, os cerca de R$ 73 milhões foram depositados nessa conta, como se fossem o pagamento de um prêmio da mega sena que nunca existiu. Por fim, o dinheiro foi transferido para várias contas.

Durante as investigações das denúncias apresentadas pela Caixa, a PF prendeu o ex-gerente-geral da agência de Tocantinópolis Robson Pereira do Nascimento. De acordo com o delegado federal, há gravações de conversas telefônicas, obtidas com autorização judicial, em que o ex-gerente, pouco antes de ser preso, pede ajuda a Neto para se defender, demonstrando já ter conhecimento de que a PF investigava o assunto e identificara alguns dos envolvidos no esquema.

Segundo a PF, aproximadamente 70% do total desviado já foram recuperados. As investigações continuam. Quatro pessoas estão sendo procuradas. Além de cinco mandados de prisão preventiva, a Justiça expediu, dez mandados de busca e apreensão e um de condução coercitiva a serem cumpridos em Goiás, Maranhão e São Paulo.

Ao todo, 65 policiais federais do Tocantins, de Goiás, do Maranhão e de São Paulo participam da operação, que recebeu o nome de Éskhara e conta com o apoio do Ministério Público Federal (MPF).

Agência Brasil

Página na internet sobre boicote a preços abusivos no Rio tem mais de 65 mil adeptos em 24 horas

 

Rio de Janeiro – Uma página nas redes sociais chamada de Rio $urreal – Não Pague, criada na tarde de dessa sexta-feira (17), atingiu a marca de 65 mil curtidas em pouco mais de 24 horas. A ideia dos criadores é boicotar “preços extorsivos praticados por bares, restaurantes, lojas e ambulantes no Rio de Janeiro, cidade pré-olímpica”.

De acordo com o designer gráfico Flavio Soares, criador da iniciativa junto com as amigas Daniela Name e Andréa Cals, o objetivo não é criticar o real nem a política econômica e muito menos incentivar o calote, mas sim expor lugares que cobram preços abusivos, bem como divulgar lugares com valores mais razoáveis.

“Surgiu quase que como um reflexo natural, não foi uma coisa planejada por dias, meses. Na verdade a insatisfação tem anos e se agravou nesses últimos meses, esquentando as chuteiras para a Copa, tá todo mundo chutando os preços para o céu”, disse. “O que nós três concluímos é que a gente estava falando alguma coisa que já estava todo mundo chocado, foi algo natural [a repercussão imediata]”, completou.

Movimento apartidário, o Rio $urreal, por enquanto, tem colhido relatos e postado no Facebook. Mas, segundo Flavio, a ideia é unir pessoas interessadas em ver as coisas funcionando direito. “A gente ainda está sob o impacto da quantidade de adesões, do tamanho que a coisa está tomando. Certamente não vamos deixar isso cair no vazio, não é só reclamação. O primeiro objetivo é reclamar tanto que quem está praticando preços abusivos se toque, se constranja, se ilumine ou tenha medo de perder clientela e de fato abaixe os preços”, declarou.

Um prato de strogonoff a R$ 80, misto quente a R$ 30, banana com sorvete a R$ 31 e croissant a R$ 14 estão entre os preços postados na página. Nas praias, o serviço também subiu com o calor do verão. O advogado Maurício Mair, carioca, relata que tudo o que atrai o turista é hiperinflacionado nesta época do ano.

“Para quem vai à praia, até o aluguel de cadeira, o preço do refrigerante, a famosa caipirinha carioca. A gente fica indignado, o preço das coisas praticamente triplicam, dependendo do local onde você vai. Nos pontos turísticos você vê muita exploração do turista, ainda mais que, agora, está tendo uma procura maior por conta de ser a cidade da Copa”.

De acordo com ele, no ponto mais badalado de Ipanema, o Posto 9, na baixa temporada a caipirinha custa entre R$ 5 e R$ 7 e agora está de R$ 20 a R$ 25. Em novembro o coco custava R$ 4 e em dezembro passou para R$ 6. Primo de Mair, Roberto Lima dos Santos trouxe a família de Porto Alegre para conhecer o Rio e se espantou com os preços. Ele defende uma campanha para melhorar a situação.

“O sul tem Gramado e Canela, tem a Serra Gaúcha, o Vale dos Vinhedos, diversos shows, e eu digo para ti que a proporção [do abuso nos preços] é menor. Eu acho que há necessidade de uma campanha de conscientização governamental com o comércio local, em qualquer cidade do país, mas principalmente nas cidades maiores, que contribua para que o turismo cresça e se desenvolva cada vez mais, sempre com a consciência ecológica, claro”.

Entre os postos 9 e 10 da Praia de Ipanema, os preços estão, em média, R$ 7 o aluguel de cadeira ou de guarda-sol e R$ 5 o coco. Mas, procurando um pouco, é possível achar mais barato. Dono de uma barraca há 15 anos, Jorge Luiz da Silva diz que pratica a mesma política de preço de quando começou, sem inflação no aluguel de cadeira e guarda-sol, mesmo com o aumento no verão.

“Do início do horário de verão até o dia 1º de abril a cadeira é R$ 3 e o guarda-sol é R$ 4, de 2 de abril até o fim do horário normal a cadeira é R$ 2 e o guarda-sol é R$ 3. As únicas coisas que a gente não consegue controlar e repassa o aumento é na bebida, porque chega o verão e a gente também sofre com a máfia do gelo, sofre com a máfia do coco”, disse.

Silva relata que o saco de 20 quilos de gelo custa normalmente R$ 7 e passa para R$ 12 no verão, chegando a R$ 20 em datas festivas como Natal, ano-novo e carnaval. “Eu uso uma média de 25 sacos por dia, imagina como aumenta o custo disso”, ressaltou.

Agência Brasil

Manifestantes negros registram ocorrência depois de shopping fechar as portas em SP

JK-Iguatemi-rolezinho

São Paulo – Dez manifestantes que participaram de um ato a favor dos “rolezinhos” e contra o racismo, comandado pela União de Núcleos de Educação Popular para Negras/os e Classe Trabalhadora (Uneafro), registram boletim de ocorrência na 96ª Delegacia de Polícia em São Paulo depois de terem sido impedidos de entrar no Shopping JK Iguatemi em São Paulo.

O shopping funcionava normalmente até o momento em que os manifestantes chegaram à frente do estabelecimento. Após isso, os acessos foram bloqueados. Alguns ativistas, que não portavam bandeiras nem instrumentos musicais, chegaram a formar uma fila na porta do shopping e pediram aos seguranças autorização para entrar, o que foi negado.

“Alegamos que houve um crime de constrangimento ilegal e o crime de racismo por parte do shopping. O shopping estava aberto. Depois do ato, as pessoas tentaram entrar individualmente no shopping e foram impedidas de entrar. Majoritariamente, os manifestantes são negros e da periferia. Está caracterizado crime de racismo”, disse o advogado Eliseu Soares Lopez que defende o movimento.

“Eles não fecharam as portas para a manifestação e para todo mundo. Quando fecharam as portas aqui, eu estava no interior do shopping. E eu pude presenciar com várias pessoas que as pessoas que estavam entrando pela garagem, em seus carros, eles não eram impedidos de entrar”, acrescentou o advogado.

A manifestação teve apoio de diversos movimentos sociais. De acordo com Lopez, as entidades vão entrar na Justiça com um mandado de segurança contra decisões judiciais que proíbem pessoas de participarem dos rolezinhos, e uma ação contra o Shopping JK.

“Presenciei várias manifestações aqui em São Paulo e eu não vi os shoppings fecharem. Presenciei manifestação dos médicos, todos vestidos de brancos, eu presenciei manifestação diversas próximas a shoppings e não vi fechando”, destacou o advogado.

Em nota, o Shopping Center JK Iguatemi informa que o estabelecimento não comporta manifestações em seu interior. O centro comercial disse também que respeita manifestações democráticas. “O espaço físico e a operação de um shopping não são planejados para receber qualquer tipo de manifestação. Com o compromisso de garantir a segurança de seus clientes, lojistas e colaboradores, e de acordo com procedimento padrão utilizado em situações semelhantes, o empreendimento interrompeu temporariamente suas atividades neste sábado.”

Agência Brasil


Música de Qualidade - 24h!



300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

agosto 2014
D S T Q Q S S
« jul    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -