Tocantins poderá plantar algodão transgênico

 

Brasília – O estado do Tocantins foi autorizado a plantar algodão transgênico. A Portaria nº 30, publicada hoje (15) no Diário Oficial da União, retira o estado da Zona de Exclusão de plantio de algodão geneticamente modificado. O Tocantins foi incluído nessa zona por meio da Portaria nº 21, de 13 de janeiro de 2005.

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) elaborou um parecer técnico para retirar o estado da Zona de Exclusão, aprovando a medida. De acordo com a Secretaria de Agricultura e Pecuária do Tocantins, a autorização foi expedida após pedido do governo estadual. Com a medida, a secretaria espera ampliar a produção de 5 mil para 40 mil hectares este ano.

Para pedir a autorização, o governo estadual argumentou que a ampliação do plantio de algodão pode contribuir para o desenvolvimento regional e para controlar a presença da lagarta Helicoverpa Armigera, que devasta as lavouras.

Em 2005, quando foi definida a Zona de Exclusão, o objetivo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) era preservar a cultura de algodão nativo e selvagem no país, evitando cruzamentos. Mas, na época, foram definidas as áreas que poderiam ser incluídas ou retiradas da Zona de Exclusão.

Agência Brasil

Festa de Nosso Senhor do Bonfim ganha título de Patrimônio Imaterial Nacional

 

Brasília – A Festa de Nosso Senhor do Bonfim, que ocorre em Salvador desde 1745, se torna hoje (15) Patrimônio Imaterial Nacional. O título será entregue pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, e pela presidenta do Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Jurema Machado, ao governador da Bahia, Jaques Wagner, ao prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, ao arcebispo dom Murilo Krieger, ao superintendente do Iphan-BA, Carlos Amorim, e ao juiz da secular Irmandade de Nosso Senhor do Bonfim e Nossa Senhora da Guia, Arthur Napoleão.

O registro da festa como patrimônio cultural brasileiro foi aprovado em 5 de junho do ano passado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural.

A celebração é considerada uma das mais simbólicas no estado e articula duas matrizes religiosas distintas – a católica e a afro-brasileira. Os rituais começam com um cortejo – que sai da Igreja da Conceição da Praia, no bairro do Comércio – e seguem até a Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim, na Colina Sagrada, península de Itapagipe, onde é feita a lavagem das escadarias.

“Mais que uma grande manifestação religiosa da Bahia, a celebração é uma referência cultural importante na afirmação da cultura baiana, além de representar um momento significativo de visibilidade para os diversos grupos sociais”, informou o Iphan.

Agência Brasil

Mato Grosso está em estado de emergência fitossanitária

Brasília – O Ministério da Agricultura determinou estado de emergência fitossanitária no estado de Mato Grosso. A medida foi tomada devido ao ataque da praga Helicoverpa Armigera em áreas de produção agrícola. Com a declaração de estado de emergência, será implementado o plano de supressão da praga. A medida vale por um ano e foi adotada por meio de portaria publicada na edição de hoje (15) do Diário Oficial da União.

Outra portaria altera as regras de importação de produtos agrotóxicos, que tenham como ingrediente ativo a substância Benzoato de Emamectina para fins de contenção da praga Helicoverpa Armigera.

De acordo com essa portaria, para importar o produto é necessário o registro ou a autorização expedida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Também é preciso registro do estabelecimento do importador no órgão competente, no estado ou no Distrito Federal. A Secretaria de Defesa Agropecuária do ministério emite a autorização emergencial e temporária para a importação do produto.

A portaria também estabelece que, para quantificar o volume a ser importado de Benzoato de Emamectina, o órgão estadual de defesa agropecuária apresentará para o ministério a estimativa de área a ser plantada no período de validade da emergência, com identificação das culturas agrícolas hospedeiras da praga.

O controle de estoque, armazenamento e distribuição do Benzoato de Emamectina será de responsabilidade do importador. Para a importação, o interessado deve procurar a Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento do ministério, no estado onde estiver ocorrendo a emergência fitossanitária.

Agência Brasil

Economia global deve crescer 3,2% este ano, prevê Banco Mundial

Da Agência Brasil*

Grafico2

Brasília – A economia mundial vai crescer 3,2% em 2014, estabilizando nos 3,4 e 3,5% nos dois anos seguintes – aumento de cerca de 1 ponto percentual em relação aos 2,4% de 2013, prevê o Banco Mundial em seu relatório bianual Perspectivas Econômicas Globais. De acordo com o documento, divulgado hoje (15) em Washington, a economia mundial deverá se fortalecer em 2014, e os países desenvolvidos devem conseguir se recuperar da crise financeira mundial, ao fim de cinco anos.

A estabilização do crescimento acima dos 3% neste e nos próximos dois anos terá como base não só a produção de riqueza nos países em desenvolvimento e o forte crescimento chinês, mas também a aceleração econômica dos países desenvolvidos, segundo o relatório. Porém, o documento aponta risco para esse resultado otimista, entre os quais, o aumento das taxas de juros e as consequências do fim do estímulo à economia nos Estados Unidos.

“O crescimento parece se fortalecer, quer nos países em desenvolvimento quer nos países desenvolvidos, mas os riscos continuam a ameaçar a recuperação econômica global”, disse o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, considerando que “o desempenho das economias avançadas está ganhando fôlego, o que deve suportar um crescimento mais forte nos próximos meses nos países em desenvolvimento”.


No entanto, “para acelerar a redução da pobreza, as nações em desenvolvimento têm de implementar reformas que promovam a criação de emprego, o fortalecimento dos sistemas financeiros, além de lançar redes de segurança social”, alertou Jim Yong Kim.

O crescimento nos países em desenvolvimento vai aumentar de 4,8% em 2013 para 5,3% este ano e 5,5 e 5,7% nos dois anos seguintes, indicando um crescimento mais baixo do que nos anos antes da crise financeira, algo que, considera o Banco Mundial, não é preocupante, uma vez que essas taxas de crescimento acima de 7% eram insustentáveis no médio prazo.

Os países desenvolvidos deverão crescer 2,2% este ano, estabilizando nos 2,4% em 2015 e 2016, liderados pelos Estados Unidos, que deverão ter aumento de aproximadamente 3% ao ano, ao passo que na zona do euro o crescimento da economia deve ficar em 1,1% este ano e 1,4 e 1,5% nos próximos dois anos.

“Os indicadores econômicos globais mostram melhorias, mas não é preciso ser especialmente astuto para ver que há perigos escondidos por baixo da superfície. A zona do euro já saiu da recessão, mas o rendimento individual continua a cair em vários países. Esperamos que os países em desenvolvimento cresçam acima de 5% em 2014, com alguns países comportando-se consideravelmente melhor, como Angola, com 8%, China, com 7,7%, e Índia, com 6,2%”, disse o economista-chefe e vice-presidente do Banco Mundial, Kaushik Basu.

O relatório sobre as perspectivas econômicas globais nota ainda que “apesar de os principais riscos que preocupavam a economia mundial nos últimos cinco anos terem sido ultrapassados, os desafios subjacentes continuam” e, pior, os orçamentos, principalmente nos países em desenvolvimento, já não têm margem para manter os estímulos fiscais e orçamentais.

Assim, o Banco Mundial sugere aos líderes políticos que se concentrem agora na resposta que vão dar à significativa contração do sistema financeiro, visível no aumento das taxas de juros para empréstimos, na redução dos fluxos de capital e na redobrada cautela com que os bancos, de uma forma geral, encaram novos investimentos e créditos.

*Com informações da Agência Lusa

Receita paga hoje lote residual de restituições do IR

IR_23

Brasília – A Receita Federal paga hoje (15) lote de restituições residuais do Imposto de Renda Pessoa Física 2013. A consulta foi disponibilizada no dia 8, no site da Receita. Além das declarações de 2013, foram retirados da malha fina lotes do Imposto de Renda Pessoa Física 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. 

Ao todo, serão pagos R$ 159,9 milhões para 73.581 contribuintes. Os valores estarão disponíveis no banco nesta quarta-feira. Parte dos recursos foi liberada prioritariamente para contribuintes idosos ou com deficiência física ou mental ou moléstia grave, como determina a lei.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita Federal na internet, ou ligar para o Receitafone, no 146. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte pode contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou entrar em contato com a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em qualquer banco.

Os montantes de restituição para cada exercício, e a respectiva taxa Selic aplicada, podem ser acompanhados na tabela a seguir:


*Fonte: Receita Federal

 Agência Brasil

Naufrágio mata mais de 200 pessoas que fugiam da guerra no Sudão do Sul

Da agência Brasil*

Suldao

Juba – Pelo menos 200 civis do Sudão Sul morreram hoje (14) em um acidente de ferry (balsa), no estado do Alto Nilo, quando fugiam de combates na cidade de Malakal, anunciou o porta-voz do Exército, Philip Aguer.

“As notícias que nos chegam dão conta de 200 a 300 pessoas, incluindo mulheres e crianças. O barco estava superlotado. Todos se afogaram. Eles fugiam dos combates que foram retomados na cidade de Malakal”, disse Aguer.

Foram registrados fortes combates em Malakal, onde as forças rebeldes tentaram tomar o controle da cidade, que já mudou de mãos duas vezes desde que o conflito começou no Sudão do Sul, em 15 de dezembro.

“Há novamente combates dentro e em torno de Malakal”, disse o representante das Nações Unidas no Sudão do Sul Toby Lanzer, acrescentando que a base das forças de manutenção de paz ficou cheia de pessoas a procurar abrigo, tendo o número de refugiados aumentado de 10 mil para 19 mil.

O Exército relatou ainda combates em outras áreas, como ao sul de Bor e em torno da cidade de Rajaf. Segundo as Nações Unidas, cerca de 400 mil civis fugiram de casa no último mês.

O conflito em curso desde 15 de dezembro afeta as rotas de abastecimento, leva os comerciantes a se deslocar e provoca aumento dos preços dos alimentos e dos combustíveis, além de levar à ruptura dos mercados locais, que são cruciais para as populações dependentes da agricultura e da pesca.

O Sudão do Sul, independente desde julho de 2011 do Sudão, é palco, desde 15 de dezembro, de combates entre as forças governamentais e rebeldes. Os combates, que se intensificaram no domingo, já causaram milhares de mortos e cerca de 200 mil deslocados.

Para evitar que a crise se transforme em uma guerra civil, vários países africanos estão envolvidos em esforços de mediação e tanto os Estados Unidos quanto a União Europeia enviaram representantes especiais para a região.

*Com informações da Agência Lusa

Inflação para a terceira idade termina 2013 abaixo da média nacional

Inflacao21Rio de Janeiro – A inflação acumulada em 2013 para as famílias compostas majoritariamente por pessoas com mais de 60 anos ficou abaixo da média nacional, informou hoje (14) a Fundação Getulio Vargas. O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i) teve variação de 2,10% no quarto trimestre e encerrou o ano com 5,48%, abaixo dos 5,63% do Índice de Preços ao Consumidor (IPC).

O resultado do último trimestre representa uma aceleração de 1,91 ponto percentual em relação ao terceiro, que tinha sido encerrado com inflação de 0,19%. A alta foi constatada em todas as classes de despesas pesquisadas.

O grupo alimentação foi o maior responsável pelo ritmo mais intenso da inflação, já que deixou uma taxa negativa de 1,79% no terceiro trimestre para encerrar os três meses seguintes subindo 3,56%. As hortaliças e os legumes se destacaram entre os componentes do grupo, trocando uma queda de 33,25% por uma alta de 12,77%.

No grupo transportes, em que a taxa evoluiu de -0,51% para 1,95%, a gasolina teve papel determinante, com alta de -0,08% para 3,78%. Em habitação, o crescimento do condomínio residencial de 0,15% para 2,30% foi um dos principais responsáveis pelo aumento da taxa de 1,04% para 1,75%.

Nos outros grupos, as altas foram: em educação, leitura e recreação, de 0,89% para 2,51%; em vestuário, de 0,40% para 2,31%; em comunicação, de 0,17% para 0,91%; em despesas diversas, de 0,53% para 1,61%; e em saúde e cuidados pessoais, de 1,19% para 1,49%.

Agência Brasil

Atentado marca início de referendo da nova Constituição egípcia

Da Agência Brasil*

Egito-bandeira

Brasília – Uma bomba explodiu hoje (14) em frente a um tribunal da cidade do Cairo, capital do Egito, pouco antes de os locais de votação serem abertos para o referendo à nova Constituição do país – passo decisivo na legitimação do poder transitório, depois da destituição do ex-presidente Mohamed Mursi pelos militares, em julho de 2013. O atentado não deixou vítimas e é o último de uma série de ações violentas que ocorrem há meses no país mais populoso da região árabe, com cerca de 85 milhões de habitantes.

Mais de 52,7 milhões de eleitores estão convocados hoje e amanhã (15) a votar o novo texto constitucional. As previsões indicam que a Constituição deve ser aprovada fornecendo uma base legal ao Executivo de transição e abrindo o caminho para novas eleições legislativas e presidenciais que deverão decorrer até o final de 2014.

Na sequência do afastamento de Mursi, o Parlamento foi dissolvido e a Constituição, redigida por uma Assembleia Constituinte de maioria islâmica, recebeu diversas emendas.

A Aliança Nacional de Apoio à Legitimidade, uma coligação islâmica liderada pela Irmandade Muçulmana contra a deposição de Mursi, anunciou que vai boicotar o referendo.

O grupo Jovens contra o Golpe, ramo juvenil da coligação islâmica, também prometeu boicotar a consulta e promover atos de desobediência civil.

Os partidos e grupos incluídos na Frente de Salvação Nacional, o principal bloco da oposição que se opôs ao mandato de Mursi e que inclui seis partidos, anunciaram apoio à nova carta.

*Com informações da Agência Lusa

Livro reflete sobre os ´Anos de Chumbo´ vividos em Crato

Obra contextualiza no município os movimentos democráticos de resistência

Juazeiro do Norte. Um período que jamais será esquecido nas páginas da história do Brasil passa a ter um documento inédito também no Cariri, com o recém-lançado “Anos de Chumbo: O Movimento Político Estudantil e a Ditadura Militar do Crato”, do escritor, jornalista e pesquisador Jurandy Temóteo. Foram vários anos dedicados à obra, que pela primeira vez reúne nomes importantes de participantes ativos de um processo que mudou o País.

AnosdechumboO trabalho não teve ainda lançamento oficial, mas chama a atenção pela rica composição de dados e pluralidade de informações fotos: elizângela santos

O professor Jurandy adentrou aos meandros de um período em que procurou mostrar as suas diversas facetas. Mostra de que forma o Crato recebeu essa realidade, como os movimentos, em especial o estudantil, e se comportou com a fase em que os militares assumiram o poder. Na obra, ele cita o período em que o Crato teve a visita do então presidente da República, Castelo Branco, político cearense, que inclusive está registrado na capa do trabalho. Ele veio presidir as festividades dos 200 anos do Crato, em 21 de junho de 1964, a convite do então senador Wilson Gonçalves.

As prisões de jovens e idosos são relatadas pelo autor, mesmo sem acusações formais, na calada da noite, foram levados como subversivos. As pessoas eram conduzidas à delegacia de Juazeiro do Norte e em seguida levados para Fortaleza, para as celas do Dops. As arbitrariedades cometidas, com ameaças de tortura, são ditas pelas próprias vítimas. Para o professor Jurandy, o seu maior interesse foi poder inserir em um livro, com um rico acervo de fotografias, esse momento da história. Ainda haverá um segundo trabalho, provavelmente, para que seja relatada uma segunda fase desse momento da ditadura, já que havia um material extenso. A edição foi detalhada, para conter os principais acontecimento além dos relatos, incluindo de dona Almina Arraes, irmã de Miguel Arraes, e da prisão do jovem Valdesley Alves, poeta da cidade de Mautiri, preso de forma arbitrária e torturado. O trabalho não teve ainda lançamento oficial, mas chama a atenção pela rica composição de informações, pluralidade de informações sobre a ditadura, as vítimas do processo, e o comportamento da cidade na época. Como eram os festivais da canção e os meios de comunicação. Como essa realidade tenebrosa influenciava as pessoas.

Com vários livros editados, o professor aposentado da Universidade Regional do Cariri (Urca), produz e edita a revista A província, dentre outras publicações já realizadas e publicadas, escritas por ele e outros autores, por meio de sua editora. Segundo o professor Jurandy, há a história oficial e a real, considerada a parte marginal do processo. A que não consta as conveniências do momento. “Então, procurei dar vez e voz a esses personagens que com o tempo iriam se apagar, com as pesquisa e entrevistas”, diz ele.

Dentro desse contexto, para ele, ou se diz a verdade ou fica dentro da conveniência. “A gente passa e as coisas ficam. E temos essa riqueza de acontecimentos na nossa história”, ressalta. Anos de Chumbo começa com uma análise poética do trabalho de Valdesley Alves. A sua obra reflete algumas consequências do período da ditadura. No livro, é relatada a própria tortura sofrida pelo poeta, por uma barbalhense, Antonieta Duarte, que também sofreu pressões e foi perseguida. Atualmente é advogada e seu testemunho inédito foi registrado.

Horizonte

O horizonte geográfico do trabalho é o Crato, com as ramificações sobre a ditadura na região. Casos como o de Valdesley, Alberto Teles, família Arraes, são registrados por meio de entrevistas. São 13 ao todo, com nomes como o escritor e advogado, Emerson Monteiro, e o médio e político, Marcos Cunha.

Além disso, há o registro da memória iconográfica e testemunhos por escrito, para se ter um contexto das coisas que ocorreram na época.

O professor, que no período era estudante e fez parte do movimento estudantil, fez parte de um grande ciclo de amizades. Havia uma grande efervescência na época. “Fui um personagem, mas sempre abominei violência e era amigo das duas partes, mas que na verdade a gente não tinha tantos comunistas no Cariri, mas idealistas e jovens querendo defender o petróleo e a nação”, afirma ele.

No Cariri havia dois blocos, segundo o autor, um deles querendo defender o Brasil, e outra parcela querendo um movimento de libertação, com alguns comunistas, mas relata que os abusos eram demais. A própria imprensa era sempre do lado da direita. No livro estão relatados os discursos realizados na visita de Castelo Branco, com análise dos posicionamentos. (E.S)

Mais informações:

Professor Jurandy Temóteo
Crato
Telefones: (88) 9909.2138 – 3521.2552

Projeto faz uso da reciclagem no Cariri

Juazeiro do Norte. Um catador que usa a sua experiência para educar as pessoas de como melhor aproveitar o lixo e promover a conscientização ambiental. Há 18 anos, Francisco Alvino, presidente da Associação Engenho do Lixo, iniciou sua atividade como catador e está à frente da entidade, que também tem chamado a atenção de instituições de outros países, para a experiência de se trabalhar com o que é recolhido nas ruas e o seu melhor aproveitamento.

Engenholixo

O Engenho do Lixo, criado há seis anos, recebe materiais como lâmpadas fluorescentes, e repassa também baterias de celulares FOTO: ELIZÂNGELA SANTOS

O desafio agora é poder criar uma cooperativa regional, com a implantação do aterro consorciado, junto ao Governo do Estado, Universidade Federal do Cariri (UFCA), e a secretaria de Meio Ambiente da cidade de Juazeiro do Norte.

O Engenho do Lixo, criado hás seis anos, é o único local que recebe materiais como lâmpadas fluorescentes, e repassa também baterias de equipamentos como celulares, e faz o seu devido encaminhamento, além de lixo eletrônico. A cada mês são repassados pela associação cerca de 50 toneladas de lixo. As atividades do Engenho do lixo ainda contam com pouco apoio, principalmente no tocante ao poder público. Ele diz que empresas, principalmente de fora, têm visto com bons olhos as atividades da entidade.

O trabalho na associação, além da separação e compactação do lixo, também recolhe o óleo de supermercados e restaurantes para ser aproveitado, evitando que seja lançado no meio ambiente. Um banco de mudas é mantido no Horto. Mas, o catador que não conseguiu ter tanto estudo, vai mais além quando quanto à educação ambiental. Recentemente contou com uma visita de uma entidade de reciclagem de Cancún, no México, e recebeu o convite para conhecer a experiência naquele país.

Educacional

Enquanto isso, segue o trabalho político e também educacional. Quando se trata de alguma pauta relacionada ao meio ambiente ou leis que possam mexer com estatutos referentes às questões ambientais, ele faz questão de estar presente na Câmara Municipal da cidade. “É importante a gente conhecer e poder participar dos processos”, diz ele, ao ressaltar a importância da conscientização da sociedade sobre o que está acontecendo com a sociedade a partir da transformação da natureza.

A expectativa é agora poder participar de uma associação de recicladores em nível regional, com a instalação de um aterro consorciado, a ser construído na cidade de Caririaçu. A discussão já tem mais de cinco anos, mas até o momento o projeto não foi iniciado de fato. O aterro irá congregar 10 cidades da região.

Além do trabalho junto à associação, também é realizada atividade educacional com os catadores do na sede do engenho. Eles recebem aulas de alfabetização e também a visita semanal de um médico. Conquistas que há alguns anos eram inimagináveis. O trabalho de compensação ambiental é outra proposta do Engenho do Lixo, já responsável ao longo da sua existência, pelo plantio, pelos próprios catadores, de mais de mil mudas de árvores, principalmente frutíferas, em Juazeiro.

Seu Alvino desenvolveu um trabalho que pode parecer apenas simbólico, diante dos estragos causados nos últimos anos, com a poluição do rio Salgadinho. Ele realiza a retirada de lixo do local. “Tudo que se possa imaginar as pessoas depositam no rio, na natureza”, diz ele, ao ressaltar que ainda falta muito se melhorar em termos de conscientização.

O que se tem feito pela natureza, conforme o presidente da associação, ainda é muito pouco diante dos estragos causados. A experiência de um leigo que tem aprendido com a lida direta com os resíduos sólidos, conforme Alvino, tem sido importante em sua vida. Para ele, o pouco do que tem aprendido, compartilha com estudantes de escolas públicas e privadas do município e região do Cariri, além de universidades, de onde tem sido bastante requisitado. Já recebeu premiações de empresas multinacionais, como a Nestlé, como reconhecimento do seu trabalho, além da doação de equipamentos para aprimorar e multiplicar suas atividades.

Tanto o compactador de lixo e a máquina de processamento do óleo foram recompensas do trabalho, que hoje facilita as atividades. Antes eram processados apenas 200 litros de óleo para a comercialização junto à empresas como as de sabão. Hoje, são 1.500 litros. O trabalho também conta com parceria da Secretaria de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte. Para Alvino, outro aspecto importante tem sido a participação em conferências, eventos e conhecer as políticas públicas de resíduos sólidos no Brasil. Ele destaca o assento aos catadores, pessoas que tem dado uma grande contribuição nesse processo de reciclagem do lixo. Ano passado, chegou a participar de conferências como representante de Juazeiro do Norte e da região do Cariri. Apresentou, durante o mês de outubro, o seu projeto em Brasília.

Para Alvino, a questão do lixo na região e principalmente na maior cidade, tem sido difícil de ser enfrentada. Ele avalia que o desafio agora é ter que implantar junto com a secretaria municipal, a coleta seletiva de lixo. “Acho que estamos fazendo a nossa parte e somos 40 catadores que sobrevivem do material do galpão”, afirma ele. (RC)

 
 Diário do Nordeste

Encontro termina em Juazeiro

MissionariosJuazeiro do Norte Após quatro dias de aprofundamento dos diversos temas que foram apresentados por delegados de base, religiosos, leigos e colaboradores, durante as plenárias e os trabalhos em grupos realizados no Ginásio Poliesportivo deste município, os milhares de missionários que compareceram ao 13º Encontro Interclesial de Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) retornaram ontem as suas regiões de origem com a certeza da fé renovada e com a esperança de melhoria na condição de vida dos povos que formam a população brasileira.

Missionários de todo o Brasil debateram, durante a última semana, diretrizes para ampliar o trabalho social junto às comunidades FOTO: ROBERTO CRISPIM

Durante toda a última semana, os missionários tiveram a oportunidade de debater, ouvir e sugerir soluções para as problemáticas que ainda afligem o cotidiano das populações divididas pelas regiões do País.

Entre as maiores preocupações apresentadas pelos representantes das centenas de comunidades, questões como saúde, educação, bem-estar social, abastecimento hídrico, miséria, fome, corrupção, proteção ao meio ambiente e às comunidades indígenas, além do combate as desigualdades sociais, foram as que mais chamaram a atenção dos participantes do evento.

Além de gerar oportunidade aos povos de expressarem suas angústias, medos, decepções e necessidades, o Encontro também serviu para, mais uma vez, estabelecer a união entre os que vivenciam o dia-a-dia das comunidades e a Igreja católica, num momento em que, conforme afirmam os próprios missionários, há uma preocupação maior por parte dos religiosos em contribuir para que as mudanças possam verdadeiramente acontecer em favorecimento das populações e comunidades.

Para o bispo diocesano do Crato, dom Fernando Panico, o Intereclesial também traz influências importantes aos milhares de romeiros que, periodicamente, visitam Juazeiro do Norte. “As lições que todos nós recebemos, e que também são absorvidas pelos nossos romeiros, ensinam que é preciso manter fortalecida a fé e a esperança, para que possamos, todos nós, alcançarmos dias melhores, a partir dos ensinamentos de Cristo e das bênçãos que nos são derramadas pelos santos mártires, pela Mãe das Dores e pelo próprio Padre Cícero”, frisou dom Fernando.

Roberto Crispim
Colaborador

DN

O acidente de Roberto Carlos – Enviado por Eudes Mamedio.

RobertocarlosTudo aconteceu no fatídico dia de São Pedro (29 de junho de 1947), padroeiro da Cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, onde Roberto Carlos nasceu. Portanto, era festa na cidade e como toda data comemorativa naquela época, tinha bandas tocando e muita agitação. E, claro, Zunga (apelido de Roberto na infância) não perderia oportunidade de ir prestigiar os festejo.
Roberto Carlos

Fifinha (Eunice Solino) era a melhor amiga do Rei, moravam na mesma rua e costumava ir à escola juntos. Nesse dia, ela foi recrutada por Roberto para ver os desfiles que agitavam a cidade.

Naqueles tempos, Cachoeiro era entrecortado por ferrovias e, portanto, era comum acidentes acontecerem. Lá, próximo ao centro, entre a rua e a linha de ferro, encontrava-se as duas crianças. Enquanto aguardavam um desfile escolar, uma professora temeu pela segurança de Zunga e Fifinha, pois elas não perceberam a aproximação de um trem que se aproximava. Mesmo gritando e sinalizando para as crianças saírem dali, a professora correu e puxou a menina, enquanto um assustado Zunga recuou e tropeçou, caindo na linha férrea – ele estava de costas para a ferrovia. Como não dava mais tempo, a professora tentou avisar o maquinista, mas já era tarde demais. A locomotiva avançou e a perna direita de Roberto Carlos ficou presa debaixo do vagão entre as rodas de metal.

Logo, uma multidão se aglomerava para ver o que aconteceu. Afinal era dia de festa e provavelmente o socorro demoraria – naqueles tempos poucas pessoas tinham automóveis na cidade. Mesmo assim, populares tentaram tirar a perna da criança, o que conseguiram com muito custo. Graças a um rapaz que trabalhava no Banco de Crédito Real, vendo que não dava para esperar a ambulância, ele mesmo estancou a hemorragia com seu paletó de linho branco. Roberto Carlos nunca esqueceu dessa cena e a registrou em uma de suas mais comoventes canções, O Divã: “Relembro bem a festa, o apito/ e na multidão um grito/ o sangue no linho branco…”.

O mesmo rapaz do “linho branco” chamado Renato Spíndola levou Zunga para o hospital (Santa Casa de Misericórdia). Dizem que a festa perdeu a graça naquele dia. Tudo bem, que era comum acidentes, mas geralmente eram bêbados que se acidentavam, nunca até então acontecera com uma criança – o Zunga da Rua da Biquinha.

Roberto Carlos foi atendido pelo médico Romildo Coelho, que se tornara amigo do cantor. O acidente fez com que a perna direita perdesse a sensibilidade, pois fora esmagada arrancando todos os nervos, por isso a criança não chorava muito. Zunga, ao ser atendido, estava muito mais preocupado com os sapatos novos que tinha ganhado para ir à festa do que com a sua perna, a qual ele não tinha noção da gravidade.

Na verdade, Roberto Carlos teve muita sorte, porque era comum nestes casos amputar a perna. Mas o Dr. Romildo era um sujeito moderno e havia lido um artigo médico que dizia que se devia cortar o mínimo possível os membros acidentados. Portanto, apenas entre o terço médio e o superior da canela foi amputado e um pouco abaixo colocaram uma roda de metal, o que impediu Roberto de perder os movimentos do joelho direito. Roberto Carlos passou o resto da infância andando de muleta, e apenas aos 15 anos colocaria a primeira prótese, quando já morava no Rio de Janeiro.

Blog do Sanharol

Altaneira sediará encontro de blogueiros do Cariri – Por Beto Fernandes

Blogueiros-encontro1

Com apoio da Prefeitura Municipal, será realizado dia 26 próximo em Altaneira o I Encontro de Blogueiros da Região do Cariri. A iniciativa é do editor do Blog de Altaneira, advogado Raimundo Soares Filho. Segundo o organizador um dos objetivos do encontro é justamente o de aproximar os blogueiros e fortalecer a rede de comunicadores através de temas palpitantes no sentido de melhorar, aperfeiçoar e ampliar a integração dos municípios que compõem a região mostrando suas potencialidades e adversidades. 
 
Dentre os temas a serem realizados estão a regulamentação do Marco Civil da Internet, a Força da Blogosfera no Momento Político: Como Evitar Vícios de Linguagem na Rede e os Crimes da Blogosfera.

Uma homenagem para os blogueiros de altaneira será realizada no final do evento que será realizado a partir de 08h00 na Escola 18 de Dezembro daquele município e as inscrições podem ser efetuadas no www.blogdealtaneira.com.br
Na segunda-feira, 13, estaremos entrevista o organizador do evento no Jornal Verde Vale da Rádio Verde Vale AM de Juazeiro.

BLOG DO JUAZEIRO

Ceará vence Barbalha por 2 a 0 e fatura Taça dos Campeões Cearenses

Campeao_comemoracao_1-300x169

O jogo em si teve mais substituições que futebol. O Ceará venceu o Barbalha por 2 a 0 e faturou o título da Taça dos Campeões Cearenses, neste sábado (11), na Arena Castelão. Atual campeão cearense, o Vovô enfrentou o campeão da Fares Lopes, mas não conseguiu converter a superioridade técnica em gols. Foram muitos, muitos chutes, mas as reais chances foram raras.

O Barbalha começou melhor, mas não aguentou o ritmo. Com um ataque poderoso, um bombardeio alvinegro começou cedo e resultou em dois tentos ainda no primeiro tempo, com Magno Alves e Anderson. Na volta do intervalo, o que se viu foi uma chuva de substituições e seca de chances de gol.

Vovô peca na pontaria e só marca no fim

O Barbalha bem que tentou, no começo do jogo. Com maior volume durante os cinco primeiros minutos, a Raposa do Cariri esboçou boas chances de gol com Edson Cariús, que não caprichou nas finalizações. E foi só. A partir daí, só deu Ceará, que só não goleou no primeiro tempo pela falta de pontaria dos atacantes.

Magno Alves, Assisinho, Bill, Vicente, Rogerinho… Muitos chutaram a gol. Os que conseguiram, pararam no goleiro Vitor Lagoa. Mas era uma questão de tempo até os gols alvinegros começarem a sair. Para ser preciso, 34 minutos. O primeiro foi com Magno Alves, que marcou um golaço ao driblar o goleiro Vitor Lagoa e chutar forte. Na sequência, Ricardinho cobrou falta e o goleiro do Barbalha espalmou. Na sobra, o zagueiro Anderson apareceu e empurrou a bola para ampliar no Castelão: 2 a 0.

Muitas substituições e pouco futebol

Na etapa complementar, as substituições começaram. Com apenas quatro minutos de jogo, Bill deu lugar a Tadeu e Magno Alves saiu para a entrada de Luiz Henrique. Mas as alterações demoraram a surtir efeito. Aos poucos, os técnicos foram trocando seus jogadores, completando as oito substituições possíveis durante a partida, mas nada de chances de gol.

Com as constantes trocas de jogadores e o tempo técnico, a partida perdeu ritmo e as chances de gols ficaram escassas. Tadeu era o jogador mais acionado do Ceará, mas não conseguia encaixar arremates ao gol. Vicente assustava com chegadas pela lateral, mas não caprichava na pontaria. No fim, sobraram trocas de jogadores e faltou futebol. Amaral ainda teve tempo de carimbar o travessão. E ficou nisso. Fim de papo no Castelão e título no bolso do Ceará.

Por: Globo Esporte / CE

Terremoto de 6,4 graus atinge Porto Rico; não há risco de tsunami

Terremoto

Um terremoto de 6,4 graus na escala Richter e de uns dez segundos de duração sacudiu hoje a maior parte de Porto Rico e inclusive foi sentido na vizinha República Dominicana, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), que descartou o risco de tsunami.

Inicialmente informou de dois tremores simultâneos, embora minutos depois o organismo tenha corrigido seus dados e detalhou que o terremoto aconteceu no mar a 28,5 quilômetros de profundidade e a cerca de 96 quilômetros a noroeste de San Juan e 56 quilômetros a norte da cidade de Hatillo.

O tremor, um dos mais intensos dos que se tem registro na história recente de Porto Rico, aconteceu à 0h01 (horário local, 2h01 de Brasília) da segunda-feira, apenas um minuto depois de se completar quatro anos do devastador terremoto que deixou cerca de 300 mil mortos no próximo Haiti.

De fato, o tremor se gerou perto do limite da parte norte da placa do Caribe, a mesma que causou o fenômeno do Haiti.

Por enquanto não se informou de danos de importância e nas emissoras locais as autoridades se limitavam a pedir calma e a insistir em que se descartava a possibilidade de acontecer um tsunami. Além disso, lembravam que seria normal que acontecessem réplicas.

Mesmo assim foi ativado em Porto Rico o protocolo de emergência para terremotos.

Em pleno coração de San Juan, a capital do território, os imóveis tremeram e se pôde ver residentes e turistas sair para fora dos prédios alertados pelo tremor, que deu duas sacudidas.

Embora os tremores de terra sejam relativamente frequentes em Porto Rico, não é tão habitual que sejam de suficiente intensidade para serem percebidos.

Nos últimos sete dias foram registrados na ilha 27 tremores, 145 no último mês e 936 no último ano.

Minutos depois do tremor de hoje, que se prolongou por dez segundos, as redes sociais ficaram cheias de comentários sobre o que se notou em toda a ilha.

“Estava na porta e pensava que me sentia mal, que estava enjoado. Me afastei da mesa da recepção e me dei conta de que era um terremoto”, relatou à Efe Juan Otero, de 28 anos e vigilante de uma comunidade situada à beira do mar.

Segundo explicou, sua primeira reação “foi olhar para as câmeras de segurança pensando em que pudesse ver entrar água de um tsunami, porque nesse caso teria que dar o alarme”. De fato, alguns moradores do imóvel entraram imediatamente em seus automóveis para se afastar do litoral por temor do fenômeno.

“É a primeira vez que sinto um terremoto estando no solo, porque uma vez antes o notei estando em um carro, e sem dúvida foi o mais forte”, acrescentou Otero.

Na vizinha República Dominica o tremor chegou a ser sentido na própria capital e na cidade de Santiago, a segunda em importância do país, e nas zonas turísticas de Punta Cana e Bávaro.

Terra

Antes de enterro, Israel homenageia Sharon em funeral de Estado

Cerimônia contou com presença do vice-presidente americano Joe Biden e outros líderes mundiais

Biden_bibi_peres

 Netanyahu, Biden e Peres participam de cerimônia. Foto: Jim Hollander / Efe

JERUSALÉM – Israel prestou homenagem ao ex-primeiro-ministro Ariel Sharon no primeiro de dois eventos do funeral desta segunda-feira, 13.  O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, compareceu à cerimônia realizada diante do Parlamento israelense, na qual o caixão de Sharon estava envolto numa bandeira de Israel.

“Estamos acompanhando ao lugar de descanso final, hoje, um soldado, um soldado excepcional, um comandante que sabia como vencer”, disse o presidente israelense, Shimon Peres.  Sharon morreu aos 85 anos, no sábado, após passar os últimos oito anos em coma provocado por um forte derrame.

A morte do ex-premiê reabriu um debate sobre seu legado. Adversário o acusam de conduta implacável em operações militares, enquanto aliados o exaltam como um gênio da estratégia que surpreendeu o mundo em 2005 ao retirar militares e colonos israelenses da Faixa de Gaza.

“A segurança de seu povo sempre foi a firme missão de Arik (Leão, o apelido de Sharon) -um compromisso inquebrável com o futuro dos judeus, seja a 30 ou a 300 anos de agora”, disse Biden.

Depois da cerimônia no Parlamento, o corpo de Sharon será levado de carro de Jerusalém para a fazenda da família dele, a cerca de 10 quilômetros de Gaza, onde o ex-premiê será enterrado ainda nesta segunda.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, lembrando que nem sempre concordava com Sharon em questões políticas – especialmente sobre a retirada de Gaza – saudou o compromisso do ex-líder com a segurança de Israel.

“Arik entendia que em matéria da nossa existência e segurança, precisamos permanecer firmes. Estamos comprometidos com esses princípios”, disse Netanyahu. / REUTERS

O Estado de S. Paulo

TCU investiga gastos do Banco do Brasil com brindes

TCU-1-300x198

Calendários e agendas, às vezes envelopados em material reciclado para dar um ar engajado ao “jabá”, outras vezes embalados como correspondência oficial, com tiras elásticas e grampos, aparentando terem sido postados pelo próprio Palácio do Planalto, se multiplicam sobre as mesas da burocracia de Brasília todo mês de janeiro.

A cultura de órgãos e empresas da administração pública federal de distribuir brindes, normalmente calendários com base triangular, no início do ano – menos dos Correios, que costumam atrasar, segundo constatou a CGU – virou alvo de investigação reiterada. Na administração pública, atrás de um agrado há casos de má gestão.

Auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) se debruçou sobre os gastos de R$ 56,2 milhões que o Banco do Brasil teve na compra de brindes, calendários e confecções de relatórios de gestão no primeiro e em parte do segundo mandato do ex-presidente Lula.

Em comunicado aos colegas do tribunal, na época, o então ministro e presidente da Corte Marcos Villaça criticou a distribuição de mimos, de forma geral. Na ocasião, disse não se ter recordado de ver tanto material repassado pelas estatais. “Impressiona-me, principalmente, o luxo desmedido, a riqueza dos livros promocionais e as faustas embalagens”, afirmou, ao autorizar a auditoria.

Desde 1990 um decreto presidencial – que continua em vigor – proíbe a realização de despesas com recursos do orçamento para compra de brindes, cartões e outros gastos similares.

O caso do BB foi encerrado em 2012, com o arquivamento do processo, porque os auditores do tribunal entenderam que a compra dos brindes são justificadas como ações de marketing de forma a fidelizar o cliente num mercado competitivo.

Em outra frente, o “mercado de brindes” mira uma relação de proximidade com servidores públicos e políticos.

Um dos casos mais rumorosos de distribuição de agrados ocorreu na Operação Navalha, ação da Polícia Federal deflagrada em maio de 2007, que desbaratou um esquema de desvio de recursos públicos de obras tocadas pela empreiteira Gautama.

Em documentos apreendidos na sede da empresa de Zuleido Veras, os policiais encontraram listas de mimos a políticos e funcionários públicos: uísques, ternos, gravatas e canetas de grife, além de agendas e calendários. Políticos que apresentaram emendas para obras da Gautama admitiram ter recebido os agrados.

Em 2006, o Congresso Nacional aprovou uma lei que proibiu a distribuição de brindes, camisetas, bonés, canetas, chaveiros, cestas básicas e quaisquer outros bens que de alguma forma possam proporcionar uma vantagem ao eleitor.

RICARDO BRITO – Agência Estado

Al Qaeda da Síria executa dezenas de islamitas rivais

Reuters

Siriaruas

O Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), ligado à Al Qaeda, executou dezenas de rivais islamitas durante os últimos dois dias, conforme recuperava o controle sobre a maior parte do território que havia perdido na província de Raqqa, no norte da Síria, disseram ativistas no domingo.

Um dos ativistas, falando a partir da província na condição de anonimato, disse que até 100 combatentes da Frente Nusra, outra afiliada da Al Qaeda, e da brigada Ahrar al-Sham, capturados pelo EIIL na cidade de Tel Abiad, na fronteira com a Turquia, foram mortos a tiros.

Não houve confirmação independente sobre o relato.

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis)

Estadão

Selic deve subir 0,25 ponto percentual na reunião do Copom esta semana

Grafico2

Brasília – A taxa básica de juros, a Selic, deve subir 0,25 ponto percentual na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), marcada para amanhã e quarta-feira (15). A expectativa é de instituições financeiras consultadas semanalmente pelo BC.

Na reunião de fevereiro, deve ocorrer novo ajuste de 0,25 ponto percentual, com expectativa de manutenção da Selic em 10,5% ao ano até o final de 2014. Para 2015, as instituições financeiras consultadas pelo BC esperam nova alta da Selic que deve encerrar o período em 11,5% ao ano, contra 11,25% ao ano previstos na semana passada.

A Selic é usada para influenciar a atividade econômica e, por consequência, a inflação. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso gera reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

No ano passado, devido à alta da inflação, o BC elevou a Selic em 2,75 pontos percentuais. A taxa encerrou 2013 em 10% ao ano. Mesmo assim, a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) encerrou o ano em 5,91%.

O presidente do BC, Alexandre Tombini, admitiu, na última sexta-feira (10), que a inflação encerrou 2013 com resistência ligeiramente acima daquela que se antecipava. O BC esperava que a inflação em 2014 ficasse abaixo da de 2012 (5,84%).

Para este ano, as instituições financeiras esperam que a inflação continue em trajetória de alta. A projeção para o IPCA passou de 5,97% para 6%. Em 2015, a previsão foi mantida em 5,5%.

Tanto as estimativas para este ano e 2015 quanto o resultado de 2013 estão distantes do centro da meta de inflação que deve ser perseguida pelo BC (4,5%). Mas estão abaixo do limite superior, que é 6,5%.

Agência Brasil

Crise no Maranhão impõe agenda cheia ao governo do estado

Brasília – O governo do Maranhão tem uma série de atividades previstas na semana para buscar soluções à crise no sistema penitenciário do estado. Segundo a assessoria do governo, amanhã (13), a governadora Roseana Sarney deve receber os senadores que compõem a Comissão de Direitos Humanos do Senado, por volta das 12h30. Os senadores farão uma visita ao complexo prisional e se encontrarão com representantes da sociedade civil.

Também está previsto para o decorrer da semana uma série de reuniões dos representantes do Comitê de Ações Integradas do Maranhão. Até sexta-feira (24), haverá uma reunião geral na qual serão apresentados os primeiros resultados dos grupos de trabalho.

A situação dos presídios ganhou destaque com os ataques a ônibus em São Luís, comandados por presidiários do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A situação gerou uma crise que mobilizou o governo local e o Ministério da Justiça.

Os ataques fizeram cinco vítimas, uma delas, Ana Clara, de 6 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu. Os demais permanecem internados. De acordo com os boletins médicos divulgados hoje (12), o quadro das vítimas é estável. Os dois pacientes transferidos do Maranhão para hospitais em Brasília e Goiânia, após sofrerem queimaduras durante ataques a ônibus em São Luís, continuam em estado grave. Os dois pacientes em tratamento no estado devem receber alta nesta semana.

O boletim médico do Hospital Geral de Goiânia informou que Márcio Ronny da Cruz permanece em estado grave, porém estável. Ele respira com a ajuda de aparelhos. Apesar da gravidade do quadro de saúde – 72% do corpo queimado – os médicos estão otimistas, pois as queimaduras não atingiram os órgãos internos, nem as vias respiratórias.

O Hospital Regional da Asa Norte, em Brasília, informou que Juliane Carvalho Santos também mantém quadro clínico grave, porém estável. Apesar de ainda fazer uso de oxigênio, ela apresentou discreta melhora no quadro respiratório. Está programado para amanhã um novo desbridramento, ou seja, um procedimento cirúrgico para retirada de tecido morto.

Ela é a mãe de Ana Clara e de Lorane Beatriz, de 1 ano e 6 meses, que sobreviveu ao ataque e está internada no Hospital Estadual Infantil Juvêncio Matos, em São Luís. Lorane, que teve lesões nos membros inferiores e em uma das mãos, ainda passa por curativos cirúrgicos e está recebendo antibióticos. Amanhã, ela deve passar por mais um curativo cirúrgico por volta das 7h. Após o procedimento será avaliada a possibilidade de Lorane receber alta.

Abyancy Silva Santos está sendo atendida no Hospital Geral do Maranhão, também em São Luís. Ela teve 10% do corpo queimado mas não corre risco de morte e pode receber alta a partir de terça-feira (14).

Agência Brasil

Alta do papel e do dólar pesam no preço do material escolar

 

 

Brasília – A alta do preço do papel, do dólar e a elevada carga tributária são os principais vilões do aumento do preço dos livros didáticos e de material escolar, segundo entidades ligadas ao setor. Em 2013, o dólar subiu pouco mais de 15% em relação ao real, encarecendo os produtos importados. Já o papel, segundo o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel), aumentou em torno de 12%. Somado a esse cenário, a Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (Abfiae) aponta a alta cobrança de tributos, que pode chegar a 47% do preço final.

Na hora de comprar, os altos preços são evidentes. Mãe de três filhos, a bacharel em direito Raíres Cunha, chegou a gastar cerca de 20% a mais que no ano passado. O valor pago, relata, deve superar a mensalidade que paga no colégio particular onde os filhos estudam. As compras ainda não terminaram e ela já desembolsou mais de R$ 800. “E isso apenas para um dos filhos”, diz.

De acordo com as entidades do setor, os aumentos têm justificativa. Em relação aos livros, a presidenta do Snel, Sônia Machado Jardim, explica que ainda não foi feito um levantamento do reajuste este ano. “Vários aumentos ocorreram no último ano, causando impacto no custo de produção do livro. Por exemplo, o papel aumentou em torno de 12%, o dissídio da categoria foi 6,40%. Infelizmente, esses aumentos acabaram refletindo no preço do livro”.

Segundo ela, as isenções concedidas ao setor não são suficientes para garantir a diminuição dos preços. Desde 2004, o livro é isento do PIS e da Cofins, inclusive na importação, que variavam entre 3,65% e 9,25%, dependendo do regime tributário da empresa. “No mesmo período, só o reajuste salarial da categoria foi 79,96%, ou seja, o benefício da isenção fiscal teve seu reflexo acumulado ao longo desses dez anos pelo aumento dos insumos”, explica Sônia.

Nos itens de papelaria, como cadernos, canetas, cola, giz de cera, que fazem parte da lista de material dos estudantes, a Abfiae, que reúne marcas como a Faber-Castell, Tilibra e Bic, diz que não é possível padronizar a taxa de aumento. O setor é “bastante pulverizado e os preços variam muito de acordo com a concorrência”, argumenta o presidente da associação, Rubens Passos. Segundo ele, são os tributos que encarecem os produtos.  

Um levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) mostra que a carga tributária responde por 47,49% do preço de uma caneta, por exemplo. No caso de uma régua, a taxa chega a 44,65%, e de um lápis, a 34,99%. A associação acredita que uma redução do PIS e da Cofins e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) poderia significar queda de 10%.

O professor da Fundação Getulio Vargas, no Rio de Janeiro, e especialista em varejo Roberto Kanter acrescenta outro componente para o aumento: o dólar. A alta da moeda norte-americana tem impacto nos produtos importados do setor, o que nem sempre é fácil de identificar. “Quando vemos na papelaria que um produto é de outro país, é fácil evitar a compra e economizar, mas boa parte dos produtos e insumos é importada pelas indústrias e elas revendem”.

Kanter ressalta que, no início do ano, a demanda cresce e o comércio aproveita para lucrar. “O ano de 2013 não foi bom para o varejo, o empresário aproveita então esse período de maior demanda para aumentar os preços. E nem sempre isso é proporcional ao aumento dos índices. Se um produto custa R$ 0,70, ele arredonda para R$ 1, sem perceber que isso representa um aumento de 40%”.

A dica do professor é fazer uma boa pesquisa de preço e optar por lojas menores, onde se possa negociar preços menores. Raíres Cunha está fazendo a pesquisa e deixou os itens de papelaria para as últimas compras. Ela adianta que na capital federal são encontrados produtos de todo preço. “Achei canetas bem baratinhas e canetas de até R$ 6”.


Veja abaixo a carga tributária sobre o material escolar:


Agenda Escolar: 43,19%
Apontador: 43,19%
Borracha: 43,19%
Caderno Universitário: 34,99%
Caneta: 47,49%
Cola Tenaz: 42,71%
Estojo para Lápis: 40,33%
Fichário: 39,38%
Folhas para Fichário: 37,77%
Lancheira: 39,74%
Lápis: 34,99%
Livro: 15,52%
Mochilas: 39,62%
Papel Pardo: 34,99%
Papel Carbono: 38,68%
Papel Sulfite: 37,77%
Pastas Plásticas: 40,09%
Régua: 44,65%
Tinta Guache: 36,13%
Tinta Plástica: 36,22%


Fonte: Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação



Agência Brasil

MEC divulga hoje resultado da primeira chamada do Sisu

 

 

Brasília – O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (13) o resultado da primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) na internet. Nesta edição, o Sisu oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior. O resultado do Sisu pode ser consultado também nas instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC, por meio do telefone 0800-616161.

O Sisu seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os convocados devem fazer a matrícula no período de 17 a 21 próximo. O candidato que não comparecer à instituição na data prevista perderá a vaga.

O candidato selecionado na primeira opção de curso que não fizer a matrícula estará automaticamente fora do processo. Já o selecionado na segunda opção que não comparecer à instituição poderá continuar participando da chamada seguinte, quando ainda poderá ser selecionado na primeira opção.

O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 27 de janeiro e a matrícula dos estudantes selecionados poderá ser feita de 31 de janeiro a 4 de fevereiro.

O estudante que não for selecionado em nenhuma das duas chamadas ou for selecionado na segunda opção poderá participar da lista de espera. A adesão deverá ser feita também no site do Sisu, de 27 de janeiro a 7 de fevereiro. Os estudantes serão convocados a partir do dia 11 de fevereiro.

Veja abaixo o cronograma do Sisu:

Agência Brasil

MEC abre inscrições para primeira edição do ProUni de 2014

Brasília – Estão abertas no site do Programa Universidade para Todos (ProUni) as inscrições para a primeira edição de 2014. O prazo vai até as 23h59 da sexta-feira (17). O estudante pode fazer até duas opções de curso. A primeira chamada dos estudantes pré-selecionados será divulgada no dia 20 de janeiro e a segunda no dia 3 de fevereiro. Este ano, o edital prevê uma mudança na lista de espera.

Pode participar da seleção o estudante que tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. O candidato não pode ter tirado 0 na redação e precisa ter cursado o ensino médio na rede pública ou com bolsa integral na rede privada.

O ProUni é destinado a alunos que querem concorrer a bolsas de estudo, integrais ou parciais, em instituições particulares de educação superior. As bolsas integrais são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar até três salários mínimos por pessoa. O bolsista parcial poderá utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para custear o restante da mensalidade.

Este ano, há mudança quanto aos procedimentos da lista de espera. Agora, o estudante que não for pré-selecionado nas duas chamadas regulares e quiser participar da lista terá de manifestar interesse pela internet e, em seguida, nas datas previstas em edital, comparecer à instituição de ensino na qual pretende estudar, com os documentos necessários.

Após esse processo, a instituição terá prazo para avaliar a documentação. O estudante selecionado receberá o resultado por meio do boletim do candidato, disponível na página do ProUni. Nas edições anteriores, o candidato tinha de manifestar interesse na lista de espera e aguardar a convocação da instituição.

Veja abaixo o cronograma do Prouni:

Inscrições: de 13 de janeiro a 17 de janeiro
 

Pré-selecionados em primeira chamada: 20 de janeiro

Comprovação das informações nas instituições: 20 a 24 de janeiro

Matrícula dos selecionados em primeira chamada: 20 a 29 de janeiro

Pré-selecionados em segunda chamada: 3 de fevereiro

Comprovação das informações nas instituições: 3 a 6 de fevereiro

Matrícula dos selecionados em segunda chamada: 3 a 10 de fevereiro

Adesão à lista de espera na internet: 13 a 14 de fevereiro

Comprovação das informações dos candidatos em lista de espera nas instituições: 19 a 20 de fevereiro

Matrícula dos selecionados em lista de espera: 21 a 26 de fevereiro

Agência Brasil

Dilma: Enem dá acesso ao ensino superior de forma democrática e por mérito do aluno

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (12) que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) garante acesso ao ensino superior de forma democrática, transparente e por mérito do próprio estudante. “Independentemente da renda da família”, ressaltou.

Ela lembrou que a nota da prova vale, por exemplo, como critério para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que terá o resultado divulgado hoje, e também para o Programa Universidade para Todos (ProUni), que abre inscrições nesta segunda-feira.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma destacou que, este ano, o Sisu oferece 42 mil vagas a mais que em 2013, além de quase mil cursos a mais. Em 2010, segundo ela, eram oferecidas vagas em 180 municípios. Atualmente, 453 cidades contam com campus e universidades públicas participantes do programa.

“A expansão da Rede Federal de Ensino Superior permite que haja grande ampliação na oferta de oportunidades de estudo em todo o Brasil, nas capitais, mas, sobretudo, no interior do Brasil”.

Ainda de acordo com a presidenta, cursos como o de engenharia registraram 25 mil vagas à disposição, número 36% maior que o de 2013. Para os cursos de licenciatura, foram mais de 45 mil vagas (25% a mais que em 2013) e, para cursos de medicina, 2.925 vagas (60% a mais que em 2013).

Dilma lembrou que a Lei de Cotas prevê que as universidades federais e os institutos federais de educação reservem, pelo menos, 25% das vagas de todos os cursos para os estudantes das escolas públicas. Do total das vagas reservadas, uma parte será destinada aos estudantes das escolas públicas com renda até um salário mínimo e meio por pessoa, e para negros e indígenas.

“E temos uma notícia muito boa: as instituições federais foram além e as vagas reservadas para as cotas já estão em 37% de todas as vagas oferecidas pelo Sisu. Se você somar isso às ações afirmativas das próprias universidades, as vagas reservadas para as cotas chegam a 43% das vagas do Sisu. Isso mostra como o Brasil está empenhado em avançar para saldar uma dívida histórica e oferecer oportunidades a todos os brasileiros.”

Sobre o ProUni, que inicia as inscrições hoje, a presidenta destacou que serão oferecidas 190 mil vagas para estudantes que não têm condição de pagar a mensalidade em uma universidade particular. Todo aluno que estudou em escola pública e tem renda mensal até três salários mínimos por pessoa da família pode se candidatar a uma bolsa do programa. As inscrições vão até a próxima sexta-feira (17).

Agência Brasil

Transporte para a Colina do Horto é inseguro em Juazeiro

Um dos pontos mais visitados da “Terra do Padim” não dispõe de veículos adequados para levar os turistas

Juazeiro do Norte. Pneus carecas, má acomodação interna, lotação acima do permitido e, em alguns casos, falta de segurança. Esse é o perfil de veículos que fazem o transporte de romeiros, visitantes e moradores da Colina do Horto, um dos pontos turísticos mais visitados deste município. Diariamente, ônibus, vans e caminhões pau-de-arara trafegam por um percurso íngreme, repleto de curvas, levando no interior dos veículos pessoas curiosas em conhecer o local onde funciona o Museu Vivo do Padre Cícero.

TransportehortoPaus de arara ainda são utilizados para levar os visitantes ao ponto turístico FOTO: ROBERTO CRISPIM

Lá, há cerca de um século, existia o Casarão do Horto, onde o sacerdote realizava seus momentos de meditação e convivia com pessoas mais próximas. A movimentação no local cresce demasiadamente em período de romarias, aumentando, desta forma, a possibilidade de acidentes devido à precariedade de alguns veículos.

Em 2006, um ônibus que transportava cerca de 50 crianças pegou fogo por causa de problemas mecânicos. O acidente só não se transformou em tragédia por causa do motorista que, ao perceber o início do fogo, ordenou que as crianças saíssem do veículo. Antes que as chamas chegassem ao interior do ônibus, o motorista também conseguiu sair do carro que acabou despencando da colina, indo parar cerca de 150 metros distante da estrada.

Vítimas fatais

No ano seguinte, um caminhão F-4000 desgovernado, carregado de garis a serviço do município, chocou-se contra um dos coletivos da empresa Bom Jesus do Horto, que faz a linha de passageiros no bairro. Oito pessoas acabaram morrendo devido à gravidade do acidente. Motoristas de veículos de passeio também acabam sofrendo acidentes no trecho por causa da má condição dos automóveis. “O trecho de acesso à Colina do Horto é muito perigoso, se o carro de passageiros não estiver em plena condição de trafego, é provável que um acidente acabe acontecendo”, avalia o motorista de uma das empresas de ônibus que regularmente realizam o transporte de romeiros e visitantes ao local.

Conforme o profissional, embora a movimentação neste período ainda seja fraca, há veículos que chegam ao pátio do estacionamento apresentando aspectos de falta de revisão e necessidade de troca de pneus e reparos internos.

“A gente cansa de ouvir colegas motoristas que trabalham em empresas menores reclamando da falta de revisão dos carros ou, ainda, de problemas na parte mecânica, como caixa de embreagem e freio, por exemplo”, diz o motorista, que prefere não ser identificado.

Para o ambulante Cícero Francisco da Silva, que todos os dias trabalha na área do estacionamento da colina, alguns veículos realmente apresentam características de sucateamento.

“Tem caro de tudo quanto é jeito. A maioria dos veículos, hoje em dia, são novos. Mas tem carro velho também que vem pra cá com muita gente dentro”, diz ele.

Além dos ônibus, outra preocupação é a quantidade de carros pau-de-arara repletos de romeiros e visitantes estacionados no local.

Embora a maioria dos carros não ofereça a mínima garantia de segurança para quem utiliza este meio de transporte, muitos romeiros dizem preferir realizar o deslocamento à Colina utilizando os veículos, ao invés de ônibus ou carros mais confortáveis.

“O romeiro que paga promessa tem que andar é de pau-de-arara mesmo. A gente sabe que pode acontecer acidente. Mas faz parte da tradição do romeiro”, ressalta a agricultora Maria Nardeli de Lima, natural da cidade de Assaré.

Para Cícero Manoel Gonçalves, que trabalha no Horto há mais de dez anos, o problema em torno da existência de carros supostamente sucateados persiste devido à falta de fiscalização por parte das autoridades de trânsito no município. Ele alega que agentes do Departamento Municipal de Trânsito quase não são vistos no local e, quando há acidentes, demoram a chegar para auxiliar no resgate de vítimas ou para organizar o trânsito na área dos sinistros.

“Quase não aparece gente do Demutram por aqui. Quando aparece, ficam menos de dois minutos. Não tem fiscalização por aqui, não”, afirma.

O diretor do Departamento Municipal de Trânsito de Juazeiro do Norte, Jesualdo Alves Duarte, nega que a fiscalização não aconteça no local. Segundo ele, o número de servidores é pequeno, o que dificulta a permanência de agentes de trânsito na Colina do Horto, objetivando a fiscalização dos veículos que fazem o transporte de passageiros com maior frequência.

“Nós só possuímos 96 agentes. Deste total, 32 atuam no serviço interno. Até o mês de junho, será realizado concurso público para criação de cerca de 100 novas vagas para agente de trânsito no município “, informa o diretor do órgão.

Jesualdo Alves afirma que o Departamento de trânsito tem realizado blitze em diversos pontos da cidade e que, quando comprovada irregularidades, os procedimentos legais são realizados. “Sempre que comprovada irregularidade é feito o procedimento segundo o que determina a legislação em vigor”, diz ele, ressaltando que diversos veículos já foram apreendidos e recolhidos ao pátio do Demutran. “Há muitos veículos apreendidos. Inclusive, vans que faziam o transporte de passageiros à Colina do Horto”, concluiu o diretor, informando, ainda, que determinará a ampliação de fiscalizações na região do Horto.

ROBERTO CRISPIM
COLABORADOR

Mais informações

Departamento Municipal de Trânsito,
Rua Beata Maria de Araújo, S/N, Bairro Romeirão
Juazeiro do Norte
Telefone: (88)3566.1044

DN

Selic deve continuar a subir este ano para conter alta de preços, dizem especialistas

 

 

Brasília – A taxa básica de juros da economia (Selic), atualmente em 10% ao ano, deve continuar a subir em 2014 para conter a alta de preços no país, estimam especialistas. A primeira reunião deste ano do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), que define a Selic, está marcada para os dias 14 e 15 deste mês.

Ontem (10), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou 2013 em 5,91%. Em 2012, a inflação ficou em 5,84%. A expectativa do presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, de que a inflação em 2013 seria menor do que a de 2012, não foi alcançada.

A previsão do Banco Central, divulgada no Relatório de Inflação, era que o IPCA ficaria em 5,8% no ano passado. O IPCA, em 2013, também fechou o ano acima da projeção de instituições financeiras consultadas semanalmente pelo BC (5,74%). O IPCA ficou acima do centro da inflação (4,5%), que deve ser perseguido pelo BC, mas abaixo do limite superior (6,5%).

Para o coordenador de Estudos Econômicos da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac,) Miguel Ribeiro de Oliveira, o Copom deve elevar a Selic em 0,5 ponto percentual na reunião da próxima semana. Oliveira acredita que, se o resultado da inflação no ano passado não tivesse ficado acima das expectativas, o comitê poderia aumentar a Selic em 0,25 ponto percentual nesta reunião.

Oliveira destaca que um dos fatores que estimularam a inflação no país foi a alta do dólar. O dólar em alta gera aumento da inflação no país porque encarece o preço de produtos e insumos importados. Para Oliveira, o Copom continuará a aumentar a Selic após a reunião deste mês, se houver alguma pressão maior no câmbio.

Para o economista Carlos Eduardo Freitas, ex-diretor do Banco Central, a inflação não está fora de controle, mas está se mantendo em patamar elevado. Para que a inflação ceda, é preciso manter o ciclo de alta da Selic. Além disso, Freitas destaca que o governo deveria reduzir gastos e ser mais transparente em relação às contas públicas, eliminando artifícios contábeis para cumprir a meta de superávit primário, economia para o pagamento de juros da dívida pública.

“Essa é a receita clássica [aumento da Selic e redução de gastos], desagradável, mas necessária no momento. Assim, a economia sairia com crescimento e investimentos”, diz Freitas.

Para o economista, se o governo reduzisse gastos, a Selic poderia fechar 2014 em 11% ao ano. “Se não tiver essa ajuda, acredito em 12,5% [ao ano].”

No ano passado, como medida para tentar conter a inflação, o Copom elevou a Selic em 2,75 pontos percentuais. Quando o Copom aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida e isso gera reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Agência Brasil

Morre ex-primeiro-ministro israelense Ariel Sharon

 

Mariana Jungmann*
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Morreu hoje (11) o ex-primeiro-ministro israelense Ariel Sharon. A informação foi confirmada pelo gabinete do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu. Ele estava em estado vegetativo desde que sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), em 2006, e teve falência múltipla dos órgãos. Os médicos informaram à imprensa, desde o início de janeiro, que as possibilidades de recuperação do ex-premier eram mínimas e que seu estado era crítico.

Quando entrou em coma permanente, Sharon exercia o cargo primeiro-ministro de Israel, que assumiu em março de 2001, sendo substituído por Ehud Omert. Ele morreu aos 85 anos e a imprensa israelense já havia divulgado que Sharon sofria de insuficiência renal.

De formação militar, Ariel Sharon comandou as tropas israelenses em diversos combates, especialmente contra alvos palestinos. Foi ministro da Defesa na década de 1980, quando comandou a invasão de Beirute, capital libanesa. Entretanto, foi obrigado a deixar o cargo depois de ter sido responsabilizado pela morte de centenas de palestinos em um campo de refugiados controlado por Israel.

Apesar disso, Ariel Sharon voltou a assumir o comando de outros ministérios em diversos governos até se eleger primeiro-ministro pelo partido conservador Likud, que ele próprio ajudou a fundar na década de 1970. O ex-primeiro-ministro era forte defensor da colonização dos territórios em conflito com os palestinos. No entanto, em uma tentativa de amenizar os conflitos com os palestinos, principalmente com os radicais do Ramas e do Fatah, tomou a polêmica decisão de retirar israelenses da Faixa de Gaza e abandonar assentamentos judeus na região.

O plano de retirada israelense encabeçado por Sharon foi motivo de duras críticas internas e provocou rachas no Likud. O ex-primeiro-ministro era acusado de ter dividido o país. No mesmo ano – 2005 – em que o plano começou a ser executado, o então ministro de Finanças, Benjamin Netanyahu, apresentou candidatura própria para a presidência do partido e pediu o adiantamento das eleições primárias que ocorreriam em 2006. No entanto, Sharon venceu as eleições novamente e se manteve no cargo.

Ao fim daquele ano ele sofreu o primeiro derrame, mais leve e com sequelas menos graves. Poucos meses depois, um segundo AVC provocou o coma permanente que durou quase oito anos. Ariel Sharon ficou viúvo duas vezes e teve três filhos, um com a primeira esposa, morto quando ainda era criança, e os outros dois com a segunda.

* Com informações da Agência Lusa

Petrobras anuncia retomada das atividades na Unidade de Coque da Reduc

Reduc-460x250

Rio de Janeiro – A Petrobras divulgou nota hoje (10) anunciando que a Unidade de Coque da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), na Baixada Fluminense, está em processo de partida para retomar a produção, o que deverá ocorrer “nas próximas horas”.

As atividades na unidade estavam interrompidas desde a noite do dia 4 em razão de um principio de incêndio, que foi prontamente controlado pela brigada de incêndio da refinaria, sem que houvesse a necessidade de acionar o Corpo de Bombeiros. O incêndio não teve vítimas ou danos ao meio ambiente.

Em consequência do princípio de incêndio, no entanto, a produção da Unidade de Coque da Refinaria foi interrompida. Na ocasião, a Petrobras, ao confirmar o incêndio, anunciou a formação de uma comissão especial para descobrir as causas do acidente. A Reduc processa cerca de 240 mil barris de petróleo por dia, mais de 10% da capacidade de refino do país.

 Agência Brasil

Obama anuncia semana que vem mudanças em serviços de informação

Da Agência Brasil*

Obama

Brasília – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai anunciar, na próxima semana, a decisão sobre quais mudanças serão feitas nos serviços de informações do país. O anúncio será feito no dia 17 de janeiro e o objetivo é alterar a regulação dos programas de vigilância norte-americanos, tão criticados após as denúncias feitas pelo ex-técnico da Agência de Segurança Nacional (NSA – sigla em inglês), Edward Snowden.

As revelações de espionagem maciça, fornecidas por Snowden aos jornais Washington Post (EUA) e The Guardian (Grã-Bretanha), provocaram um conflito diplomático, ao tornar público que os serviços secretos norte-americanos espionaram as comunicações na Europa, incluindo as de líderes políticos como a chanceler alemã Angela Merkel e a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff.

O caso gerou desconfiança de muitos aliados em relação aos norte-americanos e aumentou o questionamento sobre o equilíbrio entre privacidade individual e a batalha contra o terrorismo na sociedade dos Estados Unidos. Richard Leon, um juiz federal norte-americano, se manifestou a respeito em dezembro do ano passado, considerando que o programa de espionagem da NSA poderia ser considerado inconstitucional.

*Com informações da Agência Lusa

Ex-chefe do tráfico da Mangueira é transferido para o presídio Bangu 1

 

Cadeia5

Rio de Janeiro – O traficante Alexander Mendes da Silva, conhecido como Polegar, será transferido hoje (10) da penitenciária federal de segurança máxima em Porto Velho (RO) para o presídio de segurança máxima Bangu 1, no Complexo de Gericinó, na zona oeste do Rio. A informação é da Secretaria Estadual de Admistração Penitenciária (Seap).

Polegar comandava o tráfico de drogas no Morro da Mangueira  e ficou conhecido por uma das ações mais ousadas do crime organizado no Rio. Em 2001, ele usou um caminhão para arrebentar a parede da sede da  Polícia Interestadual (Polinter), na zona portuária,  e libertar 14 presos, da mesma facção criminosa a que ele pertence.

Em 2003, quando estava preso no  presídio de segurança máxima de Bangu 3, Polegar foi um dos traficantes que prestou depoimento à Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro que investigou denúncias de ligação do então secretário estadual de Esportes e Lazer, Francisco de Carvalho com traficantes.

Em 2010, Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou à 2ª Vara Criminal de Santa Cruz Polegar e mais sete pessoas acusados de lavagem de dinheiro proveniente da venda de drogas. O traficante já foi condenado por outras quatro varas criminais do estado e fugiu da cadeia, em 2009, depois de passar para o regime semiaberto.

Polegar foi preso no Paraguai durante uma operação da Secretaria Nacional Antidrogras daquele  país, em outubro de 2011. Ele foi encontrado na região de Pedro Juan Caballero com documentos falsos, no momento em que comprava um carro de luxo.

O traficante está condenado a 22 anos de prisão por tráfico e associação para o tráfico e, devido a sua liderança no tráfico de drogas no Rio, o governo do estado pediu ao Ministério da Justiça sua transferência para um presídio federal de segurança máxima fora do estado.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária informa que, quando Alexander Mendes da Silva ingressar no sistema penitenciário fluminense, ele ficará acautelado na Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino (Bangu 1). A transferência foi concedida por decisão judicial.

Agência Brasil

Sites podem ser responsabilizados por divulgação de conteúdo preconceituoso

 

Brasília – Postagens de conteúdo ofensivo ou preconceituoso em sites, blogs e redes sociais podem gerar responsabilidade para os administradores dessas plataformas. O alerta é do advogado Leonardo Ranna, especialista em direito de internet. Segundo Ranna, há possibilidade de responder civilmente pelos danos, e os autores e difusores do material podem ser responsabilizados criminalmente.

Para Leonardo Ranna, no caso recente envolvendo o site de vendas MercadoLivre, onde foi postado um anúncio vendendo negros a R$ 1, pode haver responsabilização da plataforma.

“O argumento é que eles [administradores dos sites] lucram com isso. Se eles não conseguem controlar previamente, para não ofender ninguém, devem ser responsabilizados pelo dano do ponto de vista cível. Tanto o Ministério Público pode vir a processar o MercadoLivre, por meio de uma ação civil pública, quanto alguém que se sentiu ofendido, no caso uma pessoa negra, pode buscar indenização”, disse o advogado.

Ranna ressaltou que, apesar de o Brasil não ter legislação específica para crimes cibernéticos, as leis existentes são suficientes para responsabilizar autores e sites nesses casos. Ele destaca que há várias decisões judiciais condenando sites e redes sociais e determinando indenização às partes ofendidas.

O anúncio do MercadoLivre repercutiu nas redes sociais no último domingo (5) e, segundo informações da empresa, foi retirado do ar na segunda-feira (6) após denúncias dos usuários do site.

A Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, vinculada à Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), pediu ao MercadoLivre a identificação do autor da postagem e deve enviá-la ao Ministério Público do Rio de Janeiro segunda-feira (13), pedindo a apuração de responsabilidade de crime de racismo e discriminação racial. Os dados cadastrais do autor também foram solicitados pela Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) Polícia Civil do Rio de Janeiro, que instaurou inquérito para apurar crime de incitação ao racismo.

Sobre a possibilidade de ser responsabilizado pela postagem, o MercadoLivre informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a plataforma é monitorada diariamente pelos administradores e que disponibiliza um botão de denúncia para os usuários informarem sobre conteúdos inadequados, ofensivos ou preconceituosos.

Para a presidenta do Geledés – Instituto da Mulher Negra, Nilza Iraci, não é suficiente deixar o trabalho de denúncia a cargo dos internautas. “A responsabilidade fica para as pessoas que acessam. Até alguém perceber e denunciar, leva tempo”, ressaltou Nilza.

Para ela, deve haver responsabilização das plataformas por conteúdos racistas, homofóbicos ou sexistas. “Embora [o MercadoLivre] seja um site público, acho que deveria ter uma segurança. Temos feito um trabalho sistemático de vigilância em relação a isso, mas não se vê muita punição.”

A postagem no MercadoLivre deixou chocadas pessoas como a atendente Priscila Kellen Pereira da Luz, de 19 anos. Para Priscila, o conteúdo mostra que o racismo continua forte no país. “É ilusão achar que só porque as pessoas convivem e não têm tanto atrito, o racismo acabou. O ser humano é ignorante e não sabe olhar o outro como semelhante”, afirmou Priscila.

Agência Brasil

Hospital oferece terapia com mini-redes e música clássica para bebês prematuros

 

Brasília – Bebês prematuros que nascem no Hospital Regional de Santa Maria, região administrativa localizada a 26 quilômetros de Brasília, estão sendo colocados em mini-redes de algodão, adaptadas dentro das incubadoras, como uma alternativa para melhorar o conforto. A UTI neonatal também usa o recurso da música clássica e instrumental como som ambiente para acalmar os recém nascidos.

De acordo com o supervisor de enfermagem da UTI neonatal, Wilian Barbosa, o trabalho é complementar e não chega a ser classificado como tratamento, mas auxilia os bebês que nasceram com menos de 37 semanas no ganho de peso e antecipa a alta médica. “Todas as medidas de conforto que a gente pode oferecer auxiliam no tratamento”, explicou.

Segundo ele, o bebê colocado na mini-rede fica em uma posição similar à posição intrauterina. A prioridade é dada aos prematuros mais agitados ou mais chorosos e também aos que não contam com o acompanhamento da mãe durante o tratamento (seja por abandono ou por morte após o parto).

Dependendo da aceitação da criança, o período na mini-rede pode durar até quatro horas seguidas. Já a música clássica e instrumental é utilizada durante todo o dia para ajudar a tranquilizar os bebês e só é desligada à noite.

“A maioria das crianças está internada para ganhar peso. E, quanto mais confortável a criança fica, mais peso ela ganha. A criança fica mais calma e isso diminui o tempo de internação”, disse Barbosa.

 Agência Brasil

SEMASP promete intensificar esforço pela rearborização de Juazeiro no inverno

Arvores

Com um dos maiores viveiros de mudas do Cariri no Parque Ecológico das Timbaúbas, a Secretaria do Meio Ambiente e Serviços Públicos de Juazeiro aguarda o início do inverno para ampliar as ações do projeto “Juazeiro Verde, Cidade Limpa, Cidade Linda!”. A informação foi dada pelo titular da pasta e vice-prefeito, Luiz Ivan Bezerra, que lançou a iniciativa no final de junho passado ao lado do prefeito Raimundo Macedo na Avenida Padre Cícero.

O viveiro que ora cultiva para dar andamento ao projeto de arborização da cidade, conta com algo em torno de 30 mil mudas de várias espécies, incluindo frutíferas em meio a todo um controle de produção. Apesar da aguação que é feita bem cedo com carros pipas, Luiz Ivan observa que se torna algo incomparável com as chuvas da estação de inverno. Segundo garante, a meta global do projeto é plantar 10 mil mudas por ano devidamente protegidas pelas grades de ferro.

Ele foi o responsável por uma das maiores campanhas de arborização já desenvolvidas no município há 20 anos em meio a divulgação ampla dos preceitos ecológicos do Padre Cícero, visando sensibilizar as pessoas para a importância da iniciativa. De acordo com Luiz Ivan, além do embelezamento das praças, ruas e avenidas, as árvores garantem sombra e melhoram o clima compensando mais a aridez juazeirense.

PMJN

Era uma vez uma feira – beatas e frutas – Por Xico Bizerra.

 

FeiraLivre

Na rua da Igreja, beatas e feira. Feira de primeira. Toda segunda-feira. De verdura, cereais, mas principalmente, a colorida feira das frutas. Das jaboticabas roxinhas, limões verdes, pitangas vermelhas. Tamarindos marrons e azedos se juntavam a doces siriguelas amarelinhas para enfeitar a banca de Mané Gordão e a boca gulosa da meninada.

Às vezes eram vistas acerolas cor de acerola e, quase nunca, carambolas, estas de uma cor sei-lá-que-cor. Os olhos brilhavam diante da aquarela de sabores, das goiabas e das maçãs, das mangas e dos cajus…
Onde estão as feiras? Onde se escondem as frutas? Onde brilham as cores? Hoje, aquela rua só tem as beatas. A feira mudou-se para o ar condicionado: lá, as frutas têm sabor acre e as cores se desbotam, se esvaem, lembrando do burburinho e com saudades da mão gorda de Mané a afagá-las.

Na hora de pagar o dinheiro é de plástico. Na fila do caixa, sem a zoada da feira, uma criança chupa chiclete. Do lado de fora, outra criança pede esmola. Alguém oferece uma laranja amarga.
 
Blog Sanharol

Espetáculo A Confissão estará no Cariri

 

Aconfisao

Nos dias 24 e 25 de janeiro o espetáculo do diretor Walter Lima Junior, estará se apresentando no Memorial Padre Cícero, a partir das 20 horas.

Sinopse

A Lembrança de uma antiga namorada revela novidades quando dois amigos se reencontram após anos  de afastamento e resolvem esclarecer um segredo bem guardado,um fato que parecia esquecido mais que ainda pode transformar suas vidas num perigoso acerto de contas. Este é o tema   desenvolvido pelo jovem autor  norte americano Stephem  Belber em sua peça  A CONFISSÂO , que em borá hora reunião ANGELO PAES LEME, ISABEL GUERON e SILVIO GUINDANE ao diretor WALTER LIMA JUNIOR. Para traze-lo ao público brasileiro após bem sucedida estréia em Portugal.

Dentro da tradição do melhor teatro realista americano, Belber trabalha seus 3 personagens  com diálogos precisos ,irônicos e inteligentes e mantém um clima de tensão permanente  no desenvolvimento de sua trama.

A Encenação brasileira apropria-se do tema da peça para ambienta-la entre nós, facilitando a aproximação do texto com o público sem perda de sua substância dramática.

 

Serviço:

Elenco: ANGELO PAES LEME, ISABEL GUERON e SILVIO GUINDANE.

Local: MEMORIAL PADRE CICERO – JUAZEIRO DO NORTE – CE

Dias: 24 e 25 de Janeiro de 2014. (SEXTA E SABADO)

Valor Ingresso: 40,00 (inteira ) e 20,00 ( meia)

Informações: (88)8881.79.21 ou (88)9624.50.93

Instituto Butantan entrega ao Ministério da Saúde primeiro lote da vacina contra o HPV

Vacina_contragripe

São Paulo – O Instituto Butantan entregou hoje (10) ao Ministério da Saúde o primeiro lote da vacina contra o papiloma vírus (HPV), que previne contra o câncer de colo de útero. São 4 milhões de doses que começarão a ser distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de março, informou o ministro Alexandre Padilha. O objetivo é vacinar este ano cerca de 5 milhões de meninas entre 11 e 13 anos de idade. Caberá a cada município definir a sua estratégia de vacinação.

“Essa é a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) [vacinar adolescentes maiores de 11 anos]. Ela demonstrou que, neste público, a vacina tem um efeito bastante protetor, não só para as meninas, mas também para os homens, porque reduz o número de mulheres com HPV. Como é um vírus transmitido sexualmente, ao reduzi-lo entre as mulheres, além de protegê-las, também reduz-se a transmissão para os homens”, disse Padilha, após participar de evento nesta tarde, no Instituto Butantan.

A vacina é resultado de uma parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório Merck Sharp & Dohme (MSD), atual produtor da vacina, que vai transferir a tecnologia para a produção nacional. O Ministério da Saúde investiu R$ 465 milhões na compra de 15 milhões de doses para este ano, quantidade suficiente para imunizar 5 milhões de pré-adolescentes. 

A vacina que será distribuída na rede pública de saúde é a quadrivalente. Segundo o laboratório MSD, ela previne contra quatro tipos de HPV, dos tipos 6 e 11, responsáveis por verrugas genitais, e dos tipos 16 e 18, que podem causar lesões pré-cancerosas e cânceres de colo do útero, vagina, vulva e ânus. Os quatro tipos respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero em mulheres.

De acordo com o ministério, o câncer de colo de útero é o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres, superado apenas pelo câncer de mama. Em 2011, 5.160 mulheres morreram em decorrência da doença no Brasil.

Para estar imunizada contra o HPV, cada menina receberá três doses da vacina: a segunda dose deve ocorrer dois meses após a primeira. E a terceira, seis meses depois. Durante cinco anos, o ministério vai investir R$ 1,1 bilhão na compra de 36 milhões de doses da vacina e, a partir daí, ela passará a ser produzida pelo Butantan.

“Ao mesmo tempo que trouxemos as vacinas prontas, já começamos a treinar como manipular as vacinas e os controles de qualidade e demais etapas. Iremos do fim para o começo, fazendo o envase, a formulação, a reconstituição de vírus e depois as fermentações. Acreditamos que, em cinco anos, consigamos dominar o processo”, explicou o diretor do Instituto Butantan, Jorge Kalil. Um laboratório será construído em uma área do instituto para comportar a produção da vacina.

Segundo o ministério, a parceria e o acordo de transferência de tecnologia entre os dois laboratórios possibilitaram uma economia de R$ 78 milhões na compra da vacina este ano. Cada dose custará R$ 30. “Hoje, uma família que for pagar pela vacina vai desembolsar R$ 1 mil pelas três doses. Com a incorporação pelo Ministério da Saúde, a vacina passará a ser distribuída de graça para essa faixa etária, que é recomendada pela Organização Mundial da Saúde”, disse Padilha. 

Com a parceria, o faturamento do Instituto Butantan triplicará em cinco anos, passando dos R$ 348 milhões em 2013 para R$ 1,1 bilhão em 2018. No próximo ano, a vacina também deverá ser ofertada a meninas de 9 anos e 10 anos.

Agência Brasil

Mais de 48% dos alunos inscritos no Enem fizeram o Sisu

 Agência Brasil

Enem2

Brasília – O Ministério da Educação (MEC) divulgou há pouco o último balanço antes do fim das inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Até as 18h10 de hoje (10) foram contabilizados 2.444.853 inscritos. Os estudantes têm até as 23h59, horário de Brasília, desta sexta-feira para fazer a inscrição on-line na página do sistema. Até o fechamento do prazo, o candidato pode modificar as opções de curso, com base na nota de corte.

O número de inscritos representa mais de 48% dos mais de 5 milhões de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013. Como cada candidato pode fazer até duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 4.755.311.

Nesta edição, o sistema oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior. O Sisu seleciona estudantes com base nas notas obtidas no Enem. A inscrição está restrita ao estudante que tenha participado da edição de 2013 do exame. Fica impedido de se inscrever aquele que tenha tirado zero na prova de redação.

O resultado da primeira chamada dos selecionados está previsto para a segunda-feira (13). Os convocados devem fazer a matrícula no período de 17 a 21 próximo. O candidato que não comparecer na data prevista à instituição selecionadora perderá a vaga.

Veja abaixo o cronograma do Sisu:

 

China ultrapassa EUA na liderança do comércio global em 2013

 

Da Agência Lusa

Dragaochines

Pequim – O comércio anual de bens da China passou a marca dos US$ 4 trilhões pela primeira vez no ano passado, revelam as estatísticas oficiais, confirmando a posição do país como o maior comerciante em escala mundial.

Divulgados hoje (10) pela Administração Geral das Alfândegas chinesa, os dados colocam um ponto final na dúvida sobre quem seria o país com maior volume de negócios (China ou Estados Unidos). Por causa dos diferentes métodos de cálculo entre os dois países, apenas em 2013 os chineses superaram os norte-americanos na troca de bens. A conta exclui o comércio de serviços.

“É muito provável que a China tenha suplantado os Estados Unidos como o país com mais trocas comerciais de bens em 2013 pela primeira vez”, disse o porta-voz da Administração Geral das Alfândegas chinesa, Zheng Yuesheng.

As exportações da segunda maior economia mundial subiram 7,9%, para US$ 2,21 trilhões, enquanto as importações aumentaram 7,3%, para US$ 1,95 trilhão, de acordo com a mesma fonte, o que coloca o superávit comercial da China em US$ 259,7 bilhões, 12,8% a mais do que em 2012.

O volume total de bens comercializados entre a China e outros países ficou em US$ 4,16 trilhões, o que representa uma subida de 7,6%, ligeiramente abaixo da meta das autoridades chinesas, que apontava para um aumento de 8%. O comércio entre a União Europeia (UE) e a China aumentou 2,1% em 2013, para mais de US$ 559 bilhões, mantendo os europeus como o maior parceiro comercial de Pequim.

Os Estados Unidos figuram em segundo lugar entre os parceiros comerciais da China, com trocas de US$ 521 bilhões, 7,5% a mais do que em 2012. Os norte-americanos, porém, importaram mais da China do que a União Europeia. O superávit comercial da China com os Estados Unidos é também muito mais elevado: US$ 215,8 bilhões, segundo as estatísticas chinesas.

As exportações chinesas para os EUA somaram US$ 368,4 bilhões, US$ 29,4 bilhões a mais do que a China vendeu à União Europeia. No mesmo período, a China importou US$ 220,1 bilhões da UE, US$ 67,5 bilhões a mais do que a China comprou dos norte-americanos. Em média, o comércio entre a China e os seus dois maiores parceiros soma quase US$ 3 bilhões por dia.

Com o Japão, que era o terceiro parceiro comercial da China, mas cujas relações têm sido afetadas pela polêmica em torno de duas ilhas no Oceano Pacífico, o comércio bilateral em 2013 caiu 5,1%, para US$ 312,5 bilhões. O lugar do Japão é agora ocupado pelos dez estados da Asean (Associação das Nações do Sueste Asiático), com US$ 443,6 bilhões, 10,9% a mais do que em 2012.

O fundo da piscina – Enviado por Jose Eudes Mamedio

 

 

Jesus

Um excelente nadador tinha o costume de correr até a água e de molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho. Alguem intrigado com aquele comportamento, lhe perguntou qual a razão daquele hábito.

O nadador sorriu respondeu: Há alguns anos eu era um professor de natação. Eu os ensinava a nadar e a saltar do trampolim. Certa noite, eu não conseguia dormir, e fui até a piscina para nadar um pouco. Não acendi a luz, pois a lua brilhava através do teto de vidro do clube. Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente. Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnífica cruz. Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem. Nesse momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado. Eu não era um cristão, mas quando criança aprendi que Jesus tinha morrido na cruz para nos salvar pelo seu precioso sangue. Naquele momento as palavras daquele ensinamento me vieram a mente e me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus.

Não sei quanto tempo fiquei ali parado com os braços estendidos. Finalmente desci do trampolim e fui até a escada para mergulhar na água. Desci a escada e meus pés tocaram o piso duro e liso do fundo da piscina. Haviam esvaziado a piscina e eu não tinha percebido. Tremi todo, e senti um calafrio na espinha. Se eu tivesse saltado seria meu último salto. Naquela noite a imagem da cruz na parede salvou a minha vida. Fiquei tão agradecido a Deus, que ajoelhei na beira da piscina, confessei os meus pecados e me entreguei a Ele, consciente de que foi exatamente em uma cruz que Jesus morreu para me salvar. Naquela noite fui salvo duas vezes e, para nunca mais me esquecer, sempre que vou até piscina molho o dedão do pé antes.

Deus tem um plano na vida de cada um de nós e não adianta querermos apressar, ou retardar as coisas, pois, tudo acontecerá no seu devido tempo e esse tempo é o tempo Dele e não o nosso….

MPF denuncia esquema para falsificar documentos de jogadores cearenses

Apontado pelo Ministério Público Federal como ‘chefe maior da quadrilha’, dirigente do Guarani de Juazeiro nega envolvimento: ‘Não tenho nada a ver’

 

Kleber

Kleber foi apontado pelo MPF como ‘chefe maior da quadrilha’ (Foto: Divulgação/CaririNotícias)

O Ministério Público Federal (MPF) em Juazeiro do Norte denunciou um esquema de falsificação de documentos de jogadores cearenses. Nesta quinta-feira (9), o MPF propôs uma ação penal contra nove pessoas apontadas como responsáveis por um processo para “diminuir” a idade de atletas em até três anos, possibilitando a negociação dos jovens com clubes nacionais e do exterior.

Segundo o MPF, os jogadores que tinham a documentação alterada eram negociados com clubes como Fortaleza, ABC-RN, Bahia, Atlético-PR e Corinthians. Procurador da República, Celso Leal diz que a investigação se arrastava há quase dois anos e, ainda segundo ele, os fatos foram inicialmente comprovados por meio da ficha de jovens atletas disponibilizadas no site do Fortaleza.

– A partir dos dados coletados, a Polícia Federal diligenciou e comprovou a existência de um verdadeiro esquema fraudulento e criminoso articulado por empresários do ramo de futebol do Estado do Ceará, bem como pelos respectivos atletas e seus genitores, os quais detinham conhecimento e participação na confecção e uso de certidão de nascimento, RG, CPF e passaportes falsos no município de Juazeiro do Norte – revelou o procurador.

Entre os nomes citados pelo MPF está o do diretor de futebol do Guarani de Juazeiro, o empresário Kleber Lavor. Ele é apontado como “chefe maior da quadrilha”. Em contato com o GloboEsporte.com, o dirigente negou participação e até desafiou qualquer autoridade a provar algo contra ele.

– Só conheço alguns jogadores citados porque são de Juazeiro do Norte, mas não tenho nada a ver com esse esquema – afirmou Lavor.

Celso Leal, por sua vez, diz que agora é hora de ir atrás dos supostos envolvidos para que estes se expliquem.

– A investigação terminou, e a partir de agora começamos uma ação penal. O próximo passo é a Justiça Federal determinar a situação dos réus para que eles apresentem suas defesas.

O esquema

Segundo as investigações do MPF, a ação ocorria da seguinte maneira: os atletas eram convencidos a reduzirem suas idades para serem negociados como se fossem mais jovens. Com a permissão da família do jogador, todos viajavam para Lavras da Mangabeira, cidade distante 417 quilômetros de Fortaleza, onde eram confeccionadas as certidões com nome e data de nascimento já alterados. Só então Kléber Lavor encarregaria-se de fazer os contatos com os clubes e negociar os atletas.

G1 CE


Música de Qualidade - 24h!



300x250advert

VIDEOS EM DESTAQUE

GALERIA DE FOTOS

Previsão do Tempo


EDIÇÕES ANTERIORES

julho 2014
D S T Q Q S S
« jun    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Rede Blogs do Cariri




Clique no Logo acima e visite o site oficial da Rede.

Mural Chapada do Araripe



TV CHAPADA DO ARARIPE



A TV Chapada do Araripe é composta por uma coleção de vídeos, entrevistas e reportagens. Escolha o vídeo que deseja assistir, clicando sobre o título. Veja mais detalhes na página da TV Chapada do Araripe.

HOMENAGEM DA SEMANA


CORREINHA

O Chapada do Araripe presta homenagens a um dos maiores mestres da cultura popular que faleceu em Crato recentemente, Francisco Correia de Lima, o Correinha, artista de várias linguagens atuante no município do Crato. Mestre Correinha nasceu no município de farias Brito no dia 14 de fevereiro de 1940, mas era um amante inveterado do Crato, município ao qual costumava fazer referências em suas canções. Talvez por não ter tido seu nome incluído nas listas anuais de mestres reconhecidos pelo Governo do Estado desde 2004, mestre Correinha tenha sido sepultado em meio a homenagens comoventes de moradores do município, mas, como ressaltaram amigos e familiares, sem o devido destaque por parte do Poder Público. Situação destacada durante a sua missa de corpo presente, enriquecida pelo acordeon de Hugo Linard, com quem Correinha gravou recentemente, 15 canções que agora constituem o último registro de sua obra. Segundo o próprio Hugo Linard, as canções registradas nesse último trabalho de Correinha em estúdio são, na maioria, inéditas. ´Ele gravou também ´Belezas do Crato´, mas as outras não tinham registro´, diz, citando canções como ´Coisas do meu sertão´, ´Exaltação a Barbalha´, ´Crato de Açúcar´ e ´Meu Cariri´ e ´Balanceio´. ´Fazia tempo que a gente tava cutucando ele, dizendo que ele tinha que gravar de novo. Ele fez dois compactos e outros discos, no tempo do vinil, além de vários cordéis´. Hugo Linard chama atenção para aspectos peculiares da trajetória de Correinha. ´Ele mantinha um bar aqui no Crato e ainda trabalhava como agente carcerário. Era tão querido que os presos pediram à família por ocasião do seu velório, para deixar um pouco o corpo dele lá na cadeia, para eles o homenagearem´.
Dalwton Moura

Jornal do Vicelmo

Todos os dias na Rádio Chapada do Araripe - Internet, a partir das 07:00, ouça o Jornal do Cariri com Antonio Vicelmo. O Jornal é retransmitido da Rádio Educadora do Cariri em tempo real. Você pode ouvir o programa através da nossa imensa rede de Blogs e websites. Alguns programas antigos estão disponíveis no nosso website Jornal do Vicelmo.

AUXÍLIO À LISTA

Dicas de Filmes



Por trás de todo o grande homem se esconde um professor, e isso era certamente verdade para Bruce Lee que aclamava como seu mentor um expert em artes marciais chamado Ip Man. Um gênio do Wushu (ou a escola de artes marciais da China), Ip Man cresceu numa China recentemente despedaçada pelo ódio racial, radicalismo nacionalista e pela Guerra. Ele ressurgiu como uma Fênix das Cinzas graças à suas participações em lutas contra vários mestres Wushu e lutadores de kung-fu - finalmente treinando icones de artes marciais como Bruce Lee. Esta cinebiografia do diretor Wilson Yip mostra a história da vida de Ip.

Como Publicar seu Artigo


Agora você pode entrar em contato conosco diretamente. Se vc deseja publicar algum artigo que julgue importante para o Cariri, entre em contato conosco. Todos os artigos aprovados serão devidamente creditados aos autores. Os melhores artigos merecerão destaque, e se continuados, os escritores e cronistas poderão se tornar membros permanentes doportal Chapada do Araripe. Contatos: MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

Quem somos Nós

O Chapada do Araripe é um site sem fins lucrativos, que visa promover a imagem da região do cariri cearense na Internet. Se você deseja publicar algum artigo no portal Chapada do Araripe, entre em Contato conosco.

Direitos Autorais:

DM Studio – Comunicação & Marketing. Algumas partes do Chapada do Araripe estão sob uma “Licença Creative Commons”, e outras, de acordo com seus respectivos autores, com “Todos os Direitos Reservados” –

www.chapadadoararipe.com - 2012

Contatos: Dihelson Mendonça – MSN e E-mail: blogdocrato@hotmail.com

© 2014 Chapada do Araripe - -