Região do Cariri representa 26% do total de armas apreendida no Ceará no mês de abril

 

 
Armascariri
Armas de vários calibres foram apreendidas no Cariri
No mês de abril, a Polícia Militar apreendeu 574 armas em todo o Ceará. Desse total,161 armas, ou seja, 26% das apreensões ocorreram em 25 municípios da Região do Cariri. Os dados são da Assessoria de Análise Estatística e Criminal da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.
Durante os primeiros quatro meses do ano, a SSPDS registrou um total de 186 apreensões de armas de fogo, sendo a maioria através do porte ilegal de revólveres calibre 38.
No final de semana, período compreendido entre a sexta-feira, dia 09 até o domingo, dia 11, sete armas de fogo foram apreendidas nas cidades de Campos Sales, Assaré, Aurora e Juazeiro do Norte em operações realizadas pelos efetivos da Força Tática de Apoio, Ronda do Quarteirão e Comando Tático Rural.

Justiça Federal e Infraero se reúnem com donos de terrenos próximo ao aeroporto de Juazeiro

 

 
Aeroportojnav
Máquinas trabalham desde janeiro nas áreas a serem desapropriadas
A Justiça Federal e a Infraero estiveram reunidos nesta segunda-feira (12), com os proprietários de terrenos e casas nas proximidades do Aeroporto Regional do Cariri para dirimir dúvidas acerca dos preços dos imóveis que serão desapropriados para a ampliação do aeroporto.
Segundo o juiz federal, Leonardo Coutinho, alguns moradores reclamaram do valor avaliado pela Caixa Econômica e terão oportunidade de pedir uma nova avaliação. O diretor jurídico da Infraero, Francisco José de Siqueira concordou com a medida, mas não soube informar quantos moradores irão recorrer.
Os R$ 15,8 milhões já estão depositados na Caixa Econômica de Juazeiro do Norte e o pagamento deve ser iniciado nos próximos dias.
 

Um golpe frustrado – Por: Emerson Monteiro

Na época em que foi prefeito de Lavras da Mangabeira, Gustavo Augusto Lima precisou seguir até Fortaleza, deixando a substituí-lo José Augusto de Oliveira (Zé Borrego), seu primo e esposa de uma de suas primas.

Algumas semanas passadas na solução dos compromissos que o levaram à Capital, Gustavo regressa ao município, pronto a retomar as atividades executivas.

Nesse meio tempo, contudo, grupo político adversário convencera Zé Borrego de não mais lhe devolver o mandato, coisas de quando sucessões municipais ocorriam na ponta do punhal e na boca do cravinote, de tão precário modo que o peso da força prevalecia em contrário aos ditames democráticos dos tempos adiante, dominância da rebeldia oportunista.

O líder Augusto chegara à noite. Ouviu de aliados a confirmação dos boatos que corriam soltos no lugar. O coronel Gustavo seria, com isso, vítima das demarches praticadas na sua ausência.

Dia seguinte, às primeiras horas da manhã, se dirige ao paço, sentido fixo nos afazeres do cargo que lhe cabia.

De longe, visualiza bem no curso da porta principal da Prefeitura a pessoa de Borrego, corpo franzino, calvo, olhos fundos, sagaz e impaciente no ânimo de manter a fúria golpista que desenvolvera.

Atitude própria de quem ignorava o motivo dos acontecimentos imprevistos, Gustavo chega ao prédio na intenção de reaver o posto que confiara às mãos infiéis do parente.

Imbuído no propósito de manter a sublevação, Zé Borrego não arredara os pés e, menos ainda, transparecia qualquer satisfação com o retorno de Gustavo, lhe bloqueando a passagem. Nessa hora, face a face, nos desejos do poder, obstinado, manifestou aos quatro ventos da praça sua intenção avassaladora:

- Gustavo, para entrar aqui você terá que passar por cima do meu cadáver – isso falado num tom duro, deixando claro que pretendia sustentar até o fim a manobra e possíveis consequências.

Ciente, pois, da teimosa disposição de quem antes dele merecera confiança, Gustavo Augusto esqueceu alternativas. Passo rápido, determinado, empurrando nos peitos, afrontou o que visse pela frente, de jeito que readquiriu no muque o domínio da ação e penetrou no recinto, após lançar ao solo, qual traste inútil, o afogueado usurpador, asseverando abusado entre os dentes:

- Sai do meio, Zé Borrego! Que tu nem cadáver possui – e de novo se investiu no cargo de Prefeito da localidade, restabelecido às condições anteriores.

Jatobá é escolhido como Pau da Bandeira 2014

 

 

Pau-da-bandeira-20141-300x195 

Foto: Wescley Araújo

Na manhã deste Domingo (11), o Capitã Rildo Telles e a comissão de carregadores do Pau da Bandeira, confirmaram um Jatobá, que servirá de mastro para a bandeira de Santo Antônio neste ano de 2014.

O corte está marcador para a manhã da quinta-feira, dia 15 de maio no Sitio Flores, sendo que o carregamento será no dia 1º de maio, abrindo oficialmente a Festa de Santo Antônio 2014, e os festejos juninos no Nordeste Brasileiro.

Por: Alisson Santos com informações de Wescley Araújo

OAB/CE inscreve para seleção de funcionários

OabProsseguem, até o dia 27 deste mês, as inscrições do processo de seleção pública de profissionais da OAB do Ceará. A entidade vai preencher 25 vagas dos níveis superior, médio e fundamental (mais 250 para o quadro de reserva). As vagas são para Fortaleza, Juazeiro do Norte, Crato, Crateús, Itapipoca, Quixadá e Tauá. Os salários podem chegar a R$ 1.500,00. Os aprovados serão contratados pelo regime da CLT. A empresa responsável pela seleção é a Consultoria e Treinamento Empresarial (Contrem).

São oferecidas cinco vagas para o nível fundamental, nos cargos de assistente de patrimônio (1), auxiliar de serviços gerais (2), contínuo (1) e motorista (1). Outras 18 vagas são ofertadas para o nível médio, nos cargos de assistente técnico de tecnologia da informação (1), auxiliar administrativo (13), auxiliar administrativo de relacionamento (1), auxiliar administrativo de sala de apoio (1), técnico em tecnologia da Informática (1) e telefonista (1). As duas vagas para o nível superior são para assistente administrativo e assistente de recursos humanos.

A seleção será realizada em Fortaleza, em três etapas. A primeira será uma prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório; a segunda um teste psicológico, de caráter classificatório; e a terceira uma entrevista. As provas da primeira e segunda etapas serão aplicadas dia 31 deste mês, devendo o resultado ser divulgado no dia 4 de junho. A terceira etapa será no dia 7 de junho.

SERVIÇO

A inscrição deverá ser realizada exclusivamente pela internet e de acordo com as orientações do Edital, disponível no site da OAB-CE (http://oabce.org.br/wp-content/uploads/2014/05/EditalSelecaoPublicaOAB2014.pdf).

Embaixada brasileira em Berlim sofre ataque contra a Copa

 

Embaixada-brasil-berlimO Ministério de Relações Exteriores confirmou nesta segunda-feira (12) que quatro pessoas cometeram atos de vandalismo contra o prédio da embaixada brasileira em Berlim, na Alemanha. O incidente, durante a madrugada, danificou vidraças do andar térreo da embaixada atingida por pedras. Ninguém ficou ferido. O caso é investigado pelas autoridades alemãs.

De acordo com informações da imprensa alemã, os autores do ataque estavam encapuzados. Um grupo de esquerda teria assumido a autoria do atentado, e divulgado um manifesto na internet. Nele diz ser responsável pelo vandalismo e que o ataque foi em “protesto contra os gastos excessivos com a Copa do Mundo”. O texto, publicado em alemão, em plataformas esquerdistas no país, teria terminado com a expressão “Não vai ter Copa”.

O Itamaraty informou que o vigilante da embaixada comunicou a presença dos encapuzados assim que o ataque foi iniciado e que policiais alemães chegaram rapidamente ao local. Os responsáveis pelo incidente fugiram com a chegada da polícia. As imagens do circuito de segurança da embaixada foram entregues à polícia.

Agência Brasil

Audiência Pública discutirá aumento de tarifas da Coelce

CoelcecontadeluzA convite do presidente da comissão de defesa do consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, Fernando Hugo, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará – Arce participará, na próxima terça (13),  às 14 horas, de audiência pública sobre o aumento tarifário autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, à Companhia Energética do Ceará – Coelce. O encontro acontecerá no Auditório Murilo Aguiar.

 

A Aneel aprovou, no último dia 15 de abril, um aumento médio de 16,55%  nas tarifas de energia de consumidores atendidos pela Coelce, que conta com 3,2 milhões de consumidores espalhado nos 184 municípios do Ceará. O reajuste tarifário médio para consumidores atendidos na faixa de alta tensão, como é o caso das indústrias, é de 16,16%. Já para consumidores atendidos na baixa tensão, caso das residências, o aumento médio é de 17,02% na conta de luz. As novas tarifas estão em vigor desde o dia 22 de abril.

 

Foram convidados a participar da reunião que levantará o assunto, representantes da Aneel; Coelce; Comissão de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/CE); Defesa do Consumidor (Decon); Proteção e Defesa do Consumidor (Procon); Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de Fortaleza; Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec); Câmara de Dirigentes Logistas de Fortaleza (CDL); além da Arce que se fará representar pelo presidente do Conselho Diretor, Fábio Timbó, e por técnicos das coordenadorias de Energia e Econômico-tarifária.

 

Mais informações sobre os processos de reajustes tarifários podem ser consultadas no endereço eletrônico da ANEEL (www.aneel.gov.br), perfil espaço do consumidor, na cartilha “perguntas e respostas sobre tarifas de distribuidoras de energia elétrica”.

 

Serviço:
Audiência Pública:
Local: Auditório Murilo Aguiar – Assembleia Legislativa (Avenida Desembargador Moreira, 2807
Data: Dia 13 de abril de 2014
Hora: 14 horas

Assessoria de Imprensa da Arce

Movimentação de mercadorias no Porto do Pecém cresce 88%

Pecem4Os 173 navios que operaram no porto do Pecém no período de janeiro a abril do corrente ano movimentaram 2,6 milhões de toneladas (t) de mercadorias, representando uma elevação de 88% em relação ao mesmo período do ano anterior. O destaque ficou por conta da movimentação de granéis sólidos, com 860 mil t transportadas, 547% a mais que de janeiro a abril de 2013.

As importações contribuíram com 1,9 milhão de t. Nas exportações o total atingiu 650 mil. No transporte de Longo Curso foi registrada a movimentação de 2,1 milhões de t, enquanto a cabotagem contribuiu com 501 mil. Considerando o tipo de carga os granéis sólidos contribuíram com 860 mil t, seguindo-se os granéis líquidos com 703 mil, a carga solta com 395 mil e a conteinerizada com 395 mil.

As frutas mais movimentadas foram o melão, com 12 mil t, a castanha de caju com quatro mil e a melancia com 1,6 mil t. A procedência dessas frutas foi registrada praticamente em dois estados, o Ceará com 62% e o Rio Grande do Norte com 36%. Holanda e Grã Bretanha foram os destinos que registraram as maiores exportações, com 27% cada um. Foram ainda transportadas 16% para os Estados Unidos e 12% para a Espanha.

No ranking de todos os portos brasileiros, segundo a Secex – Secretaria do Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio e Desenvolvimento -  o Porto do Pecém é o terceiro colocado na exportação de frutas e calçados, segundo na importação de produtos siderúrgicos e líder absoluto na importação de clínkers (cimento não pulverizado).

Assessoria de Comunicação da Cearáportos

Primeiras peças do Acquario começam a ser montadas

AcquarioAs primeiras peças do aparato hidráulico do Acquario Ceará chegaram na manhã desta segunda-feira (12), ao canteiro de obras, localizado na Praia de Iracema. Foram descarregados dois dos 14 contêineres que vieram repletos de peças e equipamentos de instalação projetos e confeccionados, especificamente, para este projeto.

Estas peças, que compõem a tubulação do Acquario e ficarão no subsolo do prédio, foram fabricadas na cidade de Houston, nos Estados Unidos, sob supervisão da ICM Reynolds, empresa estadunidense responsável pela supervisão e gerenciamento da obra.

De acordo com o secretário do Turismo, Bismarck Maia, que na ocasião recebeu jornalistas em uma coletiva de imprensa, a ICM será responsável por orientar e direcionar a instalação destes equipamentos, utilizando mão de obra local na maior parte dos processos envolvidos. Esta etapa deve durar cerca de seis semanas.

“Esta tubulação será instalada no subsolo do Acquario, uma área de oito metros abaixo do solo, protegida por uma camada de 90 cm de concreto. Posteriormente, esta área será fechada e, em cima, será erguido o edifício-base, um esqueleto de concreto armado dividido em quatro pisos, onde serão distribuídos os aquários, cinemas, praça de alimentação e outras atrações”, explica o secretário.

Entre agosto e setembro começam a chegar ao Ceará as placas e lâminas de acrílico de alta resistência e transparência que vão proteger os tanques de exibição, sendo uma delas com nove metros de altura quando montada. Para este fim, será montado pela ICM um forno de solda no canteiro.

Segundo Bismarck, “o Acquario vai tornar o Ceará ainda mais competitivo no mercado turístico internacional, será um divisor de águas na nossa e um ícone não apenas do Estado, mas também do Brasil, a exemplo de outros atrativos tanto naturais quanto edificados, tais como o Cristo Redentor (RJ) e as Cataratas do Iguaçu (PR).”

Assessoria de Comunicação da Setur

Consumo de álcool no Brasil supera média mundial, segundo OMS

M_alcoolPesquisa divulgada hoje (12) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que o Brasil está acima da média mundial em consumo de bebidas alcoólicas. Segundo o levantamento, foram consumidos, em média, 8,7 litros de álcool por ano, entre 2008 e 2010, no país. A média mundial calculada pela OMS é de 6,2 litros. Os dados consideram o público maior de 15 anos.

A cerveja representa 60% do consumo de álcool no Brasil, segundo o estudo, que diagnosticou que os homens bebem três vezes mais do que as mulheres. Ao longo de um período de três anos, eles ingeriram, em média, 13,6 litros de álcool por ano, enquanto elas consumiram 4,2 litros.

Em 2010, enquanto os casos de abuso de álcool chegaram a 11,1% das mulheres que bebem, entre os homens, este número quase chegou aos 30%. Segundo a pesquisa, no Brasil se perde em média 5 anos de vida devido ao consumo de bebidas alcoólicas.

O estudo da OMS também aponta que, em 2012, cerca de 3,3 milhões de pessoas morreram em todo o mundo, em consequência do consumo exacerbado de álcool. A Europa é a região com maior consumo per capita de bebidas alcoólicas do mundo, com consumo de quase 11 litros por ano, em média.

O relatório conclui que o nível de consumo tem se mantido estável nos últimos cinco anos na Europa, na África e nas Américas, mas tem aumentado no Sudeste Asiático e no Pacífico Ocidental.

Especialistas querem que as Forças Armadas entreguem documentos sobre ditadura

DitadutaPesquisadores do Arquivo Nacional lembraram hoje (12) que documentos das Forças Armadas sobre a Ditadura Militar continuam desaparecidos. Especialistas do órgão cobraram a entrega de arquivos do antigo Centro de Informações da Marinha (Cenimar) e do Centro de Inteligência do Exército (CIE), além de registros das universidades, dentre as quais a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade de São Paulo (USP), que sofreram ação de agentes da repressão.

Segundo a professora da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Inez Teresinha Stampa, apesar da colaboração do Ministério da Defesa, instituições militares seguem negando informações sobre os documentos. Stampa é assessora de coordenação do Centro de Referência Memórias Reveladas, criado pela Presidência da República para recolher e divulgar informações sobre o regime.

“Ao analisar os documentos do SNI (Serviço Nacional de Informações), encontramos referências, correspondências e informações sobre o Cenimar. Porém, não temos nenhum documento do Centro de Informações da Marinha recolhido ao Arquivo Nacional. Então, onde estão?”, questionou Stampa. De acordo com ela, os órgãos oficiais dizem que os papeis não existem mais.

O assessor do presidente do Arquivo Nacional para o centro de referência, Vicente Rodrigues, afirma que, apesar do volume de informações recolhidas – 24,4 milhões de páginas –, as buscas continuam. “Há documentação desaparecida, como a do Centro de Inteligência do Exército, que é uma fonte importantíssima ainda não localizada”, frisou. Segundo ele, há relatos de que os documentos também foram destruídos, “Mas isso ainda não foi comprovado”, rebateu. O Ministério da Defesa não informou sobre o paradeiro dos arquivos mencionados.

Mesmo que os órgãos militares tenham destruído os documentos relativos ao regime ditatorial, Inez Teresinha Stampa explica que é preciso esclarecer as circunstâncias do procedimento. “Isso tinha que ser feito com ata, com um responsável pelo descarte, tinha que ter até uma lista desses documentos. Ou seja, quando foi e quem era o responsável, coisa que não conseguem nos responder”, ressaltou.

Os especialistas do Arquivo Nacional estão reunidos esta semana para o seminário Ditadura e Transição Democrática – 5 anos do [Centro de Referência] Memórias Reveladas nos 50 Anos do Golpe de 1964, realizado no Rio de Janeiro. O evento, que segue até sexta-feira (16), avalia o acesso à informação e a atuação da Comissão Nacional da Verdade.

Nas discussões de hoje, os participantes destacaram que universidades federais e estaduais também são detentores de materiais importantes sobre período. “A UFRJ, que é uma universidade grande e um dos epicentros do golpe, digamos, não localizou os órgãos que guardavam esses documentos, as Assessorias de Segurança e Informação (ASI)”, disse. “A USP também não”, acrescentou a pesquisadora, que aposta na Comissão da Verdade das próprias instituições para localizar e trazer à tona pedaços da história do país.

Planos de saúde ampliarão tratamento domiciliar contra o câncer

SaudeOs planos de saúde têm que fornecer oito grupos de medicamentos para controle dos efeitos colaterais da quimioterapia, no tratamento domiciliar de pacientes com câncer. Antes, os medicamentos só eram fornecidos nos hospitais.

A Resolução Normativa 349, da Agência Nacional de Saúde Suplementar, publicada hoje (12), traz as diretrizes para o uso dos medicamentos, que abrangem terapia contra anemia, infecções, diarreia, alguns tipos de dores, náuseas e vômitos.

A distribuição dos remédios para efeitos colaterais poderá ser feita de modo centralizado pela operadora e distribuído diretamente ao paciente, ou o paciente poderá comprar o medicamento em farmácia conveniada, ou, ainda, comprar em qualquer farmácia com posterior ressarcimento.

Apenas 30% das cidades estabeleceram metas para diminuição de resíduos

LixaoApenas 30% das cidades brasileiras estabeleceram metas para a redução de resíduos sólidos, disse hoje (12) o coordenador do Instituto Lixo Zero, Rodrigo Sabatin. Ele participou de seminário na Câmara Municipal de São Paulo e defendeu o planejamento e a mudança de rotina para encaminhar quase todo o lixo de forma correta.

Para Sabatini, se a humanidade tem capacidade para criar e fabricar produtos, é capaz também de planejar e gerenciar o descarte ou a reutilização do lixo. “Primeiro é preciso estabelecer uma meta e planejar. Se encaminharmos 90% do lixo corretamente já é ótimo. Uma vez estabelecendo uma meta, teremos profissionais estudando como chegar a essa meta. Esse é o princípio do lixo zero. Queremos estimular a mudança de hábitos”, declarou.

Segundo o coordenador, o conceito de lixo zero precisa ser compreendido pela população como algo que deve ser planejado para reduzir ao mínimo o envio de material para aterros sanitários ou incineradores. Ele ressaltou que a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que obriga os grandes geradores de lixo a estabelecer metas para a diminuição dos resíduos, pôs os municípios numa corrida contra o tempo.

“Agora estamos em uma corrida muito perigosa porque não sabemos a qualidade dos projetos que virão para planejarmos a administração dos resíduos. A lei diz que o grande gerador tem de ter seu plano de gestão de resíduos sólidos. O número, nesse caso, é muito menor do que o de cidades. Existe uma crença de que a lei vai ser prorrogada de alguma forma, mas o Ministério Público já se pronunciou dizendo que vai fazer a lei ser cumprida”, alertou.

O vereador Ricardo Young (PPS) ressaltou que a única forma de transformar as cidades em sustentáveis é transformá-las em espaços urbanos regeneradores de serviços ambientais. No entanto, os centros urbanos funcionam recebendo os recursos naturais e os degradando. “Simplesmente acumulamos e não devolvemos nem regeneramos nada. Um dos grandes esforços do século 21 é mudar a natureza e o aglomerado urbano, transformando-o em espaço de reciclagem”, declarou.

Young defendeu a ampliação da reciclagem para transformar centros urbanos em concentrações capazes de reutilizar os resíduos: “Quanto mais conseguirmos recuperar, menor será nossa agressão ao meio ambiente e mais condições teremos de reduzir o enorme risco gerado pelas cidades”. Ele ressaltou que o município de São Paulo é pioneiro na aplicação da Lei de Resíduos Sólidos.

Exposição no Rio exibe fotografias e documentos da ditadura

No ano em que o Brasil disputa o título de campeão do mundo de futebol pela sexta vez, o Arquivo Nacional traz uma imagem emblemática da Copa de 70. A reedição da exposição Registros de uma Guerra Surda, que será aberta hoje (12), no Rio de Janeiro, tem uma foto do ex-presidente da República, Emílio Garrastazu Médici, erguendo a taça do mundial, a Jules Rimet, na conquista do tricampeonato, no México.

A cena foi flagrada pelo jornal Correio da Manhã, um dos periódicos mais críticos à ditadura militar e que fechou em 1974, no último ano do governo Médici. Considerado por organizações de direitos humanos o mais duro presidente do regime, ele teve o mandato, entre 1969 e 1974, conhecido como Anos de Chumbo. Nesse período foi morto, sob tortura, o jornalista Vladimir Herzog.

O flagrante de Médici compõe um dos quatro eixos da exposição. A foto está na parte que revela como os militares conquistaram apoio de parte da população. “A ditadura militar ficou tantos anos no poder porque, embora alguns setores da sociedade se articulassem para combatê-la, muitas pessoas apoiavam [o regime]. Tinham medo do que os militares chamavam de terroristas”, diz Viviane Gouvêa, cientista política e curadora da mostra desde a primeira edição, em 2011.

Registros de uma Guerra Surda também apresenta ao público, na sede do Arquivo Nacional, no centro do Rio, o documento original do Ato Institucional Número 5 (AI-5), decretado no fim de 1968. A mostra também exibe correspondências de autoridades militares minimizando denúncias de tortura a presos políticos, divulgadas no exterior por organizações defensoras dos direitos humanos, como a Anistia Internacional.

 Documentosditadura

Fotografia do presidente Médici segurando a taça Jules Rimet após a conquista do tricampeonato da Copa do Mundo é um dos destaques da mostraFernando Frazão/Agência Brasil

Movimentos de reação ao golpe, incluindo uma imagem do congresso da União Nacional de Estudantes (UNE) em Ibiúna (SP), realizado de forma clandestina em 1968, também constam da exposição. No congresso, foram presas centenas de pessoas, como o político José Dirceu e o jornalista Franklin Martins, líderes estudantis na época.

“O congresso de Ibiúna foi o último por muitos anos. Depois desse ataque, o movimento estudantil foi completamente desarticulado, em uma época em que o movimento sindical já estava desarticulado e só retornou em meados da década de 70”, disse Viviane.

Outro destaque é a listagem original de nomes de militantes presos entregue aos militares que deveriam ser trocados pelo diplomata alemão Ehrenfried Anton Theodor Ludwig Von Holleben, sequestrado por um grupo de resistência ao regime.

A exposição fica em cartaz até domingo (18), entre 8h30 e 18h, e integra o seminário Ditadura e Transição Democrática – Cinco Anos de Memórias Reveladas nos 50 Anos do Golpe de 1964. O evento inclui ainda um debate sobre a fotografia na ditadura. Intitulado Retratos da Resistência: a Ditadura na Lente dos Fotógrafos, o debate será às 14h, na quinta-feira (15), na sede do Arquivo Nacional.

Lobão nega campanha para reduzir consumo de energia

EdisonLobaoO ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, negou hoje (12) que o governo pretenda fazer qualquer campanha para incentivar a redução do consumo de energia. “Nós combatemos o desperdício. Existe muito desperdício no país. Mas nós não queremos propor que as pessoas parem de consumir o que precisam”, disse após palestra na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Lobão voltou a descartar qualquer risco de racionamento de energia elétrica no país. “Não trabalhamos com nenhuma possibilidade de racionamento”. Segundo ele, nem a estiagem na Região Sudeste ameaça o sistema elétrico brasileiro. “Tivemos um pique de demanda recentemente. Todavia, o sistema reagiu positivamente. Não temos nenhuma preocupação com a demanda, mesmo que persista a falta de chuva”, acrescentou.

A seca dos últimos meses no Centro-Sul é prova, na avaliação do ministro, da solidez do sistema. “No Sudeste, região onde se concentra a maioria dos reservatórios das grandes hidrelétricas, a falta de chuva chegou a comprometer o abastecimento de água das grandes cidades, como São Paulo. Nem por isso o sistema se abalou”.

De acordo com o ministro, o país tem segurança energética por causa dos investimentos feitos no setor nos últimos anos. “Temos segurança de que não haverá problemas no setor elétrico porque estamos investindo maciçamente nele”, declarou. Segundo Lobão, R$ 60 bilhões serão destinados a geração e transmissão apenas neste ano: “Teremos nos próximos anos energia em quantidade e qualidade para o Brasil crescer e se desenvolver sem sobressaltos”.

A garantia do fornecimento vem, de acordo com Lobão, não só da ampliação da oferta, mas também da diversificação das fontes e interligação do sistema de transmissão. “Se faltar energia no Sudeste, podemos trazer energia do Norte ou de outra região”, exemplificou.

O secretário executivo do ministério, Márcio Zimmermann, destacou que o consumidor não deverá ser afetado por uma alta súbita no preço da conta de luz, mesmo que seja necessário colocar em funcionamento mais usinas térmicas. De acordo com ele, o fato de as termelétricas funcionarem em momentos de estiagem estabiliza os preços em relação a outros países que dependem exclusivamente dos combustíveis fósseis para a geração de energia.

“Na maioria dos países, você está falando em geração térmica direta, com combustível em preços internacionais. No Brasil, temos esse benefício de ter [usinas] térmicas que não operam quando há muita água. O que temos é um sistema otimizado, e os preços já estão considerados na característica do nosso sistema”, explicou Zimmermann.

Editor Wellton Máximo

Copa deve movimentar R$ 9 bilhões em Brasília, diz Agnelo

CopabrasiliaO governador do DF, Agnelo Queiroz, se reuniu com secretariado para balanço dos preparativos para a CopaValter Campanato/Agência Brasil

A Copa do Mundo deve movimentar cerca de R$ 9 bilhões apenas no Distrito Federal, disse hoje (12) o governador Agnelo Queiroz. Ele citou estudos da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) que levaram em conta a movimentação financeira durante a Copa das Confederações, no ano passado.

Agnelo fez a declaração em reunião para fazer um balanço da preparação de Brasília para a Copa do Mundo, a 30 dias da abertura do torneio. Segundo o governador, o Estádio Mané Garrincha está pronto para a Copa do Mundo, mesmo que ainda faltem ajustes como o uso de placas fotovoltaicas na cobertura para captação e aproveitamento de energia solar.

“O estádio está absolutamente pronto para o evento. O que nós vamos fazer é o aperfeiçoamento desse estádio para que obtenha o selo máximo de sustentabilidade. Com a energia solar, ele vai se autossustentar e inclusive vender energia para o sistema de energia elétrica do DF”, declarou.

Para o governador, a Copa deixará um legado para a cidade, mesmo que parte das obras só fiquem prontas depois do fim do mundial. “Compreendemos a Copa como uma oportunidade e fizemos investimento para tudo que a cidade precisava para ontem e para hoje. De tal maneira que existem investimentos que, ao final da Copa, a gente vai continuar no dia seguinte”, justificou.

Uma das obras que ficaram para depois do torneio é justamente a ligação subterrânea entre o estádio e o Parque da Cidade, onde ficarão os principais estacionamentos para quem for de carro às partidas. Agnelo também anunciou ter recursos garantidos para a ampliação do Bus Rapid Transit (BRT), corredor de veículos leves sobre pneus chamado de Expresso DF. “Estamos com o dinheiro no bolso e já estamos fazendo os projetos, as licitações”, assegurou.

O Expresso DF Sul, que liga as cidades na parte sul do Distrito Federal ao centro de Brasília, foi o primeiro trecho do BRT a ser tirado do papel e atualmente opera em fase de testes. Agnelo prometeu ainda começar os trabalhos de ampliação da rede de metrô do DF depois da Copa.

Queiroz conversou com jornalistas durante a reunião com o secretariado do governo no próprio estádio. De acordo com sua assessoria, o encontro serviu para manter a cúpula do governo a par de todos os preparativos e procedimentos relativos à Copa do Mundo, além de marcar os 30 dias para o início do evento.

No próximo domingo (18), o novo Mané Garrincha completa um ano de funcionamento. Até o momento, segundo dados oficiais, passaram pelo novo estádio 777 mil pessoas em 40 eventos, sendo 29 partidas de futebol, quatro shows e sete eventos institucionais. O estádio custou R$ 1,4 bilhão e, de acordo com relatório do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), as obras do estádio podem chegar a R$ 1,9 bilhão.

Aeroviários da Latam ameaçam paralisação às vésperas da Copa

AviaotamTuristas que se preparam para vir ao Brasil durante a Copa do Mundo, principalmente da América Latina, podem sofrer os impactos de uma paralisação na empresa Latam, que reúne a chilena Lan e a brasileira TAM. Mesmo os passageiros internos correm o risco de serem atingidos por uma eventual greve, pois o sistema aéreo é encadeado e o atraso em um voo acaba prejudicando o outro.

Sindicatos dos empregados do grupo Latam estão reunidos hoje (12) e amanhã (13), na sede da Federação Internacional dos Trabalhadores de Transporte (ITF), no Rio de Janeiro, debatendo os problemas da categoria e definindo o que será feito. O secretário de Aviação Civil da ITF, Gabriel Mocho, disse que a chance de haver paralisação da categoria, justamente na época da Copa, é real.

“Estamos tentando, nos últimos meses, um diálogo direto com a gerência regional da Latam, para evitar problemas, mas só encontramos negativas da companhia, que não quer dialogar com os sindicatos. Não é nosso desejo afetar os passageiros, ainda mais na Copa do Mundo. Mas o tempo está acabando. [Se não formos recebidos], isso certamente pode levar à paralisação”, advertiu Mocho.

A Latam tem cerca de 55 mil empregados e 700 aviões. Segundo os sindicalistas, a companhia já tem contratados para a Copa mil voos fretados, inclusive da Europa. Além do Brasil, onde está representada pela TAM, a companhia está presente na Argentina, no Chile, Peru, Equador, Paraguai e na Colômbia. Os serviços de manutenção das aeronaves estão concentrados no Peru, justamente onde a empresa encontra a maior resistência dos trabalhadores, pelo baixos salários pagos aos mecânicos. Por mês, os funcionários peruanos são responsáveis pela verificação e conserto de 70 aeronaves, 16 delas da TAM.

Para o presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil (Fentac), Sérgio Dias, o maior problema é referente aos aeroviários, funcionários que trabalham em terra. “Os mesmos trabalhadores, em países diferentes [da companhia], recebem quase a metade do salário [em comparação aos outros colegas]. Quanto à TAM, a empresa ainda não fechou a convenção coletiva em relação aos aeroviários. E algumas empresas, ainda que terceirizadas, estão retirando direitos dos trabalhadores, com aumento da carga horária. Esses funcionários são responsáveis pela bagagens, pelos guichês de embarque e pelas rampas, o que pode ocasionar atrasos e até cancelamentos de voos”, disse Dias: “Existe uma inquietude de todos os aeroviários, não apenas dos ligados à TAM. É um movimento generalizado”.

Procurada, a assessoria de imprensa da TAM divulgou nota de apenas uma linha, sem se posicionar detalhadamente sobre as reivindicações dos trabalhadores: “A TAMinforma que não há ameaça oficial de greve neste momento”.

Janot pede que junta médica avalie saúde de líder de greve da PM baiana

Rodrigo-janotO procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu hoje (12) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que uma junta médica avalie com urgência o estado de saúde do vereador Marco Prisco, que liderou o movimento grevista da Polícia Militar (PM) da Bahia. O parecer foi apresentado após pedido da defesa, feito na semana passada, para que o vereador cumpra prisão domiciliar.

Na semana passada, Prisco sofreu um infarto no Presídio da Papuda, no Distrito Federal (DF), e está internado em um hospital público de Brasília. De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, o estado de saúde de Prisco é estável.

Marco Prisco foi preso em Salvador, no dia 18 de abril, mas foi transferido para a Papuda, porque a ordem judicial determinou que ele deve ficar recolhido em instituição prisional federal. Prisco é presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra) e vereador pelo PSDB em Salvador.

Ele liderou um movimento grevista dos policiais militares da Bahia, que foi encerrado no dia 17 de abril. A prisão do vereador, no entanto, foi motivada por outra greve, também encabeçada por ele, em 2012. No ano passado, o Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) denunciou Prisco e mais seis pessoas por crimes praticados contra a segurança nacional durante essa paralisação.

Agência Brasil

Enem recebe quase 400 mil inscrições no primeiro dia

Enem_20141No primeiro dia, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 393.890 inscrições até as 20h, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O número é inferior ao do  ano passado,  quando o total do primeiro dia chegou a 472.495. As inscrições vão até o dia 23 de maio e podem ser feitas pela internet.

O Inep espera ter 8,2 milhões inscritos no exame, um crescimento de 13,8% em relação aos 7,2 milhões de 2013. Hoje, o ministro da Educação, Henrique Paim, recomendou que os estudantes não deixem para fazer a inscrição na última hora. No ano passado, foram 2 milhões apenas no último dia.

Neste ano, há algumas novidades. Travestis e transexuais poderão ser identificados pelo nome social nos dias e locais de realização das provas. Para isso, é preciso fazer o pedido pelo telefone 0800-616161, também até o dia 23. Já para evitar ausências, o Inep vai enviar uma mensagem aos inscritos no ano passado que não fizeram a prova. Eles serão alertados de que não fazer o Enem leva a um desperdício de recursos públicos.

O Enem é destinado a estudantes que tenham terminado ou estejam concluindo o ensino médio, pessoas com mais de 18 anos que busquem o comprovante de conclusão do ensino médio e aquelas que queiram testar conhecimentos. O exame será realizado nos dias 8 e 9 de novembro.  O valor da inscrição é R$ 35. Alunos de rede pública e pessoas com renda familiar até 1,5 salário mínimo são considerados isentos. A taxa deve ser paga até o dia 28 de maio.

A nota do exame é utilizada como critério para acesso ao ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada, que oferece vagas em instituições públicas de educação superior, e do Programa Universidade para Todos.

A participação na prova também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil, participar do Programa Ciência sem Fronteiras ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica. Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

Para se preparar, o aluno pode acessar o aplicativo Questões Enem, um banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação, que reúne as provas de 2009 a 2013. O acesso é gratuito.

Presidente do BNDES confirma novo aporte de recursos à instituição

BNDS O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, confirmou hoje (12) que a instituição precisará de um aporte de recursos do Tesouro Nacional a ser anunciado ainda este mês. “Tivemos, até agora, plenas condições de levar adiante sem a necessidade [de aportes], mas está chegando o momento em que um aporte vai ser imprescindível”, destacou.

Coutinho preferiu não adiantar o valor dos recursos. Disse apenas que o montante será o necessário para manter os investimentos financiados pelo banco. Segundo ele, o orçamento da instituição neste ano vai ser um pouco menor que o do ano passado, mas a instituição trabalhará para que os investimentos tenham desempenho satisfatório num cenário de desaceleração do crédito às empresas pelos bancos privados.

“É importante suportar os investimentos porque todo mundo quer aumentar a taxa de investimentos do país. Queremos estimular a participação privada e queremos moderar um pouco [a concessão de crédito pelo BNDES], mas sem prejudicar o investimento”, explicou Coutinho após participar de palestra na abertura da 26ª edição do Fórum Nacional do Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae).

Desde 2009, o Tesouro emprestou R$ 305 bilhões ao BNDES por meio de injeções de títulos públicos. Com as vendas dos papéis no mercado, o banco de fomento consegue dinheiro para aumentar o capital e emprestar mais aos empresários. Somente no ano passado, o banco recebeu R$ 15 bilhões em papéis. Neste ano, o Tesouro ainda não fez nenhuma transferência.

Durante a palestra, Luciano Coutinho, rebateu as críticas de que o volume de empréstimos do BNDES ao setor produtivo aumentam a dívida pública bruta e provocam inflação. “As críticas ao PSI [Programa de Sustentação do Investimento] são pouco informadas, porque só olham o custo dos recursos, mas nunca os benefícios gerados pelos financiamentos. [As críticas] vêm da visão que prefere desmontar a política de desenvolvimento industrial”, analisou.

Coutinho negou que o banco beneficie apenas determinados setores da economia. Segundo ele, dos 100 grupos industriais brasileiros, 92 têm acesso aos financiamentos do banco. Entre os 500 maiores grupos brasileiros, 408 têm acesso. “O BNDES tem dado acesso amplo a todos os grandes e tem o orgulho também de ter aumentado de maneira muito significativa o acesso de pequenas empresas ao seu crédito”, declarou.

O presidente do BNDES destacou ainda que, quando o banco tem participações acionárias em empresas por meio do BNDESPAR, a compra das ações é feita estritamente com recursos a custo de mercado, que não vem do Fundo de Amparo ao Trabalhado (FAT) nem do Tesouro Nacional. “Isso é sempre ignorado, por determinados veículos de mídia”, rebateu.

De acordo com Coutinho, o BNDESPAR, nos últimos anos, tem registrado resultados de retornos positivos de R$ 20 bilhões. “Apesar disso, gostam de pegar um ou outro caso de insucesso como fosse a regra”, informou. No ano passado, o banco recebeu críticas por ter ações em empresas de Eike Batista.

Ainda na palestra, o presidente do BNDES defendeu uma reforma tributária no país para melhorar e simplificar a estrutura tributária brasileira. “A reforma precisa tornar [a tributação] menos onerosa para o setor produtivo”, completou.

Secretaria de Assuntos Estratégicos estuda a imigração de talentos estrangeiros

ImigrantesuperiorO ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Marcelo Neri, disse que o órgão está estudando uma forma de incentivar a imigração de pessoas que tenham alta especialização em nível técnico e também em curso superior, como forma de ajudar no desenvolvimento da qualificação dos trabalhadores brasileiros.

“É um atalho importante para a Educação. A imigração no Brasil é muito pequena, apenas 0,3% da população brasileira é de imigrantes em primeira geração. A média mundial é 3%. Nos Estados Unidos é 15%”, disse Neri, após participar da 26ª edição do Fórum Nacional, organizado pelo Instituto Nacional de Altos Estudos (INAE).

Durante o encontro, o ex-ministro e coordenador do Fórum Nacional, João Paulo dos Reis Veloso, defendeu o incentivo de cursos técnicos para pessoas que já estão no mercado de trabalho. Marcelo Neri concordou com a proposta e acrescentou que “O brasileiro aprende muito no trabalho e muitas vezes não tem um diploma. É preciso criar mecanismos para reconhecer estes talentos domésticos e de alguma forma melhorar o funcionamento do mercado de trabalho”.

Neri também disse que é preciso investir em produtividade. Ele disse que, pela primeira vez, o país registra escassez de mão de obra sem especialização. “Talvez seja o primeiro momento do Brasil na sua história que falta mão de obras sem qualificação. Isso é um problema sério. A gente tem que investir em produtividade, é uma agenda importante do fórum”, explicou.

Na palestra, o ministro avaliou que os bens públicos no Brasil têm avançado menos do que os bens de consumo. “As pessoas estão comprando carro e não têm infraestrutura para conduzir os carros. Os aeroportos só estão ficando prontos agora. Então, há um descompasso entre a vida privada e as ações públicas”, disse.

Anistia Internacional: 80% dos brasileiros têm medo de tortura em prisão

Anistia-internacionalOito em cada dez brasileiros temem ser vítimas de tortura em caso de detenção por autoridades policiais, apontou hoje (12) estudo da Anistia Internacional (AI). A pesquisa entrevistou 21 mil pessoas de 21 países de todos os continentes e concluiu que o medo de tortura existe em todos eles, mas o Brasil é o que é mais atingido por esse temor.

Em nível global, 44% das pessoas entrevistadas revelam discordar da frase: “Se eu fosse detido pelas autoridades no meu país, estou confiante de que estaria a salvo da tortura”. No Brasil, o percentual é de 80%.

O México (64%), a Turquia, o Paquistão, e o Quénia (todos com 58%) são os lugares que aparecem logo após o Brasil na escala do “medo” da tortura. No extremo oposto estão o Reino Unido (15%), a Austrália (16%) e o Canadá (21%).

A AI concluiu também que mais de 80% das pessoas defendem leis mais fortes contra a tortura. Nesta questão, 83% das pessoas questionadas no Brasil defendem leis claras contra a tortura, atrás da Coreia do Sul e Grécia (89%).

Ainda segundo o estudo, 36% das pessoas questionadas concordam que a tortura “às vezes necessária e aceitável para obter informação que pode proteger o público”.


Os chineses e os indianos (74%) são os que mais concordam que a tortura pode justificar-se, enquanto os gregos (12%) e os argentinos (15%) são os que menos concordam.


No Brasil, o único país lusófono abrangido pela pesquisa, 19% das pessoas afirmaram concordar que a tortura pode ser necessária e aceitável para proteger o público.


O estudo surgiu como propósito da campanha “Stop torture”, que será lançada amanhã (13) pela AI, em Londres. O objetivo é chamar a atenção dos governos e mobilizar a população para pôr fim à prática.


Trinta anos depois da aprovação da Convenção contra a Tortura pela ONU, em 1984, e mais de 65 anos depois da Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948, “a tortura não só está viva e bem de saúde, como está a florescer”, escreveu o secretário-geral da Anistia, Salil Shetty, na introdução ao relatório “Tortura em 2014, 30 Anos de Promessas Não Cumpridas”.


No documento, a AI diz ter reunido, nos últimos cinco anos, relatos de tortura ou de outras formas de violência, em mais de 141 países. “Enquanto em alguns países a AI documentou casos isolados e excecionais, em outros averiguou que a tortura é sistêmica”, afirma Shetty.


Para o responsável, “governos em todo o mundo têm duas caras no que diz respeito à tortura – proíbem-na na lei, mas facilitam-na na prática”.


Por isso, o relatório recomenda que os governos apliquem medidas como a criminalização da tortura na legislação nacional, a abertura dos centros de detenção a fiscalizadores independentes e a gravação em vídeo dos interrogatórios.


A Anistia Internacional pede ainda a criação de mecanismos que facilitem a prevenção e a punição da tortura.


* Com informações da Agência Lusa


Governo investirá R$ 153,7 milhões na construção de adutoras de montagem rápida

AdurtoraO Governo do Estado, por meio da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), em parceria com o Governo Federal, através do Ministério da Integração Nacional, investirá R$ 153,7 milhões na terceira fase de construção e instalação de adutoras de montagem rápida (AMR). O montante será repassado por meio da assinatura de termos de compromisso pelo governador Cid Gomes. Neste novo lote serão executados 417 quilômetros de adutora.

 

A ação beneficiará os municípios de Canindé, Caridade, Crateús, Nova Russas, Tauá, Caririaçu, Irauçuba, Alcântaras, Quiterianópolis, Potiretama e Maranguape. Além dos municípios, serão beneficiados os distritos de Amanari, Penedo e Itapebussu, todos localizados em Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). As obras serão iniciadas ainda neste mês de maio, com prazo de execução para cada adutora de 90 a 180 dias, contados a partir da assinatura da ordem de serviço.

 

A construção dos novos sistemas de abastecimento hídrico é mais uma ação desenvolvida pelo Governo do Estado para garantir segurança hídrica para a população cearense. Nesta nova fase serão beneficiados mais de 273 mil cearenses de forma direta. As obras serão executadas pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) e supervisionadas pela Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH).

 

Adutoras de Montagem Rápida

 

O projeto de adutoras de montagem rápida foi concebido com a utilização de tubos fabricados em aço corten, material que tem em sua composição elementos que melhoram suas propriedades anticorrosivas. Os tubos contam com sistema de engate rápido e junta travável, que permite a montagem de canalizações auto-ancoradas na superfície do terreno, dispensando a abertura de valas. Estas especificações possibilitam maior agilidade na montagem dos tubos, bem como redução nos custos com transporte e estocagem. Nas operações realizadas pela Cogerh estão sendo utilizados tubos com dimensões que variam de 200 a 500mm. Com a adoção dessa tecnologia é possível montar em média 1000 metros de tubos por dia.

 

O Estado já executou 224km de adutoras de montagem rápida nas fases I e II de execução. Ao todo já foram investidos R$47,9 milhões com a finalidade de garantir segurança no abastecimento hídricos de 19 municípios cearenses.

Assessoria de Comunicação da Cogerh

Voo direto para a Argentina é lançado em Fortaleza

 

Brasil-e-Argentina1O lançamento acontece neste sábado (10), às 15 horas, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. A Secretaria do Turismo também realizará encontros em cinco cidades da Argentina para divulgação do Estado.

 

O Governo do Estado do Ceará, por meio da secretaria, em parceria com a GOL Linhas Aéreas Inteligentes, realizam neste sábado (10) o lançamento do Voo direto entre Fortaleza e Buenos Aires, na Argentina. A solenidade acontece às 15 horas, no mirante do Aeroporto Internacional Pinto Martins. Haverá uma coletiva de imprensa com o secretário do Turismo, Bismarck Maia, e executivos da GOL.

 

Durante toda a próxima semana a Secretaria do Turismo (Setur) também promoverá encontros comerciais em cinco cidades da Argentina – entre os dias 12 e 16 de maio – com o intuito de consolidar o voo, que vai operar aos sábados. Nos encontros, operadores e agentes de viagem vão conhecer os destinos e atrativos do Estado e negociar diretamente com representantes do trade local a inserção destes produtos nos seus catálogos. Em cada cidade estão presentes 14 empresas cearenses de serviços ligados ao Turismo, entre meios de hospedagem, transfer e receptivo, equipamentos, e outros.

 

O primeiro encontro acontece na cidade de Córdoba (12); seguida por Rosario (13), para associados da operadora All Seasons; La Plata (14); Mar del Plata (15) e Buenos Aires (16).

 

Outras ações de promoção

 

Além dos encontros comerciais, o voo está sendo promovido por uma série de outras ações: anúncios no aeroporto de Buenos Aires, revistas e jornais de grande circulação; redes sociais; site You Tube; adesivagem de táxis e viagens de familiarização (para operadores e agentes) e de divulgação (para jornalistas).

 

A primeira delas ocorreu no Ceará, exclusiva para jornalistas argentinos, entre os dias 24 e 28 de abril. O Estado recebe também duas viagens de familiarização entre 10 e 15 de maio. Já Buenos Aires vai receber um grupo de jornalistas cearenses e representantes do trade local entre os dias 10 e 13 de maio.

 

Sobre o Voo

 

As operações serão aos sábados, saindo do Aeroporto Internacional Pinto Martins às 17h55, e chegando no Aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, às 23h30. O voo de volta sairá da cidade portenha às 13h45, chegando aqui às 19h. As aeronaves utilizadas serão Boeing 737-800NG e configuração GOL+, com 177 assentos nas classes turística e executiva.

 

“Estamos fazendo um grande esforço fiscal para viabilizar este voo. E a intenção é que a frequência seja ampliada, pois temos tudo o que o público argentino procura: belas praias, clima estável, culinária e artesanato ricos e um povo hospitaleiro”, avalia Bismarck.

Assessoria de Comunicação da Setur

AESP inicia Quarto Ciclo de Cursos de Capacitação para a Copa do Mundo 2014

Copa-2014-BrasilA Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) inicia, nesta segunda-feira (12), o Quarto Ciclo de Cursos de Capacitação para a Copa do Mundo 2014. A ação, fruto de convênio firmado entre a Secretaria Extraordinária para Grandes Eventos do Ministério da Justiça (SESGE/MJ) e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), tem por objetivo a capacitação dos agentes de segurança pública para atuação em grandes eventos, em especial na Copa do Mundo FIFA de 2014.

 

Neste último ciclo, serão contemplados cursos de Sistema de Comando em Incidentes, Aperfeiçoamento em Intervenções em Bombas e Explosivos, Segurança de Dignitários para Operadores, Uso Diferenciado da Força, Policiamento Montado em Grandes Eventos e Escolta e Batedores, beneficiando 207 profissionais matriculados.  Após a solenidade de início do Quarto Ciclo dos Cursos, os alunos de Segurança de Dignitários e Uso Diferenciado da Força, iniciarão suas primeiras aulas na AESP, os demais cursos serão realizados em diversos pontos de apoio.

 

Curso Segurança de Dignitários

Durante a realização de grandes eventos, é esperada a chegada de um número relevante de autoridades no Brasil. O curso visa criar condições para que o aluno obtenha conhecimentos, habilidades e competências técnicas necessárias para exercer, de forma padronizada, as ações de segurança de dignitários, realizando proteção tática mais aproximada nos deslocamentos motorizados e a pé.

 

                    

Curso Uso Diferenciado da Força

O objetivo do curso é capacitar e aperfeiçoar os profissionais de segurança pública no novo paradigma de emprego do uso da força, à luz do que delineia o Ministério da Justiça, baseadas na importância da legalidade, necessidade, proporcionalidade, moderação e conveniência, buscando a preservação da vida e dos direitos e garantias fundamentais, durante os grandes eventos. Deve ser feita a antecipação e adequação dos procedimentos operacionais preventivos, a habilitação para o uso de cada tipo de arma de fogo e de instrumentos de menor potencial ofensivo, além das avaliações técnica, psicológica e física.

 

:: Balanço

Até abril, a AESP capacitou 608 agentes de segurança, entre policiais civis e militares, bombeiros militares e peritos, distribuídos em 11 modalidades de cursos.

 

:: Serviço

Solenidade de Abertura do Quarto Ciclo de Cursos de Capacitação para a Copa do Mundo 2014

 

Data: 12 de maio de 2014

Horário: 8h

Local: Auditório Principal da AESP|CE, localizada na Av. Presidente Costa e Silva, 1251, Bairro Mondubim – Fortaleza/CE.

Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE)

Dragão do Mar inicia Café Cultural neste sábado (10)

DragaodomarOs sábados do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, além de shows e espetáculos, também serão de muitas conversas, debates e reflexões sobre o pensamento contemporâneo. É o Café Cultural do Dragão que estreia neste sábado (10), com um bate-papo com o professor e sociólogo Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes, no Café do Cinema, às 17 horas. Nesta primeira edição, Diatahy falará sobre a nova edição do livro “Milagre em Joaseiro”, do historiador norte-americano Ralph Della Cava, publicada recentemente pela Companhia das Letras. O acesso é gratuito.

 

Com o objetivo de apresentar e discutir ideias e abordagens que movimentam e inovam os campos artístico e cultural, o Café Cultural do Dragão é um programa de debates, organizado em torno de nomes de destaque do campo intelectual brasileiro e internacional. Seu formato é o de apresentação de um tema seguido de debate com o público, sempre aos sábados, às 17 horas.

 

Segundo o presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares, com o Café Cultural, o Dragão do Mar cumpre o papel fundamental de discutir aspectos centrais da vida contemporânea. “Traremos pensadores do Ceará e do Brasil em suas diversas áreas”, adianta.

 

Toda a programação de maio já está fechada. No dia 17, a socióloga Mariana Mont’Alverne falará sobre a trajetória do músico João do Vale e a indústria fonográfica no século XX; no dia 24, o sociólogo Delano Pessoa discorre sobre o imaginário do litoral na pintura de Raymundo Cela; e, para fechar o mês, a historiadora e socióloga Andréa Borges Leão debate sobre as ideias de “cultura” e “civilização” no pensamento social moderno.

 

O primeiro Café Cultural do Dragão foi realizado experimentalmente na terça-feira de Carnaval, dia 4, com a socióloga Glória Diógenes, sobre arte urbana, e foi sucesso de público, apesar da data. Agora, o programa volta com tudo. Em breve, divulgaremos a programação de junho.

 

Programação Café Cultural do Dragão – Maio de 2014

 

Dia 10/5

Tema: As escritas sobre Padre Cícero

Ao longo do século XX, muito se produziu sobre as relações entre Padre Cícero, a cidade de Juazeiro do Norte e as práticas religiosas, políticas, sociais, econômicas num movimento ao mesmo tempo local, nacional e internacional. A partir da obra “Milagre em Joaseiro”, do historiador norte-americano Ralph Della Cava, temos um novo horizonte de discussão nessa tradição crítica.

Convidado: Professor e Sociólogo Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes.

Nota biográfica: Professor Emérito da Universidade Federal do Ceará desde 2004, Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes é membro efetivo do Instituto Histórico do Ceará, da Academia Cearense de Letras e da Academia Cearense de Ciências. É membro titular da A.I.S.L.F. (Association Internationale des Sociologues de Langue Française).

 

Dia 17/05

Tema: A música de João do Vale e a indústria fonográfica brasileira

Os sentidos do trabalho de um artista não são definidos apenas pelos seus interesses estéticos. Há toda uma rede, um sistema que constroem a “imagem”, o “lugar”, a própria obra daquele artista. O músico João do Vale é um caso interessante de como a indústria fonográfica no Brasil influenciava a variação do significado de suas composições.

Convidado: Socióloga Mariana Mont’Alverne

Nota biográfica: Mariana Mont’Alverne é doutora em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com estágio na École des Hautes Études en Sciences Sociales. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia da Cultura e especial interesse pelos temas: mundialização da cultura, indústrias culturais, padrões de consumo e consumo cultural. 

 

Dia 24/05

Tema: Diálogos com a produção artística de Raymundo Cela

Nome importante da arte produzida no Brasil na primeira metade do século XX, o cearense Raymundo Cela fez da sua obra um imaginário do cotidiano de vaqueiros e pescadores. Seu universo pictórico pode ser um relevante interlocutor das narrativas e dos temas que formam as histórias do Ceará.

 Convidado: Sociólogo Delano Pessoa.

Nota biográfica: Graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Ceará, Delano Pessoa é Doutorando em Sociologia pela mesma instituição. Tem experiência nas áreas de Antropologia e de História Social. Atualmente, pesquisa na área de Sociologia da Cultura e da Arte.

 

Dia 31/05

Tema: Civilização e cultura, itinerários

Na tradição do pensamento ocidental moderno, sobretudo na formação disciplinar das ciências sociais, os conceitos de “civilização” e “cultura” são protagonistas de muitas cenas de teoria e metodologia. Reformulados, questionados, negados, esses dois conceitos atravessam as mais diferentes pautas intelectuais desde o século XIX.

Convidado: Historiadora e Socióloga Andréa Borges Leão

Nota biográfica: Professora da Universidade Federal do Ceará, Andréa Borges Leão tem doutorado em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio pós-doutoral em História Cultural na École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, sobre as coleções literárias infantis da Livraria Garnier.

 

Assessoria de Comunicação do Instituto Dragão do Mar

Fóssil inédito de camarão é achado na Bacia do Araripe

FossiocamaraoImagem ampliada da menor espécime fossilizada já encontrada no mundo

Jardim. Mais um exemplar inédito de fóssil foi encontrado na Bacia Sedimentar do Araripe. Trata-se da menor espécime de camarão já vista no Brasil, o Araripenaeus timidus. Nesta sexta-feira, às 9 horas, o achado estará sendo apresentado para a imprensa. A foto do camarão minúsculo será capa da próxima edição dos Anais da Academia Brasileira de Ciências, no Rio de Janeiro, para todo o mundo científico. O fóssil raro, do período Cretáceo e com mais de 110 milhões de anos, foi encontrado no Museu de História Natural Barra de Jardim, na cidade de Jardim.

O achado foi feito pela equipe do professor Álamo Feitosa, que coordena pesquisa na área, além de estar à frente do Laboratório de Paleontologia da Universidade Regional do Cariri (Urca). O material foi visto no local no início de 2013 e passou a ser descrito durante o ano passado pelos pesquisadores Álamo, da Urca, e William Santana, da Universidade do Sagrado Coração, em Bauru, no Estado de São Paulo. Juntos, os dois pesquisadores escreveram o artigo que será publicado na próxima edição da revista, até junho deste ano.

O camarão fóssil Araripenaeus timidus é o primeiro da espécime descrito para o Brasil. O material do Cretáceo inferior (Albiano) foi coletado na localidade de Sobradinho, em Jardim, Sul do Estado do Ceará, e é pertence à Formação Romualdo. Outro fóssil inédito de espécime de camarão foi encontrado no ano passado, o Kellnerius jamacaruensis, na mesma localidade na Bacia do Araripe.

O Araripenaeus timidus foi encontrado por acaso, durante uma visita dos pesquisadores ao museu. Segundo Álamo, um dos funcionários disse que havia alguns exemplares de camarões guardados e, para sua surpresa, observou com a lupa um deles, minúsculo, que chamou a atenção. “O mais interessante era que esse material estava há muitos anos no museu, e ninguém sabia de sua existência”, diz ele. Com isso, passa a ser o primeiro holótipo do Museu. E são essas espécimes encontradas que, segundo Álamo, dão uma ordem de importância a esses espaços, no que diz respeito à pesquisa científica.

A peça irá permanecer no Museu em Jardim, após os estudos realizados. A espécie é ligada aos camarões de água salgada. Há um forte indicativo, segundo o pesquisador, de que a área da bacia Sedimentar teve na sua formação a presença de água doce e também salgada, dando evidências do paleoambiente existente na área. Também pode ser constatada uma mudança muito rápida do paleolago do Araripe.

Ainda segundo Álamo, esse achado é de grande importância porque comprova o nível de excelência em que se encontra o estudo da Paleontologia na região, com fósseis inéditos sendo encontrados, servindo de referência para o mundo científico. Ele destaca, com isso, a publicação que será feita do trabalho, e foram os próprios editores que chegaram a solicitar o material para inserir na capa da publicação.

“Para nós, pesquisadores, é uma grande satisfação poder dar destaque a esse material, porque mostra o nível de relevância da Bacia Sedimentar, no que diz respeito aos achados e o desenvolvimento da pesquisa na área”, diz ele. O professor Álamo coordenou a maior escavação controlada já realizada na área da paleontologia, na região, iniciada em 2011. Nesses estudos, já chegaram a ser encontrados fósseis de espécies de pterossauros, insetos, plantas e os camarões, com novas espécimes que têm chamado a atenção do mundo científico.

As escavações envolveram pesquisadores de três universidades, tendo à frente a Universidade Regional do Cariri. Esse trabalho representa um marco para a pesquisa paleontológica e formação de novos profissionais na área, além de revelar grande descobertas, a exemplo de um dos maiores pterossauros já descritos, achado em 2011. O trabalho faz parte do projeto de pesquisa “Estudos Sistemáticos e Paleoecológicos da Fauna de Vertebrados das Formações Crato e Romualdo (grupo Santana) da Bacia do Araripe”. Segundo o coordenador da pesquisa, o trabalho veio mais uma vez dar uma importante contribuição para o fortalecimento das pesquisas no âmbito da Paleontologia.

Grande parte do material encontrado foi repassado ao Museu de Santana do Cariri e também de museus de Pernambuco e Nacional, no Rio de Janeiro, além do Laboratório de Paleontologia da Urca, já que são fósseis considerados comuns e que já existem em abundância na área do Araripe.

Parceria

A escavação realizada na área da Bacia do Araripe foi finalizada no Parque dos Pterossauros, em Santana do Cariri, responsável por importantes achados fósseis. As escavações foram feitas a 2km da cidade, envolvendo 20 pesquisadores da Urca, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), por meio do Museu Nacional.

O trabalho de três anos já é considerado, para o paleontólogo, um grande sucesso e destaca a região como importante área de pesquisa da paleontologia no Brasil.

Além de formar novos pesquisadores, já que no projeto atuam desde graduados a doutores, há treinamento de campo de novas levas de estudiosos e essa realidade, segundo Álamo, representa um grande salto do Cariri no que diz respeito à pesquisa.

Mais informações
Geopark Araripe
Universidade Regional do Cariri (URCA), Rua Carolino Sucupira
S/N – Pimenta
Telefone: (88) 3102.1237

Elizângela Santos
Repórter

A ultima vitima do Caldeirão.

 Sitio-CDepois de percorrer algumas propriedades do cariri, morando de favor, o beato Jose Lourenço assentou-se na Fazenda Caldeirão no Município de Crato, imóvel este que pertencia ao Padre Cícero. Antes do seu estabelecimento definitivo, ele já comandava uma legião de trabalhadores temporaneos, que lhe obedeciam e seguiam seus passos fanaticamente. Se algum fazendeiro estava em dificuldade para limpar um grande roçado, solicitava seus préstimos e ele lá comparecia com cinqüenta, cem ou duzentos homens; o serviço era feito em horas ou em poucos dias. O pagamento ficava a critério do beneficiado; um boi, um cavalo, sacos de milho, feijão, rapaduras, etc, ou simplesmente um muito obrigado. O rateio das doações era feito entre todos. E assim, quando o Beato foi morar naquele lugar já levava um “regimento”. As terras que não produziam nada viraram uma Canaã.

O poder publico, da época, ainda não acreditava no que o beato apostou: parceria, mutirão, irrigação, obediência e trabalho. Ficou enciumado com o sucesso da comunidade e haja perseguição, ate que veio a ordem para a destruição do assentamento.

Comandando uma fração de tropa vinha da Capital um jovem oficial, já conhecido no meio policial pelo seu caráter violento e inata malvadeza: Tenente João Inácio de Vinhas. Antes de deflagrarem a ação, os comandantes maiores falando a tropa, fizeram ver aos futuros combatentes, que apesar de ser uma guerra, no campo de batalha eles iriam encontrar mulheres e crianças, que deveriam ser respeitadas ao maximo. Depois do bombardeio, a infantaria avança e o Tenente à frente do seu pelotão ficou cego. Matava homem, mulher, menino, porco, galinha e de resto ateava fogo nos casebres. A carnificina foi grande.

Quase no final da refrega, sai de uma toca uma mulher arrastando uma criança; a arma do oficial funcionou: matou a criança e feriu a mulher. Nisso o marido aparece intercedendo pela esposa, mas Inácio assegura que vai acabar com o sofrimento dele e dela.
Seu policial, mate-me, mas deixe-a viver para criar os outros três inocentes.
Que nada jagunço safado, vai ela e você também!
Se é assim homem, pode matar-nos, mas fique sabendo que no dia de sua maior agonia, você chorara pelos os seus e pelos meus.
Dois tiros ecoaram nas quebradas da Chapada do Araripe.

Quarenta anos se passaram. O já coronel Inácio estava deitado na sua rede no alpendre aproveitando a brisa, quando foi rendido por dois marginais. Ainda esboçou resistência, tentando pegar seu revolver em cima de um tamborete, mas foi dominado. Sendo obrigado a entrar na residência, vê também serem rendidas à filha e a neta. Imobilizado, o velho militar assistiu ao estrupo de ambas; enquanto desesperado enchia-se de raiva, lembrou-se do episodio do Caldeirão e chorou copiosamente pelos dois fatos. O coronel entrou em depressão morrendo dias depois e, como todos os que participaram daquela matança, até aquele dia já haviam morrido de maneira misteriosa ou trágica, acreditamos que o Cel Inácio foi a ultima vitima do Caldeirão.

Cel. Jose Ronald Brito.

Um caixeiro cearense em Nova Iorque – Por Carlos Eduardo Esmeraldo

NovaIorqueA história abaixo  relatada saiu em uma edição da Revista Exame que eu li por volta de 1977, há cerca de trinta e sete anos, portanto. Dessa edição, perdeu-se no tempo a revista e, apagou-se da minha memória todos os demais temas tratados, ficando apenas a narrativa que se segue, como prova do espírito empreendedor e inovador de uma das mais marcantes personalidades de nosso estado. 

A esposa de um jovem empresário cearense foi acometida de uma estranha doença, cujos médicos locais sugeriram tratamento em São Paulo. Lá chegando, uma junta médica aconselhou o empresário levar sua mulher aos Estados Unidos. Não era doença tão grave que, o dinheiro não pudesse resolver. Com as indicações de quem e onde procurar o atendimento em Nova Iorque e de posse do competente prontuário médico vertido para o inglês, o nosso empresário decidiu acompanhar sua esposa à terra  do “Tio Sam”. Em lá chegando, sua mulher foi atendida numa das mais importantes clínica da cidade de  Nova Iorque.

Realizados novos exames, o marido foi informado de que sua esposa deveria ficar alguns dias internada, sem permissão de acompanhamento de familiares e visitas permitidas apenas nos dias de domingo.

No primeiro dia a sós na cidade, o nosso empresário resolveu dar uma volta pelo centro da cidade, examinar as lojas, verificar os avanços e as possíveis novas técnicas de vendas e marketing. Sentia-se sem saber o que fazer perambulando no meio de um verdadeiro formigueiro humano, que eram as ruas da grande metrópole, quando notou uma lojinha, espécie de chapelaria, cuja vitrine se encontrava vazia e às escuras. Como precisava comprar uma capa de chuva, entrou na loja onde o proprietário, um senhor idoso,  cujo aspecto lhe pareceu ser o de um judeu, era o único atendente. Começou uma interessante conversa com o dono da loja que lhe informou que as vendas estavam muito fracas. Então resolveu gastar seu inglês para se divertir pedindo emprego:
- O senhor não sente falta de uma pessoa para lhe ajudar? Sou brasileiro, há pouco  chegado aqui e estou precisando trabalhar. -  disse o empresário
-  Meu amigo, não posso lhe pagar um salário, pois como lhe falei, minhas vendas são fracas.
-  O senhor não precisará me pagar nada. Apenas se achar justo me conceder uma gratificação de dez por cento sobre o acréscimo das vendas que se verificarem após o inicio do meu trabalho. Se as vendas não progredirem, o senhor me despede sem nada me pagar. – Proposta mais do que tentadora para um presumível judeu. Como previra o candidato a emprego, o velhinho concordou e o jovem vendedor iniciou seu trabalho.

Sua primeira providência foi dar uma arrumação geral na disposição dos artigos da loja. As malas mais bonitas e de melhor qualidade foram convenientemente expostas na vitrine que ganhou nova iluminação, de modo a despertar a atenção das pessoas que passavam pela calçada da lojinha. Ali também foram colocados outros artigos que a loja dispunha para oferecer ao público, todos eles de grande utilidade. O interior da loja também teve as lâmpadas trocadas de modo a fornecer a sensação de se estar ao relento em uma ensolarada manhã.

Não demorou muito para o efeito se fazer notar. Logo no primeiro dia, o número de visitas à loja cresceu exponencialmente e quase cem por cento das pessoas que entravam na loja saia levando consigo algum artigo relacionado com as condições do tempo, capas e guarda-chuvas, luvas, casacos de lã, malas e sacolas para viagem, enfim, a loja conheceu um acréscimo de vendas jamais imaginado por seu proprietário. Nosso empresário cearense se divertia, à seu modo, como talvez não o fizera quando criança em suas brincadeiras. Mas contrariando um famoso dito popular, a alegria de rico às vezes também dura pouco. Um belo dia entrou na loja um engenheiro americano que estivera no Ceará projetando e montando uma das instalações industriais do empresário, agora transmutado em simples comerciário. Ele, ao avistar o engenheiro, tentou se esconder por trás de alguns artigos, mas fora notado e reconhecido pelo engenheiro que perguntou ao dono da loja:
- Quem é aquele homem que se encontra escondido por trás daquele material?
- Um imigrante brasileiro que veio me pedir emprego. É um vendedor muito esperto. Depois que muito a contra gosto eu resolvi empregá-lo, minhas vendas cresceram extraordinariamente. -  Respondeu o comerciante.
- Que imigrante, que nada! Aquele homem é um dos empresários mais rico do Brasil! E se chama Edson Queiroz. – Dito isto o ricaço brasileiro saiu de onde estava, abraçou o amigo e riram bastante da brincadeira, diante do comerciante americano admirado e intrigado. Não me recordo se a reportagem citou alguma explicação relativa a continuidade do emprego ou sobre à gratificação sobre o acréscimo das vendas a que o informal contrato de trabalho aludia teria sido paga.

Por Carlos Eduardo Esmeraldo
BLOG DO JUAZEIRO

Bancos reajustam juros do cheque especial e empréstimo pessoal

GraficoacendenteA média dos juros do cheque especial subiu 0,2 ponto percentual em relação a abril, chegando a 8,95% ao mês em maio. Segundo a pesquisa divulgada hoje (9) pelo Procon de São Paulo, cinco dos sete bancos avaliados aumentaram os preços cobrados no empréstimo.

O Santander, que aumentou os juros em 0,14 ponto percentual, tem a maior taxa para o cheque especial (10,89%). O HSBC reajustou de 10,55% para 10,57%. A Caixa, de 5,39% para 6,33%. O Bradesco passou de 9,44% para 9,48% e o Safra de 8,9% para 9,2%. Banco do Brasil e Itaú mantiveram as taxas de abril.

Para o empréstimo pessoal, a taxa média subiu de 5,46% em abril para 5,54% em maio. Quatro bancos passaram a cobrar mais na operação. O maior aumento percentual no empréstimo pessoal foi o do Safra, que subiu de 4,9% para 5,4%, reajuste de 10,2%. O Itaú subiu de 6,1% para 6,12%. O HSBC, de 5,87% para 5,89%. O Bradesco de 6,41% para 6,43%. Os demais mantiveram inalterados os juros de abril.

Apesar de não ter reajustado a taxa, o Santander cobra os maiores juros para o empréstimo pessoal, 6,49% ao mês. A Caixa, que cobra o menor valor no cheque especial, mantém a posição no empréstimo pessoal (3,75% ao mês).

O Procon lembra que em sua na última reunião o Comitê de Política Monetária do Banco Central elevou a taxa básica de juros em 0,25 ponto percentual. Como a inflação pressiona os preços, os juros que estão em 11% ao ano podem continuar subindo.

“Diante deste cenário, a recomendação do Procon-SP é para que o consumidor mantenha a cautela e só contrate empréstimos em caso de necessidade, para que não se transformem em armadilha para quem está com o orçamento comprometido”, diz o entidade de defesa do consumidor.

Campanha mostra vantagens de ir trabalhar de bicicleta

BicicletaArquivoWilson Dias/Agência Brasil

Para estimular e promover a bicicleta como meio de transporte na cidade, a campanha “De bike para o trabalho“, movimentou hoje dezenas de pessoas em Brasília. Elas saíram em grupos de pontos do Plano Piloto, Guará, Gama, Sudoeste, e Recanto das Emas, entre outras regiões do Distrito Federal, para demonstrar que é possível ir trabalhar de forma agradável, rápida, segura e não poluente.

A campanha é uma parceria da ONG Rodas da Paz com a rede Bike Anjo, cujos voluntários lideraram os grupos de ciclistas. O evento tem caráter nacional, com a realização dos passeios em outras cidades, além de oficinas que ensinam a pedalar e também conhecer a mecânica de bicicletas. Nos encontros, os ciclistas também recebem orientações sobre como se locomover com esse veículo em centros urbanos.

“De Bike ao Trabalho” é uma iniciativa inspirada no Bike To Work Day, evento que, desde 1956, realiza, em maio, atividades para promover a bicicleta como uma opção viável de transporte para o trabalho em cidades do mundo inteiro.

Jonas Bertucci, que reuniu um grupo de seis pessoas para pedalar da Quadra 208 Norte até o Setor Bancário Norte, uma distância de aproximadamente 5 quilômetros, conta que aprovou a experiência.

“Levamos meia hora para fazer o percurso, mas no caminho paramos algumas vezes para falar com as pessoas e por isso demoramos mais. De carro, o trajeto levaria dez minutos, mas com pelo menos mais dez [minutos] para achar vaga e estacionar. Já no retorno, no início da noite, a bicicleta leva grande vantagem para se deslocar, enquanto os carros ficam retidos nos engarrafamentos”, avaliou.

O fato de a bicicleta não poluir o meio ambiente e ainda possibilitar que o ciclista se exercite enquanto se desloca são outros fatores apontados por Bertucci como benéficos. Mas ele alerta: os ciclistas não devem abrir mão de cuidados para que a viagem seja segura. “Planejar bem a rota, escolher vias menos saturadas de carros, sinalizar bem os movimentos que vai fazer no trânsito e ter muita atenção nos cruzamentos”, lista.

Essa segurança deve ser garantida por todos que circulam pelas vias. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CBT), motoristas de veículos automotores devem manter uma distância mínima de 1,5 metro entre o veículo e o ciclista,  durante ultrapassagens (Artigo 201). Além disso, Durante a manobra de mudança de direção, o condutor deverá ceder passagem aos pedestres e ciclistas (Artigo 38). Os motorizados de maior porte são responsáveis pelas seguranças dos menores e também dos não motorizados. O código também estabelece que que cabe aos órgãos de trânsito “planejar, projetar, regulamentar e operar o trânsito de veículos de pedestres e de animais, e promover o desenvolvimento da circulação e segurança de ciclistas” (Artigo 21).

Para Jonas Bertucci, falta educação para o trânsito. Além de criticar o desrespeito às normas que objetivam diminuir os riscos para a vida dos ciclistas, ele ressalta que a sinalização relativa ao trânsito e as próprias ciclovias de Brasília devem ser aprimorada para que o ciclista não tenha que descer, a todo momento, para dar lugar aos carros, “o que desconcentra e desestimula o ciclista a usar a bike para ir ao trabalho, pois tem que parar e descer a toda hora para depois reiniciar o trajeto”.

Aqueles que desejarem utilizar a bicicleta como seu meio principal de transporte podem contar com os Bike Anjos, que estão prontos a ajudar. São ciclistas experientes e apaixonados pelo seu meio de transporte que ajudam a andar de bicicleta com segurança e que podem ser contatados pelo site do projeto.

Médicos levam denúncias sobre saúde pública e privada ao Ministério Público

MedicinaA Associação Médica Brasileira (AMB) encaminhou hoje, ao Ministério Público Federal, denúncias sobre problemas na oferta de serviços de saúde pelas redes pública e privada. A demora no atendimento é a principal reclamação recebida pela entidade. Problemas desse tipo foram responsáveis por 59% das reclamações enviadas ao site da associação.

“A demora acontece em pronto-socorro, exames radiológicos. Para cirurgias, às vezes passam seis meses, um ano e, depois disso, os exames necessários para o procedimento perdem a validade”, relatou o diretor da AMB, José Luiz Mestrinho.

A falta de medicamentos foi o segundo maior motivo de queixas, com 32% das denúncias. Em seguida, vieram a falta de materiais e a ausência de leitos, com 23% e 21% das reclamações, respectivamente.
São Paulo teve um terço das quase 2500 denúncias registradas. Minas Gerais e Bahia ficaram em segundo e terceiro lugar no número de reclamações.

As denúncias foram recebidas entre os dias 12 de março e 7 de fevereiro, por meio do site colaborativo Caixa Preta da Saúde, que recebe críticas ao atendimento ofertado no sistema de saúde brasileiro. Os usuários registram as queixas enviando vídeos, fotos e relatos do que aconteceu.

O processo para apuração dos casos foi aberto, mas, de acordo com Mestrinho, o MPF pediu informações específicas sobre os locais das denúncias para que o órgão possa fazer as investigações.

Gasto médio do brasileiro com presentes para o Dia das Mães atingirá R$ 193

Grafico2Pesquisa feita pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), em parceria com o Instituto Ipsos, verificou que o gasto médio para o Dia das Mães atingirá, este ano, em torno de R$ 193, considerando a compra de mais de um presente para a mesma pessoa ou para pessoas diferentes, como a própria mãe, a esposa, a avó ou a sogra. 

O economista da Fecomércio-RJ, Christian Travassos, disse à Agência Brasil que esse gasto médio vai ser feito por mais da metade (52,2%) dos consumidores que declararam intenção de dar presentes no Dia das Mães. A pesquisa indica que os filhos homens demonstraram intenção de gastar mais (R$ 212), em média, do que as mulheres (R$ 174).

Travassos observou que, apesar de a mulher ter elevado sua participação no mercado de trabalho e também a renda e a escolaridade, os homens ainda constituem a maior parte dos chefes de família e têm uma situação salarial melhor. “Na prática, o poder aquisitivo ainda é maior entre os homens, apesar de ter havido um ganho expressivo das mulheres, nos últimos anos”.

De acordo com a pesquisa, 32,2% dos que afirmaram que devem presentear pretendem comprar roupas. Perfumes e cosméticos, com 20,8%, estão em segundo lugar nas intenções de compra. Calçados, bolsas e acessórios aparecem em terceiro, com 11,5%. O estudo, feito com mil consumidores em 70 municípios brasileiros, entre os dias 28 de abril e 3 de maio, foi divulgado hoje (9), no Rio de Janeiro.

Em outra sondagem, de âmbito estadual, feita com 403 empresários do setor do comércio em 22 municípios fluminenses, constatou-se que 72,9% dos estabelecimentos são influenciados pelas vendas do Dia das Mães. O movimento ganha maior peso diante do cenário econômico, que sinaliza para um baixo crescimento, este ano, do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma das riquezas do país, segundo Christian Travassos.

Ele também destacou que o varejo tem crescido acima da média. “Qualquer data comemorativa que cresça em relação ao ano anterior, cresce em cima de um movimento que já não é pequeno e, em segundo lugar, cresce em cima de uma rotina que já está acima da série histórica”. Isso se dá, em grande parte, devido ao aumento da massa salarial, informou.

Em média, os empresários do estado do Rio de Janeiro estimam elevar o faturamento em 5,4% em comparação ao ano passado. A pesquisa mostra que 46,6% dos varejistas afirmaram que o faturamento deste ano deve subir em relação ao ano passado, contra 41,2% que apostam em estabilidade nas vendas e 12,2% que acreditam em queda da receita. Um total de 38,1% dos entrevistados está efetuando promoções específicas para a data. Entre os quase 73% dos estabelecimentos influenciados pelo Dia das Mães, 12,6% adotaram uma jornada especial de trabalho. Apenas 5% efetuaram contratação de trabalhadores temporários.

Laudo do Reino Unido aponta caso atípico de vaca louca em MT, diz Agricultura

GadovacinacaoO Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento recebeu hoje (9) laudo de exames realizados em Weybridge, na Inglaterra, para determinar o tipo de encefalopatia espongiforme bovina (EEB), conhecida como doença da vaca louca, que atingiu um animal em Mato Grosso. De acordo com nota divulgada pela pasta no início da noite, o documento concluiu que as características apontam um caso atípico (tipo H), que costuma ocorrer em animais mais velhos. Trata-se de uma manifestação rara, não associada à ingestão de ração contaminada e com menor risco de disseminação.

Citando o laboratório, o ministério informou que “as informações observadas (…) não mostram nenhuma das características que apontariam para um caso clássico da enfermidade. Ao contrário, reforçam a consistência de um caso atípico”. O Ministério da Agricultura fez testes no Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro-PE), que indicaram a presença da doença. Para cumprir o protocolo da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e determinar o tipo de manifestação, também encaminhou amostras para o laboratório de confiança da entidade no Reino Unido.

A pasta também iniciou uma investigação epidemiológica em campo, sacrificando e testando 49 bovinos contemporâneos do animal que desenvolveu a doença, mas os resultados deram negativo. Fiscais do ministério detectaram a suspeita em 19 de março em um frigorífico da JBS/Friboi. A empresa e o governo garantiram que a carne não chegou ao mercado de consumo. Segundo o ministério, a situação demonstrou “capacidade de resposta rápida do serviço veterinário oficial brasileiro”.

Até o momento, dois países anunciaram a suspensão das importações da carne brasileira por causa do caso de EEB. Egito e Peru anunciaram embargo de 180 dias para o produto. O Egito impôs restrições somente ao estado de Mato Grosso, enquanto o país latino-americano suspendeu as compras de carne originária de todo o país.

De acordo com a nota do Ministério da Agricultura, a partir de agora, “as embaixadas brasileiras e o serviço veterinário oficial do Brasil estão preparados para fornecer quaisquer esclarecimentos aos parceiros comerciais que os solicitem ou eventualmente criem restrições comerciais temporárias”.

Petrobras tem lucro líquido de R$ 5,39 bilhões no primeiro trimestre

 Petrobras_-_agencia_brasilSegundo estatal, plano de demissões voluntárias foi principal fator para queda de 30% no lucroDivulgação/Petrobras

A Petrobras divulgou hoje (9) os resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre deste ano. A companhia registrou lucro líquido de R$ 5,393 bilhões no período. O número foi 14% inferior ao trimestre anterior, “especialmente devido à ausência do benefício fiscal relativo ao provisionamento de juros sobre capital próprio, ocorrido no quarto trimestre de 2013”, especificou a empresa, em resumo divulgado à imprensa pela internet.

Em comparação ao primeiro trimestre de 2013, o lucro líquido caiu 30%. Segundo a estatal, a retração foi reflexo do plano de incentivo ao desligamento voluntário (PIDV), anunciado recentemente. “Na comparação com o primeiro trimestre de 2013, o lucro líquido foi 30% inferior, refletindo a redução no lucro operacional, devido ao provisionamento de R$ 2,4 bilhões com o PIDV e o menor resultado financeiro. Com a implementação do PIDV, totalizando 8.298 empregados inscritos (12,4% do efetivo total), há previsão de redução de custos de R$ 13 bilhões no horizonte 2014–2018”, explicou a empresa.

O lucro operacional somou R$ 7,6 bilhões, 8% superior ao do último trimestre de 2013, “principalmente devido aos maiores preços de derivados e da menor participação de derivados importados nas vendas”.

A produção total de petróleo e gás natural atingiu 2,531 milhões de barris por dia na média do trimestre, ficando estável em relação ao quarto trimestre de 2013. “Em março de 2014, batemos novo recorde de produção mensal no pré-sal, atingindo 395 mil barris de petróleo por dia, e em 18 de abril, registramos recorde diário de 444 mil barris por dia”, especificou a empresa.

Os dados serão detalhados na próxima segunda-feira (12) a investidores e analistas, pela presidenta da Petrobras, Maria das Graças Foster, e os diretores da companhia Almir Barbassa (Financeiro e de Relações com Investidores), José Alcides Santoro (Gás e Energia), José Carlos Cosenza (Abastecimento) e José Formigli (Exploração e Produção).

A reunião pela internet com investidores e analistas será realizada às 10h. A imprensa poderá acompanhar a transmissão da conferência, em tempo real, no auditório da sede da empresa ou pelo site da estatal. Logo depois, haverá coletiva à imprensa na sede da companhia, no centro do Rio.

Sudão do Sul: governo e rebeldes firmam acordo de cessar-fogo

 SuldaoO presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, e o líder da oposição no país, Riek Mashar, assinaram hoje (9) um acordo de cessar-fogo para buscar uma saída negociada para o conflito que aflige o país. O documento, assinado na capital da Etiópia, Adis Abeba, foi firmado perante os meios de comunicação no país.

Foi o primeiro encontro entre o presidente e o líder opositor desde dezembro do ano passado, quando o conflito foi iniciado, após uma tentativa de golpe de Estado orquestrado por Mashar. Desde então, mais de mil pessoas morreram.

Além do conflito entre governo e rebeldes, o Sudão do Sul foi palco de massacres étnicos que afetaram especialmente a população mais jovem no país, que conquistou a independência do Sudão em 2011.

A missão da Organização das Nações Unidas (ONU) advertiu reiteradas vezes que os combates deixaram uma grande quantidade de refugiados internos. Também há denúncias de violações de direitos humanos, nos mais de quatro meses de conflito e ataques étnicos.

Apesar da assinatura do acordo, a situação no país ainda é delicada. A alta comissariada da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Navi Pillay, disse hoje que os atos cometidos no Sudão do Sul poderiam anteceder um genocídio no país, de maneira semelhante ao ocorrido em Ruanda, em 1994. Pillay presidiu o Tribunal Internacional Penal para Ruanda.

“O ódio com que os meios de comunicação, como as rádios, fazem chamamentos para violentar mulheres de um grupo étnico específico, os ataques contra civis, hospitais, igrejas, mesquitas e contra gente albergada em abrigos da ONU (…) tudo isso suscita a violência em função do pertencimento a determinada etnia”, declarou.

* Com informações da Agência Lusa e da TV Multiestatal Telesur

Museu Afro Brasil mostra o melhor que a Bahia tem

OmelhorMuseu Afro Brasil e o melhor que a Bahia temMakaya Mayuma Bedel/Divulgação

O que é que a Bahia tem? é uma exposição sustentada em três nomes que marcaram a literatura, música e artes visuais não só do estado nordestino, mas de todo o Brasil. Em homenagem ao centenário de nascimento do compositor Dorival Caymmi e lembrando o escritor Jorge Amado e o artista Carybé, a mostra pode ser vista no Museu Afro Brasil, no Parque Ibirapuera, até 6 de junho. “A exposição pretende criar essa atmosfera mágica da Bahia, onde se encontra tudo ou quase tudo”, explica o diretor do museu e curador da exposição, Emanoel Araujo.

O amplo material traz as referências da arte baiana desde o século 18. Podem ser vistas, por exemplo, obras de Joaquim José da Rocha, que pintou o teto da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia. “Pelas terras banhadas pela Baía de Todos os Santos, uma longa história se formou nos últimos 465 anos, a começar pelo encontro de Diogo Álvares Correia, o Caramuru, salvo de um naufrágio, com os tupinambás, logo desposando a índia Catarina Paraguaçu”, ressalta o curador.

A arte moderna está representada pelas esculturas e pinturas de Carybé, além das tapeçarias e Genaro de Carvalho ao lado de obras de Mário Cravo e Carlos Bastos. Não falta  a Bahia vista pelo do cinema, apresentada nos documentários de Alexandre Robatto. O cineasta filmou em meados do século 20 obras como A Pesca de Sarel, O Regresso de Marta Rocha e A Puxada de Rede, que serão exibidos para o público.

Estão também a disposição do visitante as primeiras edições de clássicos de Jorge Amado, como Tieta do Agreste, Mar Morto e Tocaia Grande. “É uma exposição aberta para todos os seguimentos que explicam o universo da Bahia”, enfatiza Emanoel ao lembrar que as letras são complementadas por um extenso acervo de imagens.

Tem destaque o Barroco Rebolado, série de fotografias de Sílvio Robatto de detalhes de ícones da paisagens e arquitetura baiana.

Mostra do Museu Afro Brasil traz o melhor que a Bahia tem(Divulgação)

Museu Afro BrasilDivulgação

“Um trabalho de manipulação fotográfica dos anos 1970 e 1980, onde ele injeta elementos visuais abstratos”.

As músicas de Caymmi foram inspiração para artistas visuais em um conjunto de obras que comemorou os 90 anos do compositor e que faz parte do acervo do museu. São 14 obras assinadas por nomes como Regina Silveira e Arnaldo Antunes.

O curador alerta, entretanto, que a citação dos nomes importantes e as descrições dos trabalhos são pouco perto da força da coleção exposta. “É preciso estar lá para ver. Não se pode traduzir só em palavras, porque a Bahia é mais do que palavras”, finalizou Emanoel.

Correios devem criar serviço de telefonia celular até o fim do ano

Os Correios deverão começar a oferecer, até o fim do ano, serviços de telefonia celular. A autorização do Ministério das Comunicações para a prestação de serviços de telefonia móvel virtual, chamada de MVNO (Mobile Virtual Network Operator, ou operadora móvel com rede virtual, em tradução livre), foi divulgada esta semana e permite que a estatal firme parceria com empresas do setor de telecomunicações para oferecer o serviço a seus clientes. 

 SmartphoneOs Correios vão oferecer o serviço móvel celular por meio da rede de uma operadora tradicional, atuando sem rede própriaMarcello Casal Jr./Agência Brasil

A primeira etapa de atuação dos Correios, prevista para ser implantada em outubro, terá a comercialização de chips e recarga de créditos. A segunda etapa incluirá venda de aparelhos e está prevista para o primeiro semestre de 2015. A previsão é levar o serviço a 8 milhões de pessoas em cinco anos, tanto nos grandes centros, como em localidades menores e mais remotas. O serviço de MVNO consiste na prestação do serviço móvel celular por meio da rede de uma operadora tradicional, atuando sem rede própria em nichos de mercado onde as operadoras tradicionais não tenham interesse de atuar.

O regulamento que criou o operador virtual foi aprovado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em em 2010, para permitir o ingresso no mercado de prestadores que não têm licença para uso de frequências nem infraestrutura de rede de telecomunicações. Para prestar o serviço, os operadores virtuais precisam firmar acordos comerciais com operadores móveis tradicionais, que têm licença e infraestrutura em operação. As empresas que oferecem o serviço alternativo têm obrigações semelhantes às de uma empresa tradicional de telefonia móvel, inclusive no cumprimento do Código de Defesa do Consumidor. 

No caso dos Correios, a prestação do serviço deverá se basear em participação acionária dos Correios em uma empresa brasileira de telecomunicações, com base na nova estratégia empresarial da estatal. A empresa que fará essa parceria ainda não foi anunciada.

Segundo os Correios, a presença rede de agências dos Correios, presente em todos os municípios do país, com aproximadamente 12 mil unidades de atendimento, pode melhorar o acesso do cidadão ao serviço de telefonia celular. Toda a rede de agências no Brasil será utilizada.

Em fevereiro, os Correios e o grupo italiano Poste Italiane firmaram acordo para o lançamento do MVNO no Brasil. Na parceria com o grupo italiano, os Correios contribuem com a capilaridade da rede de atendimento e o grupo italiano entra com sua experiência. A Poste Mobile, lançada em 2007, é líder no mercado de MVNO na Itália, com 3 milhões de clientes

No Brasil, a Porto Seguro foi a primeira operadora móvel virtual a entrar em operação, em 2012. A empresa adotou o modelo de autorizada de rede virtual e utiliza a rede da TIM. Atualmente, a empresa tem 103,2 mil acessos ativos, com participação de 0,04% no mercado. 

Michele Obama diz estar indignada com sequestro de meninas na Nigéria

MicheleobamaA primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, disse estar indignada com o caso das 200 adolescentes sequestradas na Nigéria pela milícia radical islâmica Boko Haram. O presidente Barack Obama, que toda semana faz um discurso ao país, cedeu o espaço à esposa, pela primeira vez na história americana.

Mãe de duas adolescentes, Michelle disse que ela e o presidente sentem “indignação” em relação ao episódio. “Nessas jovens, Barack e eu vemos as nossas filhas. Vemos as suas esperanças, os seus sonhos e só podemos pensar na angústia que os pais podem estar sentindo neste momento”, destacou a primeira-dama. O pronunciamento antecede o Dia das Mães, celebrado amanhã em várias partes do mundo.

Michelle Obama disse também que a coragem das adolescentes deve servir de inspiração para que outros jovens se comprometam com a própria educação e peçam ações para que todos tenham acesso a ela. O grupo Boko Haram, que é contrário à educação das mulheres, ameaçou publicamente vender e escravizar as garotas.

A primeira-dama lembrou que outras jovens vivem situações semelhantes em outras partes do mundo. “O que se passou na Nigéria não é um incidente isolado, é uma história que sofrem todos os dias jovens em todo o mundo que arriscam as suas vidas para cumprir as suas ambições”, disse.

Michelle Obama recordou o caso da adolescente paquistanesa Malala Yousafzai, baleada em outubro de 2012 por extremistas muçulmanos, por defender o direito universal à educação. Malala visitou a Casa Branca e falou na Organização das Nações Unidas (ONU) no ano passado.

“Quando a conheci pude sentir a sua paixão e determinação, enquanto me contava que a educação para outras jovens ainda é a missão da sua vida”, afirmou a primeira-dama, lembrando que há mais de 65 milhões de garotas no mundo sem escolarização.

Na terça-feira (6), o presidente Barack Obama disse que faria “todo o possível” para ajudar a Nigéria a procurar as adolescentes. O governo dos Estados Unidos anunciou que enviaria militares para apoiar as autoridades nigerianas no resgate.

Forças Armadas iniciam operação com 30 mil militares para patrulhar fronteiras

Forca_nacionalAs Forças Armadas brasileiras iniciaram hoje (10) a Operação Ágata 8, com o objetivo de combater crimes e irregularidades na fronteira brasileira. Este ano, em função da Copa do Mundo, a ação vai abranger toda a extensão da fronteira, que tem 16,8 mil quilômetros. O mesmo aconteceu em 2013, em função da visita do papa Francisco e da realização da Copa das Confederações. Nas seis primeiras edições, nos anos de 2011 e 2012, a operação patrulhou somente pontos estratégicos.

Para dar conta do patrulhamento, cerca de 30 mil militares do Exército, Marinha e Aeronáutica foram destacados. Além desse contingente, participarão agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar dos estados envolvidos. Também vão colaborar profissionais da Receita Federal e de agências governamentais como a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Eles estarão atentos aos principais crimes fronteiriços, como tráfico de drogas e armas, contrabando, crimes ambientais e imigração, além de garimpo ilegais, por exemplo.

De acordo com a assessoria de comunicação do Ministério da Defesa, o posicionamento das tropas para início da Ágata 8 começou na última semana e a ação foi oficialmente deflagrada às 8h de hoje. Ainda segundo a assessoria, não há prazo para o fim da movimentação, já que isso dependerá dos desdobramentos da fiscalização. No entanto, ao fim será divulgado um balanço.

A Operação Ágata 8 é parte do Plano Estratégico de Fronteiras, criado pela presidenta Dilma Roussseff em 2011. Antes da deflagração, o governo brasileiro manteve contato com os dez países vizinhos para repasse de informações sobre o emprego do aparato militar. A operação está sob comando do ministro da Defesa, Celso Amorim, e do general José Carlos De Nardi, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas.


Música de Qualidade - 24h!

300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

novembro 2014
D S T Q Q S S
« out    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2014

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -