Padre Marcelo diz que sua popularidade se aproxima a do Padre Cícero e já é chamado de Santo


Vaidade é meu pecado predileto!”


Al pacino, interpretando o diabo no filme “O advogado do Diabo”.

Padre Marcelo Rossi falou sobre o assédio dos fiéis, em entrevista à revista “Alfa” de novembro. Ele afirmou que, no Nordeste, sua popularidade se aproxima a de padre Cícero e já é chamado de santo. “Só falta arrancarem a minha batina, mas sempre digo: meu Deus, para, eu não sou santo. Sou corintiano, não me santifica não”.

O religioso falou sobre o santuário que vai inaugurar, que comportará mais gente do que a Basílica de Aparecida. “Sempre quis ter um santuário, comprei o terreno há mais de dez anos com o dinheiro das vendas do meu primeiro CD. Nosso povo precisa de igreja grande, são lugares onde você sente a presença divina. Os evangélicos perceberam isso, mas nós, católicos, caímos na mentalidade dos padres da Teologia da Libertação, que gostam de igrejas pequenas. Penso diferente. Sei que as pessoas estão com sede de Deus e querem ser acolhidas, se emocionar”, afirmou.

Fonte: Quem Online

Versão de Lupi para voo é implodida pelo próprio PDT, que pede entrega do cargo

Diretório maranhense da sigla nega ter pago aluguel de avião em que ministro viajou com dono de ONG; Dilma pede provas materiais e aguarda ida de Lupi ao Senado.

Desmentido quatro vezes pelos fatos – e ontem por seu próprio partido, o PDT –, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, não apresentou à presidente Dilma Rousseff provas materiais sobre o custo e pagamento do voo ao lado de um empresário dono de ONG que mantém convênios com a pasta que comanda e começou a ser abandonado por correligionários. O presidente interino do PDT, André Figueiredo (CE), aconselhou o ministro a deixar o cargo. O Planalto aguarda novas versões que o ministro apresentará hoje, em depoimento ao Congresso, para avaliar quando ele será substituído.

Uma das versões de Lupi foi implodida nesta quarta-feira, 16, pelo próprio PDT. O ministro dissera que o voo com o empresário Adair Meira, da ONG Pró-Cerrado, com negócios suspeitos com o Trabalho, fora pago pelo PDT do Maranhão. Mas o orçamento da viagem do ministro não está na prestação de contas do PDT maranhense. O presidente estadual da partido, Igor Lago, negou que o diretório regional tivesse dinheiro em caixa para bancar o aluguel de aeronave e disse que o partido quer apenas “ajudar a esclarecer todos os fatos”. Com a prestação de contas do partido em mãos, Igor Lago afirmou que o PDT maranhense não tem responsabilidade pelo aluguel de qualquer aeronave para deslocamento do ministro no Maranhão.

“Ontem (terça-feira, 15) mesmo recebi a declaração de contas, que está registrada no Tribunal (de Contas do Estado). Não consta nada sobre transporte aéreo, o diretório regional não arcou com esta despesa”, disse.

E emendou: “O PDT não tem condições financeiras para arcar com os custos de uma viagem dessas. Portanto, PDT não pagou os voos utilizados pelo ministro”. ‘Atrás da nota’. A presidente Dilma Rousseff, em encontro com o ministro na manhã de ontem, exigiu que ele apresentasse “provas materiais” do pagamento do voo providenciado pelo empresário dono de ONG com negócios milionários e suspeitos com o Ministério do Trabalho.

Apesar do desmentido do próprio PDT, o ministro saiu do Planalto anunciando que “ia atrás da nota”, se referindo à nota fiscal de pagamento do voo, que agora teria de ser do PDT nacional e não mais do regional, como afirmara antes, já que o PDT regional desmentiu que tivesse arcado com a despesa como anunciara Lupi, anteriormente. A ida do ministro ao Senado hoje, onde terá de se explicar e justificar por que mentiu na Câmara sobre o voo e as relações com a ONG, é considerada o teste final para Lupi.

Saída. Dez dias depois de estourar o escândalo envolvendo Lupi em irregularidades, a direção do PDT sinalizou oficialmente ontem o abandono do ministro. Integrantes da legenda passaram a defender abertamente a saída de Lupi da pasta. Uma reunião da Executiva Nacional do PDT e das bancadas da Câmara e do Senado marcada para hoje deverá selar o futuro do ministro.

“Como amigo do Lupi, eu sofro muito vendo ele sofrer. É muito doloroso. Como amigo, preferia que ele saísse. Mas isso é uma decisão que o PDT vai tomar de forma institucional”, disse o presidente interino do PDT, André Figueiredo (CE). “O partido confia plenamente no ministro Lupi. A única coisa que questionamos é a oportunidade de ele continuar no ministério. É uma questão de discutir a oportunidade”, continuou Figueiredo. Segundo o presidente do PDT, Carlos Lupi vai contar hoje, durante seu depoimento à Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, quem pagou o avião que usou na viagem ao Maranhão, em 2009, arranjado pelo dono na ONG Pró-Cerrado, Adair Meira. A entidade é beneficiada com contratos de R$ 13,9 milhões com a pasta comandada por Lupi. O deputado Weverton Rocha (MA), que estava na viagem com o ministro, não havia apresentado as notas com o pagamento do avião até o início da noite ontem.

Nomes cotados. Sintomas do acelerado processo de decomposição política do ministro foram detectados ainda ontem, com o surgimento de nomes para sucede-lo, como os pedetistas Osmar Dias (PR) ou o deputado federal Miro Teixeira (RJ). Ao constatar a falta de apoio do partido, o próprio Lupi cancelou às pressas reunião do diretório, que estava prevista para acontecer neste sábado.

“Quando se passa muito tempo com o partido sendo noticiado de forma negativa, cresce a insatisfação”, observou Figueiredo. “Surgiram novos fatos. Ele (Lupi) precisa dar explicações ao partido”, disse o deputado Brizola Neto (RJ).

Fonte: Estadão

Jovem de 22 anos morre após cirurgia na Santa Casa de Misericórdia de Sobral

Uma jovem de 22 anos, morreu após um trabalho de parto na Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Iana Cristino, moradora da localidade de Patriarca, faleceu depois de passar mais de 28 horas sentada numa cardeira a espera de atendimento.

Segundo relato de familiares da jovem, Yane Cristino chegou ao hospital na quinta-feira, 10, onde foi submetida a trabalho de parto. No sábado, dia 12, após o parto cesariana, a paciente passou a reclamar que estava sofrendo fortes dores, e foi logo medicada com dipirona. Durante o período em que permaneceu no hospital a paciente não teve direito a se alimentar nem beber água e seu quadro clínico não apresentava melhora.

Na terça-feira, 15, o quadro da jovem se agravou e ela foi encaminhada para o Centro Cirúrgico onde os médicos resolveram refazer a cirurgia. Retornado ao quarto, onde anteriormente estave internada, a jovem se sentiu mal e nos braços da mãe foi encaminhada ao setor de alta complexidade onde faleceu momento depois. A criança que nasceu do parto passa bem e não corre risco de morte. A família acusa o hospital de mal atendimento.

Fonte: Wilson Gomes

Urca promove XII Semana de Economia

O professor Ladislau Dowbor é um dos conferencistas da XII Semana de Economia e do I Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento – Economia Solidária e Sustentabilidade que a Universidade Regional do Cariri (Urca) promoverá, no período de 21 a 25 próximos, no Campus do Pimenta, no Crato. Ladislau falará às 9 horas da próxima terça-feira sobre a Conjuntura Econômica do País, dentro do I Colóquio realizado pelo Departamento de Economia da Instituição. Esse Colóquio e a XI Semana de Economia comemoram os 50 anos do Curso de Economia da Urca. Exposições, mostra de trabalhos e atividades culturais constam também da programação.

Dowbor é titular do Departamento de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) nas áreas de Economia e Administração. É autor e co-autor de cerca de 40 livros, entre os quais se destacam: Formação do Terceiro Mundo; Aspectos econômicos da Educação; Formação do Capitalismo Dependente no Brasil; O que é Poder Local?; Educação e Trabalho no Capitalismo Contemporâneo; Da Globalização ao Poder Local: a Nova Hierarquia dos Espaços; A Reinvenção do Futuro; A Reprodução Social; O Mosaico Partido: a economia além das equações.

Fonte: URCA – coloquioeconomia

Homem é encontrado morto dentro de cinema erótico no Centro de Fortaleza

Um homem de 55 anos foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (17), em um cinema erótico, no Centro de Fortaleza. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima não apresentava marcas de violência – fato que aponta inicialmente para um óbito por causas naturais. As primeiras investigações indicam que a vítima teve parada cardíaca.

Funcionários do local afirmaram em depoimento que a vítima chegou ao local acompanhada por um rapaz ainda não identificado. De acordo com o 34º Distrito Policial, imagens do circuito interno do local devem ser solicitadas pela polícia para tentar identificar o rapaz. As investigações estão com o 34º DP.

Fonte: DN Online

FIMAI – Feira e SEMAI- Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade

A CEMPRE- Compromisso Empresarial para Reciclagem, reconhecendo o projeto de Coleta Seletiva “RECICLAÇÃO” realizando pela Secretaria do Meio Ambiente do Crato em parceria com a Associação dos Agentes Recicladores – AARC e a Universidade Regional do Cariri, convidou a mesma para participar do FIMAI – Feira e SEMAI- Seminário Internacional de Meio Ambiente Industrial e Sustentabilidade realizado nos dias 08, 09 e 10 de novembro de 2011 no Centro de Convenções do Expo Center- São Paulo. O Seminário teve como tema: “RECICLANDO nosso compromisso com o MEIO AMBIENTE”. A prefeitura Municipal do Crato participou no Painel “Políticas Nacionais de Resíduos Sólidos – Responsabilidade Compartilhada entre prefeituras, empresas, cidadãos e Catadores”.

A Prefeitura Municipal do Crato esteve representada pela Gerente de Núcleo de Educação Ambiental Vanda Lucia Roseno Batista que fez exposição sobre o projeto de Coleta Seletiva “RECICLAÇÃO” juntamente com a prefeitura de São Lorenço – MG, Guarulhos –SP e Natal – RN, o evento contou com a participação de empresas como coca cola, Ambev, Tetra pak, Grupo Pão de açúcar, Nestlé , Itautec Carrefur e outras e ainda com experiências internacionais de responsabilidade compartilhada realizadas pela Colômbia, Uruguai, México Tailândia e África. Entre as autoridade presentes destacou-se o Sr. Victor Bicca – Presidente da CEMPRE, Nabil Georges Bonduki – Secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano –SRHU/MMA, Arnaldo Jardim – Deputado Federal Relator da Política Nacional dos Resíduos Sólidos – PNRS, Dr. João Batista Machado Barbosa – Promotor de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Comarca de Natal – RN e Roberto Lourenço da Rocha – Catador de Materiais Recicláveis – representante dos catadores de Materiais recicláveis e diretor da CRUMA.

A Prefeitura Municipal do Crato aproveita o momento para agradecer a CEMPRE a oportunidade de dialogar com os setores públicos, privados e as associações e cooperativas de catadores a nível nacional sobre a nova Política Nacional de Resíduos Sólidos. O diálogo visa fortalecer as parcerias e amplia as possibilidades da sedimentação do trabalho de coleta seletiva nos municípios. Sentimos honrados pelo o convite, e foi oportuno mostrar que mesmo antes de sermos regulamentado pela lei federal 12.305/2010, o município do Crato já desenvolvia ações de gestão pública compartilhada na área de resíduos sólidos em parceria com empresas como: Mercadinho São Luiz, Banco do Nordeste, Correios e etc. alem de Associações de Bairros que doam materiais (lixo reciclável) a Associação dos Agentes Recicladores. O projeto do Crato conta com outros parceiros como a Universidade Regional do Cariri – URCA e Cáritas Diocesano.

Por oportuno, convidamos os comerciantes e empresários do nosso município para nos unirmos na tentativa de juntos atendermos aos novos parâmetros estabelecidos pela Política Nacional de Resíduos sólidos a qual deixa claro a responsabilidade compartilhada entre sociedade, poder público municipal, empresas privadas e as associações e cooperativas de catadores.

Nivaldo Soares
Secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano
Vanda Lúcia Roseno Batista
Gerente do Núcleo de Educação Ambiental

Crianças da Escola Melvin Jones realizam hoje seu IV Sarau Poético

O Governo do Crato por meio da Secretaria Municipal de Educação juntamente com a coordenação da Escola de Ensino Infantil e Fundamental Melvin Jones realiza hoje e amanhã, o seu IV Sarau Poético. Esse ano o temática do sarau será “Crato, a flor do semiárido; Bendita sejas ó terra de Alencar”.

De acordo com a Diretora, Sandra Maria Costa, o Sarau 2011 da Escola Melvin Jones, que fica localizada no Bairro Muriti, promoverá apresentações artísticas contando a história do Crato durante os 2 dias nos períodos manhã e tarde. “Toda a Escola está unida- alunos, professores, funcionários, agentes de cidadania, pais e a comunidade em geral- para que essa edição do Sarau seja surpreendente no melhor sentido” explica Sandra.

Através dos alunos as muitas versões da arte serão demonstradas: Teatro, Musica, Dança, Artesanato, Culinária, entre outros. Vale ressaltar que o Sarau também dará ênfase aos projetos Agentes da Cidadania e Mais Educação, propostas educacionais que trazem inclusão, informação e promoção da auto-estima para as crianças e jovens.

O Prefeito Samuel Araripe e o Secretário de Educação Valentin Dantas apóiam incondicionalmente o Sarau Poético da Escola Melvin Jones que já configura como um dos melhores eventos de educação e cultura do município.

Fonte: PMC

Profissionais da Saúde do Crato participam de cursos promovendo o acesso a formação continuada

Trabalhando de forma constante e crescente visando a formação continuada de seus profissionais o município do Crato, por meio as Secretaria Municipal de Saúde vem promovendo capacitações visando mais conhecimento e mais qualidade no atendimento, hoje, dia 17 e amanha, dia 18 estará acontecendo um Curso de atualização no tratamento do Fumante e em seguida nos dias 21, 22 e 23 haverá um Curso de Aconselhamento e Testagem Rápida no HIV.

Cícero França, Secretário de Saúde do município se propõe a oferecer cada vez mais subsídios que dêem melhores condições para que os profissionais possam avançar no que diz respeito a desenvolvimento e melhor qualidade de trabalho.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal do Crato
Fone/Fax- 88- 3521 7069
www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com

Lugares vazios – Por: Emerson Monteiro


Na despedida dos jovens, criaturas na flor da juventude que deixam este mundo sem mais nem menos, abre-se lacuna de não ter tamanho nos dias por mais ensolarados que possam ser. Rasgam ali clareiras imensas no coração dos pais, irmãos, amigos, machucando o piso da alma feitas árvores frondosas que caem nas matas, arrebentando todo o arvoredo em volta. E como andam acontecendo situações semelhantes nos tempos atuais… Como se perdem moços no pleno amor do viver, talvez a desencontrarem o trilho da alegria e passarem a expor, na perda dessas existências, o martelo das dores que deixam sepulcrais na forma das distâncias intransponíveis.

Nisso, a máquina social dos homens contemporâneos impõe preços elevados aos termos da sobrevivência, o que submete famílias a verem os filhos queridos expostos às aventuras das ruas, dos hábitos perversos das drogas, da ausência dos valores dignos por parte dos exemplos indignos até de líderes destacados, na corrida do ouro, da competição e do desperdício. Pais que nunca vivenciaram facilidades para achar seus lugares ao sol também lutam com as dificuldades na educação das novas gerações.

A ordem coletiva exige providências extremas nessas quadras frias de bons instintos. Quem conduzirá, pois, as esperanças dos dias melhores a tantos que partiram vítimas da incúria desse mundo estranho e neutro, qual indiferente padrasto no comando de rebanhos enjeitados rumo ao matadouro?

Os programas policiais de televisão apenas mostram os resultados dessa jornada de ossos… Pessoas iguais às outras, seres pensantes, dotadas de sentimentos, aspirações de paz e sucesso, desejos acesos de constituir lares, amar filhos, lá desmoronam pela banda escura das sarjetas, dos morros abandonados à própria sorte, sucatas do destino da quadra injusta e cruel…

Prisioneiros dos camburões, de olhos assustados com tudo isso, somem no aguardo de punições, atirados aos calabouços infectos…

Algo anda fora do trilho no curral da atualidade, onde milhões pagam o tributo à indiferença dos ditadores e orçamentos. Quase de comum, os jovens desassistidos das finanças públicas, miseráveis sobejos do desamor, custeiam com o que lhes resta de sonhos a esperteza de tantos.

Tal modo que, enquanto desaparecerem sob as marcas da marginalidade, sob tiro, fome ou vício, peças rejeitadas da humana misericórdia, isto só indicará atraso infame, e restarão lacunas impreenchíveis na história triste da Humanidade.

Cratense é eleito Presidente do Conselho Estadual de Farmácia

O jovem Dr. Victor Feitosa Oliveira( CRF/CE 3038), filho do casal José Itamar de Oliveira e de Maria Deusamir Feitosa ( Mizinha), empresário no ramo de farmácia ( Farmácia São Jose – Ponta da Serra) foi eleito Presidente do Conselho de Farmácia do Estado do Ceará, neste dia 10/11, obtendo 72% dos votos computados. Ele é farmacêutico industrial formado pela Universidade de Fortaleza ( UNIFOR), pós – graduado em Farmácia Magistral , e cursando pós – graduação em Farmacologia Clínica pelo IBRAS. Como Titular do Conselho Federal, foi eleita Lúcia de Fátima Sales Costa ( CRF/CE 9420, farmacêutica Bioquímica, pela UFC
 
Fonte: Antonio Correia Lima

Emancipalistas de Ponta da Serra conhecem experiência de Salitre

Neste sábado (12/11), promovido pela AMEPS – Associação do Movimento Emancipalista de Ponta d Serra, uma comitiva de 41 pessoas do distrito de Ponta da Serra,entre lideranças políticas, religiosas, educacionais, sindicais e comunitárias, esteve na cidade de Salitre, vendo de perto a experiência administrativa desenvolvida pelo atual prefeito Agenor Raimundo Ribeiro(PT), no seu segundo mandato, que o coloca entre os 30 melhores prefeitos do Ceará em três anos consecutivos ( 2008/2009/2010), tendo se destacado entre os 20 municípios que mais investe em educação de jovens e adultos.
Vale salientar que o município de Salitre já está pagando aos seus professores, o piso salarial nacional, exigido em Lei, e gasta 50% dos recursos da merenda escolar na compra de produtos da agricultura familiar.
O evento que foi denominado de “Passeio a Salitre”, de cunho político, religioso e cultural surgiu de um convite do Padre José Wilton Leite, Reitor do Seminário do Sagrado Coração em Campos Sales, que propôs ao Mons. João Bosco Cartaxo Esmeraldo, que as pessoas que estão à frente do movimento emancipalista de Ponta da Serra fossem conhecer o modo de governar do atual prefeito de Salitre.
Dessa forma, a comitiva saiu e Ponta da Serra, ás 5 hs, da manhã desse dia, com passagem pelas cidades de Nova Olinda, Potengi , Araripe, tendo e o café da manhã se realizado no Seminário de Campos Sales, por volta das 9 hs. Em seguida, uma breve visita à Matriz de N.S. da Penha, e depois, seguida para Salitre, onde já estavam à espera o Prefeito Agenor Ribeiro e o Vigário Padre Cícero Pereira, na Capela de São Francisco das Chagas.
Após a recepção de boas vindas à comitiva por parte da autoridade pública e religiosa, e boa parte dos fieis de São Francisco das Chagas, foi a vez de se conhecer o monumento ao Santo Padroeiro que está fincado no Morro da Cruz, onde foi rezado um ofício, com a presença do Mons. João Bosco, Padre Ricardo( vigário paroquial em Ponta da Serra), Padre Cícero Pereira( vigário Paroquial de Salitre, alguns seminaristas, o Sr. Prefeito Agenor Ribeiro e alguns dos seus assessores e o público presente.
A entrevista com o prefeito se deu nas dependências do CRAS, na qual ele procurou responder às mais de 20 perguntas, demonstrando segurança ,apontando os pontos positivos e os negativos do município. Dentre os positivos: destaque para a educação pelas premiações de suas escolas; os negativos: o município não dispõe de água para o consumo humano, sendo, portanto, necessário o abastecimento através de carro – pipa.
Depois, aconteceu o almoço, gentilmente, oferecido pelo Poder Público municipal e pela Igreja, na casa paroquial, e em seguida, o retorno, com visita no Distrito de Inhumas – Santana do Cariri, ao Memorial da Menina Benigna, que será em breve a primeira beata do Ceará.
Em Nova Olinda, a comitiva foi recepcionada na casa paroquial com um lanche, já na parte da noite, onde alguns dos participantes ainda tiveram a oportunidade de apreciar uma apresentação da Mostra Sesc Cariri, que estava acontecendo no terreiro da Casa Grande.
Encerrando o passeio, no percurso Nova Olinda – Crato, aconteceu a avaliação do dia, no que todos afirmaram ter sido muito proveitoso, tanto na parte política como na parte religiosa.
É importante dizer que todos ficaram admirados com a recepção em todos os locais, em especial, em Salitre, por arte do prefeito Agenor e sua equipe, sendo que o que mais marcou foi a sua humildade, simplicidade e singeleza , deixando a certeza nos visitantes que é possível, no futuro município de Ponta da Serra por em prática o exemplo de Salitre.

Quilômetros de engarrafamento – Por: Emerson Monteiro


Início do feriadão da República e noticiários indicavam até 245 km de engarrafamentos na saída de São Paulo ao litoral, com televisões mostrando filas imensas de veículos de faróis acesos às margens do Rio Tietê. Lembrei quando vivi em Salvador, ainda na década de 70 do século anterior, e do tempo que gastava, nos finais de semana, à espera de embarcar no ferry-boat a caminho da Ilha de Itaparica, onde curtíamos horas de lazer à beira mar.

Todos, neste mundo, buscamos a salvação da alma, conceito religioso que admite existência além do tempo deste chão… Chegaremos, um dia, à santidade, na chance da perfeição absoluta de superar o limite das experiências materiais.

E ao observar o sofrimento comum a todo vivente, calculamos a perspectiva das oportunidades para crescer interiormente em face dos testes agora recebidos.
Essa prova mesma dos engarrafamentos das grandes cidades, hoje em dia, quer representar das experiências severas a que o espírito se submete, porquanto horas e horas dentro de automóveis feitos gaiolas de luxo, aguardado deslocamento milimétrico, e depois retornar sob iguais condições, não deixa de comprimir a paciência da alma ao extremo, lição importante de constrangimento e realidade, no apuro das naturezas dos indivíduos.

Habitantes de metrópoles, eles sofrem miséria no sentido de sobreviver às oportunidades restritas, nessa escola aberta dos aglomerados e moradias reduzidas; nas arbitrariedades artificiais do sistema rígido das calçadas de ferro e cimento; em fábricas desumanas, mecânicas, automáticas; no atrito entre as pessoas; nos transportes abarrotados; na solidão das multidões indiferentes; nos descansos esfumaçados e tristes das janelas escuras; universo melancólico de jornadas industriais que parecem nunca revelar finais possíveis.

Santos em potencial são todos, contudo há os que adiantam o carro mediante respostas sábias à gravidade dos bloqueios e traumas das histórias grupais, sem um jeito melhor quase hora nenhuma. E lembrar, ainda, o quanto padecem das ingratidões de semelhantes que explodem desencantados, no decorrer do processo coletivo de evoluir, nas manadas reunidas e saraus barulhentos das noites aflitas.

Tudo isso lembra, pois, o tanto necessário aos dias felizes, no itinerário do drama que guarda em si as sempiternas esperanças dos dias quando, suaves, as ruas do destino ofereçam instantes de deslocamentos harmoniosos e justos.

Veículos produzidos em Barbalha (CE) serão usados em linha de VLT de Fortaleza


A principal obra de mobilidade urbana que está sendo construída no Ceará, uma linha de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), terá seus veiculos construídos no município de Barbalha, na região do Cariri, a 610 quilômetros da capital Fortaleza. A empresa Bom Sinal vendeu por R$ 57 milhões os seis veículos que irão operar na linhan que ligará os bairros de Parangaba a Mucuripe, em Fortaleza.

A obra do VLT, do governo do Estado e com financiamento da Caixa Econômica Federal, está em processo de licitação que deve terminar no final do ano. Dez empreiteiras ou consórcios já enviaram propostas. O custo total previsto é de R$ 265,5 milhões.

Na Matriz de Responsabilidade do Governo Federal de obras de mobilidade urbana em cidades-sedes da Copa, Fortaleza conta com um investimento de R$ 562 milhões, sendo R$ 410 milhões financiados pela Caixa. As principais obras, além do VLT, são corredores exclusivos de ônibus (os chamados BRT – Bus Rapid Transit).

A Bom Sinal vendeu os veículos para o metrô do Cariri (região metropolitana no sul do Estado cuja principal cidade é Juazeiro do Norte), já em operação, e os carros para os VLTs de Fortaleza (CE), Recife (PE), Maceió (AL), Sobral (CE), Arapiraca (AL) e Macaé (RJ), todos em construção.

A previsão é que os VLTs de Fortaleza comecem a circular no fim de 2013. Com capacidade de transportar até 766 passageiros, sendo 208 sentados, o veículo tem quatro vagões sem separação e velocidade operacional de 60 Km/h (em testes pode chegar a 90 Km/h).

A linha Parangaba/Mucuripe vai atender até 100 mil pessoas por dia, em um percurso de quase 13 quilômetros, que passa por 22 bairros. As linhas de ida e volta do VLT serão paralelas à linha ferroviária de carga, aproveitando o ramal já existente.

No entanto, ao longo dos anos, a área foi ocupada e abriga inúmeras casas. Em função disso, 2.700 famílias serão removidas da região para dar lugar ao projeto. De acordo com o governo, 1.900 famílias já foram visitadas e tiveram os imóveis avaliados para receber indenização.

Uol

Último dia da Mostra SESC Cariri de Culturas reúne grandes apresentações

O ritmo não para e o sexto dia da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas, evento que reúne a participação de mais de 500 artistas, de diferentes de regiões do Brasil e do mundo, apresenta grandes espetáculos. No último dia da Mostra serão realizadas cerca de 100 apresentações, divididas em núcleos de artes cênicas, artes visuais, audiovisual, música, literatura e tradição.

A programação do núcleo de artes cênicas, em Juazeiro do Norte, inicia com o projeto “Overdoze”, que apresenta, de forma simultânea, 12 horas de espetáculos teatrais. No Centro Cultural Banco do Nordeste, às 9h, o grupo Timbre de Galo (RS) encena “A viagem de um barquinho”. O espetáculo narra as aventuras de um menino que saiu em busca de seu barquinho de papel para conhecer o mar e se deixou levar pelo caminho do rio de pano estendido por uma lavadeira. Às 19h, também no Centro Cultural do Banco do Nordeste, quem se apresenta é o grupo Pedras (CE), com o espetáculo “O reino do mar sem fim”. A dramaturgia, construída a partir de depoimentos reais de brincantes da Zona da Mata, narra a história de Severino da Cocada, mamulengueiro, barbeiro e cantador de romances. No teatro Patativa do Assaré o grupo Coletivo Lugar Comum (PE) apresenta em dois horários, às 18h e 20h, o espetáculo “Leve”, que transporta para a cena as sensações, os sentimentos e os questionamentos do ser humano diante da morte. No Sítio São José, às 16h, a Companhia Dakar, grupo de teatro holandês, apresenta “Braakland”. O espetáculo é um conto sóbrio, inspirado nos romances do escritor sul-africano John Coetzee, que narra a história de nove personagens que vagam em uma terra esquecida sem se proteger e sem se defender. No Largo do Memorial quem se apresenta é o Grupo Imbuaça com “Um teatro chamado Cordel”. Em clima de muito humor, o espetáculo apresenta o universo fantástico da literatura popular. A cena é invadida por personagens do cotidiano que discutem questões universais. No teatro Marquise Branca, às 20h, quem se apresenta ao público é o Grupo Teatro Novo (CE), que encena “Anônimos”. A peça mostra um dia de visitas em um abrigo de idosos, no qual as personagens relembram um passado povoado de tristezas, mas também de alegrias, amores e sonhos que se renovam a cada amanhecer. No Crato, ainda no núcleo de artes cênicas, o público confere as apresentações dos grupos Desajuste (SP), Companhia dos Bondrés (RJ), Eduardo Okamoto (SP), Companhia Jogo de Cena (RJ), Companhia do Tijolo (SP) e Bando Filhotes de Leão (RJ). No Teatro do SESC Crato, às 9h, o grupo Desajuste apresenta “Mareados”, espetáculo que narra a história de três palhaços que dividem uma embarcação, chamada Fabulosa, até serem surpreendidos pela chegada de uma divertida náufraga. Às 19h, quem se apresenta no Teatro do SESC Crato é o grupo Cia. dos Bondrés, com o espetáculo “Instantâneos”. A trama aborda o ser humano e suas relações através de situações cotidianas. No Teatro Municipal a programação inicia às 12h com “Agora e na hora de nossa hora”, do artista Eduardo Okamoto. O espetáculo recria o cotidiano de meninos de rua, sobrevivente à chacina da Candelária, que, escondidos numa banca de jornal, assistem ao assassinato de oito companheiros meninos de rua. Às 21h, a Cia. Jogo de Cena apresenta “Os Ruivos”, uma comédia que leva ao público algumas das vivências dos ruivos, mostrando que eles também sofrem preconceito. Cansados dos apelidos maldosos como “arroto de Fanta” e “água de salsicha”, os ruivos anunciam a sua plataforma de reivindicações. A Cia. do Tijolo apresenta, no Crato Tênis Clube, às 18h, o elogiado “Concerto de Ispinho e Fulô”. O espetáculo narra uma entrevista com o poeta Patativa do Assaré, que se transforma num diálogo entre o popular e o erudito, o urbano e rural e culmina com a denúncia de um dos primeiros ataques aéreos contra civis em território brasileiro. Às 19h, no Museu do Crato, o grupo Bonde de Filhotes de Leão apresenta “Relicário”, uma instalação cênica itinerante, composta por quadros breves, inspirados no gênero fantástico, formando uma seqüência de ações “pânicas” interligadas por figuras, objetos, gags e combinações excêntricas.

Em Nova Olinda, o público confere no Teatro Violeta Arraes as apresentações dos espetáculos “Criaturas de papel”, às 9h, e “Uma vez, nada mais”, às 19h. “Criaturas de papel” é um espetáculo onde papéis brancos ganham formas geométricas e são transmutados em figuras cênicas que, meticulosamente animados, ganham vida. “Uma Vez, Nada Mais” convida o público a um passeio pela era de ouro do rádio e suas rádionovelas. Na Mostra de Rua, realizada nas ruas da cidade, se apresentam os Grupos Teatro Andante (MG), Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades (RJ) e Namakaka (SP). O grupo mineiro apresenta “A história de Édipo”, espetáculo que narra a história do mito de Édipo, escrita por Sófocles há 2500 anos. A Grande Cia. Brasileira de Mystérios e Novidades encena “Chegança do Alirante Negro na pequena África”, espetáculo baseado no episódio da Revolta da Chibata e seu líder João Cândido. Namakaka, grupo paulista, apresenta “É nois na Xita”, espetáculo musical que retrata o convívio entre três personagens que disputam os aplausos do público, aceitando os próprios equívocos como fonte de inspiração e improvisação.

No núcleo de audiovisual, a programação de Juazeiro do Norte se concentra no Centro Cultural Banco do Nordeste. No Panorama de Cinema de Animação, que inicia às 16h, os espectadores podem acompanhar a exibição de curtas animados nacionais e internacionais. Às 18h, na Mostra de Longas-Metragens Rosemberg Cariry, será exibido o filme “Caldeirão da Santa Cruz do deserto”. A produção resgata a memória e história da comunidade religiosa do Caldeirão, liderada pelo beato José Lourenço, que se organizava em moldes socialistas primitivos. Na programação do Crato, o público acompanha, na Casa Ninho, às 15h, o Panorama de Curtas Contemporâneas. A programação inicia com a exibição do filme “Permanências”, do diretor Ricardo Alves Junior e encerra com “Aeroporto”, de Marcelo Pedroso.

Nas atividades do núcleo de artes visuais de Juazeiro do Norte, na Praça Padre Cícero, o público confere a exposição “A procura – Heterotipias dos percursos”. A exposição inicia às 14h. Na Galeria SESC, no mesmo horário, tem início a exposição fotográfica “Retratos de Coimbra”, do fotógrafo Michael Sasso. No Crato, são realizadas as exposições Veias Urbanas”, de Rafael Vilarouca, e “Memórias e história do caminho de ferro no Ceará”, de Aderbal Nogueira. As atividades são realizadas na RFFSA e iniciam às 14h.

No núcleo musical, em Juazeiro do Norte, se apresentam na Praça Padre Cícero, a partir das 22h, Marcelo Jeneci, com o show “Feito pra Acabar”, e, encerrando a semana da Mostra SESC Cariri de Culturas, Daniel Peixoto apresenta o show “Mastigando Humanos”. No Crato, encerrando o projeto “Armazém do Som”, na RFFSA, se apresentam Abdoral Jamacaru(CE) e Jefferson Gonçalves(RJ), com “Encruzilhada”. As apresentações no Crato iniciam às 19h.

No núcleo de literatura, os destaques da programação do Crato são os lançamentos literários e o Sarau Poético com os “Comparsas da Vivenda”. No Crato Tênis, às 19h, os autores Pedro Salgueiro, Josenir Alves e João Nicodemos fazem o lançamento das suas obras. Pedro Salgueiro lança “O cravo roxo do Diabo: O conto fantástico no Ceará”, e os autores Josenir Alves e João Nicodemos lançam “Segredos da Natureza”.

No núcleo de tradição da Mostra, espaço que incentiva o desenvolvimento da cultural popular local, acontece no Crato, às 14h, no terreiro do Mestre Antônio, uma prosa de quintal com o mestre de cultura Bule Bule. Às 19h, a terreirada recebe os grupos Banda Cabaçal Santo Antônio e Maneiro Pau do Mestre Bigode. A mediação fica por conta de Tranquilino Ripuxado.

Os espetáculos, shows e atividades da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas encerram no dia 16 de novembro, às 22h, na praça Padre Cícero, no município de Juazeiro do Norte, com a apresentação dos Cantores Marcelo Jeneci e Daniel Peixoto.

Mostra SESC Cariri de Culturas

PARA REFLETIR – O Brasil teve realmente um Golpe Militar ou Revolução ? Análise dos Fatos

Brasil, Corrupção, Mentiras… Golpe Militar ?

ORDEM DO DIA DO Cmt INTERINO DA 3ª Bda CMec – Bagé-RS
Cel Mário Luiz de Oliveira, Ch EM da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada!

Seu discurso não poderia ser mais verdadeiro, direto e oportuno.

——————————————————————————————–

REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA DE 31 DE MARÇO DE 1964
Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada !

Há 46 anos atrás, o presidente da República, João Goulart, era deposto.

Uns chamam esse acontecimento de golpe militar, outros, de tomada do poder. Para nós, brasileiros, ocorreu a Revolução Democrática de 1964, que afastou nosso querido país de uma ditadura comunista, cruel e sanguinária, que só os irresponsáveis, por opção ou por descuido, não querem enxergar.

A grande maioria de vocês, principalmente os mais jovens, foram cansativamente expostos à idéia transmitida pela propaganda política, inserida nas salas de aula, nos ditos livros didáticos, nos jornais, programas de rádio e de TV, que os militares tomaram o poder dos civis para impedir que reformas moralizantes fossem feitas; que para combater os “generais que usurparam o poder” os jovens da época uniram-se e lutaram contra a ditadura militar e que muitos deles morreram, foram mutilados, presos e torturados na luta pela redemocratização do país; que jovens estudantes, idealistas, embrenharam-se nas matas do Araguaia para lutar contra a ditadura. Erro! O nome de arquivo não foi especificado.

Mas qual é a verdade sobre o Movimento de 31 de março ?

Para responder a esta pergunta, basta tão simplesmente voltarmos nossas vistas para aquela conturbada época da vida nacional. O país vivia no caos. Greves políticas paralisavam os transportes, as escolas, os bancos etc. Filas eram feitas para comprar alimentos. A indisciplina nas Forças Armadas era incentivada pelo governo. João Goulart queria implantar suas reformas de base à revelia do Congresso Nacional. Os principais jornais da época exigiam a saída do presidente, em nome da manutenção da democracia. Pediam para que os militares entrassem em ação, a fim de evitar que o Brasil se tornasse mais uma país dominado pelos comunistas. O povo foi às ruas pedindo o fim daquele desgoverno, antes que fosse tarde demais.

E, assim, aconteceu o 31 de março !

Naqueles dias seguintes, editoriais e mais editoriais exaltando a atitude patriótica dos militares eram publicados, nos mesmos jornais que, hoje, caluniam a Revolução… Os comunistas que pleiteavam a tomada do poder não desanimaram e passaram a insuflar os jovens, para que entrassem numa luta contra seus irmãos, pensando que estariam lutando contra a ditadura. E mentiram tão bem que muitos acreditam nisso até hoje.

E foi com essa propaganda mentirosa que eles iludiram muitos jovens e os cooptaram para as suas organizações terroristas. A luta armada havia começado. Foram vários atos terroristas: atentados a bomba no aeroporto de Recife, em quartéis do Exército, em instalações diplomáticas de outros países; seqüestros e assassinatos de civis, militares e autoridades estrangeiras em solo brasileiro.

A violência revolucionária havia se instalado.

Naquela época, os terroristas introduziram no Brasil a maneira de roubar dinheiro com assaltos a bancos, a carros fortes e a estabelecimentos comerciais. Foram eles os mestres que ensinaram tais táticas aos bandidos de hoje. Tudo treinado nos cursos de guerrilha em Cuba e na China. As polícias civil e militar sofriam pesadas baixas e não conseguiam, sozinhas, impor a lei e a ordem.

Para não perder o controle da situação, o governo decretou medidas de exceção, pelas quais várias liberdades individuais foram suspensas. Foi um ato arbitrário, mas necessário. A frágil democracia que vivíamos não se podia deixar destruir.

Graças ao Bom Deus e Senhor dos Exércitos, vencemos a besta-fera !

Os senhores sabiam disso ? Com quantas inverdades fizeram “a cabeça de vocês” ! Foi a maneira que os comunistas encontraram para tentar justificar a sua luta para implantar um regime do modelo soviético, cubano ou chinês no Brasil. Por intermédio da mentira, eles deturparam a História e conseguiram o seu intento. Alguns de vocês que não nasceram naquela época, chegam mesmo a acreditar no que eles dizem…

E por que essas mentiras são repetidas até hoje ?

Por que passado quase meio século, ainda continuam a nos caluniar? Qual será o motivo desse medo e dessa inveja?

Esta resposta também é simples:

É porque eles sabem que nós, militares, não nos deixamos abater pelas acusações contra as Forças Armadas, porque, na verdade, apenas cumprimos o dever, atendendo ao apelo popular para impedir a transformação do Brasil em uma ditadura comunista, perigo esse que já anda ao derredor do nosso Brasil, só que com outra maquiagem.

É porque eles sabem que nós, militares, levamos uma vida austera e cultivamos valores completamente apartados dos prazeres contidos nas grandes grifes, nas mansões de luxo ou nas contas bancárias no exterior, pois temos consciência de que é mais importante viver dignamente com o próprio salário do que realizar orgias com o dinheiro público.

É porque eles sabem que nós, militares, temos como norma a grandeza do patriotismo e o respeito sincero aos símbolos nacionais, principalmente a nossa bandeira, invicta nos campos de batalha, e o nosso hino, jamais imaginando acrescentar-lhes cores ideológico-partidárias ou adulterar-lhes a forma e o conteúdo.

É porque eles sabem que nós, militares, temos orgulho dos heróis nacionais que, com a própria vida, mantiveram íntegra e respeitada a terra brasileira e que esses heróis não foram fabricados a partir de interesses ideológicos.

É porque eles sabem que se alguma corrupção existiu nos governos militares, ela foi pontual e episódica, mas jamais uma estratégia política para a manutenção do poder ou o reflexo de um desvio de caráter a contaminar por inteiro um ideal.

É porque eles sabem que nós, militares, somos disciplinados e respeitamos a hierarquia, ainda que tenhamos divergências com nossos chefes, pois entendemos que eles são responsáveis e dignos de nossa confiança e que não se movem por motivos torpes ou por razões mesquinhas.

É porque eles sabem que nós, militares, não nos dobramos à mesquinha ação da distorção de fatos que há mais de 40 anos os maus brasileiros vem impondo à sociedade, com a clara intenção de impor-lhe a idéia de que os guerrilheiros de ontem (hoje corruptos e ladrões do dinheiro público) lutaram pela democracia, quando agora já está mais do que evidente que o desejo por eles perseguido há anos,’ sempre foi – e continua sendo – o de implantar no país um regime totalitário, uma ditadura mil vezes pior do que aquela que eles afirmam ter combatido.

É porque eles sabem, enfim, que todo o mal que se atribui a nós, militares, e às Forças Armadas – por maiores que sejam os nossos defeitos e limitações – não tem respaldo na Verdade histórica que um dia há de aflorar.

Soldados da Brigada Patrício Corrêa da Câmara ! Pertencemos ao Exército Brasileiro, brasileiro igual a todos nós e com muito orgulho no coração.

Exército invicto nos campos de batalha, onde derrotamos comunistas, nazi-fascistas, baderneiros, guerrilheiros, sabotadores, traidores da Pátria, conspiradores, predadores do patrimônio público, bandidos e terroristas.

Mas retornemos agora nossas vistas para o presente… O momento é decisivo para o Brasil, e por conseguinte, para todos nós, brasileiros. Mas será que estamos realmente conscientes disso ?

Parece que não ! O País vive em um clima de oba-oba, tipo “deixa a vida me levar, vida leva eu”… O dinheiro público é distribuído em alguns tipos de bolsas, umas de indisfarçável cunho ideológico revanchista e, outras, voltadas ao assistencialismo, nunca na história desse País visto em tão larga escala… A mídia satura a grande massa, “coincidentemente” o grande colégio eleitoral, com programas televisivos de baixíssima qualidade cultural, de cunho nitidamente apelativo, fabricando falsos heróis, que corroem os valores cristãos do nosso povo… como que distraindo-o, a fim de impedi-lo de enxergar o que anda acontecendo por aqui e ao nosso redor : situações idênticas ocorridas no Brasil e em outros países são tratadas de formas diferenciadas, conforme a simpatia ideológica; a palavra empenhada, as posições firmadas e documentos estratégicos são trocados ou modificados conforme a intensidade da reação da opinião pública, tornando transparente a falta de seriedade no trato dos destinos do Brasil, ou pior, revelando as verdadeiras intenções, ocultas e hediondas. Senão bastasse, serviçais de plantão vem à mídia tentar explicar o inexplicável, isso quando não jogam a culpa na opinião pública, dizendo que foi ela quem entendeu de forma errada ou procuram fazer-se de vítimas face à suposta campanha difamatória, quando na verdade os fatos estão aí, as claras …

No entanto, parece que as pessoas encontram-se anestesiadas, apenas “vivendo a vida”, discutindo qual a melhor cerveja, ou quem deve ser eliminado da casa, se tal jogador deve ser convocado…

O que vemos hoje já era utilizado nos tempos do antigo Império Romano, a estratégia do “pão e circo: dê ao povo comida e diversão de graça e ele esquecerá seus problemas…”

Porém, ao longo da História da civilização, diversas personalidades já apontavam para os perigos desses momentos de desesperança, destacamos : Martin Luther King – “O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons…” ; Burke – “Para o mal triunfar, basta os homens de bem não fazerem nada…” ; Mario Quintana – “O que mata um jardim não é o abandono ! O que mata um jardim é esse olhar vazio de quem passa indiferente por ele” ; e Rui Barbosa – “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto” .

Não ! Não deixaremos que os inimigos da Pátria venham manchar sua honra ou deturpar seus valores cristãos. Não envergonharemos nossos antecessores, os quais nos legaram esse Brasil-Continente, livre e soberano !

Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, estaremos sempre atentos e, se o Bom Deus e Senhor dos Exércitos assim o desejar, cumpriremos nossa sagrada missão de defender a Pátria. Que seja isso, ou que o sol, sem eflúvio, sem luz e sem calor, nos encontre no chão a morrer do que vivo sem te defender…

ASSINA, MARIO LUIZ DE OLIVEIRA Cmt INTERINO DA 3ª BDA CMEC

Texto recebido por E-mail

Uma prova de confiança – Rachel Sheherazade

Um verdadeiro arsenal de guerra. É o que foi encontrado em três dias de ocupação na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Só os fuzis já somam 77.

Hoje, policiais encontraram uma arma capaz de derrubar até helicóptero, e também mais uma casa de traficante ostentando luxo. Pelas ruas da Rocinha, agora chovem bilhetes com informações sobre esconderijos de fugitivos, suas armas, suas fabriquetas de drogas… O telefone da polícia também não para de receber denúncias dos moradores. Um sinal claro de que a Rocinha não quer mais se submeter ao domínio do tráfico e da violência. O Estado tem que fazer por merecer essa prova de confiança. Por que não adianta livrar a comunidade dos traficantes e deixar a Rocinha a mercê de milicianos e policiais corruptos.

Rachel Sheherazade

TV Jangadeiro anuncia filiação à Band nesta quinta-feira

A TV Jangadeiro anuncia nesta quinta-feira (16) em café da manhã no Gran Marquise Hotel em Fortaleza, a filiação à Rede Bandeirantes de Televisão. A emissora passará a transmitir o sinal da Band a partir do dia 1 de março de 2012, em uma grande de programação nacional e local.
O anúncio oficial contará com as presenças dos acionistas do Sistema Jangadeiro de Comunicação, Jaime Machado Filho, Assis Machado e Joana Jereissati, e do vice-presidente da Band, Frederico Nogueira, e executivos da emissora.

Além do anúncio oficial, durante o evento o público irá assistir a palestra “Potencialidades da Economia do Nordeste”, com o jornalista econômico Joelmir Beting, um dos âncoras do Departamento de Jornalismo da Band, que falará sobre as perspectivas do crescimento do mercado brasileiro, em especial dos estados nordestinos.

“Após doze anos de parceria comercial de sucesso com o SBT, a quem somos muito gratos, entramos em um novo momento de união com um dos grupos de comunicação que mais cresce no país, trazendo boas novidades para o mercado local”, afirma Cyro Thomaz, diretor executivo do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Sucessão em Juazeiro do Norte ganha mais um pré-candidato

O ex-deputado estadual Vasques Landim está como pré-candidato do Partido da República à Prefeitura de Juazeiro do Norte (Região do Cariri). Rompeu com o deputado federal Manuel Salviano (PSD) e se define como agora como a verdadeira opção de oposição ao PT nesse município. Vasques Landim tem feito a pregação política de que Juazeiro do Norte precisa de renovação e votar em candidato “Ficha limpa”. Ele entra num páreo que conta com o deputado federal Raimundo Macedo como pré-candidato do PMDB à Prefeitura. Já os deputados federais Manuel Salviano e José Arnon, este presidente regional do PTB, dizem que estão na disputa, mas que, de acordo com pesquisas, apenas um deles será o candidato nessa parceria. O prefeito Manuel Santana (PT), por enquanto, diz que não é candidato à reeleição.

Fonte: Eliomar de Lima

Lula raspa cabelo e barba durante tratamento contra o câncer

O ex-presidente Lula decidiu tirar barba e raspar o cabelo, na tarde desta quarta-feira (16) antecipando o que já iria acontecer devido o tratamento contra câncer de laringe.

A esposa de Lula, Marisa Letícia foi quem cortou o cabelo o marido. A imagem foi divulgada pelo Instituto Cidadania, onde o ex-presidente realiza trabalhos sociais desde 2002 – antes de ser eleito presidente do Brasil.

Portal Verdes Mares

Dilma se reúne com Lupi, que promete se defender

BRASÍLIA (Reuters) – A presidente Dilma Rousseff convocou nesta quarta-feira o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para dar explicações sobre a denúncia de que teria usado um avião alugado por um dirigente de uma organização não-governamental para deslocamentos em 2009.

Lupi havia negado em depoimento na Câmara dos Deputados na semana passada ter relações com o empresário Adair Meira, que integra a direção da ONG Pró-Cerrado. Entretanto, de acordo com a nova denúncia, feita pela revista Veja no fim de semana, o ministro voou na aeronave fretada por Meira e, meses depois, a Pró-Cerrado assinou convênios com o Ministério do Trabalho. No encontro entre Dilma e Lupi, de acordo com duas fontes do Palácio do Planalto ouvidas pela Reuters, Dilma não tomou a decisão de demitir Lupi, que vem tendo de responder a denúncias há mais de uma semana.

Para Dilma, Lupi disse que tem como provar que não usou aviões de empresários, segundo relato de uma das fontes, que falou sob condição de não ter seu nome revelado. O ministro disse à presidente, de acordo com este relato, que tem condições de se defender e fará isso nos próximos dias. Lupi deve participar de audiência pública no Senado na quinta-feira, na qual poderá prestar novas explicações. Na avaliação do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, com quem Lupi esteve reunido após o encontro com a presidente, as denúncias são “frágeis” e as provas devem “aparecer”. Paulinho, que é do mesmo partido do ministro, disse ter ouvido de Lupi um relato da conversa com Dilma e disse a jornalistas que ele permanece no cargo.

“O ministro disse, com todas as letras, que a Dilma quer que ele fique e ele vai ficar”, afirmou o deputado. “Vamos continuar enfrentando a crise.” O presidente interino do PDT, André Figueiredo, também participou da reunião em que Lupi comentou o encontro com Dilma, que durou mais de uma hora, segundo Paulinho. Segundo o deputado, pedetistas devem se reunir na manhã da quinta-feira, provavelmente antes da audiência pública de Lupi no Senado, para debater a estratégia de enfrentamento.

Antes da denúncia sobre o suposto uso de um avião particular, Lupi já vinha respondendo a denúncias anteriores da revista Veja de que haveria um esquema de arrecadação de propinas junto a ONGs que têm convênios com a pasta. Os recursos obtidos seriam destinados a abastecer o caixa do PDT, de cuja presidência Lupi está afastado temporariamente por conta de seu cargo na Esplanada dos Ministérios. Desde junho, cinco ministros do governo Dilma já deixaram seus cargos em meio a denúncias de irregularidades – Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Wagner Rossi (Agricultura), Pedro Novais (Turismo) e Orlando Silva (Esporte).

(Reportagem de Jeferson Ribeiro; Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello)
Yahoo Notícias

Programação Overdoze – Mostra SESC Cariri de Culturas‏

Como parte da programação da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas, iniciou-se neste dia 16 de novembro, no Teatro SESC Crato, às 9h, o “Overdoze”. São 12 horas ininterruptas de apresentações de teatro, música, dança e audiovisual. É uma verdadeira overdose de cultura.
O objetivo é proporcionar ao público a oportunidade de contato com diversas linguagens artísticas. A programação tem início com a apresentação do grupo Desajuste(SP), com “Mareados”, espetáculo que conta a história de três palhaços que dividem uma embarcação, chamada Fabulosa, até serem surpreendidos pela chegada de uma divertida náufraga.

A overdose de cultura encerra com o show “Samba de Feira”, do grupo musical Zabumbeiros Cariri. A apresentação acontece no Terreiro da Mestra Margarida, às 5h.


Lívia Lago
ASCOM
SESC-CE

Ciro Gomes vê fim da aliança com PT e quer ser candidato em 2014

(Transcrito de “Folha de S.Paulo”)

O ex-candidato a presidente da República, Ciro Gomes, afirmou nesta quinta-feira (17) que é “natural” que seu partido, o PSB rompa a aliança com o PT no plano nacional. Ciro disse também que só disputa nova eleição se for para concorrer a presidente da República. Ele já concorreu ao cargo em 1998 e 2002.
 
O político falou ao programa “Poder e Política – Entrevista”, conduzido pelo jornalista Fernando Rodrigues no estúdio do Grupo Folha em Brasília. O projeto é uma parceria do UOL e da Folha.

Ácido, o político criticou o PT, de quem se diz um “admirador frustrado”. Afirmou que o partido de Lula e de Dilma Rousseff deixou “tudo dominado”, de sindicatos ao grupo narcotraficante ADA (Amigos dos Amigos).

“Cooptou tudo o que é, aspas, sociedade civil organizada no Brasil”, afirmou. “Tudo. Centrais sindicais, movimento estudantil. ‘Tá tudo dominado’. Agora até a ADA, Amigos dos Amigos que era lá do Nem [traficante preso em operação da policia do Rio] na Rocinha acabou-se também. Então os movimentos de trabalhadores e de estudantes no Brasil estão acéfalos.”

Sobre a oposição, Ciro disse considerar José Serra e Geraldo Alckmin, ambos do PSDB, fora da disputa para presidente da República. Já sobre Aécio Neves, também tucano, Ciro aponta dois problemas: um deles é “ler pouco”. O outro é conseguir uma aliança para se viabilizar.
 

O Brasil teve realmente um Golpe Militar ou Revolução ? Análise dos Fatos

Brasil, Corrupção, Mentiras… Golpe Militar ?

ORDEM DO DIA DO Cmt INTERINO DA 3ª Bda CMec – Bagé-RS
Cel Mário Luiz de Oliveira, Ch EM da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada!

Seu discurso não poderia ser mais verdadeiro, direto e oportuno.

——————————————————————————————–

REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA DE 31 DE MARÇO DE 1964
Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada !

Há 46 anos atrás, o presidente da República, João Goulart, era deposto.

Uns chamam esse acontecimento de golpe militar, outros, de tomada do poder. Para nós, brasileiros, ocorreu a Revolução Democrática de 1964, que afastou nosso querido país de uma ditadura comunista, cruel e sanguinária, que só os irresponsáveis, por opção ou por descuido, não querem enxergar.

A grande maioria de vocês, principalmente os mais jovens, foram cansativamente expostos à idéia transmitida pela propaganda política, inserida nas salas de aula, nos ditos livros didáticos, nos jornais, programas de rádio e de TV, que os militares tomaram o poder dos civis para impedir que reformas moralizantes fossem feitas; que para combater os “generais que usurparam o poder” os jovens da época uniram-se e lutaram contra a ditadura militar e que muitos deles morreram, foram mutilados, presos e torturados na luta pela redemocratização do país; que jovens estudantes, idealistas, embrenharam-se nas matas do Araguaia para lutar contra a ditadura. Erro! O nome de arquivo não foi especificado.

Mas qual é a verdade sobre o Movimento de 31 de março ?

Para responder a esta pergunta, basta tão simplesmente voltarmos nossas vistas para aquela conturbada época da vida nacional. O país vivia no caos. Greves políticas paralisavam os transportes, as escolas, os bancos etc. Filas eram feitas para comprar alimentos. A indisciplina nas Forças Armadas era incentivada pelo governo. João Goulart queria implantar suas reformas de base à revelia do Congresso Nacional. Os principais jornais da época exigiam a saída do presidente, em nome da manutenção da democracia. Pediam para que os militares entrassem em ação, a fim de evitar que o Brasil se tornasse mais uma país dominado pelos comunistas. O povo foi às ruas pedindo o fim daquele desgoverno, antes que fosse tarde demais.

E, assim, aconteceu o 31 de março !

Naqueles dias seguintes, editoriais e mais editoriais exaltando a atitude patriótica dos militares eram publicados, nos mesmos jornais que, hoje, caluniam a Revolução… Os comunistas que pleiteavam a tomada do poder não desanimaram e passaram a insuflar os jovens, para que entrassem numa luta contra seus irmãos, pensando que estariam lutando contra a ditadura. E mentiram tão bem que muitos acreditam nisso até hoje.

E foi com essa propaganda mentirosa que eles iludiram muitos jovens e os cooptaram para as suas organizações terroristas. A luta armada havia começado. Foram vários atos terroristas: atentados a bomba no aeroporto de Recife, em quartéis do Exército, em instalações diplomáticas de outros países; seqüestros e assassinatos de civis, militares e autoridades estrangeiras em solo brasileiro.

A violência revolucionária havia se instalado.

Naquela época, os terroristas introduziram no Brasil a maneira de roubar dinheiro com assaltos a bancos, a carros fortes e a estabelecimentos comerciais. Foram eles os mestres que ensinaram tais táticas aos bandidos de hoje. Tudo treinado nos cursos de guerrilha em Cuba e na China. As polícias civil e militar sofriam pesadas baixas e não conseguiam, sozinhas, impor a lei e a ordem.

Para não perder o controle da situação, o governo decretou medidas de exceção, pelas quais várias liberdades individuais foram suspensas. Foi um ato arbitrário, mas necessário. A frágil democracia que vivíamos não se podia deixar destruir.

Graças ao Bom Deus e Senhor dos Exércitos, vencemos a besta-fera !

Os senhores sabiam disso ? Com quantas inverdades fizeram “a cabeça de vocês” ! Foi a maneira que os comunistas encontraram para tentar justificar a sua luta para implantar um regime do modelo soviético, cubano ou chinês no Brasil. Por intermédio da mentira, eles deturparam a História e conseguiram o seu intento. Alguns de vocês que não nasceram naquela época, chegam mesmo a acreditar no que eles dizem…

E por que essas mentiras são repetidas até hoje ?

Por que passado quase meio século, ainda continuam a nos caluniar? Qual será o motivo desse medo e dessa inveja?

Esta resposta também é simples:

É porque eles sabem que nós, militares, não nos deixamos abater pelas acusações contra as Forças Armadas, porque, na verdade, apenas cumprimos o dever, atendendo ao apelo popular para impedir a transformação do Brasil em uma ditadura comunista, perigo esse que já anda ao derredor do nosso Brasil, só que com outra maquiagem.

É porque eles sabem que nós, militares, levamos uma vida austera e cultivamos valores completamente apartados dos prazeres contidos nas grandes grifes, nas mansões de luxo ou nas contas bancárias no exterior, pois temos consciência de que é mais importante viver dignamente com o próprio salário do que realizar orgias com o dinheiro público.

É porque eles sabem que nós, militares, temos como norma a grandeza do patriotismo e o respeito sincero aos símbolos nacionais, principalmente a nossa bandeira, invicta nos campos de batalha, e o nosso hino, jamais imaginando acrescentar-lhes cores ideológico-partidárias ou adulterar-lhes a forma e o conteúdo.

É porque eles sabem que nós, militares, temos orgulho dos heróis nacionais que, com a própria vida, mantiveram íntegra e respeitada a terra brasileira e que esses heróis não foram fabricados a partir de interesses ideológicos.

É porque eles sabem que se alguma corrupção existiu nos governos militares, ela foi pontual e episódica, mas jamais uma estratégia política para a manutenção do poder ou o reflexo de um desvio de caráter a contaminar por inteiro um ideal.

É porque eles sabem que nós, militares, somos disciplinados e respeitamos a hierarquia, ainda que tenhamos divergências com nossos chefes, pois entendemos que eles são responsáveis e dignos de nossa confiança e que não se movem por motivos torpes ou por razões mesquinhas.

É porque eles sabem que nós, militares, não nos dobramos à mesquinha ação da distorção de fatos que há mais de 40 anos os maus brasileiros vem impondo à sociedade, com a clara intenção de impor-lhe a idéia de que os guerrilheiros de ontem (hoje corruptos e ladrões do dinheiro público) lutaram pela democracia, quando agora já está mais do que evidente que o desejo por eles perseguido há anos,’ sempre foi – e continua sendo – o de implantar no país um regime totalitário, uma ditadura mil vezes pior do que aquela que eles afirmam ter combatido.

É porque eles sabem, enfim, que todo o mal que se atribui a nós, militares, e às Forças Armadas – por maiores que sejam os nossos defeitos e limitações – não tem respaldo na Verdade histórica que um dia há de aflorar.

Soldados da Brigada Patrício Corrêa da Câmara ! Pertencemos ao Exército Brasileiro, brasileiro igual a todos nós e com muito orgulho no coração.

Exército invicto nos campos de batalha, onde derrotamos comunistas, nazi-fascistas, baderneiros, guerrilheiros, sabotadores, traidores da Pátria, conspiradores, predadores do patrimônio público, bandidos e terroristas.

Mas retornemos agora nossas vistas para o presente… O momento é decisivo para o Brasil, e por conseguinte, para todos nós, brasileiros. Mas será que estamos realmente conscientes disso ?

Parece que não ! O País vive em um clima de oba-oba, tipo “deixa a vida me levar, vida leva eu”… O dinheiro público é distribuído em alguns tipos de bolsas, umas de indisfarçável cunho ideológico revanchista e, outras, voltadas ao assistencialismo, nunca na história desse País visto em tão larga escala… A mídia satura a grande massa, “coincidentemente” o grande colégio eleitoral, com programas televisivos de baixíssima qualidade cultural, de cunho nitidamente apelativo, fabricando falsos heróis, que corroem os valores cristãos do nosso povo… como que distraindo-o, a fim de impedi-lo de enxergar o que anda acontecendo por aqui e ao nosso redor : situações idênticas ocorridas no Brasil e em outros países são tratadas de formas diferenciadas, conforme a simpatia ideológica; a palavra empenhada, as posições firmadas e documentos estratégicos são trocados ou modificados conforme a intensidade da reação da opinião pública, tornando transparente a falta de seriedade no trato dos destinos do Brasil, ou pior, revelando as verdadeiras intenções, ocultas e hediondas. Senão bastasse, serviçais de plantão vem à mídia tentar explicar o inexplicável, isso quando não jogam a culpa na opinião pública, dizendo que foi ela quem entendeu de forma errada ou procuram fazer-se de vítimas face à suposta campanha difamatória, quando na verdade os fatos estão aí, as claras …

No entanto, parece que as pessoas encontram-se anestesiadas, apenas “vivendo a vida”, discutindo qual a melhor cerveja, ou quem deve ser eliminado da casa, se tal jogador deve ser convocado…

O que vemos hoje já era utilizado nos tempos do antigo Império Romano, a estratégia do “pão e circo: dê ao povo comida e diversão de graça e ele esquecerá seus problemas…”

Porém, ao longo da História da civilização, diversas personalidades já apontavam para os perigos desses momentos de desesperança, destacamos : Martin Luther King – “O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons…” ; Burke – “Para o mal triunfar, basta os homens de bem não fazerem nada…” ; Mario Quintana – “O que mata um jardim não é o abandono ! O que mata um jardim é esse olhar vazio de quem passa indiferente por ele” ; e Rui Barbosa – “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto” .

Não ! Não deixaremos que os inimigos da Pátria venham manchar sua honra ou deturpar seus valores cristãos. Não envergonharemos nossos antecessores, os quais nos legaram esse Brasil-Continente, livre e soberano !

Soldados da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, estaremos sempre atentos e, se o Bom Deus e Senhor dos Exércitos assim o desejar, cumpriremos nossa sagrada missão de defender a Pátria. Que seja isso, ou que o sol, sem eflúvio, sem luz e sem calor, nos encontre no chão a morrer do que vivo sem te defender…

ASSINA, MARIO LUIZ DE OLIVEIRA Cmt INTERINO DA 3ª BDA CMEC

Texto recebido por E-mail

Uma prova de confiança – Rachel Sheherazade

Um verdadeiro arsenal de guerra. É o que foi encontrado em três dias de ocupação na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Só os fuzis já somam 77.

Hoje, policiais encontraram uma arma capaz de derrubar até helicóptero, e também mais uma casa de traficante ostentando luxo. Pelas ruas da Rocinha, agora chovem bilhetes com informações sobre esconderijos de fugitivos, suas armas, suas fabriquetas de drogas… O telefone da polícia também não para de receber denúncias dos moradores. Um sinal claro de que a Rocinha não quer mais se submeter ao domínio do tráfico e da violência. O Estado tem que fazer por merecer essa prova de confiança. Por que não adianta livrar a comunidade dos traficantes e deixar a Rocinha a mercê de milicianos e policiais corruptos.

Rachel Sheherazade

TV Jangadeiro anuncia filiação à Band nesta quinta-feira

A TV Jangadeiro anuncia nesta quinta-feira (16) em café da manhã no Gran Marquise Hotel em Fortaleza, a filiação à Rede Bandeirantes de Televisão. A emissora passará a transmitir o sinal da Band a partir do dia 1 de março de 2012, em uma grande de programação nacional e local.
O anúncio oficial contará com as presenças dos acionistas do Sistema Jangadeiro de Comunicação, Jaime Machado Filho, Assis Machado e Joana Jereissati, e do vice-presidente da Band, Frederico Nogueira, e executivos da emissora.

Além do anúncio oficial, durante o evento o público irá assistir a palestra “Potencialidades da Economia do Nordeste”, com o jornalista econômico Joelmir Beting, um dos âncoras do Departamento de Jornalismo da Band, que falará sobre as perspectivas do crescimento do mercado brasileiro, em especial dos estados nordestinos.

“Após doze anos de parceria comercial de sucesso com o SBT, a quem somos muito gratos, entramos em um novo momento de união com um dos grupos de comunicação que mais cresce no país, trazendo boas novidades para o mercado local”, afirma Cyro Thomaz, diretor executivo do Sistema Jangadeiro de Comunicação.

Sucessão em Juazeiro do Norte ganha mais um pré-candidato

O ex-deputado estadual Vasques Landim está como pré-candidato do Partido da República à Prefeitura de Juazeiro do Norte (Região do Cariri). Rompeu com o deputado federal Manuel Salviano (PSD) e se define como agora como a verdadeira opção de oposição ao PT nesse município. Vasques Landim tem feito a pregação política de que Juazeiro do Norte precisa de renovação e votar em candidato “Ficha limpa”. Ele entra num páreo que conta com o deputado federal Raimundo Macedo como pré-candidato do PMDB à Prefeitura. Já os deputados federais Manuel Salviano e José Arnon, este presidente regional do PTB, dizem que estão na disputa, mas que, de acordo com pesquisas, apenas um deles será o candidato nessa parceria. O prefeito Manuel Santana (PT), por enquanto, diz que não é candidato à reeleição.

Fonte: Eliomar de Lima

Lula raspa cabelo e barba durante tratamento contra o câncer

O ex-presidente Lula decidiu tirar barba e raspar o cabelo, na tarde desta quarta-feira (16) antecipando o que já iria acontecer devido o tratamento contra câncer de laringe.

A esposa de Lula, Marisa Letícia foi quem cortou o cabelo o marido. A imagem foi divulgada pelo Instituto Cidadania, onde o ex-presidente realiza trabalhos sociais desde 2002 – antes de ser eleito presidente do Brasil.

Portal Verdes Mares

Dilma se reúne com Lupi, que promete se defender

BRASÍLIA (Reuters) – A presidente Dilma Rousseff convocou nesta quarta-feira o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, para dar explicações sobre a denúncia de que teria usado um avião alugado por um dirigente de uma organização não-governamental para deslocamentos em 2009.

Lupi havia negado em depoimento na Câmara dos Deputados na semana passada ter relações com o empresário Adair Meira, que integra a direção da ONG Pró-Cerrado. Entretanto, de acordo com a nova denúncia, feita pela revista Veja no fim de semana, o ministro voou na aeronave fretada por Meira e, meses depois, a Pró-Cerrado assinou convênios com o Ministério do Trabalho. No encontro entre Dilma e Lupi, de acordo com duas fontes do Palácio do Planalto ouvidas pela Reuters, Dilma não tomou a decisão de demitir Lupi, que vem tendo de responder a denúncias há mais de uma semana.

Para Dilma, Lupi disse que tem como provar que não usou aviões de empresários, segundo relato de uma das fontes, que falou sob condição de não ter seu nome revelado. O ministro disse à presidente, de acordo com este relato, que tem condições de se defender e fará isso nos próximos dias. Lupi deve participar de audiência pública no Senado na quinta-feira, na qual poderá prestar novas explicações. Na avaliação do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força, com quem Lupi esteve reunido após o encontro com a presidente, as denúncias são “frágeis” e as provas devem “aparecer”. Paulinho, que é do mesmo partido do ministro, disse ter ouvido de Lupi um relato da conversa com Dilma e disse a jornalistas que ele permanece no cargo.

“O ministro disse, com todas as letras, que a Dilma quer que ele fique e ele vai ficar”, afirmou o deputado. “Vamos continuar enfrentando a crise.” O presidente interino do PDT, André Figueiredo, também participou da reunião em que Lupi comentou o encontro com Dilma, que durou mais de uma hora, segundo Paulinho. Segundo o deputado, pedetistas devem se reunir na manhã da quinta-feira, provavelmente antes da audiência pública de Lupi no Senado, para debater a estratégia de enfrentamento.

Antes da denúncia sobre o suposto uso de um avião particular, Lupi já vinha respondendo a denúncias anteriores da revista Veja de que haveria um esquema de arrecadação de propinas junto a ONGs que têm convênios com a pasta. Os recursos obtidos seriam destinados a abastecer o caixa do PDT, de cuja presidência Lupi está afastado temporariamente por conta de seu cargo na Esplanada dos Ministérios. Desde junho, cinco ministros do governo Dilma já deixaram seus cargos em meio a denúncias de irregularidades – Antonio Palocci (Casa Civil), Alfredo Nascimento (Transportes), Wagner Rossi (Agricultura), Pedro Novais (Turismo) e Orlando Silva (Esporte).

(Reportagem de Jeferson Ribeiro; Reportagem adicional de Maria Carolina Marcello)
Yahoo Notícias

Programação Overdoze – Mostra SESC Cariri de Culturas‏

Como parte da programação da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas, iniciou-se neste dia 16 de novembro, no Teatro SESC Crato, às 9h, o “Overdoze”. São 12 horas ininterruptas de apresentações de teatro, música, dança e audiovisual. É uma verdadeira overdose de cultura. O objetivo é proporcionar ao público a oportunidade de contato com diversas linguagens artísticas. A programação tem início com a apresentação do grupo Desajuste(SP), com “Mareados”, espetáculo que conta a história de três palhaços que dividem uma embarcação, chamada Fabulosa, até serem surpreendidos pela chegada de uma divertida náufraga.

A overdose de cultura encerra com o show “Samba de Feira”, do grupo musical Zabumbeiros Cariri. A apresentação acontece no Terreiro da Mestra Margarida, às 5h.


Lívia Lago
ASCOM
SESC-CE

Veículos produzidos em Barbalha (CE) serão usados em linha de VLT de Fortaleza


A principal obra de mobilidade urbana que está sendo construída no Ceará, uma linha de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), terá seus veiculos construídos no município de Barbalha, na região do Cariri, a 610 quilômetros da capital Fortaleza. A empresa Bom Sinal vendeu por R$ 57 milhões os seis veículos que irão operar na linhan que ligará os bairros de Parangaba a Mucuripe, em Fortaleza.

A obra do VLT, do governo do Estado e com financiamento da Caixa Econômica Federal, está em processo de licitação que deve terminar no final do ano. Dez empreiteiras ou consórcios já enviaram propostas. O custo total previsto é de R$ 265,5 milhões.

Na Matriz de Responsabilidade do Governo Federal de obras de mobilidade urbana em cidades-sedes da Copa, Fortaleza conta com um investimento de R$ 562 milhões, sendo R$ 410 milhões financiados pela Caixa. As principais obras, além do VLT, são corredores exclusivos de ônibus (os chamados BRT – Bus Rapid Transit).

A Bom Sinal vendeu os veículos para o metrô do Cariri (região metropolitana no sul do Estado cuja principal cidade é Juazeiro do Norte), já em operação, e os carros para os VLTs de Fortaleza (CE), Recife (PE), Maceió (AL), Sobral (CE), Arapiraca (AL) e Macaé (RJ), todos em construção.

A previsão é que os VLTs de Fortaleza comecem a circular no fim de 2013. Com capacidade de transportar até 766 passageiros, sendo 208 sentados, o veículo tem quatro vagões sem separação e velocidade operacional de 60 Km/h (em testes pode chegar a 90 Km/h).

A linha Parangaba/Mucuripe vai atender até 100 mil pessoas por dia, em um percurso de quase 13 quilômetros, que passa por 22 bairros. As linhas de ida e volta do VLT serão paralelas à linha ferroviária de carga, aproveitando o ramal já existente.

No entanto, ao longo dos anos, a área foi ocupada e abriga inúmeras casas. Em função disso, 2.700 famílias serão removidas da região para dar lugar ao projeto. De acordo com o governo, 1.900 famílias já foram visitadas e tiveram os imóveis avaliados para receber indenização.

Uol

Fortaleza: feriado vira dia de protesto nacional contra a corrupção

(Transcrito do site do jornal O POVO)

Em Fortaleza e outras cidades do País, várias pessoas prometem ir às ruas se manifestar contra os seguidos casos de corrupção recentemente denunciados. A impunidade também é uma das causas que motiva o ato de hoje

O feriado da Proclamação da República é dia de mais um protesto contra a corrupção em várias cidades do Brasil. Em Fortaleza, pela terceira vez, acontecerá hoje a Marcha Contra a Corrupção, manifestação da sociedade civil que repudia os atos de corrupção e a falta de punições rígidas contra os responsáveis pelo uso irregular das verbas públicas. Na Internet, até às 17h22min de ontem, 3 mil pessoas haviam confirmado presença na página do movimento no Facebook.


“Essa é uma luta para que os R$ 85 bilhões que anualmente são desviados dos cofres públicos possam realmente ser usados a favor da sociedade, principalmente no Brasil, país onde a carga tributária é uma das mais altas do mundo e os índices de desenvolvimento humano estão entre os mais baixos”, explica o advogado e servidor público Fernando Cavalcante, um dos organizadores do evento.

A Marcha contra Corrupção é uma manifestação de alcance nacional, sendo coordenada em diversos estados por vários grupos organizados da sociedade civil. No Ceará, os grupos Unidos Contra a Corrupção e Ação Cearense de Combate à Corrupção e à Impunidade (ACCI) são alguns entre os que mobilizam para fortalecer a passeata de hoje – que terá início às 15 horas no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, e segue pela avenida Almirante Barroso até chegar à avenida Beira Mar, tendo fim à altura da praia do Náutico.

Governadores Wilson Martins e Cid Gomes iniciaram uma briga judicial

Os governadores Wilson Martins e Cid Gomes (Ceará) iniciaram uma briga judicial este ano. A ação civil ordinária foi impetrada no STF (Supremo Tribunal Federal) pelo governo do Piauí no dia 30 de agosto, após frustradas tentativas de acordo.

Os dois Estados disputam uma Área de 2.821 km² definidas no decreto imperial de Dom Pedro II, nº 3012, de 22 de outubro de 1880. Na ação, o governo do Piauí chega a informar que a área de litígio virou “terra sem lei”, pois não se pode punir os crimes, devido a falta de fixação de competência. O procurador geral do Estado, Kildere Rone, informou que o canal de negociação serão mantidos com o governo do Ceará.

“Se houver um entendimento durante o curso da ação o acordo será comunicado ao STF e o processo poderá ser nulo. Mas, a proposta do governador é manter a ação até um novo entendimento”, disse Kildere Rone.

Sem o reconhecido legal, os governos do Piauí e Ceará se recusam a investir na região que é conhecida como “terra de ninguém” e “Faixa de Gaza do Nordeste”. Com isso, o cenário é de total abandono. Mais de 80% da área não têm estradas e a população ainda vivem sem água potável, segundo dados do IBGE. Nos últimos dois anos, a divergência se acirrou, pois o Piauí se apega ao decreto imperial e o Ceará os dados do IBGE.

Um dos prefeitos com problema de território é o de Cocal no Piauí (a 268 km de Teresina). Fernando Sales, prefeito do DEM, perdeu 700 habitantes no último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o município de Granja, no Ceará. Ao ser informado da queda na população – atualmente a cidade tem 26.036 habitantes – ele ameaçou fechar quatro escolas e um posto de saúde. Com a repercussão, Fernando Sales tentou acordo com o prefeito cearense e deu um prazo de até 31 de dezembro.

“Estamos tentando um acordo via IBGE, pois o prefeito de Granja disse que não tinha condições de receber os 700 habitantes. Se não houve entendimentos vamos ajuizar ação para ressarcimento dos recursos investidos”, disse Fernando Sales. Por mês, ele disse que a área de litígio lhe custa despesa média de R$ 30 mil.

Via Wilson Gomes

15 de novembro, nada a comemorar — por Armando Lopes Rafael

Empurrada goela abaixo da população, a imposição da forma de governo republicana no Brasil ocorreu por meio de um golpe militar. O primeiro, aliás, de uma série que os brasileiros vivenciariam nas décadas seguintes…
Mas, enfim, hoje ocorre mais um aniversário da “proclamação” da República. E, como sempre, a maioria do povo não sabe, sequer, o motivo deste feriado. Um fato sintomático: neste 15 de novembro haverá — em várias capitais de estados – mais uma rodada das marchas contra a corrupção que tomou conta do país.
Na verdade, o Brasil nasceu sob a monarquia.
E sob a monarquia viveu 389 anos de sua história, de 1500 a 1889. Libertado do domínio português – em 7 de setembro de 1822 – o Brasil continuou como monarquia. O império consolidou o Brasil como uma grande nação, enquanto a América espanhola era fatiada em muitas republiquetas, algumas delas – ainda hoje – dominadas por caudilhos.
Como monarquia, o Brasil, teve sua mais longa Constituição, a que vigorou entre 1824 e 1889 e nunca foi violada. Possuía uma moeda estável e forte (o mil réis), tinha a segunda Marinha de Guerra do Mundo, teve os primeiros Correios e Telégrafos da América, foi uma das primeiras Nações a instalar linhas telefônicas e o segundo país do globo a ter selo postal. Na política era administrado pelo civilizado regime parlamentarista. E o Parlamento do Império ombreava com o da Inglaterra. A diplomacia brasileira era uma das primeiras do mundo, tendo o Imperador Pedro II sido árbitro em disputas ocorridas entre a França, Alemanha e Itália. Aliás, o imperador Pedro II era a segunda autoridade moral do mundo de então, logo depois do Papa.
E o que tem sido a República nestes 122 anos desde que foi instaurada sem consulta popular? Um ex-governador de São Paulo, Franco Montoro, gostava de lembrar que República vem de “res-publica” (coisa pública) e não de “Cosa Nostra”, o que ela virou nos últimos anos… Em recente artigo, o historiador Marco Antônio Villa definiu bem os dias atuais da república brasileira:
“Constituições, códigos, leis, decretos, um emaranhado legal caótico. Mas nada consegue regular o bom funcionamento da democracia brasileira. Ética, moralidade, competência, eficiência, compromisso público simplesmente desapareceram. Temos um amontoado de políticos vorazes, saqueadores do erário. A impunidade acabou transformando alguns deles em referências morais, por mais estranho que pareça.
“Vivemos uma época do vale-tudo. Desapareceram os homens públicos. Foram substituídos pelos políticos profissionais. Todos querem enriquecer a qualquer preço. E rapidamente. Não importam os meios. Garantidos pela impunidade, sabem que se forem apanhados têm sempre uma banca de advogados, regiamente pagos, para livrá-los de alguma condenação.
“São anos marcados pela hipocrisia. Não há mais ideologia. Longe disso. A disputa política é pelo poder, que tudo pode e no qual nada é proibido. Pois os poderosos exercem o controle do Estado – controle no sentido mais amplo e autocrático possível. Feio não é violar a lei, mas perder uma eleição, estar distante do governo.
“Neste universo sombrio, somente os áulicos – e são tantos – é que podem estar satisfeitos”.
Precisa dizer mais?

Missa lembra cem anos da morte do Dr.Leandro Bezerra Monteiro

Convite Missa

   Familiares e admiradores do Dr. Leandro Bezerra Monteiro  convidam para a Santa Missa que será celebrada – às 17 horas deste 15 de novembro de 2011, na Catedral de Nossa Senhora da Penha, na cidade de Crato –  pelo centenário do falecimento deste ilustre homem público, nascido em Crato em 11 de junho de 1826 e falecido em Niterói (RJ) em 15 de novembro de 1911.
   
“Sereno aguardarei no meu jazigo
A justiça de Deus na voz da História”

(de um soneto de Dom Pedro II)

Barbalha – Apostador ganha R$ 3 milhões


Na loteria onde o ganhador fez a aposta, em Barbalha, a expectativa é de que o fluxo de clientes aumente.

Barbalha. Dos 57 mil habitantes de Barbalha um pode ser o ganhador do prêmio de mais de R$ 3 milhões do concurso 1.336 da Mega-Sena, sorteado no último sábado. Esta foi a primeira vez que uma aposta feita na cidade foi premiada. Porém, o ganhador ainda não compareceu à agência da Caixa Econômica Federal do local para retirar o dinheiro. Porém, poderá fazer isso em qualquer agência do País, em um prazo de até 90 dias após a data do sorteio.

A Caixa Econômica ainda não divulgou os cálculos do que daria para o ganhador comprar com o dinheiro, mas se o valor for aplicado na poupança, ao juro de 6% ao ano, que é a menor taxa da instituição, o dinheiro renderia até R$ 20 mil ao mês sem contar com a Taxa Referencial (TR). A população especula que há 80% de chances do sortudo ser morador do Município. Contudo, ninguém sabe ainda quem é a pessoa. O clima na cidade é de expectativa sobre o nome do ganhador. O servidor público municipal, Antônio Célio dos Santos, que é um apostador assíduo e que na semana passada acertou três dezenas, foi um dos apontados como possível ganhador. Mas, ele disse que ainda não foi desta vez.

Para Regilânia Vieira, gerente da loteria Arte da Sorte, onde a aposta foi feita, o fato do sorteio ter premiado uma apostador de Barbalha aumentou a credibilidade do jogo. “Esperamos que esse dinheiro seja investido na própria cidade. O número de clientes que apostam com certeza tende a aumentar”.

YAÇANA NEPONUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

O quinto dia da Mostra Cariri de Culturas, dia 15, é marcado pela diversidade na programação.

No núcleo de artes cênicas, em Juazeiro do Norte, se apresentam os grupos Bricoleiros (CE), Eduardo Okamoto (SP), Carroça de Mamulengos (CE) e Companhia Dakar(HOL). O grupo cearense Bricoleiros apresenta, no Centro Cultural Banco do Nordeste, às 10h, “Criaturas de Papel”, espetáculos onde papéis brancos ganham formas geométricas e são transmutados em figuras cênicas que, meticulosamente animados, ganham vida. O artista paulista Eduardo Okamoto leva ao público, no Teatro Patativa do Assaré, às 12h, “Agora e na hora da nossa hora”, espetáculo que coloca em discussão uma cidade invisível, onde meninos de rua, que mal são notados, sobrevivem à chacina da Candelária.

A companhia Carroça de Mamulengos apresenta, às 18h, no bairro Timbaúbas, “Seja noite ou seja dia, viva o Palhaço Alegria”, peça que põe em cena um palhaço de três metros de altura todo desmontado e que, após ser montado, apresenta cenas com bonecos de mamulengo. O toque internacional da programação fica por conta da Companhia holandesa Dakar, que apresenta no Sítio São José, às 16h, “Braakland”. O espetáculo é um conto sóbrio, inspirado nos romances do escritor sul-africano John Coetzee, que narra a história de nove personagens que vagam em uma terra esquecida sem se proteger e sem se defender. Sem o uso de palavras e com um olhar cinematográfico, o espetáculo propõe ao público acompanhar a desolação e a poesia desta narrativa a cinqüenta metros de distância.

No Crato, ainda no núcleo de artes visuais, o público confere as apresentações do projeto Palco Giratório. No teatro SESC Crato, às 9h, se apresenta a Companhia Plichinelo (SP), com “A lenda das lágrimas”. O espetáculo questiona o poder do amor, narrando a história de um casal indígena da tribo Tupi. No Crato Tênis Clube, às 18h, na sala Patativa do Assaré, se apresenta a Companhia do Tijolo (SP), com o espetáculo “Concerto de Ispinho e Fulô”. A peça narra uma entrevista com o poeta Patativa do Assaré, que se transforma num diálogo entre o popular e o erudito, o urbano e o rural, e culmina com a denúncia de um dos primeiros ataques aéreos contra civis no território brasileiro.

Em Nova Olinda, as apresentações se concentram no Teatro Violeta Arraes. Às 9h, a Companhia Desajuste (SP) apresenta “Mareados”, trama que narra a aventura de três palhaços que dividem uma embarcação até serem surpreendidos pela chegada de uma divertida náufraga. Às 19h, o grupo Teatro Novo (CE) encena “Anônimos”, peça que mostra um dia de visitas em um abrigo de idosos, no qual as personagens relembram um passado povoado de tristezas, alegrias, amores e sonhos que se renovam a cada amanhecer.

No núcleo de audiovisual, a programação de Juazeiro do Norte se concentra no Centro Cultural Banco do Nordeste. No Panorama de Cinema de Animação, que inicia às 16h, os espectadores podem acompanhar a exibição de curtas animados nacionais e internacionais. Às 18h, na Mostra de Longas-Metragens Rosemberg Cariry, será exibido o filme “Cine Tapuia”. A produção narra a história de um cego e de uma índia que viajam o sertão nordestino projetando velhos filmes. No Crato, o público assiste ao Panorama de Curtas Contemporâneas. As exibições são realizadas na Casa Ninho, às 15h. A programação tem início com o curta “Matryoska”, do diretor cearense Salomão Santana. Em seguida, são apresentados os curtas “Carta ao Pai” e “O homem com o celular de filmar”, ambos do diretor juazeirense Ythalo Rodrigues. Encerra a programação do dia o curta “Material Bruto”, do diretor Ricardo Alves.

Nas atividades do núcleo de artes visuais de Juazeiro do Norte, na Praça Padre Cícero, o público confere a exposição “A procura – Heterotipias dos percursos”. A exposição inicia às 14h. Na Galeria SESC, no mesmo horário, tem início a exposição fotográfica “Retratos de Coimbra”, do fotógrafo Michael Sasso. No Crato, são realizadas as exposições Veias Urbanas”, de Rafael Vilarouca, “Memórias e história do caminho de ferro no Ceará”, de Aderbal Nogueira, e “A Procura – Heterotipias dos percursos”. As atividades são realizadas na RFFSA, e iniciam às 14h.

No núcleo musical, em Juazeiro do Norte, se apresentam na Praça Padre Cícero, a partir das 23h, Aquiles e Outros Blues, com o show “Bluiz Gonzaga”, e Jefferson Gonçalves, com “Encruzilhada”. No Crato, no projeto “Armazém do Som”, se apresenta João do Crato e Banda, com o show “Alvíçaras ao Rei Luíz”.

No núcleo de tradição da Mostra, espaço dedicado ao incentivo da cultural popular local, acontece no Crato, às 14h, no terreiro da Mestra Zulene Galdino, uma prosa de quintal com o mestre de cultura Bule Bule. Às 19h, a terreirada recebe os grupos Reisado São Miguel e a banda cabaçal Santo Expedito. A apresentação fica por conta de Tranquilino Ripuxado.

No núcleo de literatura, os destaques da programação são os lançamentos literários. No Crato Tênis, às 19h, os autores Cleison Ribeiro e Francisca Pereira(Fanka) fazem o lançamento das suas obras. Cleison Ribeiro lança “Silêncio laminado do casulo”, e Fanka lança “Água da mesma onda”.

As apresentações acontecem nas cidades de Juazeiro do Norte, Crato, Nova Olinda e em mais 20 cidades da região do Cariri. São divididas em núcleos de audiovisual, música, artes cênicas, artes visuais, tradição e música, iniciando a partir das 9h. Os espetáculos e atividades da 13ª Mostra SESC Cariri de Culturas seguem até o dia 16 de novembro, nos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Nova Olinda.

Foto: Blog de Altaneira

Titulo de Cidadão Cratense: Pois Que Sim,o Portuga Joaquim se torna Cá Pra Nós um Cratense – Wilson Bernardo

Posso dizer que meu primeiro dia como cidadão cratense foi o dia 12 de Julho de 1991.Não foi realmente o meu primeiro dia aqui, nem a primeira vez,mas foi neste dia que assumi a direção da pizzaria Primavera,tal como havia feito 24 anos antes,ao deixar Portugal rumo ao Brasil.Partia novamente em busca de uma nova vida,novas oportunidades e novos caminhos.
E estes vinte anos que se passaram podem ser resumidos em duas palavras:Trabalho e família,difícil no meu caso separar as duas coisas,já que a rotina do meu trabalho por vezes longa e desgastante,fez com que minha família fizesse do calçadão uma verdadeira extensão da nossa casa.Foi ali que vi meus filhos crescerem,onde tivemos muitas alegrias,algumas tristezas,altos e baixos como todos nós.
E foi ali também que fiz amigos que tenho hoje,amigos com os quais não estudei junto,com os quais não cresci junto,mas que pude conquistar ao longo desses anos em virtude do meu trabalho,o que é impossivel nomear e agradecer um por um.Aos meus funcionários parceiros da luta diária,aos amigos e clientes,minha família de cada dia e á minha família, esposa,meus filhos,nora e neta…É um prazer e uma honra dividir esta alegria com todos vocês.
Muito Obrigado.

Joaquim,vereadores e familiares na outorga do titulo de cidadão cratense

Vereador Hélder França(Guer),autor do agraciamento faz relato biográficos de seu Joaquim

Vice-Prefeito Raimundo Bezerra Filho enaltece a boa convivência entre os dois Países

Enfim,pois né que Joaquim aparecer chefe de estado fez seu grande discurso…Bravo!


Wilson Bernardo – Fotografia

Joaquim-O texto do discurso transcrito na integra

Pensamentos – 15 de Novembro de 2011

“Cuidado! Uma luz no fim do túnel, muitas vezes é apenas um trem carregado de pedras vindo na contramão…”

Edson Menezes

“O homem de sorte, se cair no mar, sai com um peixe na boca”

Provérbio Libanês

“Quem comprar o que não precisa, venderá o que precisa”

Provérbio árabe

“Rompe com o amigo que frequenta teus inimigos”

Saadi

FIQUE POR DENTRO! -Por Maria Otilia

Tabela intitulada pelo sindicato APEOC ” prós e contras da antiga e nova proposta do Governo Cid, fruto das negociações do Sindicato Apeoc e professores do Estado.

Para melhor leitura, clik em cima da gravura(tabela).

Fonte : site da apeoc

Mostra Sesc Cariri de Culturas: Tradições Nas Terreiradas dos Mestres Kariris – Wilson Bernardo.

Como já é de costume, as terreiradas é o que podemos chamar de um estreitamento entre os mestres e seus seguidores, onde os mesmos abrem suas portas para que possamos conviver com seu jeito simples, mas sofisticado de tradições culturais.A panela no fogão a lenha, muita iguaria de milho, sucos naturais, muita conversa boa pra se pitar um velho e bondoso cigarro de palha da mais fina tabacaria que é a folha do fumo mascado da flora chapada do Araripe…Bendito sejam os mestres e suas tradições!

O futuro das tradições no cariri ainda terá muitas gerações de terreirada

No terreiro dos irmãos Anicetos a festa foi de danças e comilança

Alegria de ser Mateus e seguir a tradição dos Pai…


Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)


Música de Qualidade - 24h!



300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -