BlogHumor – Camões moderno…


O Vestibular da Universidade da Bahia cobrou dos candidatos a interpretação do seguinte trecho de poema de Camões:

‘Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer ‘.

Uma vestibulanda de 16 anos deu a sua interpretação :

“Ah, Camões! Se vivesses hoje em dia,
tomavas uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos e Prozac para a depressão.
Compravas um computador, consultavas a Internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo,
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo !’

A Vestibulanda ganhou nota DEZ, pela originalidade, pela estruturação dos versos,
das rimas insinuantes e também, foi a primeira vez que, ao longo de mais de 500 anos,
alguém desconfiou que o problema de Camões era apenas falta de mulher.

Texto enviado por gabriella Federico

Battisti diz que ainda tem "muita confiança" em decisão de Lula

O ex-ativista italiano Cesare Battisti afirmou hoje que “ainda tem muita confiança” no presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que poderá ter a oportunidade de ratificar ou não o refúgio concedido a ele pelo governo brasileiro no início do ano.

Amanhã, o STF (Supremo Tribunal Federal) retoma em Brasília o julgamento do pedido de extradição de Battisti, feito pela Itália. Em seu país, ele é condenado à prisão perpétua por quatro homicídios ocorridos no fim da década de 1970, quando era membro da organização de esquerda Proletários Armados pelo Comunismo.

Nesta terça-feira, durante um encontro com parlamentares e ativistas solidários a sua situação na Penitenciária da Papuda, onde está detido, Battisti se mostrou esperançoso quanto ao desfecho do julgamento.

No STF, após duas audiências, o placar está empatado: quatro ministros votaram a favor da extradição e outros quatro ratificaram o refúgio. Amanhã, o presidente da corte, Gilmar Mendes, deverá apresentar seu parecer.

Além disso, o Supremo definirá se sua posição é determinativa ou autorizativa. Neste último caso, o presidente Lula poderá ou não ratificar o entendimento dos magistrados.

No último dia 5, Battisti já havia confessado que acredita na possibilidade de que o chefe de Estado permita que ele permaneça no Brasil ainda que o STF ordene sua devolução à justiça italiana.

Hoje, ele reiterou sua expectativa. Ontem, porém, após se reunir em Roma com o premiê italiano, Silvio Berlusconi, Lula adiantou que deverá respeitar o parecer do STF caso seja determinativo.

Apesar disso, Battisti disse não crer na possibilidade de que Berlusconi tenha influenciado o colega durante o encontro oficial. “Acho que ele não conseguiu mudar a opinião de Lula”, afirmou.

O italiano vestia roupas brancas e chinelos e parecia abatido. Desde sexta-feira ele faz uma greve de fome. Foram à Penitenciária da Papuda os senadores José Nery (PSOL-PA), organizador do encontro, Eduardo Suplicy (PT-SP) e João Pedro (PT-AM), e os deputados Luis Couto (PT-PB), Ivan Valente (PSOL-SP) e Chico Alencar (PSOL-RJ), entre outros.

Além dos políticos, participaram ainda membros de movimentos e associações que pedem a permanência de Battisti no Brasil. Ao todo, aproximadamente 50 pessoas estavam presentes à reunião, realizada em um auditório da penitenciária.

Fonte: Bol

Gesta de Arrebol

Por: J. Flávio Vieira

“Um fim de mar colore os horizontes”
Manoel de Barros

Reconheço : sou uma espécie de mestre frustrado. Filho, sobrinho, afilhado de professores e marido de uma educadora, imagino que ,no íntimo, gostaria de estar numa sala de aulas. Até tateei a profissão por um tempo, mas terminei sendo colhido pelo vendaval de uma outra atividade igualmente espinhosa e gratificante: a Medicina. Mas, nas profundas escarpas do espírito, sempre me turva uma certa inveja quando me deparo com os educadores. Percebo que eles têm nas mãos a possibilidade única de transformar pessoas e edificar nações. Se os pais já se sentem realizados vendo seu sangue disseminando-se no rio do tempo, entre filhos e descendentes, imaginem a felicidade do professor pai de incontáveis rebentos da sabedoria e do conhecimento. Como médico, pressinto que temos a possibilidade de endireitar o caule, cuidar da casca, consertar os galhos , ajudar no desabrochar do fruto; mas só o mestre guarda consigo os mistérios e segredos da germinação da semente. A Medicina recupera corpos, a educação funde consciências.
Hoje tudo isso me veio à mente, quando o maior dos mestres — o tempo– levou na sua lufada um de seus colegas. Chamava-se Alderico de Paula Damasceno. Ele exerceu o magistério entre nós por mais de sessenta anos. Discípulo do maior historiador caririense , o Padre Antonio Gomes, o professor Alderico foi um visionário. Ensinava história crítica nos anos 60-70, em plena Ditadura Militar, num tempo em que a cadeira de história, em geral, se confundia com a de Contos de Fadas e Histórias da Carochinha. Exigia, com veemência, de todos os seus alunos, uma clara e pessoal opinião sobre pontos específicos da História Geral e do Brasil . Tinha verdadeiro pavor ao que ele chamava de “Decoreba”. Premonitoriamente, antevia os rumos da modernidade onde tudo se imita, se copia-cola, se macaqueia. O professor ensinava que os livros de história apresentavam apenas a versão oficial e que era imprescindível ,a quem desejasse entender o mundo, levantar o véu da aparente normalidade e descobrir as íntimas razões dos fatos que geralmente se encontravam depositadas no baú da Economia. Trabalhava com provas abertas, tinha pavor da loteria da múltipla escolha e mais: subtraía preciosos pontos a cada erro de português cometido. Entendia que o conhecimento da Língua era condição sine qua non de sobrevivência , soberania e cidadania.
Devemos ao professor Alderico ainda uma outra descoberta igualmente mágica. Aficionado da Educação Física ele cobrava dos seus alunos condicionamento e terá sido um dos pioneiros, entre nós, em associar a Atividade Física Regular a uma melhora na saúde humana. Como treinador da nossa Seleção Cratense – um das suas paixões – o professor Alderico já entendia a importância do treinamento físico regular na melhoria do desempenho esportivo, em tempos que isto era mera especulação e a Medicina Esportiva ainda engatinhava. Esta faceta de sua personalidade terminou lhe proporcionando a energia hercúlea que o acompanhou por noventa anos , enfrentando uma terrível queda de braço com a “Indesejada das Gentes” por cinco meses. Gostava da vida e, percebo, era esse amor que o mantinha vivo e esperançoso mesmo ante todas as vicissitudes e limitações da idade.
Inúmeras gerações de jovens foram forjadas pelo professor Alderico: Professores, engenheiros, médicos, juízes,promotores, artesãos, comerciantes, filósofos, um sem número de profissionais das mais diversas atividades, espalhados pelos recantos mais recônditos do país. Fundidos pela têmpera do Mestre, todos carregam consigo um pouco daquela determinação e vigor. Simplesmente porque Alderico não era um simples professor de História ou Educação Física. Seus ensinamentos sobre passavam as páginas dos livros , a mera grade curricular, ele ensinava uma matéria dificílima e rara chamada : “Vida”.
Como um bom missionário viveu beneditinamente. Guardava , no entanto, um tesouro depositado carinhosamente numa ampla sala da casa: sua biblioteca. Muitos dos seus livros hoje se encontram comigo e, a cada dia, me pergunto se sou digno da herança recebida. O Mestre sabia de cátedra que a riqueza não se concentra no brilho do ouro e do diamante, nem no tilintar das moedas, mas numa outra fulguração mais brilhante que o sol e que inebria almas e mentes : o conhecimento.
O professor Alderico fecha um ciclo áureo da educação cratense que contou com : Pe Gomes, Pe David, Vieirinha, Zé do Vale, Adalgisa Gomes, Luiz de Borba, Eneida Figueiredo, Ivone Pequeno, Gutemberg Sobreira e muitos outros. Fecha-se apenas um parágrafo, a história continua indefinidamente em aberto e continua sendo escrita, criticamente, por seus incontáveis discípulos. Hoje, triste, sei que falo de crepúsculos, mas carrego no coração a perfeita certeza, que este por-de-sol é apenas o prenúncio de muitas auroras por vir. No horizonte, em meio ao negror da noite, já se percebem os sanguíneos raios que defloram a escuridão e emprenham o arrebol vindouro de claridade e de luz.

Soro ringer lactato: Laboratório condenado a pagar pensão – Jornal Diário de Pernambuco

“Sete anos após a tragédia que marcou a cidade de Caruaru, a Justiça deu um pouco de alento às famílias de três pessoas que morreram em março 2002 após utilizarem o soro Ringer Lactato produzido pelo Laboratório Farmace. O juiz da 5ª Vara Cível da Comarca de Caruaru, Marupiraja Ribas, condenou o laboratório a pagar pensão alimentícia e indenização por danos morais e materiais aos familiares de João Justino do Nascimento, José Vanderley Gomes de Oliveira e José de Oliveira Barros. As decisões foram proferidas entre a última quinta-feira e ontem. Os valores mais altos das indenizações variam de R$ 170 mil a R$ 180 mil. Em março deste ano, o responsável legal e o farmacêutico da empresa, sediada em Barbalha, no Ceará, foram condenados a cinco anos e seis meses de detenção e a seis anos de detenção, respectivamente. A defesa dos réus já recorreu da decisão criminal e avisou que também irá recorrer das sentenças cíveis.

Entre o final de fevereiro e o início de março de 2002, nove pessoas morreram na Casa de Saúde Santa Efigênia. Três sobreviveram, mas ficaram com sequelas. A suspeita recaiu sobre um lote do soro Ringer Lactato, produzido pelo Farmace. Segundo análises anexadas ao processo criminal, o soro administrado a pelo menos parte dos pacientes estava contaminado. Havia quantidade de endotoxina bacteriana superior ao limite máximo tolerado, segundo o Instituto de Criminalística de Pernambuco. Em março, o juiz da 1ª Vara Criminal de Caruaru, Jefferson Felix, entendeu que das nove mortes, há provas de que o soro foi a causa de seis. Os casos de lesão corporal prescreveram.

Na área cível, o juiz Marupiraja Ribas condenou a Farmace a pagar R$ 170 mil à família de João Justino por danos morais, além de pensão de um salário mínimo retroativo à data da morte (4 de março). A pensão deve ser paga até a data em que João Justino completaria 80 anos. Ele morreu aos 71. A condenação no caso de José Vanderley foi de pagamento de R$ 180 mil e pensão alimentícia de dois salários mínimos à viúva até a data que a vítima completaria 70 anos. Ele tinha 48. A pensão retroage à data da morte, 11 de março. Já na ação de José de Oliveira, a Farmace foi condenada a pagar R$ 170 mil à viúva e aos filhos da vítima mais pensão de um salário mínimo, retroativo a 9 de março de 2002, até a data em que ele completaria 90 anos. A vítima morreu aos 81.

O laboratório também foi condenado a pagar custas funerárias e de luto nos três casos. O réu só é obrigado a pagar as indenizações por danos morais e materiais quando o processo estiver transitado em julgado, se as sentenças forem mantidas. Já as pensões têm caráter de urgência. O gerente jurídico do laboratório, Adriano Parente, informou que não foi intimado das decisões, mas disse que irá recorrer. No caso criminal, ele afirma que não há culpabilidade dos condenados em primeira instância, José Lívio Luna Callou e Raul da Câmara Costa Filho. Ele confia que a decisão criminal será revertida, assim como as decisões cíveis. A casa de saúde não foi responsabilizada.”

Fonte: Diário do Pernambuco, publicado em 14 de Novembro de 2009 (Via Blog de Juazeiro)

Postagem: Océlio Teixeira de Souza

Mostra Sesc Cariri: programação de hoje, dia 17/11

Música da Macedônia e peça com bonecos

A Mostra Sesc Cariri de Cultura continua e, nesta terça-feira (17), traz uma atração musical bem curiosa. São os cariocas do Brasov, que lançam o CD “Uma Noite em Tuktoyaktuk”. Em seu show, eles tocam desde música cigana Macedônia até um cover da Gretchen, passando por uma canção do Leste Europeu. A apresentação acontece a partir das 20h30, no Terreiro de Mestra Margarida, no Sesc Juazeiro.

Um pouco antes, às 20h, na RFFSA, em Crato, a Companhia Amok de Teatro, do Rio de Janeiro, encena o espetáculo “O Dragão”. A peça, a partir de depoimentos reais, trata da guerra entre palestinos e israelenses, mostrando que atrás de toda a violência e crueldade há espaço para uma real humanidade.

Na cidade de Nova Olinda, às 20h30, acontece o show dos paulistas do Mamelo Sound System, que tocam – no Armazém do Som na Praça – um ritmo musical denominado por eles próprios como “hip-hop afro-futurista brasileiro”. Em Barbalha, no Teatro Neroly, a Companhia PeQuod de Teatro, do Rio, apresenta a peça de bonecos “O Velho da Horta”, baseado na obra do escritor Gil Vicente.

Um cortejo da Cultura Popular nas ruas de Juazeiro do Norte acontece na tarde de hoje, na principal via da cidade, a partir das 15 horas, com concentração no SESC. O evento promove uma integração entre os artistas e a população, nessa grande festa que tem sido a Mostra SESC de Arte e Cultura.

Em Juazeiro, nos locais como Marquise Branca, Marcus Jussier, no Pirajá, e Casa da Rua da Cultura, na rua do Cruzeiro estão sendo realizadas várias apresentações.

Agenda do dia 17 de novembro

>Juazeiro do Norte:

. Memorial Padre Cícero
- 20h30: Madre Couraje (Mérida Urquia-Cuba).
. Largo do Memorial
- 17h: Reprise (La Mínima-SP).

. Marcus Jussier (Pirajá)
- 17h: O Hipnotizador de Jacarés (Circo Girassol-RS).

. Quadra do Sesc Juazeiro
- 18h: Rito de Passagem (Índio.Com Cia de Dança-AM).

. Teatro Marquise Branca
- 18h: Esparrela (Teatro Bigorna-PB).

. Conexão Brasil CCBNB
- 19h: Merci (Ana Barroso-RJ).

. Teatro Patativa do Assaré
- 23h: Ele Precisa Começar (Felipe Rocha-RJ).

. Terreiro de Mestra Margarida e Armazém do Som
- 18h: Segunda Toada para João e Maria (Núcleo Dois-SP).
- 20h30: Uma Noite em Tuktoyaktuk (Brasov-RJ).

. Casa da Rua da Cultura
- 22h: Residência da Casa da Rua da Cultura (Cia de Teatro Stultífera Navis-SE).
- 22h: O Abajur Lilás (Grupo Imagens-CE).

. Programação Especial (Sesc Juazeiro)
- 14h: Seminário Arte & Pensamento – A Reinvenção do Nordeste. Dr. Luizan Pinheiro: “Ontologia do Cariri: a cidade atravessada por múltiplos olhares”.
- 15h15: Seminário Arte & Pensamento – A Reinvenção do Nordeste. Dr. Luís Manoel Lopes: “Barbaramente estéreis; maravilhosamente exuberantes: os sertões em variações”.
- 18h: Laboratório de Troca de Afagos – LATA (Conversas Gravadas na UFC). Entrevistas com Ricardo Guilherme.

>Crato:

. Teatro Municipal
- 20h: O Dragão (Cia Amok de Teatro-RJ).

. Praça da Sé
- 16h: Lançamentos e performance dos Cordelistas Mauditos.
- 17h: Performance do poeta CHACAL.

. Terreiradas
- 16h: Terreiro de Mestre Aldenir – Bairro Vila Lobo. Coco da Mestra Marinês/Banda Cabaçal São João Batista/Reisado Congo do Assentamento Olho D’Água.

. Mostra nos Bairros- Bairro Populares
- 17h: O Santo Guerreiro e o Herói Desajustado (Cia São Jorge de Variedades-SP).
- 18h30: Soldadinho do Araripe (Aquasis-CE).

. RFFSA
- 17h: Silêncio Total (Cia Riso da Terra-PB).
- 18h: Viagem Instrumental (Mandrágora-DF).

. Sesc Crato
- 22h: Santiago do Chile, 1973(Grupo de Dois-RJ).

. Galpão das Artes
- 23h: Encantrago (Ver de Rosa um Ser Tão Expressões Humanas / Teatro Vitrine-CE).

. Crato Tênis Clube
- 22h: Mangiare (Grupo Pedras-RJ).
- 23h: Lenynha Vas (CE).
- 01h: Fóssil, Cabaça: Reggae Cariri (Liberdade & Raiz-CE).

>Nova Olinda:

. Teatro Violeta Arraes
- 19h: Inventário (Roda Gigante-RJ).

. Armazém do Som na Praça
- 20h30:Mamelo Sound System-SP.

. Artes Visuais
- 14h: Exposição Pina Bausch (Fotografia Dada Petrole).

>Barbalha:

. Praça Central
- 17h:Ciclopes (Cia Mystério e Novidades-RJ).

. Teatro Neroly
- 19h: O Velho da Horta (Cia Pequod de Teatro-RJ).

. Escola de Artes Reitora Violeta Arraes Gervaiseau – URCA
- 21h: O Hospício (Matulão de Artes Cênicas-CE).

Enviado por Elizângela Santos (AC Comunicação)

URGENTE: Solicitação aos Escritores, leitores e Comentaristas do Blog do Crato !

COLUNA SOCIAL Blog do Crato – SOCIEDADE CRATENSE


Olá, Pessoal,

Com a finalidade de dar prosseguimento à nossa seção “SOCIEDADE CRATENSE”, a nossa Coluna Social, que anda parada há muito tempo, eu quero abrir as portas do Blog para quem quiser divulgar eventos sociais, datas de aniversário, e curiosidades sobre os nossos amigos. Quem quiser divulgar aniversários, e eventos sociais em geral, envie uma mensagem para nosso e-mail:

blogdocrato@hotmail.com

Farei o possível para publicar o evento, e me coloco à disposição para qualquer convite que alguém nos queira fazer, a fim de registrar tal evento ( fotografia, nota, etc ). Envie tudo por e-mail. cada e-mail recebido tem sempre uma resposta de recebimento.

AO ESCRITORES E COMENTARISTAS:

Eu gostaria de fazer aqui uma agenda de aniversários de todos os nossos escritores e comentaristas, e se possível até dos filhos destes, a fim de que possamos nos lembrar na data oportuna. Essa informação pode ser passada por e-mail também. Se alguém souber da data de aniversário dos colegas, pode juntar tudo e enviar também.

Vamos movimentar a nossa Coluna Social – SOCIEDADE CRATENSE

Abraços,

Dihelson Mendonça

Os pecados dos políticos – por Pedro Esmeraldo

Hoje de madrugada, estivemos pensando no esvaziamento do Crato. Tudo é causado pelo esmorecimento dos políticos, o que, consequentemente, reflete na memória do povo, que permanece acomodado e conformado com essa situação.
Consequencia disso é que todo o esforço do movimento progressista – em prol de Crato – vai para o escanteio. Por isso, queremos alertar – ao povo e aos políticos – que saiam do anonimato e venham despertem para uma reação, a fim de equilibrar o crescimento da nossa cidade, através de um trabalho sério e honesto.
Não podemos continuar com esta situação. Observamos que tudo anda de água abaixo, por certo, não poderemos destruir – de uma hora para outra – tanto desânimo do povo. Já os políticos caem no mesmo pecado.
É hora, pois, de rezar a Deus, Nosso Senhor, pedindo para perdoar tanto esmorecimento.
Por isso, concitamos esses políticos pecadores – juntamente com as lideranças da sociedade – convidando-os para que freqüentem a Igreja da Sé. E na Hora da Graça, celebrada pelo Padre Edmilson, pedir perdão a Deus dizendo:
- Pecamos contra Deus e contra o Crato. Vimos aqui pedir graças e perdão para que sejamos orientados, dando-nos coragem e força para enfrentar essa luta desigual.

Só assim, através de um trabalho sério, seremos abençoados por Deus e criaremos coragem e com muita força e perseverança, com toda certeza, preservaremos o nosso patrimônio comunitário, alguma parte já daqui retirada. Mas, com muita força, chegaremos lá.
Também devemos pedir a Deus que abençoe o clero e, ao mesmo tempo, oriente o povo para que siga o caminho certo, com retidão, honestidade e trabalho.
Recordamos, por fim, as figuras impolutas dos Quatro Luzeiros, desta diocese quase centenária, visto que souberam dirigir a nossa Igreja Particular, com muito trabalho e carinho, livrando-se dos movimentos piegas, combatendo com muita coragem o fanatismo religioso.

Por isso o Crato trilhou o seu progresso, embora, atualmente, ocorra um movimento esmorecido, sereno para o lado da discórdia, desejando que sejamos também piegas, como são os demais. Vamos combater o exagero com muita frequencia e tenacidade. Cremos que, se assim o fizermos, mudaremos a face de Crato para melhor.
17 de novembro de 2009
Texto de Pedro Esmeraldo

Outras notícias Culturais – Elizângela Santos

11ª Mostra SESC Realiza grande cortejo da Cultura Popular nas Ruas de Juazeiro do Norte

Grande cortejo da cultura popular acontece na tarde de hoje, a partir das 15 horas, com concentração na praça José Geraldo da Cruz (Prefeitura municipal), em Juazeiro do Norte, com a participação dos artistas e população, durante a 11ª Mostra SESC Cariri de Cultura, que entra no seu quinto dia de realização com dezenas de espetáculos nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Nova Olinda e Barbalha, cidades pólo do evento, além do Circuito Patativa do Assaré, em quase todos os municípios da Região. O cortejo sai às 16 horas da praça, seguindo pela rua São Pedro, até o SESC. Uma forma de reverenciar os artistas, numa verdadeira festa popular que se transforma o Cariri durante os dias da Mostra. Ontem, foi a vez do Crato, com o cortejo, levando alegria e arte para as ruas, demonstrando que a cada ano a população regional está mais envolvida com suas raízes culturais, chamando também as artes de outros países e outros estados brasileiros para essa grande confraternização da cultura universal. A Mostra reúne este ano no Cariri mais de 600 artistas, a presença de 11 países, com grandes espetáculos, além de estar presente com mais um núcleo na cidade de Barbalha, na Escola de Artes Violeta Arraes. Em Nova Olinda, o Teatro Violeta Arraes, na Fundação Casa Grande, sempre lotado com os espetáculos. Um envolvimento total da população, que festeja com a presença maciça nas apresentações. São desde espetáculos infantis, musicais, adultos. Arte e Cultura para todos os gêneros.

Seminário Arte e Pensamento tem boa adesão do público e estudiosos da região

Este ano, a grande novidade tem sido, além dos espetáculos, o Seminário Arte e Pensamento – A Reinvenção do Nordeste, que acontece no Teatro Patativa do Assaré, no SESC – Juazeiro do Norte. O Seminário, uma reflexão sobre as artes produzidas na região e uma forma de esclarecer as suas origens, começou nesta segunda-feira, e conta com a presença de grandes pensadores nacionais, como o professor André Queiroz, doutor em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e organizador do seminário. Ele abriu o evento com a palestra “Haveria um Nordeste atrás do cinema que se faz no Nordeste?”. O seminário vai até o dia 19 e hoje, a partir das 14 horas, o professor Luizan Pinheiro, doutor em Artes Visuais e Crítica da Arte pela UFRJ, realiza a palestra “Ontologia do Cariri: a cidade atravessada por múltiplos olhares”, em que discute a cidade e suas potencialidades estéticas. Em seguida, Luís Manoel Lopes, doutor em Filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), analisa quais são os sentidos do sertão em “Barbaramente estéreis; maravilhosamente exuberantes: os sertões em variações”.

Já no dia 18, Márcia Tiburi, doutora em Filosofia e integrante do programa de televisão Saia Justa, fala sobre as “Mulheres míticas e mulheres reais: uma fratura sertão”, enquanto Nina Velasco e Cruz realiza a palestra “Paulo Bruscky: um artista nordestino?”. Os debates são seguidos pelo lançamento da 11ª edição da Revista Literária Polichinello, junto com uma exposição das gravuras de Acácio Sobral. O último dia de seminário tem, às 14h, a palestra “A paixão segundo Lampião”, em que o filósofo e sociólogo Daniel Lins discute as facetas de Lampião. No encerramento, o historiador Durval Muniz de Albuquerque Júnior fala sobre “O Nordestino de Saia Rodada e Calcinha Preta ou as novas faces do regionalismo e do machismo no Nordeste”.

“A intenção de todos os seminários é mostrar a qualidade da cultura nordestina; uma manifestação nem melhor, nem pior que as produções do Sudeste, apenas diferente. Trata-se de tentar resgatar as características dessa região, sem submetê-las a aprovações dos grandes centros. Trata-se de uma descentralização do eixo cultural”, explica André Queiroz.

Contato:
AC Comunicação

Texto enviado por Elizângela Santos

Cacá Araujo concede entrevista ao blog do Coletivo Camaradas

Coletivo Camaradas: Quem é Cacá Araújo?

Comunista, professor, dramaturgo, ator, diretor de teatro, poeta, folclorista. Filho de José e Joselita. Pai de Diogo Stálin, Carlos Ângelo, Maria Isaura e Lilith. Guerrilheiro permanente em defesa da liberdade, da democracia e do socialismo.

Coletivo Camaradas: Quando teve início seu trabalho artístico?

Há mais de vinte e cinco anos, no movimento literário, juntamente com os poetas Gênes de Alencar e Domingos Sávio Barroso, criando posteriormente o Grupo Artístico-Cultural poesia, Vida & Sangue, responsável pela edição de vários livros de poesia, em especial a Antologia Poetas do Cariri 1986, da qual participaram novos e consagrados poetas como Saraiva de Sá e Patativa do Assaré.

Coletivo Camaradas: Quais as influências do seu trabalho?

Minha formação principal é baseada na militância política fundada no marxismo-leninismo, sem desconsiderar que me criei no meio da feira do Crato, alternando com longas estadas no Sítio Riacho Vermelho, de propriedade de meu avô, no Distrito de Santa Fé. Em decorrência disso, de ser orgulhosamente matuto do pé da serra, veio a natural influência das tradições populares, das histórias do campo, da alma sertaneja. Outra grande influência é a grande oportunidade e privilégio de conviver com os mestres do folclore local, como o Mestre Cirilo, Mestre Aldenir, Mestre Raimundo Aniceto, Mestra Zulene Galdino, Mestra Edite Dias e tantos outros.

Além de Marx, Engels, Lênin, Stálin, Amazonas e os nossos Mestres da Cultura Popular, outros como Brecht, Stanislavski, Augusto Boal, Dario Fo, Plauto, Aristóteles, Sófocles, Eurípedes, Ésquilo, Camões, Garret, Patativa do Assaré, Pedro Bandeira, Eloi Teles, Câmara Cascudo, Suassuna, Seu Joaquim Vicente, Júlia Doida, Miguel Preto, Capela, Sorriso, Incha Tetê, Tandô, entre muitos outros de ontem, transantontem e de hoje.

Coletivo Camaradas: Como você vê a relação entre arte e política?

São partes de um todo indivisível, apesar de alguns tolos, imbecis e ou mercenários negarem. Arte é resultado da inventividade humana, que deriva de sua existência material, que por sua vez determina sua base espiritual e intelectual.

Coletivo Camaradas: Seu trabalho segue uma dramaturgia de afirmação cultural? Qual a relação da sua produção com a de Ariano Suassuna?

Erguemos a mesma bandeira política da defesa da soberania nacional tendo a cultura popular como principal elemento identitário do país. As matrizes culturais que, caldeadas, formam a identidade nacional, revelam que nossas raízes são universais ao mesmo tempo em que manifestam a plural singularidade brasileira.

Coletivo Camaradas: Em 1988, você foi aluno do dramaturgo Augusto Boal (falecido recentemente) , fundador do Teatro do Oprimido. Qual a sua opinião sobre a contribuição deste teórico no campo do fazer teatral?

O Boal é a maior referência teatral das américas e um dos mais importantes nomes mundiais de todos os tempos. Seu teatro é verdadeiramente revolucionário porque propõe a inclusão do espectador no universo cênico, discutindo, analisando e protagonizando soluções na cena, como que ensaiando as transformações que a vida real exige.

Coletivo Camaradas: Você trabalha com a metodologia do Teatro do Oprimido?

A poética do oprimido é um compêndio político de extrema significação para quem vê no teatro uma forma de manifestar a alma e os anseios populares. Em várias ocasiões trabalho com várias técnicas do TO, seja com grupos específicos (professores, estudantes e comunitários, por exemplo), ou mesmo no dia-a-dia do desenvolvimento dos atores de nossa companhia teatral.

Coletivo Camaradas: Qual a contribuição do marxismo para o teatro?

O Marxismo é fundamental para a compreensão do mundo e suas implicações políticas, econômicas, sociais e culturais. Oferece o embasamento ideológico para que uma ação, inclusive o teatro, adquira conteúdo revolucionário e contribua na educação das massas para as necessárias transformações sociais.

Coletivo Camaradas: Qual sua produção em dramaturgia?

Minha dramaturgia “brincante” é toda ela pontuada pela mitologia, causos, história e costumes regionais: “A Comédia da Maldição”, que apresenta o mito da Mula-sem-cabeça; “O Pecado de Clara Menina”, abordando relações de poder e matreirices sertanejas, inspirada em poema anônimo medieval ibérico; “As presepadas de Zé Ozébe”, sugerida pelo cordel A história do cavalo que defecava dinheiro, de Leandro Gomes de Barros; “a Donzela e o Cangaceiro” (premiada pela Bolsa Funarte de Estímulo à Dramaturgia 2007), que traz o mito da Caipora e aborda temas ecológicos; e “O Mapa da Botija”, comédia infantil de aventura que evidencia o mito do “Papa-Figo” e a lenda caririense da “Pedra da Batateira”. Tenho também textos que abordam temática urbana contemporânea, destacando-se: “Monólogos das Flores Violadas”, baseado em reportagens sobre casos de exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais do Ceará; e “Lágrimas no papel”, inspirado na história da militante comunista Helenira Resende, assassinada pela repressão militar na Guerrilha do Araguaia, em 1972.

Coletivo Camaradas: Como você analisa a atual conjuntura de políticas públicas que vem sendo desenvolvida pelo Ministério da Cultura?

É a expressão prática da democratização de bens e meios de produção culturais, principalmente através do genial programa de Pontos de Cultura, além de outras não menos importantes ações desenvolvidas por meio de editais, patrocínios diretos, estímulo ao mecenato e criação de sistema nacional de cultura envolvendo a totalidade de estados e municípios.

Coletivo Camaradas: Como você vê a produção teatral na região do Cariri?

Intensa e diversificada. Aqui temos excelentes dramaturgos, atores, encenadores, produtores. Mas a maior virtude do nosso teatro atualmente é o abandono dos clichês globais e da estética ditada pelos grandes centros urbanos do Sul e Sudeste, principalmente através de ações midiáticas criminosas, hegemonistas e preconceituosas. O produto teatral do Cariri tem que ter o aroma, o sotaque, o rebolado, o ritmo, a história, a cultura do nosso povo que, longe de se fechar na região, revela uma avassaladora universalidade. Entretanto, ainda há equívocos institucionais sérios, quando alguns órgãos, mesmo com dinheiro público, promovem um intercâmbio doutrinador e eliminador da auto-estima, quando desprestigiam a cena local. Justiça precisa ser feita ao excelente desempenho do Centro Cultural Banco do Nordeste, que, ao longo do ano, atua na formação de platéia através do gosto pela cena produzida na região, fazendo-a circular e ganhar sentido de existir. Isso tem dado excelentes resultados na qualidade da produção caririense, além de gerar renda para os grupos e companhias.

Coletivo Camaradas: A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é uma realidade. O que é e como surgiu a idéia deste evento?

A Guerrilha é um movimento em favor da diversidade, respeito e afirmação da identidade cultural brasileira, especialmente por destacar a dramaturgia e a encenação produzidas no Cariri cearense como fortes elementos identitários do nosso povo. Foi, portanto, pensado a partir do debate com atores, diretores, dramaturgos e produtores, como forma de valorizar a produção dramatúrgica, a encenação e a realização de espetáculos na região, posto ser necessária intervenção de impacto que abra espaços de difusão da arte e do artista caririense, nordestino, brasileiro. Esperamos, na continuidade desse processo, criar uma cooperativa de artes cênicas com o fim de garantir a unidade em defesa de ações formativas, difusão, desenvolvimento e, principalmente, reconhecimento aos artistas e suas produções.

Prof. Alexandre Lucas
Coletivo Camaradas

Luto Oficial na URCA pelo falecimento do Prof. Alderico Damasceno


Reitor da URCA decreta Luto Oficial e suspende atividades acadêmicas, em virtude da morte do Professor ALDERICO DE PAULA DAMASCENO

Em virtude do falecimento de um dos Fundadores da URCA, um dos grandes nomes da educação do Cariri, Professor Alderico de Paula Damasceno, aos 90 anos, ocorrido no início da tarde deste dia 16, o Reitor da Universidade Regional do Cariri (URCA), Professor Plácido Cidade Nuvens, suspendeu as atividades acadêmicas desta Instituição de Ensino Superior, na tarde de hoje, até às 13 horas de amanhã, e decretou luto oficial por três dias. O corpo do Professor Alderico será velado no Salão de Entrada da Biblioteca da Universidade. O sepultamento ocorrerá na manhã desta terça-feira, dia 17. De acordo com a Portaria, se reconhece a inestimável contribuição do referido Docente para a Educação Escolar na Região do Cariri e para a URCA. O Professor Alderico Damasceno,conforme o reitor da URCA, por vários anos foi um dos suportes mais consistentes da educação no Cariri. Filho de Ângelo Pereira Damasceno e de Aguida de Paiva Paula, o Professor Alderico nasceu a de20 de setembro de 1919, em Aracati, Estado do Ceará.

Além de Professor do Departamento de Economia da Universidade Regional do Cariri, o Professor Alderico de Paula Damasceno também lecionou no ensino médio, tendo exercido também a função de Diretor do renomado Colégio Estadual Wilson Gonçalves, onde exerceu o magistério por vários anos. Lecionou também no Colégio Diocesano do Crato e no Colégio Municipal Pedro Felício Cavalcante.

Foi fundador da URCA, originário da Universidade Estadual do Ceará – UECE, admitido a 3 de março de 1967. Foi também professor na Faculdade de Filosofia do Crato, onde lecionou História Geral da Economia e História Administrativa do Brasil. Também chegou a ser integrante da Comissão Executiva do Vestibular durante vários anos.

Entre as múltiplas atividades exercidas pelo Professor Alderico Damasceno, destaca-se sua atuação no esporte cratense, onde foi treinador da seleção de futebol do Crato. O Reitor destaca a figura bastante popular e bem relacionada que era o Professor Alderico. Por onde passou fez uma legião de amigos e admiradores, deixando sempre a marca da sua cordialidade e do seu caráter. Foi casado com Maria do Carmo, com quem teve quatro filhos, dois homens e duas mulheres.

Contato:
Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri – URCA
(88) 3102-1212 ramal 2617
www.urca.br Elizangela Santos
Crato, 17 de novembro de 2009

Aeroporto Regional do Cariri terá posto de informações para passageiros e turistas

O secretário de Turismo e Romarias de Juazeiro do Norte, José Carlos dos Santos, e o Gerente da Infraero, Roberto Germano, abriram o stand onde funciona, desde ontem, o posto de informações turísticas no Aeroporto Orlando Bezerra. Duas estagiárias devidamente capacitadas pela SETUR vão ficar de plantão todos os dias sempre das 12 às 16 horas com catálogos para orientações aos visitantes.

Além disso, distribuirão fitas do Padre Cícero, cartão do Centenário de Juazeiro, um livreto contendo a biografia do Padim e mais calendário para 2010 assinalando as festas religiosas que acontecem em Juazeiro e mais folder sobre a cidade. Ontem, por conta da festa de abertura do posto, houve apresentação de um trio de forró pé-de-serra. A beleza do stand foi elogiada por todos.

Ele servirá ainda como ponto de apoio para o receptivo turístico durante o período de alta estação. Segundo o titular da SETUR, José Carlos dos Santos, normalmente essa movimentação por conta das férias se dá nos meses de junho, julho, dezembro e janeiro quando melhora o fluxo de passageiros no aeroporto. São distribuídos kits incluindo um chapéu de palha e animação de trio de forró numa atividade que envolve ainda o terminal rodoviário.

Fonte: Tarso Araújo – Blog Cariri Agora

SUPER QUARTA PRA VALER! Por: Océlio Teixeira

A chapa Democracia e Independência, que tem à frente o Dr. Fabrício Callou, convida a todos os advogados e advogadas da Subseccção da OAB de Crato, para amanhã, dia 18, comparecerem a CHOPERIA do Mercadinho São Luiz (Av. Padre Cícero, Bairro São Miguel, Crato-CE), a partir das 19hs, para um grande encontro de amigos e amigas. Será um momento de confraternização e de reflexão sobre uma NOVA OAB que se está construindo, DEMOCRÁTICA E INDEPENDENTE. O evento contará com a presença do Dr. Valdetário Andrade, candidato a Presidente da OAB – Secção Ceará, pela chapa OAB PRA VALER. Amigos e amigas pra valer, no dia 20 de novembro próximo VOTE 20 PARA OAB – CEARÁ e 55 PARA OAB CRATO.

Autor: Océlio Teixeira de Souza

Serra se une a Lula contra o aumento das aposentadorias – Jornal Correio Braziliense

Nota: Que o presidente Fernando Henrique foi péssimo para os aposentados, todos nós sabemos – inclusive, em 1998, FHC chamou-os de vagabundos. Que o PSDB segue a cartilha do estado mínimo e pouco se preocupa com os nossos idosos, isso tbm é verdade. Agora, o Lula, hoje se unir ao PSDB ou ao Serra, para barrar melhorias para os aposentados do país, é brincadeira. Vejam esta declaração do Lula, em 1989:


“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva não é o único a articular pela rejeição do projeto de lei que vincula os reajustes dos aposentados e beneficiários do INSS aos índices aplicados ao salário mínimo. O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), entrou em campo pedindo a líderes de seu partido no Congresso o veto à proposta.

O problema é que deputados e senadores tucanos e democratas tratam o tema como uma forma de arrematar uma boa bandeira para as eleições no próximo ano e, ainda, tentar amenizar a impressão de que a gestão de Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, foi maléfica para a categoria.

Argumentam que, nesse momento, não podem jogar apenas pensando no que é bom para o pré-candidato à corrida presidencial em 2010. Afinal, dizem, eles também precisam se eleger.

(Correio Braziliense)

Postagem: Océlio Teixeira de Souza
Fonte: Blog do Eliomar

CONDIRC debateu desenvolvimento regional em Barbalha – Por Beto Fernandes

Foi realizado nos dias 12 e 13 no Hotel das Fontes no Distrito de Caldas em Barbalha o Seminário sobre Intervenções Federais e Estaduais para Incrementar o Desenvolvimento Regional do Cariri. A realização foi do CONDIRC (Conselho De Desenvolvimento e Integração Regional) e teve como lema “intervir e desenvolver com sustentabilidade” e contou com apoio do Governo do Ceará através das secretarias das Cidades, Desenvolvimento Agrário, Instituto Agropolos e COGERH (Companhia de Gestão de Recursos Hídricos), Banco do Nordeste, FETRAECE (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Ceará), Fundação Lima Botelho e prefeituras de Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte.
A presidente do CONDIRC, Claire Anne Viana de Sousa destacou razões para realização do Seminário. “Objetivamos, na realidade, fazer com que os segmentos organizados dos municípios caririenses conheçam as intervenções realizada a partir de projetos estruturantes inseridos no Programa Cidades do Ceará, , interligação de bacias, da Transnordestina, do Território da Cidadania e Região Metropolitana do Cariri”, explicou. Segundo ainda Claire Anne, “foi oportunizado a população, através dos diversos segmentos para apresentar opiniões coerentes e embasadas nas questões ligadas ao desenvolvimento regional.
No primeiro dia do evento destaque para abertura com o painel “Projeto Cidades do Ceará: contribuições efetivas no Desenvolvimento Regional Sustentável e na metropolização do Cariri” com o Secretário das Cidades Joaquim Cartaxo. Dentre os debatedores os prefeitos de Barbalha, José Leite, Crato, Samuel Araripe e Várzea Alegre, José Hélder Máximo Ximenes que é também Presidente da Frente Municipalista do Sul Cearense. O Prefeito de Juazeiro, Manoel Raimundo de Santana Neto foi representado pelo Secretário de Desenvolvimento Econômico, Eraldo Oliveira.
Na parte da tarde o arquiteto e urbanista Luciano Guimarães mediou debate sobre a Região Metropolitana do Cariri: processos de construção contando com participações dos prefeitos José Leite e Samuel Araripe, além do vice de Juazeiro do Norte José Roberto Barreto Celestino. Já Claire Anne Viana mediou debate com o Reitor da URCA, Plácido Cidades Nuvens, Coordenador do Geopark Araripe, José Patrício Melo e o professor da UFC Joaquim Torres sobre o ensino superior e suas contribuições para o desenvolvimento regional.
No segundo e último dia foram quatro os painéis realizados. Os deputados José Nobre Guimarães, Federal e Nelson Martins, estadual debateram com mediação do presidente da Câmara de Barbalha, João Flávio Cruz Sampaio, o olhar legislativo para cariri cearense com ações de governança. José Alves Coutinho Júnior, coordenador do projeto São José no Cariri mediou debate com o Secretário de Desenvolvimento Agrário, Camilo Santana e o delegado federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Francisco Sombra pacto para territorialização do Ceará e os Impactos no Cariri do Programa Territórios da Cidadania.
Os gerentes do Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Caixa Econômica Federal, respectivamente Ricardo Cesar Xavier Nogueira Santiago, Albery Viana de Oliveira e José Ney Monteiro Pereira falaram sobre as contribuições das instituições creditícias estatais para o desenvolvimento sustentável do Cariri cearense. Por fim Sebastião César Rego Neto, da Secretaria das Cidades mediou debate com Francisco José Coelho Teixeira, Presidente da COGERH e Antonio Barbosa Mendonça do SINDINDUSTRIA as políticas impactantes no Cariri das obras da ferrovia Transnordestina e integração da Bacia do Rio São Francisco.
O Prefeito de Crato externou aquele como um momento especial no desenvolvimento regional. “É preciso valorizar esse movimento do CONDIRC como essencial para o desenvolvimento regional. Não podemos ver o desenvolvimento de forma isolada com bairrismos exagerados e que devem ser vencidos. Só chegaremos a um verdadeiro patamar de desenvolvimento com amadurecimento político e administrativo e principalmente com reivindicações conjuntas dos benefícios que a população prioriza em encontros como esses”, ressaltou Samuel Araripe. O gestor cratense reafirmou as dificuldades enfrentadas pelos municípios brasileiros e citou como exemplo a inexistência das condições apropriadas para se dar contrapartida em grandes projetos estruturantes como os de saneamento básico. “As arrecadações são pequenas e para completar os municípios são sentenciados a perder repasse dos recursos com reduções do IPI. Precisamos rever esse conceito e pedir que na conta do FPM além do Imposto de Renda e IPI entrem outros percentuais. A população antes de estar no país e nos estrados está nos municípios” criticou.
Os políticos presentes ao evento limitaram a destacar os investimentos da União e do Estado e foram escorregadios quando a plenária em sua totalidade criticava a lentidão e excesso de burocracia para execução dos grandes projetos. O mais sabatinado foi o Secretário das Cidades, certamente pelo grande número de projetos e de recursos assegurados no Projeto Cidade dos Ceará. Os prefeitos foram diplomáticos e reconheceram os investimentos regionais e em suas cidades. O Presidente da Frente Municipalista do Sul Cearense, José Hélder lembrou que boa parte dos prefeitos está em primeiro mandato e “a crise financeira tem contribuído para que as ações não apareçam neste primeiro ano”. O evento ultrapassou as expectativas dos seus organizadores.

José Roberto, Samuel Araripe, Luciano Guimarães e José Leite
Por Beto Fernandes

Temporão anuncia R$ 100 milhões adicionais para prevenção da malária

Manaus – O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou ontem (16), em Manaus, a liberação de aproximadamente R$ 100 milhões pelo Fundo Global de Luta contra Aids, Tuberculose e Malária para combater a incidência da malária nos próximos cinco anos em 47 municípios de seis estados amazônicos. O fundo foi criado em 2002 como uma Parceria Público-Privada dedicada a captação de recursos para a prevenção e tratamento dessas doenças. Trata-se do Projeto para Prevenção e Controle da Malária na Amazônia Brasileira, aprovado em 2008, mas que começará a ser executado a partir de 2010. O recurso será liberado em cinco parcelas, até 2014, e representa um incremento de 14% em relação aos investimentos previstos pelo Ministério da Saúde para o período. Dos 47 municípios que serão foco das ações do projeto, 16 estão em área de fronteira internacional. A Amazônia é a região que concentra 99% da transmissão da malária no Brasil.

De acordo com Temporão, a expectativa é que o país chegue a 2014 com 150 mil casos da doença por ano. O número ainda é preocupante, segundo o ministro, mas representaria uma redução pela metade do número de casos em relação ao ano de 2005. No ano passado, o país registrou cerca de 315 mil casos da doença. “Esse recurso adicional vai contribuir para qualificar o trabalho nesses municípios que concentram o maior número de casos, com melhoria do diagnóstico e tratamento, a distribuição de mosquiteiros impregnados para proteger as residências e também de treinamento e mobilização da comunidade”, ressaltou Temporão.

O coordenador do Programa Nacional de Controle da Malária, José Lázaro Ladislau, disse à Agência Brasil que a expansão do diagnóstico da malária e a identificação de mais casos nas comunidades, têm provocado a redução de internações e de mortes por malária em todo o país. “Temos que conviver com o mosquito, mas sem a doença e para isso temos que eliminar o parasita de circulação. Isso será possível com o tratamento cada vez mais precoce”. A meta do programa é reduzir pela metade os casos de malária na Amazônia, sobretudo nesses 47 municípios, que foram responsáveis pela transmissão de quase 70% dos casos da doença no país em 2007. Nesse ano, conforme dados do próprio Ministério da Saúde, dos 458.624 casos registrados em todo o país, esses municípios concentraram 311.279 ocorrências de malária.

A Fundação de Medicina Tropical do Amazonas e a Fundação Faculdade de Medicina de São Paulo serão responsáveis pelo gerenciamento administrativo e financeiro do projeto e pela execução de todas as ações.

Fonte: Agência Brasil

GUERRILHA DO ATO DRAMÁTICO MOSTRA A VALOROSA CENA DO CARIRI



















A Guerrilha do Ato Dramático Caririense, realizada pela Sociedade Cariri das Artes e Sociedade de Cultura Artística do Crato, Pontos de Cultura do Brasil, entra hoje, terça-feira, dia 17 de novembro, no seu décimo primeiro dia já tendo conquistado a simpatia do público por sua organização e qualidade dos espetáculos.

Às 19h30min, também no Teatro Rachel de Queiroz, em Crato-CE, o brinde será o premiado monólogo “COQUETEL”, com a Companhia Wancylus Gat de Teatro, de Crato-CE, escrito, dirigido e atuado por Wanderley Tavares.

Amanhã, dia 18, a Companhia Livremente de Teatro, de Juazeiro do Norte-CE, apresentará a peça “DENTRO DA NOITE ESCURA”, de Emannuel Nogueira, dirigida por Jean Nogueira.

Cacá Araújo, idealizador e coordenador da Guerrilha, declara que a produção teatral no Cariri é intensa e diversificada. “Aqui temos excelentes dramaturgos, atores brilhantes, encenadores geniais. Mas a maior virtude do nosso teatro é o significativo abandono dos clichês e da estética ditada pelos grandes centros urbanos do Sul e Sudeste, principalmente através de ações midiáticas criminosamente discrimintórias, hegemonistas e preconceituosas em relação ao Nordeste”, afirma, pontuando também que “o produto teatral do Cariri tem que ter o aroma, o rebolado, o ritmo, a história, a cultura do nosso povo, que, longe de significar isolamento, revela avassalador conteúdo universal e fortalece a identidade, soberania, a auto-estima e o sentimento de pertença”.

O coordenador da Guerrilha informa, ainda, que a tática de exposição focada na produção realizada no Cariri está demonstrando êxito, visto que a adesão do público é massiva, ampliando o contingente daqueles que valorizam a arte e o artista caririenses.

A programação da Guerrilha segue até o dia 22 de novembro, quando as companhias participantes serão agraciadas com o Troféu Juscelino Leal Lobo Júnior.

Guerrilheiro Cacá Araújo
Professor, Dramaturgo, Folclorista, Ator e Diretor de Teatro
Coordenador Geral da Guerrilha do Ato Dramático Caririense

Mostra Sesc Cariri de Cultura – Programação de Hoje, 17 de Novembro – Por Valdenio

XI mostra SESC

Programação 17/11

RFFSA – Centro Cultural do Araripe

17h – Silêncio Total – Cia Riso da Terra – João Pessoa – PB

Em cena, o ator Luiz Carlos Vasconcelos encarna Xuxu, um palhaço que nos remete às memórias da infância, à magia do circo e aos primeiros atores de rua, ao mesmo tempo em que sua alma revela o lado risível da nossa humanidade

18h – Viagem Instrumental – Mandrágora – Brasília – DF

O estilo instrumental do Mandrágoras percorre inúmeras sonoridades sem se prender ao formalismo tradiciona.

Teatro Municipal 20:00hs

O Dragão
Cia Amok de Teatro – RJ

Baseada em depoimentos reais sobre o conflito entre palestinos e israelenses. O espetáculo fala do ser humano e de um sentimento sem fronteiras: a dor e os horrores da guerra.
As músicas seqüenciadas tocadas em instrumentos típicos como Alaúde, Darkuba, Bohdran e Viola de Gamba durante todo o espetáculo trazem uma idéia de continuidade, de uma história em que não se vê o começo nem o fim.

Sesc Crato – 22:00hs

Santiago do Chile, 1973
Grupo de Dois – RJ

Galpão das Artes – 23:00hs

ENCANTRAGO – Ver de Rosa um Ser Tão
Expressões Humanas/Vitrine – Fortaleza – CE

A dramaturgia inspirada na obra de Guimarães Rosa e na Cultura Popular Brasileira prioriza os contrastes e as ambivalências do homem e do sertão para captar o que se delineia como mais peculiar nas “essencialidades Roseanas” e no fantástico mundo da cultura popular brasileira – o inenarrável, o inexplicável, o indizível – recriando a cena teatral. “Encantrago – Ver de Rosa um Ser Tão” é uma travessia que se faz através da cumplicidade entre a música e a poesia das palavras, entre a objetividade e a subjetividade da vida e entre os atores e o público.

Crato Tênis Clube– Banquete Dionisíaco

22h Mangiare
Grupo Pedras – Rio de Janeiro – RJ

O espetáculo apresenta o tema da comida como num menu. O público é convidado a se sentar em três grandes mesas com capacidade total de 70 pessoas. De entrada uma salada oriental é preparada e servida ao público por uma mãe e duas filhas com seus conflitos e intimidades. O prato principal é feito por divertidas máscaras balinesas que sonham com a fortuna ao preparar um nhoque de inhame. Histórias e segredos culinários são confidenciados ao público por personagens que se sentam à mesa e o tema da compulsão é abordado com música, tragédia e humor. No final as sobremesa são oferecidas numa brincadeira de tentação e desejo. A música ao vivo que alimenta todo o espetáculo finaliza essa farra gastronômica. Bom apetite!

23h Lenynha Vas – Juazeiro do Norte
Liberdade & Raiz – Crato – CE

Por: Valdênio

Obituário – Faleceu o professor Alderico Damasceno – por Armando Rafael

Foi com pesar que tomei conhecimento do falecimento nesta 2ª feira, às 15:00h, na UTI do Hospital São Miguel, do conhecido professor Alderico de Paula Damasceno. Ele morreu aos 90 anos, 60 dos quais dedicados ao magistério na cidade de Crato. Alderico era pessoa querida pelos milhares de ex-alunos, inumeráveis amigos e admiradores. Fui seu aluno de História no Colégio Diocesano de Crato. Ele foi professor da Faculdade de Filosofia, sendo um dos fundadores do Curso de História. Depois, ensinou na Urca, no curso de Ciências Econômicas, onde foi aposentado compulsoriamente. Lecionou ainda Educação Física em vários educandários cratenses, com destaque para o Colégio Estadual Wilson Gonçalves. Foi também técnico de futebol de times cratenses, os quais dirigia vestido impecavelmente de paletó e gravata, portando um inconfundível guarda-chuva.

Uma grande figura humana, o Mestre Alderico!
Que Deus o tenha do Reino dos Justos!

Advogado contesta uso político do BNB e defende superintendente do banco

Ontem, postei uma matéria publicada no Blog do Eliomar, intitulada: “TRE investiga o uso político do BNB e da FUNASA”. Hoje, reproduzo aqui no nosso Blog do Crato uma nota que o advogado do prefeito de Mauriti e do Superintendente Estadual do BNB encaminhou ao prezado Eliomar de Lima.

“Do advogado André Costa, este Blog recebe a seguinte nota:

Caro Eliomar de Lima,

A respeito da notícia veiculada no seu blog intitulada “TRE investiga o uso político do BNB e da FUNASA”, o advogado André Costa, defensor do Prefeito de Mauriti, Isaac Júnior, e do Superintendente Estadual do BNB, Isidro Moraes, esclarece o seguinte:

1. Não é verdade que o BNB e a FUNASA foram utilizados politicamente ou que desenvolveram ações que beneficiaram eleitoralmente a candidatura do atual Prefeito de Mauriti, reeleito com 57,30% dos votos válidos, o que demonstra o amplo apoio popular.

2. O Ministério Público Eleitoral e o Juiz Eleitoral de Mauriti, por duas vezes, já decidiram que não houve qualquer crime eleitoral ou uso político do BNB e da FUNASA a favor do então candidato à reeleição.

3. Tanto o Promotor de Justiça de Mauriti como a Procuradoria Geral de Justiça, através do seu Conselho Superior do Ministério Público do Ceará, bem como o Ministério Público Federal já investigaram o fato e reconheceram que não houve qualquer ato de improbidade administrativa na conduta do Superintendente Estadual do BNB.

4. É importante registrar que o pequeno trecho citado na nota não está dentro do contexto no qual foi proferido o discurso, realizado no final de um dia de domingo, fora do expediente de trabalho, durante uma convenção partidária na cidade onde nasceu e sem qualquer ligação com algum evento oficial ou do BNB.

5. As provas colhidas pela Justiça Eleitoral demonstraram que durante toda a campanha de 2008 não ocorreu qualquer ato ou ação que pudesse ser caracterizada como abuso de poder, propaganda institucional em favor de candidaturas, captação ilícita de sufrágio ou qualquer forma de conduta vedada, mas apenas um mero discurso sem quaisquer conseqüências práticas ou eleitorais.

Sem mais,

André Costa – advogado.”

Postagem: Océlio Teixeira de Souza
Fonte: Blog do Eliomar de Lima

Foto: Misael Sampaio

Lançada Campanha Mais Alimento no Cariri – Reportagem: Antonio Vicelmo

Uma caravana de 20 carretas está levando um verdadeiro máquinas e implementos agrícolas ao Interior do Estado. Crato. Cerca de 500 agropecuaristas de 48 municípios do Cariri e da região Centro-Sul, a maioria integrantes da agricultura familiar, participaram, ontem, do lançamento da Campanha Mais Alimentos, uma caravana de 20 carretas, que está levando um verdadeiro shopping center de máquinas e implementos agrícolas ao Interior do Estado. Durante todo o dia, o que há de mais moderno em maquinário e implementos voltados à agricultura familiar foi mostrado no Parque de Exposições Agropecuárias do Crato. Hoje, a caravana encontra-se em Quixeramobim, seguindo para Limoeiro do Norte, Baturité, terminando sexta-feira, na cidade de Sobral.

Além de receber informações sobre o “Mais Alimentos” e conhecer inovações tecnológicas da indústria para o meio rural, o agricultor poderá sair da Feira Tecnológica Itinerante com brindes que chegam a R$ 25 mil. Em cada município visitado pela caravana serão sorteadas plantadeiras, selecionadoras de grãos, debulhadores de milho e trituradores de ração, entre outros equipamentos. A caravana promoverá também o sorteio de um trator de 18 CV por estado.

A Feira Itinerante é promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário (DAS), com objetivo de, segundo o secretário de Desenvolvimento Agrário do Estado, Camilo Santana, potencializar o acesso do produtor familiar à linha de crédito do “Mais Alimentos”, que financia projetos de até R$ 100 mil, com prazo de pagamento de até dez anos, carência de até três anos e juros de 2% ao ano.

Camilo lembrou que a agricultura familiar é a grande responsável pela produção de alimentos no campo. Acrescentou que é o setor mais carente de apoio. Daí a presença da caravana, oferecendo crédito, informações e tecnologia para o seu crescimento.

As localidades escolhidas são municípios-polo, referência em atividades produtivas da agropecuária.

Os descontos negociados pelos fabricantes com o governo para o programa chegam a 15% sobre os atuais preços médios das máquinas no mercado.

Os pagamentos são vinculados aos preços mínimos das principais culturas da agricultura familiar, como feijão, hortifrutigranjeiros, arroz, milho, hortaliças, mandioca, pecuária leiteira e criação de suínos.

O apicultor Benigno Lopes de Araújo, conhecido como “Benigno do Mel”, foi o primeiro a comparecer ao escritório da Ematerce, no Parque, para fazer a sua proposta. Ele comprou uma forrageira para pagar em dez anos.

MAIS INFORMAÇÕES
Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA)
Av. Bezerra de Menezes, 1820
(85) 3101.8000

Antônio Vicelmo
Repórter

CRATO – Previsão do Tempo e Almanaque – Dia 17 de Novembro de 2009


Olá, Escritores, Comentaristas e amigos leitores do Blog do Crato em geral. Bom Dia. Hoje é o dia 17 de Novembro de 2009. A notícia alegre é que hoje estamos com mais escritores no nosso Blog: J. Tavares, Jair Rolim, Lúcio Alcântara e enviei um convite a outras pessoas que deverão aparecer em breve. Teremos uma maior variedade, com esses valorosos soldados que vêm para engrossar nossas fileiras nessas duras campanhas de guerra, aqui no Blog do Crato. A notícia que entristece é o falecimento do professor Alderico Damasceno. Mas de antemão também, como sempre, fazemos nossos votos e extrnamos nossa crença de que ele está em boas mãos agora, junto do nosso criador, que lhe deve ter preparado uma excelente vida.

Previsão do Tempo

A previsão do tempo para esta terça-feira é de dia de sol com algumas núvens e não chove. Temperatura máxima de 32 graus e mínima de 22. Informa o site Climatempo.

ALMANAQUE

17 de novembro. Dia de Santa Isabel da Hungria

Isabel da Hungria era princesa, foi rainha e se fez santa. Era a filha do rei André II, da Hungria, e da rainha Gertrudes, de Merano, atual território da Itália. Nasceu no ano de 1207, e naquele momento foi dada como esposa a Luís, príncipe da Turíngia, atual Alemanha. Desde os quatro anos viveu no castelo do futuro marido, onde foram educados juntos. O jovem príncipe Luís amava verdadeiramente Isabel, que se tornava cada dia mais bonita, amável e modesta. Ambos eram católicos fervorosos. Luís admirava a noiva, amável nas palavras e atitudes, que vivia em orações e era generosa em caridade com pobres e doentes. A mãe de Luís não gostava da devoção da sua futura nora, e tentou convencer o filho de desistir do casamento, alegando que Isabel seria uma rainha inadequada politicamente. A própria Corte a perseguia por causa de seu desapego e simplicidade cristã. Mas Luís foi categórico ao dizer preferir abdicar do trono a desistir de Isabel. Certamente, amava-a muito.

No castelo de Wartenburg, quando atingiu a maioridade, foi corado rei e casou-se com Isabel, que se tornou rainha aos catorze anos de idade. Ela foi a única soberana que se recusou a usar a coroa, símbolo da realeza, durante a cerimônia realizada na Igreja. Alegou que, diante do nosso Rei coroado de espinhos, não poderia usar uma coroa tão preciosa. Foi assim que o então rei Luís IV acompanhou a seu desejo e tornou-se rei sem colocar a sua coroa, também, diante de Cristo. Foi um casamento feliz. Ele era sincero, paciente, inspirava confiança e era amado pelo povo. Nunca colocou obstáculos à vida de oração, penitência e caridade da rainha, sendo, ao contrário, seu incentivador. Em Marburg, Isabel construiu o Hospital de São Francisco de Assis para os pobres e doentes leprosos. Além de ajudar com seu dinheiro muitos asilos e orfanatos, os quais visitava com freqüência. Depois de seis anos, a rainha Isabel ficou viúva, com três filhos pequenos. O rei Luís IV, participando de uma cruzada, morreu antes de voltar para a Alemanha. A partir de então, as perseguições da Corte contra ela aumentaram. A tolerância quanto à sua caridade e dedicação religiosa acabou de vez. E o cunhado, para assumir o poder, expulsou-a do palácio junto com os três reais herdeiros ainda crianças.

Isabel ingressou, então, na Ordem Terceira de São Francisco e dedicou-se à vida de religião e à assistência aos leprosos no hospital que ela própria havia construído. Quando os cruzados que acompanhavam seu marido retornaram à Alemanha, ficaram indignados ao constatar como a rainha viúva e os herdeiros haviam sido tratados. Conseguiram fazer a viúva rainha Isabel reassumir o trono, que depois entregou ao seu filho, na maioridade. Isabel da Hungria faleceu no dia 17 de novembro de 1231, com apenas vinte e quatro anos de idade, em Marburg, Alemanha. Quatro anos depois, em 1235, foi canonizada pelo papa Gregório IX. A Ordem Franciscana Secular venera-a como sua padroeira na festa celebrada no dia de sua morte.

Eventos históricos

* 1717 – Início da construção do Convento de Mafra.
* 1851 – Fundação do município cearense de Maranguape.
* 1855 – O explorador escocês David Livingstone é o primeiro ocidental a chegar às Cataratas Vitória.
* 1869 – Inauguração oficial do Canal de Suez.
* 1875 – Fundação oficial da Sociedade Teosófica.
* 1889 – Proclamação da República: a família real brasileira parte para o exílio em Paris.
* 1895 – Fundação oficial do Clube de Regatas do Flamengo.
* 1903 – Assinatura do Tratado de Petrópolis: o Acre é incorporado ao Brasil.
* 1905 – A Coréia é declarada um protetorado japonês.
* 1922 – Queda do Império Otomano
* 1960 – Butiá é elevada a vila.
* 1982 – É lançada a primeira edição do Memorial do Convento.
* 2006 – A Sony lança seu videogame nos EUA, o Playstation 3.

Eventos esportivos

* 1895 – Fundação do Clube de Regatas do Flamengo

Nascimentos

* 1749- Nicolas Appert, inventor francês (m. 1841).
* 1755 – Rei Luís XVIII de França (m. 1824).
* 1790
o August Ferdinand Möbius, matemático alemão.
o Marechal Saldanha, militar português (m. 1876).
* 1816 – August Wilhelm Ambros, compositor e musicólogo austríaco (m. 1876).
* 1831
o Manuel Antônio de Almeida, jornalista, cronista e romancista brasileiro (m. 1861).
o Miguel Miramón presidente do México (m. 1867).
* 1858 – Robert Owen, reformador social galês (m. 1771)
* 1866 – Voltairine de Clayre, anarquista (m. 1912)
* 1875 – Gregório da Fonseca, militar e escritor brasileiro, imortal da Academia (m. 1934).
* 1881 – Alfredo Balena, farmacêutico, médico e humanista brasileiro (m. 1949).
* 1887 – Bernard Law Montgomery, oficial do Exército Britânico que combateu na Segunda Guerra Mundial (m. 1976).
* 1896 – Lev Vygotsky, psicólogo russo (m. 1934).
* 1900 – Santo Irmão Marcano José (Filomeno López), monge Lasallista, santo e mártir de Turón (m. 1934).
* 1906 – Soichiro Honda, fundador da Honda (m. 1992).
* 1910 – Rachel de Queiroz, escritora brasileira, primeira mulher a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras (m. 2003).
* 1921 – Albert Bertelsen, pintor dinamarquês.
* 1922 – Stanley Cohen, fisiologista estadunidense.
* 1923 – Aristides Pereira, político cabo-verdiano.
* 1925 – Rock Hudson, ator norte-americano (m. 1985).
* 1927 – Nelson Dantas, ator brasileiro (m. 2006).
* 1942 – Martin Scorsese, diretor de cinema estadunidense.
* 1944
o Danny DeVito, ator estadunidense.
o Rem Koolhaas, arquiteto neerlandês.
* 1945 – Roland Joffé, cineasta franco-inglês.
* 1950 – Tom Walkinshaw, ex-dirigente da Arrows.
* 1952 – Jane Duboc, cantora brasileira.
* 1958 – Mary Elizabeth Mastrantonio, atriz estadunidense.
* 1959 – Terry Fenwick, ex-futebolista inglês.
* 1964 – Krzysztof Warzycha, ex-futebolista polonês.
* 1966
o Jeff Buckley, músico e cantor estadunidense (m. 1997).
o Sophie Marceau, atriz francesa.
o Daisy Fuentes, modelo e atriz cubana.
o Subkhiddin Mohd Salleh, árbitro de futebol malaio.
* 1967
o Domenico Schiattarella, ex-piloto italiano de F-1.
o Mons Ivar Mjelde, ex-futebolista norueguês.
* 1968 – Amber Michaels, atriz alemã.
* 1971 – Michael Adams, enxadrista britânico.
* 1972
o Đovani Roso, futebolista croata.
o Kimya Dawson, musicista norte-americana.
* 1973
o Bernd Schneider, ex-futebolista alemão.
o Auri, futebolista brasileiro.
* 1977 – Jairo Castillo, futebolista colombiano.
* 1978
o Kurtis Roberts, motociclista norte-americano.
o Rachel McAdams, atriz canadense.
o Jorge Wagner, futebolista brasileiro.
* 1979 – Matthew Spring, futebolista inglês.
* 1980 – Isaac Hanson, músico norte-americano.
* 1982 – Otacílio Neto, futebolista brasileiro.
* 1983 – Christopher Paolini, escritor estadunidense.
* 1985 – Luís Aguiar, futebolista uruguaio.
* 1986 – Nani, futebolista português.
* 1987 – Kat DeLuna, cantora norte-americana.

Falecimentos

* 594 – Gregório de Tours, historiador galo-romano.
* 1231 – Santa Isabel da Hungria, padroeira da Ordem Franciscana Secular (n. 1207)
* 1494 – Giovanni Pico della Mirandola, erudito, humanista e filósofo neo-platônico italiano (n. 1463).
* 1525 – Leonor de Portugal, rainha de Portugal (n. 1458).
* 1558 – Maria I, Rainha de Inglaterra (n. 1516).
* 1562 – António de Bourbon, nobre francês (n. 1518).
* 1708 – Ludolf Backhuysen, pintor germano-neerlandês (n. 1630).
* 1917 – Auguste Rodin, escultor francês (n. 1840).
* 1929 – Herman Hollerith, empresário norte-americano (n. 1860).
* 1959 – Heitor Villa-Lobos, maestro brasileiro (n. 1887).
* 1979 – John Glascock,ex-baixista do Jethro Tull (n. 1951).
* 1990 – Robert Hofstadter, físico norte-americano (n. 1915).
* 1995 – Benjamim de Sousa Gomes, bispo católico (n. 1911).
* 1997 – Berta Gleizer Ribeiro, etnóloga e antropóloga romena naturalizada brasileira (n. 1924).
* 1997 – Walter Moraes, jurista brasileiro.
* 2002 – Chagdud Tulku Rinpoche, lama tibetano.
* 2006 – Ferenc Puskás, futebolista húngaro (n. 1927).
* 2009 – Professor Alderico Damasceno

Feriados e eventos cíclicos

* Assinatura do Tratado de Petrópolis no estado do Acre
* Dia da Criatividade
* Dia Internacional do Estudante
* Dia Internacional do Não-Fumador/Fumante.
* Dia de Santo Antônio da Cachoeira.

Fonte: Climatempo, Edições Paulinas, Wikipedia

Villa-Lobos é o homenageado do "Hoje na História"


HOJE NA HISTÓRIA

Heitor Villa-Lobos (Rio de Janeiro, 5 de março de 1887 – Rio de Janeiro, 17 de novembro de 1959) foi um maestro e compositor brasileiro. Destaca-se por ter sido o principal responsável pela descoberta de uma linguagem peculiarmente brasileira em música, sendo considerado o maior expoente da música do Modernismo no Brasil, compondo obras que enaltecem o espírito nacionalista onde incorpora elementos das canções folclóricas, populares e indígenas.

Biografia

Filho de Noêmia Monteiro Villa-Lobos e Raul Villa-Lobos, foi desde cedo incentivado aos estudos, pois sua mãe queria vê-lo médico. . No entanto, Raul Villa-Lobos, pai do compositor, funcionário da Biblioteca Nacional e músico amador, deu-lhe instrução musical e adaptou uma viola para que o pequeno Heitor iniciasse seus estudos de violoncelo. Aos 12 anos, órfão de pai, Villa-Lobos passou a tocar violoncelo em teatros, cafés e bailes; paralelamente, interessou-se pela intensa musicalidade dos “chorões”, representantes da melhor música popular do Rio de Janeiro, e, neste contexto, desenvolveu-se também no violão. De temperamento inquieto, empreendeu desde cedo escapadas pelo interior do Brasil, primeiras etapas de um processo de absorção de todo o universo musical brasileiro. Em 1913 Villa-Lobos casou-se com a pianista Lucília Guimarães, indo viver no Rio de Janeiro. Em 1915 realiza o primeiro concerto com obras de sua autoria.

Em 1922 Villa-Lobos participa da Semana da Arte Moderna, no Teatro Municipal de São Paulo. No ano seguinte embarca para Europa, regressando ao Brasil em 1930, quando realiza turnê por sessenta e seis cidades. Realiza também nesse ano a ” Cruzada do Canto Orfeônico” no Rio de Janeiro. Seu casamento com Lucília termina na década de 1930 . Depois de operar-se de câncer em 1948, casa-se com Arminda Neves d’Almeida a Mindinha, uma ex-aluna, que depois de sua morte se encarrega da divulgação de uma obra monumental. O impacto internacional dessa obra fez-se sentir especialmente na França e EUA, como se verifica pelo editorial que o The New York Times dedicou-lhe no dia seguinte a sua morte. Villa-Lobos nunca teve filhos. Em 1960, o governo do Brasil criou o Museu Villa-Lobos no Rio de Janeiro.

Obra

As primeiras composições de Villa-Lobos trazem a marca dos estilos europeus da virada do século XIX para o século XX, sendo influenciado principalmente por Wagner, Puccini, pelo alto romantismo francês da escola de Frank e logo depois pelos impressionistas.Teve aulas com Frederico Nascimento e Francisco Braga. Nas Danças características africanas (1914), entretanto, começou a repudiar os moldes europeus e a descobrir uma linguagem própria, que viria a se firmar nos bailados Amazonas e Uirapuru (1917). O compositor chega à década de 1920 perfeitamente senhor de seus recursos artísticos, revelados em obras como a Prole do Bebê, para piano, ou o Noneto (1923). Violentamente atacado pela crítica especializada da época, viajou para a Europa em 1923 com o apoio do mecenas Carlos Guinle e, em Paris, tomou contato com toda a vanguarda musical da época. Depois de uma segunda permanência na capital francesa (1927-1930), voltou ao Brasil a tempo de engajar-se nas novas realidades produzidas pela Revolução de 1930.

Apoiado pelo Estado Novo, Villa-Lobos desenvolveu amplo projeto educacional, em que teve papel de destaque o canto orfeônico, e que resultou na compilação do Guia prático (temas populares harmonizados). À audácia criativa dos anos 1920 (que produziram as Serestas, os Choros, os Estudos para violão e as Cirandas para piano) seguiu-se um período “neobarroco”, cujo carro-chefe foi a série de nove Bachianas brasileiras (1930-1945), para diversas formações instrumentais. Em sua obra prolífera, o maestro combinou indiferentemente todos os estilos e todos os gêneros, introduzindo sem hesitação materiais musicais tipicamente brasileiros em formas tomadas de empréstimo à música erudita ocidental. Procedimento que o levou a aproximar, numa mesma obra, Johann Sebastian Bach e os instrumentos mais exóticos.

Estilo

É possível encontrar na obra de Villa-Lobos preferências por alguns recursos estilísticos: combinações inusitadas de instrumentos, arcadas bem puxadas nas cordas, uso de percussão popular e imitação do cantos de pássaros. O maestro não defendeu nem se enquadrou em nenhum movimento, e continuou por muito tempo desconhecido do público no Brasil e atacado pelos críticos, dentre os quais Oscar Guanabarino. Também se encontra em sua obra uma forte presença de referências a temas do folclore brasileiro.

Reconhecimento

Não obstante as severas críticas, Villa-Lobos alcançou grande reconhecimento em nível nacional e internacional. Entre os títulos mais importantes que recebeu, está o de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Nova Iorque e o de fundador e primeiro presidente da Academia Brasileira de Música.O maestro foi retratado nos filmes Bachianas Brasileiras: Meu Nome É Villa-Lobos (1979), O Mandarim (1995) e Villa-Lobos – Uma Vida de Paixão (2000) , além de aparecer pessoalmente no filme da Disney, Alô, Amigos (1940), ao lado do próprio Walt Disney . Em 1986, Heitor Villa-Lobos teve sua efígie impressa nas notas de quinhentos cruzados.

Fonte: Wikipedia

Pensamentos do Dia – 17 de Novembro de 2009

“As palavras verdadeiras não são agradáveis e as agradáveis não são verdadeiras.”

Lao-Tsé

“Conhecemos um homem pelo seu riso; se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira agradável, o íntimo é excelente.”

Fiodor Dostoievski

“Não há prazer em possuir algo sem companhia.”

Erasmo Rotterdam

“A melhor maneira de nos prepararmos para o futuro é concentrar toda a imaginação e entusiasmo na execução perfeita do trabalho de hoje.”

Dale Carnegie

“Génio: 1% de inspiração e 99% de transpiração.”

Thomas Edison

“A única coisa que vale a pena é fixar o olhar com mais atenção no presente; o futuro chegará sozinho, inesperadamente. É tolo quem pensa no futuro antes de pensar no presente.”

Nicolau Gogol

Foto ilustrativa: “Beleza” de Luis Duverge

Campanha Doce Natal 2009 – Doe um Presente – Faça uma Criança Feliz !

Doce Natal 2009

Adote essa idéia !!

O Natal tá chegando. É época de fraternidade, harmonia e muita paz; é época de encontros, reencontros, união e solidariedade. Os caminhos se unem, os olhares se cruzam e no coração um único sentimento: Amor. O Doce Natal já começou. Novamente o Crato se mobiliza para levar ao maior número de pessoas a oportunidade de vivenciar momentos de felicidade e muito amor. Neste quinto ano de sua realização a campanha Doce Natal,nos traz um novo e encantador desafio: Doação e Adoção, um Ato de amor !!

Nada pode se comparar ao sorriso de nossos meninos e meninas e a certeza de que estamos dando o melhor de cada um. Doe um presente, doe um pouco de tempo, doe um sorriso, doe seu coração; adote um amigo, adote uma árvore, adote um animalzinho, adote esse natal para fazer mais alguém feliz. Este ano o Papai Noel de muitos cratenses será diferente e o responsável será você.

Entre em contato conosco e saiba como participar.

Um abraço fraterno,

Mônica Araripe

Lançado ontem em São Paulo livro sobre o Padre Cícero – por Armando Lopes Rafael

Foi lançada na noite desta 2ª feira, dia 16, a biografia Padre Cícero: Poder, Fé e Guerra no Sertão, de autoria do escritor Lira Neto. A solenidade de lançamento da obra contou com a presença de grande público. O presidente do Memorial Padre Cícero, Renato Casimiro – a quem o livro foi dedicado – participou da solenidade.
Na ocasião foi informado que a biografia Padre Cícero: Poder, Fé e Guerra no Sertão vai se transformar em filme, pelas mãos de Sérgio Machado, profissional que tem no currículo importantes realizações do cinema brasileiro recente. Os direitos de adaptação da biografia de Padre Cícero para as telas foram negociados e o filme deve ser produzido ao longo de 2010 e tem lançamento previsto para o primeiro semestre de 2011.
O novo livro de Lira Neto será lançado em Juazeiro do Norte no próximo dia 2 de dezembro. No dia seguinte, a biografia do Padre Cícero será lançada em Fortaleza.

Texto e postagem: Armando Lopes Rafael

Lições de Alderico Damasceno – João MENDES Filho

Alderico Damasceno e Nezinho Patricio - Por Dihelson Mendonça

Na foto acima: Prof. Alderico Damasceno e Nezim Patrício

Acredito que uma grande homenagem que se presta a uma pessoa, seja historiar sua participação e contribuição na vida de cada um de nós. Ultimamente vinha com vontade de contar uma história determinante na minha vida e de certa forma me arrependo de não tê-la feito enquanto o professor Alderico Damasceno lia este blog, porém segue abaixo:

Cursava eu a sexta série no Colégio Estadual Wilson Gonçalves, estando o professor dirigindo o mesmo. Tinha um colega estudioso e inteligente de nome Assis Mendes, que havia sido convidado a participar de entrevista de seleção no Banco do Brasil, para ingressar em estágio como menor aprendiz. Bem, certo dia o professor passa por mim e cita:

- Mendes, não esqueça da entrevista no Banco do Brasil, em data tal.

Ora, imaginem minha surpresa, pois não me enquadrava entre os melhores alunos, porém a partir dali começei a sonhar com possibilidade de adquirir uma moto, namorar moças bonitas, já que seria bancário… Pois é, o professor, mesmo sem querer findou me pregando uma lição, de que a salvação de pobre é a educação, o que de fato aprendi. Na hora da entrevista, o gerente com paciência e tolerância, falou:

- Seu nome não se encontra na relação, porém como você já se encontra aqui, por favor leia o artigo tal.

Claro que não fui aprovado, pois naquele momento era penetra, porém a partir dali, passei a encarar os estudos com seriedade e me enquadrar entre os alunos de destaque. Agradeço ao professor Alderico Damasceno por ter participado da minha vida, profissão das mais nobres, pois alicerça o jovem na vida futura. Que Deus o tenha entre os bem aventurados.

Por: João MENDES Filho
Foto: Dihelson Mendonça

Semana da Consciência Negra no Rio é aberta em tom de luta pela igualdade racial no país

Rio de Janeiro – A abertura da Semana da Consciência Negra ontem (16) no Palácio da Cidade, no Rio de Janeiro, foi marcada pelo tom de luta das diversas personalidades presentes, resumido no discurso de encerramento, do ministro da Igualdade Racial, Edson Santos. “Quero lembrar aqueles que começaram esta discussão, na década de 30, derrubando o mito da igualdade racial no Brasil e apontando a invisibilidade e a exclusão da população negra”, disse. “A desigualdade vem desde a [Abolição da Escravatura], sem que os negros tivessem acesso à terra, ao trabalho e à educação”, completou. Ao mesmo tempo em que elogiou a prefeitura carioca e o governo do estado pela celebração da semana, o ministro afirmou a necessidade de prosseguir na luta pela igualdade racial e deu a dimensão da sua importância dizendo que mais de 46% dos jovens negros vítimas de mortes não naturais são assassinados.

Pouco antes, em seu discurso o prefeito Eduardo Paes lembrou que foi o então vereador Edson Santos o autor do projeto de lei instituindo o dia 20 de novembro como Dia de Zumbi, hoje feriado em mais de 700 cidades, segundo o ministro “dia de reflexão sobre a inclusão social, e não dia de descanso”. Tanto o prefeito quanto a secretária estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva, representante do governador na solenidade, fizeram questão de destacar a posição de vanguarda da cidade e do estado na agenda sobre a consciência negra e a igualdade racial. “A cidade do Rio não tem medo nem temor de travar esta discussão”, disse Eduardo Paes. Benedita ressaltou a idêntica posição do governador Sérgio Cabral, citado em vários discursos como um grande aliado da questão, e garantiu que “o estado do Rio de Janeiro implementa uma política de igualdade racial com cidadania, em parceria com a prefeitura e com o governo federal”.

O presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Negro, Paulo Roberto dos Santos, endossou o engajamento do governo na causa, apontando o estado do Rio de Janeiro como pioneiro na criação do feriado do Dia da Zumbi e da Consciência Negra e também na recente lei estabelecendo o candomblé como patrimônio imaterial da cultura e do povo fluminense. “Nelson Mandela acreditou na luta, Martin Luther King disse I have a dream (eu tenho um sonho) e Barack Obama disse we can (nós podemos). Esta é a nossa luta, pelo fim da segregação, pela adoção do sistema de cotas em todo o país”, disse.

Convidado especial para a solenidade, o ator negro norte-americano Denny Glover roubou a cena com um discurso de forte cunho ideológico em que destacou o papel emergente do Brasil no contexto mundial: “O Brasil das grandes possibilidades é o lugar ideal para as mudanças que perseguimos. Nenhuma mentira dura para sempre, e a nossa jornada é longa porque o que queremos é importante. A igualdade racial está nos lábios de todos ao redor do mundo, a discussão vem de baixo para cima, todos somos essenciais para esta mudança de paradigma, de como nós pensamos nós mesmos”, discursou. Terminada a cerimônia, começou a festa, com a cantora Nilze Carvalho e o Sururu na Roda abrindo a apresentação com o samba Sorriso Negro, cuja primeira estrofe canta: “negro é a raiz da liberdade”.

A Semana da Consciência Negra foi precedida pelo 3º Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Américas que se estenderá até o fim do mês, com debates, shows de música popular e a apresentação da ópera de Altay Veloso Alabê de Jerusalém, na noite de sábado (21).

Fonte: Agência Brasil

Aécio admite união com Ciro Gomes em projeto político – Por: Océlio Teixeira

Em São Paulo governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), afirmou nesta segunda-feira que tem afinidade com o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) e que deseja uma união com ele em um projeto político. Disse ainda que vê com naturalidade a aproximação do PSDB com o PSB. Os dois pré-candidatos à sucessão presidencial em 2010 têm encontro nesta terça-feira em Belo Horizonte. “Eu gostaria de estar num projeto político ao lado do governador Ciro Gomes, mas isso não depende apenas da nossa vontade pessoal. Mas, mesmo se ele estiver num campo político e eu noutro, isso não vai impedir que nós conversemos”, afirmou Aécio a jornalistas em Maceió, onde se reuniu com lideranças tucanas. Questionado se haveria união com o deputado, Aécio afirmou que “se depender de mim eu gostaria muito e o próprio Ciro já externou isso também”.

Para mostrar que a proximidade entre duas legendas já existe, Aécio citou que o PSB é aliado dos governos tucanos em Alagoas e em São Paulo. “Acho que existe uma certa naturalidade nessa relação com o PSB. E vamos aprofundar, eu acho que poderemos explorar todas essas possibilidades, respeitando obviamente também uma candidatura do deputado Ciro Gomes”, declarou o governador mineiro em entrevista distribuída pelo PSDB. Ciro mantém a intenção de concorrer à Presidência, mas deixou a porta aberta para uma candidatura ao governo de São Paulo, para onde transferiu seu domicílio eleitoral. Apesar de sua proximidade com Aécio, Ciro é desafeto do governador paulista José Serra (PSDB). Aécio e Serra disputam a indicação tucana à sucessão. O governador mineiro reiterou que defende o mês de dezembro para uma decisão do PSDB. Quanto a uma pesquisa que o coloca à frente dos demais pré-candidatos, Aécio disse que não se considera favorito no partido, mas reconheceu que tem boa condição de atrair aliados para uma possível candidatura. De acordo com a pesquisa espontânea do Vox Populi, publicada pela revista IstoÉ neste fim de semana e feita por encomenda de um partido político da base aliada, Aécio, com 11 por cento, perde apenas para o presidente Lula, que não é candidato.

Serra aparece com 10 por cento; a ministra Dilma Rousseff (PT) tem 6 por cento; Ciro, 3 por cento; a senadora Marina Silva (PV-AC), 2 por cento; e a ex-senadora Heloísa Helena (PSOL), 1 por cento. A quantidade de pessoas que não soube responder alcançou 53 por cento.

Postagem: Océlio Teixeira de Souza
Fonte: Reuters/Uol Notícias

Cinema pode ser opção para ensinar Direito – Por: J. Tavares

A tradição no ensino do Direito é um professor sentado em um cadeira, braços apoiados em uma mesa, a explicar a matéria do dia. Docentes mais jovens movimentam-se pela sala, escrevem no quadro (outrora negro) e tentam envolver os estudantes. Às vezes, exploram recursos tecnológicos, como o “power-point”. Nos cursos preparatórios para exame da OAB ou concursos, os professores são mais ágeis, exploram a expressão corporal, falam alto e fazem graça.

Em tudo isso, uma coisa é certa: não há mais lugar para aulas expositivas, na forma tradicional. As novas gerações, criadas olhando um computador, habituadas ao visual e não à escrita, trocaram os jornais pelos sites e não se acomodam mais nas cadeiras ouvindo um professor a “deitar falação” (expressão tão antiga quanto este tipo de aula). Pois bem, como forma de despertar o interesse do estudante, ou mesmo de ampliar a cultura, é possível recorrer-se a outros métodos. Vejamos.

A música pode ajudar o acadêmico a compreender a evolução da matéria. Por exemplo, “Saudosa maloca”, de Adoniram Barbosa, poderá auxiliar na explicação do início dos problemas de moradia nos centros urbanos. “Canudo de papel”, de Martinho da Vila, indicará o início da proliferação dos advogados e o conseqüente problema do mercado de trabalho.

Na literatura há muito que aprender. Desde Graciliano Ramos, em “Memórias do cárcere” até os livros de John Grisham, que dão uma ampla visão do sistema judiciário norte-americano. Sua obra “O Recurso” mostra como grupos econômicos interferem na eleição de membros de Tribunais Estaduais.

Mas é o cinema que permite, com mais facilidade, difundir o estudo do Direito. De forma agradável e útil. Obviamente, é preciso que a Faculdade forneça a tecnologia necessária. É preciso tela grande, bom som e depois uma mesa onde 1 professor, 1 aluno e 1 convidado possam debater o que foi visto. Vejamos alguns filmes interessantes.

A questão dos Direitos Humanos poderá ser avaliada no excelente filme argentino, “A história oficial”, do diretor Luis Puenzo, com os atores Héctor Alterio e Norma Alejandro. Baseado em fatos verídicos, trata dos bebês que foram retirados dos pais que se opunham ao regime militar, nos anos 1970, e entregues a outras pessoas.

O Direito Constitucional e os Direitos Humanos podem ser avaliados no filme de Costa Gravas, “Sessão Especial de Justiça”. Durante a Segunda Guerra Mundial, na ocupação da França pelos nazistas, criou-se um Tribunal especial para julgar os que se opunham ao novo regime. Os julgamentos eram direcionados e as condenações se sucediam. Inclusive à pena de morte.

O crime organizado pode ser avaliado com o magnífico filme “Excellent cadavers”, do Diretor Ricky Tognazzi, que conta a história real do juiz Giovanni Falcone, da Itália, que se propôs a combater a Máfia e foi, por ela, assassinado na cidade de Palermo, na Sicília. O filme tem que ser adquirido pela internet e é falado em espanhol.

Os contratos no Direito Civil podem ser analisados através da obra de Shakespeare, “O Mercador de Veneza”, do diretor Michael Radford com Al Pacino. Nela é feito um empréstimo em dinheiro, cujo pagamento o devedor fará com a carne de seu corpo.

Jornalismo e Direito, como duas estradas paralelas, são vias próximas que não se comunicam. O filme “O povo contra Larry Flynt“, dos Estados Unidos da América, Diretor Milos Forman, ator Woody Harrelson, trata de história real do famoso editor da revista Hustler acusado de publicações pornográficas.

O Direito Penal tem centenas de bons filmes. Para ficarmos no Brasil, “Meu nome não é Johnny”, do diretor Mauro Lima, com o ator Selton Mello, retrata caso real em que um jovem de classe média envolve-se com o uso de entorpecentes, passa ao tráfico, acaba sendo preso e cumprindo pena em um presídio no Rio de Janeiro. O filme permite a abordagem, também, do Direito de Família, ou seja, até que ponto a desagregação familiar contribuiu para o trágico desfecho.

“Salve Geral, o dia em que São Paulo parou”, do diretor Sérgio Resende, conta a história do dia em que o crime organizado parou a cidade de São Paulo, através de ataques contra postos policiais, bancos e o comércio, motivados por insatisfações com o sistema prisional. O filme obriga a discutir as péssimas condições dos nossos presídios e a fraqueza do Estado diante da criminalidade organizada.

O Direito Ambiental e o sistema judicial norte-americano podem ser discutidos com a película “A qualquer preço “, Diretor Steven Zaillian, com John Travolta. Cuida-se de caso verídico em que um advogado assume a causa de vítimas de câncer por envenenamento das águas e do solo em uma pequena comunidade no Estado de Massachusetts.

Como estes, há outros tantos filmes excelentes, como “Erin Broncovitch”, com Júlia Roberts, “Class Action” com Gene Hackman, “Amistad”, “Gomorra”, “Mar adentro”, “Tribunal de Nuremberg”, “O longo caminho para casa”, Adeus Lenin”, “Malcom X”, “O triunfo da vontade”, “A lenda das formigas verdes”, “O caso dos irmãos Naves”, “Danton, o processo da Revolução”, “Onze homens e um destino”, “A Marselhesa”, e por aí vai em uma lista sem fim.

Disto se conclui que o formal e intrincado mundo do Direito pode ser explicado, prazerosamente, através do cinema. Aí está um campo que somente agora começa a ser explorado. Aos que se interessarem, o livro do professor Gabriel Lacerda, “Direito no Cinema”, Ed. FGV, é de consulta obrigatória. Bom proveito. E não se esqueçam das pipocas.

Por Vladimir Passos de Freitas – Desembargador Federal Aposentado.

FONTE: www.conjur.com.br

Postado por J. Tavares

Teatro para Alguém exibe peças gratuitamente na internet

As informações estão atualizadas até a data acima. Sugerimos contatar o local para confirmar as informações. Há um ano nascia na sala da casa da atriz Renata Jesion o “Teatro para Alguém”, o primeiro site dedicado a transmitir peças de teatro no Brasil. Para comemorar o aniversário, “Anúncio” estreou ao vivo na sexta-feira. No começo, a idealizadora do projeto precisava explicar sua proposta. “Muitos alegavam que gravar uma peça e colocar na internet não é teatro. Mas a ideia é manter a ‘pegada’ teatral, sem minimizar movimentos ou expressões, por exemplo”, revela Jesion. Dirigido por Danilo Marques, “Anúncio” fez a primeira apresentação na sexta. Agora, fica disponível para acesso no site, por tempo indeterminado. A peça conta a saga de um homem de 55 anos que ainda mora com os pais.

Além das novas montagens, o site também arquiva peças escritas por Lourenço Mutarelli e outras com participações de José Mojica Marins, Elias Andreatto, entre outros. O conteúdo é gratuito. Para assistir, basta acessar o site www.teatroparaalguem.com.br.

Fonte: Folha OnLine

TRE investiga uso político do BNB e da Funasa – Por: Océlio Teixeira


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) analisa o uso político do Banco do Nordeste e da Funasa nas eleições municipais do Município de Mauriti, localizado na região sul do Estado. O fato foi apresentado durante entrevista coletiva, na tarde desta segunda-feira, pelo advogado do PSDB, Maia Filho.

Ele apresentou fatos relacionados à participação do Superintendente Regional do Banco, no Ceará, Izidro Moraes Siqueira, em ações que teria beneficiado a candidatura do petista Isaac Gomes da Silva Junior, atual prefeito de Mauriti. Os dois processos, envolvendo BNB e Funasa, estão sendo relatados pelo juiz Emanuel Leite Albuquerque, e já foram apreciados pelo procurador regional eleitoral, Alessander Sales. Em ambos, sua posição foi pela cassação do mandato de Isaac Junior, dando provimento ao recurso interposto pela Coligação Desenvolvimento e Paz Quem Sabe Faz.

No processo envolvendo o “uso político do BNB”, Sales destaca que durante a disputa o Superitendente fez a seguinte afirmação em público: “Eu já estou fazendo muito pelo povo de Mauriti, mas enquanto essa estrela, enquanto essa estrela, esse treze que vocês estão carregando aí estiver no poder, ou alguém botado por ele no poder, eu ainda vou poder continuar ajudando e ajudando muito a vocês, porque sou superintendente do Banco até 2010 e de lá eu não saio, e se não colocar um substituto lá, eu vou continuar a parceria com Isaac Junior, a parceria com Isaac Junior e com Maninho vai se estreitar cada vez mais. E eu vou fazer uma verdadeira devassa em toda a região, em todos os distritos, nas contas que vocês têm no banco e empurrando dinheiro no povo de Mauriti”.

Ao final de seu relatório, Sales concluiu que “não há dúvida de que o abuso do poder político foi praticado pelos recorridos, haja vista o discurso proferido pelo detentor do cargo de Suprintendente do Banco do Nordeste do Brasil, quando se utilizou do poder que detinha na instituição”. Mais adiante ele assegura que essa conduta “configura conduta vedada pela legislação eleitoral vigente, além de ato de improbidade administrativa”.

OUTRO LADO – O superintendente do BNB do Ceará, Izidro Moraes Siqueira, informou para o Blog que sua manifestação de apoio ao prefeito de Mauriti foi “feita fora do expediente bancário, teve um caráter particular e feita ainda na condição de uma pessoa que nasceu nesse município”. Segundo Izídio, a manifestação não interferiu no resultado do pleito.


Postagem: Océlio Teixeira de Souza
Fonte: Blog do Eliomar de Lima
Foto: Misael Sampaio

Pesquisa aponta que 40% dos dependentes começam a usar drogas entre 7 e 11 anos


Uma pesquisa realizada pelo Cratod (Centro de Referência em Álcool, Tabaco e Outras Drogas), de São Paulo, indica que 40% dos jovens começam a usar drogas entre 7 e 11 anos. O estudo foi feito entre 2007 e 2009 com 112 jovens com idades entre 12 e 18 anos atendidos pelo centro ligado a Secretaria de Estado da Saúde. Dos entrevistados, 2% disseram que eram usuários desde dos 7 anos, 4% com 8 anos, 9% com 9 anos, 10% com 10 anos, e 15% aos 11 anos. Dos usuários que usavam entorpecentes aos 11 anos, 33% não estudam atualmente e 91% dos que estão no último ano do ensino médio estão atrasados.

Segundo o psicólogo Wagner Abril Souto, autor da pesquisa e coordenador do Programa de Adolescentes do Cratod, quanto antes os jovens começam a consumir drogas, aumentam as chances de dependência química. O tabaco foi a primeira droga a ser consumida por 57% dos entrevistados. A maconha aparece em segundo lugar na escolha dos adolescentes com 51%, em seguida o álcool, com 38%, os inalantes, com 18%, a cocaína, com 17% e, por último, o crack, com 10%. De acordo com o levantamento, existe uma tendência dos jovens escolherem as drogas lícitas em primeiro lugar, já que o acesso é mais fácil.

O Cratod oferece tratamento gratuito para dependentes de álcool, tabaco e outras drogas. O Centro fica localizado na rua Prates, 165, Bom Retiro, centro de São Paulo.

Fonte: Folha OnLine

PIB do Brasil deve crescer 5% em 2010, preveem analistas


Analistas do mercado financeiro elevaram a projeção para o crescimento da economia no próximo ano. A estimativa para o aumento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, passou de 4,83% para 5%, em 2010. Para este ano, a projeção teve ligeira alta, de 0,20% para 0,21%. As informações constam do boletim Focus, publicação semanal elaborada pelo Banco Central (BC) com base em estimativas dos analistas do mercado financeiro para os principais indicadores da economia. Essas projeções para o crescimento da economia são importantes tanto para as empresas quanto para os trabalhadores. No caso das empresas, as estimativas servem como indicativo sobre qual será a demanda pelos seus produtos. Já para os trabalhadores, as projeções sobre o PIB têm a ver com a disponibilidade de emprego e até mesmo com as perspectivas salariais do mercado de trabalho.

Além das projeções dos analistas do mercado financeiro, o governo também faz estimativas para os indicadores. Para o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, mais otimista, o Brasil terá em 2010 um crescimento econômico em níveis semelhantes ao da China e assim, dobrará o número de empregos para 2 milhões. A projeção do ministro é de um crescimento do PIB de 7% a 8%. Para o ministro da Fazenda, Guido Mantega, o atual nível de recuperação indica uma previsão de crescimento da economia na casa de 5% em 2010. Essa é a mesma projeção feita pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. Além da estimativa para o PIB, o boletim Focus também divulga projeções para outros indicadores. No caso da produção industrial, os analistas não esperam recuperação neste ano, mas somente em 2010. A expectativa para 2009 passou de -7,70% para -7,64%. Para o próximo ano, a estimativa de crescimento da produção industrial passou de 6,05% para 6,55%.

Segundo o boletim, não foi ajustada a projeção para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB, que permaneceu em 44% em 2009, com alteração de 42% para 42,20% em 2010. A expectativa para a cotação do dólar também foi mantida em R$ 1,70 ao final de 2009 e em R$ 1,75 ao fim de 2010. A previsão para o superavit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) neste ano passou de US$ 25,5 bilhões para US$ 25,2 bilhões. Para 2010, os analistas reduziram a estimativa de US$ 16 bilhões para US$ 15 bilhões.

Para o deficit em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior) neste ano, os analistas alteraram a estimativa de US$ 16,9 bilhões para US$ 17 bilhões. Para 2010, foi ajustada a projeção de US$ 33,250 bilhões para US$ 34,3 bilhões. A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) em 2009 foi mantida em US$ 25 bilhões e em US$ 35 bilhões para 2010.

Fonte: Agência Brasil

Sem consenso nem na família – Por: J. Flávio Vieira

16/11/2009 – 13h39
Dona Canô vai pedir desculpas a Lula após Caetano chamá-lo de analfabeto
Heliana Frazão
Especial para o UOL Notícias
Em Salvador
Atualizada às 18h54

Dona Canô Veloso, 102 anos, mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia, decidiu fazer valer o seu posto de matriarca e tentar colocar um ponto final nos ataques do filho ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ela disse que telefonaria nesta segunda-feira (16) para o presidente para pedir desculpas, mas não conseguiu localizar Lula.Pedido de desculpas da mãe de Caetano Veloso encobrirá as declarações sobre Lula? Deixe aqui sua opinião. “Não consegui completar a ligação para o presidente Lula porque ele está em viagem no exterior, mas soube que ele virá à Bahia esta semana, posso aproveitar a oportunidade e falar com ele aqui”, disse Dona Canô.

Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, publicada no dia 5 de novembro, Caetano, ao demonstrar predileção pela pré-candidatura de Marina da Silva (PV) à Presidência da República, disse que Marina não é “analfabeta nem grosseira como o presidente”. Segundo Rodrigo Veloso, irmão de Caetano, ao saber que a mãe ligaria para o presidente, o cantor e compositor apressou-se em telefonar para a mãe, visando explicar o ocorrido. “Eles conversaram demoradamente. Caetano explicou à nossa mãe que não teve a intenção de ofender o presidente, e afirmou que gosta de Lula. O mais importante, e que fique muito claro para o presidente, que nossa família não concorda com as informações que saíram na imprensa e este respeito”, disse Rodrigo, com a anuência da mãe. Caetano Veloso ainda não havia conversado com a mãe sobre o assunto.

O fato desagradou a família de Caetano. Na sexta-feira (13), Rodrigo Veloso, que é secretário de Cultura da prefeitura de Santo Amaro da Purificação, cidade na região metropolitana de Salvador, já havia feito um pedido de desculpas público, durante um evento na praça central da cidade, com a presença de secretários do governador Jaques Wagner (PT), em nome da família.
“Achei que um pedido de desculpas seria de bom tom. Vou inclusive enviar para Brasília as reportagens que saírem a respeito para endossar as nossas desculpas. Gostamos do presidente”, disse Rodrigo.

Dona Canô ainda não sabe dizer com exatidão o vai falar com o presidente. “Não vou dizer nada em especial, apenas o que vier do coração. Vou me desculpar e dizer que, pelo que conheço de Caetano, sei que ele não quis ofender o presidente. Não é possível que ele chamasse Lula de analfabeto, aliás, ele nem teria o direito de falar assim. Ele é apenas um cantor”, afirmou.
“Tudo o que Caetano diz vira notícia, ele precisa entender isso. Não pode sair por aí falando o que quer, ele não é doido”, observou.

Por: J. Flávio Vieira

Antidepressivo que não deu certo vira eficiente "viagra feminino"

Viagra Feminino

Um medicamento que foi originalmente desenvolvido como antidepressivo teve um surpreendente e positivo efeito colateral: as mulheres que o experimentaram relataram “significativa melhoria” em seu desejo sexual, divulgou nesta segunda-feira (16) o jornal britânico “The Independent”. Mulheres que tomaram 100 miligramas do medicamento, chamado Flibanserin, uma vez por dia, indicaram mais relações sexuais “satisfatórias”, maiores níveis de desejo sexual e reduzido estresse associado a problemas sexuais. “É essencialmente um remédio como o Viagra para mulheres, já que o libido ou desejo sexual reduzido é o problema sexual mais comum das mulheres, assim como a difunção erétil é o problema mais frequente para os homens”, disse o professor John Thorp, da Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, EUA.

O Viagra, que ajuda os homens a superar a impotência, também foi projetado originalmente com outro propósito: para tratar angina, uma dor no peito associada a doenças do coração.

Fonte: Folha OnLine

A feijoada do Henrique – por Carlos Eduardo Esmeraldo

Henrique da Pernambucana é engenheiro sanitarista da FUNASA e nos fins de semana ocupa seu tempo livre em duas atividades que muito lhe agradam: a carpintaria e a culinária. Nesta última ele é um especialista em feijoada. Recebe encomendas de amigos e até de algumas empresas de Natal, onde reside. Para tanto ele possui toda uma estrutura montada, com garçons, cozinheiras, panelões, talheres, pratos, copos e material de sobremesa.
Como carpinteiro é da sua lavra todos os móveis de sua residência e da clínica de fisioterapia de suas duas filhas. Planeja adquirir um terreno em Natal, para quando se aposentar, instalar uma futura fábrica artesanal de móveis feitos por ele mesmo.

Já sabíamos da habilidade de Henrique em trabalhos manuais, pois nas aulas da professora Lucia Madeira era dele as melhores notas. Mas de mestre em feijoada, foi uma grande surpresa.
Quem conversa com Henrique, logo se enche de curiosidade e pergunta: “Como surgiu esse seu interesse pela feijoada?” E ele explica. Quando ele era estudante de engenharia em Recife, aos sábados pela manhã, tinha aula de Topografia e Cálculo Numérico à tarde, duas matérias que são verdadeiros “sacos” em um fechamento de semana. Para aliviar a mente, no intervalo do almoço, Henrique e mais quatro colegas iam almoçar uma feijoada deliciosa que existia num boteco da Praia do Pina. Era um local muito freqüentado conhecido por todos como “O Jaime da Feijoada”. Henrique já era freqüentador habitual do local e muito conhecido pelos garçons, cozinheiros e demais funcionários. Certo dia, não havia nenhuma mesa disponível e eles tinham pressa, pois teriam uma prova à tarde. Olhou para um lado e para outro e avistou uma velha porta num canto de parede. Imediatamente ordenou aos garçons: “Peguem dois engradados de cerveja vazios e coloquem aquela porta sobre eles. Vamos comer assim e não precisa de toalha, pois quando a comida cai sobre a toalha, ninguém bota de novo dentro do prato.” E assim eram atendidos.
Certo sábado, desinibido como sempre foi, e reforçado por duas ou três doses da cachaça pernambucana Pitu, Henrique na maior “cara de pau” do mundo, pediu a receita daquela feijoada ao mestre-cuca.

Em seguida Henrique convidou os colegas para uma feijoada em sua casa no domingo seguinte. Ao chegar a casa com a receita, pediu ao seu saudoso pai, senhor José Maria da Cruz, ex-gerente de “A Pernambucana” do Crato, que comprasse todo aquele material da lista que lhe fora fornecido: feijão preto, lingüiça defumada, toucinho, folha de louro, pé de porco e mais três garrafas de pitu. Um tanto quanto espantado, seu Zé Maria que não gostava de beber e nem queria que os filhos bebessem perguntou: “Para que é essa cachaça toda, meu filho?” “É pra lavar o pé do porco.” Respondeu Henrique. O pai acreditou e atendeu o desejo do filho.

Quando os convidados chegaram foi servido a eles uma deliciosa batida de limão, enquanto Henrique se aventurava a preparar a feijoada conforme a receita. Saiu uma delícia, tanto a feijoada, quanto a bebida que foi servida. Até seu Zé Maria entrou na brincadeira. Aprovou a feijoada feita pelo filho e provou um pouco da batida, pedindo: “Meu filho, bote mais um copinho dessa bebidinha deliciosa.”

Por Carlos Eduardo Esmeraldo

Brasil terá 165 milhões de acessos à internet banda larga até 2018, prevê Anatel

Sardenberg disse que a previsão de investimentos para o setor é de R$ 250 bilhões até 2018 e que, para atingir a marca, será fundamental incentivar a concorrência entre as empresas fornecedoras do serviço, que, segundo ele, responde atualmente por mais de 6% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. “A universalização é fundamental porque o Brasil está se transformando em um grande mercado em matéria de telecomunicações. Já somos o quinto mercado mundial em telefonia móvel e o sétimo em telefonia fixa”, disse após participar do seminário internacional Alternativas para o Desenvolvimento da Infraestrutura e do Acesso em Banda Larga, evento promovido pela Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

“Portanto, não podemos nos conformar com um hiato digital no país, com serviços de telecomunicações muito avançados em determinadas regiões e muito atrasados em outras”, acrescentou. Sardenberg disse, ainda, que passada a fase de obrigar as empresas a introduzir tecnologia de segunda geração (2G) nas regiões Norte e Nordeste, “será o momento de promover a transformação do serviço para 3G [terceira geração]”.

Fonte: Agência Brasil

O Perfil de nosso mais novo colega do Blog do Crato – Lúcio Alcântara

Nota do Blog do Crato: Estamos recebendo um novo membro que vem para abrilhantar ainda mais essa verdadeira confraria que é o Blog do Crato. Aqui, irmanados pelo sentimento de divulgar a nossa cidade para o mundo e contar com a colaboração de todos os Cratenses de fato e de Direito, é que trazemos mais um colega, que é chamado a escrever periodicamente no nosso Blog: O Ex-Governador Lúcio Alcântara, recentemente empossado numa das cadeiras do Instituto Cultural do Cariri e que muito tem feito pela cultura da nossa cidade, e continua fazendo, com projetos de relançamentos de diversos livros que são patrimônio histórico do Crato, através da Fundação Lúcio Alcântara. Portanto, um Cratense que ama a nossa terra, de fato. E o Lúcio é um blogueiro e tanto! Adora escrever, tem seu próprio Blog na Internet, e é gente do povo. Nada de complicações. Seu Blog é ligado ao Blogspot, o sistema adotado pelo povão. Nada de elitizar as coisas. Nada de Blog ligado a Jornais nem a portais grandes. Um Blog simples, design simples, para um homem que é de uma simplicididade, carisma e e humanismo fora do comum. Bastante diferente de certos outros homens públicos que evitam se misturar com o povo. Portanto, meu caro Lúcio, seja muito bem-vindo ao Blog do Crato. – Por: Dihelson Mendonça.


Lúcio Alcântara

Em sua vitoriosa vida pública, Lúcio Alcântara se destaca por algumas qualidades pessoais e políticas responsáveis pela formação de um perfil muito peculiar no quadro das lideranças políticas do Ceará. Em quase 30 anos de atividade política, é um nome respeitado por sua conduta ética no trato com a coisa pública, suas relações partidárias e suas iniciativas políticas.

Nunca teve o seu nome associado a atos de improbidade ou ineficiência diante das responsabilidades que lhe foram conferidas pela vontade popular.

Lúcio Alcântara surgiu para a vida pública, involuntariamente, no campo conservador, mas foi, desde o primeiro momento, um ativo colaborador do processo de redemocratização, posicionando-se a favor de eleições diretas, tendo assumido posições progressistas quando de sua atuação na Assembléia Nacional Constituinte.

Desde que assumiu o Governo do Estado do Ceará em 2003, Lúcio Alcântara tem procurado cumprir os compromissos de campanha assumidos no âmbito do Movimento Ceará Cidadania que foi concebido para viabilizar o Plano de Governo, que se baseia em promover crescimento com inclusão social.

Destacamos como importantes ações desenvolvidas:

Gestão Econômica

- Construção do maior Canal da história do Ceará – Canal da Integração (255 km) que tem objetivo fazer a transposição de águas do Açude Castanhão para a Região Metropolitina de Fortaleza;
- No ano de 2005, houve uma expansão do PIB cearense de 4,6%, enquanto a média nacional foi de apenas 2,6%. Resultado devido ao bom desempenho do setor serviços e agroindústria irrigada;
- Expansão de 12,3% da demanda turística no Estado, tornando Fortaleza o destino principal no Brasil;
- Implantação de uma indústria a cada seis dias, totalizando 194 indústrias, com uma geração de mais de 50 mil empregos;
- Geração de 80.760 empregos com carteira assinada em quatro anos;
- Implantação da Usina Siderúrgica do Ceará;
- Foram beneficiadas 89.017 famílias através do Projeto São José, sendo investido 123,6 milhões de reais em projetos visando o desenvolvimento de comunidades rurais;
- O Ceará tornou-se em 2005 o primeiro exportador brasileiro de melão, abacaxi e o segundo de rosas;
- Contratação de 900 agentes rurais prestando informações e auxiliando o pequeno agricultor em 79 municípios;
- Contratadas 74.529 operações crédito, no valor de R$ 104,5 milhões para concessão de crédito visando a melhoria de vida do agricultor;
- Realização de diversos concursos públicos: Defensores Públicos, Médicos, Dentistas, Professores, Delegados de Polícia Civil, Soldados, Bombeiros, Procuradores, Agentes Penitenciários, Professores Universitários, Médicos, Dentistas, Enfermeiros – totalizando mais de 10.000 vagas no serviço público;
- Através do Programa Ceará Empreendedor, o Governo isentou do pagamento de ICMS todas as microempresas sociais do Estado, beneficiando mais de 34 mil microempresários;
- Rodovias recuperadas e construídas totalizando 660 km, visando dar aos municípios pelo menos um acesso de via asfaltada a sede municipal;
- Foi criada a Secretaria da Controladoria (Secon) unicamente para zelar pelos gastos, aprimorar controles e assegurar maior eficiência à administração pública.

Gestão Social
- Dos 21 indicadores sociais pesquisados pelo IBGE, em 18 o Ceará evoluiu mais que o Brasil;
- Queda da mortalidade infantil para 21 entre cada mil nascidos vivos. Isso corresponde a menos da metade da taxa registrada em 1992;
- Ampliação do número de equipes do Programa Saúde da Família, com um acréscimo de 4.319 vagas em concurso público para Médicos, Dentistas e Enfermeiros;
- Apoio às ações de saúde bucal em 120 municípios e inauguração de três Centros de Especialidades Odontológicas – CEO´S (Aracati, Tauá e São Gonçalo do Amarante)
- Inauguração de 4 hospitais regionais (Granja, Chaval, Marco e Santana do Acaraú);
- Ampliação do Hospital Geral de Fortaleza (HGF)
- Construção dos IMLs de Sobral e Juazeiro do Norte e reforma do de Fortaleza; – Construção de 5 Unidades de Segurança Integrada em Tabuleiro do Norte, Guaramiranga, São Gonçalo do Amarante, Morada Nova e Aracati;
- Criação do FECOP – Fundo Estadual de Combate a Pobreza – para promover transformações estruturais que possibilitem as famílias que estão abaixo da linha de pobreza o atendimento integral, proporcionando-lhes condições de ingresso no mercado de trabalho e de acesso à renda e aos bens e serviços essenciais através da ampliação de investimentos em capital social, físico-financeiro e humano;
- Recuperação e construção de 60 quadras esportivas em municípios cearenses;
- Inauguração de 25 Ilhas Digitais;
- Concessão de 1.076 Bolsas para atletas de 113 municípios.
- Promoção do aumento dos indicadores de matrícula do Ensino Fundamental colocando 98% das crianças na escola
- Criação do Programa Alfabetização é Cidadania com a alfabetização de 687.273 pessoas
Alfabetização de 670 mil jovens e adultos através do Programa Ação Voluntária (Segundo dados do MEC o Estado do Ceará realizou o maior programa de alfabetização de jovens e adultos do País.)
- Erracadicação do analfabetismo nos municípios de Itarema e Aratuba
- Entrega dos Liceus de Aracati, Russas, Quixeramobim, Cascavel, Caucaia, Tianguá, Senador Pompeu, Camocim, Horizonte e Ararendá, deixando em construção os de Crateús, Acopiara e do Pantanal e Bom Jardim em Fortaleza.
- Investimento para construção de 47 novas quadras poliesportivas em Escolas Pùblicas.
- Investimento de quase 30% de sua receita em educação.
- Concessão de bolsas de estudo para 2.000 professores da rede pública estadual de ensino e servidores da Educação Básica para formação em nível de pós-graduação.
- Concurso para contratação de 6.488 professores de Ensino Médio – o maior concurso da história do Ceará.
- Implantação do Projeto modelo Escola de Tempom Integral para o ensino médio na Escola Justiniano de Serpa em Fortaleza.
- Implantação do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará – SPAECE
- Construção nos municípios de Caucaia, Poranga, Itarema e Aratuba de Escolas para grupos indígenas com projetos arquitetônicos respeitando as características tradicionais das etnias.
- Capacitação de professores para o ensino de Educação Indígena.
- Estímulo a participação dos alunos das escolas públicas nas Olimpíadas Nacional de Português e Matemática, através dos Programas Leiturizar e Numeralizar.
- Ampliação da Universidade Estadual do Ceará (Uece) com investimentos de R$ 5,2 milhões;
- Criação de novos cursos universitários da Universidade Vale do Acaraú e Universidade Regional do Cariri no interior do Estado;

- Implantação do Programa Secult Intinerante – Cultura em Movimento, beneficiando os 184 municípios do Estado
- Reabertura da Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho
- Criação do Programa Mestres da Cultura visando a valorização dos nomes relevantes da cultura popular cearense
- Realização do I Encontro Mestres do Mundo
- Criação do Selo de Responsabilidade Cultural
- Criação de eventos estruturantes visando o fortalecimento local da economia da cultura cearense: Festival de Música de Câmara Centro-Sul e Vale do Salgado, Festival de Dança do Litoral Leste, Festival dos Inhamuns, Encontro Mestres do Mundo, Festival de Música da Ibiapaba, Festival do Livro e da Literatura de Aracati, Mostra Cariri das Artes, Festival Internacional de Trovadores e Repentistas

Faltando seis meses para encerrar a sua gestão como governador, a maior parte dos compromissos assumidos em campanha já haviam sido cumpridos pois Lúcio Alcântara implementou todas as obrigações assumidas, até porque seriedade e equilíbrio foram marcas indeléveis do seu governo. Desde cedo aprendeu que governar é assumir e cumprir compromissos.

Nota do Editor: Definitivamente, um grande administrador, e uma pessoa que trabalhou bastante para que o Ceará seja este Estado que se destaca em diversos pontos no cenário nacional.

Abraços,

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato

BlogHmor – Finalmente saiu o laudo do Apagão

[]

Novas Enquetes Blog do Crato já estão no ar na ABA DIREITA.

Olá, pessoal,

As novas enquetes do Blog do Crato já estão no ar para que vocês possam votar.

A primeira enquete é sobre em quem você votaria para o Governo do Estado.
A segunda, o que você está achando da Administração Samuel Araripe
A terceira e a quarta, sobre o Secretariado. Qual a melhor secretaria e a de menor desempenho.

Estamos ansiosos para ouvir ( aliás, ler ) o que os nossos leitores têm a dizer nas enquetes.
Na Aba Lateral Direita.

Abraços,

Dihelson Mendonça


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

setembro 2014
D S T Q Q S S
« ago    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -